Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Caucaia comemora 258 anos de emancipação

A Praça da Igreja Matriz foi sede, nesta segunda-feira, da solenidade oficial de abertura das comemorações dos 258 anos de emancipação política de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza). O prefeito Naomi Amorim (PMB) abriu a programação assinando ordens de serviço para reformas de 11 quadras poliesportivas.

Com ele, a vice-prefeita Lívia Arruda e a presidente da Câmara Municipal de Caucaia, vereadora Natécia Campos, que hastearam as bandeiras do Brasil, do Ceará e de Caucaia, respectivamente. “Caucaia está melhorando porque vocês estão nos apoiando, caminhando de mãos dadas com a gente. Já fizemos muito e vamos fazer mais”, assinalou o prefeito.

Programação

A programação para comemorar os 258 anos de Caucaia seguirá até o próximo domingo (15/10). Nesta terça-feira (10/10), o prefeito Naumi Amorim lançará o programa “Praça Viva”, no Tabapuá. Na quarta-feira (11/10), o município dará a largada a mais uma etapa do “Caucaia Cidadã”, programa de educação fiscal.

Será lançada na quinta-feira (12/10) a Pedra Fundamental de uma creche modelo, parceria entre a Prefeitura e o Instituto Myra Eliane, além da terceira edição de 2017 do “Social em Ação”. No sábado (14/10), o projeto “Praia Limpa” chegará nas praias do Parque Leblon, Icaraí e Cumbuco. No fim do dia, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Jurema será inaugurada.

No domingo (15/10), aniversário de Caucaia, será realizado o tradicional desfile cívico pelas ruas do Centro da cidade. Para fechar a semana, uma festa popular será realizada a partir das 18 horas na Praça do Remo, na Jurema.

(Foto – Divulgação)

Exposição sobre Alice no País das Maravilhas vai até domingo no Iguatemi

A mostra interativa dedicada à história de Alice, do clássico Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll, segue em cartaz no Shopping Iguatemi, em Fortaleza, ao longo desta semana do Dia das Crianças.

A exposição, que foi projetada para ser vivenciada e não somente assistida, vai até domingo próximo. Os mais de 150 anos de Alice são exibidos em 12 ambientes diferentes que misturam o clássico com experiências tecnológicas, prometendo encantar todas as gerações.

SERVIÇO

*Com classificação livre, o espaço fica aberto de segunda a domingo, das 11 às 21 horas. Os ingressos custam R$ 25,00 (valor inteiro) e podem ser adquiridos na bilheteria localizada no Shopping Iguatemi ou por meio do site www.ingressorapido.com.br.

*Parte da arrecadação será destinada aos projetos sociais da ONG Orientavida.

(Foto – Divulgação)

Você aprova ensino a distância nos cursos de graduação da área da Saúde?

Com o título “Não ao ensino a distância nos cursos de graduação da área da Saúde”, eis artigo de Ana Cristhina Oliveira Brasil, conselheira efetiva, membro da Comissão de Educação do Crefito-6 e conselheira municipal de Saúde, que pode ser conferido no O POVO desta segunda-feira. “No caso das profissões da área da Saúde, podemos citar o vínculo terapêutico, que é a habilidade social de lidar com o ser humano…” diz trecho do texto. Confira:

São inegáveis os grandes avanços com os quais a tecnologia de informação tem favorecido à área da saúde. Mas tem causado grande preocupação a todos os profissionais da área: a autorização dos cursos de saúde na modalidade EaD (ensino a distância). Como profissional da área da Saúde, fisioterapeuta e conselheira efetiva do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da sexta região (Crefito 6), manifesto a insatisfação de todos os profissionais da área da saúde com essa aprovação.

É importante alertar a toda a sociedade civil, em especial aos usuários/clientes da saúde no Brasil, do SUS, da saúde suplementar ou privada, quanto aos riscos de danos irreparáveis pela intervenção de fisioterapeutas e/ou terapeutas ocupacionais ou de qualquer outro da área da saúde, sem que haja nenhum tipo de prática em laboratórios, nos cenários da rede de assistência à saúde, como unidades de atenção primária, ambulatórios/clínicas de especialidades, hospitais de média e alta complexidade, entre outros.

