Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Fortaleza ganhará o primeiro Centro-Dia de Referência para Pessoas Idosas

Nesta quarta-feira, às 9 horas, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), vai entregar o primeiro Centro-Dia de Referência para Pessoas Idosas. O equipamento vai funcionar na rua Dr. José Roberto Sales, 830, na Barra do Ceará e é um projeto da Secretaria Municipal dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS).

Segundo o secretário Elpídio Nogueira, o equipamento atenderá de segunda a sexta, em dois turnos (manhã e tarde) com mais de 15 profissionais interdisciplinares. A meta é atender 60 idosos diariamente (30 por turno), de ambos os sexos, que estejam em situação de pobreza, isolamento social e outras vulnerabilidades.

“Muitas famílias têm idosos que necessitam de cuidados sociais. Neste sentido, partimos na frente pois até então não existia esse equipamento público. Para a nossa alegria, muitas empresas, nacionais e locais, já sinalizaram investimento de recursos por meio do Fundo Municipal do Idoso para que Fortaleza cresça no protagonismo de cuidado ao idoso”, afirma o secretário Elpídio Nogueira.

 

A prevenção contra a criminalidade ainda é o melhor remédio

Com o título “O Medo – Mal nº 1”, eis artigo do advogado e professor Irapuan Diniz de Aguiar. Ele comenta o cenário atual da violência que se irrompeu no Ceará. Para ele, não existe no País um plano sério na área da segurança pública. Confira:

No instante em que o problema da violência e da criminalidade acha-se na boca de todos, até por sua banalização, e se examina medidas governamentais para contê-las, cabe lembrar a lição de George Barbam no seu livro “O Medo – Mal nº 1”, quando diz: “Imagine-se o que pode ser a administração das coletividades humanas por chefes que o medo produz e cujos reflexos físicos, mentais e morais estão ofuscados. Em verdade, o medo povoou o mundo de loucos e semiloucos, tanto mais perigosos, quanto mais elevada sua situação social e quanto mais afluem para os governos, as
administrações, as igrejas, as universidades e os parlamentos”.

Com efeito, pelo medo, criam-se cargos – no Executivo, no Legislativo e no Judiciário – e, também, órgãos (delegacias, presídios, fóruns, quartéis), assim como se compram armas potentes, veículos, helicópteros, etc. tudo
por meio de contratos valiosos. Há de se perguntar: quanto rende, econômica e eleitoralmente, o medo no nosso país?

Não existe, no Brasil, de forma efetiva, qualquer plano sério e consistente para diminuir a violência e prevenir os crimes. Apenas propor o aumento das penas e do espaço prisional, sem medidas concretas que visem à prevenção e a redução da criminalidade é, no mínimo, demonstrar ignorância primária em segurança pública, o que não se aceita do homem comum e muito menos de autoridades públicas e, até, de juristas. Por que não se investir no anterior, com a prevenção social (evitando a miséria, ofertando uma educação de qualidade e gerando empregos) e a prevenção policial (evitando a prática de delitos)? Por que alguns “alquimistas” dos governos preferem planejar sobre o posterior direcionando as ações aos delitos acontecidos e, conseqüentemente, aos prejuízos irreparáveis?

É tempo de se estabelecer uma parceria entre os governos – federal e estadual – na montagem de um amplo programa de prevenção contra a criminalidade, assumindo o Estado brasileiro o seu papel de defesa social em vez de fomentar, ao que parece, a notória industrialização do medo. É que a exacerbação da violência, com a prática de toda sorte de delitos, e o medo deles decorrentes, parecem estar, ainda que camufladamente, sendo manipulados no país. Seria em função da obtenção de lucros por quem deles se beneficia?

No atual governo cearense, o “Ceará Pacífico” é uma alentadora esperança na perspectiva da construção de um modelo que vai ao encontro da filosofia que o inspirou qual seja a da defesa social a partir do envolvimento de todos os órgãos e entidades que, direta ou indiretamente, têm parcela de responsabilidade no grave e complexo problema do combate a violência e a criminalidade.

Cabe, no entanto, no atual cenário da guerra entre as facções criminosas que habitam o falido sistema penitenciário brasileiro, igualar as armas para fazer frente a esta escalada da violência que a todos apavora
impondo o medo.

*Irapuan Diniz Aguiar,

Advogado.

A Arte da Fotografia

O Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce) está com inscrições abertas, até o dia 16 de fevereiro, para o Curso de Fotografia “Como construir um repertório visual”. Com 20 horas/aula, a formação será facilitada pela fotógrafa Nely Rosa, com aulas teóricas e práticas, às terças, quintas e sábados, a partir do dia 20 de fevereiro. São 30 vagas disponíveis para Jornalistas profissionais, estudantes e amadores, informa o site da entidade.

