Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Prefeitos pedem aos pré-candidatos a presidente “Mais Brasil e menos Brasília”

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), endossa a carta.

Uma carta entregue hoje (8) pela Frente Nacional de Prefeitos a pré-candidatos à Presidência da República chama a atenção para o papel das cidades no século 21, defende repactuação federativa em diversos temas e pede “mais Brasil e menos Brasília”. O documento foi apresentado na 73ª Reunião Geral da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), realizada em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

“O Brasil que sairá das urnas em outubro deverá ter como norte o diálogo para decisões compartilhadas para a construção de um Brasil mais democrático, forte econômica e politicamente, que respeita seus cidadãos, reduz desigualdades e promove justiça social com tolerância às diferenças. Precisamos de mais Brasil e menos Brasília”, diz o documento, em seu parágrafo final.

Participam do evento, em horários diferentes, Manuela D’Ávila (PCdoB), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Afif Domingos (PSD), Rodrigo Maia (DEM), Marina Silva (Rede), Álvaro Dias (Podemos), Ciro Gomes (PDT), Guilherme Boulos (PSOL), Aldo Rebelo (SD), Paulo Rabello (PSC) e Henrique Meirelles (MDB). O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que também é pré-candidato e cumpre pena em Curitiba, enviou uma carta aos prefeitos.

O texto escrito pela Frente Nacional de Prefeitos defende o aperfeiçoamento do diálogo federativo, além de uma repactuação de responsabilidades e de recursos em áreas como sustentabilidade, segurança pública e mobilidade.

Em relação à segurança pública, a Frente Nacional de Prefeitos defende que o governo federal assuma a coordenação de um sistema integrado de segurança pública, para o combate ao crime organizado com ações que combinem inteligência e repressão. “É fundamental criar um Fundo Nacional para financiar uma massiva política nacional de prevenção à violência com abrangência de crianças e adolescentes e que inclua apoio federal à modernização e qualificação das guardas municipais”, acrescenta o texto sobre o tema.

Saúde e educação

Sobre saúde, a carta destaca que estados e municípios têm investido um percentual cada vez maior dos gastos com saúde no país. “Não por acaso, é a função Saúde que mais pressiona os governos locais atualmente: cerca de 25% dos recursos dos municípios são destinados para esta finalidade – em 2002 eram 16%”.

Os prefeitos defendem que a União trabalhe com uma meta para aumentar repasses e esforços de coordenação e governança para melhorar a qualidade dos serviços prestados no Sistema Único de Saúde. Para os prefeitos, a educação básica tem uma relevância muito pequena no orçamento federal, que precisará priorizar politicamente a implementação da Base Nacional Comum Curricular.

“Isso inclui prover condições concretas de infraestrutura nas escolas e formação de professores para garantir que, a partir de 2019, a BNCC seja efetivamente implantada”, destaca a FNP, que também pede investimentos em ensino em tempo integral.

A promoção da integridade e a prevenção da corrupção também constam no texto, que defende o fortalecimento dos órgãos de controle e programas de financiamento e apoio técnico para a implementação da Lei de Acesso à Informação e dos Portais da Transparência nos municípios. A carta considera ainda que a retomada da geração de empregos depende dos investimentos municipais e que, nesse contexto, é preciso desburocratizar o acesso a recursos para realizar esses investimentos.

(Agência Brasil/Foto – Aurélio Alves)

TV Ceará – “Roda de Mulheres” é o novo programa da emissora

Estreia nesta quarta-feira, a partir das 20 horas, na TV Ceará, o programa “Roda de Mulheres”. Na apresentação, as jornalistas Lana Soraya e Camila Lima.

A atração, segundo a assessoria de imprensa da emissora, será feita por mulheres e para mulheres, mas com assuntos voltados para todos os públicos. O primeiro tema é Feminismo.

DETALHE – Será um programa dividido em temporadas. Nesta primeira, serão oito edições.

