Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Em suas redes sociais, Heitor Férrer vê muita “falta de vergonha” no episódio que envolve Lula e o TRF-4

Do deputado estadual Heitor Férrer (SD), em suas redes sociais, um comentário acerca do imbróglio em torno de Lula e seu habeas corpus barrado pela cúpula do TRF-4.

“Desembargador solta Lula, desembargador prende Lula… Desembargador afronta seu Tribunal, Juiz desobedece desembargador… Desembargador de plantão metendo os pés pela mãos, fazendo o que o CNJ proíbe…Êh êh… Quando o mesmo lado briga internamente é porque a coisa vai muito mal. É o caso do Judiciário brasileiro. Quanta anarquia jurídica! Quanta falta de vergonha…”

PDT lançará em Fortaleza o Movimento 12 Brasil

Lupi e Ciro em nova mobilização pré-eleitoral no Ceará.

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, estará em Fortaleza nesta quinta-feira. Ao lado de Ciro Gomes e do presidente regional pedetista, o deputado federal André Figueiredo, ele lançará, às 20 horas, no Pirata Bar, o Movimento 12 Brasil.

O Movimento 12 Brasil tem objetivo de despertar a sociedade para o debate a cerca das eleições de outubro, ao mesmo tempo que busca divulgar as propostas do ex-ministro Ciro Gomes, informa a assessoria de imprensa do PDT.

SERVIÇO

*Pirata Bar – Rua dos Tabajaras, 325, Praia de Iracema.

(Foto – Paulo MOska)

PEC Nordeste 2018 apresenta balanço positivo

O Seminário Nordestino de Pecuária – o Pecnordeste 2018, encerrado nesse sábado, no Centro de Eventos  , apresentou um balanço positivo não somente de participação de produtores – cerca de 4.500 somente em caravanas , como de público. Cerca de 30 mil visitantes circularam pelo encontro, que contou com 100 eventos realizados entre palestras, oficinas e feiras.

É o que diz o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (Faec), Flávio Saboya, que promove o seminário há 22 anos com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-CE), Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Sebrae-CE.

“Foi um evento rico em informações e de novas tecnologias para o campo, inclusive realizamos um showroom de tecnologias agropecuárias e premiamos as três melhores, escolhidas pelo público e pela comissão técnico-científica do evento”, destaca Saboya.

(Foto – Divulgação)

Vereador que foi chamado de “capitãozinho do mato” por Ciro Gomes cumpre agenda em Fortaleza

O vereador Fernando Hollyday (DEM/SP) é um dos convidados do pré-lançamento , nesta segunda-feira, a partir das 17 horas, da pré-candidatura do empresário Luís Eduardo Girão (Pros) para o Senado. O ato ocorrerá no auditório Murilo Aguiar, da Assembleia Legislativa.

Já Hollyday é aquele que, de origem do Movimento Brasil Livre (MBL), foi chamado por Ciro Gomes, durante uma entrevista à Rádio Jovem Pan, de “capitãozinho do mato”. O vereador, inclusive, prometeu processar o presidenciável pedetista.

A crítica surgiu quando Ciro foi indagado sobre uma coligação com o DEM de Hollyday. lembrando, na ocasião, que precisaria resolver algumas contradições e embates com o partido. Citou o vereador como um dos problemas a resolver nessa aproximação eleitoral.

(Foto – Divulgação)

PSDB cogita Tasso Jereissati para vice se Alckmin não conseguir ampliar coligação

590 1

Obrigados a traçar cenários alternativos para o caso de Geraldo Alckmin (PSDB) não conseguir atrair outros partidos do centro para sua coligação, tucanos começaram a cogitar como vice de seu presidenciável o senador Tasso Jereissati (CE). A informação é da Coluna Painel, da Folha de S.,Paulo desta segunda-feira.

Tasso é do Nordeste, fez oposição ao governo Michel Temer e tentou afastar Aécio Neves (MG) da legenda após a delação da JBS.

Alckmin não deixa transparecer qualquer insegurança. Quando o centrão quis saber das especulações em torno da possibilidade de sua substituição por João Doria (PSDB), foi direto: “Daqui um mês ou dois, sou eu que vou estar puxando ele em São Paulo”.

