Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Caucaia obtém US$ 80 milhões de empréstimo para obras de infraestrutura

96 1

A Prefeitura de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza) conseguiu um financiamento externo e já aprovado pela Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex) do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. São US$ 80 milhões, um empréstimo obtido junto ao Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF). É o maior aprovado para o Ceará ma última pauta da Cofiex, ocorrida no fim de novembro. Na cotação de hoje, com o dólar a R$ 3,45, o montante de Caucaia equivale a R$ 276 milhões.

Segundo o prefeito Naumi Amorim (PMB), os recursos serão aplicados integralmente no Programa de Infraestrutura Integrada, que prevê, dentre outras ações: requalificação do Centro da Sede, de praças e das principais avenidas do município, construção de viadutos e pontes, criação de ciclovias, ações de acessibilidade, recuperação de áreas urbanas, projetos de arborização e serviços de drenagem, saneamento e pavimentação.

“Caucaia ainda é precária em infraestrutura básica. É uma cidade que cresceu muito nos últimos anos e os investimentos não acompanharam esse inchaço. Com o empréstimo e as obras feitas, nós vamos recuperar a cidade de anos de atraso. Esse financiamento é uma vitória”, comemora o prefeito Naumi Amorim.

Uma visita de uma missão da CAF será feita em janeiro ao município, informa a secretária municipal de Governo e Articulação Política, Erika Amorim. Os técnicos do banco farão visitas aos locais onde as obras serão executadas e participarão de reuniões com representantes da gestão municipal. As obras terão inicio em 2018.

 

Setor de carnes do Ceará fecha o ano com redução de consumo

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Carnes do Estado, Francisco Everton, dizia ontem, em clima de festa de confraternização, no Ilmar Buffet: “O setor fecha com 5% de redução de consumo neste ano”.

Mas agora neste fim de ano, com Natal e festa de Ano Novo, a expectativa, diz Everton, é recuperar um pouco esse pasto financeiro.

Banco do Brasil promete reabrir agência de Tejuçuoca

224 1

Uma boa nova para a população de Tejuçuoca e cidades vizinhas. A agência do Banco do Brasil, desativada desde fevereiro após ter sido alvo de explosão criminosa, será reaberta em breve. A informação é do deputado federal Danilo Forte, que esteve em audiência, em Brasília, com o vice-presidente de Governo do BB, Eduardo Pereira, com o secretário-executivo Fernando Conde e com o superintendente estadual, Neirim Duarte.

Danilo adianta que trabalha agora pela recuperação das agências bancarias de Hidrolândia, Umirim, Milhã e Tejuçuoca, fechadas depois dos atraques de bandidos. Sem essas unidades, a população enfrenta diversos perigos ao precisar se deslocar para outros municípios em busca de movimentar suas contas”, segundo o parlamentar.

caberá agora à Prefeitura de Tejuçuoca preparar um plano de segurança e apresentá-lo ao Banco do Brasil. Em seguida a recuperação estrutural da unidade deve ser iniciada. Já Umirim, Hidrolândia e Milhã estão com processo de pedido de reabertura de agência do banco em andamento.

Troféu Empreender destacará as micro e pequenas empresas de 2017

Será nesta terça-feira, às 19 horas, na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza, a entrega do Troféu Empreender 2017. A promoção, do Grupo de Comunicação O POVO (GCOP) e da Fundação Demócrito Rocha (FDR), será realizada en sua quinta edição. Vão ser agraciados seis micros e pequenos empresários que se destacaram durante o ano, divididos em três categorias: empreendedor individual; microempresa; e empresa de pequeno porte.

O Troféu ainda conta com o Prêmio Mérito Empreendedor, que reconhece uma personalidade que tenha atuado a favor do desenvolvimento e incentivo de micros e pequenos negócios no Estado. A vencedora desta edição é a presidente da Federação das Micro e Pequenas Empresas do Ceará (Femicro-CE), Antônia Dalvani Marques Arruda.

Escolha

A escolha das empresas é feita por meio da indicação de representantes de instituições convidadas para participar do Troféu Empreender. O júri foi formado por Femicro-CE, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Banco do Nordeste (BNB) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac-CE).

