Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

A Praça é vossa?!

365 2

Até quarta-feira, eis o que ornava o alambrado da quadra de esportes da pracinha do Colégio Municipal Monsenhor Linhares (Bairro Parquelândia): faixas com saudações ao eleitorado. Assinada pelo Dr. Joõ Batista, no caso vereador que tem atuação naquela área da cidade.

(Foto – Leitor José Alves)

Comissão de Saúde da OAB e o jogo midiático

212 2

Com o título “Comissão e Saúde – OAB-CE versus Cremec”, o professor e médico Marcelo Gurgel escreve artigo para o Blog, onde ele lamenta que a ação da Ordem se restrinja aos hospitais públicos. Ou seja, reforçando a tese de que o SUS não seria bom. Confira:

Nos últimos meses, a mídia cearense, notadamente jornais e emissoras de televisão, tem cedido os seus preciosos espaços, mormente quando há uma certa carência de matérias de maior impacto, para “cobrir” os trabalhos de uma Comissão de Saúde, instituída no âmbito da Seção Ceará da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE), com o propósito velado de revelar o “caos” da saúde imperante nesta Terra da Luz.

A Comissão em epígrafe apóia-se, mais fortemente, na presença de profissionais de formação cruzada, de médicos, de reconhecida competência em suas especialidades de atuação, que se bacharelaram em Direito, passando a ter uma dupla militância profissional, por vocação, interesse ou conveniência.

No entanto, ao que se percebe, até o momento, o citado grupo de trabalho tem centrado o seu foco na rede de hospitais públicos, consistindo o labor, fundamentalmente, de meras visitas às instituições hospitalares, acompanhadas de repórteres e cinegrafistas, que tratam de documentar as filas de espera, para atendimento médico-hospitalar, o que rende notícias e, naturalmente, dividendos midiáticos.

Pautar a avaliação da Saúde, ou do Sistema Único de Saúde, com base em hospital, configura uma visão reducionista da questão, ao cingir-se a apenas uma faceta, de uma área abrangente e complexa, que tem, realmente, sérios problemas, muitos dos quais produzidos fora do Setor Saúde, como a Economia e a Educação, cujos efeitos danosos transbordam, repercutindo na Saúde da população.

Por essa ótica, identificando pacientes em corredores ou constatando listas de espera, o Sistema Nacional de Saúde da Inglaterra, de caráter universalista e considerado modelo de eficiência, seria execrado, porquanto os súditos da rainha Elisabeth II aguardam, pacientemente, meses, e até mais de um ano, para se submeterem a alguns procedimentos médicos mais sofisticados, a exemplo das próteses. É bem verdade que a ordem da fila é devidamente observada, tendo em conta critérios técnicos e a cronologia de admissão, já que lá não há o popular “jeitinho” brasileiro.

A aferição da Saúde conduzida por outra entidade de classe, não representativa de qualquer categoria profissional da saúde, é interpretada, por muitos colegas médicos, como uma ingerência indébita de organismo estranho, ou mesmo, para os causídicos, significar que a OAB-CE plana em céu de brigadeiro, sem mazelas a afetar as atividades dos seus afiliados. Não se deve, contudo, rechaçar o ato normativo que criou a dita Comissão, cujo fulcro poderia ser de valia, caso ela se detivesse, aproveitando a conhecida expertise de seus componentes, a esmiuçar a análise em áreas de interface, do Direito e da Medicina, a exemplo da “Judicialização da Saúde” e da crescente onda de processos contra possíveis erros médicos.

Por uma questão de cordialidade e de reciprocidade, para com a OAB-CE, o Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará, ciente dos sérios e atávicos problemas da prestação de serviços jurídicos aos cidadãos, traduzidos em lentidão e inoperância da máquina jurisdicional e em cerceamento de direitos a milhões de brasileiros, que redundam em comprometimento ao estado de saúde das pessoas, bem que poderia considerar a instituição formal de uma “Comissão Jurídica”, composta de médicos já calejados de exercitar a arte hipocrática em condições de adversidade, para diagnosticar e tratar os transtornos jurídicos.

Prof. Dr. Marcelo Gurgel Carlos da Silva,
Da Academia Cearense de Medicina do Ceará.

Assim nasce uma rampa…

Eis mais um lixão enorme. Fica na rua Desembargador Leite Albuquerque esquina com a rua Marechal Rondon, próximo ao Posto do Detran do bairro Aldeota, em Fortaleza.

