Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Mãe da música nordestina – Cineteatro São Luiz realiza show 10 anos sem Marinês

Voz feminina da música nordestina, coroada por Luiz Gonzaga como Rainha do Xaxado (dança típica dos cangaceiros de Lampião), Marinês é homenageada no palco do Cineteatro São Luiz, neste domingo (12), a partir das 18 horas. Quem fará a homenagem, que marca os 10 anos de saudade de Marinês, é a cantora e compositora Sabrina Vaz, que iniciou carreira solo tendo como objetivo a restauração musical da cantora Marinês – a qual muito se assemelha -, e o músico Marcos Farias, filho do sanfoneiro Abdias dos Oito Baixos e de Marinês. Os ingressos podem ser adquiridos a preços populares: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia).

“Pisa na Fulô” e “Peba na Pimenta” são algumas das primeiras canções que ficaram conhecidas através da voz de Marinês, seguidos por mais de 45 discos gravados, todos com grandes sucesso. Como disse Gilberto Gil: “Marinês é a grande mãe da música nordestina”.

Na homenagem, que integra a programação especial do equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), alusiva ao dia da cultura, Marinês e a cultura nordestina são celebradas em um lindo espetáculo.

(Secult)

Tasso x Ciro – Quem está com a razão?

351 4

O senador Tasso Jereissati (PSDB) disparou sua metralhadora, pela primeira vez, contra o, Governo Camilo Santana, durante a convenção estadual do partido, nessa sexta-feira, no auditório da Câmara Municipal de Fortaleza.

Ele disse que o governo de Camilo é “mandado pela oligarquia dos Ferreira gomes”.

Ciro Gomes, por sua vez, numa entrevista durante seminário de lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional, na Assembleia, no mesmo dia em que o tucano soltou o verbo, deu seu recado, em tom de ironia, devolvendo:

“É uma oligarquia bem interessante que os sociólogos deveriam estudar. É uma oligarquia que é dona de uma rede de shopping center do País, que tem R$ 100 milhões de créditos no Banco do Nordeste, é uma oligarquia que tem televisão em Fortaleza, rádio, jornal, portal de internet… É a oligarquia que tem o senador mais rico do País com patrimônio declarado”.

Pois bem, quem está com a razão nessa troca de torpedos?

a) Tasso

b) Ciro

c) Nenhum dos dois

d) Os dois

e) Valha-me, Deus!

Eunício Oliveira anuncia R$ 1 bilhão para obras no Ceará e admite aliança com Camilo

561 4

Obras até então sem previsão de conclusão, no Ceará, poderão revisar seus cronogramas, a partir desta semana, diante da liberação de cerca de R$ 1 bilhão, por meio do Programa Avançar. Foi o que anunciou o presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB), nesse sábado (11), em Lavras da Mangabeira (Centro-Sul), durante entrevista à imprensa local.

“O exercício do mandato parlamentar não pertence a um grupo político, pertence à sociedade. Sou o político mais votado da história do Ceará, e tenho aproveitado essa oportunidade dada por Deus, para ajudar ao povo do meu Estado, especialmente os nossos irmãos sofridos”, comentou Eunício.

Somente no município de Iguatu, também localizado no no Centro-Sul do Ceará, obras avaliadas em cerca de R$ 2,5 milhões serão entregues até 2018. São ações como o Centro de Ação Psicossocial, Centro de Iniciação ao Esporte, Centros de Arte e Esportes Unificados, além de quadras esportivas nas escolas.

Eunício também disse que tem disponibilizado seu mandato em favor dos cearenses, para conseguir recursos para obras de infraestrutura hídrica, a exemplo da Transposição do São Francisco, Cinturão das Águas, adutoras e açudes, além de obras e custeio da saúde, renegociação das dívidas de produtores rurais prejudicados pela seca, criação de novas faculdades de Medicina e institutos federais de educação no interior.

Sobre as eleições do próximo ano, Eunício afirmou que ainda não formalizou nenhuma aliança. Questionado acerca das ações conjuntas que têm firmado com o governador Camilo Santana e com o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o presidente do Senado disse que o momento é de convergência administrativa, mas não descartou uma aliança política no futuro.