Dentre os critérios avaliados para a escolha dos premiados, estão: dificuldades do projeto (15 pontos); coragem/riscos do empreendedor (10 pontos); treinamento e capacitação (15 pontos); inovação e criatividade (25 pontos); criatividade na comercialização e comunicação dos produtos/serviços que vende (10 pontos); originalidade (15 pontos); sustentabilidade e métodos de produção, higiene, etc (25 pontos).

Premiados

Neste ano, são premiadas na categoria Empreendedores Individuais, Elexandra Barros Galvão Rodrigues (Elexandra Sabonetes Artesanais) e Amanda Maria Gonçalves Rocha (Cisco.).

Destacam-se como Micro empresas a Original Gráfica Digital e a Agenda Edu. Já na categoria Pequenas Empresas, o Troféu Empreender 2017 vai para Panificadora O Matuto, de Roberlando Moura e Silva; e Arte & Fibras, de Maria Antônia Sousa da Silva.

Até suplente do senador Eunício Oliveira é contra a reaproximação dele com Camilo Santana

Com o título “O PT acertou”, eis artigo de Waldemir Catanho, jornalista e assessor da deputada federal Luizianne Lins. Ele bate duro na possível aliança Camilo-Eunício e lembra que união do gênero seria grande contradição. Confira:

Nas últimas semanas, a imprensa tem falado com insistência da possibilidade de aliança do PT Ceará com o PMDB e o consequente apoio à reeleição do senador Eunício Oliveira. Em troca haveria o apoio de Eunício à reeleição do nosso governador Camilo Santana (PT). O próprio senador Eunício chegou a dar declarações abrindo essa possibilidade e se dizendo, inclusive, possível eleitor do Lula.

Essa discussão colocada apenas nesses termos é espantosa pelo seu grau de despolitização. Transparece uma discussão rasa, que ignora solene e irresponsavelmente os impasses que o golpe parlamentar-jurídico-midiático jogou nosso país à partir da destituição da presidenta Dilma Roussef. Uma tentativa de se fazer acordos políticos de “toma lá, dá cá” que passam ao largo da discussão sobre o futuro da país.

Desde o golpe, as elites capitalistas brasileira e internacional têm aprovado medidas que desmancham as conquistas construídas ao longo dos governos Lula e Dilma e desenham um verdadeiro apartheid social, com um país ainda mais injusto e mais desigual. São medidas tomadas em seu exclusivo benefício, que aumentam suas margens de lucro, como são exemplos a reforma trabalhista, a entrega das reservas do pré-sal, a permissão para venda de terras brasileiras para estrangeiros, o ataque aos direitos indígenas e quilombolas. O congelamento de todos os investimentos públicos e gastos sociais pelos próximos 20 anos, vai afetar praticamente todas as esferas de vida de 90% da população, congelando gastos com saúde, segurança pública, educação, cultura, saneamento, moradia popular, infraestrutura, crédito, assistência social, agricultura familiar, ciência e tecnologia, etc. Em contrapartida ficou mantida a liberalidade dos gastos com o pagamento de juros e amortização da dívida pública. Um presente para banqueiros, financistas e operadores do mercado financeiro que ganharam, a ser mantida essa regra, a garantia de seus lucros com o mercado financeiro pelas próximas duas décadas.

E Eunício com isso? O senador Eunício, seja como líder da bancada do PMDB, seja como presidente do Senado, teve papel decisivo na aprovação de todas essas medidas. Esse fato por si só gera uma contradição gritante em relação à luta que o PT e o conjunto do movimento social brasileiro estão empreendendo para barrar as iniciativas anti-povo e anti-nação do governo Temer. Contradição que se acentua ainda mais diante da constatação da necessidade de revogação das medidas aprovadas pelo governo golpista como pré-condição básica para a retomada de um projeto de nação includente. Um dos articuladores da aprovação dessas medidas, alguém acredita que agora Eunício nos ajudará a revogá-las?

Não deixa de ser irônico que as especulações em torno desse acordo ocorram justamente no momento em que Temer ameaça entregar mais do nosso patrimônio, com a venda da Eletrobras, da Caixa Econômica Federal e dos correios. Momento também em que busca construir maioria na Câmara e no Senado para aprovar a reforma da previdência, outro golpe nos direitos sociais. Eunício também tem se colocado a favor dessas medidas.
Foi levando em conta tudo isso que, muito corretamente, o Diretório Estadual do PT deliberou por unanimidade no último final de semana, reivindicar a manutenção da vaga do PT no Senado. Nossa luta é para barrar o golpe, eleger o Presidente Lula e ajudá-lo a governar com uma forte bancada de Deputados Federais e Senadores.
Para a disputa do Senado o PT tem nomes nos quais podemos confiar que vão lutar pela revogação das medidas aprovadas pelos golpistas, pela implementação de nosso programa de governo e que, não menos importante, vão defender o governo do PT de qualquer nova tentativa de golpe.

