Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Governo promete criar a Delegacia de Crimes Ambientais e Proteção Animal

234 2

O governador Camilo Santana (PT) vai criar a primeira delegacia de crimes ambientais, incluindo também a proteção animal. Foi o que ele informou a Toinha Rocha, coordenadora de Proteção Animal de Fortaleza.

Toinha se diz muito feliz e confiante de que essa delegacia comece a operar ainda no primeiro semestre de 2018.

(Foto – Divulgação)

 

Padarias do Ceará em clima de otimista para festas de fim de ano

Pelo menos 20%, em matéria de crescimento de vendas por conta do período do Natal e Ano Novo, é o que esperam as padarias do Ceará.

Segundo o vice-presidente do Sindicato da Indústria da Panificação e Confeitaria (Sindipan), Lauro Martins, o clima no segmento melhorou e a perspectiva é de Papai Noel de saco bem cheio.

Além do aumento de produtos para o período, as padarias, de acordo com Lauro Martins, investiram muito em serviço e expandiram suas ofertas. A grande maioria disponibiliza para a clientela ceia de natal completa, entre outros atrativos.

O Ceará e a política educacional

Eis manchete no O Globo desta segunda-feira. Refere-se ao estado do Ceará e avanços no plano da educação. A matéria é paga.

Aliás, sobre educação, o governador Camilo Santana (PT) encontra-se nos EUA, mais precisamente em Nova York. Atendendo a convite da Universidade de Yale e da Fundação Lemann, vai expor o mote, nesta terça-feira, num seminário reunindo autoridades de vários países.

(Compilado do Blog Gente de Mídia)

Ceará e a perspectiva de mais investimentos em 2018

Com o título “Novas estações”, eis artigo do secretário do Planejamento e Gestão do Ceará, Maia Júnior, que pode ser conferido no O POVO desta segunda-feira. Ele anuncia novos investimentos no Estado, com a meta de gerar empregos em um cenário menos burocratizado. Confira:

Em uma das suas músicas mais inspiradas, o cearense Belchior dizia ver “vindo no vento o cheiro de nova estação”, mas também falava que, apesar de tudo, tendemos a continuar “vivendo como os nossos pais”. Esse dilema entre o novo e o desapego às tradições parece ser o mote deste início de século. E na administração pública não é tão diferente.

Até dezembro, o Governo do Ceará pretende anunciar medidas cujo objetivo é retomar os níveis de emprego pré-crise econômica 2015/2016. São investimentos focados em setores que respondem rápido em termos de criação de postos de trabalho – a exemplo da construção civil -, pois há a compreensão do que é a dor de uma família que, às vezes, não tem sequer um dos seus membros em atividade.

Além dos investimentos públicos em infraestrutura, outras quatro diretrizes também serão acionadas para tornar o Ceará um ambiente de negócios ainda mais atraente e fomentar a atividade produtiva. Desde ações que simplificam processos burocráticos e legais até iniciativas que melhoram nosso capital humano. Tudo pensado para obter resultados rápidos.

Contudo, o governo também entende que essas medidas não serão suficientes para dar uma estrutura sólida à economia estadual em médio e longo prazos. Por isso, tanto no projeto desenhado para acelerar o emprego e renda até 2018 como na Plataforma Ceará 2050, a administração pública tem dado ênfase à chamada economia do conhecimento.

Uma economia que prescinde da mobilização de grandes recursos físicos e financeiros. Que não está assentada no trabalho humano pesado, na agricultura rudimentar ou em indústrias intensivas em mão de obra, mas, sim, na inovação, na pesquisa e capacitação e no empreendedorismo. A área de serviços – de saúde, logística, entretenimento e turismo, por exemplo – tende a sobressair.

E o Ceará está se posicionando bem nessa busca por um desenvolvimento sustentável relacionado a essa nova economia, pois consolidou nos últimos anos uma rede considerável de escolas profissionalizantes e universidades – e está recebendo “hubs” nos segmentos portuário e aeroportuário, negócios em energia renováveis, em cabos de fibra ótica e investimentos diferenciados na saúde.

