Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Conselho Regional de Contabilidade terá eleição de chapa única

Robinson de Castro deve renovar mandato por mais dois anos.

Mais de 13 mil profissionais da contabilidade vão participar do processo eleitoral que escolherá um terço dos integrantes do plenário do Conselho Regional de Contabilidade do Ceará (CRC/CE).

O pleito ocorrerá nos dias 19 e 20 de novembro próximo e contará com chapa única, liderada pelo contador e vice-presidente de Controle Interno, Marcos Aurélio Tavares.

Embora em clima de chapa única, o voto é obrigatório para todos os profissionais, sendo facultativo aos maiores de 70 anos. Para votar é preciso estar em situação regular com o Conselho. O prazo para o profissional regularizar alguma pendência financeira se encerra no dia 8 de novembro.

As eleições dos CRCs ocorrem a cada dois anos para mandatos de quatro anos, sendo renovado um terço do plenário neste ano e, em 2021, dois terços.

DETALHE – A disputa com chapa única indica que existe um consenso, fruto do trabalho realizado pela gestão. A tendência é que Robinson de Castro renove o mandato por mais dois anos como presidente da entidade.

(Foto – Rodrigo Carvalho)

UFC inaugura nesta quinta-feira escritório de campo na ZEIS do Bom Jardim

309 3

A Universidade Federal do Ceará vai inaugurar nesta quinta-feira, às 17 horas, um escritório de campo que servirá de base para atendimento aos moradores da Zona Especial de Interesse Social (ZEIS) do Bom Jardim. Isso durante a elaboração do Plano Integrado de Regularização Fundiária (PIRF). O escritório vai operar na avenida Osório de Paiva, 5623.

O ato ocorrerá durante o Sarau da Rede DLIS, que já tem coletivos culturais e artistas confirmados como Tambores do Gueto, Maracatu Nação Bom Jardim e As Três Marias.

A professora Irlys Barreira, coordenadora-geral da equipe da UFC responsável pelo Plano Integrado das ZEIS Bom Jardim, Pici e Poço do Draga, comparecerá.

Convênio

Para realizar este trabalho foi estabelecido um convênio entre a UFC, representada pelo Cetrede, e a Prefeitura de Fortaleza, representada pelo Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor).

Foram montadas equipes de campo para diagnóstico e elaboração de planos específicos com professores da área da geografia, arquitetura, direito, economia, políticas públicas e sociologia, que trabalharão até janeiro de 2020, utilizando o Escritório de Campo e laboratórios da universidade.

(Foto – UFC)

Reitor do IFCE tenta desbloquear verbas em Brasília

O IFCE continua com 38% de suas verbas de custeio contingenciadas (retidas) pelo governo federal. A afirmação é do reitor Virgílio Araripe, que, em entrevista à Rádio O POVO/CBN, nesta quarta-feira, informou que tentaria em Brasília, junto ao MEC, a liberação desses recursos. Ele embarcou nessa rota de madrugada.

O SINDSIFCE, entidade que representa os servidores da Rede do IFCE, está cobrando solução, com ações mais enfáticas da Reitoria na denúncia da real situação do Instituto.

Lembra a entidade que, em audiência pública realizada na Assembleia Legislativa no primeiro semestre, sob forte reação da sociedade aos cortes e contingenciamentos de verbas anunciados pelo governo para universidades e institutos federais, o reitor do IFCE afirmou que, caso o contingenciamento não fosse desfeito, o Instituto só teria dinheiro para funcionar até agosto.

“Setembro chegou e, pelo visto, a situação se mantém urgente e temerária, com total insegurança da continuidade acadêmica sobre a continuidade das atividades nos 32 campi do IFCE”, acentua o sindicato, que cobra também um posicionamento do reitor contra o “Future-se” (proposta de abrir para financiamento privado no ensino federal). Quer ainda o detalhamento sobre a situação orçamentária do IFCE.