Segundo Nely Rosa, a ementa do curso contempla o conceito básico de fotografia, profundidade de campo, distância focal, regra dos terços, velocidade do obturador, abertura do diafragma, entre outros pontos. “Faremos uma breve introdução e conceito sobre o surgimento da fotografia, além de apresentar as principais noções práticas e teóricas sobre a linguagem fotográfica como expressão visual”.

O objetivo é explorar o potencial narrativo da linguagem fotográfica, tendo como base os elementos estéticos da fotografia brasileira e mundial. “Vamos estimular os alunos com exercícios narrativos e práticos como forma de aguçar a percepção visual”, completa Nely, que é graduada em Publicidade pela Universidade de Fortaleza (Unifor).

Sobre a facilitadora

Fotógrafa cearense desde 1990, Nely Rosa atua neste campo prestando serviços para instituições públicas e empresas privadas do Estado e de forma independente em eventos sociais e culturais. Trabalhou como fotógrafa do Gabinete da Prefeitura Municipal de Fortaleza. Em 2011 montou a Galeria Mestre Rosa, iniciativa que reúne obras da nova geração de fotógrafos e artistas visuais cearenses, além de seu próprio trabalho.

SERVIÇO

O investimento é R$ 100,00 para jornalista sindicalizado em dia e estudante pré-sindicalizado e R$ 200,00 para demais interessados. O pagamento da inscrição pode ser feito via depósito bancário na conta do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Ceará, Caixa Econômica Federal, agência 1559, conta corrente: 868-8; pelo link do PagSeguro (abaixo); e por cartão de crédito ou débito:
*Pagamento para sindicalizado em dia ou estudante: https://pag.ae/bhs91Gl
*Pagamento para demais interessados: https://pag.ae/bhs91X5

*O comprovante de depósito deve ser enviado para o e-mail do evento: secretaria@sindjorce.org.br ou para o Fax: 85 3272-2966.

(Foto – Evilázio Bezerra)

MP ouve envolvidos no caso da agressão a estudante no Benfica

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através dos promotores de Justiça integrantes do Núcleo de Investigação Criminal (NUINC) deu início, nesta terça-feira (30), às oitivas da vítima e dos supostos agressores no caso de presumido crime de homofobia ocorrido na noite de quinta-feira (dia 18), na Praça da Gentilândia, no bairro Benfica. Com a tramitação do Procedimento Investigatório Criminal (PIC) instaurado, o MPCE começa a avançar nas diligências, informa a assessoria de imprensa do órgão.

Os envolvidos no episódio já foram identificados e notificados. Por se tratar de um procedimento sigiloso, tanto a vítima quanto quem teria praticado as agressões e o suposto crime de racismo terão suas identidades preservadas, não sendo possível a divulgação de imagens. As oitivas ocorrerão ao longe desta semana.

A agressão ao estudante por um suposto grupo skinhead, denominado “Carecas do Brasil”, despertou a atenção de setores da sociedade. A vítima teria prestado Boletim de Ocorrência na tarde de sexta-feira (19), e formalizado uma denúncia junto aos órgãos públicos de segurança e direitos humanos, com o apoio da Rede Nacional de Advogadas e Advogados Populares (Renap) e do Fórum Cearense LGBT. Conforme relato em rede social, a vítima teria sofrido violência física, e xingamentos de cunho racista e homofóbico por parte dos supostos agressores.

Livro infantil aborda o câncer com toque de sensibilidade

A médica oncologista Ana Carolina Leite Gifoni vai lançar nesta quinta-feira, às 19 horas, no Centro Dragão do Mar, o livro infantil “Mamãe tem Câncer”. A publicação traz ilustrações do artista visual Klévisson Viana

Com sensibilidade e delicadeza, os autores contam a história de dois garotos cujas mães têm a doença, facilitando para que profissionais da área, educadores e as próprias crianças consigam elaborar as questões e dúvidas que decorrem desse problema de saúde, que pode afetar toda a família.

DETALHE – Toda a renda do livro será doada para a Santa Casa de Misericórdia e o Grupo de Educação e Estudos Oncológicos (GEEON).

(Foto – Divulgação)

Efeito Chacinas – Temer receberá Camilo em audiência

O governador Camilo Santana (PT) será recebido em audiência, às 13 horas desta terça-feira, em Brasília, pelo presidente Michel Temer. Vai cobrar a conta de repasses, segundo ele, não liberados para a área da segurança pública.

