Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Camilo inspeciona obras em Catarina e Aiuaba e completa os 184 municípios visitados na gestão

O governador Camilo Santana visitou nessa quarta-feira (12) obras nos municípios de Catarina e Aiuaba, no Sertão dos Inhamuns. Com isso, Camilo completou os 184 municípios do Ceará visitados na gestão para ações administrativas – inaugurações de equipamentos, assinaturas de ordens de serviço ou inspeção em obras do Estado.

“É com muita alegria que completo os 184 municípios visitados durante a minha gestão, todas com ações administrativas. 100% das cidades cearenses contam atualmente com obras do Governo do Estado. Temos trabalhado incansavelmente para melhorar a qualidade de vida dos nossos irmãos e irmãs cearense”, disse o governador.

Aiuaba

Em Aiuaba, Camilo Santana visitou as obras da Escola de Ensino Médio (EEM) do distrito de Barra, que têm previsão de serem concluídas em novembro deste ano. Com investimento de mais de R$ 5 milhões, o equipamento poderá receber até 270 alunos em cada um dos três turnos (manhã, tarde e noite). “Temos 74 escolas atualmente sendo construídas em todo o estado. Essa unidade aqui de Aiuaba não fica devendo em estrutura para nenhuma escola particular do Brasil. Vamos continuar investindo para que a educação do Ceará cresça ainda mais e continue entre as melhores do país”, disse Camilo Santana.

Com seis salas de aula, a escola contará ainda com biblioteca, laboratórios de Informática e de Ciências (Química, Biologia, Física e Matemática), sala para o grêmio estudantil, quadra poliesportiva, refeitório, anfiteatro, sala de vídeo, sala profs e demais espaços administrativos.

Catarina

Já à noite, em Catarina, Camilo Santana inspecionou as obras do projeto Sinalize – asfalto e sinalização de diversas vias do município -, a estrada que liga Catarina a Acopiara e o terreno onde será construída a Areninha. “O Sinalize, além de melhorar as condições de trafegabilidade, aumenta a segurança no trânsito para os moradores do município. Catarina ganhará, em breve, uma Areninha para a prática de esportes. O equipamento é muito importante para manter nossos jovens longe das drogas”, afirmou o governador, que conversou ainda com moradores da cidade para saber das principais demandas da população.

(Foto: Divulgação)

Santana do Acaraú – Prefeito acusado de assassinato ganha licença remunerada

Janderlúcia Farias foi empossada, ontem, como prefeita de Santana do Acaraú, a 212 km de Fortaleza. A vice-prefeita ocupa o lugar do prefeito Marcelo Arcanjo, preso em 4 de setembro último, sob força de mandado de prisão temporária. Ele é acusado de matar Cesar Augusto do Nascimento, em 29 de agosto.

Marcelo teve solicitação de licença prévia não remunerada de 60 dias concedida pela Câmara Municipal, na manhã de ontem, em sessão extraordinária. Dos 13 vereadores, sete votaram contra o pedido e cinco a favor o presidente da Casa, Célio Carneiro, não votava. Eram precisos pelo menos nove votos para que a licença fosse rejeitada. O parecer da comissão de Justiça, Legislação e Redação também foi favorável à concessão do pedido.

Conforme a comissão, após essa licença, ele poderá, em tese, retornar ao cargo.

Célio Carneiro destacou que a Lei Orgânica do Município (LOM) não previa a situação. Por isso, ele, como presidente da Câmara, utilizou o expediente referente a pedidos de licença de vereadores sob justificativa de equivalência de poderes. No artigo 105, o texto afirma que o pedido de licença só poderia ser rejeitado pelo voto de 2/3 dos vereadores presentes à sessão. “Os casos não previstos neste regimento interno serão decididos pelo presidente”, afirma, por sua vez, o artigo 229 da LOM.

Em depoimento à Polícia Civil, Marcelo Arcanjo contou que atirou para se defender de uma agressão de Cesar. O prefeito havia ido à casa da vítima tirar satisfações sobre boatos de que este estaria espalhando informações de que a primeira dama do Município receberia propina. Conforme familiares de Cesar, presentes no momento do crime, não houve tentativa de agressão. O prefeito, que tinha sinais de embriaguez, atirou em Cesar sem discussão, no momento em que fingiu dar um abraço na vítima. Cesar morreu no local.