Os moradores dos prédios próximos que  sofrem com o mau cheiro, já fizeram várias denuncias à Regional. Mas não adiantou.

(Foto – Leitor Kleber Dias)

Sebrae atende queixa do Blog e rompe contrato na área do Prodetur

293 4

Do Sebrae-CE, este Blog recebeu nota esclarecendo o caso do Instituto Aprendiz, de Itajaí (SC), que contratou consultores para ações do Prodetur no Ceará e não cumpriu com o cronograma de pagamento. Confira;

Prezado jornalista Eliomar de Lima,

Em resposta à nota publicada em seu Blog, no dia 15 de janeiro intitulada “Consultores do Prodetur estão com salários atrasados”, gostaríamos de esclarecer:

1) O Sebrae Ceará contratou, por meio de licitação, o Instituto Aprendiz, de Itajaí (SC), para a execução do treinamento empresarial do Programa de Capacitação Profissional e Empresarial para o Turismo/Prodetur.

2) O Sebrae/CE efetuou todos os pagamentos devidos previstos no contrato Nº E-0208/2010 pelo trabalho realizado pela empresa.

3) Tendo tomado conhecimento dos problemas causados pelo Instituto aos consultores e fornecedores, o Sebrae/CE adotou todas as medidas legais cabíveis, notificando o Instituto para a regularização do débito e rescindindo o contrato com a empresa em função da falta grave.

4) O Sebrae/CE também suspendeu a participação do Instituto em qualquer licitação realizada pelas entidades de todo o Sistema S no período de dois anos.

5) O Sebrae/CE está comunicando à Secretaria de Turismo do Ceará (Setur-CE) e ao Ministério do Turismo (Mtur) todas as medidas tomadas para resolver o problema e não permitirá que o andamento do programa seja prejudicado por esse episódio.

Atenciosamente,

Assessoria de Comunicação

SEBRAE/CE

A Praia é Mansa. O Governo nem tanto

226 2

Com o título “A praia é Mansa. O governo, nem tanto”, eis artigo do publicitário e poeta Ricardo Alcântara para boas reflexões neste sábado. Ele pede cautela e explica o porquê. Confira:

Cid Gomes quer modelar um projeto urbano para a Praia Mansa, no Mucuripe. Os antecedentes recomendam cautela: toda vez que o governo do estado tem uma ideia para Fortaleza, a cidade perde o sono.
 
O Centro de Eventos e Feiras, que demorados estudos e extensas consultas recomendaram como ideal no Porto da Draga, foi transferido para a avenida Washington Soares, de trânsito infernal e distante da rede hoteleira.
 
Do Aquário na praia de Iracema não foi dado a saber público um estudo de sustentabilidade financeira. Os cearenses se arriscam a ficar pagando para que o equipamento (belo, mas de custo elevado) abra as portas todo dia.
 
A instalação de um estaleiro na praia do Titanzinho, um tipo de estupro que há mais de vinte anos não se comete contra nenhuma grande cidade do mundo, só não foi adiante porque a prefeita da capital botou o pé na porta.
 
Agora, o governo pretende implantar na Praia Mansa um equipamento fun fest – complexo de restaurantes, bares, auditórios e áreas de uso público, seguindo modelo bem sucedido em outras cidades pelo mundo afora.
 
A ideia é boa – se houver respeito a critérios de sustentabilidade ambiental, transparência na licitação das obras, consulta aos organismos sociais afins e debate parlamentar na aprovação da matéria. Ou seria pedir demais?
 
Pelos antecedentes, a cidade deveria entrar em estado de vigília. O governo tem sido tosco na compreensão do que Fortaleza deseja e precisa. Coisas assim não são feitas para durar três dias. Exigem reflexão compartilhada.
 
 
Ricardo Alcântara,

Publicitário e poeta.

Mulheres mais do que antenadas

209 4

Com o título “Um breve relato sobre a presença das mulheres na área de TI no mercado público e privado”, o professor Ivan de Oliveira manda artigo para o Blog. Ele aborda o mercado da tecnologia da informação e seus avanços. Principalmente da presença feminina. Confira:

Nos últimos anos, várias pesquisas vem mostrando o crescimento da presença feminina em cargos de TI, sobretudo no mercado corporativo privado.

Dentre as várias áreas de atuação, destaca-se o número representativo de mulheres assumindo cargos de liderança nas grandes corporações. Segundo pesquisa realizada pela CATHO, a presença feminina simplesmente dobrou na última década.

