Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Luizianne comanda encontro do PT que trata da campanha pró-Dilma

A prefeita Luizanne Lins, presidente estadual do PT, está comandando, nesta manhã de terça-feira, no Hotel Amuarama, em Fortaleza, encontro com candidatos eleitos e reeleitos do partido. O objetivo é definir estratégias da campanha pró-Dilma Rousseff (PT) na Capital.

Luizianne, bom lembrar, é a coordenadora-geral da campanha dilmista no Estado. No primeiro turno, não precisou aparecer tanto, até porque Lula e Cid Gomes comandaram o trabalho eleitoral. Mas agora a ordem é todos por uma.

Parlamentar diz que Tasso foi vítima de rolo compressor estadual e federal

147 5

O deputado federal Raimundo Gomes de Matos, único tucano reeleito para a Câmara , lamentou, nesta terça-feira, a derrota do senador Tasso Jereissati (PSDB). Para ele, quem perdeu não foi Tasso, mas o povo do Ceará que tinha no tucano “um parlamentar atuante, altivo e que era respeitado até pelo governo”. Tasso disputou a reeleição e acabou em terceiro lugar num páreo que marcou Eunício Oliveira (PMDB) em primeiro e José Pimentel (PT) na segunda colocação. As pesquisas davam o tucano como reeleito.

Raimundo Gomes avaliou que Tasso foi derrotado pelo rolo compressor montado pelo Palácio do Planalto, com apoio do Governo do Estado, e por ter feito uma campanha solitária contra dois adversários que, na reta final, uniram força e esforços e surpreenderam a partir de uma participação maciça do presidente Lula na propaganda eleitoral gratuita.

Ele adiantou, no entanto, que se o candidato a presidente da República, José Serra (PSDB), derrotar a petista Dilma Rousseff nas urnas do segundo turno, Tasso, com certeza, ganhará posição de destaque no ãmbito federal. “O senador abandonou disputas, já disse que continuará na vida pública colaborando para a formação de novas lideranças. Ele pode continuar na política sem mandato”, acentuou.

(Foto – Paulo Moska)

José Guimarães é reeleito, mas irmão perde em São Paulo

178 4

O deputado federal José Nobre Guimarães (PT), o segundo mais votado no Ceará (209.752 votos), não comemorou muito com a família o resultado. É que o irmão dele, José Genoíno (PT-SP), acabou derrotado no seu objetivo de ser reeleito.

Genoíno teve sua vida política marcada pela luta contra a ditadura, mas acabou envolvido no chamado Escândalo do Mensalão, o que lhe custa, até hoje, dores de cabeça e muito desgaste.

Quanto a Guimarães, é retomar o trabalho de coordenador-geral da bancada e reforçar a luta pela aprovação da Emenda 29, aquela que garante mais recursos para a saúde. O que está precisando. E muito.

Mudanças no secretariado cidista

Deputados estaduais reeleitos, Mauro Filho e Ivo Gomes (ambos do PSB) são nomes certos para voltar à equipe do novo Governo de Cid Gomes (PSB). O primeiro na Secretaria da Fazenda e o outro na chefia de gabinete do Palácio Iracema ou em uma outra pasta. Essa hipótese ninguém no Palácio Iracema descarta.

Além dos dois, há possibilidade de Camilo Santana voltar a ocupar a pasta do Desenvovimento Rural, onde desempenhou bom papel. Seria a forma de trabalhar sua imagem e nome de olho em 2014. Cid Gomes não esconde que Camilo é  um petista da sua confiança.

Outra pasta que mudará é a da Segurança Pública e Defesa Social, onde o titular, Robeto Onteiro, esá como um “demissionário anunciado”. Ele já disse que não ficará por questões familiares.

Ciro, o saxofone e o trombone

260 3

“O deputado federal Ciro Gomes (PSB) aproveitou o fim da campanha eleitoral no Estado para renovar desabafo. Disse que saia magoado com a “baixaria” que foi a campanha eleitoral no Estado. Principalmente por conta de reportagem “mentirosa” da Veja, usada trazendo um suposto esquema de prefeituras envolvendo seu nome e o nome do seu irmão, o governador reeleito Cid Gomes (PSB).

Ciro até voltou a admitir abandonar a política, no que para alguns seria jogo de cena de quem, no passado, dizia que sairia desse terreiro e até aprenderia a tocar saxofone. Há quem aposte e assegure: Ciro continua, mais do que nunca, firme no cenário político. Com direito a continuar botando a boca no trombone.”