(Foto – SINDSIFCE)

Artigo – “Consciência, o antivírus para as fake news”

223 3

Com o título “Consciência, o antivírus para as fake news”, eis artigo de Alexandre Pereira, empresário e presidente regional do Cidadania. “Bons tempos aqueles em que a mentira tinha pernas curtas, pois, com o advento das redes sociais, o fenômeno, agora chamado de fake news, provoca consequências mais graves”, diz o articulista. Confira:

Não é de hoje. Na disputa política, sempre houve quem recorresse à falsa informação para contaminar a opinião pública contra seus adversários. O boato, espalhado boca a boca, já fez muitas vítimas, mas era menos lesivo porque a recomposição da verdade já estava nos jornais no dia seguinte.

Bons tempos aqueles em que a mentira tinha pernas curtas, pois, com o advento das redes sociais, o fenômeno, agora chamado de fake news, provoca consequências mais graves porque circulam numa velocidade tal que, em muitos casos, quando a verdade é restabelecida, muitos danos já se tornaram irreparáveis.

Tudo indica que a disputa municipal em Fortaleza já começou. E da pior maneira: circularam alguns vídeos em que políticos ligados a grupos de oposição ao prefeito Roberto Cláudio fizeram uma denúncia infundada, com base em material de falsificação grosseira.

As “denúncias” tentavam comprometer o bom trabalho da secretaria de Educação com uma suposta cartilha sobre Educação Sexual para crianças cujo conteúdo, de tão grotesco e despropositado, somente consegue convencer sobre sua procedência a quem já esteja movido por uma predisposição tendenciosa.

Poupo os leitores de detalhar as sandices ali alegadas, de uma estupidez atroz. Mas uso este espaço, gentilmente cedido para convocar os cidadãos de bem a uma ação contínua de combater fakenews de maneira incansável, alertando seus círculos de relacionamento social a buscar fontes confiáveis de informação.

Fakenews podem comprometer a legitimidade de uma eleição se influenciarem decisivamente a opinião de amplas parcelas de eleitores. A Democracia precisa criar mecanismos de defesa contra o vírus maléfico da falsa notícia, emitida de forma anônima, mas espalhada com métodos que utilizam técnicas sofisticadas.

Este papel é das instituições, mas sobretudo da sociedade.

*Alexandre Pereira

Empresário e Presidente do partido Cidadania 23 no Ceará.

(Foto – Arquivo Pessoal)

Secretário expõe Plataforma de Modernização da Saúde para ministro Mandetta

Dr.Cabeto, Domingos Neto, o ministro e equipe.

Depois de expor a Plataforma de Modernização da Saúde do Ceará para a bancada federal cearense em Brasília, o secretário estadual da Saúde, Dr. Cabeto, foi recebido pelo ministro Luiz Henrique Mandetta e equipe.

Ali, tendo a companhia de Domingos Neto (PSD), coordenador da bancada cearense, o secretário expôs mais detalhadamente sua plataforma e, claro, pediu apoio financeiro.

O Ministério da Saúde gostou do que ouviu, segundo Domingos Neto.

(Foto – Divulgação)

VIII Edital das Artes de Fortaleza com inscrições até o próximo dia 9

Prosseguem, até a próxima segunda-feira, 9, as inscrições para o VIII Edital das Artes – 2019. Realizado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), o edital prevê, ao todo, um investimento de R$ 4,1 milhões em fomento às artes da capital cearense.

Do montante total de investimento, R$ 3.852.500,00 milhões destinam-se aos artistas selecionados no VIII Edital das Artes, enquanto o restante é destinado aos pareceristas (R$ 120 mil), responsáveis pela análise e seleção dos projetos inscritos no certame, e para o Programa de Formação de Agentes Culturais de Fortaleza (R$ 127,5 mil), direcionado aos artistas contemplados no Edital das Artes e ao público em geral.

O valor do VIII Edital das Artes será distribuído entre 13 linguagens: Artes Visuais, Moda, Fotografia, Audiovisual, Literatura, Música, Teatro, Dança, Circo, Cultura Tradicional Popular, Humor, Mídia Digital e Artesanato.