Esse merecido crescimento quantitativo e qualitativo se deve ao fato da superação das resistências da visão machista por parte de empreendedores da área de TI e da visão de que as mulheres estão cada vez mais estudando, aprimorando-se e preocupando-se com suas carreiras.

Hoje já é possível encontrar empresas com equipes guiadas pela combinação das habilidades femininas e masculinas e objetivadas na amplificação dos seus resultados e na expansão dos seus negócios decorrente desta sinergia de competências complementares de gênero. Apesar de as mulheres em TI, estatisticamente, ainda serem minoria em muitas empresas do setor de TI em nosso país.

Infelizmente, o fator resistivo para a consolidação da presença das mulheres na TI dá-se, principalmente, pelo fato de os cursos de graduação (e.g. Sistemas de Informação, Ciências da Computação, Engenharia e afins a tecnologia da informação) serem predominantemente frequentados por homens. Apesar do esforço das faculdades e das empresas em atrair cada vez mais mulheres para a área de TI.

Como acadêmico, profissional e militante político do setorial de TI, acredito que esta década 2011-2020 será a década da conquista das mulheres nos cargos de importância em TI (programadoras, desenvolvedoras, analistas, gestoras de projetos, consultoras, dentre outras), assim como aconteceu em muitos outros mercados nos quais elas já conquistaram posição de destaque, como ciências médicas, ciências sociais, contabilidade, direito, jornalismo e ciências em geral.

Acredita-se que, em um país no qual a chefe maior é uma mulher, a valorização de algumas características sabidamente femininas, em posições gerenciais, seja reforçada e ajude a aumentar a velocidade de conquistas pelas mulheres de mais cargos e maior participação delas na área de TI.

A presidenta Dilma Rousseff poderá acelerar este processo de consolidação e valorização das mulheres na área de TI através da orientação a seus ministros e suas ministras e seus secretários e suas secretárias para consideração das questões de gênero na definição de suas equipes de trabalho. Notadamente, a lista anunciada até o momento pelos ministérios e secretarias é predominantemente masculina para ocupar os cargos na área de tecnologia.

Poder-se-ia começar este processo nas principais empresas de TI fornecedoras do governo federal ou nos ministérios ligados à tecnologia, por exemplo, acatando as indicações oficiais e oficiosas dos setoriais nacional e estaduais de C&T.

Em caráter exemplificativo, o Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO) poderia acatar a indicação do setorial nacional de C&T para a companheira Eunides Maria Leite Chaves assumir uma diretoria nesta empresa; Karine Pinheiro poderia assumir o Programa Nacional de Informática na Educação (PROINFO) contemplando as questões de gênero e regional (Nordeste) simultaneamente; Cristina Mori poderia comandar a superveniente Secretaria de Inclusão Digital do Ministério de Comunicações; e diversas outras posições estratégicas que poderiam ser ocupadas por companheiras com competência técnica, compromisso com projeto político e sensibilidade social para transformar nosso país numa referência mundial na universalização dos serviços essenciais com a ajuda da tecnologia.

Antes de finalizar este breve relato deste militante do movimento pelas tecnologias livres e pela democracia socialista, destaca-se que assim como no mercado corporativo privado, no mercado corporativo público existem cargos de gestão nas empresas nacionais de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) que exigem a sensibilidade como uma característica fundamental para exercício de suas atividades laborais. Esta característica costuma ser muito desenvolvida nas mulheres.

Ressalta-se também que elas são disciplinadas por natureza, organizadas, compreendem melhor seus subordinados, trabalham melhor com suas dificuldades, são boas ouvintes e, ao mesmo tempo, sabem cobrar e ter uma postura firme.

Lembrem-se que não se está discutindo aqui a substituição de homens por mulheres, mas a sensibilização de homens e mulheres, ocupantes hoje de posições de decisão no setor de TI, que podem militar e fazer valer a valorização da presença feminina nas áreas de tecnologia, seja no mercado corporativo privado, sejam nos órgãos de governos e na academia.

Ivan de Oliveira, 

Professor e profissional de T.I.

Nutec tem novo presidente

302 1

O coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Ciências de Materiais da UFC, professor Lindberg Gonçalves, será o novo presidente da Fundação Núcleo de Tecnologia Industrial do Ceará (Nutec). Ele aceitou convite do secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, René Barreira.

