Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Luizianne Lins: PT não vai abrir mão da vaga de senador

194 2

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quarta-feira:

Em contato com esta Vertical, a deputada federal Luizianne Lins (PT) rebate o chefe da Casa Civil do Governo, Nelson Martins (PT), que tirou seu nome do páreo pela segunda vaga de senador – a primeira é de Cid Gomes (PDT) -, como forma de ampliar o raio de apoios à reeleição de Camilo Santana (PT). Nelson não é a favor da reeleição do senador José Pimentel.

A petista, no entanto, informa que o partido “não vai abrir mão da vaga” porque a executiva nacional decidiu que, onde conta com senador, deve briga para manter o espaço.

Lembrada de que o PT já conta com o cargo de governador, ela insistiu: “Vamos ampliar apoio a Camilo, mantendo a vaga de senador”. Destacou que a posição de vice na chapa também seria para negociar, deixando claro que sua posição é a mesma de José Guimarães. “Se o Nelson não é mais candidato, temos o José Pimentel, o Guimarães e eu”, concluiu Luizianne.

Polícia Federal deflagra operação contra fraudes ao Enem e concursos no Ceará, Paraíba e Piauí

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal realizam, nesta manhã de quarta-feira, a Operação Adinamia . O objetivo, segundo a assessoria de imprensa da Superintendência estadual da PF, é  desarticular organização criminosa que promove fraudes em concursos públicos e processos seletivos para ingresso no ensino superior, por meio do ENEM (2016/2017) no Ceará e em outros estados.

Estão sendo cumpridos 36 mandados, sendo 21 de busca e apreensão, quatro de prisão preventiva e 11 de condução coercitiva, no Ceará (Fortaleza, Juazeiro, Barbalha, Mauriti, Abaiara e Lavras da Mangabeira), Paraíba (São José de Piranhas e Cajazeiras) e no Piauí (Teresina).

Cerca de 90 policiais federais participam da Operação Adinamia, visando à coleta de provas dos delitos cometidos, quais sejam: fraudes a processo seletivo e concursos públicos, organização criminosa e lavagem de dinheiro, crimes, cujas penas preveem prisão de 1 a 4 anos, 3 a 8 anos e 3 a 10 anos de prisão, respectivamente, e multas.

Fraudes

De acordo com a assessoria de imprensa da PF, as formas da fraude consistem na violação antecipada de lacres para acesso às provas do ENEM e concursos e/ou utilização de candidato piloto e de ponto eletrônico, com a transmissão dos gabaritos. O curso de medicina é o principal alvo das fraudes e também o mais caro, sendo pago em torno de R$ 90 mil, por vaga, sendo metade do valor pago antes do certame e metade depois de garantida a vaga.

Esse tipo de fraude tem uma repercussão social de longo alcance, para além da questão criminal, por frustrar o esforço de candidatos honestos que estudam e buscam legitimamente o acesso aos cursos de nível superior e cargos públicos.

DETALHE – A Polícia Federal dará coletiva à imprensa às 14 horas desta quarta-feira, na sede da Delegacia de Policia Federal em Juazeiro do Norte.

Tasso Jereissati oficializará nesta quarta-feira sua candidatura a presidente nacional do PSDB

O senador Tasso Jereissati vai oficializar, nesta manhã de quarta-feira, em Brasília, sua candidatura à presidência nacional do partido. O anúncio, que será feito na liderança do PSDB do Senado, ocorre após encontro entre Tasso e o governador de Goiás, Marconi Perillo, outro pré-candidato ao espaço, terminar sem acordo.

Na reunião, realizada ontem em Brasília, os tucanos tentaram negociar candidatura única ao comando do partido. Divergências entre eles, no entanto, falou mais alto. “Tasso defende teses, eu defendo outras. Espero que a gente consiga debater e chegar a uma unidade. Não a dos cemitérios, mas em cima de um profundo debate”, disse Perillo ao sair da reunião.

Tasso, que ocupa interinamente a presidência do PSDB desde março, defende desembarque mais “enfático” do partido do governo Temer. Já Perillo, mais próximo de Aécio Neves (MG), defende saída “educada”, em tom mais brando com relação ao governo. “Eu acho que devemos deixar posições muito bem marcadas diante da opinião pública”, disse Tasso.

