Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

E por falar em retorno social de investimentos…

Com o título “Retorno social do investimento”, eis artigo de Haroldo Rodrigues Júnior, sócio e fundador da Investidora de Impacto in3citi. Ele comenta tema do momento que, sem dúvidas, precisa ser replicado nestes tempos de negócios politicamente ajustados ao custo social. Confira:

As nossas ações diárias criam e destroem valores; elas transformam o mundo ao nosso redor. Impactos são criados. Porém, podem ir muito além daquilo que pode ser capturado em termos financeiros, até porque, em grande parte, é esse o único valor que é mensurado e contabilizado. Como resultado, valores que podem ser comprados e vendidos adquirem maior significado e muitas outras dimensões importantes ficam de fora. Decisões tomadas com foco no impacto financeiro são frágeis, é essa a trajetória dos investimentos no Brasil.

Portanto, é imperioso a definição de valor para as mudanças causadas por um investimento. Empresas com propósito, como as empresas B, redefinem o significado do sucesso empresarial por meio do valor social sobre o investimento financeiro.

O Retorno Social do Investimento – SROI, mensura e contabiliza este conceito de valor muito mais amplo, pois busca reduzir a desigualdade e a degradação ambiental e melhorar o bem-estar ao incorporar custos e benefícios sociais, ambientais e econômicos.

O SROI mede mudanças que são relevantes às pessoas ou às que experimentam essas mudanças ou que contribuem para elas.

O SROI conta a história de como as mudanças estão sendo criadas ao medir os resultados sociais, ambientais e econômicos e utiliza valores monetários para representá-los. Isso permite que uma proporção entre custos e benefícios seja calculada. Por exemplo, a proporção 3:1 indica que um investimento de R,00 resulta em R,00 de valor social.

Assim, pergunte-se: qual o retorno social dos investimentos na coleta seletiva e reciclagem de resíduos sólidos no seu território? Quais os indicadores de mudanças pactuados com você? Percebem-se mudanças na valorização do seu ambiente urbano? Houve desobstrução das redes de macro e microdrenagem? Houve inclusão social? É essa a grande transformação que os investimentos sociais geram na sociedade, é esse o propósito das empresas que têm os negócios de impacto em seu DNA.

*Haroldo Rodrigues Jr.

haroldo@in3citi.com

Sócio Fundador da Investidora de Impacto in3citi.

MPF obtém decisão que permite ressarcimento de R$ 97 milhões em multas aplicadas pela AMC

2547 1

A Justiça Federal do Ceará determinou que a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) apresente documentos que demonstrem os nomes de todos os cidadãos e valores pagos por eles em razão de multas aplicadas indevidamente nos anos de 2003 e 2004. As multas foram anuladas a pedido do Ministério Público Federal do Estado. Somadas, representaram arrecadação de R$ 97 milhões. Na decisão, de março deste ano, há também determinação para que a autarquia repasse aproximadamente R$ 4,9 milhões devidos ao Fundo de Segurança e Educação no Trânsito (Funset). O valor corresponde a 5% do que foi arrecadado com a aplicação de multas que foram anuladas após o questionamento feito em ação civil pública por improbidade administrativa movida pelo MPF.

A apresentação dos nomes dos cidadãos e do valor das multas, como destaca o procurador da República Oscar Costa Filho, vai permitir que as pessoas possam pedir administrativamente ou judicialmente o ressarcimento. A informação é da assessoria de imprensa do MPF do Ceará.

O MPF ingressou, em 2005, com ação de improbidade administrativa em função de irregularidades cometidas pela AMC em 2003 e 2004. Além aplicar multas indevidamente, a autarquia deixou de fazer repasses obrigatórios ao Funset. “A fiscalização do trânsito é extremamente necessária, e as estatísticas demonstram que os acidentes estão diminuindo, mas não podemos fazer isso desrespeitando os direitos constitucionalmente garantidos”, ressalta Costa Filho.

O cumprimento da sentença judicial foi debatido em audiência pública realizada nesta sexta-feira, 11 de maio, entre o procurador e representantes da AMC. Durante a audiência, o superintendente da AMC, Francisco Arcelino Araújo Lima, sinalizou com a intenção de buscar o parcelamento dos R$ 4,8 milhões que a instituição deve ao Funset.