O Nutec se constitui no braço de pesquisas do Estado, que mantém parceria com as universidades.

Lindberg Goçalves, nome dos mais respeitados na área tecnológica, deve assumir na próxima semana no lugar de João Pratagil.

Você já ouviu falar em mala sem alça? E túnel sem alça?

596 4

Eis uma obra realizada pela gestão da prefeita Luizianne Lins (PT) que merece elogios: o túnel da avenida Humberto Monte (Bairro São Gerardo), projeto que integra o Transfor. Ficou ótimo e não sofre com a chuva. Quem passa por lá, comemora.

Mas como tudo da Prefeitura demora ou apresenta algum tipo de entrave, eis que as alças do túnel não ficaram prontas. Estão dependendo ainda de acordos com o Colégio Santa Isabel de um lado e com o Habbib”s do outro. Há expectativas de que tudo se resolva logo. Estamos na torcida.

(Fotos – Paulo MOska)

Uma senadora que não é "patricinha"

278 8

O ex-deputado estadual Oman Carneiro manda para o Blog artigo em defesa da senadora Patrícia Saboya (PDT). Ela aparceu numa lista dos 21 senadores masi ausentes do plenário. Oman lembra que a atuação parlamentar vai muito além de discursos. Confira:

O Plenário, que devia ser o palco das grandes discussões sociais e constitucionais do País, por um jogo politiqueiro, tem se transformado numa arena teatral, num picadeiro, radicado por alguns parlamentares que usam a sua tribuna não em prol da legítima responsabilidade de suas funções; não como um fórum privilegiado na elaboração e aprimoramento das leis federais e da fiscalização das ações e gastos do Executivo, mas sim, para o traje de figurantes que se  aproveitam da propaganda gratuita para formular e enviar seus demagogos recados, via Tv Câmara e Senado,  aos eleitores das mais distantes comunidades, onde o acesso à informação é precário ou, simplesmente, inexiste.

A imprensa, às vezes,  tenta atingir  algum representante sem compromisso social, relacionando “ausência” à “não-produtividade” da atuação parlamentar, uma associação de palavras, que, em efeito, não se pode aplicar ao trabalho erguido pela Senadora Patrícia Saboya.

A atuação parlamentar não se restringe apenas no comparecimento ao Senado. Prova disso é que o Senador que cumula 100% de frequencia às sessões no Plenário, não tem um projeto de lei da máxima relevância ao melhoramento da vida das pessoas do seu Estado ou deste imenso País, ao contrário da Senadora Patrícia Saboya, que, durante o exercício de seu mandato na Casa, prestou uma das mais dignas e consolidadas contribuições para a população brasileira, tanto através de um projeto de lei que ela mesma conseguiu aprovar – a ampliação da licença-maternidade às trabalhadoras de empresas privadas, quanto por uma atuação que, desde o primeiro dia na delegação a esta representatividade pública, destacou-se dentre seus demais pares, por uma absoluta coerência entre discursos, requerimentos e propostas, com único aplicativo: a garantia de políticas públicas sociais para a infância e juventude, o que resultou ao firmado reconhecimento internacional, como o do UNICEF e de toda a sociedade brasileira.

É de fácil constatação que nos momentos em que ela não se permitiu a estar como figurante das muitas novelas que se improvisaram no Senado, esteve no Ceará e nos demais Estados, engajada na missão de combater o abuso, a exploração sexual e toda forma de violência contra mulheres, crianças e adolescentes no Brasil.

Entender essa diferença na relação entre presentes e ausentes, exige um confronto de dados entre números e qualidade das propostas apresentadas; no trabalho junto às comissões; no teor dos pronunciamentos e apartes durante as plenárias; no objeto de requerimentos protocolados e aprovados; nas matérias relatadas, para que se torne justo o destaque no enunciado “ausência parlamentar”.

Temos ainda, na relação dos que menos faltaram às sessões, parlamentares que, além de não ter prestado nenhuma contribuição aos seus estados, ao povo brasileiro e ao aprimoramento da atividade legislativa, quem não expresse, se quer, um considerável conceito da moralidade política ou administrativa.

Que se edifique a disciplina da frequencia e da qualidade dos debates ao uso dessas importantes tribunas, mas não através da referência de deputados federais e senadores que marcaram presença no Plenário, porém, com uma atitude parlamentar que não teve nada a acrescentar.

Oman Carneiro,

Ex-deputado estadual.

AMC utilizará dois reboques na Operação Trânsito Livre

Essa informação está no site da Prefeitura de Fortaleza:

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC) iniciou, nesta semana, uma operação para coibir a prática de estacionamento irregular. A Operação Trânsito Livre objetiva reforçar a aplicação da medida administrativa existente no artigo 181 do Código de Trânsito Brasileiro, que prevê a remoção do veículo, além de aplicação de multa. Em 2010, o artigo 181 foi o campeão de infrações. A soma das irregularidades cometidas em desacordo com os 19 itens que compõe o artigo resultou na aplicação de 75.954 multas.

Com a Operação Trânsito Livre, a AMC objetiva reduzir a quantidade de infrações, além de proporcionar um fluxo mais livre com a desobstrução de importantes corredores da cidade. A operação será viabilizada com o reforço de dois reboques e de uma equipe de agentes de trânsito designada para realizar esta fiscalização durante cinco dias da semana, nos turnos manhã, tarde e noite. A equipe percorrerá as vias com o maior número de registro de ocorrências segundo os dados do Sistema de Atendimento da Central (SAC) da AMC.

Entre os locais mais críticos estão: Centro, Aldeota, Polo Gastronômico da Varjota, Beira Mar, Av. Bezerra de Menezes e nas proximidades do fórum Clóvis Bevilaqua. Os veículos apreendidos serão encaminhados para o Detran e poderão ser liberados em 48h. Assim que o veículo é rebocado, a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) será comunicada para que o proprietário possa localizá-lo através do 190. A multa para estacionamento irregular varia de leve à gravíssima e todos os tipos de infração do código 181 prevêem a remoção do veículo.

Por um Pré-Carnaval onde o folião não fique parado

Em editorial em sua edição deste sábado, O POVO aborda como tema o Pré-Carnaval de Fortaleza. Confira: 

Desde ontem está instalado o período de Pré-Carnaval, em Fortaleza. Até o último fim de semana que precede o Carnaval, fortalezenses e visitantes entregar-se-ão à alegria de participar de um dos períodos mais gratificantes da vida da Capital. A Prefeitura faz sua parte, apoiando diretamente 50 blocos selecionados, nos diversos bairros.

Se for verdade que o Carnaval, propriamente dito, nos últimos 40 anos, nunca teve, em Fortaleza, a relevância desfrutada por outros centros – como Recife e Salvador – o mesmo não pode ser dito do Pré-Carnaval, que vem adquirindo força e renome, no País, nos últimos anos.

Agiram bem as autoridades municipais quando passaram a apoiar a manifestação espontânea, surgida nos bairros, com a reavivamento da alma foliã dos habitantes da capital. Ou seja, procurou-se apenas apoiar o despertar de algo que o fortalezense já trazia entranhado na alma e esperava apenas uma oportunidade para se manifestar.

Quanto mais localizado mais o carnaval possibilita a prevalência dos laços pessoais, familiares e de amizade, fechando caminho a manifestações de violência. Os blocos são formados por amigos, vizinhos e familiares, recompondo a relação comunitária. Dessa forma, a alegria e descontração sadias têm condições para se expandir e contagiar as pessoas. O resultado não apenas se traduz em orgulho e satisfação pela recuperação da identidade cultural, mas carreia benefícios adicionais ao fomentar uma vocação de valor fundamental para o destino de Fortaleza: o turismo. Ou seja: é possível não apenas ter uma diversão privilegiada, mas também ganhar com ela, em termos econômicos. E isso acontece com a vinda de visitantes para compartilhar conosco esses momentos de distensão e alegria.

Para coroar isso, a sugestão é que se forme um corredor da folia, no Centro de Fortaleza, compreendendo um quadrilátero formado pelas ruas Dr. João Moreira, Senador Pompeu, Pedro I e Floriano Peixoto, por onde os blocos se deslocariam em movimento contínuo, circular, ao som das bandinhas, permitindo que os foliões brincassem, de fato, e não ficassem apenas parados, na Praça do Ferreira, como observadores passivos.

Governista reforça ato pró-PEC 300

202 1

O deputado federal Eudes Xavier (PT) vai participar, a partir das 8 horas deste sábado, da passeata promovida pelo Sindicato dos Policiais Civis do Estado (Sipoce) e várias entidades da sociedae civil  em favior da aprovação da PEC 300. Essa emenda constitucional prevê a criação de um piso salarial para os PMs e Bombeiros Militares de todo o País. “Somos a favor dessa causa, que é jusgta”, explicou para o Blog o petista.

A passeata sairá do aterro da Praia de Iracema e mobilizará não somente PMs e bombeiros militares, mas também as esposas, filhos e viúvas de PMs. A PEC 300 quer equiparar os salários com os dos PMs do Distrito Federal, considerados os mais bem pagos do Brasil. No segundo semestre de 2010, Eudes Xavier ocupou a tribuna da Câmara para defender a aprovação da proposta. Em julho de 2010, houve a provação, em primeiro turno, da PEC 300.  

(Foto – Paulo MOska)

"Acordão" encerra crise em Juazeiro

223 2

“O presidente da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, José de Amélia Júnior (PSL), decidiu arquivar, na última quinta-feira, a comissão processante que investiga denúncias contra a gestão do prefeito Manoel Santana (PT). Foi o próprio Amélia quem mobilizou os demais vereadores para a abertura do processo.

A decisão foi tomada após negociação entre Amélia e Santana, no último domingo. A conversa foi mediada por dois dos deputados de maior expressão política na região do Cariri, o estadual Camilo Santana (PT) e o federal José Guimarães (PT), que é vice-presidente estadual do PT.

Reunidos em Fortaleza, os quatro fecharam um “acordo de convivência pacífica”, como definiu Guimarães. “Ele (Amélia) se dispôs a colaborar com a Prefeitura. Prevaleceu o bom senso”, disse. O deputado não dar detalhes sobre a conversa.

Na manhã da última quinta, Amélia informou à imprensa do arquivamento do processo de investigação e pediu ao assessor jurídico da Casa que comunicasse da decisão aos demais vereadores. Mas os três parlamentares que integram a comissão, contudo, afirmam que a decisão do presidente da Câmara não tem validade, uma vez que o arquivamento teria de ser votado em plenário.

O relator da comissão arquivada, vereador Tarso Magno (PSL), disse que vai desconsiderar a decisão do presidente da Casa. “Eu entendo que a decisão dele não tem nenhuma validade e, no meu pensamento, a comissão deve ser mantida. Depois de formalizada a comissão, não cabe mais o presidente intervir na comissão”, alegou.

Amélia e Santana foram procurados pelo O POVO na manhã e tarde de ontem, mas não atenderam às ligações.”

(O POVO)

Clássico-rei terá jogo duro contra a dengue

274 2

O secretásrio estadual da Saúde, Arruda Bastos, informou, neste sábado, estar tudo pronto para grande mobilização de combate e prevenção à dengue que a pasta realizará durante o primeiro clássico do futebol cearense neste domingo: Ceará X Fortaleza. Nos portões de acesso ao Castelão, bem antes da partida, a Secretaria distribuirá entre os torcedores folderes que destacam como cada um, com uma ação simples, pode fazer a sua parte na prevenção da doença, como limpar bem e tampar a caixa d`água, tonéis e baldes, não jogar lixo nas ruas, deixar pneus sempre cobertos.

O placar eletrônico informará constantemente sobre cuidados básicos para evitar a multiplicação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença, e haverá faixas gigantes nas arquibancadas chamando a atenção para a nova campanha ¨Dengue: se você agir, podemos evitar¨, do Ministério da Saúde.

Há dois meses, no jogo Ceará X Atlético Paranaense, pelo campeonato  brasileiro, o estádio também foi tomado por uma ação de saúde, com o objetivo de despertar nas torcidas consciência coletiva e sanitária no combate à dengue.

Projeto Sol Nascente – O POVO inicia nova campanha

397 1

“Após a reforma da unidade infantil, inaugurada em março de 2010, agora é a vez de unir esforços para colaborar com a construção da casa dos adultos do projeto Sol Nascente, que abriga soropositivos em situação de vulnerabilidade social e em uma fase crítica da doença. São pessoas mutiladas, inválidas e que perderam vínculos familiares.

A atual casa é alugada, na vizinhança do Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU, no Castelão) e está deteriorada. Não é adequada para o apoio mínimo aos pacientes, não há planejamento para os cadeirantes ou para os doentes acamados, assim como não tem a menor estrutura para atendimentos complementares ao tratamento, como fisioterapia e terapia ocupacional.

Hoje, a casa dos adultos acolhe nove pacientes: uma mulher e oito homens, na faixa etária dos 27 aos 62 anos. A capacidade máxima é para 16 pessoas, dando-se o famoso “jeitinho brasileiro”. A maior parte dos pacientes é de Fortaleza e da Região Metropolitana, vindos por meio do Hospital São José.

Neste domingo, no O POVO, será veiculada matéria assinada pela jornalista Ana Mary Cavalcante. A primeira de uma série. 

DETALHE – A reforma da unidade infantil foi concluída graças a uma campanha de doações desenvolvida pelo O POVO, desde outubro de 2009, que possibilitou erguer uma casa de 370 m² e abrir espaço para meninas e meninos órfãos. No total, foram arrecadados R$200 mil. A Prefeitura de Fortaleza e a comunidade também ajudaram na reconstrução.

SERVIÇO 

Projeto Sol Nascente – rua Alberto Craveiro, 222, Castelão (Condomínio Espiritual Uirapuru – CEU). Telefone: 3469.4437

Twitter:  twitter.com/CasaSolNascente

Email: solnascenteceara@hotmail.com

Fernando Hugo presidirá Comissão de Defesa do Consumidor

156 2

O parlamentar durante a diplomação.

O deputado Fernando Hugo (PSDB) assumirá a presidência da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa. O anúncio ocorreu após reunião da bancada tucana com o deputado Roberto Claúdio (PSB), que assume a presidência da Casa na próxima terça-feira.

Além da definição de Hugo, foram ofializadas as indicações de Moésio Loyola para a liderança do partido, e as de João Jaime e Teo Menezes para a 3ª e 4ª Secretarias, respectivamente.

(Foto – Paulo MOska)

Alagamentos no Crato – O alerta veio da academia

Rastro de destruição

A professora Maria Edilmeire A. Tavares deixou em nossa lista de comentários essa nota. Refere-se ao caso do alagamento registrado na cidade do Crato, consequência da forte chuva (172 mm), que fez o rio Granjeiro transbordar. Ela, inclusive, informa ter feito trabalho de pós-graduação a respeito e lamenta que as autoridades não tenham levado em consideração alertas desse trabalho cientifico apresentado na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj). Confira a nota:

Caro Eliomar de Lima,

Existem alguns trabalhos publicados assim como a minha dissertação de Mestrado sobre essa problemática todos os anos repetida no município do Crato. Porém, é uma pena que esses trabalhos não sejam lidos pelo poder público. Só assim, dariam subsídios ao planejamento da cidade, minimizando problemas na rede de drenagem que é problemático.

O rio Granjeiro não foi respeitado quanto aos seus limites, tendo um estreitamento. Quando chove, devido às ocupações irregulares nas encostas, ao desmatamento, lixo a água não consegue se infiltrar e desce em direção ao centro da cidade com muita velocidade. Como o canal teve um estreitamento na sua construção, as águas transbordam e causam esses prejuízos que poderemos presenciar hoje.

Link para os arquivos da Dissertação:

http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/processaPesquisa.php?listaDetalhes=774&processar=Processar

Maria Edilmeire A. Tavares
procurar pelo nome e clicar 2.

Ferruccio Feitosa assume nesta 6ª feira a Secretaria Especial da Copa 2014

801 3

Em solenidade marcada para as 15 horas desta sexta-feira, no Palácio Iracema, Ferruccio Feitosa tomará posse como secretário Especial da Copa (Secopa). O ato terá à frente o governador em exercício Domingos Filho (PMDB). A nova secretaria foi criada no atual mandato do governador Cid Gomes para atender “às necessidades especiais do Estado que será sede da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014”.

Ferrúccio Feitosa passará a ter um pasta voltada especificamente para a coordenação e acompanhamento de todas essas ações, assim como a interlocução com o Comitê Organizador Local e a Federação Internacional de Futebol (FIFA), segundo a assessoria do governo estadual.

(Foto – Paulo MOska)

TJ-CE sob nova direção

Edite Bringel, José Arízio e Luiz Gerardo.

O Tribunal de Justiça do Ceará ganhará novo presidente nesta quinta-feira, a partir das 17 horas, durante ato no auditório do Poder. Assumirá o desembargador José Arísio Lopes da Costa, tendo como vice o também desembargador Luiz Gerardo de Pontes Brígido.

Na Corregedoria Geral, assumirá a desembargadora Edite Bringel. José Arízio entra no lugar do desembargador Ernani Barreira, que ocupou a mídia nos últimos dias em clima de despedidas e prestação de contas.