Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Cantora Elba Ramlho encerrará Festa de São Francisco de Canindé

Termina neste domingo a festa de São Francisco das Chagas de Canindé, que conta com a maior basílica franciscana da América Latina. Iniciada no último dia 4, a Festa de São Francisco reúne fiéis de vários pontos do País em celebrações durante todo o dia.

Os franciscancos espera a presença de 500 mil pessoas no último dia dos festejos que terão missas na Praça dos Romeiros, em frente à Basílica de São Francisco. De manhã, haverá celebrações às 5, 7, 9 e 11 horas. À tarde, a missa será às 17 horas, celebrada pelo frei Marconi Lins. Em seguida, uma procissão com o painel de São Francisco percorrerá as ruas da cidade.

SHOW

A cerimônia será encerrada na Praça dos Romeiros, a partir das 20 horas, com um show da cantora paraibana Elba Ramalho. 

VAMOS NÓS – Elba Ramalho?

Semana da Criança em Iguatu terá Carla Perez e Simony

carlaperez

O prefeito de Iguatu, Agenor Neto (PMDB), anuncia para o período de 10 a 15 de outubro próximo o evento Cidade da Criança. É a Semana da Criança do Município, que terá circo, parque de diversões e guloseimas à vontade, com direito a distribuição de brinquedos.

Agenor adiantou que a programação contará com dois shows: um de Carla Perez, ex-É o Tchan, e outro de Simony, ex-Balão Mágico. Nesse quesito, como diria o querido jornalista Neno Cavalcante, o prefeito… é o novo!

Um artigo em defesa de Sobral

A reportagem da Veja ironizando a cidade de Sobral (Zona Norte do Ceará) continua rendendo protestos à vontade. O ex-procurador-geral do município, Reno Ximenes (Gestão Cid Gomes) nos manda artigo em defesa da cidade. Confira:

MADE IN SOBRAL
 
A revista VEJA publica na última edição, matéria de profundo teor preconceituoso contra o nordestino, utilizando Sobral, como pretexto para deflagrar críticas política à campanha do Ciro à Presidência.

A péssima qualidade jornalística assinala aos olhos dos paulistanos, os quais só se esperariam ver no interior do nordeste: jumentos, cangalhas, mandacarus, analfabetismo, sede e fome.

Fui eu quem foi aos EUA, quando procurador geral, buscar doações de uma fundação ao Município de Sobral, quando trouxemos ônibus, compactadores de lixo móveis e ambulâncias, sem nenhum teor de xenomania.

Todo esse estigma difundido à Sobral tem a sua origem creditada ao porto de Camocim, porta de entrada das riquezas do Estado por muito tempo, onde as sedas, linhos, uísques, perfumes franceses e carros importados, passavam primeiro nas mãos dos sobralenses abastados, o que provocava um furor inconsolável na elite da capital do Estado.

Sobral é terra de gente boa e trabalhadora e de rigoroso bom gosto na gastronomia, música, literatura e cultura. Ainda, detém, hoje, os melhores índices de educação – básica e superior, saúde, além de um generoso parque comercial e industrial. All completely done with sobralenses.

Reno Ximenes Ponte é advogado.

(reno@ximenes.info)

Icapuí terá festival da lagosta

A cidade de Icapuí (Litoral Leste do Ceará) vai ser sede, no período de 2 a 4 próximos, do IV Festival da Lagosta. A organização é do Grupo de Desenvolvimento do Turismo de Icapúí, que tem à frente Geraldo Menezes.

O festival contará com programação para agradar o corpo e o espírito: variados pratos feitos à base de lagosta regados a shows de artistas como Chico Pessoa, Nonato Luís e Adelson Viana.   

SERVIÇO

Local – Barreira da Sereia.

Fone – (85) 3251 1105.

Lia de Itamaracá encerra festival de trovadores

A cirandeira pernambucana Maria Madalena do Nascimento, mais conhecida como Lia de Itamaracá, encerra neste sábado a quinta edição do Festival Internacional de Trovadores e Repentistas, que desde a última quinta-feira ocupa a Praça da Igreja Matriz de Limoeiro do Norte (Vale Jaguaribano do Ceará).

A artista de 65 anos e quase 1,80 metros de altura começou a trajetória de cirandeira aos 12 anos e foi tema de versos em inúmeras composições, inclusive de compositores como Teca Calazans, Capiba e Paulinho da Viola.