“Temos feito uma parceria em prol dos interesses do Estado. Se avançar para uma aliança política, quem vai ganhar não vai ser Camilo, não vai ser o Eunício. Quem vai ganhar é o Estado do Ceará, porque terá aqui um governador e um presidente de um poder que tem condições de carrear os recursos para melhorar a qualidade de vida do povo cearense”, avaliou.

(Foto – Divulgação)

Taça das Favelas – Palestra de Cafu abre congresso técnico neste domingo

Jovens com idade entre 15 e 17 anos (masculino) e a partir de 15 anos (feminino) participam nesta semana da I Taça das Favelas, em uma promoção da Central Única das Favelas (Cufa-CE). O sorteio dos grupos ocorre neste domingo (12), a partir das 16 horas, na Associação dos Moradores das Quadras, na Aldeota, com palestra do ex-jogador Cafu, pentacampeão mundial pela Seleção Brasileira em 2002.

Os jogos serão disputados nas areninhas Campo do América e Pantanal. A abertura oficial será nesta segunda-feira (13), a partir das 9 horas, na Areninha Pantanal, em jogo amistoso com participação de Cafu e do rapper Dexter.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

Congresso Técnico Taça das Favelas (sorteio das chaves e palestra) Data: 12 de novembro (domingo) Local: Associação dos Moradores das Quadras, Aldeota (Esquina da Virgílio Távora com Beni de Carvalho, ao lado do Colégio Santa Cecília) Horário: 16h Palestra: Ex-jogador Cafu

Abertura Oficial (jogo amistoso com participação do ex-jogador Cafu e rapper Dexter) Data: 13 de novembro (segunda-feira) Local: Areninha Pantanal Horário: 9h

Fase Mata-Mata Data: 18 e 19 de novembro Local: Areninha Campo do América Horário: 9h

Grande Final (encerramento com shows do rapper Dexter e artistas das comunidades) Data: 26 de novembro Local: Areninha Pantanal Horário: 15h

Unilab receberá embaixador e membro da Academia Brasileira de Letras

O Campus da Liberdade, em Redenção (Região Metropolitana de Fortaleza), receberá, dia 16 próximo, o embaixador João Almino de Souza Filho, diretor da Agência Brasileira de Cooperação, do Ministério das Relações Exteriores (ABC/MRE), para ministrar a conferência “A cooperação brasileira em prol do desenvolvimento”. A atividade, que acontecerá no Auditório Didático, integra a programação do VIII Ciclo de Debates sobre Bioética, Diplomacia e Saúde Pública e do Curso Livre “Desenvolvimento, Desigualdade e Cooperação Internacional em Saúde”, realizados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em parceria com a Unilab.

Na ocasião, o diplomata, que ocupa a cadeira nº 22 da Academia Brasileira de Letras, lançará o romance “Entre facas, algodão”. A mesa será coordenada pelo reitor da Unilab, Anastácio de Queiroz Sousa, com participação do diretor da Fiocruz no Ceará, Carlile Lavor, e do coordenador do Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde de Brasília, José Paranaguá de Santana.

O ciclo e o curso livre são promovidos pelo Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde, da Fundação Oswaldo Cruz (Nethis/Fiocruz), em parceria com a Unilab, e visam discutir as questões de saúde no panorama internacional para fortalecer os processos decisórios dos sistemas nacionais. A ação tem patrocínio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, vinculada ao Ministério da Educação (Capes/MEC).

Lançamento do romance “Entre facas, algodão”

Em seu primeiro romance nordestino, o sétimo de sua trajetória, João Almino transporta o enredo para Várzea Pacífica, cidadezinha imaginária no interior do Ceará. Lá, o protagonista, um advogado de 70 anos e recém-separado, sai em busca de sua própria identidade, revisitando a memória e o que resta dela, nos lugares onde cresceu. Em uma narrativa em primeira pessoa e na forma de diário, “Entre facas, algodão” circula entre dimensões indispensáveis à vida humana: espaço, tempo e família.