Lembrando Belchior, novas estações estão chegando. E é preciso aproveitar essas oportunidades para não repetir o passado. É com esse pensamento que o Governo do Ceará está focando suas ações – sejam aquelas imediatas para revitalizar o emprego, seja no desenho do desenvolvimento para as próximas décadas. Pois, por mais desafiador que seja esse futuro, ele já está batendo na porta.

*Maia Junior

maia.junior@seplag.ce.gov.br
Secretário do Planejamento e Gestão do Ceará.

Em Fleicheiras, desvio improvisado continua substituindo estrada

O tempo passa, o tempo voa e continua difícil o acesso às praias de Flecheiras e Guajiru, ambas em Trairi (Litoral Oeste).

É o caso do açude privado que arrombou a estrada e que fez o Departamento Estadual de Rodovias (DER) anunciar e lançar no mercado uma licitação interminável.

Enquanto isso, haja abalroamentos e carro atolando, vez em quando, na área onde perdura um desvio desde abril último.

Fetrans realiza I Seminário Programa Despoluir de Sustentabilidade & Transportes

O uso responsável da água foi escolhido como foco do I Seminário Programa Despoluir de Sustentabilidade & Transporte 2017 – Gestão Hídrica: Inovação e Tecnologia. O encontro ocorrerá nesta terça-feira, das 8 ás 12 horas, no auditório do Sest/Senat, numa promoção da Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Ceará, Piauí e Maranhão (Fetrans). Na oportunidade, também será apresentado aos participantes as ações sustentáveis desenvolvidas pelas empresas do setor de transporte do Ceará.

O seminário reunirá empresários, gestores, executivos, transportadores, ambientalistas, políticos, estudantes e trabalhadores em transporte para apresentar os avanços tecnológicos na área ambiental e aprofundar os fundamentos técnicos sobre Gestão Hídrica em seus diversos aspectos.

Pesquisa

Para isso, um dos momentos importantes do evento será a apresentação da Pesquisa Sondagem CNT e Manual de Gestão Hídrica pela representante da Confederação Nacional do Transporte (CNT), Monique da Silva dos Santos. Nomes como Águeda Muniz (SEUMA), Ubirajara Patrício (COGERH), Dimas Barreira (Sindiônibus), Mário Albuquerque (Sinterônibus) e Carlos Adller Saraiva Paiva (Cagece) também participarão da discussão.

SERVIÇO

*Sest/Senat Fortaleza – Rua Dona Leopoldina, 1050 – Centro.

Cabo Sabino desautoriza Capitão Wagner e diz que disputará reeleição à Câmara dos Deputados

Há um certo ruído na comunicação entre Capitão Wagner, deputado estadual, e Cabo Sabino, deputado federal, ambos do Partido da República.

Em conversa com o Blog, Wagner admitiu que se não saísse candidato a um cargo majoritário em 2018, iria postular cadeira de deputado federal e que Cabo Sabino, inteirado disso, viria postular vaga no legislativo estadual.

O Blog recebeu, no entanto, nota de Cabo Sabino em que ele reafirma que disputará cadeira de deputado federal ano que vem. Na condição de coordenador da bancada federal cearense, ele diz descartar a possibilidade de concorrer uma cadeira na Assembleia Legislativa.Em nota, destaca que tem sido destacado em sua atuação no Congresso Nacional e listado entre os parlamentares cearense mais atuante em Brasília.

“É preciso avançar no trabalho que temos desenvolvido em Brasília. Nosso mandato tem sido pautado no diálogo com os eleitores e com a minha categoria, na qual foi responsável por me eleger. Temos avançado em temas fundamentais à sociedade, a Segurança Pública é uma delas. Não podemos retroceder”, explica assim Cabo Sabino sua decisão.

(Foto – Facebook)

Trabalhadores de cooperativa do Hospital do Coração voltam a cruzar os braços

Há dois meses com os salários em atraso, trabalhadores do Hospital do Coração paralisaram as atividades, mais uma vez, nesta segunda-feira. Um ato com a presença de dirigentes do Sindsaúde e cerca de 200 profissionais da saúde, entre técnicos de enfermagem, enfermeiros, assistentes sociais, fisioterapeutas, assistentes de transporte e técnicos em radiologia, recebeu o apoio de acompanhantes e familiares de pacientes, que também denunciam a superlotação da unidade e a falta de material para a realização dos atendimentos.