“Mas não esperem que haja briga de arranhão, puxão de cabelo. Nós temos respeito profundo um pelo outro, uma amizade antiga e convergência na maioria de ideias e projetos”, afirma o cearense. Entre os consensos entre os dois, está o apoio às reformas econômicas planejadas pelo Planalto, como a da Previdência, e a necessidade de um mea culpa de erros do partido.

Tasso Jereissati, no entanto, evita tom mais “ameno” de Perillo e diz não acreditar na aprovação de uma reforma da Previdência tocada por Michel Temer. “Já estamos no meio de novembro (…) não há a menor possibilidade de passar a reforma. Um governo enfraquecido, com desgaste popular gigantesco, não tem condição de levar isso para frente”, disse.

(Com Agências)

Ceará empata em casa, mas é favorecido pelos maus resultados dos concorrentes ao G4

Tendo o tempo como principal aliado, quando faltam apenas quatro rodadas para o final da Série B do Campeonato Brasileiro, o Ceará não passou de um empate contra o Guarani de Campinas, na noite dessa terça-feira (7), no Castelão, em 2 a 2, mas foi beneficiado pelos maus resultados de Paraná, Oeste, Vila Nova e Juventude, todos concorrentes às duas últimas vagas de acesso à Série A do próximo ano, quando Internacional e América Mineiro estão praticamente de volta à elite do futebol nacional.

O Vozão abriu o placar, por meio de Rafael Pereira, mas Bruno Nazário empatou, ambos no primeiro tempo. Na segunda etapa, Diego Jussani virou o jogo para o time paulista. Magno Alves, aos 35 minutos, empatou a partida, um minuto após entrar em campo. O Ceará ainda poderia ter virado o placar, em gol de Richardson, mas a arbitragem errou ao marcar impedimento, quando dois atletas do Guarani davam condição ao jogador alvinegro de aproveitar a bola na pequena área.

Com os resultados da 34ª rodada, o Vozão se manteve na terceira colocação da tabela de classificação, com 59 pontos, três a mais que Paraná e Oeste e seis à frente do Vila Nova. O Ceará volta a campo no sábado (11), no Serra Dourada, contra o Goiás.

Governo vai injetar R$ 2 bilhões até o dia 22 de dezembro na economia cearense

O Governo do Estado vai injetar cerca de R$ 2 bilhões na economia cearense até o dia 22 de dezembro de 2017. O montante é referente ao pagamento das folhas de novembro e dezembro dos cerca de 160 mil servidores públicos, entre ativos, inativos e pensionistas, e da segunda parcela do 13º salário. O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana, ontem, durante bate-papo ao vivo com a população em sua página no Facebook.

Segundo o governador, o pagamento do 13º salário, em torno de R$ 400 milhões, será feito até o dia 22 de dezembro. Ainda no próximo mês, serão pagas as folhas de novembro (1º/12) e de dezembro, antecipada para o último dia do ano (31/12), da ordem de R$ 800 milhões cada uma. “São mais oportunidades, pois aquece o comércio. É importante para o Estado do Ceará”, afirmou Camilo Santana.

O impacto da decisão, de acordo com o economista Alex Araújo, mostra que o Estado está com as finanças em ordem, enquanto a maioria dos estados brasileiros está atrasando os pagamentos dos servidores. “Em termos econômicos, isso não é surpresa, nem gera um efeito a mais, porque todo ano isso já acontece, já é esperado”, afirma, ressaltando que a economia também será beneficiada com o dinheiro extra do 13º salário dos trabalhadores da iniciativa privada, que formam a maioria da população cearense. Município

Os servidores municipais de Fortaleza receberão o pagamento da segunda parcela do 13º salário também no dia 20 de dezembro, injetando R$ 170 milhões na economia. É o valor bruto que, após os descontos, representa 60% do vencimento. Ao todo, 34 mil servidores ativos e outros 15 mil inativos, entre aposentados e pensionistas, recebem o benefício na Capital.

No mês que vem, também será paga a segunda parcela da gratificação natalina para os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Em 2016, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), foram injetados na economia brasileira cerca de R$ 197 bilhões, em razão do pagamento do 13º salário.