Sobre o autor

Nascido em 1950, em Mossoró (RN), o escritor e diplomata João Almino lecionou na Fundação Universidade de Brasília (UnB), na Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM), no Instituto Rio Branco e nas universidades de Berkeley, Stanford e Chicago. É bacharel em Direito, mestre em Sociologia, doutor em História Comparada das Civilizações Contemporâneas, e pós-doutor no Centro de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (USP). Embaixador, serviu nas embaixadas do Brasil em Paris, México e Washington. Como escritor, ganhou o prêmio do Instituto Nacional do Livro e Prêmio Candango de Literatura, pelo livro “Ideias para onde passar o fim do mundo”. Conquistou o prêmio Casa de las Américas, pela obra “As cinco estações do amor”, e o prêmio Passo Fundo Zaffari & Bourbon de Literatura, com “Cidade Livre”. Em março deste ano, João Almino foi eleito como imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL). O autor passou a ocupar a cadeira 22, na sucessão do médico Ivo Pitanguy.

SERVIÇO

*Os interessados devem preencher o formulário de inscrição no site da Fiocruz Brasília para emissão de certificados.

*Os inscritos poderão assistir às palestras a distância ou presencialmente. O evento será transmitido ao vivo por facebook.com/fiocruzbrasilia, em transmissão compartilhada por facebook.com/unilaboficial. Posteriormente as palestras estarão disponíveis também offline.

Ceará empata no Serra Dourada e poderá garantir acesso na terça-feira

 

A torcida deve receber time no aeroporto nas próximas horas

Em contagem regressiva para retornar à elite do futebol brasileiro, o Ceará segurou o Goiás, na tarde deste sábado, na 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, ao empatar em 0 a 0 com a equipe goiana. Com o resultado, o Vozão chegou aos 60 pontos e poderá assegurar o acesso na rodada cheia da terça-feira (14), quando enfrentará o Paysandu no Castelão.

A três rodadas do final da competição, o Ceará garante acesso em caso de vitória e derrota do Oeste (enfrenta o Internacional) e empate ou derrota de Londrina (diante do Guarani) e Vila Nova (Figueirense).

Na partida deste sábado, o Ceará teve que segurar no primeiro tempo a pressão do Goiás, que ainda possui chances de rebaixamento, mas poderia ter deixado o Serra Dourada com uma vitória na segunda etapa, em duas oportunidades desperdiçadas por Lima. Na primeira, o atacante alvinegro errou o chute, dentro da área e livre de marcação, enquanto, minutos depois, o goleiro Marcelo Rangel fez boa defesa.

O América Mineiro assegurou o acesso, na rodada de hoje, ao vencer o Figueirense, por 2 a 1, fora de casa. O time mineiro também é o novo líder da Série B, agora com 66 pontos, diante do empate em 1 a 1 entre Internacional e Vila Nova, em pleno Beira Rio.

Camilo Santana lamenta críticas de Tasso e diz que continuará trabalhando pelo povo do Ceará

205 1
O governador Camilo Santana (PT) respondeu neste sábado, 11, às declarações do senador Tasso Jereissati sobre a influência do grupo dos Ferreira Gomes no Palácio da Abolição. O petista classificou como “absurdo” a crítica do senador tucano, que o acusou de ser “mandado” pelos irmãos Cid e Ciro Gomes (PDT), classificados por Tasso como “oligarquia”.
“Lamento muito que esse absurdo venha de alguém que há poucos dias me fazia elogios. Minha resposta é continuar trabalhando firme pelo povo do Ceará, como tenho feito todos os dias”, respondeu Camilo Santana ao O POVO Online.
A declaração de Tasso Jereissati foi a primeira crítica pública ao governador Camilo, com quem já havia trocado elogios, dizendo que o petista tinha, inclusive, um “jeitão tucano”.
Ainda na sexta-feira, 10, o ex-ministro Ciro Gomes contra-atacou o tucano, do qual foi aliado por mais de 20 anos. “É uma oligarquia bem interessante que os sociólogos deveriam estudar.
“É uma oligarquia que é dona de uma rede de shopping center do País, que tem R$ 100 milhões de créditos no Banco do Nordeste, é uma oligarquia que tem televisão em Fortaleza, rádio, jornal, portal de internet… É a oligarquia que tem o senador mais rico do País com patrimônio declarado”, rebateu Ciro, durante evento na Assembleia Legislativa.
Procurada pelo O POVO Online, a assessoria de comunicação do senador Tasso Jereissati informou que o tucano está fora do Brasil e “provavelmente, não tomou conhecimento” da resposta de Camilo Santana.
(Com O POVO Online)

Quem ganha e quem perde com o acordão

Em artigo no O POVO deste sábado (11), o jornalista e professor universitário Magela Lima avalia o quadro político no Ceará, que estaria caminhando para um acordão nas eleições do próximo ano. Confira:

Se tem uma coisa na política que o observador comum e o especialista hão de concordar facilmente, é que a campanha impõe um tempo excepcional. É quando os discursos, projetos e visões de mundo efetivamente travam um embate público, tendo em vista despertar a predileção do eleitor, que dispõe de um só voto na maioria das vezes. Bem ou mal, tem sido assim. O nosso noticiário político, no entanto, tem ventilado negociações para que, nas eleições do próximo ano, o Ceará experimente algo bastante diferente e inusitado.