Lia, honrada pelo Ministério da Cultura com a medalha Mérito Cultural e considerada Patrimônio Vivo da Cultura de Pernambuco, vai entoar muitos cocos, maracatus e cirandas.

Ceará ainda na era do carro-pipa

“O agricultor Manoel Pereira da Silva, 60, lembra de 1996 como se fosse ontem. Ele, a mulher e os filhos deixaram a cidade de Iracema, no Vale do Jaguaribe, e foram morar na vizinha Alto Santo. A família pegou carona no sonho de uma vida melhor, num reassentamento federal. Treze anos se passaram e, até agora, a principal reivindicação da comunidade Vila Ipanema não foi atendida. “É triste dizer isso, mas ainda hoje a gente está sem água“, suplica. O drama é contraditório: seu Manoel reside no município onde está o maior açude do Ceará, o Castanhão. E Alto Santo continua aguardando o Exército liberar o envio de carros-pipa.

Segundo a 10ª Região Militar, nove cidades do Ceará estão sendo atendidas pela Operação Pipa. Outras 39 cidades tiveram seus pedidos aprovados e estão prestes a entrar na lista. Mais 11 solicitações de municípios estão sendo avaliadas pela Defesa Civil do Estado. O gerente de Respostas a Desastres da Defesa Civil, capitão Joel Nobre, explica que o fato de uma cidade pedir carro-pipa não significa que toda a população esteja sem água.

Segundo ele, o problema afeta distritos e localidades distantes da sede municipal, sem rede de abastecimento regular e baixo índice populacional. A Vila Ipanema, onde seu Manuel reside, é subdividida em duas localidades, com aproximadamente 100 famílias.

Alto Santo ainda não recebe carro-pipa por parte do Exército, mas a solicitação da prefeitura já foi aprovada. A população de comunidades afetadas hoje paga entre R$ 30 a R$ 60, por sete metros cúbicos. Já o Castanhão armazena 5,7 bilhões de metros cúbicos e, com o Eixão das Águas, o açude passa a abastecer a Região Metropolitana de Fortaleza e o Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

Seu Manoel aponta que “esse comportamento“ do poder público fez com que a comunidade deixasse de crer em solução. “Sou uma das únicas pessoas que ainda acreditam em água encanada“, afirma. Segundo o coordenador da Operação Pipa do 23º Batalhão de Caçadores, capitão Humberto Júnior, o volume de água calculado por habitante na Operação Pipá é de 20 litros por dia.

Seu Manoel avalia que a quantidade é insuficiente. O agricultor cita que a água tem que ser equacionada para abastecimento humano e atividades rurais. “Não se pode deixar o boizinho morrer de sede“, lembra.

Seu Manoel não pensa em deixar para trás a Vila Ipanema. “Penso em continuar pedindo a Deus, todo dia, para melhorar isso. Um dia vai ser liberada a água na nossa torneira“, sonha.”

(O POVO)

Governo fecha empréstimo de US$ 103 milhões com Banco Mundial

Do secretário-adjunto de Recursos Hídricos do Ceará, Daniel Moreira, recebemos:

“Meu caro Eliomar,

Gostaríamos de registrar a presença, em Fortaleza, de missão do Banco Mundial que veio assinar, nesta terça-feira, o contrato para o empréstimo do Progerirh II que nos dará condições de terminar várias barragens e outros projetos já em andamento.

O valor do novo empréstimo será de U$103.000,000,00 e terá vigencia até dezembro de 2011.

Daniel Sanford Moreira
Secretário0adjunto de Recursos Hídricos do Estado.

Ex-reitor critica UFC e Secult

Em carta aberta, dirigida ao vice-reitor da Universidade Federal do Ceará, Henry Campos, o ex-reitor da UFC, Paulo Elpídio de Menezes Neto, fez veladas críticas à UFC e às autoridades cearenses.

Na carta, ele lamenta que na recente Bienal Internacional do Livro, no Rio de Janeiro, ter constatado a ausência completa da Editora da UFC. Textualmente observa: “Na longa peregrinação pelos amplos salões da Bienal, vislumbrei a mostra das editoras universitárias, organizada em um enorme estande, sob a responsabilidade da ABEU. Com a vocação de editor, ainda não aposentada, percorri as salas e as estantes, nas quais mais de 15 editoras expunham a sua produção. Lembrei-me, de repente, de procurar o acervo da UFC, cuja editora ocupou, no passado, lugar de destaque entre as similares, tendo a sua produção distribuída em todo o território nacional, em regime de co-edição. Nada havia ali que lembrasse a vitalidade intelectual do Ceará, muito menos da UFC.”

