Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Detran/CE – Renegociação de multas vai até o próximo dia 30

O Detran alerta: o desconto de 80% das multas aplicadas pelo órgão (não pode
ser de outro órgão de trânsito) e vencidas até dezembro de 2015 vence
no próximo dia 30, ultimo dia estabelecido por lei estadual. Quem se enquadra nessa situação, pode entrar no site do órgão (www.detran.ce.gov.br), clicar sobre a ilustração, na parte central superior da página, que trata do Programa de Recuperação Fiscal (Refis). A ilustração tem um carro na cor verde.

Quem tem direito ao desconto já emite o boleto com o valor reduzido em 80%. O desconto foi concedido pelo Governo do Estado, por intermédio da Secretaria das Cidades e do Detran, porque o governo obteve autorização da Assembleia Legislativa, que aprovou lei nesse sentido. Por isso que o desconto é só para multas aplicadas pelo Detran, que
conta com a parceria da Polícia Rodoviária Estadual na fiscalização do
trânsito nas rodovias estaduais.

DETALHE – O desconto é concedido para multas de trânsito e multas de ônibus e
vans que integram o sistema de transporte intermunicipal rodoviário de
passageiros do Estado.

SERVIÇO

*No link, há a opção para as duas modalidades:
http://portal.detran.ce.gov.br/index.php/noticias/14-lista-de-noticias/44089-programa-de-recuperacao-fiscal-refis-do-departamento-estadual-de-transito-detran

Fortaleza está em alta na expansão de creches, diz ministro

O ministro de Desenvolvimento Social, Osmar Terra, deu uma informação, nessa noite de quarta-feira, no Teatro Carlos Câmara, que soou como “presente de Natal” para a primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra. Disse ele: “Fortaleza é a cidade, entre todas as capitais, que registra o maior avanço na política de assistência à primeira infância”.

A fala surgiu no ato em que o ministro assinava com o prefeito Roberto Claudio uma aliança de parceria entre os programas Cresça com Seu Filho (municipal) e Criança Feliz (Federal). Carol Bezerra, no ato, foi às alturas.

Essa parceria, agora denominada “Cresça com seu Filho/Criança Feliz”, promete aprimorar atividades intersetoriais já desenvolvidas pela Prefeitura de Fortaleza. Vai permitir ampliar o atendimento a crianças de zero a três anos em Fortaleza. Hoje, já são 5.574 crianças atendidas na Capital. Outra: Fortaleza, de acordo com o ministro Osmar Terra, é a cidade brasileira que mais criou novas vagas em creches.

Segundo o prefeito Roberto Claudio, a partir da parceria, recursos da ordem de mais R$ 2,4 milhões por ano serão destinados às ações em prol das crianças fortalezenses. Dentre os objetivos, está o fortalecimento das visitas domiciliares realizadas por agentes comunitários de saúde e enfermeiros, que visam ao desenvolvimento integral de crianças de 0 a 3 anos de idade, cujas famílias residem em bairros vulneráveis da Cidade, distribuídos pelas Regionais I, V e VI.

TRE do Ceará em clima de casa arrumada

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quinta-feira:

Em tempos de acirramento entre o Poder Público e o sindicalismo, um fato merece destaque no âmbito do serviço público federal no Ceará.

Ao final dos trabalhos deste ano do Tribunal Regional Eleitoral, a presidente do Sindicato dos Servidores da Justiça Eleitoral no Estado, Maria Eliete Maia, agradeceu o trabalho da presidente da instituição, desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira, e de toda sua equipe, e, em especial, pela realização do concurso de remoção. Era uma reivindicação antiga da categoria.

Em sua manifestação, Maria Eliete destacou “a boa vontade, empenho, sensibilidade, firmeza e equilíbrio” da presidência do TRE e reforçou o apoio ao compromisso da desembargadora com a manutenção do programa de valorização dos profissionais do tribunal em 2018.

Ou seja, há sinais de que turbulências só virão mesmo entre candidatos.