Assim como os possíveis problemas que ocorrerão pela falta de convivência presencial e o correto preparo para a interprofissionalidade atualmente exigida no âmbito da saúde e em outros setores. Desse modo, enfatizamos o nosso repúdio por esta modalidade de ensino (EaD) do modo que está sendo preconizada, que não se ajusta em nada no campo da saúde e que certamente irá gerar prejuízos irreparáveis à seguridade social pelo risco de ampliação de deficiências físicas e incapacidade para realização das tarefas humanas do dia adia, devido às intervenções de profissionais com formação virtual, o que poderá acarretar futuros processos ético-disciplinares.

Toda profissão, principalmente as da área da saúde, requer habilidades e capacidades específicas para o desempenho de excelência da aprendizagem desses ofícios. No caso das profissões da área da Saúde, podemos citar o vínculo terapêutico, que é a habilidade social de lidar com o ser humano para acolhê-lo em um momento de dor, e isso não se aprende por meio de aulas não presenciais.

Para finalizar, deixo uma reflexão: você confiaria seu(sua) filho(a), sua mãe ou pai, seu companheiro(a) a uma enfermeira cuja graduação foi feita a distância? A um fisioterapeuta que aprendeu como fazer as manipulações por meio de aulas pelo computador? A um médico que aprendeu a operar sem experiência presencial? A um terapeuta ocupacional que aprendeu, sem aulas práticas, a fazer órteses e adaptações para utensílios e auxílio nas atividades de vida diária? Torna-se urgente que tomemos providências para travar uso da EaD na área da saúde.

Ana Cristhina Oliveira Brasil

cristhinabrasil@gmail.com

Conselheira efetiva, membro da Comissão de Educação do
Crefito-6 e conselheira municipal de Saúde

Porto do Pecém atinge a marca de 2 milhões de toneladas de placas de aço exportadas neste ano

O Porto do Pecém, situado em São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza), atingiu a marca de 2 milhões de placas de aço exportadas em 2017. A informação é da assessoria de imprensa da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP). Com isso, o aço se torna assim a principal carga de exportação em toneladas do terminal portuário.

A marca de 2.005.000 de toneladas foi atingida ao embarcar 49.911,755 t de placas no navio Nord Mississippi, que teve como destino o Porto de Altamira, no México. Para o presidente da Cearáportos, Danilo Serpa, a marca é motivo de orgulho para todos os cearenses.

“É um orgulho termos placas de aço de altíssima qualidade, made in ceará sendo exportadas através do Porto do Pecém para o mundo, como por exemplo, a indústria de petróleo norte americana. É um sonho que se torna realidade”, diz.

O material produzido pela CSP tem como principal destino os Estados Unidos, que receberam, neste ano, 40,5% do total movimentado (796.087t), em segundo lugar, a Turquia, com 16,8% (329.524 t). O produto é entregue também a outros 16 países, incluindo o Brasil, que ocupa a 11ª posição no ranking, correspondente a 1,64% (27.613 toneladas).

De janeiro a outubro deste ano o Porto do Pecém já recebeu 57 navios exclusivamente para o embarque de placas de aço. Com início das exportações em agosto de 2016, já foi exportado o total 2.607.376,9 de toneladas placas de aço.

(Foto – Arquivo)

Movimento Crítica Radical participa em Goiás da ECCO 2017 Alternativa ao Capitalismo

Jorge Paiva e Rosa seguiram com um grupo do Sitio Emancipação.

O Brasil está sendo sede de um encontro que vai reunir, em um mesmo evento, o Conselho de Assentamentos Sustentáveis ​​da América Latina (CASA LATINA). Trata-se do ECCO 2017 – Um Chamado da Resiliência Planetária, que ocupa espaços na cidade de Alto Paraíso, em Goiás, na Chapada dos Veadeiros. Na ocasião, será realizado um Conselho de Visões (metodologia que surgiu no México e na América do Norte no final dos anos 1990), que reunirá em conselhos temáticos ativistas, educadores e líderes indígenas de todo o mundo para discutir e planejar ações práticas para a resiliência global.

O encontro acontece na sede do Instituto Biorregional do Cerrado (IBC)), em Alto Paraíso de Goiás, e será dividido em 3 grandes blocos, que estarão conectados ao longo do dia, começando com a Assembleia Bianual do CASA LATINA e a Assembleia da GEN (reservadas aos membros das respectivas redes). Várias ONGs, ecovilas, redes, cidadãs e cidadãos interessados ​​nos temas abordados participarão.

A ordem, segundo a ex-vereadora Rosa da Fonseca, militante do Movimento Crítica Radical, participante do encontro, é se opor ao Capitalismo, hoje uma das piores pragas que atinge a natureza no mundo, segundo afirma.

Sest/Senat e Fetrans encerram nesta terça-feira a campanha Ônibus Encantado

A entrega de doações para a campanha Ônibus Encantado, realizada pela Federação das Empresas de Transportes do Ceará, Piauí e Maranhão (Fetrans), com o apoio do Sest/Senat Fortaleza e outras entidades ligadas ao setor de transportes, termina nesta terça (10).

A ação tem o objetivo de arrecadar brinquedos, alimentos não perecíveis, roupas e livros que serão entregues no dia 11 de outubro ao Orfanato Cristo Rei (Bairro São Gerardo).

SERVIÇO

*As doações podem ser feitas na sede do Sest/Senat Fortaleza, Sindiônibus, Sinterônibus, Setcarce e SomZoom Sat FM.

Avenida de Messejana passa por obras de alargamento

Nesta segunda-feira, a Prefeitura de Fortaleza iniciou as obras de alargamento da Avenida Jornalista Tomaz Coelho, no bairro Messejana. O trecho que receberá a duplicação, corresponde a 600 metros de extensão, entre as ruas Clara de Assis e João Ivo. A entrega está prevista para o primeiro semestre de 2018.

A obra será executada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (SEINF) a um custo de R$ 1,3 milhão, segundo informa a assessoria de imprensa do órgão.

A intervenção promete desafogar o trânsito da região, que registra grande fluxo de veículos todos os dias, além de facilitar o acesso dos ônibus até o Terminal de Messejana. A duplicação da avenida permitirá ainda a ampliação e interligação do binário já existente nas ruas Tenente Jurandir Alencar e Eduardo Porto.

Quando concluídos os serviços, a Avenida passará a contar com quatro faixas, sendo duas em cada sentido, além de novo sistema de drenagem e canteiro central. Nesta primeira etapa da obra, não serão necessários desvios de tráfego ou estreitamento da via.

Ciclofaixa

A área contará com ações do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), que irá implantar na Avenida Jornalista Tomaz Coelho uma ciclofaixa bidirecional junto ao calçadão da praça da Lagoa de Messejana. Com percurso total de 550m, entre as ruas Granja Castelo e Capitão Afrânio, a nova ciclovia irá se conectar a já existente nas ruas Tenente Jurandir Alencar, Padre Pedro de Alencar e Dr. Pergentino Maia, criando uma nova rota até a Avenida Washington Soares.

(Foto – Divulgação)

O secretário da Segurança, o Centro e as facções

O Conselho Estadual de Segurança Pública vai receber, dia 20 próximo, no Palácio Iracema, o titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado, André Costa.

Em discussão, propostas para reforçar a segurança no Centro de Fortaleza. A Câmara de Dirigentes Lojistas e a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas já apresentaram sugestões.

Será boa oportunidade também para o secretário André Costa dizer como está enfrentando a guerra contra as facções. No momento, a SSPDS, parece, perde o embate.

(Foto – Facebook)

No ato de anúncio de melhorias para professores, quem dançou foi Camilo

O governador Camilo Santana (PT) assinou, nesta segunda-feira, no Palácio da Abolição, atos com medidas de valorização da educação – gratificações. Também anunciou melhorias para a rede estadual de ensino e que será realizado novo concurso para professores da rede pública estadual em 2018.

Camilo Santana afirmou que a abertura de vagas para novos professores é essencial dentro do planejamento do Estado voltado à ampliação do número de escolas. O chefe do Executivo autorizou a Secretaria da Educação e a Secretaria de Planejamento e Gestão para que elaborem, conjuntamente, formação de equipe, definição de vagas, dentre outros detalhes, para realização do exame seletivo visando ao próximo ano.

Mas o que chamou a atenção foi um fato: logo que ali chegou, Camilo foi pego pela mão por uma professora. Ela puxou o governador para arrastar um forrozinho pé-de-serra.

Camilo, claro, não dispensou.

(Foto – Mauri Melo)

Pelo fim da vitaliciedade de ministros do STF

Estudo recente encomendado pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, aponta que quase um quinto (precisamente 18,8%) dos processos em tramitação no STF no ano de 2016 foram alcançados pela prescrição, o que equivale a uma lamentável negativa de jurisdição. O relatório é do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), também presidido pela ministra.

Os números, escandalosos, convidam a uma reflexão e robustecem a tese, defendida por constitucionalistas de nomeada, de que é chegada a hora de redimensionar o papel do Supremo Tribunal Federal.

Conformar o Supremo Tribunal Federal às funções autênticas e exclusivas de Corte Constitucional, como de resto ocorre com as democracias mais amadurecidas do mundo e sendo hoje trilhada por vários países latino-americanos, é medida que se impõe. Assim, caberia-lhe tão somente o controle concentrado de constitucionalidade. As matérias remanescentes ficariam cometidas ao Superior Tribunal de Justiça.

Há outros aspectos ainda a merecer alteração, a bem da realização plena do princípio democrático. O processo de escolha de ministros do Supremo Tribunal Federal, aqui entre nós, tem sido escolha de uma única pessoa – o presidente da república –, sem crivo nem intervenção de qualquer outra instância social ou política, o que, a meu ver, deslegitima e empobrece o processo de escolha.

Outra: o fim da vitaliciedade da investidura e o exercício da judicatura por meio de mandato por tempo certo importaria em uma benfazeja rotatividade, o que certamente concorreria para uma permanente oxigenação do poder, cujo exercício prolongado tende a uma inevitável fossilização.

O tema é complexo, controverso, e meu espaço acaba por aqui. Posso voltar ao assunto.

*Hélio Leitão

helioleitao@hlpadvogados.com.brAdvogado.

Deputado quer disponibilizar a Bíblia nas instituições públicas de ensino do Estado

222 1

Um projeto de lei do deputado Bruno Pedrosa (PP) quer tornar disponível a Bíblia Sagrada em instituições de ensino da rede pública do Ceará. A matéria já foi lida, na última semana, na Assembleia Legislativa.

“Nosso objetivo é garantir o acesso à informação para a comunidade escolar da Bíblia, que é o documento de maior abrangência que a humanidade produziu, diz ele. O parlamentar destaca o “caráter histórico” de retratar acontecimentos marcantes para a humanidade.

A matéria deverá passar pela análise da Procuradoria Jurídica da Casa. Em seguida, para as comissões técnicas da Casa. Se aprovada, será encaminhada para votação em plenário.

Mariana Lobo ganha reeleição e deve ser reconduzida como titular da Defensoria Pública do Ceará

A defensora-pública geral do Ceará, Mariana Lobo, ganhou a reeleição para o cargo e deve ser conduzida para os próximos dois anos á frente da Defensoria Pública Geral do Ceará. Mariana obteve 238 votos (77,2% dos votos válidos). O nome lidera a lista que será encaminhada ao governador Camilo Santana.

Além dela, o candidato Alfredo Homsi e os conselheiros eleitos do Conselho Superior da Defensoria Pública, sendo eles, Gustavo Gonçalves, Túlio Iumatti e Sheila Falconeri, fecham a lista que será deferida pelo Executivo.

Mariana Lobo garante que dará continuidade ao trabalho desenvolvido nos dois últimos anos. “Estou muito feliz com esse reconhecimento por parte dos meus colegas e com a possibilidade de continuar fazendo um trabalho transparente e participativo à frente da Defensoria. Agradeço a equipe, que me acompanhou até aqui e ao processo democrático, importante para a construção de uma instituição como a Defensoria Pública que é essencial ao acesso à Justiça.”

Fortaleza representa o Ceará na Liga Nacional de Handebol

Time do Fortaleza está preparado.

O Ceará vai participar, a partir de quarta-feira, em Concórdia (SC), da Liga Nacional de Handebol. O representante é o Fortaleza, que embarcou, na madrugada desta segunda-feira, como um dos dois representantes da região Nordeste no certame, ao lado do Português, do Recife (PE).

Alex Dourado, técnico do Fortaleza, informou que a equipe se classificou em segundo no Nordeste e fará parte de chave em Corcórdia. A outra chave é em Blumenau (SC). São 10 equipes divididas em duas chaves, com a final nesse etapa classificatória ocorrendo no próximo sábado.

No time do Fortaleza, atletas que já foram da Seleção Brasileira de Handebol como Bárbara e Emanuele. “A gente espera que, com essas duas jogadoras, a gente passe para a fase final do campeonato”, acrescentou Dourado.

Chaves

Em Concórdia irão jogar as donas da casa, Adalberto Valle (AM), Fortaleza (CE), Unip/São Bernardo (SP) e UNB (DF).

Em Blumenau (SC) ficam as anfitriãs (Blumenau), Força Atlética (GO), Português/AESO (PE), Rio Negro (AM) e Pinheiros (SP).

Dessa disputa, saem duas de cada chave, que farão semifinal e a final em novembro. O local não foi confirmado ainda.

(Foto – Paulo MOska)

Ex-titular da SSPDS diz que no ambiante da segurança não há mais lugar para mocinho e bandido

Ex-secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), Servilho Paiva se define como alguém de perfil técnico e se envaidece de nunca ter se filiado a partidos. Um dos responsáveis pela implantação do programa Em Defesa da Vida, é avesso a questões político-eleitorais e não comentava publicamente os índices de violência do Estado desde quando deixou a pasta, em 2014.

Entretanto, diante de cenário em que os homicídios batem recordes consecutivos, o atual controlador-geral de Disciplina da Paraíba concedeu entrevista ao O POVO. Sob condição de não responder perguntas de “conotação política”, criticou o fim do Ronda do Quarteirão e lamentou a pouca atuação da Controladoria Geral de Disciplina (CGD), da qual também foi titular.

Evitou análises sobre a atual gestão SSPDS que pudessem ser vistas como reprovação ao secretário André Costa. Declarou, porém, que nesse ambiente não há mais lugar para “mocinho e bandido” ou para os que “tentam inovar sem conhecer”.

Contou que teve “carta branca” do então governador Cid Gomes até o último momento e que não pretendia nem recebeu convite para permanecer. Destacou que enfrentou um período mais crítico que o atual e sentenciou: “A descontinuidade é o maior mal do serviço público”.

*Confira a entrevista completa ao jornalista Thiago Paiva, com foto de Fábio Lima, no O POVO aqui.

Com Tasso na disputa, cenário eleitoral de 2018 muda

Eunício Oliveira vira fiel da balança?

Com o título “Candidatura de Tasso redesenha disputa”, eis ponto de vista de Ítalo Coriolano, editor-adjunto de Conjuntura do O POVO sobre possível postulação tassista ao Governo em 2018. Confira:

Se o senador Tasso Jereissati (PSDB) afirma que disputará o Palácio da Abolição caso a oposição não apresente um nome mais forte, pode-se dar como certa a quarta candidatura do tucano ao Governo do Estado.

Os principais cotados para concorrer à sucessão de Camilo Santana (PT) já enveredam para outros caminhos. Colega de Tasso no Senado, Eunício Oliveira (PMDB), por exemplo, teve a imagem desgastada pela Lava Jato e concentra esforços para conseguir se reeleger.

O deputado estadual Capitão Wagner (PR) tem como prioridade a disputa pela Prefeitura de Fortaleza em 2020, e deverá ser candidato a uma vaga na Câmara Federal, fortalecendo seu nome nacionalmente e criando canais de diálogo em Brasília.

O empresário Geraldo Luciano tem disposição para concorrer ao cargo, mas ainda é um nome muito desconhecido. Representaria o almejado “novo”, mas a empreitada seria uma estratégia arriscada para os planos do PSDB de voltar à Presidência da República.

São necessários palanques fortes no Nordeste, região onde o partido tem histórica dificuldade para obter boa votação. Além disso, o ex-governador cearense conhece como poucos a política local, e se apresenta como único perfil capaz de unificar as siglas de oposição no Ceará. Ou seja, alia experiência com capacidade de agregar. Cenário que traz dificuldades para os planos de Camilo Santana de neutralizar seus adversários e garantir uma reeleição tranquila.

Com Tasso no páreo, tudo que foi traçado pelo petista com vistas a 2018 precisará ser revisto. Restaria, por exemplo, uma aliança com o PMDB de Eunício Oliveira, que começa a ser gestada, mas enfrenta forte resistência de todos os lados. O peemedebista, aliás, se transforma em figura central dentro desse novo contexto. Vira fiel da balança para o futuro das estruturas de poder no Estado.

Tasso admite disputar o Governo em 2018, dizem aliados

Eleito governador do Ceará em três oportunidades (1986, 1994 e 1998), o senador Tasso Jereissati (PSDB) admitiu a aliados, na última sexta-feira, 6, em reunião reservada, que pode mais uma vez disputar a eleição majoritária no ano que vem. Descartada em outras oportunidades, a possibilidade do ex-governador concorrer pela quarta vez ao Executivo ocorre em meio à indecisão do senador Eunício Oliveira (PMDB) para o ano que vem.

Após movimentações de bastidores indicarem uma aproximação entre o peemedebista e o governador Camilo Santana (PT), a oposição acabou ficando acuada para a disputa contra o petista em 2018.

O encontro realizado no escritório do empresário, na Capital, reuniu diversos nomes da oposição, como os deputados federais Moses Rodrigues (PMDB), Genecias Noronha (SD), Domingos Neto (PSD) e Cabo Sabino (PR), além dos deputados estaduais Capitão Wagner (PR) e Carlos Matos (PSDB). O vice-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, também participou das conversas.

“Ele vinha mais resistente, mas agora já admite (a candidatura). Porque uma pessoa desse tamanho (político) não pode ficar sem ser candidato”, disse Genecias Noronha. Um “apelo” das lideranças para que ele desse uma “cota de sacrifício pelo Estado” acabou “sensibilizando” o senador, disse o deputado.

“(Tasso) é um nome capaz de tirar o Estado da situação caótica em que ele se encontra. Em nenhum momento ele rechaçou a possibilidade (de candidatura), ficou de analisar”, disse um dos pré-candidatos ao governo em 2018, Capitão Wagner (PR).

O POVO procurou a assessoria do senador Tasso Jereissati através do telefone celular e do WhatsApp, mas não houve retorno até o fechamento da página.

Oposição

O encontro, que envolveu os principais nomes da oposição no Estado, não teve a participação do senador Eunício Oliveira (PMDB), que estava em viagem oficial para a Rússia.

O senador ainda não se decidiu se vai sair na chapa do governador Camilo Santana (PT) ou pela oposição, que pode ser encabeçada por Tasso ou pelo deputado estadual Capitão Wagner (PR).

O POVO apurou que na reunião de sexta-feira, 6, o senador Tasso prometeu pressionar o presidente do Senado sobre definições para o ano que vem.

O objetivo do tucano é dar um prazo para Eunício Oliveira se decidir sobre quem vai apoiar para o Governo do Estado.

(O POVO – Repórter Wagner Mendes/Foto – Divulgação)

Camilo-Eunício agrada bases do PT no Interior

Da Coluna Vertical, do O POVO desta segunda-feira;

A aproximação política do governador Camilo Santana (PT) com o senador Eunício Oliveira não sofreria restrições nas bases do partido no Interior. Pelo menos uma voz de peso não vê nada demais na conversação que mira 2018.

É o caso do ex-presidente regional do PT e hoje prefeito de Quixadá, Ilário Marques. Para ele, os dois conversam sobre projetos e, principalmente, travam esforços em favor dos interesses do Estado. Ou seja, uma união pela conquista de recursos que precisa e deve ocorrer até porque Camilo e Eunício estão em posições estratégicas e fundamentais para a gestão estadual.

Ilário diz não ter preconceitos no caso de tal aproximação administrativa resultar em parceria eleitoral. Mas desde que tudo seja feito em torno de um programa de ações bem transparente e levando em conta o interesse do Estado.