Tenho lido e ouvido com uma frequência bem incômoda comentaristas do ramo dando conta de que 2018 será marcado por um acordão entre as principais e mais influentes forças políticas do Estado. A ideia, segundo relatam, é fazer de conta de que não há divergência alguma, deixar de lado todos os muitos revezes e, em nome do Ceará, garantir que tudo fique absolutamente como está. Teríamos, então, uma campanha sem concorrência. Consequentemente: uma eleição, salvo uma reviravolta daquelas, definitivamente de cartas marcadas.

Com isso, o Ceará projetaria nacionalmente um palanque ecumênico, misturando as mais variadas cores e os mais variados sabores da nossa política recente. A questão é: a quem poderia interessar uma invencionice dessas? Não, não se trata de um esforço multilateral em nome de um projeto maior para o povo do Ceará. Nas entrelinhas, quem antecipa o cenário de uma disputa sem disputa para 2018 identifica, sim, uma alternativa, talvez a última, dos atuais quadros perpetuarem seus mandatos. A conveniência é mais pessoal que coletiva.

Uma aliança com propósitos tão mesquinhos deve ser repudiada. O Ceará não pode, por contingenciamentos particulares de quem se aventurou pela vida pública, abrir mão de discutir seus grandes temas. Como superar esse dilema recorrente da falta d’água, um sofrimento atávico da nossa gente? Como equacionar essa escalada desenfreada da violência, que mancha nosso cotidiano com números tão chocantes? Imaginar que nossa política e nossos políticos chegaram a um consenso sobre essas e outras questões é ser ingênuo por demais. Queremos o debate!

“Essa oligarquia precisa ser banida do Ceará”, diz Ciro contra Tasso

Em tom de ironia, o presidenciável Ciro Gomes (PDT) devolveu o “afago” do ex-aliado, senador Tasso Jereissati (PSDB), e partiu para o contra-ataque a menos de um ano da eleição estadual. O ex-ministro respondeu ontem a fala do tucano ao dizer que “essa oligarquia precisa ser banida do Ceará”.

A referência do pedetista, no entanto, não era em relação à sua família, como apontou o parlamentar do PSDB, e sim à “oligarquia” que seria liderada pelo ex-governador.

Durante convenção estadual do PSDB, na manhã de ontem, o senador Tasso criticou pela primeira vez o governador Camilo Santana (PT), com quem já havia trocado elogios publicamente – chegou a dizer que o petista tinha “jeitão de tucano” -, ao afirmar que o governo estadual era comandado pela “oligarquia” dos Ferreira Gomes.

“O governo (Camilo) é mandado pela oligarquia dos Ferreira Gomes. Não devemos temer a luta. Está na hora da gente mudar”, disse Tasso ao negar mais uma vez ser candidato ao Executivo no ano que vem.

“É uma oligarquia bem interessante que os sociólogos deveriam estudar. É uma oligarquia que é dona de uma rede de shopping center do País, que tem R$ 100 milhões de créditos no Banco do Nordeste, é uma oligarquia que tem televisão em Fortaleza, rádio, jornal, portal de internet… É a oligarquia que tem o senador mais rico do País com patrimônio declarado”, rebateu Ciro, durante evento da Frente em Defesa da Soberania Nacional, realizado na Assembleia Legislativa.

Ainda respondendo questionamento do O POVO sobre as críticas do senador do PSDB, o irmão do ex-governador Cid Gomes (PDT) relembrou ainda o histórico tucano no Ceará durante as gestões do ex-aliado Tasso.

“O Banco do Estado do Ceará (BEC) foi destruído pela oligarquia dos Ferreira Gomes que entregou o dinheiro pros amigos, e os amigos não pagaram e quebraram o banco. Essa oligarquia precisa ser banida do Ceará”, voltou a ironizar o ex-ministro Ciro.