Essa posição não é contraditória de maneira alguma com a defesa da reeleição do companheiro Camilo Santana ao Governo do Estado. Ao contrário, a fortalece. O governo Camilo tem obtido avanços expressivos em várias políticas sociais. Os avanços na qualidade da educação pública são reconhecidos nacionalmente, bem como o alargamento das políticas voltadas para a reforma agrária e a agricultura familiar. Esses avanços ocorrem mesmo diante da crise econômica que o país atravessa e estão sendo reconhecidos por parcela importante da população. Para vencer a próxima disputa estadual, o PT Ceará não precisa desse tipo de acordo que só irá frustrar e afastar boa parte de sua militância e de sua base de apoio.

Organizar a luta social, barrar as contra-reformas neoliberais, derrotar politicamente nossas elites, eleger Lula Presidente juntamente com senadores e deputados federais alinhados com nosso programa, são nossas tarefas fundamentais. É o futuro do país que está em jogo. Para alguns pouco importa se o povo trabalhador, os jovens, os pequenos proprietários, as mulheres, os negros, os lgbts, terão que viver em meio a barbárie. Mas nós nos importamos e vamos resistir a isso.

*Waldemir Catanho
Jornalista, assessor da deputada federal Luizianne Lins e militante do PT.

DETALHE – Catanho é também o primeiro suplente do senador Eunício Oliveira (PMDB).

Projetos da Defensoria Pública do Ceará e Adpec são finalistas do Prêmio Innovare

A presidente da Associação dos Defensores Públicos do Ceará (ADPEC), Ana Carolina Gondim, encontra-se em Brasília conferindo ato em que serão divulgados os projetos agraciados com o Prêmio Innovare, respaldado pelo Supremo Tribunal Federal.

Entre os finalistas, há o projeto de orçamento participativo da Defensoria-Pública do Ceará, que foi tocado pela titular do órgão, a defensora Mariana Lobo, e, também, om regime de plantões dos defensores como forma de amenizar acúmulo de processos.

(Foto – Paulo MOska)

TCU e BNB promovem encontro sobre Desenvolvimento Sustentável

O governador Camilo Santana (PT) participa, durante toda esta manhã de terça-feira, na sede do Banco do Nordeste, no bairro Passaré, em Fortaleza, do “Encontro estratégico: Nordeste 2030 – Desafios e caminhos para o desenvolvimento sustentável”.

O encontro é promovido pelo Tribunal de Contas da União e conta com a presença de alguns governadores de outros estados nordestinos. À frente, o presidente do TCU, Raimundo Carneiro, o vice José Múcio, o presidente do BNB, Marcos Holanda, e representantes de tribunais de contas do Nordeste.

Camilo Santana deverá aproveitar o encontro para se queixar da lentidão das obras da transposição do rio São Francisco, fundamental para evitar que o Ceará enfrente colapso de abastecimento d’água em 2018.

Fortaleza registra um ato de protesto contra a reforma da Previdência

Um grupo de militantes da Intersindical-Ceara e de sindicatos filiados, como o Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort), e integrantes do MTST e Frente Povo Sem Medo, realizaram, nesta manhã de terça-feira, um protesto em Fortaleza contra a reforma da Previdência e pelo Fora Temer.

O ato teve início às 8 horas, no cruzamento da Avenida 13 de Maio com Avenida da Universidade, no bairro Benfica. O cruzamento chegou a ficar fechado por algumas horas. De lá, os manifestantes devem seguir pela Avenida da Universidade rumo ao Centro.

O protesto anteriormente estava sendo convocado como uma greve nacional, mas ,no final de semana, a CUT, a Força Sindical e outras três centrais sindicais decidiram cancelar o ato, sob o argumento de que a reforma da Previdência não seria votada nesta semana.
A Intersindical Ceará divulgou nota onde repudiou a atitude das cinco centrais.