A Cota da Insensatez do Judiciário

Com o título “A cota da insensatez do Judiciário”, eis o Editorial do O POVO, que aborda o imbróglio jurídico em torno da prisão e soltura do ex-presidente Lula. Confira:

Qualquer que tivesse sido o desfecho da querela jurídica envolvendo a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mantido preso em Curitiba após uma guerra de decisões liminares, o resultado final seria nocivo para a sociedade brasileira.

Na esteira de uma crise política que já se arrasta há muito tempo, o País viu o Poder Judiciário ser tragado para o olho do furacão. Nos dias que antecederam o recesso, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que integram a Segunda Turma da Corte adotaram posturas que contrariam medidas tomadas pelo colegiado. Longe de representar mera discordância na interpretação das leis, a dissidência ganhou ares de chicana para favorecer alvos da Operação Lava Jato.

Mesmo expediente foi utilizado pelo relator da força-tarefa no STF, ministro Edson Fachin, que, para evitar mais uma derrota nas disputas internas da turma, a qual integra com outros quatro colegas, remeteu recurso apresentado pela defesa de Lula ao plenário.

Ora, Fachin, como os demais ministros, parece fazer uso conveniente de manobras, regimentais ou de interpretação, de modo a interferir nos resultados da instância máxima de Justiça no País. De maneira semelhante, outras esferas do Judiciário incorrem no mesmo erro.

Está aí uma das origens da crise e também o pano de fundo para entender a desconcertante queda de braço que se travou ontem entre o desembargador plantonista do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), Rogério Favreto, e o juiz de primeiro grau Sergio Moro.

Entre os dois, reproduziu-se a polarização que contamina a arena pública e explicita motivações políticas dos agentes responsáveis pela aplicação das leis, alimentando ainda mais o caldeirão no qual fervem as animosidades partidárias.

Se não competia ao desembargador avaliar, durante plantão, matéria já pacificada por decisão em colegiado, ao juiz titular da 13ª Vara Federal de Curitiba não cabia o descumprimento de medida proferida em conformidade com as normas.

O clima extremado que se abate sobre a nação, entretanto, tem estimulado excessos de parte a parte. Executivo e Legislativo, dois dos pilares da República, já haviam dado mostras suficientes do quão frágil se constitui o tecido social.

Agora é a vez de o Judiciário contribuir com a sua cota de insensatez, acrescentado ao quadro de absurdos um pugilato de liminares ao fim do qual restou evidente apenas que a Justiça no Brasil está cada vez menos cega e imparcial.

(Foto  Dida Sampaio, Estadão)

Tasso associa aliança de Camilo à base de Temer

421 2

Para o ex-governador do Ceará e senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), os 24 partidos que deverão compor a aliança “do lado de lá” (Camilo Santana) possui os maiores partidos políticos da base do presidente Michel Temer. Em entrevista no Cariri, neste fim de semana, Tasso observou que o governo federal e o governo estadual estão montando uma campanha, por meio de máquinas (federal e estadual).

“Apesar de nós não termos os 24 partidos que o governo federal Temer, o governo estadual estão montados e montando em cima dele (Camilo) para fazer essa campanha, o povo tem entendido a nossa missão. (…) Nós sabemos que é uma empreitada desigual, contra todas essas máquinas, mas a nossa força está no povo e não nessas máquinas”, avaliou o senador.

O senador tucano criticou a atual gestão estadual, quando há quatro anos não captou nenhuma indústria para o Cariri. “Que indústria nova esteve aqui?”, questionou, ao criticar ainda as “filas de macas” nos hospitais públicos e a segurança pública. “O Ceará virou um caos, precisamos acabar com a bandidagem, pra isso precisa de autoridade”, comentou, ao apontar para o general Theophilo, pré-candidato do PSDB ao Palácio da Abolição.

Em Juazeiro do Norte, durante encontro de lideranças políticas do Cariri, no auditório do Hotel Verdes Vales, o o general Theophilo ouviu as sugestões para otimizar o atendimento na rede de saúde pública, geração de emprego, principalmente para os jovens e as mulheres e ajudar os pequenos municípios a solucionar os problemas de insegurança e de violência.

(Foto: Divulgação)

Assembleia Legislativa homenageará os 93 anos da ACI

Nesta segunda-feira, às 19 horas, a Assembleia Legislativa fará sessão solene em homenagem aos 93 anos de fundação da Associação Cearense de Imprensa (ACI). Na ocasião, serão homenageados também o memorialista Miguel Ângelo de Azevedo (Nirez), o arquiteto Liberal de Castro e os jornalistas Dedé de Castro e Carlos D´Alge (os dois últimos in memoriam). A solenidade proposta pelo deputado estadual Moisés Braz ocorrerá no Plenário 13 de Maio.