(Coluna Vertical , do O POVO)

DETALHE – Ciro é aquele que o senador tucano Tasso Jereissati não quer ver pintado em sau frente tão cedo. Tasso está magoado com ele, principalmente, sua cria política, em razão da campanha eleitoral na qual saiu derrotado. Já o ex-governador Lúcio Alcântara (PR), que disputou e perdeu o Governo de novo, não poupa: Tasso provocu do remédio aplicado na disputa governamental de 2006.

Caso Bruce – Hora de ouvir testemunhas de acusação

Oito testemunhas de acusação do assassinato do estudante Bruce Cristian (14), morto por um policial do Ronda do Quarteirão no dia 25 de julho serão ouvidas nesta terça-feira, na 3ª Vara do Júri do Fórum Clóvbis Beviláqua, em sessão fechada.

Em um outro momento, serão ouvidas as testemunhas de defesa. Antes do julgamento, também haverá o interrogatório do soldado Yuri Silveira, que está sendo acusado do crime.

Cid, Eunício e Pimentel terão encontro com Lula nesta 3ª feira

O governador reeleito Cid Gomes (PSB), tendo ao lado os senadores eletios Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT), será recebido às 9 horas, no Palácio do Alvorada, pelo presidente Lula. Vai agradecer apoio recebido em sua campanha e apresentar ações que pretende realizar no Ceará, com todos os eleitos de sua base política, em favor da vitória da candidata a presidente da República, Dilma Roussef (PT).

Durante esta segunda-feira, Cid, Eunício e Pimentel participaram de reunião com Dilma e deais governadores e senadores eleitos e reeleitos da base de Lula, quando foram traçadas estratégias para a campanha de segundo turno.

“Essa mesa (de reunião) representa a parte mais expressiva da nossa vitória ocorrida neste primeiro turno. Nos últimos 20 anos nunca tivemos uma vitória tão grande, com maioria expressiva no Congressso Nacional. Conseguimos construir uma maioria suficiente para que o País prossiga com suas reformas necessárias. Esses senadores e deputados federais darão grande contribuição parao Brasil continuar avançando”, afirmou Dilma durante o encontro.

Cid Gomes propõs na ocasião que os programas eleitorais de Dilma sejam regionalizados. “Sugiro que os programas eleitorais sejam cada vez mais regionalizados e que o presidente Lula se incorpore de forma mais forte nos últimos 15 dias, se licenciando do cargo”, propôs. O governador adiantou qeu no Ceará, a ordem é todos da base lulista irem para as ruas. “Vou trabalhar bastante para que ela tenha uma votação próxima dos 80% no segundo turno”, prometeu.

Tasso anuncia que não disputará mais cargo público e não poupa os Ferreira Gomes

140 4
O tucano atuou como crítico duro de Lula.
“Perco minha eleição, mas não perco minha dignidade”, afirmou, durante entrevista coletiva, nesta segunda-feira, o senador Tasso Jereissati (PSDB), que saiu das urnas deste domingo derrotado. Tasso adiantou que não pretende mais concorrer a cargos públicos, mas avisou logo: não vai se afastar do cenário político.
Ele não entrou em detalhes sobre o porquê de tal frase, mas, no domingo do voto, já dizia que o Ceará estava precisando de “um banho de ética”. Indiretamente teria se referido a denúncias de suposto esquema envolvendo prefeituras e o Governo do Estado, o que foi divulgado na revista Veja, desmentido pelo governador reeleito e aproveitado na propaganda gratuita.
O tucano, na coletiva dada em seu escritório político e tendo ao lado o candidato derrotado ao Governo, Marcos Cals (PSDB) – que ficou em segundo na disputa, e o vice dele, Pedro Fiúza (PSDB), deu outro recado: vai se dedicar à missão de formar novos quadros na política cearense. A crítica de que o PSDB não renovou quadros foi um dos fatores que predominaram na avaliação do resultado dessas eleições no Ceará em se tratando de PSDB.
Tasso, Cals e Fiúza informaram que, a partir de agora, já estão engajados na campanha do candidato a presidente pelo PSDB, José Serra, que enfrentará Dilma Rousseff (PT) no segundo turno da disputa. Ele defendeu que Serra procure o apoio de Marina Silva, a postulante do PV que forçou o segundo turno: “Convivi com Marina no Senado e sei que ela tem horror ao fisiologismo que o PT tem feito.”
 