Temer recebe Camilo depois que se irromperam chacinas provocadas pela ação de facções criminosas. Uma delas, no bairro Cajazeiras, sábado último, resultou no assassinato de 14 pessoas e ganhou repercussão internacional.

Além desse fato, ainda houve o assassinato, nessa segunda-feira, de 10 presos após confronto de facções na cadeia pública de Itapajé (Zona Norte).

Temer sinalizou para a criação de uma comissão, de caráter nacional, para tratar sobre questões da segurança pública. Camilo tem dito que a ação de facções criminosas seria também responsabilidade da União por atingir vários outros estados.

Lia Gomes em clima de costura política

Lia Gomes (preto) e apoiadores como Oman Carneiro (D).

Aliado histórico da família Ferreira Gomes, o ex-deputado estadual Oman Carneiro (PP), hoje dividindo seu tempo como empresário entre Fortaleza e Sobral, está trabalhando pela pré-candidatura da irmã de Ciro, Lúcio, Cid e Ivo.

No último final de semana, Oman esteve com Lia Gomes em alguns eventos sociais em Sobral. Para ele, é importante a presença de mulheres no parlamento estadual e que tenham a fibra e coragem de Lia que, inclusive, deve ganhar importante apoio na Capital.

(Com Blog Sobral de Prima)

Ciclo de Palestras debate cuidado e proteção de animais

A Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos, por meio da Coordenadoria Especial de Proteção e Bem-Estar Animal (Coepa), com o apoio da Coordenadoria de Juventude, está promovendo um ciclo de palestras sobre a importância do cuidado com os animais da cidade. O evento teve seu primeiro momento no Cuca da Barra.

O objetivo é formar multiplicadores que possuem contato diariamente com jovens para que influenciem seus familiares e a comunidade, mostrando a importância do cuidado com os animais, explica a coordenadora especial de Proteção e Bem-Estar Animal, Toinha Rocha.

“Nossa intenção é que, por meio da educação e conscientização, eles se tornem multiplicadores e que possamos, em breve, ter uma ampla rede de protetores de animais na nossa cidade”, diz Toinha.

DETALHE – As próximas duas palestras acontecerão nos dias 5 e 26 de fevereiro, nos Cineclubes da Rede Cuca Mondubim e Jangurussu, respectivamente. A entrada é livre para os interessados.

 

Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios cobra reavaliação da política de segurança

O Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência manda nota para o Blog repudiando últimos episódios de violência registrados no Estado. Defende que seja reavaliado o plano de segurança adotado no estado. Confira:

O Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência lamenta e repudia profundamente os atos de violência extrema que ocorreram em nosso estado nos últimos dias. Na madrugada de sábado (27), 14 pessoas foram assassinadas no bairro Cajazeiras enquanto desfrutavam de um momento de lazer, sendo três das vítimas com idade de até 19 anos. Outras três jovens da mesma faixa etária também foram atingidas, mas se encontram em recuperação. Um adolescente de apenas 12 anos chegou a ser atingido pelos disparos e sobreviveu, mas viu o pai, que trabalhava em um carrinho de lanches, ser morto.

Nessa segunda-feira (29), dez pessoas foram mortas na Cadeia Pública de Itapajé. Enfatizamos a importância da implementação das 12 recomendações para prevenir homicídios que foram propostas a partir de estudo realizado pelo Comitê e do compromisso de não naturalizar e deixar invisível nenhuma morte. A redução da letalidade violenta compreende um processo com diversas frentes. Além de investigação e responsabilização, atenuar carências existentes nos territórios da Capital e municípios do Ceará – que aprofundam as vulnerabilidades de quem lá vive – são fundamentais para o resultado que desejamos enquanto sociedade.

Outro fator que tem levantado nossa preocupação é o aumento de homicídios de mulheres. Das 14 vítimas da Chacina das Cajazeiras, a maior já registrada em Fortaleza, oito eram mulheres. No total, 19 filhos perderam as mães no ataque do último sábado.

O impacto dessas vidas perdidas em nosso convívio social extrapola estatísticas ou números. Diante desse cenário que muito nos entristece, defendemos uma pactuação de diferentes setores da sociedade para transformarmos essa realidade. Reconhecemos a complexidade que permeia a violência que vivenciamos no Ceará e no Brasil, especialmente no Nordeste, mas acreditamos ser urgente a reavaliação das políticas de segurança pública em nosso estado. É preciso reafirmar a vida como fator preponderante de nosso cotidiano. Seguiremos defendendo que todas as pessoas tenham assegurada uma vida com dignidade, respeito, segurança e acesso a direitos. Para nós, cada vida importa muito.

*Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência.