Procedimento

Os interessados, segundo a assessoria de imprensa da Secultfor, deverão fazer o cadastro das propostas no Mapa Cultural de Fortaleza. Após concluída e enviada, a proposta deverá ser impressa e assinada pelo proponente e, em seguida, ser entregue junto aos documentos exigidos no Edital, em envelope lacrado, na Central de Licitações da Prefeitura de Fortaleza (CLFOR), situada na Rua do Rosário, 77 – Centro.

O proponente deve acompanhar a tramitação do Edital no canal e-compras, no qual são divulgadas todas as etapas e as notificações sobre o certame.

Após o período de inscrições e divulgação do resultado, os projetos deverão ser realizados em até 12 meses, contados a partir do recebimento do recurso financeiro.

SERVIÇO

*Durante o período de inscrições, a Secultfor disponibiliza atendimento aos proponentes, para mais informações, pelo telefone (85) 3105.1403 ou pelo e-mail viiieditaldasartesfortaleza@gmail.com. A abertura dos envelopes ocorrerá em sessão pública, no dia 11 de setembro, na sede da CLFOR.

PTC rompe com prefeito Roberto Cláudio e vai ser oposição na Câmara Municipal

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PD), acaba de perder o apoio do PTC nas Câmara Municipal. A cúpula do partido encaminhou para o presidente das Câmara Municipal, Antonio Henrique (PDT), um comunicado oficializando que os seus dois vereadores passam, a partir de agora, a integrar a oposição na Casa.

A Executiva Municipal diz que essa decisão foi tomada pela unanimidade dos seus integrantes e que deverá trabalhar, a partir de agora, pelo projeto do deputado federal Capitão Wagner, pré-candidato a prefeito pelo Pros.

São vereadores dessa legenda Cláudia Gomes e Lucimar Mastins (Ba), que, em outro comunicado, já foram orientados a adotar tal postura, sob pena de incorrerem em processo de infidelidade, de acordo com o estatuto da legenda.

Com o PTC passando a apoiá-lo, o Capitão Wagner reforça seu leque de partidos no objetivo de conquistar o Paço Municipal. Ele já tem o respaldo do Podemos, do PSC e, mais recentemente, do Avante, o que se consolidou na noite da última segunda-feira, durante ato no Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa.

Capitão Wagner e o presidente do PTC, Adriano Bento.

(Foto – PTC)

Artigo – “A Questão Ambiental e a Soberania Nacional”

213 1

Com o título “A Questão Ambiental e a Soberania Nacional”, eis artigo de João Arruda, sociólogo e professor da Universidade Federal do Ceará. Ele aborda a cobiça internacional e a riqueza da Amazônia. Confira:

A cobiça internacional sobre as infindáveis riquezas acumuladas no subsolo amazônico e sobre sua riquíssima biodiversidade é antiga. Há séculos, países como os Estados Unidos, França, Inglaterra, Holanda e várias outras nações europeias sonham com a criação de mecanismos capazes de pôr fim à soberania brasileira sobre o mais rico e inexplorado território do globo.

Nesse longo espaço de tempo, a presença clandestina, na região, de estrangeiros e de maus brasileiros a serviço do capital internacional tem sido uma constante. Para se apropriarem das riquezas amazônicas, se adaptando às condições históricas da época, eles mudaram as táticas, os agentes e as narrativas, mas os objetivos continuaram os mesmos: saque das riquezas minerais, da biodiversidade e, como objetivo final, a internacionalização da rica região Amazônica.

Inicialmente, a presença se dava através de milhares de estrangeiros e seus cúmplices brasileiros que prospectavam as riquezas amazônicas travestidos de missões evangélicas, de antropólogos ou de botânicos, ávidos por mapearem nossas riquezas minerais e contrabandearem nossos minerais, nossa fauna e flora.

O saque amazônico ocorria sob o fajuto manto legitimador do nobre sentimento cristão ou em nome desinteressado da ciência. Juravam sobre a Bíblia Sagrada – mesmo carregando um magnetômetro ou outro instrumento localizador de metais preciosos – que suas missões eram a de preservar a cultura indígena, suas tradições e o seu território, ameaçados por grileiros ou por madeireiros e comerciantes inescrupulosos.

