Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Vereadora quer retirada do nome de Che Guevara do Cuca da Barra do Ceará

7653 24

Com o título “Che Guevara, executor sanguinário”, eis artigo que a vereadora Priscila Costa (PRTB) mancda para o Blog. Ela pede a retiradas do nome do líder argentino do Cuca da Barra do Ceará. O nome foi dado na gestão da ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT) e diz os porquês. Confira: 

Ernesto Che Guevara, uma cidadão argentino, é totalmente alheio à realidade do Nordeste do Brasil, onde se inclui a cidade de Fortaleza. Mente brilhante e acima da média, Che dedicou sua vida adulta a defender e lutar por utopias revolucionárias em nome da ditadura do proletariado. Deve-se sua mente brilhante às crises de asma recorrentes na infância quando, por conta da saúde débil, se dedicava aos jogos de xadrez e ao estudo da filosofia sob o estímulo de mãe, Célia.

Elba Rossi Oviedo Zelaya, a professora de Che no ensino básico, chegou a descrevê-lo como “malicioso, garoto brilhante, discreto na sala de aula mas um exibicionista egocêntrico e irreconhecível na hora do recreio”.

Nos primeiros anos de 1950, Che incorporou a profunda hostilidade disseminada no continente contra o modelo social e político dos Estados Unidos. Para ele, dois demônios ameaçaram a América Latina, as oligarquias locais e o imperialismo dos Estados Unidos. Em 1952, determinado a conhecer intimamente a América Latina, incia uma jornada pelo continente, retratada no filme “Diários de Motocicleta”: aos 23 anos, saiu de Córdoba, na Argentina para Caracas na Venezuela.“Eu me vejo, imolado em uma genuína revolução, a grande equalizadora do indivíduo”, escreveu ele, preconizando a saída armada para o continente. Em junho de 1953, de volta da sua jornada sobre a motocicleta, concluiu o curso de Medicina, em Buenos Aires, profissão que jamais exerceu, permanecendo desempregado e tendo suas viagens financiadas pela família.

Sua maior aventura foi mesmo a descida da Sierra Maestra na ação liderada por Fidel Castro que expurgou de Cuba o governo reacionário de Fulgêncio Batista. Vitoriosa a revolução, o passo seguinte seria as eleições gerais, como prometido por Fidel. O que se viu foi uma instauração de uma ditadura, com centenas de execuções a sangue frio, fuzilamentos em nome de um Estado igualitário. O próprio Che escreveu depois: “eu descobri ali que gostava de matar” referindo-se ao fato de ter executado Eutimio Guerra, um agricultor que guiou os rebeldes e depois foi acusado de traição.

Guevara passou, a partir daquele dia, a ser o chefe das execuções do novo regime. Um sanguinário que se comprazia em matar e em mandar matar. Executou soldados capturados e mandou matar todos que apoiaram o governo de Fulgêncio Batista. Um assassino dedicado, primoroso no modelo stalinista de extermínio.

Este é Che Guevara, o guerrilheiro sanguinário. Um nome que é um péssimo exemplo para a juventude. Associá-lo a qualquer ação humanista e de formação de novas gerações é, sem dúvida, um ato de insanidade e de ignorância histórica.

A memória de Che só pode ser lembrada como um exemplo a ser evitado, na galeria dos vilões da história.

*Priscila Costa,

Vereadora do PRTB de Fortaleza.

(Foto – CMFor)

Prefeito baixa edital nesta semana ampliando a Zona Azul

258 1

Da Coluna do Eliomar de Lima, do O POVO desta segunda-feira:

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) vai lançar, nesta semana, edital estipulando um novo sistema de Zona Azul. Atualmente, são cerca de 3 mil vagas, mas, de acordo com o chefe do executivo municipal, esse número será elevado para 9 mil ao longo dos próximos 12 meses.

“O que podemos adiantar é que haverá tempos diferentes por cartão Zona Azul, dependendo ainda da área da cidade”, informa o prefeito, observando que, pela nova sistemática, quanto maior o engarrafamento e dificuldade de estacionar, menor será o tempo disponível de uso do cartão. Áreas de trânsito menos complicado terão cartão oferecendo maior tempo de permanência. Ele diz que a ordem é “promover rotatividade” em pontos com pior trânsito.