Mas, segundo Alex Araújo, no ano passado, esse dinheiro não beneficiou muito o comércio. Isso porque parte expressiva foi usada para pagar dívidas e para poupar. A opção consumo ficou em terceiro lugar. Otimismo

“Neste ano, com a melhoria da economia brasileira e a mudança de comportamento do consumidor, que está mais otimista e confiante, esperamos que o consumo venha em primeiro lugar, fazendo circular mais o dinheiro na economia. Mas o pagamento de dívidas também é importante e precisa ser prioridade”, afirma o economista.

Neste ano, o Governo do Ceará pagou a primeira parcela do benefício em 6 de julho, injetando R$ 1,2 bilhão na economia do Estado. O pagamento da primeira parcela do 13º salário no Município aconteceu em 19 de junho.

Ao contrário da iniciativa privada, que é obrigada a pagar a primeira parcela do 13º até 30 de novembro e a segunda até 20 de dezembro, os governos tem autonomia para definir o calendário de pagamento. “Cada Estado/Município determina seu isso”, diz Alex Araújo.

(O POVO – Repórter Artumira Dutra)

Tribunal de Contas do Ceará anula prescrição de 2.230 processos contra gestores municipais

Heitor Férrer (PSB) parabenizou o TCE pela decisão.

O pleno do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE-CE) alterou o entendimento sobre a regra de prescrição de processos que beneficiava políticos enquadrados na Lei da Ficha Limpa, antes aplicada pelo extinto Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A decisão unânime dos conselheiros foi tomada na sessão de ontem.

Agora, o prazo para prescrição passa a ser contado cinco anos após a data de publicação da lei nº 15.516/2014, que alterou a Lei Orgânica do TCM para incluir o dispositivo que trata sobre a prescrição dos processos.Com isso, os processos relativos aos recursos municipais só poderiam prescrever no dia 28 de janeiro de 2019.

Conforme informações divulgadas pelo TCE, 2.230 processos foram declarados prescritos com base na leitura feita anteriormente da regra da prescrição. Com os processos declarados como prescritos, a Corte de Contas não poderia julgar os atos das gestões municipais, assim como aplicar sanções ou reconhecer a regularidade ou não das contas.

A prescrição de contas não julgadas em até cinco anos foi instaurada em Proposta de Emenda à Constituição (PEC) de Tin Gomes (PHS), aprovada em 2013 pela Assembleia. Votada em maio daquele ano sem envolver casos retroativos ou que tivessem prejuízo ao erário, proposta foi alterada “às escondidas” para incluir ações do tipo em nova votação em dezembro.

Após meses de discussão entre o pleno do TCM e o conselheiro Pedro Ângelo – único que criticava a medida –, a prescrição passou a ser aplicada a partir de julho de 2014.

Procurado, ontem, para comentar sobre a decisão do TCE, o deputado estadual Tin Gomes preferiu não emitir opinião, alegando que “não tomou conhecimento do caso”.

Já o deputado Heitor Férrer (PSB) parabenizou a iniciativa. “O TCE está correto em desconsiderar essa medida. Agora, é preciso que se trate da inconstitucionalidade da ação, para haver segurança jurídica”, diz o parlamentar, que apresentou Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), quando a PEC das prescrições foi aprovada.

De acordo com Heitor Férrer, a medida tinha um fundamento político. “Uma Corte constituída por indicação puramente política, como o TCM, tenho convicção que tinha influência, sim”, diz Férrer, que foi autor da PEC que culminou no fim do TCM.

Ex-presidente do órgão, Domingos Filho disse que iria se abster de comentar a medida. “Não vi quais foram os fundamentos dela e no que ela se distancia do TCM”, destacou.

NÚMEROS

2.230

é o número de processos contra gestores municipais que estavam prescritos

2013

foi o ano em que a AL aprovou PEC que permitiu prescrição de processos de gestores

(O POVO – Repórter Rômulo Costa)

Fiec debate crise econômica nesta quarta-feira

“Sob a névoa da crise: tecnologia, incerteza e prosperidade numa economia periférica” é o tema da reunião da Diretoria Plena da Fiec, nesta quarta-feira (8), a partir das 18h30min, no auditório Luiz Esteves Neto, no 5º andar da Casa da Indústria.