DETALHE – Tasso faz anúncio de que não disputará mais cargo público um dia depois de Ciro Gomes admitir o mesmo e de confessar ter se arrependido de ter transferido seu domicílio eleitoral para São Paulo.
DETALHE 2 – Tasso, indagado sobre a fala de Ciro Gomes dizendo ter lamentado sua não reeleição, foi duro e irõnico: “Você acredita nisso?”
DETALHE 3 – Sobre o Governo Cid Gomes, disse: “Sou totalmente contra a forma de fazer política dos Ferreira Gomes. Eles estão irreconhecíveis. Não são nem sombra dos jovens idealistas que já foram”.

TAM é condenada a indenizar passageiro por overbooking

“O juiz da 2ª Vara da Comarca de Eusébio, José Cavalcante Júnior, condenou a TAM Linhas Aéreas S/A a pagar R$ 16.739,10 de indenização ao cliente J.C.M.F, por conta de overbooking. Conforme os autos (nº 441-93.2009.8.06.0075/0), J.C.M.F. adquiriu uma passagem aérea da empresa com destino a Vitória, no Espírito Santo, em outubro de 2006. Impedido de embarcar e seguir viagem devido a overbooking, o cliente teve que comprar novo bilhete aéreo, só conseguindo embarcar horas depois. Ele chegou ao seu destino com 12 horas de atraso, deixando de atender os pacientes de seu consultório.

A TAM admitiu o defeito na prestação do serviço e o desconforto gerado ao consumidor, mas afirmou que o overbooking (vender mais bilhete do que vaga disponível no voo) não é fato gerador de indenização.

Ao analisar o caso, o magistrado entendeu que a empresa deve responder pela falha operacional de vender mais passagens que a capacidade da aeronave. Por conta disso, condenou a TAM a pagar R$ 10.000,00 de indenização por danos morais e R$ 739,10 por reparação material, sendo esse valor relativo à diferença das passagens compradas.

Além disso, a companhia aérea terá que pagar R$ 6.000,00 referentes aos exames e às consultas que o reclamante deixou de realizar.”

(TJ do Ceará)

Carlito Matos vem aí!

321 1

Esse ai é o ex-superintendente estadual do Ibama, Carlos Matos. Hoje, entre muitas de suas atividades, atua como compositor e cantor, já preparando o lançamento de mais um CD, cujo título é uma homenagem à neta, Clara, filha dos jornalistas Carla Matos, sua filha, e Marcos André Borges, este o homem-forte da VSM Comunicação.

Carlito Matos, como é conhecido, é desses papos maravilhosos, de encantar e cantar mesmo, mexendo com a sensibilidade das pessoas. O repertório de suas músicas é variadíssimo: do forró, com direito a letra gaiata ou repente tradicional, a belas poesias que abordam a nastureza e o amor. 

O local do lançamento do novo CD de Carlito Matos ainda está sendo fechado, mas, caros leitores, se esse camarada tivesse maior espaço na mídia, com certeza, teria composições gravadas por gente famosa. E olhe que são letras de quem carrega nas veias a herança do grande e saudoso poeta Costa Matos.

PT do Ceara convoca candidatos eleitos para a campanha de 2º turno

260 1

A Executiva Estadual do PT não quer dormir de touca e, por conta disso, já marcou para as 9 horas desta terça-feira, no Hotel Amuarama, em Fortaleza, reunião com todos os candidatos eleitos pela legenda. A ordem, segundo o vereador Acrísio Sena (PT), é começar a planejar as ações de campanha em favor da candidata a presidente da República, Dilma Rousseff.

Acrísio Sena, que atuou como coordenador-executivo na campanha do primeiro turno, faz a convocação, observando que a disputa não será fácil e que todos precisam estar mobilizados.

Enquanto o PT marca reunião para esta terça-feira, Cid Gomes, Ciro Gomes e os senadores eleitos Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT) tratam desse mesmo assunto em Brasília, com a candidata Dilma Rousseff.

VAMOS NÓS – Agora é aguardar a união de forças de Cid Gomes e Ciro Gomes  com a prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, nessa nova fase da disputa. Tudo em nome da Dilma, é claro.

A nova bancada federal do Ceará com jeito de política velha

193 1

Renato Roseno (PSOL), com 113.704 votos e fora da festa.