Nomes de agentes

O procurador da República e os representantes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania conversaram ainda sobre o andamento de dois outros procedimentos que tramitam no Ministério Público Federal. Eles acordaram um prazo de 30 dias para a divulgação de nomes e matrículas de agentes de trânsito no site do órgão municipal na internet. A publicização das informações está prevista em resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Resolução Contran nº 709) e o cumprimento da norma no Ceará vem sendo acompanhado por Costa Filho. Em 45 dias, será disponibilizado levantamento com o quantitativo de multas aplicadas por agente.

(Foto – Jarbas Oliveira)

O PT de José Pimentel não desistiu da vaga de senador

593 2

José Pimentel (PT) não desistiu do desejo de postular reeleição ao Senado, o que já chegou aos ouvidos do governador Camilo Santana. Principalmente depois que Cid Gomes (PDT) virou alvo de denúncias da JBS.

Algumas alas do PT, inclusive, vão se reunir nesta noite de sexta-feira, na sede do partido, para tratar de eleições, tendo um ponto de pauta que considera fundamental: lutar pela vaga de senador que ocupa no momento.

(Foto – Agência Senado)

Presidente do Instituto Cearense de Endocrinologia ganhará a Medalha Boticário Ferreira

O médico endocrinologista Renan Montenegro, fundador e presidente do Instituto Cearense de Endocrinologia (ICE), instituição ligada ao Hospital Universitário Walter Cantídio da UFC, é o mais novo agraciado com a Medalha Boticário Ferreira. A solenidade de entrega da comenda ocorrerá no próximo dia 16, às 19 horas, no plenário da Câmara Municipal de Fortaleza. O requerimento é de autoria do vereador Luís Gadelha.

Renan Magalhães Montenegro é graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC), com Residência Médica em Endocrinologia e Metabologia pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Tem Doutorado em Farmacologia também pela UFC e atua em pesquisa, principalmente nos seguintes temas: Neuroendocrinologia, em especial Acromegalia e Tumores Neuroendócrinos e Distúrbios da Tireoide.

É professor da UFC e médico do ambulatório de Endocrinologia do Hospital Universitário.

O Céu de Maio – Tá bonito pra chover

457 3

Com o título “O céu de maio”, eis artigo da jornalista Domitila Andrade, que pode ser conferido também no O POVO desta sexta-feira. Ela revisita sua infância, seu torrão e os carinhos de mãe em clima chuvoso, do jeitinho que está se vendo no Interior cearense. Confira:

Quando descia a Chapada do Apodi, vindo do Tomé em direção a sede de Limoeiro do Norte, a imensidão sertaneja era de falhar o ar do pulmões. Era um mergulho e as cores iam se misturando. O alaranjado dos paredões de rocha, o verde esmaecido da caatinga, e o céu. Fecho os olhos e revejo aquele firmamento: lilases, azuis, vermelhos, rosas… Se não há como o luar daquelas paragens, para mim é o lusco-fusco que me enamora.

Trazendo um sertão dentro do peito, moro em Fortaleza há 13 anos e ainda tenho fixação naquele céu, que não se replica com facilidade nas bandas de cá. O céu daqui é feito de outras tintas, acho. Lindas, mas o mar empresta tons outros para a abóbada. Anos atrás, tomava um café em um recanto simples do José Bonifácio e fui tomada pelo meu céu. Me senti descendo de novo a Chapada, quase senti o cheiro da tapioca de minha mãe. Era maio. Desde então, anseio por todos os maios e os céus sertanejos que vêm visitar Fortaleza.

Sei que não reparo sozinha. Tanto que dá o quinto mês e as timelines se enchem do firmamento nuançado. Mais que o entardecer da Praia de Iracema, em maio toda Cidade é cenário. Subindo e descendo os viadutos de dentro dos carros na BR; das janelas do Benfica; refletido pelas faces espelhadas dos prédios do Meireles; dividindo espaço com o Castelão. De gente conhecida ou desconhecida, nativos da Capital, ou das minha brenhas que vieram fazer a vida aqui, vejo as fotografias e agradeço. É feito um acalanto.

Este ano, maio já vai contando onze dias e anda branco. Toda noite, a Cidade toma banho, e os dias seguem pálidos. Vinha sentindo o coração amiudar da possibilidade de não reencontrar meu pedaço de sertão na paleta do céu. Mas me atinei: e se este ano, em meio a trégua de seca, os céus fizeram o caminho inverso? E se o céu carregadinho de chuva daqui foi passear pela caatinga também? Assim, fiz as pazes com o céu e com maio. É esperança derradeira e é também prece. Agora, anseio por junho.