(Foto – Evilázio Bezerra)

Açude Castanhão e o desejo natalino por um bom inverno

Eia uma imagem que assusta. Pode ser conferida na capa do O POVO desta quinta-feira. É o açude Castanhão, no Vale Jaguaribano, que foi construído com a promessa de que garantia água suficiente para abastecer a Grande Fortaleza.

Está com menos de 3% de sua capacidade, o que nos faz a todos, cristãos ou não, olhar para os céus e fazer um só pedido: inverno, inverno e inverno.

(Foto – Leitor via WhatsApp)

Titular da Delegacia de Roubos e Furtos pede exoneração

O delegado titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Raphael Vilarinho, foi exonerado do cargo. Conforme nota da Secretaria da Segurança Pública (SSPDS), a decisão foi do próprio delegado. Ele alegou motivos de caráter pessoal para efetivar o pedido, informou a pasta.

“Atualmente, o delegado se encontra de férias e, no retorno, estará à disposição do delegado geral da Polícia Civil, Everardo Lima, para que ele o designe para outra função”, comunicou a SSPDS.

Quem assume a DRF é o delegado Ricardo Romagnolli, que foi diretor da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Já o delegado Osmar Berto, que atuou na Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), assume como delegado-adjunto. Um terceiro delegado ainda deve ser lotado na DRF.

Vilarinho foi baleado na perna em julho durante uma operação.

Outras mudanças

Outras cúpulas de delegacias no Ceará também mudaram. O delegado Eduardo Tomé, que já foi da DRF, assumiu como diretor do Departamento de Polícia Especializada (DPE). E o delegado Diego Barreto, que também já esteve na DRF, assumiu a Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC).

(O POVO)

Operação Vereda – Inspetor da Polícia Civil ganha alvará de soltura

A PF deflagrou a operação.

O inspetor da Polícia Civil Antônio Henrique Gomes de Araújo, preso em flagrante durante a Operação Vereda, da Polícia Federal, no último dia 6, foi solto por determinação da Justiça Federal. Autuado por posse de moeda falsa, no momento em que mandado de condução coercitiva contra ele era cumprido, Henrique continuou preso preventivamente, após audiência de custódia, realizada no dia seguinte à prisão.

Porém, na noite da última terça, 19, o juiz federal substituto da 32ª Vara, respondendo pela 12ª Vara Especializada Criminal, Danilo Dias Vasconcelos de Almeida, expediu alvará de soltura. O magistrado é o mesmo que determinou a condução coercitiva e realizou a audiência de custódia. Desta vez, contudo, Danilo Dias levou em consideração a perícia feita nas cédulas apreendidas, que modificaram o “quadro probatório”, ensejando a revogação da prisão.

“No laudo pericial juntado aos autos, concluiu-se que as cédulas em questão são grosseiramente falsas, embora possam ser utilizadas para iludir pessoas desconhecedoras dos dispositivos de segurança constantes no papel moeda autêntico, que possam vir a recebê-las de forma inadvertida, sem realizar conferência básica dos elementos de segurança”, detalha a decisão.

Conforme o magistrado, a lei estabelece que a “péssima qualidade da falsificação da moeda” afasta a “potencialidade lesiva”. Ou seja, o crime de moeda falsa, contra a União ou fé pública, que leva a competência do caso para o âmbito Federal, deixa de existir.

Danilo Dias concluiu que, embora seja investigado em outro inquérito policial e que “pendam sobre ele graves indícios de desvios funcionais”, o crime pelo qual estava preso foi afastado pelo laudo pericial. Neste caso, Henrique pode responder por estelionato.

Durante a operação, além de Henrique, outro inspetor e quatro informantes acabaram presos, em flagrante, por motivos diversos, como porte ilegal de arma, de drogas e moeda falsa. Os informantes pagaram fiança e foram liberados. Já os policiais, flagrados com as cédulas falsas, permaneceram presos.