Os quatro homenageados foram escolhidos em votação realizada entre os diretores da ACI. São nomes cujas contribuições extrapolam a atuação no âmbito da imprensa e que, por suas atuações, são obrigatoriamente fontes de pesquisa para quem busca conhecer o estado do Ceará e a cidade de Fortaleza”, afirma o presidente da entidade, Salomão de Castro.

PERFIL DOS HOMENAGEADOS:

*Miguel Ângelo de Azevedo (Nirez): a memória de Fortaleza passa por ele

Pesquisador e desenhista técnico aposentado, Miguel Ângelo de Azevedo (Nirez) é um dos mais respeitados conhecedores da música popular do Brasil e dono de um dos maiores acervos sobre a cidade de Fortaleza. Trabalhou como desenhista técnico no DNOCS, onde ficou até o ano de 1991, quando foi transferido para a para a Rádio Universitária FM da Universidade Federal do Ceará (UFC). Desde 1956, colaborou com jornais de Fortaleza, tais como Tribuna do Ceará, Correio do Ceará e O Povo. Pelo seu trabalho, Nirez recebeu inúmeros prêmios e reconhecimentos. Dentre suas obras, destacam-se Enciclopédia da Música Popular Brasileira, Cronologia Ilustrada de Fortaleza e Fortaleza de Ontem e Hoje.

*Liberal de Castro: arquiteto do concreto e das palavras

Natural de Fortaleza, é filho de José e Matilde Martins de Castro. Arquiteto pela Faculdade Nacional de Arquitetura da Universidade do Brasil (Rio de Janeiro, 1942), fundou o Departamento do Ceará do Instituto de Arquitetos do Brasil, bem como da Escola de Arquitetura da UFC, tendo História de Arquitetura e Evolução Urbana como áreas de ensino. Autor de vários projetos que o consagraram entre os melhores profissionais de sua categoria no Brasil e de obras, ensaios e estudos, teve intensa atuação no Instituto do Ceará. Fez inúmeros cenários para o teatro. Autor do projeto de tombamento do Theatro José de Alencar pelo Patrimônio Histórico Nacional e responsável pela restauração do Teatro São João, de Sobral.

*Dedé de Castro: da infância em Itapipoca à disputa pela presidência da ACI

Figura lendária no jornalismo cearense, o jornalista Dedé de Castro acumulou três Prêmios Esso, tendo passado por várias redações de jornais do Ceará. Também atuou em Brasília e no Piauí. Natural de Itapipoca, Dedé nasceu em 16 de novembro de 1921, no sítio Garguê. Trabalhou no Sistema Verdes Mares desde os anos 80, mas também passou pelos jornais Tribuna do Ceará, O Estado, Unitário, Mutirão e Gazeta de Notícias. Durante a ditadura militar (1964/985), Dedé atuou contra o regime ditatorial, assumindo o rótulo de “comunista”. No Mutirão, assinou a coluna “O Cacete do Dedé”, mas não foi preso e manteve a militância por onde passou. Com fama de boêmio, familiares dizem que ele nunca ligou para os prêmios conquistados. Em 1983, foi candidato a presidente da ACI, em disputa com J. C. Alencar Araripe e Adísia Sá, sendo que, dentre os três, foi o único a não presidir a entidade nos anos seguintes. Faleceu em 9 de fevereiro de 2015, aos 93 anos de idade.

*Carlos D’Alge: dedicação permanente às Letras

Professor, escritor e jornalista, Carlos D´Alge atuou no Departamento de Literatura da Universidade Federal do Ceará (UFC), integrando a Academia Cearense de Letras. Foi membro fundador da Academia Cearense da Língua Portuguesa, entidade que presidiu de 1986 a 1990. Natural de Chaves (Portugal), veio para o Brasil com seis anos de idade. Graduou-se em Letras, Direito e Educação. Alguns dos 12 livros que publicou foram pelas Edições UFC, como Terra do mar grande: alguns aspectos culturais portugueses e O sal da escrita. Além de ter exercido a docência, na UFC, teve papel importante na administração superior. Foi diretor do Centro de Humanidades, pró-reitor de Extensão, diretor da Casa de Cultura Portuguesa e coordenador do Curso de Jornalismo. Entre as inúmeras homenagens prestadas a Carlos d’Alge, um dos destaques foi o grau de comendador da Ordem de Instrução Pública de Portugal, concedida pelo então presidente de Portugal, Mário Soares. Foi por muito anos apresentador e mediador do programa Debates do Povo, na Rádio O Povo, junto com os jornalistas, Themístocles de Castro e Silva e Adísia Sá. Faleceu em 20 de dezembro de 2017, aos 87 anos, em Fortaleza.