*Domitila Andrade

domitila@opovo.com.br

Jornalista do O POVO

Escritora Marcia Tiburi dará palestra em Fortaleza sobre democracia e fascismo

Marcia Tiburi, escritora, artista plástica e professora de Filosofia, dará palestra, às 18h30min, no auditório do IFCE (Benfica), no próximo dia 16. Ela falará sobre “Democracia e Fascismo – Desafios e Perspectivas para o Brasil”, num encontro promovido pelo Conselho Regional de Serviço Social da 3ª Região/CE, Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce) e o Sindicato dos Servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (SINDSIFCE).

Nessa ocasião, será lançada a IX Marcha dos Servidores Municipais do Ceará, que, neste ano, leva o tema “Em defesa da democracia e dos serviços públicos frente à criminalização dos que lutam”.

Pró-Lula

Marcia se juntou ao grupo de intelectuais brasileiros que têm repudiado a prisão do ex-presidente Lula, encarcerado desde o dia 7 de abril, em Curitiba (PR). Autora de obras como “Como conversar com um fascista” e “Ridículo Político – Uma investigação sobre o risível, a manipulação da imagem e o esteticamente correto”, a filosofa disseca os personagens e as manifestações contemporâneas. Nos livros, faz reflexões sobre o cotidiano autoritário brasileiro, com o crescimento do discurso fascista, e expõe a cadeia de fenômenos que, na sua visão, colocam a democracia em risco.

Coren-CE promove a Caminhada da Enfermagem

Neste sábado (12), data em que é celebrado o Dia Mundial do Enfermeiro, a Avenida Beira Mar, em Fortaleza, será o local de uma caminhada dos profissionais e estudantes de Enfermagem. O grupo realizará a IV Caminhada da Enfermagem Cearense, sob a coordenação do Conselho Regional de Enfermagem do Ceará (Coren-CE). A concentração ocorrerá a partir das 8 horas, em frente ao espigão da Avenida Rui Barbosa.

Segundo a presidente do Coren-CE, Ana Paula Brandão, mais que comemorar a data, o evento será também uma oportunidade de apresentar para a sociedade a importância da profissão, dentro da política de Saúde pública e privada. “Ainda há muito desconhecimento a cerca das competências da enfermagem e das questões enfrentadas pelos profissionais diariamente. A caminhada é uma oportunidade de apresentarmos aos cidadãos, que são nossos pacientes, as questões que nos afligem quanto profissionais, como a regulamentação da jornada de trabalho, do piso salarial e tantas outras questões.

Com o tema “Enfermagem, uma voz para liderar – A saúde é um direito humano” a Caminhada da Enfermagem Cearense irá percorrer 2,7km da Avenida Beira Mar até o Parque Bisão, nas imediações da estátua de Iracema do Mucuripe, onde acontecerá a dispersão.

(Foto – Coren/CE)

 

TJCE entrega Medalha Clóvis Beviláqua a quatro personalidades

348 1

A Irmã Conceição, que comanda o Lar Amigos de Jesus – de crianças em tratamento do câncer, está entre personalidades que receberão, nesta sexta-feira, a Medalha do Mérito do Judiciário. O ato ocorrerá a partir das 16 horas, no auditório do Pleno do Tribunal de Justiça do Ceará.

A Medalha do Mérito Judiciário Clóvis Beviláqua é a mais alta honraria do TJCE e será entregue também, neste mesmo ato, ao governador Camilo Santana (PT), ao servidor do Judiciário José Ferreira dos Santos e ao pesquisador e jornalista Miguel Ângelo de Azevedo, o Nirez.

DETALHE – Essa medalha é concedida a cada dois anos a personalidades que contribuíram para o trabalho da Justiça cearense.

(Foto – UFC)

Camilo evita falar do general e volta a sinalizar para aliança com Eunício

O governador Camilo Santana (PT) falou pela primeira vez, nessa quinta-feira, sobre a possibilidade de o PSDB lançar o general Guilherme Theóphilo como candidato de oposição ao Governo do Estado. Questionado sobre o perfil do provável adversário e a ênfase da campanha em segurança pública, o governador evitou se prolongar e disse apenas: “Posso dizer que eu vou trabalhar muito”.