(Foto – Evilázio Bezerra)

CDL Jovem terá palestra de Deusmar Queiroz

A CDL Jovem de Fortaleza retoma atividades nesta terça-feira, a partir das 12 horas, na sede da CDL, com almoço-palestra do empresário Deusmar Queirós, presidente do Conselho de Administração do Grupo Pague Menos.

Deusmar vai compartilhar sua história de sucesso para os jovens empresários, dentro de um cenário contextualizado e escolhido por ele: um bate papo descontraído.

O encontro terá a coordenação de Raimundo de Araújo Cabral Neto, empresário do ramo de construção e reformas, que assume a liderança da CDL Jovem no triênio de 2018/2020.

Simpatizantes de Lula fazem ato no lançamento do Distrito de Saúde comandado por tucano

5420 1

Lúcio, Tasso, RC e Izolda no ato de lançamento do distrito de saúde.

No lançamento do Distrito de Inovação em Saúde de Porangabuçu, Fortaleza, nesta manhã de terça-feira, um grupo de mulheres aproveitou o evento e fez um ato em defesa do ex-presidente Lula. Pediu o direito do ex-presidente, condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por lavagem de dinheiro e corrupção passiva, de disputar o pleito. Expunham faixas e cartazes com a frase “Eleição sem Lula é fraude!”.

Tudo aconteceu na presença do médico Carlos Roberto Martins (Cabeto), à frente do projeto, e sob olhares de convidados como a vice-governadora Izolda Cela (PDT), o prefeito Roberto Cláudio (PDT), o senador Tasso Jereissati, o presidente da Federação das Indústrias, Beto Studart, o presidente da CDL, Assis Cavalcante, Chico Lopes (PCdoB), Odorico Monteiro (PSB), o reitor Henry Campos (UFC), a empresária Consuelo Dias Branco, Adauto Bezerra, Lúcio Alcântara e o secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado, Inácio Arruda.

O médico Cabeto é o primeiro vice-presidente estadual do PSDB e Tasso tem trabalhado para sedimentar a candidatura do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, a presidente.

O grupo, aos poucos, foi sendo retirado por seguranças. Mas continuam fora do local com seu protesto e em defesa de Lula.

(Foto – Evilázio Bezerra)

Chacinas no Ceará – Presidente do Conselho Estadual Penitenciário quer convocação da Força Nacional

4382 1

O presidente do Conselho Estadual Penitenciário do Ceará, Cláudio Justa, defendeu, durante entrevista ao Blog do Eliomar, nesta terça-feira, que o governador Camilo Santana (PT) convoque a Força Nacional.

Segundo Justa, seria uma medida necessária para conter a onda de violência das facções e dar fôlego para que o Estado ganhe condições de avaliar a situação e buscar medidas para o enfrentamento das facções, um problema, reconhece ele, de caráter também nacional.

Chacinas no Ceará – Um problema a ser enfrentado

Da Coluna Política, do O POVO desta terça-feira, assinada pelo jornalista Érico Firmo, o tópico “Para onde vai a culpa”. Confira:

A manifestação de Camilo cobrando o Governo Federal transformou a crise na segurança pública em uma outra crise, de natureza política. O governador cearense é petista e, por institucional que seja, a relação é cheia de delicadezas com o governo do MDB. Quando há interpelação dessa natureza, os frágeis laços se rompem.

Ainda mais dura que a resposta do ministro da Justiça foi a resposta de Carlos Marun, da Secretaria de Governo de Temer. ““Nós lamentamos muito, mas entendemos que é uma questão de segurança pública mais focada neste momento no Estado do Ceará. […] Transferir isso para o governo federal é um absurdo, então, com todo o respeito, quem não tem competência, que não se estabeleça”.

Você tem a certeza de que governos estão perdidos diante de um problema quando deixam de procurar a solução e passam a debater com quem ficará a culpa.

Movimento Brasil Sem Azar articula ofensiva contra a jogatina no Brasil

O advogado cearense Roberto Lasserrie, coordenador do Movimento Brasil Sem Azar, encontra-se em Brasília. Articula com integrantes desse grupo contra projetos em tramitação no Congresso que abrem para o que chama de “jogatina” no País.

Lasserrie articula ações contra o jogo de azar, observando que de nada traz de lucro para o setor turístico, a não ser fomentar mais ainda o”turismo sexual”.

Dentro da estratégia, fomenta seminários sobre o tema com participação do Ministério Público, Receita Federal, PF e OAB. Fortaleza e Teresina já receberam eventos.

Aliás, esses projetos que querem legalizar jogos estão entre as prioridades do semestre no Congresso.