Roberto Cláudio diz que essa nova sistemática nasceu de estudos prévio realizados pelo Paitt. O Centro terá prioridade e haverá ainda centrais de monitoramento da Polícia Militar e da Guarda Municipal. A comercialização seguirá o modelo de São Paulo: digital e antecipada, abrindo para aplicativos e sistemas de venda online para facilitar a vida do cidadão. A expectativa é de que isso resolve o velho problema de cartão do gênero aparecer nas mãos de flanelinhas.

Petista vai ao Planalto questionar intervenção federal no Rio

O presidente Michel Temer vai reunir, às 10 horas desta segunda-feira, em Brasília, o Conselho da República para tratar do decreto presidencial que autorizou a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. No encontro, haverá a participação do líder petista na Câmara, José Nobre Guimarães, que embarcou, na madrugada desta segunda, para esse encontro e outras atividades legislativas.

No Aeroporto Internacional Pinto Martins, Guimarães avaliou o caso da votação da intervenção federal no Rio e disse que vai cobrar o porquê da medida. Ele considera esse ato uma “decisão unilateral” do presidente Temer e defende um pacto envolvendo os governadores e União.

Para José Guimarães, o que se viu no Rio foi um “estado de exceção”

Criado por lei em 1990 para deliberar sobre intervenção federal, estado de defesa, estado de sítio e questões relevantes para a estabilidade das instituições democráticas, o Conselho da República é dirigido pelo presidente da República e composto pelos presidentes da Câmara e do Senado, os líderes da maioria e da minoria no Senado, o ministro da Justiça e seis cidadãos brasileiros maiores de 35 anos de idade.

Presidente do Ceará anuncia que fará mais contratações

2720 2

O presidente do Ceará Sporting, Robinson de Castro, anunciou, nesta segunda-feira, que a diretoria pretende fazer mais contratações de olho no Campeonato Brasileiro da Série A. Ele pediu, no entanto, paciência à torcida alvinegra, lembrando que os atletas contratados ainda precisam de tempo para melhor adaptação.

Robinson não quis adiantar que posições poderiam ser alvo de contratações e lembrou também que ainda há atletas que não estrearam no time como é o caso de Reina.

O dirigente alvinegro embarcou para o eixo Brasília-Paraná. Na agenda dele, posse da nova cúpula do Conselho Federal de Contabilidade e o jogo do Ceará contra o Londrina, válido pela Copa do Brasil.

 

Ministro descarta intervenção federal na segurança do Ceará

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim, descarta intervenção federal de qualquer natureza no Ceará. Segundo o ministro, a situação na segurança pública no estado não pode ser comparada à do Rio de Janeiro. Jardim deu a declaração após acompanhar, nessa noite de domingo, na Base Aérea de Brasília, o embarque da força-tarefade policiais federais e da Força Nacional que já se encontra em Fortaleza. Os agentes vão dar apoio às forças militares estaduais no combate ao crime organizado, com aval do governador, Camilo Santana.

O envio de reforço ao estado ocorre após o assassinato do traficante Rogério Jeremias de Simone, vulgo Gegê do Mangue, encontrado morto em uma área indígena localizada em Aquiraz, na região metropolitana de Fortaleza. O traficante, que estava foragido, é acusado de chefiar uma organização criminosa criada em São Paulo.

“A situação do Ceará não sugere intervenção de qualquer natureza no futuro distante. É bem diferente a situação do Rio de Janeiro. Lá havia uma quebra da hierarquia do funcionamento das instituições, da autoridade instalada. Isso está longe de ocorrer no Ceará”,  disse o ministro.

(Com Agência Brasil)

Força-tarefa pedida por Camilo já está em Fortaleza

Já está em Fortaleza força-tarefa de segurança designadas pelo presidente Michel Temer (MDB), atendendo a um pedido do governador Camilo Santana (PT). O grupo chega para dar apoio técnico às forças de segurança estaduais nas ações de combate ao crime organizado.

O destacamento enviado pelo Ministério da Justiça para o Ceará é composto por 36 homens, sendo 26 da Polícia Federal e 10 da Força Nacional de Segurança Pública, chefiados pelo almirante Alexandre Mota, secretário-adjunto da Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Nesta segunda-feira, haverá, na sede da SSPDS, reunião da cúpula da segurança no Estado com a força-tarefa para tratar das estratégias de ação.