(O POVO – Lucas Barbosa)

Vem aí o Festival de Música de Fortaleza

619 3

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) vai lançar, às 9 horas desta sexta-feira, no Paço Municipal, o Festival de Música de Fortaleza 2018. Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura poderão participar do evento os artistas residentes no País e no Exterior, com idade acima de 18 (dezoito) anos, que apresentem música inédita composta em língua portuguesa.

Considera-se música inédita pelo Edital do Festival, a composição que ainda não tenha sido objeto de comunicação ou transmissão ao público, sob qualquer plataforma, ou fixação de qualquer natureza.

O vencedor do Festival terá como premiação um contrato para apresentação no Reveillon 2019 de Fortaleza.

O período de inscrição acontece de 14 de setembro a 12 de outubro e a divulgação das músicas classificadas será anunciada no dia 30 de outubro de 2018.

Duas eliminatórias

O festival terá duas eliminatórias. A primeira no dia 30 de novembro e a segunda no dia 1º de dezembro de 2018. A etapa final do Festival de Música de Fortaleza 2018 acontece no dia 8 de dezembro de 2018.

SERVIÇO

*As informações relacionadas ao Festival de Música de Fortaleza 2018, além do edital e ficha de inscrição, serão disponibilizadas a partir de sexta-feira, 14/09, no site: https://www.fortaleza.ce.gov.br/.

Governo Temer acerta libração de R$ 100 milhões para Cinturão das Águas

Um aporte complementar no valor de R$ 100 milhões para as obras da transposição da água do Rio São Francisco foi garantido, nesta tarde de quarta-feira, durante reunião, no Palácio da Abolição, entre o governo do Ceará e  o governo federal.

O encontro contou com a presença do chefe do gabinete do Governo, Élcio Batista, o secretário de Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, e o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, e o Ministro da Integração, Antônio de Pádua. No ato, o governo cearense expôs o projeto do Cinturão das Águas, por onde vai entrar a água do rio São francisco no Estado.

O aporte será encaminhado para a Presidência da República para aprovação.

(Foto – Tapis Rouge)

Ambev promoverá nesta sexta-feira em Fortaleza o Dia da Responsa

Nesta sexta-feira, 14, A Ambev vai promover o Dia de Responsa, data criada pela companhia no Brasil para promover o consumo inteligente de bebidas alcoólicas. Em Fortaleza a programação, segundo a assessoria de imprensa do grupo, iniciará com um café da manhã e um encontro com a imprensa para alertar sobre o consumo consciente.

Em seguida o time da Ambev visitará bares e restaurantes da cidade. O ponto alto será a Praia do Futuro. O coletivo de arte urbana Acidum Project fará parte da jornada, com a realização de uma oficina em parceria com a ONG Ipom. A ONG ganhará uma nova fachada com grafites que remetem ao consumo responsável.

A iniciativa, em sua nona edição, também foi adotada pela Anheuser-Busch InBev (ABI), grupo do qual a Ambev faz parte, e é comemorada em outros 24 países onde a empresa atua. Milhares de pessoas, como funcionários, artistas e influenciadores digitais, estarão envolvidas em ações para disseminar mensagens sobre a importância de não vender, servir ou estimular o consumo de bebidas alcoólicas por menores de 18 anos, não consumir em excesso ou associado à direção.

(Foto – Divulgação)

PT deflagra nesta quinta-feira a campanha de Haddad no Ceará

465 3

O PT do Ceará vai deflagrar, a partir desta quinta-feira, 13, o Setembro Vermelho. A ordem é iniciar a campanha Haddad-Manu-Camiloa em Fortaleza.

Na agenda, segundo a direção estadual petista, a ocupação de mais de 30 cruzamentos com bandeiraço e adesivaço das 7 às 9 horas. Já na parte da tarde, haverá concentração na Avenida 13 de maio, a partir das 16 horas, com a presença do governador Camilo Santana.

De lá, Camilo seguirá com a juventude petista até a sede do Comitê do Povo, localizado na Avenida 13 de maio, 2072 onde participará da Plenária 13 do Campo e da Cidade, a partir das 18 horas.

No encerramento do dia, acontecerá o lançamento do Comitê 13 da Cultura, na Avenida Pessoa Anta, 218, Praia de Iracema.

O Brasil que eu quero…

Com o título “O Brasil que eu quero”, eis artigo de Joaquim Cartaxo, arquiteto urbanista e superintendente estadual do Sebrae. Ele abora a crise e a expectativa de que tudo só se resolve quando acabar a Era Temer. Confira:

Cotidianamente, vemos nas mídias impressas ou digitais manifestações de analistas especializados ou comuns de que o Brasil vive uma crise sem precedentes na sua história. Crise econômica, social, ambiental, política com responsáveis por ela das mais diversas natureza e porte, a partir da visão de mundo de cada um.