Justiça defere ação do MPCE em prol de crianças e adolescentes autistas de Aurora

O juiz de Direito da Comarca de Aurora, João Pimentel Brito, determinou que o prefeito do município, João Antônio de Macedo Júnior, disponibilize psicólogo, psicopedagogo, terapeuta ocupacional, fonoterapeuta e neuropsicólogo com vistas a acompanhar o desenvolvimento da criança C.G.B.L. e outras em situações semelhantes identificadas pela Secretaria de Saúde, no prazo de 30 dias, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00.

A decisão, em caráter liminar, atende a uma Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através do promotor de Justiça Luiz Alexandre Cyrilo Pinheiro Machado Cogan. A ação requereu a destinação de uma equipe multidisciplinar, promovida pelo município de Aurora, para acompanhar crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA), bem como os medicamentos e nutrição necessários ao controle da patologia. O município deve, ainda, organizar e estruturar a atenção básica a tornar apta ao atendimento multidisciplinar.

Na ação, o promotor de Justiça solicita que seja concluído, no edital de concurso público municipal, os profissionais mencionados, com vagas e salário de mercado, tudo sob pena de multa diária. O inquérito civil público que originou a ação apurou ausência de fonoterapeuta, psicoterapeuta, psicopedagogo e terapeuta ocupacional naquele município, o que tem prejudicado o desenvolvimento educacional de crianças com deficiência.

Luiz Cogan buscou resolver a questão de forma extrajudicial, contudo o município acionado não o fez, afirmando que restou frustrada a contratação dos profissionais, como também disse que havia outras crianças e adolescentes em situação semelhante. O promotor de Justiça acrescentou que não foram disponibilizadas vagas para o cargo de psicopedagogo, bem como foi ofertada uma vaga para o cargo de terapeuta ocupacional. Todavia, não houve aprovados, tudo no processo seletivo realizado pelo Poder Público.

(MPCE)

Chove em 32 municípios cearenses

Choveu em 32 municípios cearenses nas últimas horas, no Ceará, segundo boletim da Funceme. Confira as 10 maiores:

Paracuru (Posto: Poço Doce) : 87.4 mm

Paracuru (Posto: Jardim Do Meio) : 73.0 mm

São Gonçalo Do Amarante (Posto: Siupe) : 72.0 mm

Paracuru (Posto: Paracuru) : 43.8 mm

São Gonçalo Do Amarante (Posto: Santo Amaro) : 35.0 mm

São Gonçalo Do Amarante (Posto: Sede) : 33.4 mm

Eusébio (Posto: Eusebio) : 32.0 mm

Itapipoca (Posto: Praia Da Baleia) : 29.6 mm

Guaramiranga (Posto: Guaramiranga) : 29.2 mm

São Gonçalo Do Amarante (Posto: Croata) : 23.2 mm

Prefeitura promove a Feira de Pequenos Negócios neste mês de julho

A Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico desenvolve, mensalmente, o Programa Feiras de Pequenos Negócios. A ação já cadastrou 2.121 artesãos nas 1.274 feiras realizadas desde 2014. Neste momento, o faturamento gerou cerca de R$ 4,3 milhões para os pequenos empreendedores de Fortaleza, adianta a assessoria de imprensa do órgão.

Neste mês de julho, as feiras são realizadas em vários pontos da cidade: nas sedes das Secretarias Regionais I e III, na Praça do Lago Jacarey, nos terminais de ônibus, no Vapt Vupt Messejana e Antônio Bezerra, na Praça Murilo Borges, no calçadão da Praia de Iracema, no Mercado dos Peixes, entre outros locais públicos.

O Programa Feiras de Pequenos Negócios de Fortaleza disponibiliza um espaço fixo onde é possível encontrar uma amostra dos produtos comercializados: o Espaço do Artesanato, localizado na Avenida Santos Dumont, 2500, loja 17, no bairro Aldeota, que é uma verdadeira vitrine para os artesãos da Cidade.

Como participar

Os interessados em participar das Feiras de Pequenos Negócios devem se dirigir à sede da SDE Fortaleza, Vapt Vupt Messejana, Vapt Vupt Antônio Bezerra, em uma das Salas do Empreendedor nas Secretarias Regionais ou no Espaço do Artesanato da SDE. Para realizar o cadastro, é necessário apresentar Identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovante de endereço e uma amostra do produto artesanal.

SERVIÇO

Mais informações – 0800 081 4141.

Vem aí o I Campeonato de Just Dance

Estão abertas as inscrições para o I Campeonato de Just Dance da maior Escola de Design e Tecnologia do país – a Pixels. A inscrição é gratuita e vai até quarta-feira. O campeonato será realizado em duas fases: a primeira fase na Unidade Fátima e a segunda fase na Unidade Parquelândia, nesta sexta (13) e sábado (14). O campeonato fará parte da programação de lançamento da campanha “Pixels leva você para a Disney”. Haverá premiação exclusiva para os inscritos e as vagas são limitadas.

Para se inscrever, é só comparecer à unidade Parquelândia. O endereço é rua Érico Mota, 142, bairro Parquelândia (a um quarteirão da Avenida Bezerra de Menezes). Após a inscrição efetuada, confirme presença no evento: https://www.facebook.com/events/222708058547219/

Premiações

– 1º lugar: receberá a quantia de R$ 200,00 e um Kit Pixels;
– 2º lugar: receberá a quantia de R$ 100,00 e um Kit Pixels;
– 3º lugar: receberá um Kit Pixels.

O que é Just Dance?

Just Dance é um jogo eletrônico de música desenvolvido pela Ubisoft. O jogo foi lançado em 2009 na América do Norte, Austrália e Europa. O jogo se baseia em imitar a coreografia de um dançarino virtual na tela. O mesmo já chegou à sua sétima edição.

Sobre a Pixels

Com duas unidades em Fortaleza e uma em Teresina, a Pixels é uma escola de design e tecnologia, cujo o objetivo principal é levar educação e treinamento de qualidade, através de cursos nos segmentos do design, animação, robótica e games.
Acesse nosso site: http://www.pixelsescola.com .

SERVIÇO

*Mais informações – (85) 3104-1414/ (85) 3047-1313.

Fortaleza enfrenta a Ponte Preta buscando manter a liderança na Série B

O turno da Série B do Brasileiro está na reta final. Mais seis partidas e os jogos da volta se iniciam. Para o Fortaleza, líder da competição, a sequência é bem complicada. Daqui até o returno o Leão tem pela frente cinco adversários da parte de cima da tabela. O primeiro deles é a Ponte Preta.

A Macaca faz uma campanha irregular na segundona e ocupa a nona posição, com 18 pontos, onze a menos que o Tricolor, mas para o jogo deste domingo (8), no estádio Moisés Lucarelli, às 18 horas, tem uma carta na manga: a presença do torcedor.

Em treze rodadas a Ponte fez seis jogos em casa, todos com portões fechados, devido punição pela confusão que os torcedores causaram quando o time foi rebaixado para a Série B no ano passado. A ansiedade por reencontrar a torcida é tão grande que há quase duas semanas o time faz campanhas nas redes sociais para lotar o estádio e disponibilizou ingressos a R$ 10.

Por pouco, no entanto, o campo não ficaria “neutro” novamente. Nova punição da justiça desportiva no meio de semana fechou os portões do Moisés Lucarelli por mais duas partidas, mas o jurídico da Macaca agiu rápido e conseguiu empurrar o cumprimento da pena para frente.

O Leão sabe, portanto, que pressão não vai faltar no jogo de hoje. Acontece que a confiança do time foi restabelecida depois da vitória contra o Paysandu em pleno Mangueirão e cheio de desfalques. Rogério deve até manter a mesma formação, com uma linha de três zagueiros na defesa. Diego Jussani volta de suspensão e deve assumir a vaga de Adalberto.

Quem também retorna ao time titular é Jean Patrick. A dúvida é quem Ceni vai sacar do meio campo, se Derley ou Felipe. Nenhum dos reforços anunciados no meio de semana tem condições de jogo – Bonilha só será regularizado a partir do dia 16 de julho e Getterson nem chegou ao Pici ainda.