A força-tarefa chega após repercussão da maior chacina registrada no Ceará, em 27 de janeiro, no bairro Cajazeiras, quando foram assassinadas 14 pessoas em conflito de facções. O governador Camilo Santana (PT) pediu audiência na época e foi recebido pelo presidente Michel Temer no dia 30 de janeiro, em reunião onde foi definida uma primeira ação federal contra a crise na segurança no Ceará.

Na ocasião, estiveram presentes também o senador Eunício Oliveira (MDB), presidente do Senado, o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PDT), e o presidente do Tribunal de Justiça, Gladyson Pontes.

Sindicalistas madrugam no aeroporto para pressionar contra a reforma da Previdência

Nesta madrugada de segunda-feira, um grupo de sindicalistas ligado ao Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos de Fortaleza (Sindifort), fez ato contra a proposta de reforma da Previdência do governo Temer. O objetivo era fazer corpo a corpo junto aos parlamentares federais contra a matéria, segundo informou a presidente do Sindifort, Narcélia Silva.

A ação, de caráter nacional, segundo Narcélia, vai continuar até que o governo federal desista da proposta de reforma da Previdência “que vai trazer muito prejuízo para a classe trabalhadora”.

Narcélia garante que a ordem é paralisar o Brasil numa greve geral marcada para o próximo dia 28, quando o governo federal espera colocar par votação essa proposta.

Protesto no ISSS

Dentro dessa luta, haverá, a partir das 8 horas desta segunda-feira, na Praça da Faculdade de Direito da UFC (Centro), uma concentração dos movimentos sindicais e sociais. De lá, o grupo sairá em passeata rumo ao Centro para um protesto em frente a sede do INSS no Estado;

Fortaleza terá ato público contra a reforma da Previdência nesta segunda-feira

Com a palavra de ordem “Se botar pra votar, o Brasil vai parar!”, a Frente Brasil Popular, CUT, CTB, CSP Conlutas, CSB, Nova Central, Força Sindical, UGT, Intersindical, sindicatos e movimentos populares mobilizam a população para ir às ruas, nesta segunda-feira (19), no Dia Nacional de Lutas e Paralisações contra a Reforma da Previdência. A votação na Câmara dos Deputados está prevista para entrar em pauta esta semana. Em Fortaleza, um ato público está marcado para concentrar às 9 horas, na Praça Clóvis Beviláqua (Praça da Bandeira), no Centro.

Nas demais regiões do Estado, estão previstos atos no Cariri (CE-292, entre Juazeiro do Norte e Crato), Vale do Jaguaribe (Triângulo de Peixe Gordo, em Tabuleiro do Norte), Sobral (Praça de Cuba), Crateús (Praça Matriz), Itapipoca (em frente ao prédio do INSS) e Iguatu (Praça da Caixa Econômica).

Temer determina envio de força-tarefa ao Ceará para combater crime organizado

O presidente Michel Temer determinou neste domingo (18) o envio de uma força-tarefa formada por agentes da Polícia Federal (PF) e da Força Nacional para combater o crime organizado no Ceará. Uma dos motivos para o complemento nas ações de segurança que já estavam sendo realizadas no estado é a suspeita do assassinato do traficante Rogério Jeremias de Simone, vulgo Gegê do Mangue, um dos líderes de uma facção criminosa de São Paulo e que estava foragido. A morte ainda não foi confirmada oficialmente.

De acordo com a Secretaria de Segurança do Ceará, as polícias Militar e Civil estão trabalhando para identificar os corpos de dois homens encontrados na última sexta-feira (16) em uma área indígena localizada em Aquiraz, cidade da região metropolitana de Fortaleza. A autoria dos homicídios também é investigada.

O grupo de policiais que integra a força-tarefa é formado por 26 homens da Polícia Federal e dez da Força Nacional e embarcará, às 22h, na Base Aérea de Brasília, para Fortaleza. O ministro da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim, também viajará para a operação. A força-tarefa vai atuar em conjunto com a Polícia Militar do estado.

(Agência Brasil)

150 novos profissionais – STDS encerra certificações do Criando Oportunidades e Primeiro Passo

O secretário estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social do Ceará, Josbertini Clementino, encerrou neste domingo (18), no município de São João do Jaguaribe, no Sertão Central, a série de certificações dos formandos dos projetos Criando Oportunidades e Primeiro Passo. No total, foram mais de 150 novos profissionais lançados no mercado de trabalho.