Mais recentemente, a narrativa do altruísmo cristão não mais convencia ninguém. Era necessário atualizar, com apelo mais emocional, uma narrativa mais convincente para justificar a presença ostensiva de mais de cem mil ONGs e de outras “entidades humanitárias e ambientalistas” na região.

E não foi uma tarefa difícil. Contando com o apoio financeiro e político dos países centrais, da cumplicidade da grande mídia nacional e de parte da esquerda reacionária e entreguista brasileira, também travestida de ambientalista, eles conseguiram a legitimação necessária.

Com a grotesca e fraudulenta tese da causa antropogênica do aquecimento global, associada à histeria de que a Amazônia, o pulmão do planeta, estava sendo destruída e pondo em risco a vida do planeta, foi fácil criar o clima político-emocional legitimador dos objetivos alienígenas.

Nos anos sessenta do século passado, a esquerda brasileira e setores nacionalistas já denunciavam insistentemente os torpes objetivos das propaladas missões evangélicas naAmazônia. Mais recentemente, têm sido recorrentes denúncias, por parte de setores das forças armadas, da presença nociva aos interesses nacionais dessas ONGs e entidades ambientalistas.

Na edição de 12 de 02 de 1995, o jornal Folha de São Paulo publicou um longo e emblemático artigo intitulado Uma Teocracia na Amazônia, do jornalista e escritor Janer Cristaldo. No seu lúcido e revelador artigo, ele desnuda e desmistifica a questão amazônica. Segundo ele, o cerne do problema não é a ´preservação do índio e suas tradições, mas as riquezas do solo e do subsolo amazônico. E é categórico em revelar a lógica que segue as demarcações das terras indígenas: nenhuma ONG se preocuparia com as culturas hutu ou tutsi, em Ruanda, ou com a dos Miskitos na Nicarágua. “A diferença é que os índios brasileiros vivem sobre um solo riquíssimo”. A demarcação das terras indígenas é sempre precedida pela descoberta de jazidas minerais. Quando se fala em Waimiri-Atroaari, leia-se
cassiterita; quando se fala em reserva Ianomami, leia-se cassiterita, ouro, fosfato. Os Macixis podem ser traduzidos por diamantes, etc.

Esta tem sido a lógica seguida em todas as solicitações de demarcação das terras indígenas. E há também componentes novos nos ataques aos interesses nacionais. E o grande alvo é o nosso agronegócio, a mais eficiente agropecuária do mundo ameaçando os ineficientes produtores rurais europeus. Não podemos esquecer que somos os grandes produtores de commodities agropecuários do mundo, garantindo a segurança alimentar de uma parte significativa da população mundial. E isto ficou muito claro nos seguidos pronunciamentos do presidente Macron, defendendo descaradamente a ineficiente e subsidiada agricultura francesa quando conclamava a União Europeia a boicotar o agronegócio brasileiro que, segundo ele, é o grande responsável pelo desmatamento que causa o aquecimento global.

A grande verdade é que a soberania nacional, mais do que nunca, está ameaçada. E é lamentável perceber a cumplicidade da grande mídia nacional, de setores expressivos da nossa intelectualidade, de formadores de opinião e de parte da esquerda reacionária brasileira com os interesses antinacionais.

*João Arruda,

Sociólogo e professor da UFC.

(Foto – UFC)

Ibama do Ceará será comandado por um militar da reserva

1163 5

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, nomeou o novo superintendente do Ibama no Ceará.

O ato saiu publicado no Diário Oficial da União nesta quarta-feira.

Assumirá o cargo Ricardo Célio Chagas Bezerra (57), um militar da reserva, que chegou a disputar vaga de deputado federal no pleito passado.

Possui formação de Oficial de Infantaria pela Academia Militar das Agulhas Negras (1983). Serviu por oito anos na Região Amazônica.