A apresentação do tema será do chefe de Gabinete do Governador do Estado, Élcio Batista, Mestre em Sociologia, pela UFC, e ex-integrante da Unidade de Gerenciamento de Programa do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

“A Petrobras deu um calote no Ceará”, diz Camilo Santana

222 1

O governador Camilo Santana afirmou nesta terça-feira, 7, que a Petrobras deu um “calote” no Ceará com a promessa da refinaria Premium II, no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), localizado em São Gonçalo do Amarante. Em transmissão ao vivo pelo Facebook, ele ainda ressaltou que está em negociação com chineses para a implantação de uma refinaria no Estado.

“Eu digo que a Petrobras deu um calote no Ceará, porque prometeu uma siderúrgica, a refinaria, o Estado comprou terreno, investiu na infraestrutura do porto. Agora estamos indo buscar parcerias privadas para a implementação da refinaria, assim como foi com a siderúrgica (Companhia Siderúrgica do Pecém). Fui várias vezes à China, fizemos reuniões e estamos negociando com uma empresa chinesa”.

Camilo destacou que a empresa asiática China é do ramo de refinaria e do setor petroquímico, que utiliza os subprodutos do petróleo. Ele disse que o Governo está tentando fechar a parceria com o Banco de Desenvolvimento Chinês para financiar a construção do equipamento. “O banco aprovando esse financiamento da empresa, não tenho dúvidas que essa refinaria virá para o Estado”, ressaltou o governador.

Ele destacou ainda a parceria do Porto do Pecém com o Porto de Roterdã , Holanda. “É o maior porto da Europa, um dos maiores do mundo, é uma grife. Isso vai abrir as portas do Ceará. Não tenha dúvidas que isso vai trazer novas empresas e empreendimentos para o Complexo Portuário e industrial do Porto do Pecém”.

Sobre o complexo do Pecém ainda, o governador ressaltou a participação da nova empresa, a Cipp S/A , que integra Cearáportos, ZPE, e todo o complexo numa única companhia. Segundo ele, a atuação de um único gestor vai facilitar a operação do complexo, otimizar o trabalho e diminuir os custos operacionais.

(O POVO Online)

Fortaleza será sede do VI Congresso Internacional de Direito e Sustentabilidade

O Tribunal de Contas do Ceará vai ser sede do VII Congresso Internacional de Direito e Sustentabilidade. O encontro ocorrerá nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro próximos, abordando como tema central “Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”. A informação é da assessoria de imprensa do TCE.

O congresso, realizado pelo tribunal, Instituto Rui Barbosa (IRB), Universidade Federal do Ceará e Instituto Brasileiro de Altos Estudos de Direito Público (IBRAEDP), ocorrerá  no auditório do Edifício 5 de Outubro, do TCE, e reunirá nomes do cenário nacional e mundial, entre eles o ministro do TCU, Weder de Oliveira, o professor-doutor Edilson Nobre (Desembargador do TRF5/UFPE), Juracy Braga Soares Jr., diretor-executivo da Auditece) e a professora-doutora em Direito Julia Motte Baumvol (Universidade de Paris V).

Abertura

A conferência de abertura, dia 30, a partir das 14 horas, será proferida pelo presidente do Conselho Científico, professor-doutor Juarez Freitas, sobre “Sustentabilidade e Inovações do Direito Público Brasileiro”. Coordenam também o evento o presidente do TCE Ceará, conselheiro Edilberto Pontes (Professor Doutor em Economia), o vice-presidente da Corte cearense, conselheiro Rholden Queiroz (Mestre em Direito Constitucional), a procuradora da Fazenda Nacional e Profª Draª da UFC, Denise Lucena Cavalcante, o presidente do Instituto Rui Barbosa, Conselheiro Sebastião Helvécio (TCE/MG).

 

Orquestra Filarmônica do Ceará levará ao palco do Theatro José de Alencar o espetáculo “3 Tenores In Concert”

A Orquestra Filarmônica do Ceará vai apresentar nesta quinta-feira, às 19h30min, no Theatro José de Alencar, o espetáculo “3 Tenores In Concert”.  A regência é do maestro Gladson Carvalho, acompanhado três cantores que interpretarão clássicos popularizados por Luciano Pavarotti, José Carreras e Placido Domingo.