De família cearense, nascido no Rio de Janeiro e com atuação em vários estados, o general da reserva é a aposta da vez da oposição para a eleição estadual. Nessa mesma quinta-feira, o militar recebeu sinalização de apoio do Capitão Wagner (Pros).

General Theóphilo está na disputa.

Sobre a perspectiva de aliança com o senador Eunício Oliveira (MDB), Camilo destacou que a parceria, até agora, está restrita a questões institucionais, sem envolver entendimento eleitoral. “A construção com o Eunício tem sido, desde o início, uma parceria administrativa. Ele tem ajudado muito o Ceará, é um parceiro para abrir as portas para trazer recursos pro Estado”.

Camilo aponta , no entanto, para a perspectiva de a parceria se estender à eleição. “É natural que isso se transforme em uma parceria política. Nós temos prazo até o fim de julho para as convenções, mas a parceria com ele tem sido muito positiva para o bem do Ceará e para que o povo possa ter mais qualidade de vida”.

(O POVO Online/Fotos – Divulgação e Elisa Maia)

Ciro Gomes – Um olho no peixe e outro no gato

400 1

Com o título “Ciro e a habilidade para o jogo político”, eis artigo da jornalista Lucinthya Gomes, editora de Política do O POVO. Ela comenta as costuras eleitorais que o presidenciável pedetista tenta fechar de olho nas urnas. Confira:

Se o temperamento de Ciro Gomes (PDT) sempre foi um risco às suas pretensões eleitorais, a habilidade para o jogo político é inegável. Desde o início do ano, quando a movimentação pela pré-candidatura se intensificou, o pedetista tem mantido um olho no peixe e o outro no gato.

Lamentou e prestou solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, quando foi decretada a prisão dele, mas não tem poupado críticas ao PT. Busca herdar os votos do petista, preso há pouco mais de um mês, mas não abre mão do espaço que pode ocupar entre os eleitores anti-Lulistas. Mira o público que vota à esquerda ao mesmo tempo em que flerta com o mercado financeiro. Demarca território no Nordeste e articula para vice um nome ligado ao Sudeste. Tenta se aliar ao PP e também ao PSB e ao PCdoB.

Com todas as incertezas em torno da candidatura de Lula, Ciro tem se mostrado o nome de centro-esquerda com melhor rendimento nas pesquisas de intenção de voto e maior capacidade de articulação para formar alianças. Há quem diga que, hoje, ele tenta se construir como o nome mais próximo do perfil conciliador que tinha Lula, quando eleito em 2002. Resta saber se a ambiguidade do jogo será o bastante para levá-lo ao segundo turno e aglutinar apoio das demais lideranças de esquerda.

*Lucinthya Gomes,

lucinthya@opovo.com.br

Editora de Política.

Arquidiocese de Fortaleza comemora o 52º Dia Mundial das Comunicações

A Arquidiocese de Fortaleza vai comemorar neste sábado o 52º Dia Mundial das Comunicações (13 de Maio), que tem como tema para reflexões “A verdade vos tornará livres” e como o lema “Fake news e jornalismo de paz”.

A celebração, sob a coordenação da Pastoral de Comunicação, ocorrerá em três momentos:

– Das 9 às 12 horas, a jornalista e mestra Andrea Pinheiro falará sobre o tema da mensagem do papa, na Paulinas Livraria (Centro);

– A partir das 14 horas, na Paróquia Jesus, Maria, José (Bairro Antônio Bezerra) falarão sobre o tema as jornalistas Aline Herculano, Romana Melo e Evelane Barros;

– Às 17 horas, no Santuário Nossa Senhora de Fátima, haverá a santa missa para os comunicadores. São convidados a participar todos os profissionais de comunicação e os membros da Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de Fortaleza.

As trincheiras eleitorais do general tucano

O presidente estadual do PSDB, Francini Guedes, anda dizendo que o general Guilherme Theóphilo ainda é um nome em avaliação para o Governo. Já o vice-presidente estadual da legenda, deputado federal Raimundo Gomes, afirma o contrário: “O general será o candidato!”

Pelo visto, o parlamentar tem razão, pois o general até vem recebendo adesões como a do PR do Capitão Wagner. O PSD e o Solidariedade ainda não se manifestaram abertamente sobre essa indicação tucana.

(Foto – Alex Gomes)

 

PSC reafirma apoio à reeleição de Camilo Santana

De volta de Brasília, após reuniões com a cúpula nacional do PSC, a empresária Nicolle Barbosa, que preside a sigla no Ceará. Ali, expôs a situação do partido no Estado e a disposição de eleger um deputado federal, pelo menos.