É o segundo embate entre Tasso e Ciro em menos de um mês. Na convenção estadual do PDT, no dia 12 do mês passado, Ciro chegou a chamar o ex-padrinho político de “traidor” ao criticar o ensaio de uma possível candidatura do tucano ao Executivo em disputa com o governador Camilo.

A troca de farpas entre os ex-aliados acontece em meio a incertezas sobre a situação da oposição cearense no ano que vem.

Enfraquecidas, as lideranças opositoras ao governador depositavam em Tasso a esperança de montar um palanque competitivo para 2018, o que pode não ocorrer com as sucessivas recusas do senador.

(O POVO)

Candidatura em 2018? – Tasso bate em meio mundo e voa para os EUA

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (11):

Depois de bater duro, ontem, contra o governo de Camilo Santana (PT), afirmando que a gestão do petista é mandada pelos Ferreira Gomes, o senador Tasso Jereissati (PSDB) delimitou terreno político não só no Ceará, mas em termos de disputa presidencial.

Ele deixou claro que os tucanos terão candidato à Presidência da República, apostando no governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. Com isso, execrou Lula e, de quebra, afastou qualquer sinalização pró-Ciro Gomes, o presidenciável do PDT.

Como Tasso sempre diz quer apostar em renovação para o governo, eis que o executivo Geraldo Luciano entra como bola da vez. O curioso: Tasso, depois de sapecar discurso contra meio mundo, tomou a rota dos EUA. Ali, passará alguns dias com a família.

A Rede Globo pediu ontem a Tasso Jereissati que respondesse a pergunta: Apoiaria Alckmin para presidente? Tasso deu “sim”. Isso abre a expectativa de que o PSDB tenha palanque no Ceará. Com Tasso à frente? Eis a dúvida.

Ceará e Goiás decidem seus destinos em confronto neste sábado

242 1

Para os treinadores Marcelo Chamusca (Ceará) e Hélio dos Anjos (Goiás), a partida entre Goiás x Ceará, na tarde deste sábado (11), no Serra Dourada, pela 35ª rodada da Série do Campeonato Brasileiro irá decidir o destino das duas equipes na competição. Enquanto o Ceará poderá praticamente garantir o acesso à Série A, em caso de vitória, beneficiado pelo empate sem gols de Juventude x Oeste, na noite dessa sexta-feira (10), o Goiás, também em caso de vitória, ficará livre do fantasma do rebaixamento.

Com 59 pontos, o Vozão caiu nessa sexta-feira para a quarta colocação, após vitória do Paraná sobre o Luverdense, por 2 a 0. O time paranaense chegou à mesma pontuação do Ceará, mas possui melhor saldo de gols.

O árbitro da partida é o carioca Grazianni Maciel Rocha, conhecido pela aplicação de cartões vermelhos, além de marcar gols e pênaltis, mesmo em casos de dúvida. O perfil faz com que o árbitro raramente encerre uma partida na igualdade do placar. Este ano, em 17 jogos que apitou nas quatro séries do Campeonato Brasileiro, somente três terminaram empate.

O árbitro também traz “sorte” ao Ceará. Nos quatro jogos do Vozão que apitou, nos últimos cinco anos, o Ceará soma três vitórias e um empate: 1/08/2017 – Ceará 3×1 Criciúma; 23/08/2014 – Portuguesa 1×1 Ceará; 06/09/2013 – Ceará 4×2 São Caetano; 28/08/2012 – América/MG 1×3 Ceará.

Prefeitura de Fortaleza promove aulões com foco no Spaece

A Secretaria Municipal da Educação vai realizar, a partir das 7h30min, deste sábado, aulões para estudantes do 9ª ano das escolas municipais por meio do projeto #AprenderMais. A ação tem como objetivo preparar os estudantes para as avaliações do Sistema de Avaliação Permanente da Educação Básica do Estado do Ceará (Spaece).

A abertura dos aulões ocorrerá no Centro de Treinamento Profesor Antônio de Albuquerque Filho e em diferentes polos e contará com acolhidas, palestras motivacionais e aplicação de conteúdos. Com foco nas disciplinas de português e matemática. Essa iniciativa promete fortalecer a aprendizagem dos alunos para ingresso no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).