Ele também não entende o porquê de o Ceará estar tendo uma participação pífia nas comemorações do Ano França no Brasil: “Dirigi-me ao Embaixador da França, lamentando o esquecimento a que o Ceará fora relegado, justamente pelo sucesso vivido das nossas colaborações passadas. Só então descobri que, de fato, ausentáramo-nos das negociações em momentos decisivos. Fazer o quê?”

VAMOS NÓS –  Com a palavra o reitor da UFC, Jesualdo Farias, e o secretário da Cultura do Ceará, Auto Filho.

Queda de helicóptero da campanha de Cid Gomes ainda sem respostas

Hoje faz três anos da queda de helicóptero registrada durante a campanha de Cid Gomes (PSB).

O fato ocorreu próximo ao estádio de Guaiúba, deixando o piloto, Tales Lombardi, paraplégico, o atual presidente do PT/CE, Ilário Marques, com problema de mobilidade, e Fabrício Moreira, assessor, e o jornalista Luiz Viana na fisioterapia.

O que foi apurado? Até hoje nada.

Semace lança edital de concurso

A Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) já expediu edital de concurso público para 80 vagas de nível superior, com remuneração inicial é de R$ 1. 641,72. Do total, são 62 vagas para fiscal ambiental, nove para gestor ambiental e  nove para procurador autárquico. Há três vagas para portador de deficiência fisica. 

As inscrições devem ser feitas por meio da internet ou nos postos de atendimento, a partir do dia 3 de outubro. O valor da taxa de inscrição é de R$ 65,00 para todos os cargos, segundo a comissão organizadora do certame

CATEGORIAS

Poderão se inscrever formados em Arquitetura, Biologia, Engenharia Agronômica, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Pesca, Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal, Engenharia Química, Engenharia Sanitária, Geografia, Geologia, Química Industrial, Tecnologia em Gestão Ambiental, Tecnologia em Processos Químicos, Tecnologia em Saneamento Ambiental, fornecido por instituição de ensino superior reconhecido pelo Ministério da Educação, e registro no conselho de classe, quando for o caso.

* Mais detalhes clique no edital

Um sábado de Zé Gotinha

Pais de crianças com menos de cinco anos devem levar seus filhos aos postos de saúde de todo o país neste sábado (19) para tomar a vacina contra a poliomielite, doença que causa a paralisia infantil. Esta é a segunda fase da campanha de vacinação em 2009, e tanto as crianças que já tomaram a vacina neste ano quanto as que não tomaram devem receber a segunda dose no fim de semana.

Segundo o Ministério da Saúde, a meta é vacinar cerca de 14,7 milhões de crianças – 95% das crianças menores de cinco anos no Brasil. A vacina estará disponível em 115 mil postos em todo o país, que estarão abertos das 8 às 17 horas – é necessário conferir o horário de vacinação no posto mais próximo. Também é necessário levar a caderneta de vacinação da criança.

A vacina não tem contraindicação, mas se a criança estiver doente ou com febre, a recomendação aos pais ou responsáveis é perguntar ao médico do posto de saúde se ela pode tomar normalmente, alertou o ministério.

A vacina contra a poliomielite é aplicada nas crianças com menos de cinco anos duas vezes por ano, como reforço às vacinas do calendário básico. Toda criança deve tomar uma dose da vacina aos dois meses de idade, outra aos quatro meses e uma terceira aos seis meses. Ela também deve tomar um reforço aos 15 meses, que é complementado com as vacinas das campanhas.

O último caso de pólio registrado no Brasil foi

Sede do Ceará é assaltada

Asede do time do Ceará Sporting Club, situada no bairro de Porangabuçu, foi assaltada, no fim da tarde desta sexta-feira. Quatro homens armados, usadno um carro preto da marca Fox, levaram R$ 800,00, uma quantia de um total de R$ 15 mil que havi sido apurado com a venda antecipada de ingressos para o jogo do alvinegro contra o Paraná, neste sábado.

Fernandes Souza, administrador do Programa Sou Mais Ceará, informu quenão huve violência, mas que os indivíduos aproveitaram para levqr tambémcelulares e dinheiro de quam estava na sede.

Há informações de que o clube já havia recolhido a grande maioria do dinheiro obntido com a venda de ingresso, segundo informações do Ciops.