Somente o inspetor Rafael de Oliveira Domingues continua encarcerado. Com ele, foram apreendidas cédulas falsas e arma de fogo não registrada. Nesse caso, porém, o delegado federal que realizou o procedimento considerou que as cédulas falsas eram de baixa qualidade e autuou Rafael por estelionato e posse ilegal de arma, levando o caso à Justiça estadual. O advogado Kaio Castro afirma que já pediu revogação da prisão de Rafael, na 8ª Vara Criminal, e habeas corpus, no Tribunal de Justiça do Ceará.

(O POVO)

Morre o professor e escritor Carlos d’Alge

682 5

Carlos d’Alge (camisa listrada).

Vítima de complicações do Alzheimer, morreu, nessa noite de quarta-feira, em Fortaleza, o escritor e professor universitário aposentado Carlos Neves d’Alge (87). O velório acontecerá a partir das 8h30min, na Funerária Ternura, onde, às 15 horas, será celebrada a missa de corpo presente.

O enterro, segundo familiares, ocorrerá às 16h30min, no Cemitério Parque da Paz.

Carlos d’Alge, de origem portuguesa, vivia no Brasil desde os seis anos de idade. Era também membro da Academia Cearense de Letras. Autor de 12 livros editados. Seus contos apareceram em jornais, revistas e antologias, como O Talento Cearense em Contos, com a narrativa Breve Ensaio Sobre a Solidão, e no volume A Mulher de Passagem, de 1993.

Ficou conhecido não apenas no campo da literatura. Carlso d’Alge foi ainda apresentador e mediador do programa Debates do POVO, na antiga Rádio AM do POVO, hoje Rádio O POVO/CBN. Comandava a atração de maior audiência no rádio fortalezense nos anos de 1980, que contava com os comentários dos jornalistas Adísia Sá, Francisco Auto Filho e Themístocles de Castro e Silva (este já falecido).

(Foto – Academia Cearense de Letras)

Médica cearense é aceita em Harvard

A médica cearense Cauyna Gurgel Moreira foi aceita nesta quarta-feira (20) no Programa Observador da Faculdade de Medicina da Universidade Harvard, em Boston, Massachusetts, nos Estados Unidos. Ela atuará no Boston Children’s Hospital, apontado como maior referência norte-americana no atendimento à criança, segundo levantamento do US News & World Report.

Cauyna Moreira é filha do também cearense Eron Moreira, oftalmologista e vereador de Fortaleza pelo PP.

(Foto: Facebook da Família)

Parceria com Eunício “com certeza vai continuar”, diz Camilo

Embora não confirme que aproximação com o presidente do Senado Eunício Oliveira (PMDB) vai desembocar em um palanque único nas eleições de 2018, o governador Camilo Santana (PT) defende que a parceria entre eles “com certeza vai continuar, e vai continuar pelo bem do Ceará”. Declaração foi dada ao Blog de Política, do O POVO Online, na entrega de moradias do Minha Casa, Minha Vida no município de Canindé, nesta quarta-feira, 20, ao lado do senador.

Solenidade faz parte de agenda conjunta que Camilo vem tendo com Eunício desde o evento “Juntos por Fortaleza”, quando anunciaram, no Palácio da Abolição, plano de ações para Fortaleza.

Na ocasião, Eunício admitiu que composição eleitoral era possível, “desde que não seja para beneficiar eleição de A ou de B e, sim, para que o Ceará possa continuar avançando e se desenvolvendo”.

Já o governador evita tocar no assunto e diz que as eleições são tema para o próximo ano. Sobre o evento conjunto, ele explica: “O evento é institucional, por isso estamos aqui todos juntos, para entregar esse importante empreendimento”.

(O POVO Online/Blog Política – Repórter Carlos Mazza)

Réveillon da Paz ocupará espaços no Condomínio Espiritual Uirapuru

O Réveillon da Paz deste ano vai ocupar novo espaço: o Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU), próximo ao Castelão. As atividades, sob coordenação da Comunidade Shalom, terão início às 19 horas, com missa a presidida pelo padre Antonio Furtado.