“Temos investido na qualificação de novos profissionais no Interior como forma de desenvolver a economia nessas cidades e de manter as pessoas trabalhando e morando em sua própria região. Já em abril novas turmas começam as aulas, em cursos inéditos, ampliando assim o alcance desses profissionais. Essa tem sido nossa preocupação Governo” afirmou o secretário Josbertini.

(Foto: Divulgação)

Presidente do BNDES participa de fórum na Fiec

O economista Paulo Rabello de Castro, atual presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, é o convidado da próxima edição do Fórum Industrial Ideias em Debate, na quinta-feira (22), a partir das 18h30, no auditório Waldyr Diogo – térreo na Casa da Indústria da Fiec. O evento é gratuito e as inscrições devem ser feitas pelo site do Sistema Fiec.

O Fórum Ideias em Debate já promoveu uma série de palestras com personalidades de diversas áreas para trazer informações atualizadas visando o fortalecimento do setor produtivo.

Já participaram de edições anteriores do fórum, nomes como Ciro Gomes, Leandro Karnal, Maílson da Nóbrega, Marco Antonio Villa, Augusto Cury, Miriam Leitão, Mário Sérgio Cortella, Mauro Benevides Filho, Clóvis de Barros Filho, Ricardo Boechat, Bráulio Bessa, Dráuzio Varela, Ricardo Amorim, Carlos Alberto Sardenberg, Deltan Dallagnol, Cristiana Lôbo, Eduardo Giannetti da Fonseca, Zeina Latif, entre outros.

(Fiec / Foto: Arquivo)

O que Camilo tem a ver com Lúcio?

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (18):

O que parecia ser uma tranquila caminhada de Camilo Santana (PT) rumo à reeleição se transformou em uma trilha espinhosa e com abismos à espreita. Uma chacina seguida da outra e a incomparável onda de assassinatos fizeram o governador sair da rota planejada e entrar numa zona de turbulência que não dá sinais de que terminará tão cedo.

Observadora atenta dos acontecimentos, a oposição esfrega as mãos e passa a comparar Camilo com Lúcio Alcântara, o austero governador cuja gestão era muito bem avaliada, mas, mesmo assim, sofreu uma dura derrota ainda no primeiro turno quando tentava a reeleição, em 2006.

O opositor que na época destroçou Lúcio foi Cid Gomes, cujo grupo político apoiou a gestão lucista e até manteve secretários no Governo. Cid tinha cheiro de novo. Lúcio emanava odores do passado. Era político oriundo da ditadura e, por muito pouco, já não havia perdido a eleição de 2002 para um inacreditável José Aírton Cirilo (PT), que surfou na onda Lula. Vale lembrar aqueles tempos. Lúcio era do PSDB. O Governo era do PSDB. Tasso era do PSDB, mas também era aliado dos Ferreira Gomes.

Num dos piores momentos de sua trajetória, Tasso retirou o apoio ao Governo de seu correligionário Lúcio acusando-o de acobertar atos suspeitos que seriam praticados por um filho do governador. A acusação em tom de denúncia criou as condições para romper com o governador de seu próprio partido e apoiar a candidatura de Cid Gomes em 2006. A julgar pelos acontecimentos que o processo político desenhou quatro anos depois (2010), Tasso deve se arrepender amargamente.

O apoio de Tasso foi importante, mas, entre outros motivos de cunho político, Cid ganhou a eleição contra o bem avaliado Lúcio porque soube comunicar a agenda certa. A saber: um projeto de segurança pública (Ronda do Quarteirão), um projeto para construir hospitais regionais e um bom projeto de educação, que já tinha em casa a partir da gestão como prefeito de Sobral.

É para esse ponto que a oposição arregala os olhos. A insegurança hoje é um problema muito mais grave do que era há 12 anos. Trocando em miúdos, um opositor com boa trajetória, capacidade de comunicação e que apresente aos eleitores um bom projeto de segurança pode conquistar muitos apoios do eleitorado que sofre com a violência. Por enquanto, ninguém se habilitou para a empreitada.