Pois é, o Ceará está tão bem e com tanta sorte que até driblou a malandragem.

MP denuncia delegado por crime de improbidade

“O Ministério Público do Estado do Ceará, por meio dos promotores de Justiça da Comarca de Quixeramobim, Hugo Frota Magalhães Porto Neto e Eneas Romero de Vasconcelos, ofereceu, no dia 14 de setembro, uma denúncia ao juiz de Direito da 2ª Vara daquela cidade, contra o delegado licenciado da Policia Civil de Quixeramobim, Francisvaldo Pontes dos Santos. O delegado é acusado de ordenar a soltura de três acusados de porte ilegal de armas de fogo, com a devida devolução das armas apreendidas, sob influência de políticos atuantes naquela região.

Os réus, Antônio Willame Jerônimo Dias (mototaxista); Enio Gadelha Queiroga Silvestre (comerciante); e Edi ou Edio Gaúcho (ex-administrador da fábrica Aniger em Quixeramobim) foram enquadrados pelos promotores no artigo 14, da Lei 10.826/2003, por portarem duas escopetas, calibre 12, com o intuito aparente de caça ilegal. Conforme o referido dispositivo, “portar, deter, adquirir, fornecer, receber, ter em depósito, transportar, ceder, ainda que gratuitamente, emprestar, remeter, empregar, manter sob guarda ou ocultar arma de fogo, acessório ou munição, de uso permitido, sem autorização e em desacordo com determinação legal ou regulamentar” configura-se porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. A pena prevista é de reclusão, de dois a quatro anos, e multa. O crime previsto é inafiançável, salvo quando a arma de fogo estiver registrada em nome do agente.

Segundo os promotores de Justiça, o delegado acusado teria transgredido, além da lei de improbidade administrativa, cuja a ação foi ingressada em junho de 2009, também a norma penal, incorrendo sua conduta contrária ao artigo 319 do Código Penal Brasileiro (CPB), que trata sobre prevaricação, que significa, conforme o texto legal, “retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal”. Caso haja condenação, a pena prevista é de detenção, de três meses a um ano, e multa.

De acordo com o depoimento do dentista José Humberto Almeida Júnior, que presenciou os fatos, por influência de políticos atuantes naquela cidade, o delegado determinou que os registros e as armas apreendidas fossem imediatamente devolvidas. No mesmo instante, Antônio Williame Jerônimo e Enio Gadelha Queiroga Silvestre saíram levando as suas armas, espingardas calibre 12, sendo também lhes devolvidos os cartuchos, tantos os intactos quanto os deflagrados.”

(Site do MP-Ceará)

Clima de conflito entre pescadores de Icapuí

Clima de conflito na cidade de Icapuí (Litoral Leste do Ceará) envolvendo pescadores da localidade de Redonda e demais pescadores artesanais. Nesta manhã de sexta-feira, um grupo de pescadores ocupou o Centro da cidade para protestar contra o Ibama, que proibiu a pesca do camarão a três milhas do litoral daquele município.

Pescadores atingidos com a medida fizeram passeata pela cidade contra o Ibama, o que acabou resultando no fechamento da Prefeitura e do comércio por precaução. A Câmara Municipal foi o foco do protesto e, de lá, pescadores se deslocaram até o Centro.

A Polícai Militar pediu reforço e fez barricadas para evitar que o grupo se deslocasse até a Praia de Redonda. Pescadores artesanais acusam o pessoal de Redonda de impedi-los de pescar. Já os pescadores de Redonda dizem que demais pescadores fazem pesca predatória e prejudicam a produção de crustáceos na região.

O coronel Paulo ded Tarso, em contato com o Blog, disse que a situaçao está sob controle e que não houve confronto.

O deputado estadual Dedé Teixeira (PT), que já foi prefeito de Icapuí, voltou a alertar, nesta sexta-feira, para a situação grave do muicípio. Ele disse que o Ibama precisa resolver impasse entre pescadores, pois teme derramento de sangue.

Procuradoria Regional do Trabalho tenta resolver greve no Judiciário do Ceará

O presidente do Tribunal de Justiça do Esado, desembargador Ernani Barreira, receerá às 1030min desta sexta-feria, em seu gabinete de trabalho, a visita do procurador regional do Trabalho, Gerson Marques.

Os dois vão conversar e tentar solução para a a greve que os servidores do Poder Judiciário fazem há semanas e que prejudica o andamento dos trabalhos. Aparentemente está tudo normal no Poder, por conta de muitos terceirizados, de acordo com lideranças grevistas, ma, em futuro próximo, o prejuízo será contabilizado.