(Foto – Divulgação)

Heitor apela ao governador: desista do Acquario do Ceará

2127 6

O deputado estadual Heitor Férrer (SD) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (08), para falar dos prejuízos causados ao Estado pelo projeto Acquario do Ceará. Para ele, o empreendimento foi uma “insanidade administrativa do ex-governador Cid Gomes” e que continua “infelizmente, como prioridade para o atual governo.”

Heitor apelou ao governador Camilo Santana (PT) para que “desista do empreendimento para que o Estado não tenha ainda mais gastos.” Ele relembrou que já foram gastos R$ 148 milhões e aprovado na Assembleia, apenas com voto contrário seu e do deputado Roberto Mesquita, empréstimo equivalente hoje a R$ 410 milhões.

“É dinheiro gasto do pobre bolso do povo do Ceará, que não tem hospitais para se internar, com uma fila de 18 mil cearenses esperando cirurgias. São 148 milhões de reais enterrados em uma obra que hoje se transformou em um criatório de mosquito da dengue. Essa famigerada obra antes de ser concluída já se transformou em ruína”, expôs o parlamentar.

Férrer repercutiu ainda as investigações do Ministério Público sobre o Acquario e a denúncia contra o ex-secretário de Turismo do Estado, Bismarck Maia, pela dispensa de licitação para as obras.

(Foto – ALCE)

A importância da parceria Seplag-Universidade de Lisboa

Com o título “Seplag: construindo o presente para o futuro”, eis artigo de Alexandre Cialdini, economista, professor, diretor executivo da Fundação Sintaf e ex-secretário de Finanças de Fortaleza. Ele aborda convênio um convênio fechado pela Seplag com o Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP), da Universidade de Lisboa, para troca de informações no plano da gestão. Confira:

A Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag) tem assumido um protagonismo em inovação na gestão pública, que se destaca na ação planejada: estratégica e situacional, considerando um marco temporal longevo (vis-à-vis o Ceará 2050), mas que começa no presente. Essa é a compreensão atual da gestão da Seplag — ou seja, planejamento refere-se ao presente e não apenas desenho sobre o futuro. Há uma necessidade hoje de simularmos para o futuro o problema sobre o qual planejamos, possibilitando assim uma decisão racional no presente. O risco de não pensar no futuro pode ser expressado na ineficácia da decisão que adotamos hoje.

Dentre alguns pensadores latino-americanos, Carlos Matus (1931-1998) foi o que melhor escreveu sobre planejamento e governo. Para Matus, planejar significa pensar antes de agir, pensar, sistematicamente, com método. Matus ressaltava que planejamento é o cálculo que não apenas precede, mas preside a ação. Este economista chileno foi contemporâneo, na Cepal, de alguns dos grandes pensadores latino-americanos como: Raúl Prebisch, Celso Furtado, Fernando Henrique Cardoso e Osvaldo Sunkel. A construção do presente e a qualidade de uma macro-organização se dá em função de suas características fundamentais e de suas regras: direcionalidade, estrutura organizativa, governabilidade e responsabilidade — para isso é preciso inovar na tríade de tecnologia-processos-pessoas.

A pesquisa científica em administração pública tem enorme espaço para que possamos melhorar a qualidade das políticas públicas. Com esse intuito, dirigentes da Seplag (www.seplag.ce.gov.br) e do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP), da Universidade de Lisboa (www.iscsp.ulisboa.pt), assinaram seu primeiro convênio para realizarem ações nas áreas de: investigação e formação; cooperação técnica; documentação e informação. O ISCSP é um instituto que tem 112 anos de existência e nesse período tem se dedicado ao ensino e investigação nas áreas de administração pública, relações internacionais, administração da saúde. Assim, as duas instituições estão construindo o presente para o futuro.

*Alexandre Cialdini

cialdinialexandre@gmail.com

Economista, professor e diretor executivo da Fundação Sintaf.