Spaece

O Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (Spaece) é uma avaliação realizada anualmente, que abrange as escolas públicas das redes estadual e municipais do estado. São avaliados os alunos da Educação Básica, desde as etapas de Alfabetização até o Ensino Médio, por meio de testes, com itens elaborados pelos professores da Rede Pública, tendo como orientação os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) do Ministério da Educação (MEC) e os Referenciais Curriculares Básicos (RCB) da Secretaria da Educação do Estado (Seduc).

SERVIÇO

*Centro de Treinamento Prof. Antônio de Albuquerque Filho – Rua Adolfo Moreira de Carvalho, S/N – Edson Queiroz.

Em Tauá, Domingos Filho perde aliado para Audic Mota

483 4

As eleições para a futura mesa diretora da Câmara Municipal de Tauá (Região dos Inhamuns) promete ser bem animada em 2018. Segundo as emissoras locais de rádio, o grupo ligado a Domingos Filho, presidente do extinto TCM, acaba de registrar mais uma baixa.

Dessa vez, foram Agenor Mota, atual vice-prefeito de Aquiraz e ex-presidente da Câmara de Tauá, e o seu irmão, o vereador Alaor Mota. Os dois aderiram ao grupo do sobrinho, o deputado Audic Mota, primeiro-secretário da Assembleia Legislativa. Nas articulações, entrou o prefeito de Tauá, Carlos Windson. Uma chapa foi formalizada com Alaor Mota como candidato a presidente do Legislativo Municipal.

Novos servidores aprovados em concurso do TJCE iniciam treinamento

Os 31 novos servidores do Judiciário estadual iniciaram, nesta sexta-feira (10), treinamento para assumir as funções. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE. Segundo a secretária de Gestão de Pessoas do TJCE, Ângela Márcia Araújo, o grupo foi aprovado no concurso público realizado em 2014. São 16 técnicos e 12 analistas da Área Judiciária e três técnicos da Área Administrativa, convocados pela Presidência do Tribunal em razão da desistência de outros funcionários por terem sido selecionados em outros órgãos públicos, por exemplo. “Esse treinamento e a apresentação da documentação exigida são necessários para que eles tomem posse, que deve ocorrer até 20 de novembro deste ano.”

A capacitação teve início às 9h30min com “Procedimentos de Vara”, tema de responsabilidade de Jacilene Vieira, conciliadora do 14º Juizado Especial de Fortaleza. O cronograma também terá “Conhecendo a estrutura e os procedimentos administrativos”, na forma presencial. Já na modalidade a distância, contempla “Sistemas Informatizados em Uso no TJCE”, “O Planejamento Estratégico e as Metas do Judiciário Cearense”, “Noções de Gestão de Processos” e “Noções de Processo Penal e Civil”.

Dos 31 servidores, aqueles da Área Judiciária serão lotados em comarcas do Interior, cuja escolha será feita de acordo com a ordem de classificação no concurso. Já os três técnicos da Área Administrativa atuarão na Secretária Judiciária do TJCE.

Comissão de Anistia Vanda Sidou deve fechar ano com R$ 560 mil em indenizações liberadas

A Comissão de Anista Vanda Sidou deve fechar o ano com R$ 560 mil repassados, em termos de indenização, para ex-presos políticos.

Isso com mais 18 processos que apreciará antes do final do exercício, segundo informa o seu presidente, Mário Albuquerque.

Aliás, na última reunião da Comissão Nacional da Anistia, do Ministério da Justiça, Mário foi o presidente. É que como Temer não escolheu o titular do organismo, os conselheiro estão fazendo rodízio.

(Foto – Paulo MOska)

O silêncio e o cheiro dos porcos

Com o título “O silêncio e o cheiro dos porcos”, eis artigo da jornalista Regina Ribeiro, que pode ser conferido no O POVO desta sexta-feira. Ela aborda o mundo artístico e os assédios sexuais agora declarados. Mas só pelas bandas do Exterior. Confira:

Quando as denúncias contra o diretor norte-americano Harvey Weinstein começaram a ocupar todas as mídias e notabilizar o tema do assédio sexual, o jornal Le Monde publicou um artigo da jornalista Violaine Morin com o título “Affaire

Harvey Weinstein: Oú sont les hommes? (“Caso H.W: Onde estão os homens” – numa tradução livre). O texto cobrava de atores e demais diretores que haviam trabalhado com o norte-americano uma manifestação de repúdio ao comportamento dele. Aos poucos, alguns assumiram saber que Harvey “gostava de se divertir com jovens atrizes”, mas não tinham conhecimento dos “métodos” utilizados pelo diretor. Outros lamentavam a situação, sugerindo que Harvey é uma “pessoa doente”.