A nova bancada federal do Ceará, que saiu das úrnas desse domingo, não promete muito. Houve renovação de nomes e não de ideias – com raras exceções, ou costumes. Dos 22 ungidos, 10 são estreantes. São eles…

Domingos Neto (PMDB) – Filho do presidente da Assembleia Legislativa, Domingos Filho, que foi eleito vice do governador Cid Gomes. Um novato em todos os sentidos: na idade (22) e na prática, pelo menos notório, na política. Foi o mais votado, pois com estrutura de peso.

Genecias Noronha (PMDB) – Ex-prefeito da pequena Parambu e sobrinho do ex-deputado estadual Joaquim Noronha. É empresário.

Edson Silva (PSB) – Já foi deputado estadual e federal. Não é novato, portanto, mas conseguiu, com respaldo de quem apresenta programa policial na TV Cidade de Fortaleza, de grande audiência, ser eleito com discurso de combate à violência. 

Artur Bruno – deputado estadual calejado no PT e que conseguiu ser eleito com apoio de segmentos da chamada classe média da área da educação. É também professor de escola do setor privado. Nasceu para o parlamento. Chegou a ser scretário da Ação Social do Governo Cid Gomes, mas não esquentou patente.

João Ananias (PCdoB) – Já foi prefeito de Santana do Acaraú e é deputado estadual. Também foi secretário da Saúde do Governo Cid Gomes, no que construiu estrutura e condições de conquistar mandato. Feito inédito do seu partido, que só fazia um parlamentar federal.

Raimundo Macedo (PMDB) – Ex-deputado estadual e ex-prefeito de Juazeiro do Norte, construiu sua candidatura na Região do Cariri e, na terra do “Padim Ciço”, conseguiu angariar votos sendo contraponto da gestão quesdtionável do prefeito petista que ajudou a eleger, Manuel Santana.

André Figueiredo (PDT) – Já foi deputado federal, preside o Conselho Deliberativo do time do Cweará e, como secretário-executivo do Ministério do Trabalho e Emprego, chegou a ocupar o comando da pasta várias vezes. É, também, emprésário.

Danilo Forte – Ex-secretário-executivo e ex-presidente da Funasa. No cargo, angariou apoio de vários prefeitos. Também contou com respaldo de colégios do senador eleito pelo PMDB, Euníco Oliveira.

Antônio Balhmann (PSB) – Foi secretário da Indústria e Comércio em gestões estaduais, ex-deputado federal e ocupava a presidência da Agência de Desenvolviento Econômico do Estado (Adece) no Governo Cid Gomes.

Mário Feitosa (PMDB) – É empresário de vários ramo como o de factoring e detém empresa que opera com empréstimo consignado junto a servidores públicos. Também é consultor da área econômica e financeira.

* DETALHE – Renato Roseno agradeceu, nesta segunda-feira, os votos recebidos do povo do Ceará. Votos que foram conquistados por seu discurso e propostas. Ele lamenta ser vítima do chamado quociente eleitoral, mas respeita as regras. Continuará militando em defesa dos direitos humanso e em favor de políticas pública favoráveis à criança e ao adolescente.

Cid, Eunício, Pimentel e Ciro conversam com Dilma sobre o 2º turno no Ceará

242 1

Depois da vitória, é arregaçar mangas pró-candidata petista.

O governador reeleito Cid Gomes (PSB) participa, nesta tarde de segunda-feira, em Brasília, de reunião com a candidata petista à Presidência da República, Dilma Rousseff. O encontro reúne também os senadores eleitos Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT) e outros governadores e senadores de outros Estados consagrados nas urnas desse domingo.

A novidade do encontro é a presença do deputado federal Ciro Gomes (PSB), que atuou como coordenador da campanha cidista. O encontro, segundo informou o próprio Cid após o fechamento das urnas, é para começar a preparar a estratégia de vitória de Dilma no segundo turno da disputa presidencial.

Cid Gomes sabe que é preciso trabalhar para que Dilma ganhe do tucano José Serra. Com Dilma, terá compromisso de tocar todos os grandes projetos estruturantes que planejou. Se der Serra – e ele bate na madeira, pode ficar a pão e água, segundo analistas políticos.

(Foto – Divulgação)

Lúcio deseja "boa sorte" para Cid, mas cobra mais transparência na nova gestão

160 1

O candidato derrotado ao Governo do Ceará, Lúcio Alcântara, desejou “boa sorte” ao governador reeletio Cid Gomes (PSB). Foi durante entrevista coletiva que concedeu, no fim da manhã desta segunda-feira, em Fortaleza, em sua biblioteca particular. Lúcio, no entanto, disse esperar que, nesse novo mandato, Cid possa ser “mais transparente” em suas ações. A campanha lucista foi quem mais questionou projetos e atividades administrativas do atual Governo.