Entre os intérpretes, o tenor internacional Leonardo Botti, italiano que estudou solfejo na cidade de Cremona (Itália) e canto e teatro no conservatório de Szeged (Hungria) com o barítono Gimesi Kalman. Também sobem ao palco do TJA os tenores Ricardo Máximo, cantor lírico e popular, natural de Fortaleza, e Leandro Cavalcante, bacharel em composição e regência, cantor, compositor com obras musicais executadas em países como México, Estados Unidos, Alemanha, Espanha, Singapura e Reino Unido. Atualmente, colabora com arranjos originais do teatro do West End (Inglaterra) junto ao atual elenco do Fantasma da Ópera Britânico.

SERVIÇO

*Os ingressos já estão à venda na bilheteria do TJA, no Restaurante Pipo, Istudius Coworking e Iprede: R$20 (meia) | R$40 (inteira)

*Mais Informações: 85 9 8899.0644 | 85 9 9618.5840.

Dnit do Ceará abre licitação para recuperar trechos da BR-116

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), regional do Ceará, abriu licitação para obras de manutenção e recuperação de trechos da BR-116.

A abertura das propostas está marcada para o próximo dia 17, na sede do órgão, em Brasília.

Pois é, no Brasil, rodovia não dura décadas.

(Foto – Paulo  MOska)

Grupo do Ceará participa do 30º Encontro Nacional da Abrasel

Taiene e Trindade.

Uma delegação cearense vai participar, a partir desta quarta-feira, em Florianópolis (SC), do 30º Encontro Nacional da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). À frente, o presidente da regional da entidade, Rodrigo Trindade, e o diretor-executivo Taiene Righetto.

O encontro, segundo Rodrigo Trindade, debaterá dois temas fundamentais: a Reforma Trabalhista, com mudanças na CLT previstas para o próximo dia 11; e o pagamento de 10% nos serviços dos bares e restaurantes.

Sobre o fim do ano, marcado pelo Natal e Réveillon, Trindade informou que a Abrasel/CE está otimista. Ele avalia que virá incremento nas vendas do setor e na perspectiva de que 2018 será bem melhor do que 2017, que foi ano de ajuste. Não quis arriscar percentuais.

(Foto – Paulo MOska)

MPCE promove encontro sobre direitos de comunidades quilombolas e indígenas

Renato Roseno (PSOL) é um dos conferencistas.

O Ministério Público do Ceará inscreve para o Encontro sobre Justiça Socioambiental e Direitos Humanos, que acontecerá na próxima sexta-feira (10, das 8h30min às 12 horas, no auditório da Procuradoria Geral de Justiça  O encontro é gratuito e aberto à sociedade em geral, informa a assessoria de imprensa do MPCE. Os interessados devem se inscrever pelo link www.mpce.mp.br/esmp.

Na programação, palestras sobre “Comunidades Quilombolas da Serra do Evaristo: direitos e protagonismo”, das 9h30min às 10 horas, com a professora Elza Maria Franco Braga, do curso de pós-graduação em Sociologia da Universidade Federal do Ceará; “Justiça socioambiental e acesso à água”, das 10 às 10h30min, com o deputado estadual Renato Roseno; e “Uma análise a partir dos direitos territoriais de povos e comunidades tradicionais”, das 10h30min às 11h20min, com Eliane Cristina Pinto Moreira, promotora de justiça do Pará. Todas as exposições terão como presidente de mesa o promotor de justiça Elder Ximenes Filho, coordenador adjunto do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente, do MPCE.

DETALHE – O evento será encerrado com sessão de autógrafos de Eliane Cristina, autora do livro “Justiça socioambiental e direitos humanos”.

SERVIÇO

*Mais Informações – 3452-4521/3452-4522.

*PGJ – Rua Assunção, 1.100 – José Bonifácio.

Presidente do BNB falará sobre FNE na Câmara dos Deputados

O presidente do Banco do Nordeste, Marcos Holanda, participará, às 15 horas desta quarta-feira, em Brasília, de audiência pública na Câmara dos Deputados.