Os trabalhadores com salários atrasados são da Coosaúde, prestadora de serviços do Governo do Estado. A paralisação ocorre por algumas horas, dentro da estratégia de luta da categoria.

Na última quinta-feira, os trabalhadores do Hospital do Coração fizeram outra paralisação, com apoio do Sindsaúde.

Procon Fortaleza dará plantão de olho no Black Friday

247 1

O Procon Fortaleza vai dar plantão especial durante o “Black Friday”, período em que há promessas de redução de preços por parte das empresas. Nesta sexta-feira, uma equipe do órgão estará mobilizada para auxiliar o consumidor a detectar fraudes e ofertas enganosas no comércio eletrônico. O atendimento ocorrerá pela Central 151, no horário comercial, bem como presencialmente, na rua Major Facundo, 869, Centro. De acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), falsas promoções podem resultar em multa de até R$ 11 milhões.

A diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, orienta que o consumidor guarde anúncios e realize “prints” da publicidade realizada antes e durante a black friday. “É muito importante que o consumidor faça sua pesquisa de preços em sites de busca e redes sociais, observando sempre se o site possui endereço físico, telefone para contato e canais on-line para desistência e devolução do produto”. Ela também pede que o consumidor busque informações dos sites e empresas nos órgãos de defesa do consumidor.

Como a black friday também ocorre em lojas físicas, o Procon afirma que, caso o consumidor se depare com falsa oferta, ou seja, o preço praticado pelo lojista seja o mesmo ou maior que antes do período da Black Friday, o artigo 35, do CDC, garante o cumprimento forçado da oferta de menor valor ou ainda a restituição em dobro se já tiver ocorrido o pagamento.

Denúncias

*O Procon lembra que denúncias já podem ser feitas a qualquer momento pelo portal da Prefeitura de Fortaleza (www.fortaleza.ce.gov.br), no campo defesa do consumidor, do catálogo de serviços, ou ainda pela Central de Atendimento 151, no horário comercial.

*Também recebe denúncias pelo aplicativo Procon Fortaleza. Basta baixar no Android: Procon Fortaleza; ou no sistema iOS: http://galeria.fabricadeaplicativos.com.br/procon.fortaleza

(Foto – Paulo MOska)

Fortaleza será sede do VII Congresso Internacional Direito e Sustentabilidade

Vem aí o VII Congresso Internacional Direito e Sustentabilidade. O encontro mundial acontecerá nos dias 30 deste mês de novembro e 1º de dezembro, na sede do Tribunal de Contas do Ceará, em Fortaleza, e já recebe inscrições para apresentação de artigos científicos, informa a assessoria de imprensa do TCE.

Podem submeter trabalhos estudantes de graduação ou pós-graduação (especialização, mestrado ou doutorado), pesquisadores e profissionais. Cada participante poderá enviar dois artigos inéditos, contando, inclusive, os enviados em coautoria. O arquivo dos trabalhos submetidos não deve conter indicação de autoria ou qualquer outra forma de identificação do(s) autor(es).

Os trabalhos científicos deverão conter de 10 a 20 laudas. Os melhores artigos aprovados pela Comissão serão publicados em obra eletrônica temática, editada pelos organizadores do evento.

SERVIÇO

*Os artigos devem estar de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e o envio ocorrer na versão eletrônica para o e-mail direitoesustentabilidadevii@gmail.com

Conselho Estadual de Segurança Pública vai cobrar da SSPDS ações mais eficazes contra a violência

Da Coluna Vertical, do O POVO desta segunda-feira:

O Conselho Estadual da Segurança Pública terá encontro com o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Estado, André Costa. A data: às 9 horas da próxima sexta-feira, na sala da vice-governadoria, no Palácio Iracema.

Diante do aumento dos índices da violência no Ceará, especialmente os crimes de assassinatos – 96% a mais em relação ao mesmo período do ano passado, é hora de cobrar e exigir do titular da SSPDS mais ações de combate à violência. Será momento interessante para que se saiba qual é mesmo o plano de segurança adotado pela pasta.

Como o encontro ocorrerá na vice-governadoria, nada como também cobrar de Izolda Cela, a vice-governadora, os resultados práticos do Pacto Ceará Pacífico, lançado festivamente com o intuito de enfrentar, com ações sociais, a criminalidade.

(Foto – Facebook)

Polícia prende mais dois envolvidos na chacina de centro socioeducativo

A Polícia Civil do Estado dará coletiva, a partir das 9h30min desta segunda-feira, no auditório da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O objetivo é divulga detalhes sobre a captura de outros dois envolvidos na chacina de quatro internos do Centro de Semiliberdade Mártir Francisca.

De acordo com a Polícia, com essas prisões, sobe para três o número de pessoas capturadas pelo delito.

(Foto -Júlio Caesar)

 

Faltou dinheiro para bolsas da Funcap

Por falta de recursos provenientes do Governo do Estado, 750 bolsas de iniciação científica da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap) para dez universidades e instituições de pesquisa do Ceará não foram renovadas. O investimento mensal nas bolsas era de, pelo menos, R$ 300 mil. Pró-reitores das universidades defendem que a interrupção do repasse prejudica o fomento à pesquisa e acarreta retrocessos.

Após o corte de 100% das bolsas da Funcap, houve redução de 17% a 25% na oferta total de bolsas em cada universidade — incluindo as disponibilizadas por outras instituições de apoio científico. No caso da Funcap, as bolsas de iniciação científica eram ofertadas em edital, anualmente. Com duração de 12 meses, o estudantes recebiam R$ 400 por mês.

No caso da Universidade Federal do Ceará (UFC), a suspensão do tradicional repasse da Funcap veio no momento em que a instituição recebe avaliações positivas a níveis nacional e internacional. A UFC recebeu nota máxima na avaliação do Conceito Institucional, feita pelo Ministério da Educação (MEC). Três programas de mestrado e doutorado da UFC atingiram padrão máximo internacional em avaliação de cursos no Brasil.

Para a professora Verônica Teixeira, representante dos coordenadores de pós-graduação no Conselho Universitário de Ensino e Pesquisa (Cepe), a situação é desmotivadora. “A gente passa por esse corte e, de forma irônica, a pós-graduação na UFC vive um momento incrível. A UFC foi avaliada com indicadores incríveis que fazem frente às instituições de regiões historicamente muito beneficiadas. Ao invés de receber um retorno por todo o investimento humano que a gente faz, recebemos um corte”, argumenta.

Verônica relaciona que a redução de investimento na graduação tem “impacto direto” nos programas de mestrado e doutorado. “A iniciação científica é a semente da pós-graduação. Muitos dos estudantes do mestrado e doutorado foram iniciados na graduação. Estamos há pelo menos três meses sem essas bolsas, com uma demanda enorme de projetos de cunho social e científico”, comenta, alertando para a possível mudança de um momento positivo para um “cenário de retrocesso” na academia.

“Tenho receio que esses alunos, ao invés de investir na continuidade da graduação, por falta de incentivo, saiam do Estado ou do País em busca de oportunidades que a gente não está oferecendo”, alerta. Além da UFC, não foram mais beneficiados com o edital de iniciação científica a Universidade Estadual do Ceará (Uece), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), a Universidade de Fortaleza (Unifor), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), a Universidade Regional do Cariri (Urca), a Universidade Federal do Cariri (UFCA), a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) e a Embrapa Sobral.

Sem recursos

De acordo com o presidente da Funcap, Tarcísio Pequeno, a situação “não é normal para a relação da fundação com as universidades”. “A ideia é que a gente possa lançar um novo edital ainda este ano ou no início do ano que vem. Para, em 2018, retomarmos nosso programa de bolsas de iniciação científica. Essa é a ideia, a perspectiva. Não tenho algo concreto, uma garantia absoluta. Temos entendimento com instâncias do Governo do Estado. Não é da política do Estado, foi uma dificuldade ocasional”, reconhece.