Lúcio creditou sua derrota, ficando na terceira colocação da disputa quando as pesquisas o colocavam em segundo lugar, à falta de “padrinho forte”. Ele disse que Cid tinha o presidente Lula maciçamente em seu programa eleitoral, enquanto Marcos Cals (PSD/DEM) contava com o respaldo do senador tucano Tasso Jereissati. “Faltou padrinho forte”, disse, acrescentando também ter feito campanha sem a estrutura e os recursos do principal adversário, o governador.

Na condição de presidente regional do PR, Lúcio informou que o partido deverá ser oposição ao novo Governo Cid Gomes. Com relação à candidatura de Dilma Roussef (PT), candidata a presidente da República que contou com apoio no primeiro turno, disse que o apoio será tratado em Brasília por meio de comissão da legenda a ser coordenada pelo prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa. Sobre seu futuro político, disse que entrará numa fase de reflexões. 

DERROTA DE TASSO

Para Lúcio Alcântara, a derrota do senador tucano Tasso Jereissati foi consequência da atuação do presidente Lula em favor dos postulantes Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT).”O Tasso não percebeu o moviento politico e ele ficou meio isolado”, explicou, acrescentando que isso se deveu também ao fato do PSDB não ter militado na oposição nos ultimos quatro anos.”Li no jornal O POVO que ele reconheceu isso e fez até umamea culpa”, observou.

O dirigente estadual do PR considerou também a “falta de reciprocidade” da parte do governador ao tucano, o que contribiu para sua derrota.

Fortaleza de trânsito caótico e poluído

391 1

Nada de mau tempo provocado por névoa ou coisa parecida. Isso aí é a fumaça preta despejada na natureza por um dos muitos caminhões que circulam pelo caótico trânsito de Fortaleza. Ou seja, haja monóxido de carbono lançado sobre tudo e sobre todos sem qualquer cerimônia e, principalmente, sem fiscalização.

Antigamente, a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) realizava a chamada “Operação Fumça Preta” para controlar o nível desse tipo de poluição.

Será que o órgão se perdeu também nessa fumaça?

(Foto – Paulo Moska)

PRF apreende 110 notebooks transportados sem nota fiscal

Cento e dez notebooks foram apreendidos, nesta manhã de segunda-feira, pela Polícia Rodoviária Federal. O fato se registrou no quilômetro 158, da BR-116, altura do município de Russas (165 Km de Fortaleza), quando patrulheiros desconfiaram do volume de cargo transportado por uam caminhoente S10;.

Segundo a assessoria de imprensa da PRF informou para a rádio O POVO/CBN, a apreesão ocorreu porque os aparelhos não tinham nota fiscal. O motorista do veículo permaneceu calado durante toda a ação.

Secretário de Luizianne cumprirá agenda na Itália

106 1

Eis a informação divulgada, ensta segunda-feira, pelo Prefeitura de Fortaleza em seu site:

O Coordenador de Relações Internacionais da Prefeitura de Fortaleza, Geraldo Accioly, viajará, nesta terça-feira, para a Itália no intuito de incluir Fortaleza na cooperação da Copa de 2014 e articular uma posterior visita da Prefeita Luizianne Lins a esse país. Na província de Genova, o coordenador buscará estratégias de cooperação nas ações da Copa do Mundo 2014. Já em Roma, participará do Seminário de Cultura Digital e Cooperação Internacional. A viagem é um convite da Agência de Cooperação de Governos Locais da Itália (Acel).

As ações de cooperação envolvendo Fortaleza estão sendo cada vez mais fortalecidas, principalmente, depois da prefeita Luizianne Lins ter assumido a vice-presidência de Assuntos Internacionais na Frente Nacional dos Prefeitos (FNP). Um exemplo do fortalecimento são parcerias elencadas com as cidades de Praia e Mosteiros, em Cabo Verde, nas áreas do Orçamento Participativo, Segurança Municipal e Planejamento e Gestão.