A programação seguirá com shows até o momento mais especial: a Virada do Ano, que será marcada pela adoração ao Santíssimo Sacramento. Haverá ainda oração pela paz em 2018.

Entre as atrações, o forrozeiro Naldo José, Ana Gabriela, Ministério Missionário Shalom e Suely Façanha. A entrada é gratuita e há opção de aquisição de mesas em local reservado com serviço de buffet

SERVIÇO

*Condomínio Espiritual Uirapuru – Avenida Alberto Craveiro, 2222, Dias Macedo.

*Mesa para quatro pessoas é de R$ 320, 00 (R$ 80,00 por pessoa). Pode ser adquirida até o dia 31 de dezembro (enquanto houver mesas disponíveis).

*Mais informações – 3295-4583.

Paróquia Nossa Senhora da Glória promove o Grande Concerto de Natal

155 1

A Paróquia Nossa Senhora da Glória (Cidade dos Funcionários) promoverá nesta quinta-feira, a partir das 20 horas, o Grande Concerto de Natal. Antes, haverá a missa das 18h30min, na Igreja Matriz.

O Concerto vai contar com mais de 100 vozes de corais renomados do Ceará, sob a regência da maestrina Jacqueline Sidney e dos maestros Gonzaga Leite e Luís Carlos Prata.

“Em Cristo somos todos irmãos” (Mt 23,8) é o tema do Concerto, que contará com a participação dos corais do BNB Clube, Unifor, Moenda de Canto, Vozes do Sintufce, Sétima Voz e Vozes da Justiça.

SERVIÇO

*Paróquia Nossa Senhora da Glória – Avenida Oliveira Paiva, 905 – Cidade dos Funcionários)

*Mais informações – (85) 3279.4500.

Chacina de Messejana – O tempo passa, o tempo voa e dois acusados continuam foragidos

Pois é, 2017 vai acabar e o Serviço de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) ainda não conseguiu prender dois dos oito acusados da morte da travesti Dandara dos Santos.

Nem das diversas chacinas como a do Porto das Dunas.

(Foto – Mariana Parente)

Como saber se o candidato é ou não é corrupto?

Com o título “Eleições 2018: renovação ou continuação”, eis artigo do professor  Dimas de Castro e Silva, da Universidade Federal do Cariri. “O povo indignado assiste ao espetáculo, passivo, aguardando a hora de “trocar o time”. Mas será desta vez que acabaremos com a corrupção no Brasil?”, eis o que ele expõe para reflexões. Confira: 

Daqui a 10 meses, no dia 7 de outubro de 2018, o eleitor brasileiro votará em primeiro turno para escolher o seu novo presidente, governadores, senadores e deputados estaduais e federais. No momento atual, de caça aos políticos corruptos, e de seus pares, investigados negociam cargos, emendas e todo tipo de favor para escapar da cadeia certa. O povo indignado assiste ao espetáculo, passivo, aguardando a hora de “trocar o time”. Mas será desta vez que acabaremos com a corrupção no Brasil? Há tempo para a chegada de uma nova safra de políticos, honestos e competentes? Como saber se o candidato é ou não é corrupto?

Como sempre, parte dos candidatos será representante de oligarquias locais que, eleição após eleição, perpetuam-se no poder. Já a dita “nova safra” de nova não tem nada! Na política, como em qualquer ramo de negócio, só avança quem tem capital para investir em campanhas de custos astronômicos. Dinheiro não cai do céu e quem não tem capital próprio vende a alma a seus financiadores, que, com vultosas doações de campanha, cobram que seus interesses sejam bem defendidos por suas marionetes.

Candidatos limpos, que não representam grupos empresarias ou legislam em causa própria, nem são membros de quadrilhas partidárias, seriam uma raça mutante, super-heróis que habitam na “sala da justiça” de nossa imaginação. Quem deixaria uma carreira de sucesso no setor privado ou uma carreira estável no setor público, abdicando do convívio da família e dos amigos, para candidatar-se a um cargo público no Brasil de hoje? A motivação para a vida pública já parece algo incompreensível, injustificável e inalcançável.