Nicolle, que está como pré-candidata à Câmara, reafirmou também ali a disposição do PSC de apoiar a reeleição do governador Camilo Santana (PT).

O Pastor Everaldo, dirigente nacional, não colocou obstáculos.

(Foto – Divulgação)

E por falar em sucessão governamental…

Com o título “A cinco meses das urnas”, eis o Editorial do O POVO desta sexta-feira. Aborda as pré-candidaturas já expostas na rua e de olho no voto do eleitorado cearense. Confira:

Contados de hoje, serão agora 149 dias pela frente até a votação de 7 de outubro, data do primeiro turno das Eleições 2018. Arredondando a contagem, cinco meses de expectativa, incertezas, acirramentos, movimentações intensas – as públicas e, principalmente, as de bastidores.

A disputa nacional puxou os debates até então. Agora, na ambiência local, as pré-candidaturas no Ceará já se põem ao teste das ruas. Passaram a se expor, tentar aparições que possam render apoios, além de apenas a agenda de encontros reservados nos gabinetes. O eleitor começa a (re)conhecer quais serão os concorrentes ao Palácio da Abolição.

O governador Camilo Santana (PT), que disputa a reeleição, parece ter a certeza de dois de seus adversários: o general da reserva Guilherme Teophilo (PSDB), novato em disputas, e o bancário Ailton Lopes (Psol), experiente de outras urnas. A trinca, até o momento, é a mais significativa que se apresenta para tentar o governo estadual.

O governador tem um hub aéreo e bons números na educação a seu favor, mas dados da segurança pública são um severo contraponto. O general banca o discurso da oposição, de discordância da condução administrativa atual, mas se mostra desembarcando de paraquedas no meio da fauna política de tantas matizes e pelagens. E o bancário reforça sua fala pela luta de classes e por garantia de direitos individuais, mas sem experiências administrativas vindas de seu partido.

Além de possíveis virtudes, Camilo, Teophilo e Ailton, cada um terá um senão e algo mais a comprovar ou esclarecer. Na corrida de bastidor, as composições partidárias tentam acertar possíveis vices que agreguem algum valor às chapas majoritárias. E também definir candidatos ao parlamento que puxem votos. Daqui a cinco meses escolheremos presidente da República, governador, dois senadores, 22 deputados federais e 46 estaduais. Pelo cenário atual, deveremos ir a um segundo turno. Por enquanto, as pesquisas confirmam isso em nível nacional. Por enquanto, não há consulta simulada em nível estadual. Oficialmente, há R$ 2,5 bilhões para serem gastos pelos partidos políticos.

Será a primeira disputa com fundo público para financiamento de campanhas, que repassará R$ 1,7 bilhão. As legendas terão mais R$ 888 milhões, liberados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), oriundos de dotação da União.

Serão dias agitados, estes até outubro. Dois anos atrás, quando Michel Temer assumiu a presidência no afastamento de Dilma Rousseff, já se imaginava que estas eleições de 2018 seriam assim. De extremismos, desconfianças e um pleito em que tudo do nacional interfere no local e vice-versa. Agora os candidatos vão gastar sola de sapato e saber do que precisarão mudar. Como candidatos e como gestores.

Prefeitura de Sobral fecha parceria com Instituto Ayrton Senna

O prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT), vai assinar, às 10 horas desta sexta-feira, um termo de cooperação com o Instituto Ayrton Senna para inclusão das competências socioemocionais nas escolas da rede municipal.

A cerimônia reunirá diretores, coordenadores, professores, estudantes, técnicos da Secretaria e comunidade, no auditório do Colégio Sobralense de Tempo Integral Maria Dias Ibiapina localizado, no Bairro Cohab III.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de Sobral, ja foram realizadas várias ações para inserção das competências socioemocionais nas escolas. Um diagnóstico com os estudantes do 5º ao 9º ano do ensino fundamental, consta nessa parceria.

Roberto Cláudio e Camilo vão entregar a UPA do Dendê

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) vai inaugurar, no próximo dia 30, a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Dendê, que fica em área por trás da Unifor. Será a sexta unidade municipal de Fortaleza que, antes de RC, não tinha nenhuma sob gestão da Prefeitura.