Coronel Bezerra é dono da fazenda Arapari, localizada na rodovia Transamazônica, quilômetro 27, na altura de Altamira. Conforme os registros, a principal atividade econômica da fazenda é “extração de madeira em florestas plantadas”.

Como candidato à Câmara dos Deputados, teve apoio de Bolsonaro.

“Essa fazenda é minha, mas está invadida pelo MST há cerca de 18 anos e tento reintegração de posse desde 200 e não cumpridas pelo estado do Pará. Lá funcionou um projeto de manejo sustentável, mas foi invadida”, explicou para o Blog o novo titular do Ibama.

 

(Fotos – Arquio Pessoal)

Camilo reúne bancada e pede apoio financeiro para a Plataforma de Modernização da Saúde

O governador Camilo Santana esteve reunido, nesta manhã de quarta-feira, em Brasília, com boa parte da bancada federal cearense.

Na oportunidade, o secretário estadual da Saúde, Dr Cabeto, apresentou detalhes da Plataforma de Modernização da Saúde, que busca um melhor atendimento para a população cearense nessa área.

O presidente da Assembleia Legislativa, José Sarto, também participou do encontro, que ouviu sugestões e, principalmente, serviu para que Camilo solicitasse apoio aos parlamentares, em forma de emendas orçamentárias à plataforma da saúde.

Dois senadores marcaram presença: Eduardo Girão (Pode) e Cid Gomes (PDT), bem como o secretário Mauro Filho (Seplag) e mais os deputados federais Idilvan Alencar, Moses Rodrigues, Domingos Neto, André Figueiredo, Aníbal Gomes, José Guimarães, Robério Monteiro, Denis Bezerra, Eduardo Bismarck, Leônidas Cristino e Pedro Bezerra.

(Foto – Facebook)

A Fortaleza das rampas de lixo

108 2

Esta cena virou rotina na rua Francisquinha Portela, no bairro Quintino Cunha, altura do número 3011.

Uma verdadeira rampa de lixo que persiste há anos. Dela, proliferam ratos, baratas, mosquitos e, claro, muita doença para quem mora nessa área.

Para completar o roteiro do absurdo, já foram registrados vários assaltos pelo bairro, com ataques também a passageiros que utilizam o ônibus da linha Pio Saraiva/Estação 214.

(Foto – Leitor do Blog)

Projeto Arena do Humor promete animar, semanalmente, bairros de Fortaleza

Leide Daiana

Que tal show de humor, semanalmente, nos bairros de Fortaleza?

Pois está criado o projeto Arena do Humor, com esse objetivo. A estreia, segundo o jornalista Daniel Negreiros, da organização, ocorrerá nesta quarta-feira, a partir do meio dia, no Theatro José de Alencar.

A Arena do Humor promete um conjunto de atividades voltadas para a promoção da cidadania, cultura e lazer nos bairros da capital cearense, devendo esticar até a Região Metropolitana. Lailtinho e Leide Daiana são as atrações desta primeira edição.

Além das ações de difusão e apresentações humorísticas, o projeto também contemplará ações formativas, voltadas para a cidadania. São elas: oficinas, cursos, demonstrações técnicas e workshops promovidos por personalidades regionais e nacionais.

(Foto – Divulgação)

Polícia Civil cumpre mandados contra acusados de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Dois mandados de prisão e outros três de busca e apreensão são cumpridos na manhã desta quarta-feira, 4, pela Polícia Civil. Ação é parte da quinta fase da Operação Luz da Infância no Ceará, que investiga crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes na Internet.

O trabalho começou ainda na madrugada desta quarta-feira, 4, quando as equipes policiais iniciaram a busca dos acusados. A força-tarefa é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

Ao todo, a operação conta com o trabalho de 656 policiais, distribuídos entre Polícias Civis e Polícia Federal de 14 estados e o Distrito Federal. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), agentes de aplicação da lei de seis países estão cumprindo, simultaneamente, mandados de busca e apreensão.

Informações coletadas na Internet deram indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva, ainda conforme a pasta, para embasar os mandados que estão sendo cumpridos no Estado.