Resta ao povo a dura escolha solitária de um candidato que o represente. Anos de destrabalho na saúde, na segurança, no transporte e principalmente na educação trouxeram o atraso cultural, moral e intelectual de toda uma nação. Nossos valores foram sendo destruídos, pouco a pouco. O que nos resta agora é a triste escolha entre o ruim e o menos ruim, o que rouba e o que roubará menos. Meu negativismo talvez pareça exagerado e formador de um texto sem saída, mas as verdades, mesmo que minhas, são sempre duras para quem não quer ouvi-las.

Que renovação, que nada. Ver gente condenada podendo se candidatar e ser eleito? A política brasileira virou uma esculhambação! Humilhante e perturbador é ver tantos ladrões se perpetuando no comando de nossos destinos sabendo que, pelo nosso voto, irão ganhar pelo menos mais quatro anos de lambuja.

*Dimas de Castro e Silva Neto

dimas_de_castro@hotmail.com

Professor Adjunto da Universidade Federal do Cariri; doutorando na Universidade de Aveiro.

Centro das Rendeiras da Prainha será entregue nesta quinta-feira

O governador Camilo Santana e a primeira-dama estadual Onélia Santana inauguram, às 18 horas desta quinta-feira (21), o Centro de Rendeiras Luíza Távora, na Prainha, em Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza). Segundo a assessoria de imprensa do Palácio da Abolição, o equipamento foi resultado de um investimento da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) na ordem de R$ 1.680.000,00. O equipamento possui 38 boxes.

Na inauguração, será realizado um desfile com roupas produzidas pelas rendeiras do Centro. Elas trabalham tradicionalmente com a renda de bilro, mas os cearenses e turistas também vão encontrar produtos com renda filé, bordado à mão, bordado ponto cruz e labirinto.”O Centro de Rendeiras da Prainha estará em pleno funcionamento na inauguração. Convido cearenses e turistas para que participem desse momento tão importante para os nossos artesãos e aproveitem a oportunidade para adquirir o legítimo artesanato cearense”, afirma a primeira-dama Onélia.

O processo de implementação do Centro de Rendeiras recebeu assessoria do Governo do Ceará, por meio da Central de Artesanato do Ceará (Ceart) tanto para revisão de regimento e regulamento como para melhoria da qualidade da produção artesanal com foco no Selo Ceart (Certificação da Autenticidade dos Produtos Artesanais e de Reconhecimento das Obras de Arte Popular Cearenses). O projeto do Centro de Rendeiras da Prainha é dos arquitetos Antenor Coelho e Rafaele Cavalcante. Em parceria com a Prefeitura de Aquiraz, o Centro das Rendeiras também vai dispor de balcão de informações turísticas.

(Foto – Divulgação)

Sindiônibus entrega, em clima natalino, 200 kg de alimentos para Orfanato Cristo Rei

Mais de 200 quilos de alimentos foram arrecadados na campanha “Faça a Diferença com Solidariedade” e entregues ao Orfanato Cristo Rei, na noite da última segunda-feira.

A iniciativa do Sindiônibus e do Criarht (grupo de profissionais de RH das empresas de ônibus) contou com o apoio do ônibus iluminado da Empresa Vitória.

Na ocasião, as crianças do abrigo aproveitaram para dar um passeio no ônibus todo decorado e dirigido por um motorista bem especial: o Papai Noel.

(Foto – Divulgação)

Que venha 2018! Sem saudades de 2017

Com o título “2018 – Desafio de dias melhores”, eis artigo do empresário Roberto Macêdo, ex-presidente da Fiec e conselheiro da CNI. A torcida é para que no ano novo nada fique do status quo deste 2017. Confira:

Chegamos ao final de um ano difícil, sob muitos aspectos: social, político, econômico e jurídico. Temos obrigação de não admitirmos que no ano novo de 2018 seja mantido o status quo, como consequência da letargia pela qual a sociedade está possuída.