Fato. O atual Governo Federal não reúne as condições políticas e sociais para enfrentar os desafios e dificuldades dessa crise, pois é resultante de um golpe liderado pelas forças políticas inconformadas por haverem perdido as eleições de 2014. Portanto, sem legitimidade popular. O que se vê é o aprofundamento da crise, que se expressa no aumento vertiginoso do desemprego e no desmantelamento do estado mínimo de bem-estar social construído no Brasil nas últimas décadas.

Essa ilegitimidade do Governo Federal produziu, na campanha eleitoral de 2018, a proliferação de candidaturas que apresentam propostas para enfrentar a crise em que o País está imerso, desde as de caráter complexo até àquelas risíveis, como resolver os problemas no Brasil procurando soluções em um posto de gasolina, combinadas ao armamento da população para resolver a violência.

Para resolver os problemas do Brasil com radicalidade é preciso compreender o País com radicalidade; entender que a sociedade brasileira positivamente é um multiverso cultural, que por outro lado também é uma sociedade historicamente marcada pela desigualdade entre pessoas e regiões. Em 2017, por exemplo, os 10% mais ricos dos brasileiros detinham 43,3% da renda total do País, enquanto os 10% mais pobres detinham apenas 0,7%.

Utilizar nossa diversidade para erradicar essa desigualdade deve ser a prioridade estratégica de um projeto para o Brasil. Mas, no curto prazo é preciso um plano emergencial que combata a perversidade do desemprego, investindo no empreendedorismo, valorizando o salário mínimo, retomando um programa de obras e intensificando o acesso ao crédito e a transferência de renda, como o Bolsa Família que na prática é um importante instrumento de desenvolvimento local.

*Joaquim Cartaxo

cartaxojoaquim@bol.com.br

Arquiteto e urbanista e superintendente estadual do Sebrae.

TJ do Ceará já se prepara para a XIII Semana de Conciliação

O Poder Judiciário de todo o país promoverá, de 5 a 9 de novembro, a XIII Semana Nacional da Conciliação. O objetivo, segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Ceará, é incentivar as partes processuais a buscarem uma cultura de paz utilizando os meios consensuais de solução de conflitos. Os interessados em participar das audiências devem se inscrever por meio da ferramenta “Quero Conciliar” disponibilizada no site do TJCE.

Os tribunais (estudais, federais e trabalhistas) que alcançarem índices de composição consensual anual mais elevados, concorrerão ao prêmio, independentemente de inscrição no “Prêmio Conciliar É Legal”.

No TJCE, as audiências de conciliação são realizadas pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), que tem a supervisão da desembargadora Tereze Neumann. Em 2017, o Judiciário cearense realizou 10.890 audiências durante a Semana, que resultaram em 3.642 acordos entre as partes, sendo 859 na Capital e 2.791 no Interior. Os dados representam índice de 33,44% de êxito.

Primeiro lugar

Pelo segundo ano consecutivo, o Judiciário do Ceará é o primeiro colocado em conciliações entre todos os tribunais estaduais do país. A estatística, referente ao ano de 2017, aponta que 25,6% dos processos são solucionados por meio de acordos, conforme relatório “Justiça em Números” do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), divulgado em agosto.

SERVIÇO

*Confia mais informações aqui.

Eudoro Santana foi o primeiro a aconselhar Camilo sobre as tretas do PT

Eudoro Santana, licenciado do cargo de superintendente do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor) para a campanha pró-reeleição do filho, o governador Camilo Santana, não estranha que ele esteja se sentindo alvo de preconceito dentro do PT. Foi o primeiro a aconselhá-lo a dar adeus ao partido.

Há quem aposte que Camilo só tomará uma decisão sobre o assunto, depois, muito depois, do resultado da disputa presidencial. É om tal do estilo diálogo.

(Foto -Aurélio Alves)

Jurista lança livro sobre Direito do Trabalho no Brasil

O jurista Eduardo Pragmácio Filho lançará nesta quarta-feira, às 19 horas, no Ideal Clube, o livro “Teoria da Empresa – Para o Direito do Trabalho Brasileiro.” Trata-se de sua tese de mestrado em Direito do Trabalho, na PUC, que teve como foco de estudo a reforma trabalhista aprovada na Era Temer.