Luizianne engrossa em Curitiba atos em defesa de Lula

515 1

A deputada federal Luizianne Lins (PT) está participando, nesta terça-feira, em Curitiba (PR), de atos de apoio ao ex-presidente Lula. Ela está engajada em um grupo da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados. Entre as atividades previstas ao longo do dia estão reunião com Ministério Público Estadual, visita ao Acampamento Marisa Letícia e reunião na vigília.

Além disso, os parlamentares solicitaram autorização para diligência nas dependências da Superintendência da Polícia Federal, onde Lula está preso. O objetivo é verificar as condições de segurança do local e tratamento dado a Lula. A solicitação se baseia no artigo 32, inciso VIII, do Regimento Interno da Câmara, que atribui à CDHM a competência de fazer diligências no sistema carcerário para averiguar situações de violação de direitos humanos.

(Foto – Matheus Dantas – Arquivo)

Casa da Mulher Brasileira de Fortaleza volta a ser alvo de protestos

Em março último houve ato de protesto no local.

Um ato promovido por movimentos que defendem os direitos das mulheres ocorrerá nesta terça, a partir das 17 horas. As militantes exigirão a imediata abertura da Casa da Mulher Brasileira, que fica na rua Teles de Souza, S/N, no bairro Couto Fernandes. O ato ocorrerá nesse equipamento da Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM), do governo federal, que será gerido pelo governo estadual.

O problema é que a Casa da Mulher Brasileira está com prédio pronto desde setembro de 2016, mas ainda não funciona. O espaço deve abrigar a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), os Centros de Referência da Mulher, representações do Juizado, da Defensoria Pública e do Ministério Público, entre outros equipamentos voltados para o atendimento às vítimas de violência,

A atividade também quer reafirmar o combate à violência contra as mulheres e o feminicídio. Também vai lembrar o caso da vereadora  Marielle e do motorista Anderson, executados há quase dois meses. Também haverá protesto contra a prisão do ex-presidente Lula. Os militantes deverão levar velas para participar de uma intervenção no local.

(Foto – Nadja Furtado, Cedeca)

IJF 2 será entregue em junho, diz secretária municipal da Saúde

2246 1

A secretária municipal da Saúde, Joana Maciel, garante: o IJF-2 será entregue até o fim de junho. O prédio, com cinco andares, é resultado de um investimento da ordem de R$ 70 milhões.

O projeto do IJF 2 irá compor o que está sendo chamado de Complexo Hospitalar IJF e ampliará o antedimento, com mais nove salas cirúrgicas, 50 novos leitos de Unidade Terapia Intensiva (UTI) e mais 180 leitos hospitalares.

O IJF 2 estará ligado ao IJF por duas plataformas.

(Foto – Maquete do Projeto)

Movimento Fortaleza pede Paz promete ato em frente ao Palácio da Abolição

Acontece nesta terça-feira, a partir das 19 horas, o lançamento do “FORTALEZA PEDE PAZ –Basta de violência!”, um movimento que se diz “da sociedade civil, de cunho pacífico e apartidário, que visa enfrentar a insegurança e a violência que dominam o Estado do Ceará e principalmente a capital Fortaleza nos últimos anos”.

A população está sendo convocada a se deslocar até o Palácio da Abolição, estrategicamente escolhido pela organização como palco para o depoimento de famílias enlutadas, vítimas da violência e da insegurança. Na oportunidade, segundo organizadores, será lido o MANIFESTO FORTALEZA PEDE PAZ e será anunciada a próxima concentração e ações para o monitoramento da violência na cidade.

O Movimento sugere o uso de roupas brancas e confecção de faixas, cartazes relacionados ao movimento sem nenhuma identidade partidária. A programação oficial terá inicio às 20 horas com término previsto para terminar às 21h com a leitura do Manifesto Fortaleza Pede Paz.

Uma carreata sairá do Centro de Eventos, às 19 horas, seguindo pela Avenida Washington Soares, Avenida Antônio Sales, