Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Primeira-dama será vendedora por um dia

A primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, será vendedora por um dia na loja solidária da Edisca, inaugurada no último dia 9, no Shopping Rio Mar, piso L2. Ela estará lá das 17 às 19 horas.

A loja Estrelário está com uma linha exclusiva de marcas produzidas por artistas cearenses. O valor garantido com as vendas será revertido para a entidade, informam organizadores do evento.

Movimentos sociais promovem em Fortaleza ato em defesa da soberania

O senador petista Lindemberg Farias é um dos convidados.

Começa às 19 horas desta segunda-feira, na Cofeco, em Sabiaguaba, a 5ª Assembleia Nacional Zilda Xavier, instância máxima da organização Consulta Popular, que se estenderá até sexta-feira).

Neste primeiro dia de assembleia, haverá o ato político “Momento atual da conjuntura brasileira: a defesa da soberania nacional e da democracia”, que contará com a presença de senadores como Gleisi Hoffmann, Lindbergh Farias e José Pimentel, do PT, deputados estaduais e federais como Luizianne Lins, além de lideranças políticas e dos movimentos populares que confirmaram presença. Na lista,João Pedro Stédile, do MST; ex-ministro Gilberto Carvalho, Walter Sorrentino, Mariana Dias, da UNE, e Roberto Amaral (PSB).

A 5ª Assembleia da Consulta Popular ocorre num contexto de golpe contra a democracia e a soberania nacional, segundo organizadores. Diante deste cenário, a esquerda brasileira quer retomar o debate estratégico e recolocar a necessidade de um projeto democrático, popular, que “restabeleça a soberania nacional, a democracia e apresente uma alternativa para a classe trabalhadora diante da crise brasileira”, acentuam.

A Consulta Popular completa 20 anos em 2017. A organização política reúne militantes de diferentes movimentos sociais, da juventude, do campo e da cidade. A organização integra a Frente Brasil Popular, reivindica um Projeto Popular para o Brasil e construiu iniciativas como os plebiscitos pela reestatização da Vale (2007) e por uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político (2014).

Confira algumas presenças confirmadas

João Pedro Stédile (MST)
Aton Fon (Consulta Popular)
Ricardo Gebrim (Consulta Popular)
Senadora Gleisi Hoffmann (PT)
Senador Lindbergh Farias (PT)
Roberto Amaral (Frente Brasil Popular)
Senador Pimentel (PT)
Deputado Elmano Freitas (deputado estadual CE)
Valter Sorrentino (vice-presidente do PC do B)
Deputado Valmir Assunção (deputado federal BA)
Gilberto Carvalho (PT)
Deputada federal Luizianne (CE)
Raquel Marques (Deputada estadual do CE)
Wil Pereira (CUT Ceará)
Enedina Soares (FETAMCE)
Levante Popular da Juventude
Jaime Amorim Via Campesina
Mariana Dias (presidenta da UNE)
Emanuel Bertoldi (Alba Movimentos)
Emanuel (Federação Única dos Petroleiros)
Paulão (Confederação Nacional dos Metalúrgicos)
Flavinho (Conem)
Renê Santana (CTB)
Marcha Mundial de Mulheres
Francisco de Assis Diniz (Presidente do PT CE)
Florence (FNDC)
Representante da CNTE

CCBNB abre exposição “Excursão Pajeú”

O Centro Cultural do Banco do Nordeste abrirá, às 18 horas da próxima quinta-feira, a exposição “Excursão Pajeú”. São trabalhos da artista e arquiteta Cecília Andrade, que fazem parte do projeto Era uma vez um rio, patrocinada pela Lei Rouanet, que envolve além do percurso no espaço expositivo, onde são apresentadas intervenções e documentos do processo de sua pesquisa de mestrado, uma série de caminhadas guiadas semanais.

A experiência multimídia agencia encontros e desencontros com o riacho e permite pensar sobre sua existência em meio a tantas transformações. Estimula ainda a imaginação sobre o rio, que passa a poucos metros do Centro Cultural Banco do Nordeste do Brasil.

O Pajeú ainda existe

Por mais de 200 anos, o Riacho Pajeú foi considerado de grande importância para Fortaleza, banhando toda a cidade de vida e possibilidades, mas a intensa urbanização e a ocupação desenfreada vivida pela capital cearense trouxeram consigo danos graves ao afluxo. Mesmo tendo sofrido um processo de apagamento geográfico, a presença do corpo d’água permanece como um imaginário a disputar.

Programação

16 nov
Abertura e fala sobre a pesquisa e o processo criativo
Local: CCNB Fortaleza
Quinta, 18h

24 nov + 01, 08 e 15 dez
Apresentação sobre a pesquisa e o processo criativo
Local: CCNB Fortaleza
Sextas, 10h

25 nov + 02 e 16 dez
Caminhada Guiada “Curto Circuito Pajeú”
com uso do aplicativo Excursão Pajeú
Local de partida: CCBNB Fortaleza
Sábados, 10h

09 dez
Percursos Urbanos
Local de partida: CCBNB Fortaleza
Sábado, 15h

SERVIÇO

*Centro Cultural Banco do Nordeste do Brasil – Rua Conde d’Eu, 560 – Centro, Fortaleza – Ceará.

*De 16 de novembro a 16 dezembro – gratuito

*Mais informações: www.excursaopajeu.com

(Foto – Divulgação)

PSDB e PR começam a costurar chapa de olho em 2018

Geraldo Luciano, executivo do Grupo M. Dias Branco, pegou gosto pela política depois que, na última sexta-feira, no auditório da Câmara Municipal, estreou discurso na convenção estadual do PSDB. Após assumir a segunda vice-presidência tucana, já terá um compromisso nesta semana: conversa com o deputado estadual Capitão Wagner (PR).

Quem informa é o próprio Capitão, que disse sentir o tucano “bastante empolgado com a política”. Geraldo é sempre lembrado como potencial candidato a governador pelo PSDB e Capitão Wagner sempre cotado para o mesmo cargo por seu partido.

Ambos farão uma espécie de encontro de contas eleitorais, dando início a uma possível dobradinha? Eis a dúvida que os dois evitam adiantar. Wagner, no entanto, não tem des cansado em busca de seu sonho. No fim de semana, esteve em São Paulo em encontro com João Doria e outros prefeitos conferindo evento sobre saúde.

DE IRMÃO PRA IRMÃO

A Arce, que comemora 20 anos, e seu atual presidente, Hélio Winston, ganharão homenagem na Assembleia Legislativa dia 21, às 18 horas. A pedido do deputado Evandro Leitão, por sinal, irmão de Hélio Winston.
DOCE ESPERA

O coordenador da Fiocruz no Ceará, Carlile Lavor, confirma, para o fim deste mês, no Eusébio (RMF), a inauguração do equipamento. Isso, após quase nove anos. Ali, cursos de pós-graduação, laboratórios e pesquisa.

CAMAROTE 2018

O cachê de Wesley Safadão estaria cotado, em se tratando de Réveillon, em um preço especial. Ou seja, nada de R$ 200 mil – era R$ 500 mil antes do aperto da crise, e agora estaria perto de R$ 800 mil.

ENXAQUECA

O que se dizia, no fim de semana, pós-Tasso ter chutado o pau da barraca contra o governo é que Cid Gomes, apoiador de Camilo Santana, viu retornar à sua rotina uma velha colega que o incomodava vez em quando.
ACAMPAMENTO

Virando acampamento de moradores de rua trecho da avenida Eduardo Girão, quase esquina com a avenida dos Expedicionários. Além de barracas improvisadas, um deles tem direito a armar rede na grade do canal.
DE VOLTA À TERRA

A Funasa fará seu I Encontro com Prefeitos em Quixadá, onde reunirá gestores do Sertão Central para mostrar seus serviços. É a terra do superintendente do órgão, Ricardo Silveira, que disputou e perdeu a prefeitura.
MAIS UMA

Uma faculdade de Medicina privada deve ganhar, ano que vem, a cidade de Iguatu (Centro Sul). Instituições de nível superior de Fortaleza já estão na disputa pelo projeto. Também o Inta, de Sobral.

HORIZONTAIS

Tramita na Assembleia Legislativa um projeto de lei fixando a exigência mínima de curso técnico em radiologia para que o profissional possa exercer a função.

O cantor Berto Barbosa, que estará no Réveillon de João Pessoa (PB), está bombando na internet com seu Instagram: @bb_oficial. Divulga ali seu novo sucesso, “Cola em mim”.

Rogério Ceni ganhará festa com a torcida

Com uma recepção à altura do nome do novo técnico, no Castelão, o Fortaleza apresentará Rogério Ceni na quarta-feira, 15. O evento será dividido em dois momentos, sendo o primeiro direcionado à imprensa, no auditório da praça esportiva e o depois, uma festa junto aos torcedores, na área VIP do setor premium do estádio (o espaço de circulação do setor, antes de chegar às cadeiras).

O evento não será exclusivo para sócios-torcedores — que têm entrada gratuita —, como pensando inicialmente, mas o torcedor comum terá que pagar R$ 30 para ver a chegada do novo comandante, que está marcada para as 16 horas e deve durar cerca de duas horas. A expectativa do departamento de marketing do Leão é de que pelo menos 3 mil tricolores recebam o “M1to”, como é chamado pela torcida do São Paulo.

O espaço escolhido para a festa comporta até 4.250 pessoas. Ceni chegará após conceder entrevista para a imprensa e vai circular entre os torcedores, que poderão tirar fotos e conversar um pouco com o ex-goleiro, mas não haverá a tradicional fila de autógrafos. Depois, ele subirá no palco e será oficialmente apresentado pela diretoria. A música ficará a cargo da dupla Fran e Diego.

Vitrine

O departamento de marketing vai aproveitar a ocasião para vender produtos já com a imagem de Ceni. Camisas e outros artigos vão estar disponíveis para venda no Castelão. Além disso, será possível se tornar sócio do Fortaleza no local.

Com o impacto do anúncio de Rogério Ceni, o clube espera um boom no programa de sócios-torcedores. O ex-goleiro, inclusive, serve como uma espécie de garoto-propaganda para o Leão. Em vídeo publicado nas redes sociais do clube, o novo técnico lançou um desafio para a torcida tricolor.

“Nessa caminhada junto de vocês, meu objetivo é que cheguemos a 20 mil sócios-torcedores. É um desafio que tenho certeza de que não só eu como todo o elenco do Fortaleza vai colaborar para o crescimento dessa equipe. Grande abraço e vejo todos em breve”, disse o ex-goleiro.

(O POVO – Repórter Brenno Rebouças)

Tasso bateu em Camilo porque saiu desmoralizado da crise do PSDB nacional, diz Eudoro

162 1

O superintendente do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), Eudoro Santana, afirmou que há “muitos equívocos” nas declarações do senador Tasso Jereissati (PSDB) sobre a influência dos Ferreira Gomes no Governo Estadual. Para ele, que é pai do governador Camilo Santana (PT), a crise interna do PSDB pode ter interferido no episódio.

“Tem que levar em consideração que o Tasso está muito magoado porque foi desmoralizado nesse processo. Tem que deixar tudo isso sentar um pouco”, afirmou o secretário, em referência à destituição do senador tucano do cargo de presidente interino do PSDB pelo senador Aécio Neves.

“A postura do Camilo está correta. O importante é a gestão, é pensar no futuro do Ceará”, disse Eudoro, que foi secretário de Agricultura no governo de Tasso Jereissati, na década de 1980.

“Todos nós temos a contribuir, ele (Tasso) certamente deu a sua grande contribuição, então eu acho que esse assunto é de menor importância”, minimizou o superintendente do Iplanfor.

Após a repercussão das declarações do senador tucano, o governador Camilo Santana se posicionou dizendo que sua responda às críticas “absurdas” de Tasso seria “continuar trabalhando firme pelo povo do Ceará”. “Lamento muito que esse absurdo venha de alguém que há poucos dias me fazia elogios”, disse. “Não tenho tempo a perder com esse tipo de discussão”, continuou.

(O POVO – Repórter Rômulo Costa/Foto – Aurélio Alves))

Gleisi Hoffmann vem reforçar campanha de filiações ao PT do Ceará

368 1

Gleisi já esteve neste ano  no Ceará.

A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, estará. em Fortaleza nesta terça-feira. Segundo a direção estadual petista, ela vem participar da solenidade de posse dos novos titulares dos setoriais do partido. O ato ocorrerá a partir das 9 horas, no auditório da Assembleia Legislativa.

Todos os parlamentares federais e estaduais do PT, além de vereadores e alguns prefeitos, deverão conferir o encontro, que marcará também o lançamento da plataforma digital petista voltada a conquistar novas filiações.

Deverão tomar posse os novos titulares dos setoriais da Mulher, Educação, Cultura, Sindical, LGBT, Agrárias, Meio Ambiente e Direitos Humanos.

(Foto – Paulo MOska)

Prefeito Roberto Cláudio diz ter orgulho de ser renovação no grupo dos Ferreira Gomes

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) se juntou aos aliados políticos e respondeu, ontem, as críticas do senador Tasso Jereissati dirigidas ao grupo liderado pelos ex-ministros Cid e Ciro Gomes. Fruto da aliança com os dois irmãos, RC se disse “orgulhoso” de participar de um grupo que dá “oportunidade” para o surgimento de “novas lideranças”, em crítica velada ao bloco opositor liderado pelo senador tucano.

“Quantos jovens não têm surgido dentro desse grupo? Eu, por exemplo: me foi dada a oportunidade de presidir a Assembleia, depois virei prefeito de Fortaleza. O governador Camilo Santana é um jovem, o presidente (da Cmara Municipal) Samito Filho também”, argumenta. “Há um grupo político que dá oportunidade e espaço para que novas lideranças politicas surjam e deem voz ao que pensa”, disse o prefeito ao O POVO, durante reunião com os secretários municipais no Centro de Eventos do Ceará.

O comentário de RC aponta em direção contrária ao movimento da oposição que defende a candidatura de Tasso ao governo como caminho para a “renovação” do Estado.

RC reforçou as críticas que o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) fez ao senador tucano. “Ciro registrou uma coisa muito verdadeira: não temos meio de comunicação, respeitamos a diversidade da imprensa, não temos grandes patrimônios privados”, listou o prefeito.

Embate

A troca de ataques entre os grupos começou após o discurso de Tasso Jereissati na convenção estadual do PSDB, na última sexta-feira, 10, quando o senador atacou o governador Camilo Santana ao dizer que ele é “mandado” pela “oligarquia” dos Ferreira Gomes.

A declaração provocou a reação de Ciro Gomes que devolveu, no mesmo dia, o ataque. “É a oligarquia que tem o senador mais rico do País com patrimônio declarado”, disse Ciro em referência ao tucano. Santana também reagiu as acusações as quais considerou como “absurdas”.

Antes das farpas trocadas na última semana, o senador tucano já havia dirigido comentários elogiosos para Camilo Santana – a quem chegou a destacar um “jeitão tucano” – e também para o prefeito Roberto Cláudio. Em março, durante inauguração de posto de saúde que homenageou a mãe de Tasso, o senador brincou com RC, dizendo que ele estava com “biquinho de tucano crescendo”.

As críticas entre os grupos acontece no contexto de incertezas sobre a situação da oposição cearense para as eleições do ano que vem.

Com as imprecisões sobre a continuidade do PMDB no bloco, o grupo se enfraqueceu e tenta apostar em Tasso Jereissati como esperança para um palanque competitivo em 2018. O senador, no entanto, já declarou que não pretende se candidatar para a vaga no Palácio da Abolição.

(O O POVO – Repórter Rômulo Costa/foto – Mauri Melo)

Deu pane no sistema da Ciops

O sistema da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), que verifica nomes, placas de veículos e ocorrências de todos os tipos, saiu do ar a partir das 14h30min de sábado, dificultando o serviço ostensivo geral.

Consequência disso: os operadores da Ciopes estavam tendo que redigir todos os dados na base da velha esferográfica.

Já no domingo, de acordo com o pessoal da área, o sistema voltou a operar normalmente.

Comarca de Maracanaú inicia mutirão de conciliação fiscal nesta segunda-feira

O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) da Comarca de Maracanaú começa, a partir desta segunda-feira (13), mutirão de conciliação fiscal relativo a débitos de impostos e taxas municipais. A mobilização, que faz parte do Programa de Refinanciamento (Refis) 2017, prossegue até o próximo dia 17, das 9 às 16 horas, no Fórum Desembargador Osmundo Pontes (Região Metropolitana de Fortaleza). A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

Com a iniciativa, pessoas que possuem dívidas referentes aos Impostos Territorial e Predial Urbano (IPTU) e sobre Serviços (ISS), bem como taxas e infrações de trânsito poderão regularizar o débito com o município. Cerca de cinco mil processos estão aptos a fazer parte da pauta da Semana da Conciliação Fiscal.

Todos os detalhes da ação foram definidos em reuniões realizadas no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) com a desembargadora Tereze Neumann Duarte Chaves, supervisora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec). As juízas Andréa Pimenta Freitas Pinto (da 1ª Vara Cível e coordenadora do Cejusc de Maracanaú) e Regma Aguiar Dias Janebro (da 3ª Vara Cível, na qual tramitam as ações de execução fiscal) estão à frente da mobilização.

O Cejusc disponibilizará duas salas com quatro mesas para atendimento. A pessoa já sairá do local com o boleto impresso. Os descontos nos juros e nas multas podem chegar a 100%, dependendo do caso. O pagamento pode ser feito de uma única vez ou em até 60 meses, com parcela mínima de R$ 100,00 (pessoas físicas) e de R$ 500,00 (empresas).

SERVIÇO

*Cejusc da Comarca de Maracanaú – Fórum Des. Osmundo Pontes – Rua Luiz Gonzaga Honório de Abreu, 80, Parque Antônio Justa, Maracanaú.

Mãe da música nordestina – Cineteatro São Luiz realiza show 10 anos sem Marinês

Voz feminina da música nordestina, coroada por Luiz Gonzaga como Rainha do Xaxado (dança típica dos cangaceiros de Lampião), Marinês é homenageada no palco do Cineteatro São Luiz, neste domingo (12), a partir das 18 horas. Quem fará a homenagem, que marca os 10 anos de saudade de Marinês, é a cantora e compositora Sabrina Vaz, que iniciou carreira solo tendo como objetivo a restauração musical da cantora Marinês – a qual muito se assemelha -, e o músico Marcos Farias, filho do sanfoneiro Abdias dos Oito Baixos e de Marinês. Os ingressos podem ser adquiridos a preços populares: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia).

“Pisa na Fulô” e “Peba na Pimenta” são algumas das primeiras canções que ficaram conhecidas através da voz de Marinês, seguidos por mais de 45 discos gravados, todos com grandes sucesso. Como disse Gilberto Gil: “Marinês é a grande mãe da música nordestina”.

Na homenagem, que integra a programação especial do equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), alusiva ao dia da cultura, Marinês e a cultura nordestina são celebradas em um lindo espetáculo.

(Secult)

Tasso x Ciro – Quem está com a razão?

423 4

O senador Tasso Jereissati (PSDB) disparou sua metralhadora, pela primeira vez, contra o, Governo Camilo Santana, durante a convenção estadual do partido, nessa sexta-feira, no auditório da Câmara Municipal de Fortaleza.

Ele disse que o governo de Camilo é “mandado pela oligarquia dos Ferreira gomes”.

Ciro Gomes, por sua vez, numa entrevista durante seminário de lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional, na Assembleia, no mesmo dia em que o tucano soltou o verbo, deu seu recado, em tom de ironia, devolvendo:

“É uma oligarquia bem interessante que os sociólogos deveriam estudar. É uma oligarquia que é dona de uma rede de shopping center do País, que tem R$ 100 milhões de créditos no Banco do Nordeste, é uma oligarquia que tem televisão em Fortaleza, rádio, jornal, portal de internet… É a oligarquia que tem o senador mais rico do País com patrimônio declarado”.

Pois bem, quem está com a razão nessa troca de torpedos?

a) Tasso

b) Ciro

c) Nenhum dos dois

d) Os dois

e) Valha-me, Deus!

Eunício Oliveira anuncia R$ 1 bilhão para obras no Ceará e admite aliança com Camilo

669 4

Obras até então sem previsão de conclusão, no Ceará, poderão revisar seus cronogramas, a partir desta semana, diante da liberação de cerca de R$ 1 bilhão, por meio do Programa Avançar. Foi o que anunciou o presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB), nesse sábado (11), em Lavras da Mangabeira (Centro-Sul), durante entrevista à imprensa local.

“O exercício do mandato parlamentar não pertence a um grupo político, pertence à sociedade. Sou o político mais votado da história do Ceará, e tenho aproveitado essa oportunidade dada por Deus, para ajudar ao povo do meu Estado, especialmente os nossos irmãos sofridos”, comentou Eunício.

Somente no município de Iguatu, também localizado no no Centro-Sul do Ceará, obras avaliadas em cerca de R$ 2,5 milhões serão entregues até 2018. São ações como o Centro de Ação Psicossocial, Centro de Iniciação ao Esporte, Centros de Arte e Esportes Unificados, além de quadras esportivas nas escolas.

Eunício também disse que tem disponibilizado seu mandato em favor dos cearenses, para conseguir recursos para obras de infraestrutura hídrica, a exemplo da Transposição do São Francisco, Cinturão das Águas, adutoras e açudes, além de obras e custeio da saúde, renegociação das dívidas de produtores rurais prejudicados pela seca, criação de novas faculdades de Medicina e institutos federais de educação no interior.

Sobre as eleições do próximo ano, Eunício afirmou que ainda não formalizou nenhuma aliança. Questionado acerca das ações conjuntas que têm firmado com o governador Camilo Santana e com o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o presidente do Senado disse que o momento é de convergência administrativa, mas não descartou uma aliança política no futuro.

“Temos feito uma parceria em prol dos interesses do Estado. Se avançar para uma aliança política, quem vai ganhar não vai ser Camilo, não vai ser o Eunício. Quem vai ganhar é o Estado do Ceará, porque terá aqui um governador e um presidente de um poder que tem condições de carrear os recursos para melhorar a qualidade de vida do povo cearense”, avaliou.

(Foto – Divulgação)

Taça das Favelas – Palestra de Cafu abre congresso técnico neste domingo

Jovens com idade entre 15 e 17 anos (masculino) e a partir de 15 anos (feminino) participam nesta semana da I Taça das Favelas, em uma promoção da Central Única das Favelas (Cufa-CE). O sorteio dos grupos ocorre neste domingo (12), a partir das 16 horas, na Associação dos Moradores das Quadras, na Aldeota, com palestra do ex-jogador Cafu, pentacampeão mundial pela Seleção Brasileira em 2002.

Os jogos serão disputados nas areninhas Campo do América e Pantanal. A abertura oficial será nesta segunda-feira (13), a partir das 9 horas, na Areninha Pantanal, em jogo amistoso com participação de Cafu e do rapper Dexter.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

Congresso Técnico Taça das Favelas (sorteio das chaves e palestra) Data: 12 de novembro (domingo) Local: Associação dos Moradores das Quadras, Aldeota (Esquina da Virgílio Távora com Beni de Carvalho, ao lado do Colégio Santa Cecília) Horário: 16h Palestra: Ex-jogador Cafu

Abertura Oficial (jogo amistoso com participação do ex-jogador Cafu e rapper Dexter) Data: 13 de novembro (segunda-feira) Local: Areninha Pantanal Horário: 9h

Fase Mata-Mata Data: 18 e 19 de novembro Local: Areninha Campo do América Horário: 9h

Grande Final (encerramento com shows do rapper Dexter e artistas das comunidades) Data: 26 de novembro Local: Areninha Pantanal Horário: 15h

Unilab receberá embaixador e membro da Academia Brasileira de Letras

O Campus da Liberdade, em Redenção (Região Metropolitana de Fortaleza), receberá, dia 16 próximo, o embaixador João Almino de Souza Filho, diretor da Agência Brasileira de Cooperação, do Ministério das Relações Exteriores (ABC/MRE), para ministrar a conferência “A cooperação brasileira em prol do desenvolvimento”. A atividade, que acontecerá no Auditório Didático, integra a programação do VIII Ciclo de Debates sobre Bioética, Diplomacia e Saúde Pública e do Curso Livre “Desenvolvimento, Desigualdade e Cooperação Internacional em Saúde”, realizados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em parceria com a Unilab.

Na ocasião, o diplomata, que ocupa a cadeira nº 22 da Academia Brasileira de Letras, lançará o romance “Entre facas, algodão”. A mesa será coordenada pelo reitor da Unilab, Anastácio de Queiroz Sousa, com participação do diretor da Fiocruz no Ceará, Carlile Lavor, e do coordenador do Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde de Brasília, José Paranaguá de Santana.

O ciclo e o curso livre são promovidos pelo Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde, da Fundação Oswaldo Cruz (Nethis/Fiocruz), em parceria com a Unilab, e visam discutir as questões de saúde no panorama internacional para fortalecer os processos decisórios dos sistemas nacionais. A ação tem patrocínio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, vinculada ao Ministério da Educação (Capes/MEC).

Lançamento do romance “Entre facas, algodão”

Em seu primeiro romance nordestino, o sétimo de sua trajetória, João Almino transporta o enredo para Várzea Pacífica, cidadezinha imaginária no interior do Ceará. Lá, o protagonista, um advogado de 70 anos e recém-separado, sai em busca de sua própria identidade, revisitando a memória e o que resta dela, nos lugares onde cresceu. Em uma narrativa em primeira pessoa e na forma de diário, “Entre facas, algodão” circula entre dimensões indispensáveis à vida humana: espaço, tempo e família.

Sobre o autor

Nascido em 1950, em Mossoró (RN), o escritor e diplomata João Almino lecionou na Fundação Universidade de Brasília (UnB), na Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM), no Instituto Rio Branco e nas universidades de Berkeley, Stanford e Chicago. É bacharel em Direito, mestre em Sociologia, doutor em História Comparada das Civilizações Contemporâneas, e pós-doutor no Centro de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (USP). Embaixador, serviu nas embaixadas do Brasil em Paris, México e Washington. Como escritor, ganhou o prêmio do Instituto Nacional do Livro e Prêmio Candango de Literatura, pelo livro “Ideias para onde passar o fim do mundo”. Conquistou o prêmio Casa de las Américas, pela obra “As cinco estações do amor”, e o prêmio Passo Fundo Zaffari & Bourbon de Literatura, com “Cidade Livre”. Em março deste ano, João Almino foi eleito como imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL). O autor passou a ocupar a cadeira 22, na sucessão do médico Ivo Pitanguy.

SERVIÇO

*Os interessados devem preencher o formulário de inscrição no site da Fiocruz Brasília para emissão de certificados.

*Os inscritos poderão assistir às palestras a distância ou presencialmente. O evento será transmitido ao vivo por facebook.com/fiocruzbrasilia, em transmissão compartilhada por facebook.com/unilaboficial. Posteriormente as palestras estarão disponíveis também offline.

Ceará empata no Serra Dourada e poderá garantir acesso na terça-feira

 

A torcida deve receber time no aeroporto nas próximas horas

Em contagem regressiva para retornar à elite do futebol brasileiro, o Ceará segurou o Goiás, na tarde deste sábado, na 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, ao empatar em 0 a 0 com a equipe goiana. Com o resultado, o Vozão chegou aos 60 pontos e poderá assegurar o acesso na rodada cheia da terça-feira (14), quando enfrentará o Paysandu no Castelão.

A três rodadas do final da competição, o Ceará garante acesso em caso de vitória e derrota do Oeste (enfrenta o Internacional) e empate ou derrota de Londrina (diante do Guarani) e Vila Nova (Figueirense).

Na partida deste sábado, o Ceará teve que segurar no primeiro tempo a pressão do Goiás, que ainda possui chances de rebaixamento, mas poderia ter deixado o Serra Dourada com uma vitória na segunda etapa, em duas oportunidades desperdiçadas por Lima. Na primeira, o atacante alvinegro errou o chute, dentro da área e livre de marcação, enquanto, minutos depois, o goleiro Marcelo Rangel fez boa defesa.

O América Mineiro assegurou o acesso, na rodada de hoje, ao vencer o Figueirense, por 2 a 1, fora de casa. O time mineiro também é o novo líder da Série B, agora com 66 pontos, diante do empate em 1 a 1 entre Internacional e Vila Nova, em pleno Beira Rio.

Camilo Santana lamenta críticas de Tasso e diz que continuará trabalhando pelo povo do Ceará

237 1
O governador Camilo Santana (PT) respondeu neste sábado, 11, às declarações do senador Tasso Jereissati sobre a influência do grupo dos Ferreira Gomes no Palácio da Abolição. O petista classificou como “absurdo” a crítica do senador tucano, que o acusou de ser “mandado” pelos irmãos Cid e Ciro Gomes (PDT), classificados por Tasso como “oligarquia”.
“Lamento muito que esse absurdo venha de alguém que há poucos dias me fazia elogios. Minha resposta é continuar trabalhando firme pelo povo do Ceará, como tenho feito todos os dias”, respondeu Camilo Santana ao O POVO Online.
A declaração de Tasso Jereissati foi a primeira crítica pública ao governador Camilo, com quem já havia trocado elogios, dizendo que o petista tinha, inclusive, um “jeitão tucano”.
Ainda na sexta-feira, 10, o ex-ministro Ciro Gomes contra-atacou o tucano, do qual foi aliado por mais de 20 anos. “É uma oligarquia bem interessante que os sociólogos deveriam estudar.
“É uma oligarquia que é dona de uma rede de shopping center do País, que tem R$ 100 milhões de créditos no Banco do Nordeste, é uma oligarquia que tem televisão em Fortaleza, rádio, jornal, portal de internet… É a oligarquia que tem o senador mais rico do País com patrimônio declarado”, rebateu Ciro, durante evento na Assembleia Legislativa.
Procurada pelo O POVO Online, a assessoria de comunicação do senador Tasso Jereissati informou que o tucano está fora do Brasil e “provavelmente, não tomou conhecimento” da resposta de Camilo Santana.
(Com O POVO Online)

Quem ganha e quem perde com o acordão

Em artigo no O POVO deste sábado (11), o jornalista e professor universitário Magela Lima avalia o quadro político no Ceará, que estaria caminhando para um acordão nas eleições do próximo ano. Confira:

Se tem uma coisa na política que o observador comum e o especialista hão de concordar facilmente, é que a campanha impõe um tempo excepcional. É quando os discursos, projetos e visões de mundo efetivamente travam um embate público, tendo em vista despertar a predileção do eleitor, que dispõe de um só voto na maioria das vezes. Bem ou mal, tem sido assim. O nosso noticiário político, no entanto, tem ventilado negociações para que, nas eleições do próximo ano, o Ceará experimente algo bastante diferente e inusitado.

Tenho lido e ouvido com uma frequência bem incômoda comentaristas do ramo dando conta de que 2018 será marcado por um acordão entre as principais e mais influentes forças políticas do Estado. A ideia, segundo relatam, é fazer de conta de que não há divergência alguma, deixar de lado todos os muitos revezes e, em nome do Ceará, garantir que tudo fique absolutamente como está. Teríamos, então, uma campanha sem concorrência. Consequentemente: uma eleição, salvo uma reviravolta daquelas, definitivamente de cartas marcadas.

Com isso, o Ceará projetaria nacionalmente um palanque ecumênico, misturando as mais variadas cores e os mais variados sabores da nossa política recente. A questão é: a quem poderia interessar uma invencionice dessas? Não, não se trata de um esforço multilateral em nome de um projeto maior para o povo do Ceará. Nas entrelinhas, quem antecipa o cenário de uma disputa sem disputa para 2018 identifica, sim, uma alternativa, talvez a última, dos atuais quadros perpetuarem seus mandatos. A conveniência é mais pessoal que coletiva.

Uma aliança com propósitos tão mesquinhos deve ser repudiada. O Ceará não pode, por contingenciamentos particulares de quem se aventurou pela vida pública, abrir mão de discutir seus grandes temas. Como superar esse dilema recorrente da falta d’água, um sofrimento atávico da nossa gente? Como equacionar essa escalada desenfreada da violência, que mancha nosso cotidiano com números tão chocantes? Imaginar que nossa política e nossos políticos chegaram a um consenso sobre essas e outras questões é ser ingênuo por demais. Queremos o debate!