Eduardo integra a banca Pragmácio Filho & Advogados Associados e também é professor da Faculdade Farias Brito.

Turismo: Aonde estão os gringos?

Com o título “Turismo: Aonde estão os gringos?”, eis artigo de Allan Aguiar, ex-secretário do Turismo do Ceará. “O fato é que, não obstante o enorme barulho político eleitoral, o HUB Internacional não vem alimentando a cadeia produtiva do Turismo”, questiona o articulista. Confira:

“Cadê os gringos?” A pergunta que vem inquietando o Trade turístico do Ceará é essa. Desde os taxistas, passando pelos guias turísticos, pelas feiras e centros de artesanatos, pelas barracas de praia, pelos bares e restaurante, pelos hotéis e outros meios de hospedagem e pela cada vez mais deserta Monsenhor Tabosa. Afinal, cadê os estrangeiros dos novos voos internacionais do HUB Aéreo das propagandas eleitorais?

Examinando os dados operacionais publicados pela Fraport em seu site, relativos ao período de janeiro a julho de 2018, observa-se um vigoroso crescimento na movimentação de passageiros no interior do Aeroporto Pinto Martins que saltou de 11.579 chegadas e 12.688 partidas em janeiro/18 para 20.066 e 22.257, respectivamente, em julho/18. Usando a métrica da movimentação total de passageiros internacionais (chegadas + partidas), chega-se a 182.001 passageiros no período avaliado contra 137.510 no mesmo período de 2017. Ou seja, um crescimento de 32% que, para alguns analistas, vem frustrando as expectativas de explosão do Turismo e negócios internacionais em terras de José de Alencar e Patativa do Assaré.

O fato é que, não obstante o enorme barulho político eleitoral, o HUB Internacional não vem alimentando a cadeia produtiva do Turismo por variadas razões que apontam para falta de promoção do Destino Ceará, ausência de Operadoras Internacionais comercializando pacotes turísticos, desgastes da imagem Brasil e Fortaleza em face da violência e que esses voos são muito mais outgoing que incoming. Ou seja, levam e traz mais brasileiros que traz e levam estrangeiros.

Sem turistas internacionais e seus euros e dólares o pessoal do Ceará vem tentando sobreviver apenas com fluxos de brasileiros que tradicionalmente sempre passeiam no Nordeste e daqueles que evitam o exterior em face do forte encarecimento motivado pela alta do Câmbio. Esse ciclo nada favorável é agravado pela quase que completa desistência de investidores em turismo e hotelaria que não querem arriscar, além do risco do negócio, mendigar licenças ambientais nos intransponíveis órgãos ambientais. Assim, o Ceará vai continuar fora dos radares até a máquina funcionar e o ambiente favorecer. Sem novos turistas, sem novos hotéis, sem novos investimentos, sem novos empregos, sem crescimento. É a estagnação perfeita.

*Allan Aguiar,

Ex-secretário do Turismo do Ceará.

Escola de Caucaia ganha reconhecimento da Unesco

A Escola de Educação Infantil Maria Simone Moreira do Nascimento Nedi, de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza), receberá, nesta quarta-feira, 12, em Salvador (BA), o título do Programa das Escolas Associadas (PEA) da UNESCO.

A escola cearense teve o reconhecimento ao apresentar o projeto “Valores Humanos na educação infantil” que ensina às crianças conceitos de amor, paz, retidão e não violência.

O projeto foi implementado em Caucaia pelo Instituto Myra Eliane neste ano, em parceria com o Ministério Público do Ceará. Até agora, já são nove municípios com a metodologia implementada.

O objetivo do programa da UNESCO é criar uma rede internacional de educação que trabalhe pela cultura de paz.

Dnocs pode ter menos da metade do orçamento deste ano em 2019

O Dnocs vive seca financeira há anos e, pelo visto, vai continuar assim.

Se neste exercício opera com orçamento de R$ 1,7 bilhões, vem coisa pior. Segundo o diretor-geral do órgão, Ângelo Guerra, a previsão oficial é de contar, em 2019, com apenas R$ 600 milhões. É menos da metade para tocar empreendimentos importantes para o Nordeste.

Esse quadro precisa ser revertido, o que exigirá ação da bancada federal nordestina em Brasília. Por aqui, quem ainda se manifesta e se mexe em favor do Dnocs é o deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB). Ele, no entanto, alerta ser fundamental um trabalho conjunto de pressão, o que precisa vir depois da campanha eleitoral.