(Foto – Paulo MOska)

Sindicato dos Médicos – Chapa 2 quer concurso e criação da carreira médica de Estado

Concurso público para acesso a todos os serviços de saúde, criação da carreira médica de Estado, a defesa do SUS e o piso salarial base para a categoria médica. Eis algumas das propostas da Chapa 2 – Saúde, Trabalho e Luta, que concorrerá às eleições do Sindicato dos Médicos do Estado do Ceará.

Quem encabeça a chapa é o médico Jaime Benevides, com 31 anos de carreira e um histórico de luta em defesa da melhoria e valorização do trabalho da categoria. Atualmente é o presidente da Associação dos Médicos do HGF.

O pleito acontecerá nos dias 31 janeiro, 1º e 2 de fevereiro e a chapa vencedora administrará o Sindicato no triênio 2018/2021.

(Foto – Divulgação)

ZPE do Ceará fecha 2017 com movimentação recorde

A Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE) fechou o segundo semestre de 2017 com 5,9 milhões de toneladas de carga solta e a granel movimentadas na sua Área de Despacho Aduaneiro (ADA). Informa a assessoria de imprensa do equipamento.

Foi um recorde que representa alta de 31,12% ante o segundo semestre de 2016, com 4,5 milhões de toneladas. Já a  movimentação total de 2017 foi superior a 11 milhões de toneladas.

Conselho Estadual de Direitos Humanos faz reunião sobre a Chacina de Cajazeiras

O Conselho Estadual de Direitos Humanos fará reunião extraordinária nesta terça-feira, a partir das 14 horas, no auditório da Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará.

Vai discutir a sequência de atos de violência registrados em Fortaleza – a Chacina de Cajazeiras, que resultou em 14 mortes e se constituiu na maior do gênero na história do Estado.

Também deverão ser discutidas a chacina de Itapajé, onde 10 presos fora assassinados numa briga de facções criminosas e o cenário de mais de 5 mil homicídios registrados em território cearense ao longo de 2017.

(Foto – Evilázio Bezerra)

Crise na segurança e um setor de inteligência sem respostas?

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, André Costa, passou parte dessa segunda-feira dando entrevistas em rádios e TVs sobre a Chacina de Cajazeiras e providências. Nessa hora, houve rebelião com 10 mortos em Itapajé e fuga em Senador Pompeu. Efeito da guerra entre facções.

Aliás, sobre esses grupos, duas dúvidas cruéis: Quem municia as facções com armas pesadas como fuzil? De onde vem mesmo a droga que alimenta esses grupos? Ainda se aguarda uma resposta do Setor de Inteligência da Polícia do Ceará.

Falando ainda em segurança pública e crise, vale lembrar que no ano passado foram registrados 5.134 assassinatos, o que deu média diária de 14 mortos. Ou seja, tivemos, em número de homicídios, o equivalente a uma chacina por dia. Portanto, nada de casos isolados como chegou a dizer o titular da SSPDS.

Seguro DPVAT deve ser pago até esta quarta-feira

Com alteração de data do seguro por Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de via Terrestre (DPVAT), motoristas cearenses têm até esta quarta-feira, 31, para efetuar o pagamento do seguro obrigatório, que não será mais pago junto com o Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e o licenciamento. Apesar de administrado por outro órgão, a taxa do DPVAT deve ser emitida através do site do Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE) ou da Seguradora Líder, e o pagamento efetuado à vista.

Em nota, o órgão informa que a Seguradora Líder é a “responsável pela administração do DPVAT em todo o território nacional” e que “valores, prazo e forma de pagamento”, bem como cobertura do seguro e reajustes, “são de responsabilidade” da Seguradora Líder.

Apesar da data estabelecida pela Líder, o Detran-CE também esclarece que a “checagem do pagamento DPVAT” será feita apenas na ocasião do licenciamento do veículo – visto que “é dever de todo proprietário” o pagamento do seguro “para que o veículo seja licenciado”. O Detran-CE possui um calendário próprio para o licenciamento dos veículos, de acordo com o final do emplacamento.

O pagamento da cota única do DPVAT sofreu outra alteração este ano, além da separação da taxa e da fixação de data única. Conforme resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), o seguro obrigatório sofreu uma redução de 35% do valor.

Com isso, motoristas de automóveis e camionetes particulares ou oficiais pagam R$ 45,12. Já para motocicletas, o valor é de R$ 185,50.

O seguro DPVAT, segundo o Detran-CE, contempla cobertura de indenizações em caso de morte (R$ 13.479,48), invalidez permanente (até R$ 13.479,48) e reembolso de despesas médicas e hospitalares (até R$ 2.695,90).

(Com O POVO)