Com a sexta UPA, a Capital cearense, que tem outras seis unidades sob gestão do Governo do Estado, totaliza 12 UPAS, passando a ter a maior média nacional de leitos de unidades do gênero por habitantes, informa a secretária municipal da Saúde, Joana Maciel. Hoje, cada unidade atende diariamente, em média, 450 pessoas, no regime de 24 horas, sete dias por semana. Ela faz questão de destacar que remédios da cesta básica do SUS também não faltam mais na rede.

O prefeito deverá entregar essa UPA do Dendê ao lado do governador Camilo Santana dentro de uma agenda, claro, também com peso eleitoral. Hoje, às 9 horas, até requalificação de praças vai ter ordem de serviço assinada pelos dois.

Assembleia Legislativa vai debater corte na jornada de trabalho dos professores de Icó

Atendendo a um requerimento do primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, Audic Mota (PSB), a Comissão de Educação da Casa fará uma audiência pública e um estudo sobre a legalidade e impacto de decisão da Prefeitura de Icó que cortou a carga horária de cerca de 400 professores municipais. O encontro será realizado com o objetivo de apurar a real situação do setor de ensino nesse município.

A Prefeitura de Icó, segundo os docentes, aplicou uma medida que corta pela metade a atual carga horária, o que interfere diretamente na redução da remuneração e devidas gratificações percebidas pela categoria.

“O direito à Educação é basilar, assegurado pelo Estado e previsto na Constituição. Essa medida tomada pelo município, além de causar prejuízo à classe dos professores, afeta de maneira negativa os alunos da rede pública, com danos aos rendimentos escolares, em virtude da diminuição da carga didática.”, justificou Audic Mota.

Benjamin Steinbruch pode ser o vice de Ciro Gomes

Dono do grupo Vicunha Têxtil e da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) e um dos homens mais ricos do país, o empresário Benjamin Steinbruch se filiou ao Partido Progressistas. O gesto se coloca como um aceno ao pré-candidato à presidência Ciro Gomes (PDT): Steinbruch deixa seu nome para compor uma possível chapa com o político cearense. A ficha partidária de filiação do empresário foi assinada em 4 de abril, três dias antes do final do prazo para formalizações de candidatura com vistas à eleição de 2018.
“A avaliação no PDT é de que o empresário, de 64 anos, se encaixa no perfil que Ciro procura para vice.

Em entrevista ao Estadão publicada em 27 de abril, o presidenciável disse que procurava um vice “da produção, ligado ao Sudeste”. “Steinbruch tem de candidato o que a gente quer como vice. Se o PP quiser, será uma segunda etapa de negociações”, afirmou o presidente nacional do PDT, Carlos Luppi.

“Ele (Steinbruch) é nosso amigo, estamos com ele praticamente toda semana”, disse o ex-ministro Cid Gomes (PDT), irmão de Ciro e um dos coordenadores da campanha do pedetista. Cid afirmou que a questão da vice-presidência ainda não está fechada, mas fez questão de ressaltar que Steinbruch seria um “excelente” nome para compor a chapa com Ciro. “Cada coisa ao seu tempo.”

(Site BR 247)

Policiais civis são inocentados de sequestro e extorsão de traficante

Em nota enviada ao Blog, o vereador de Fortaleza e policial civil Julierme Sena destaca a decisão do juiz da 3ª Vara Criminal, Ricardo Emídio de Aquino Nogueira, sobre denúncia do Ministério Público contra quatro policiais civis. Confira:

Em 2017, os colegas policiais civis José Rodrigues Alves Neto, Marcelo Vieira Lima de Aguiar, Antônio Flaviano de Araújo e Paulo Sérgio Vieira Noronha tiveram seus nomes divulgados em toda a imprensa local, através de uma nota enviada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), devido uma suspeita de sequestrar e extorquir o traficante condenado, Felipe Pereira Silva.

A denúncia contra os policiais, se baseia unicamente através de uma interceptação telefônica, considerada ilícita pelo Superior Tribunal de Justiça que anulou as provas do Ministério Público, por extrair informações dos aparelhos telefônicos sem autorização judicial. Assim, como aconteceu com o delegado Romério Almeida, afastado do seu cargo, devido uma suspeita baseada numa ligação telefônica de um preso com um advogado.

Vejam só, os condenados são tratados como vítimas, enquanto os policiais civis foram tratados como bandidos. Uma total e grave inversão de valores é patrocinada pela Controladoria Geral de Disciplina, com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e o Núcleo de Investigação Criminal (Nuinc), do MPCE.