(Foto – Divulgação)

O Acordão e a Contradição

Com o título “Difícil de compreender”, eis o Editorial do O POVO desta terça-feira, alertando sobre acordos contraditórios. Confira: 

De uma hora para outra, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), de acusador tornou-se aliado do governo de Camilo Santana (PT), pré-candidato à reeleição. Ao mesmo tempo, os irmãos Ferreira Gomes, que garantiram o apoio que levou Camilo ao governo, parecem divididos: Cid aceita a nova aliança; Ciro se cala, e Ivo distribui críticas ao acordo.

Esse estado de coisas mostra como a “política é dinâmica”, como dizia o ex-governador Gonzaga Mota. Faz pouco tempo, a coisa estava neste nível: Eunício chamava Ciro de “batedor de carteira” e mandava Camilo cuidar do próprio “rabo”. Ciro respondia afirmando que Eunício era uma “mistura de Pinóquio com irmão Metralha, um ‘pinotralha’”, e Cid entrava na briga preconizando que Eunício deveria ser “banido da política”.

Camilo, mais contido, cobrava coerência do senador, em relação à avaliação do governo de Cid Gomes, que ora dizia ter sido o “melhor do mundo”, para depois criticá-lo. A desculpa de todos para a reviravolta é que os “interesses do Ceará” estariam acima de questões partidárias. Mas se assim é, isso também deveria valer para as eleições passadas, quando os dois grupos se enfrentaram de forma exaltada.

A relação de Camilo com Eunício segue tendência nacional do PT, que vem se aproximando de alguns setores do PMDB, ao ponto de Lula há ter dito que “perdoa os golpistas”, isto é, aqueles que o apoiarem. O fato é que situações do tipo levam segmentos expressivos dos eleitores a se desiludirem com a política. É difícil, para qualquer um, crer que a situação tenha mudado a tal ponto e em tão pouco tempo, para que aconteçam mudanças de tamanha magnitude, fazendo com que inimigos hoje de manhã se tornem cúmplices à tarde.

Apesar de tudo, recente pesquisa da Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas (FGV-DAPP) revelou que a maioria da população defende o voto como melhor mecanismo para a saída da crise. Isso é ótimo, mas os políticos têm de entender que não se deve abusar da paciência alheia.

Grupo de servidores públicos faz corpo a corpo no aeroporto contra a reforma da Previdência

Nesta madrugada de terça-feira, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, alguns servidores públicos federais fizeram corpo a corpo junto a parlamentares federais. O objetivo: pedir apoio contra a proposta de reforma da Previdência Social.

Embora em número pequeno, o grupo informou que esse tipo de abordagem ocorre em todos os aeroportos do País e que, em Brasília, junto ao Congresso Nacional, há um trabalho de pressão política.

O governo Temer buscar apoio dos parlamentares para aprovar a reforma da Previdência. Entre suas articulações neste sentido, entrou a garantia de aumentar o bolo do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) como forma de ganhar o apoio dos prefeitos que, na prática, são a base política dos deputados federais.

(Foto – Paulo MOska)

Izolda Cela apresenta modelo da educação cearense para o governo de Rondônia

A vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, encontra-se em Porto Velho. Atendendo a um convite do governo de Rondônia, ela expõe a experiência do Ceará no plano da educação. O Estado tem sido destacado pelo MEC.

Izolda, bom lembrar, foi secretária estadual da Educação (Govern o Cid Gomes) e implementou ações de valorização no setor coimo o Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Estado (Spaece), que premia as gestões municipais que investem na área.

DETALHE – Atualmente, ela coordena o Pacto por um Ceará Pacífico no plano das ações sociais voltadas para amenizar o quadro da violência.

(Foto – Tatiana Fortes)

Prefeitura ganhará o Observatório de Fortaleza

Da Coluna Vertical, do O POVO desta terça-feira:
Será inaugurado, às 15 horas da próxima sexta-feira, o Observatório de Fortaleza, ligado ao Instituto de Planejamento (Iplanfor). O Observatório ocupará espaços no prédio da antiga loja Milano, na Praça do Ferreira, no Centro. O ato terá à frente o prefeito Roberto Cláudio (PDT) e o superintendente do Iplanfor, Eudoro Santana.
O novo organismo terá como diretora Cláudia Leitão, professora universitária, especialista em Economia Criativa, articulista do O POVO e ex-secretário estadual da Cultura.
A ideia é que o espaço se torne um ponto estratégico de produção, difusão e acesso à informação sobre Fortaleza, contribuindo para que o Iplanfor efetive sua missão de núcleo de inteligência da Prefeitura, destaca Eudoro.