A categoria reivindica melhores condições salariais.

VAMOS NÓS – Que o Poder Judiciário cearense aproveite a badalada Semana de Conciliação para fazer uma conciliação em casa.

Ceará e Piauí solicitam carros-pipas

“Estados do Piauí e Ceará solicitaram em regime de urgência a liberação de carros-pipas para 134 municípios que sofrem com a falta de água. Hoje, a Defesa Civil do Ceará informou que 58 prefeitos já pediram o envio de abastecimento de água, principalmente para o polígono da seca e região do baixo Jaguaribe. No Piauí, o governo pediu ajuda para 76 municípios que estão há quatro meses sem chuvas.

O gerente de Desastre da Defesa Civil do Ceará, Joel Nobre, informou que a maioria dos municípios com flagelados da seca ainda estão incluídos no decreto de emergência das enchentes. Segundo ele, essa inclusão está causando o entrave para a liberação de recursos.

“A nossa orientação é que os prefeitos solicitem a visita dos técnicos da Defesa Civil e, se for constatada a necessidade, é incluído na operação carro-pipa e o município sairá do decreto das enchentes. Por enquanto, 58 municípios já pediram ajuda dos carros-pipas”, disse Nobre.
Somente na região de Crateú (CE), 13 cidades irão receber carros-pipas. Entre eles, Assaré, Jucas, Antonina do Nobre, Pedra Branca, Quiterianópolis, Campos Sales, Salitre, Nova Olinda e Santana do Cariri.

Falta de verba
O Exército Brasileiro ainda não iniciou a operação carro-pipa nos 76 municípios que sofrem com a falta de água no Piauí, devido à falta de recursos. Os Batalhões de Construções e Infantaria de Teresina e de Crateús, no Ceará, que vão atuar nos municípios piauienses, já receberam a lista das cidades no polígono da seca, mas aguardam a liberação do recurso para a contratação dos veículos.

O capitão Francisco de Paula Camelo de Sousa Júnior, do 40º Batalhão de Infantaria de Crateús, informou que os oficiais cearenses irão atuar em 25 cidades no Piauí.

“Estamos dependendo da chegada do recurso para iniciar o atendimento às famílias”, informou o capitão que não soube informar o valor do recurso necessário. Segundo ele, o aluguel do carro-pipa na região varia de R$ 2.500,00 até R$ 11 mil, de acordo com o percurso.

Para antecipar o trabalho, o capitão disse que os homens serão deslocados para os municípios e lá irão fazer o cadastramento das famílias e verificar as rotas dos carros-pipa.

Serão atendidas as regiões de Caridade do Piauí, Francisco Santos, Massapê do Piauí, Monsenhor Hipólito, Padre Marcos, Pio IX, São Julião e Belém do Piauí.

Já o coordenador da Operação Pipas no Piauí, Dimas Ferreira Oliveira, disse que recebeu autorização para atuar em 34 cidades do Estado, mas confirmou que falta a liberação dos recursos. “A estimativa é que vamos precisar de 130 carros-pipas, mas esse número pode ser alterado”, disse Oliveira.”

(Folha Online)

Morro de Santa Terezinha é tema de exposição

A fotógrafa cearense Fernanda Oliveira permanece em cartaz com a exposição “Santa Terezinha: o morro de uma cidade”, até domingo próximo, na praça de eventos do Shopping Aldeota (piso L1), em Fortaleza. Com 25 fotos coloridas e em preto e branco e outras duas em grande formato fixadas entre os dois primeiros andares do Shopping, a mostra dá uma prévia do livro fotodocumentário, lançado pela publicitária em agosto.

O morro de Santa Terezinha é o ponto mais alto de Fortaleza, que por várias vezes foi bastante visitado pelos turistas e até pelos próprios cidadãos. Ele abriga o mirante da cidade e muitas histórias. Fernando registrou um pouco disso em sua lente. Tudo num fotodocumentário que virou um livro de 53 fotografias, dispostas em 100 páginas e que está sendo publicado pela editora Tempo D’imagem. 

Ela diz que foram cinco anos de trabalho, mas que valeu a pena. Fernanda já ganhou prêmios mesmo antes do lançamento: Prêmio de Incentivo às Artes da Secretaria da Cultura do Ceará 2007, Edital das Artes da Fundação da Cultura, Esporte e Turismo de Fortaleza 2006 e Festfotopoa 2009 – Festival Internacional de Porto Alegre, além de ter sido indicado para a Fotografia Contemporânea Brasileira 2010.