Num outro artigo, “Un homme peut-il être feministe?” (“Um homem pode ser feminista?” – em livre tradução), uma voz masculina se destacou das demais. O diretor Quentin Tarantino – amigo pessoal e parceiro em Harvey em vários filmes – pareceu honesto: “Eu sabia o suficiente para ter de pedir desculpas”. Admitiu que deveria ter agido com “responsabilidade” com o que estava acontecendo e creditou seu silêncio “a uma visão dos anos de 1950, na qual o patrão perseguia a funcionária pelo escritório. Como se isso estivesse certo”. O ator Dustin Hoffman também usou a questão geracional para reconhecer que havia “humilhado muitas mulheres” e se desculpou por isso.

O jornalista Clóvis Rossi, da Folha de S. Paulo, escreveu dois artigos sobre o tema. No primeiro, ele pergunta: “Onde estão os predadores sexuais brasileiros?”. Afirma ser estranho que um país machista como o Brasil não tenha sido alcançado pela onda que já derrubou poderosos nos Estados Unidos e na Europa enquanto que, por aqui, reine tão grave silêncio. Semana passada, Rossi incentivou as mulheres a aderirem à campanha francesa #BalanceTonPorc (#Denuncieseuporco).

Esse silêncio todo talvez confirme o tipo de sociedade que construímos na qual os homens são cúmplices e as mulheres costumam ser linchadas em público, inclusive por outras mulheres. É bem provável que o silêncio dos homens brasileiros encontre eco na fala de Tarantino. E o das mulheres pode ser fruto do autêntico medo do “odor”, caso libertem seus os porcos.

*Regina Ribeiro

reginah_ribeiro@yahoo.com.br

Jornalista do O POVO.

Unimed Ceará vai construir uma policlínica em Tianguá

O presidente da Unimed Ceará, Darival Bringel, anuncia: vai construir uma policlínica na cidade de Tianguá (Ibiapaba).

Esta é uma das prioridades dessa operadora de plano de saúde para 2018. A obra deve começar em fevereiro.

Hoje a Unimed Ceará já conta com hospital em Sobral e Limoeiro do Norte e policlínicas em São Gonçalo do Amarante e Iguatu.

(Foto – Divulgação

Enem 2018 – FB Uni recebe equipamento para alunos com necessidades especiais

O Ministério da Educação, em parceria com a Organização Educacional Farias Brito, fará a instalação de 41 equipamentos do projeto piloto de Vídeo Libra nos prédios da FB UNI, que já será utilizados neste domingo, 12, segundo dia das provas do Enem 2017.

O objetivo é adequar esses locais às necessidades dos candidatos surdos que realizarão as provas.

A FB UNI participa da fase inicial do projeto por dispor dos equipamentos de acessibilidade exigidos pelo MEC para implementação do sistema, informa a assessoria de imprensa dessa instituição de nível superior.

Odilon Aguiar denuncia clima de insegurança nos Inhamuns

Durante pronunciamento na Assembleia Legislativa, nesta sexta-feira, o deputado Odilon Aguiar (PMB) denunciou o clima de insegurança na Região dos Inhamuns. “Secretário André, veja com bons olhos aquela região e procure atender especificamente Quiterianópolis”, apelou o parlamentar.

Odilon lamentou que há municípios nessa região delegacia ou policiamento nas ruas. “Ontem, dois assaltantes entraram no hospital e levaram uma ambulância. É triste o descaso no Estado e não se toma providências”, disse, sem mencionar o local.

Ele lembrou que, por diversas vezes, fez solicitações nesse sentido, inclusive cobrando a implantação da delegacia, e nada foi atendido.

“Os meliantes estão adentrando nas casas de cidadão de bem”, disse, relatando que, nos últimos dias, três empresários foram assaltados em casa no município de Tauá. Somente nos últimos 30 dias, acrescentou, ocorreram três homicídios na cidade.

(Foto – ALCE)