“A ação desencadeada é decorrente de cooperação mútua entre a Diretoria de Operações da Secretaria de Operações Integradas do MJSP. Houve também colaboração da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, por meio da Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega em Brasília (US Immigration and Customs Enforcement-ICE), oferecendo cursos e capacitações que subsidiaram as cinco fases da Operação Luz na Infância”, diz a SSPDS em nota.

(Com POVO Online)

Fortaleza é sede da XXXVI Taça Brasil de Futsal Masculino Sub20

Time de Jucás

Fortaleza está sendo sede da XXXVI Taça Brasil de Futsal – Sub20 Masculino Primeira Divisão.

As partidas acontecem no Ginásio do Vozão (Porangabussu) e envolvem 10 equipes representando oito estados: Pará,  Rio Grande do Norte, Distrito Federal, Mato Grosso, Bahia, Piauí, Maranhão, Espírito Santo e Ceará, que tem duas equipes no certame, no caso o Grêmio Recreativo Pague Menos e o Jucás Futsal, da cidade de Jucás.a partir das 8h30min.

A grande final ocorrerá no dia 7 de setembro.

(Colaboração – Roberto Luna)

Ipu ganha intervenções do Projeto Olhar da Cidade, da FCDL

Hélio Lopes, Freitas Cordeiro e Sebastião Filho, presidente da CDL de Ipu, na Rádio Regional.

A cidade de Ipu será a primeira do Ceará a receber o Projeto Olhar a Cidade, desenvolvido pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL), com apoio das CDLs regionais.

O presidente da FCDL, Freitas Cordeiro, ao lado da equipe técnica, anunciou a novidade durante entrevista ao comunicador Hélio Lopes, na Rádio Regional e que comanda o programa Fatos em Debates, no ar há 23 anos.

A Rua Gentil será escolhida para o projeto e ganhará nova pintura, decoração e disponibilizará para a população ônibus biblioteca, lanchonetes e espaços para crianças, jovens e idosos.

Visão regional

A engenharia do projeto diferenciado está a cargo de Tereza Newma e a arquitetura de Laura Rios, profissionais destacadas e premiadas. No Ipu, sente-se a falta de um investimento estatal/privado de infraestrutura da famosa Bica do Ipu, praticamente abandonada. Nesta quinta-feira, o Projeto Olhar a Cidade será lançado em São Benedito. Para Freitas Cordeiro “cada município tem que crescer com uma visão regional”.

(Foto – Divulgação)

Prefeito vai assinar ordem de serviço para nova reforma no Frotinha de Messejana

O prefeito de Fortaleza, Roberto Claudio (PDT), vai assinar, na próxima sexta-feira pela manhã, a ordem de serviço da segunda fase de reformas do Frotinha de Messejana.

No pacote, segundo informou para o Blog, entram uma nova emergência, um centro cirúrgico e uma sala de recuperação. Ele não adiantou valor dessa nova intervenção.

Nesse equipamento, o prefeito já entregou 14 novos leitos de enfermaria neste ano.

(Foto – Evilázio Bezerra)

Debates Grandes Nomes – Presidente da Associação Peter Pan é a entrevistada desta quarta-feira

A presidente da Associação Peter Pan, Olga Freire, é a entrevistada desta quarta-feira do projeto Debates Grandes Nomes, do Grupo O POVO de Comunicação. A atração terá início às 11 horas na Rádio O POVO/CBN – 95.5 FM, com transmissão também ao vivo pelo Facebook e Portal POVO Online.

Olga Freire é a terceira entrevistada do projeto que deverá se encerrar na próxima segunda-feira, com o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio. Nesta quinta-feira, será a vez do governador Camilo Santana, enquanto na sexta-feira, será a vez do jornalista Kennedy Alencar, comentarista da Rede CBN.

A Associação Peter comandada por Olga Freire conta também com o Hospital da Criança e atende crianças em tratamento do câncer.