TJ do Ceará ainda não entregou ao CNJ a lista com salários dos juízes. Assessoria manda nota

A presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, cobrou dos presidentes dos Tribunais de Justiça (TJs), nessa segunda-feira (4), o cumprimento da determinação para o envio ao CNJ dos dados referentes à remuneração dos magistrados de todo o país. “Eu entreguei a todos uma planilha no dia 20 de outubro. Até hoje, dia 4 de dezembro, não recebi as informações de novembro e dezembro. Espero que em 48 horas se cumpra essa determinação do CNJ para que eu não tenha que acioná-los oficialmente”, disse durante reunião com os presidentes dos TJs, na sede do Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília.

Segundo a ministra, a demora na entrega das informações pode passar para a sociedade a impressão de que os tribunais estão agindo de “má vontade”. “Quero terminar o ano mostrando para a sociedade que não temos nada para esconder”, afirmou.

Cármen Lúcia disse que testou pessoalmente algumas páginas eletrônicas dos tribunais para verificar o nível de transparência das informações, e que ficou “horrorizada” quando teve que passar por 18 cliques em um dos sites. “Tem tribunal dificultando e isso não pode acontecer”, enfatizou.

O CNJ colocou à disposição dos tribunais de justiça uma planilha para uniformizar as informações. Nela os tribunais devem especificar os valores relativos a subsídio e eventuais verbas especiais de qualquer natureza, para divulgação ampla à cidadania.

“Eu preciso desses dados para mostrar que nem todo ‘extrateto’ é uma ilegalidade. Não compactuamos com ilegalidades. Sem isso, fica difícil defender”, completou. A ministra explicou que existem extratetos que são permitidos, como o pagamento de uma diária, de uma verba em atraso ou de uma ajuda de custo, e que essa informação deve ser de conhecimento público.

“E não adianta não mandar porque ou se cumpre a lei e não corre nenhum risco, ou isso vai estourar de forma cada vez pior”, completou.

Mais transparência

Desde a semana passada, o CNJ passou a disponibilizar, na área de Transparência deste Portal, os dados relativos aos salários e benefícios dos magistrados de 17 tribunais, envolvendo as seguintes esferas do Judiciário: Estadual, Federal, Eleitoral, Trabalhista e Militar. Esses foram os primeiros tribunais a enviarem informações padronizadas conforme as determinações do CNJ.

Na Justiça Estadual, dos 27 TJs apenas sete encaminharam os dados ao CNJ: Amazonas, Espírito Santo, Minas Gerais, Roraima, Pará, Paraná e Pernambuco. Na Justiça Federal, apenas o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (São Paulo e Mato Grosso do Sul) mandou informações.

Na Justiça Eleitoral, foram encaminhadas ao CNJ as informações de quatro Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), dos seguintes estados: Alagoas, Piauí, Amapá, Santa Catarina e São Paulo. Em relação à Justiça do Trabalho, apenas os Tribunais Regionais do Trabalho da 11ª Região (Amazonas e Roraima) e da 13ª (Paraíba) encaminharam os dados solicitados. O Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo foi o primeiro, deste segmento Judicial, a enviar suas informações.

(Gazeta do Povo)

Outro lado

A respeito dessa publicação “TJ do Ceará ainda não entregou ao CNJ a lista com o salário dos juízes”, o Tribunal de Justiça do Ceará esclarece que as informações sobre remuneração de magistrados, conforme determinação da Portaria nº 63/2017, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), estão sendo enviadas, mensalmente, via e-mail, pelo TJCE, até o dia 5 do mês subsequente ao pagamento.

Nesta terça-feira (5), o TJCE encaminhará as informações da folha referentes ao mês de novembro, ou seja, dentro do prazo estabelecido pelo CNJ e obedecendo à nova forma de disponibilização dos dados definida pelo Conselho Nacional. Além do envio ao CNJ, todas as informações estão disponíveis no site do TJCE, na sessão “Transparência” (http://www.tjce.jus.br/transparencia/).