São vários problemas por que passamos e que ainda se encontram sem solução, decorrentes dos interesses individualistas da maioria que faz o legislativo nacional, em detrimento do que é essencial para a gestão do País e as necessidades da sociedade.

Um país já quebrado teve que passar por situações constrangedoras, demonstradas nas votações havidas e não havidas. As que ocorreram foram sob condição da compra descarada de votos de deputados/senadores pelo Executivo, por moedas diversas e valores escandalosos.

Nosso Judiciário também demonstrou surpreendentemente sua vulnerabilidade ao se omitir sobre a Lei da Impunidade, devolvendo para o Congresso a alçada da decisão, ou seja, deixando na mão da raposa os destinos do galinheiro.

Diante dessas considerações, espero no próximo ano – que também se apresenta como difícil – podermos estar imbuídos de um espírito de insatisfação ativa com tudo o que vem acontecendo de ruim no nosso País. Quero deixar claro que essa insatisfação não significa extremismos e intolerância.

Vamos externar nosso descontentamento por meio de manifestações públicas, já desde o início do ano que chega, colocando-nos claramente em favor do que é melhor para o conjunto da sociedade brasileira. Assim, defendo que a Reforma da Previdência seja aprovada, que a Lei da Impunidade seja revista e aplicada com todo rigor, que o sistema de ensino e de saúde sejam priorizados no seu pleno funcionamento, e que os fichas sujas sejam banidos pelo voto nas próximas eleições.

A gravidade da situação exige que cada um de nós fique atento para não ser sugestionado pelos discursos populistas, muito comuns em períodos eleitorais, e pelas fake news, essa avalanche de notícias falsas que nos chegam a todo instante pelos mais variados canais de comunicação, sempre instigando ódios e abusando da boa-fé das pessoas.

Não será fácil identificarmos os candidatos que merecerão o nosso voto. No entanto, devemos estar em alerta e procurar o máximo de informações sobre pessoas do nosso conhecimento para termos certeza de quem é realmente ficha limpa a fim de assegurar a necessária renovação das casas legislativas: Assembleias Estaduais, Câmara Federal e Senado.

Depende de nós esse esforço para vivermos um 2018 mais confiante em dias melhores. Aproveito o espírito natalino para lembrar “que o aniversariante não passou por chaminé para te dar presentes… passou pela cruz para te dar salvação”.

*Roberto Macêdo

roberto@pmacedo.com.br

Empresário.

Camilo e Eunício em clima de selfie com o eleitorado de Canindé

Camilo puxou os cliques.

O governador Camilo Santana (PT) e o presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (PMDB), foram recebidos com festa, nesta manhã de quarta-feira. Foi durante ato de entrega de 495 moradias do Minha Casa, Minha Vida, do governo federal.

As unidades integram o Residencial Frei Lucas, que beneficiará cerca de duas mil pessoas. O investimento foi de R$ 30,9 milhões.

Eunício e Camilo dividiram o palaque e, mais uma vez, renovaram o discurso de que estão juntinhos pelo bem do Estado do Ceará. Se tal união se transformará em parceria eleitoral…

(Foto – Leitor do Blog em Canindé)

Efeito Fies – Faculdades e a onda das demissões

Da Coluna O POVO Economia, da jornalista Neila Fontenele, no O POVO desta quarta-feira:

Começa a surgir uma onda nacional de demissões em faculdades privadas. A Estácio entrou em confronto com a Justiça do Trabalho que, em um primeiro momento, suspendeu a demissão de 1.200 professores. A Umesp, de São Paulo, fechou cursos e demitiu também cerca de 50 professores.

Em Fortaleza, não há precisão sobre o número de demissões, mas há manifestações de alunos de algumas faculdades em protesto contra o afastamento de professores. As explicações para esse movimento são variadas..

A análise feita é de que se trata do efeito de vários fatores, dentre os quais a reforma trabalhista seria um deles. Na avaliação de fontes que preferem não se identificar, há uma adequação da oferta à demanda.

Alguns gestores também acreditam que a instabilidade do Fies teria reduzido o número de matrículas, gerando esse movimento no mercado.