Corpos encontrados em Aquiraz são de Gegê do Mangue, número 1 do PCC, e cúmplice

As principais vozes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando Capital) fora dos presídios, de acordo com a Polícia Civil de São Paulo, Rogério Jeremias de Simone, conhecido como Gegê do Mangue, e Fabiano Alves de Souza, chamado de Paca, foram mortos a tiros em suposta emboscada em Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza. As informações foram confirmadas à imprensa pelo promotor Marcio Sérgio Christino. De acordo com ele, os dois eram foragidos da Justiça de São Paulo e líderes da facção criminosa.

Segundo o Ministério Público, Gegê do Mangue era, atualmente, o número um na escala da chefia do PCC, e Paca era outro líder da facção. Moradores relatam que um helicóptero teria efetuado voos em baixa altitude e os ocupantes efetuaram os disparos. O fato ocorreu na última quinta-feira, 15.

Os corpos foram encontrados perto da Lagoa da Encantada, por um jovem que colhia frutas. O local é de mata fechada, sem acesso via estrada. O homem chamou a Polícia, que iniciou o trabalho de perícia.

A Polícia e o Ministério Público trabalham com a hipótese de que eles foram vítimas de uma emboscada de organização criminosa rival. A suspeita é que os dois estavam atuando pelo PCC no Paraguai e na Bolívia, coordenando importação e exportação de armas e drogas para o Brasil.

(O POVO Online)

Incêndios nos Correios – Cliente da Oi em Fortaleza pode pagar conta até 5 de março

Os clientes da Oi em Fortaleza com fatura vencendo no próximo dia 22 terão, até o dia 5 de março, para pagar a conta, sem juros. A prorrogação no vencimento foi anunciada na sexta-feira, 16, pela operadora de telefonia em função do incêndio que atingiu o centro de triagem dos Correios, na avenida Oliveira Paiva, no último dia 13.

“Para não gerar impacto para nossos clientes, todos os envolvidos no sinistro terão uma nova fatura emitida, com vencimento prorrogado pró ativamente pela companhia, não havendo necessidade de contato com a operadora”, informou, em nota, a companhia.

Os clientes também receberão SMS informando a nova data de vencimento da Conta Oi. A empresa acrescenta que há também outras ferramentas disponíveis para a aquisição da segunda via e efetuar seus pagamentos.

Onde pagar

Além das lojas próprias e franquias com atendimento presencial, a Oi disponibiliza o aplicativo Minha Oi em que é possível ter acesso ao código de barras para pagamento da conta, (http://www.oi.com.br/minha-oi/codigodebarras/#/segunda-via/consulta), em que pode ver o extrato com informações da fatura, detalhe das chamadas, valores e vencimento, e optar pela conta on-line e débito automático. “Agora o cliente não precisa mais de login e senha para obter os dados necessários para o pagamento, quais sejam: código de barras, valor a pagar e data de vencimento. Ele tem isso na área pré-logada do site (desktop) e via aplicativo”, informou.

(O POVO Online- Irna Cavalcante)

Nordeste apresentou em janeiro inflação de 0,24%

A Região Nordeste apresentou, em janeiro último, uma inflação de 0,24%, abaixo da registrada nacionalmente (0,29%). Para o mês de janeiro, a média brasileira foi a menor desde que o Plano Real foi criado, em 1994. As informações são do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), área de pesquisas do Banco do Nordeste, com base nos dados disponibilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas, IBGE.

No acumulado dos últimos 12 meses, o índice regional apresentou a 10ª queda consecutiva, chegando aos 2,24% e superando o recorde observado no registro dos 12 meses imediatamente anteriores.

No índice regional mensal, a maior deflação veio do grupo habitação (-1,27%), seguido por vestuário (-0,65%). Os maiores aumentos são dos grupos: transportes (+0,90%) e alimentação e bebidas (+0,86%), que detém o maior peso na cesta de produtos calculada pelo Etene.

Dirigente do PT disputará vaga na Assembleia Legislativa e critica “proposta eleitoreira”

O presidente do PT de Fortaleza, vereador Acrísio Sena, reuniu seu grupo político nesse sábado (17), na sede do Sindicato dos Comerciários de Fortaleza. Do encontro, saiu uma decisão: ele disputará cadeira de deputado estadual.

Num discurso conferido por várias lideranças representativas de bairros da Capital e de pontos da RMF, Acrísio anunciou sua candidatura “junto com Lula presidente e com o governador Camilo Santana”.