Ele falará mais precisamente na Comissão Mista de Orçamento sobre a política do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE). Atende a um convite do deputado Danilo Forte (sem partido), que é o relator das demonstrações contábeis do FNE.

Câmara Municipal debaterá atraso no pagamento dos editais da Secultfor

Por iniciativa do vereador Guilherme Sampaio (PT), a Câmara Municipal realizará audiência pública para discutir, a partir das 14h30min desta quarta-feira, o pagamento dos editais da Secretaria da Cultura de Fortaleza e parcerias que envolvem o meio artístico local.

O vereador atendeu a um pleito do Fórum de Linguagens Artísticas e dos proponentes selecionados no último Edital das Artes, em 2016, que, enfrentando sérias dificuldades em dialogar com a Secultfor acerca do pagamento.

A Secultfor já havia se comprometido com um cronograma de pagamento parcelado dos atrasados, mas acabou não cumprindo o que foi acordado. Essa audiência recebeu ainda o apoio do Fórum Cearense de Teatro.

Cracolândia, degradação e economia urbana

Com o título “Cracolândia, degradação e economia urbana”, eis artigo do professor Lauro Chaves, presidente do Conselho Regional de Economia, que pode ser conferido no O POVO desta terça-feira. Confira:

Desde o fim da década de 1990 que presto consultoria na elaboração e implantação de planos estratégicos e planos diretores de inúmeros municípios, sendo uma das formas de reciclagem profissional mais importante o estudo de casos de sucesso ou fracasso no que se refere tanto ao desenvolvimento quanto à degradação de territórios.

Dentro deste contexto, fui a São Paulo, no mês passado, e visitei a cracolândia, na região da Luz. A Sala São Paulo e a Estação Júlio Prestes, que pertencem ao patrimônio histórico e cultural da Cidade, ficam vizinhas e poderiam ser âncoras de uma solução a ser construída para acabar com a degradação social e urbana ali existente.

Segundo relatos dos pesquisadores, a cocaína começou a circular na região central em meados dos anos 1950. Uma década depois, houve o aumento da prostituição. Ainda nos anos 1960, com a construção de uma rodoviária em frente à praça Júlio Prestes, o processo de degradação da área foi acelerado, na opinião deles, já que palacetes tradicionais foram derrubados. Desativada a rodoviária, em 1982, hotéis construídos para receber os passageiros e diversos outros serviços ficaram ociosos. Na esteira dessa degradação urbana, a droga provocou um novo tipo de ocupação na região.

Desde 2005, a cracolândia foi tema, somente na USP, de pelo menos 240 trabalhos acadêmicos, entre mestrado e doutorado, em áreas como economia, direito, urbanismo, saúde e antropologia. A leitura de alguns desses trabalhos despertou o meu interesse, porém, nada supera a visita in loco em todo o entorno, por sinal, intensamente policiado. Ali, verdadeiros zumbis vagam a esmo, sem distinção de faixa etária, renda ou identidade de gênero. Ali, o que importa é uma pedra de crack.

Uma tragédia social e urbana que só terá chances de ser enfrentada com uma política pública de intervenção no território de forma integral. Soluções isoladas de repressão policial ou de assistencialismo jamais terão sucesso.

A revitalização de um território degradado e tão rico em história passa pela economia urbana, com especial atenção a moradias, oportunidades de trabalho e ao resgate da cidadania daqueles seres humanos entregues ao vício.

*Lauro Chaves Neto

lchavesneto@uol.com.br

Presidente do Conselho Regional de Economia, consultor, professor da Uece e doutor em Desenvolvimento Regional e Planejamento Territorial pela Universidade de Barcelona.

Superintendente da Funasa promove encontro de prefeitos em sua Quixadá

A Fundação Nacional de Saúde (Funasa), regional do Ceará, vi promover encontro com prefeitos do Sertão Central, em Quixadá, no próximo dia 17.

O objetivo, segundo o superintendente do órgão, Ricardo Silveira, é aproximar a Funasa dos municípios, a partir da divulgação de seus convênios e ações e como gestores poderão ter acesso a essas ações.

DETALHE – Ricardo é de Quixadá. Chegou a disputar a Prefeitura desse município no pleito passado.

(Foto – Quixeramobim Agora)