Ele explica que, em agosto do ano passado, foram contratadas 750 bolsas de iniciação científica por um período de um ano, que terminou em agosto último. “O ano se cumpriu. Mas nós não tivemos recursos para lançar novo edital que permitisse a continuidade do programa, por causa da escassez de fluxo de caixa, de recursos do Estado”, destaca. Conforme Tarcísio, a Funcap possui o programa praticamente desde que foi fundada. Ele frisa que as bolsas de iniciação científica são muito importantes porque visam capturar, o mais cedo possível, o potencial de alunos para a pesquisa. (Ana Rute Ramires)

(O POVO – Repórter Ana Rute Ramires)

Eita, panfletinho invocado!!

Sobre a postagem em que o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PDT) aparece lendo panfleto “Juntos por Fortaleza”, de cabeça pra baixo, durante ato no Palácio da Abolição, sexta-feira última, uma correção. É assim mesmo a peça.

Por questão de justiça, fazemos a correção e pedimos desculpas ao presidente da AL pela imprecisão.

Veja como é o panfleto:

 

No dia de festa alvinegra, quase que a imprensa é mandada para o chuveiro à força

No desembarque festivo do time do Ceará, cenas de ameaça a setores da imprensa. O jornalista Wagner Mendes, do O POVO, comenta este assunto. Confira:

Nunca é fácil transmitir uma informação correta e de qualidade ao leitor. Requer profissionalismo, paciência e muita boa vontade do repórter e/ou do órgão, do clube, do governo, da instituição — que são a fonte da notícia. É um trabalho mútuo. Quando uma das partes não cumpre seu papel, dificilmente a entrega do produto final se dá como deveria. Em tempos de extremismos, a proteção física do repórter, seja em qual cobertura for, deve ser prioridade. O que exige organização.

A chegada dos jogadores do Ceará ao antigo aeroporto na tarde de ontem é exemplo de quando um dos lados não cumpre seu papel. Com críticas à imprensa, torcedores chegaram a ameaçar o repórter do canal Esporte Interativo, Lucas Catrib. Portadores da notícia cearense não puderam entrar nas dependências do aeroporto para se resguardar fisicamente em um momento de grande tensão. Em meio ao calor das emoções, aliada a goles de bebidas alcoólicas, parte da torcida alvinegra cantava em coro gritos de guerra contra profissionais da imprensa.

Misturados aos torcedores, e inibidos pelo que poderia acontecer, jornalistas tentaram, em vão, dialogar com a diretoria do clube. Quarenta minutos de peleja depois, uma escolta policial evitou que o pior acontecesse. Muito depois da confusão presenciada ontem, ainda não se sabe se o ocorrido foi por problemas de comunicação do Ceará, amadorismo ou intencional — o que seria grave.

Apesar de ser um problema, o comportamento hostil da torcida não é o principal questionamento. O esperado por jornalistas, fotógrafos e cinegrafistas era um amparo profissional do clube. Por sorte, a notícia da edição de hoje não narrou um episódio que não estava no script de um dia de alegria para o futebol cearense.

*Wagner Mendes,

Jornalista do O POVO.

(Foto – Evilázio Bezerra)

Nação alvinegra acompanha desembarque do Vozão

Milhares de torcedores acompanham neste momento o desembarque do elenco do Ceará, que nesse sábado (18) conquistou o acesso à Série A do próximo ano. Desde cedo, já era grande o congestionamento no bairro Vila União, nas proximidades do antigo aeroporto. Por medida de segurança, a Infraero solicitou que o desembarque não fosse feito pelo Pinto Martins.

Mais cedo, torcedores promoveram uma carreata pelas ruas de Fortaleza para comemorar o acesso.

Feliz com o alvinegro na primeira divisão, Robinson de Castro quer agora presidir o CRC

Embalado pela conquista de ter levado o Ceará Sporting Club para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro, Robinson de Castro e Silva, presidente alvinegro, reforçou outra luta.]

Na tevê, ele aparece apregoando mudança e renovação como candidato a presidente do Conselho Regional de Contabilidade. O adversário dele é Francisco Coutinho.

O pleito ocorrerá nesta terça e quarta-feira.