Ele promete, se eleito, trabalhar para levar leis consolidadas em Fortaleza – como o Estatuto da Pessoa com Deficiência – para todo o Ceará.

Acrísio também lançou manifesto contra o que chamou de “proposta populista e eleitoreira”, diante da sugestão de intervenção militar no Ceará. Confira:

“Sem nada de concreto a apresentar, o Dep. Capitão Wagner propõe também a intervenção militar no Ceará como fórmula mágica para resolver os problemas de segurança do estado. Ao traçar um paralelo com Rio de Janeiro afirma que no Ceará precisamos também “aumentar o policiamento ostensivo.” Essa medida, porém, já vem sendo implementada desde o inicio do governo de Camilo Santana.

Esquece o nobre deputado e policial de ser justo no paralelo que faz com a realidade politica e social entre os dois estados. O Rio de janeiro vive uma situação de corrupção generalizada na máquina estatal, sofre com as finanças arruinadas e uma economia profundamente arrasada, a população vive o dilema dos serviços públicos falidos, inclusive com servidores com seus salários com meses de atraso, inexiste o aparelho de segurança estatal. Finalmente, o Rio de Janeiro sobrevive sem comandos políticos na esfera do estado e município, inclusive com seus ex-governadores presos.

A comparação entre quaisquer realidades díspares necessita respeitar as particularidades de cada lugar. Comparar o Ceará ao Rio janeiro como pretexto de pedir intervenção militar trata-se de uma proposta populista e eleitoreira.

Acrisio Sena
Vereador de Fortaleza”

(Foto – Divulgação)

Funceme registra chuva em 77 cidades

Choveu, até as 9 horas deste domingo no Ceará, de acordo com boletim da Funceme, em 77 cidades. A maior chuva foi registrada em Camocim (Litoral Oeste).

O órgão prevê nebulosidade variável, com chuva em todas as regiões ao longo do dia. Confira as 10 maiores precipitações:

10 maiores chuvas por Municípios no dia:
(126 postos com chuva de 127 informados)

Camocim (Posto: Camocim) : 88.0 mm

Caririaçu (Posto: Caririacu) : 80.0 mm

Porteiras (Posto: Porteiras) : 74.0 mm

Umari (Posto: Cajazerinha) : 56.0 mm

Umari (Posto: Sitio Canto) : 55.2 mm

Umari (Posto: Umari) : 55.0 mm

Icapuí (Posto: Icapui) : 53.0 mm

Jati (Posto: Sitio Macapa) : 53.0 mm

Lavras Da Mangabeira (Posto: Lavras Da Mangabeira) : 52.4 mm

Milagres (Posto: Milagres) : 51.8 mm

Plano de segurança – Eunício quer atenção especial para o Ceará

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB-CE), defendeu, durante a reunião do Governo Federal, da pauta da segurança nos estados, a integração da segurança pública nos mesmos moldes do Sistema Único de Saúde (SUS) e do Sistema Educacional, como o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação).

A sugestão do parlamentar cearense foi acolhida na reunião, que solicitou ainda um olhar especial para o Ceará. Em janeiro último, Eunício esteve à frente da reunião do governador Camilo Santana, em Brasília, para que o governo atenda demandas imediatas do Ceará, como reforço da Polícia Federal e da Força Nacional, além da construção de redes de inteligência e de novas penitenciárias com apoio federal.

O senador cearense trabalha ainda pela instalação de uma comissão especial do Congresso Nacional para discutir e elaborar medidas com a colaboração de especialistas, além da definição de uma pauta, no Senado, com nove itens para melhorar a segurança. Um deles, de autoria do próprio Eunício, foi aprovado na semana passada e define recursos para instalação e manutenção dos bloqueadores de celular nos presídios.

(Foto: Arquivo)

O problema da segurança pública e os reflexos nos estados é tema de debate na terça-feira

“O problema da segurança pública no Brasil e seus reflexos nos estados” é o tema da palestra do Prof. Dr. Leandro Piquet Carneiro, da USP, coordenador do projeto Vida Segura, na terça-feira (20), no auditório do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), no Cambeba.

A palestra faz parte do Fórum Ceará em Debate, coordenado pelo Ipece e pela Secretaria do Planejamento e Gestão (Sepleg).