PP do Ceará faz encontro para discutir ações de olho em 2018

O Partido Progressista do Ceará vai promover, no próximo sábado, na cidade de Ocara, seminário Perspectivas para 2018. O objetivo, segundo o presidente estadual da legenda, Antônio Albuquerque, titular da Regional VI, da Prefeitura de Fortaleza, é animar as bases de olho no próximo pleito. No encontro, haverá palestra do cientista política Luciano Dias.

Nessa noite de segunda-feira, o PP fez reunião para definir a programação do encontro e outras ações partidárias. Sob comando de Antonio Albuquerque, participaram dos debates o deputado federal Paulo Henrique Lustosa e os estaduais Lucilvio Girão, Fernando Hugo, Bruno Pedrosa e Walter Cavalcante.

(Foto – Divulgação)

Oposição em Tauá faz a mesa diretora da Câmara Municipal

O bloco de oposição ao prefeito de Tauá, Carlos Windson, permanecerá no comando da Câmara Municipal. Nessa segunda-feira (4), por 9 votos a 6, o vereador Luiz Tomaz (PSD), foi eleito presidente do Legislativo para o período de 1º de janeiro a 31 de outubro de 2018. Ele derrotou o vereador Alaor Mota, irmão do deputado estadual Audic Mota.

As galerias da Câmara ficaram lotadas de populares e lideranças que acompanharam a sessão, que transcorreu em clima de normalidade.

Antes da votação, o presidente da Câmara, Marco Aurélio (PSD), anunciou sobre os pedidos de impugnação de chapas apresentados pelos vereadores Alaor Mota e Luís Tomaz. Os dois pedidos foram indeferidos e as chapas foram confirmadas, no entanto, os dois candidatos anunciaram que a Justiça será provocada para decidir sobre os pedidos de impugnação de chapas.

O vereador Alaor Mota já recorreu contra a decisão do juiz Marcelo Durval, que na última sexta-feira (01) negou liminar que pedia a anulação do chapa de Oposição.

 

Deusmar lança livro sobre sua trajetória como empreendedor

Da pequena farmácia no bairro Carlito Pamplona, em 1981, à inauguração da loja de número mil, em julho deste ano, na cidade de Paulo Afonso (BA). Maior rede do setor no País, as farmácias Pague Menos têm sua história contada, por meio do livro “Deusmar Queirós – O Tecedor de Ousadias”, lançado na noite desta segunda-feira (4), no Ideal Clube, pelo próprio fundador do grupo, Francisco Deusmar Queirós, e pelo autor, o escritor Juarez Leitão.

A obra, com quase 500 páginas, mostra o empreendedorismo de Deusmar, que se vê representado nos 2,4 mil funcionários da Pague Menos.

O ato foi dos mais concorridos e congregou empresários, lideranças políticas e, principalmente, gente de entidades da sociedade civil e da igreja. Entre tantos convidados, representantes de associações e ONGs que ganham o apoio financeiro do grupo.

(Foto – Paulo MOska)

Acordão – Ciro diz que aliança “é ruim para nós e é ruim para ele, senador Eunício”

390 1

O ex-governador do Ceará e ex-ministro Ciro Gomes, pré-candidato do PDT à Presidência da República, disse na noite desta segunda-feira (4), na Fiec, que um “acordão” no Ceará “é ruim para nós e é ruim para ele, senador Eunício”.

Ciro proferiu palestra na Fiec, com a presença da classe política, empresarial e formadores de opinião, e, em entrevista ao Blog, se posicionou de forma contrária a uma aliança política com o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), que buscaria integrar a chapa majoritária à reeleição do governador Camilo Santana (PT), em uma das duas vagas ao Senado Federal.

“O que eu digo em relação a isso: ninguém aceita, é ruim para nós e é ruim para ele, senador Eunício, que adversários de ontem, que se enfrentaram de forma até muito dura, muito áspera, de repente passem a ser aliados, sem uma explicação, sem uma coerência, sem um respeito à diferença que ainda persiste muito profundo entre nós”, comentou Ciro, que, no entanto, recomenda o reconhecimento público a Eunício Oliveira pela liberação dos recursos para o Ceará e para Fortaleza.

“Porque é justo! Se ele (Eunício) conseguiu liberar um dinheiro, estando por ele bloqueado ou não, não interessa, volto aqui a dizer que o que interessa é resolver os problemas do Ceará, é justo que o governador reconheça, que o prefeito de Fortaleza reconheça”, avaliou Ciro.

(Fotos: Paulo MOska)