Sincojust: há comarcas com mais servidores de prefeituras do que pessoal do Judiciário

O Sindicato dos Oficiais de Justiça do Estado quer a presidência do Tribunal de Justiça adotando providências sobre deslizes registrados em convênios firmados com prefeituras. Segundo a entidade, em várias comarcas, há mais servidores municipais do que servidor do Judiciário, o que não comungaria com o princípio da independência entre poderes. Confira:

O SINDICATO DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ – SINCOJUST, neste ato representado por seu presidente que esta subscreve, vem REPRESENTAR para que se instaure PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINISTRATIVO em face do TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO CEARÁ, consoante o que passa a expor:

1. DA FALTA DE INDEPENDÊNCIA DO JUDICIÁRIO – PROMISCUIDADE COM SERVIDORES MUNICIPAIS

A Constituição do país é rasgada e tripudiada pelo Presidente do Tribunal de Justiça no Ceará.
A Carta da República apregoa independência administrativa e financeira dos Tribunais de Justiça. Isso pressupõe que seja privativo do Tribunal definir e organizar seus serviços auxiliares. Neste sentido vejamos o que dispõe o Art. 96, I da CF/88:
Art. 96. Compete PRIVATIVAMENTE:
I – aos tribunais:
(…)
b) organizar suas secretarias e serviços auxiliares e os dos juízos que lhes forem vinculados, velando pelo exercício da atividade correicional respectiva;
(…)
d) propor a criação de novas varas judiciárias;
e) prover, por concurso público de provas, ou de provas e títulos, obedecido o disposto no art. 169, parágrafo único, os cargos necessários à administração da justiça, exceto os de confiança assim definidos em lei;

Com efeito, NÃO se concebe um ambiente isento e de independência para um juiz se ele não tiver os serviços auxiliares, servidores qualificados e efetivos do quadro do Tribunal a que for vinculado. Entretanto, no interior do Estado do Ceará, os juízes além de NÃO disporem de servidores efetivos, são reféns dos prefeitos municipais.
Há imensa promiscuidade entre servidores municipais, de livre nomeação e exoneração pelo chefe do executivo local, e o Judiciário nas Comarcas de interior. Para que se tenha a idéia do quadro caótico e inaceitável de todas as comarcas do Ceará, citemos apenas alguns exemplos:

1)Alto Santo – 01 servidor do TJ. 07 servidores do prefeito.
2)Aquiraz – 10 servidores do TJ. 12 servidores do prefeito.
3)Baixio – 02 servidores do TJ. 05 servidores do prefeito.
4)Beberibe – 06 servidores do TJ. 10 servidores do prefeito.
5)Boa viagem – 03 servidores do TJ. 09 servidores do prefeito.
6)Canindé – 09 servidores do TJ. 39 servidores do prefeito.
7)Caucaia – 15 servidores do TJ. 44 servidores do prefeito.
8)Chorozinho – 02 servidores do TJ. 05 servidores do prefeito.
9)Fortim – 02 servidores do TJ. 07 servidores do prefeito.
10) Icapuí – 03 servidores do TJ. 11 servidores do prefeito.
11) Itapipoca – 18 servidores do TJ. 27 servidores do prefeito.
12) Mombaça – 03 servidores do TJ. 15 servidores do prefeito.
13) Pacajus – 10 servidores do TJ. 18 servidores do prefeito.

São estes apenas alguns exemplos que demonstram como a administração do Tribunal de Justiça do Ceará perdeu, há muito, sua “privativa” competência de controlar e dispor sobre os serviços auxiliares dos juízos que lhes são vinculados. Que autonomia, que independência têm os juízes do interior do Estado do Ceará?
Correm o risco de, proferindo decisão que desagrade o prefeito do município, vejam seus fóruns esvaziados e tenham que ajudar no atendimento à comunidade no balcão.
Ficam a mercê também de interferências prováveis e indevidas dos prefeitos no ritmo da tramitação dos processos, sempre prestigiando os interesses do prefeito e de seus apaniguados.”

VAMOS NÓS – Esperamos que a cúpula do Tribunal de Justiça avalie essa situação exposta pelo Sincojust. Cremos ser algo antigo, mas que precisa ser corrigido pelo Poder.