(Foto – Paulo MOska)

CDL Jovem conhece avanços tecnológicos e de gestão de grandes grupos empresariais do País

Um grupo formado por 27 membros da CDL Jovem de Fortaleza conhece, em São Paulo, como operam a Globo, Google, Arezzo e a área de tecnologia de Magazine Luíza.

Segundo Tiago Façanha, um dos diretores, o objetivo é ver de perto avanços no plano não só tecnológico, mas também de gestão.

A visita vai se estender até sábado.

(Foto – Paulo MOska)

Eleição não vai rimar com renovação

Com o título “Eleição sem renovação”, eis artigo de Cleyton Monte, cientista político. Ele bate na tecla do cenário eleitoral de apatia que se registra no País e critica o fundo eleitoral, com perspectiva de assegurar a manutenção da mesmice política. Confira:

Um dos princípios básicos da democracia é a renovação de suas lideranças. A manutenção de velhas figuras facilita a reprodução de privilégios, dificulta a canalização de demandas, trava o diálogo e engessa as estruturas de poder.

Assistindo a propaganda eleitoral é possível observar uma eleição sem renovação. Os mesmos nomes e vícios duelam por cadeiras no Legislativo e no Executivo. Políticos que ocupam cargos desde a década de 1980. As figuras que se dizem novas na verdade reciclam velhos discursos ou radicalizam pautas recentes. Essa percepção contraria as expectativas dos que acreditavam na crise política como grande oportunidade para oxigenar as instituições e reformular o debate. O que isso revela?

A corrida presidencial de 2018 começou cedo. Logo após o impeachment de Dilma Rousseff (2016), a imprensa e alguns partidos tentaram emplacar rostos famosos. Celebridades do porte de Joaquim Barbosa, Luciano Huck e Datena entraram nesse time. Apesar de serem vendidos como novos e outsiders, não conseguiram se movimentar pelas infindáveis articulações partidárias. É bem verdade que não traziam bases sociais consistentes. Entretanto, não deixa de ser um sinal claro do travamento do sistema político brasileiro. A reprodução de lideranças tradicionais não foi interrompida pelas operações contra corrupção. A aprovação e uso do Fundo Eleitoral simbolizam esse esforço para beneficiar parlamentares e governantes que estão no poder, fortalecendo, principalmente, os líderes partidários. Para comprovar essa questão, basta checar as candidaturas homologadas.

O resultado mais imediato desse panorama é a visão de que tudo continua do mesmo jeito. A apatia ganha terreno e reforça a perspectiva de distanciamento social. Vota-se com frequência no “menos pior”. O problema não é só de liderança. Vivemos um apagão de novas ideias. Parece-me que a política brasileira tem sérias dificuldades para se conectar com a realidade complexa do século XXI. Reconhecendo as raras e prestigiosas exceções, candidatos ao Governo e ao Legislativo desfilam com propostas irrealizáveis, ultrapassadas ou simplórias. Assim, as crises se aprofundam e o potencial de transformação da democracia recebe uma forte punhalada!

*Cleyton Monte

cleytonufc@hotmail.com

Cientista político, pesquisador do Laboratório de Estudos sobre Política, Eleições e Mídia (Lepem) e membro do Conselho de Leitores do O POVO.

Camilo faz campanha no Planalto Airton Sena

357 1

Nesta manhã de quarta-feira, o governador Camilo Santana fez campanha pelas ruas do Planalto Airton Sena. Ele conversou com populares, expôs metas de uma nova gestão e, principalmente, posou em selfies com grupo de eleitores.

Com ele, estava o seu fiel escudeiro, o vereador Acrísio Sena, candidato a deputado estadual pelo PT.

Para não sair do roteiro, Camilo exercitou o paladar. Provou, no meio do percurso, um gostoso sorvete de açaí.

(Foto – Facebook de Acrísio)

Hélio Góis sugere construir presídio em local onde celular não pega para barrar ação da bandidagem

Proposta do candidato a governador pelo PSL, Hélio Goís, para driblar a comunicação entre presos via celular nas unidades prisionais:

“Eu tenho viajado pouco, mas eu viajo pelo Ceará. Tem área que o celular não pega. Então, por que não instalar presídio lá?”

A fala surgiu durante a sabatina que a Rádio O POVO/CBN promoveu nessa terça-feira com o bolsonarista.