Presidente do TJ-CE critica OAB por mudar regra para escolha de desembargador

252 3

O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador Ernani Barreira Porto, explicou neste sábado (02/10) a real situação da Vara de Execuções Criminais e Corregedoria de Presídios da Comarca de Fortaleza. Na oportunidade, o desembargador reforçou o compromisso de todos os servidores e magistrados do Poder Judiciário do Estado para que a Justiça cearense funcione dentro dos padrões desejados. O presidente afirmou que o TJCE indicou quatro magistrados para auxiliar o juiz titular da unidade judiciária e que o número de servidores foi aumentado para 57. Essa força-tarefa na Vara de Execuções Criminais começou em julho deste ano. “Ocorre que não se pode modificar um erro absoluto com um passe de mágica. Fazer qualquer crítica a essa verdadeira guerra contra a desordem institucionalizada, é perda de tempo, é contribuir para a perpetuação dos equívocos que a sociedade tanto critica”.

Para o desembargador Ernani Barreira, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – secção Ceará (OAB/CE), Valdetário Monteiro, não conhece o trabalho realizado na Vara de Execuções Criminais, em que os processos estão sendo postos em ordem. “No meu entender, desviou a sua elevada função de buscar soluções verdadeiras para os problemas que afligem todas as categorias de operadores do Direito e, posso estar enganado, mas cedendo a algum tipo de pressão se curvou e resolveu fazer afirmativas absolutamente fora da realidade”, pontuou.
Ernani Barreira disse que não entende como o presidente da OAB/CE passou um ano para escolher a lista sêxtupla, formada por advogados, para compor o corpo de julgadores do TJCE, pelo quinto constitucional e, repentinamente, ficou frenético. “Devo louvar que essa escolha foi feita de forma democrática, participativa, e que todos os advogados do Ceará puderam votar. Honestamente me assusta quando sua senhoria resolve alegar que deve mudar o critério em virtude de necessidade do Tribunal de Justiça. Quem quiser fazer alguma coisa no sentido de atender a qualquer tipo de pressão, que o faça, mas deixe a Justiça fora porque a Justiça do Ceará não está pronta para receber esse tipo de crítica. Estamos prontos para receber críticas procedentes”.

O presidente do Tribunal de Justiça assegurou, ainda, que duas novas Varas de Execuções Criminais foram criadas, mas, para a implementação, é necessário realizar concurso de remoção. “Estão pedindo uma coisa que já foi criada. Agora, para nomear os juízes, há a necessidade de um concurso de remoção. O Tribunal de Justiça não pode pegar um juiz e jogar em uma vara de Execuções Criminais sem um concurso de remoção, que deve ser feito dentro de critérios estabelecidos pela Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Loman) e pelo Regimento Interno do Tribunal. Tem os prazos, inscrições, publicações. As varas já foram criadas, o presidente da OAB do Ceará está mal informado, alguma coisa existe e precisa ser esclarecida”, defende o desembargador.

Sobre o Projeto de Virtualização, o magistrado informou que 3.400 processos da Vara de Execuções Criminais estão digitalizados, 3.600 em processo de digitalização e os demais estão sendo preparados para serem convertidos em arquivos digitais. “O Projeto no Ceará é alguma coisa que está sendo aplaudido no Brasil todo. O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo virá à Fortaleza, dentro de 15 dias, conhecer o processo de virtualização do Ceará. Isso é uma conquista do Ceará”.

RECLAMAÇÃO DA OAB-CE

A OAB-CE ingressou com reclamação junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre o funcionamento da Vara de Execuções Criminais. A Ordem se queixou da existência de mais de dez mil processos para serem julgados por um único juiz e da quantidade de servidores. Também reclamou que a transição para a virtualização dos processos está causando morosidade. O CNJ, então, determinou correição na Vara de Execuções Criminais.
Sobre a decisão do Conselho, o desembargador Ernani Barreira considerou profundamente salutar. “O TJCE está aberto para mostrar tudo o que tem feito e tudo o que é possível ainda fazer”, assegurou.”

(Site do TJ-CE)

Candido Polô, do PV, tenta resolver pendência para ter votos divulgados

Candidato ao Senado com votos não sendo divulgados, Polô (PV) pede espaços para esclarecer aos eleitores: não tem seu nome incluido na “Ficha Suja”. O que houve foi problema registrado em 2004, quando não votou no primeiro turno das eleições. Estava atuando como fiscal da então candidata à Prefeitura de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), e não votou.

Polô informa que resolveu a pendência, pagou multa equivalente a R$ 3,00 e, quando pensava que estava tudo regularizado, veio uma comunicação da Justiça Eleitoral para o PV informando que ele teria essa pendência. Polô não chegou a receber em tempo hábil tal comunicação e, pçor conta disso, seus votos não são divulgados.

Ele informa que entrou em contato com o setor jurídico da campanha da candidata a presidente da República pelo PV, Marina Silva, para esclarecer essa situação.