Estes policiais foram submetidos ao constrangimento de terem seus nomes, apelidos e até locais de trabalho, divulgados numa operação que só tinha suspeitas.

Mas, a justiça foi feita. E, nesta semana, o juiz da 3ª Vara Criminal, Ricardo Emídio de Aquino Nogueira, emitiu uma decisão que inocentou os quatro policiais civis e determinou o imediato retorno às suas atividades e a devolução de tudo que foi apreendido.

Anos dedicados à profissão são jogados no lixo, quando acusações oriundas de infratores sem qualquer credibilidade são expostas por órgãos como o Ministério Público e a Controladoria. Tornou-se habitual afastar profissionais de segurança pública de suas atividades e expor seus nomes quando se tem apenas suspeitas, e provas frágeis e questionáveis.

O mínimo que esperamos agora é que o Ministério Público faça uma nota se retratando, assim como foi feito na época da operação que culminou com o cumprimento de buscas, apreensões e afastamentos dos policiais.

Para finalizar, deixo aqui algumas questões para que todos possam refletir: E todo o constrangimento que estes profissionais foram submetidos? Será que esta decisão que inocenta os policiais terá a mesma repercussão? A quem interessa esse excesso na exposição dos profissionais de segurança pública?

*Julierme Sena

Vereador de Fortaleza e Policial Civil.

Greve dos professores da rede municipal de Fortaleza chega ao fim

Representantes dos professores, setor jurídico da Secretaria da Educação de Fortaleza e da Câmara Municipal deram um fim à greve da categoria, que já superava os 20 dias. Foi durante reunião, nessa quinta-feira, 10, quando saiu acordo em torno de um calendário de atendimento às reivindicações dos grevistas.

A paralisação durou, mais precisamente, 22 dias, mesmo com decreto de ilegalidade da Justiça. No acordo, porém, a Prefeitura aceitou não executar a multa de R$ 10 mil por dia de greve, o que custaria R$ 200 mil aos cofres do sindicato (contabilizando desde o decreto, no último dia 20).

Gardênia Baima, da direção do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação do Ceará (Sindiute), considera que a greve atingiu os objetivos da classe. “Demos um largo passo. Greve é instrumento de mobilização que foi preservado e reconhecido. Foi importante a resistência da categoria, a qual sai fortalecida”, completa.

De acordo com Gardênia, a greve foi suspensa com calendário de mobilização e nesta sexta-feira, 11, reunião entre representantes do comando de greve com o prefeito Roberto Cláudio (PDT) deve formalizar o acordo.

Ganhos

Os grevistas pediam melhorias na infraestrutura nas escolas, reajuste salarial compatível com a lei do piso dos docentes e o pagamento das pecúnias, remuneração relativa a licenças anuais, dentre outras questões. Além das conquistas dos professores, assistentes da Educação Infantil (profissionais das creches municipais) também serão beneficiados.

Do reajuste de 6,81%, além da inflação, foi pago 2,95%. O restante será pago em duas parcelas de aproximadamente 1,9% no segundo semestre. Outros pontos foram a readaptação funcional a professores com problemas de saúde e aceleração da regulamentação da lei que garante redução de 50% na jornada de profissionais que têm filhos com necessidades especiais.

Quanto às pecúnias, serão três lotes ainda em 2018: junho, agosto e setembro, com retomada dos pagamentos em janeiro de 2019. Por fim, foi acordado que nenhum grevista será punido, assim como será elaborado calendário de reposição das horas/aula que os estudantes não tiveram desde o dia 18.

“A Prefeitura negociou com a categoria ainda em greve. É reconhecimento da nossa luta. Tivemos autonomia para debates, incluindo pais e alunos”, finalizou Gardênia.

Prefeitura

A Secretaria Municipal da Educação (SME) confirmou que, na manhã desta quinta, recebeu a diretoria do Sindiute e apresentou como proposta à categoria reajuste de 6,81% no piso salarial dividido em três parcelas, garantindo a integralidade do Piso no 13º salário, extensivo aos assistentes da Educação Infantil.

A proposta também contemplou o pagamento de cinco parcelas das pecúnias em 2018 (duas já pagas e três que serão pagas em junho, agosto e setembro), além de acordo de anistia da greve, com elaboração de calendário de reposição, dentre outras reivindicações.

(Com O POVO Online – Repórter Lucas Braga)