(Foto – Divulgação)

Setembro Amarelo – Vereador apresenta projetos de prevenção ao suicídio

Neste mês de conscientização sobre a prevenção ao suicídio, o vereador Julierme Sena (PROS) deu entrada em dois projetos que fazem parte da campanha do Setembro Amarelo.

O primeiro é o projeto de lei 219/2019 que regulamenta a implantação de ações visando a prevenção de depressão e suicídio entre os adolescentes nas escolas municipais de Fortaleza. Conforme a proposta, as escolas deverão promover encontros com as famílias e capacitar seus professores para lidar com situações que indiquem quadro depressivo. “Esse projeto visa combater um problema que tem se tornado cada vez mais evidente em nossa sociedade: a depressão e o suicídio entre jovens e adolescentes”, explica o vereador.

O segundo projeto de lei 75/2019 quer assegurar atendimento psicológico e psicopedagógico para estudantes e profissionais de educação. Prevê que escolas públicas ou privadas deverão ofertar atendimento especializado, individual ou coletivo para os estudantes e profissionais da educação básica. Com pelo menos um psicólogo ou psicopedagogo para cada 500 alunos/turno.

Esses dois projetos já estão na Comissão de Constituição, Justiça, na Câmara Municipal aguardando a designação de relator. Caso recebam parecer favorável, seguirão para votação em plenário.

(Foto – CMFor)

Camilo e Rozário Ximenes inauguram Praça Mais Infância em Canindé

O governador Camilo Santana e a prefeita Rozário Ximenes inauguraram na em Canindé, na Região Norte do Estado, a 115 quilômetros de Fortaleza, a Praça Mais Infância do Ceará. A solenidade contou com as presenças da primeira-dama Onélia Santana, da secretária de Proteção Social, Justiça, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) Socorro França, do deputado estadual João Jaime, além de vereadores, frades franciscanos e comerciantes locais e população.

“Essa é mais uma grande conquista em prol dos cidadãos. 80% da Praça Mais Infância foi construída com recursos do Estado e 20% com recursos da prefeitura, que cedeu ainda o terreno para a instalação do equipamento”, observou Camilo.

“As famílias, especialmente as crianças e os jovens de nosso município, agora podem aproveitar, em seus momentos de lazer, quadra poliesportiva, playground, academia ao ar livre, banheiros acessíveis, tudo isso numa área de 2.574,36 metros quadrados”, destacou Rozário Ximenes.

(Foto: Reprodução)

Heitor Férrer questiona mensagem governamental que cria 91 cargos comissionados

279 3

o

O deputado estadual Heitor Férrer (SD) bateu duro, nesta terça-feira, da tribuna da Assembleia, na mensagem 8419, do Governo do Estado, que quer criar 91 cargos comissionados, fundamentando como se fossem para o projeto de integração das ações e serviços de saúde.

Para ele, embora a mensagem governamental se fundamente na nova plataforma de modernização da saúde, ela tem como cerne a criação de cargos para serem alocados a critério do governador em outros departamentos, sem concurso público.

“O Governo aproveita a boa vontade dos deputado e insere na matéria que justifica a criação dos cargos para a plataforma da saúde 91 cargos a mais, modificando a nomenclatura de DAS – com salário de R$ 1.400,00 para DNS – com salário de R$ 5 mil”, observa Heitor.

Ele lembrou ainda que a matéria altera a lei 16.710, de 2018, que se tratou de uma reforma administrativa, através da qual o governo diminuiu cargos comissionados. “Ano passado, a justificativa de fazer a reforma administrativa era para enxugar a máquina. Agora chega uma uma mensagem aumentando o número de cargos comissionados?”, questionou.

O parlamentar pediu também a atenção dos colegas parlamentares para outra alteração proposta pela mensagem: as nomeações do superintendente, do diretor de planejamento e do diretor técnico do ISSEC passarão a ser feitas pelo governador e não mais pelo crivo da Assembleia Legislativa. “É o pulo do gato do governo, tirando ainda uma prerrogativa do Poder Legislativo. Colegas deputados, vamos nos respeitar”, alertou Heitor Férrer.