A provável Fortaleza para o jogo é Marcelo Boeck, Diego Jussani, Roger Carvalho, Ligger; Pablo, Derley, Jean Patrick (Felipe), Bruno Melo; Marlon, Wilson e Dodô.

Treinada por João Brigatti, a Ponte Preta também tem um retorno. O lateral direito Orinho cumpiu suspensão contra o CSA e deve retomar titularidade. Com isso o time deve ir a campo com Ivan, Igor, Léo Santos, Renan Fonseca e Ruan (Orinho); Nathan, João Vitor e Tiago Real; Danilo Barcelos, André Luis e Júnior Santos.

(POVO Online – Repórter Breno Rebouças/Foto – Divulgação)

Senador Magno Malta vem prestigiar pré-lançamento de Luís Eduardo Girão para o Senado

O senador Magno Malta (PR/ES) estará em Fortaleza nesta segunda-feira, 9. No auditório da Assembleia Legislativa,  ele vai conferir o lançamento da pré-candidatura do empresário Luís Eduardo Girão (PROS) para o Senado.

Tanto Girão como Magno Malta integram o Movimento Brasil contra o Aborto.

Bom lembrar que o senador capixaba é o nome dos sonhos do presidenciável Jair Bolsonaro para a posição de vice

(Foto – Agência Senado)

X Arraiá da Cumadis acontece mesmo sob chuva vez em quando

A chuva que, vez em quando caia, não atrapalhou a animação de quem foi curtir, nessa noite de sábado, o X Arraiá das Cumadis, no bairro Parquelândia, em Fortaleza.

O evento, organizado por 12 moradoras da área, aproveitou cada momento de paradinha da chuva e, num desses, veio a apresentação da quadrilha Flor do Sertão.

Barracas com bebida e comidas típicas persistiram sob bênçãos de São Pedro e a animação se encerrou por volta das 2 horas desta madrugada de domingo.

Ano que vem, com ou sem chuva, dizem as cumades, virá mais uma festança de arraiá.

Mauro Filho se inteira da situação econômica junto à equipe de Temer

Mauro Benevides, que já esteve reunido com Mansueto Almeida, secretário do Tesouro, terá nova reunião no Ministério da Fazenda para tentar entender por dentro os números da economia.

Desta vez, segundo informa o jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo, o assessor econômico de Ciro Gomes conversará com o ministro Eduardo Guardia.

Juizado Especial suspende atividades nesta segunda e terça-feira

O atendimento às partes, aos advogados e ao público em geral no 22º Juizado Especial Cível de Fortaleza ficará suspenso nesta segunda (9) e terça-feira (10). A medida se dá em virtude da mudança do local de funcionamento da unidade, que passará a atuar nas dependências da Faculdade Ari de Sá, no Centro da Capital. A informação é da assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Estado.

A suspensão do atendimento consta na Portaria nº 557/2018, assinada pelo diretor do Fórum Clóvis Beviláqua (FCB), juiz José Ricardo Vidal Patrocínio, e publicada no Diário da Justiça dessa quinta-feira (05/07). Durante o referido período ficarão igualmente suspensos os prazos processuais, bem como as publicações de sentenças, decisões e intimações das partes e advogados.

Jazz – Grupo Argonautas presta tributo com entrada gratuita

O grupo Argonautas se apresenta na noite deste sábado (7), a partir das 19 horas, no Centro Cultural Banco do Nordeste, com entrada franca.

O grupo realiza homenagem a George e Ira Gershwin, diante dos sucessos “Summertime”, “But not for me”, “S Wonderful”, “Someone to watch over me” e outros clássicos do jazz e do american songbook, em novos arranjos, com uma abordagem brasileira.

A banda é formada por Rafael Torres (voz, violão, flauta), Ayrton Bob Pessoa (voz, viola, acordeom), Ednar Pinho (contrabaixo acústico) e Adriano Azevedo (bateria), convidado especial.

Renato Roseno lança pré-candidatura à reeleição neste sábado

O deputado estadual Renato Roseno lança na tarde desta sábado (7), na sede do PSOL, no Centro, a pré-candidatura à reeleição.

Em seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa, Roseno é autor de 12 projetos de lei, sendo nove aprovados e três rejeitados, além de outros sete em tramitação.

Roseno integra as comissões de Direitos Humanos e Cidadania (vice-presidente), do Meio Ambiente e Des. Semiárido (membro) e da Infância e Adolescência (membro).

(Foto: Arquivo)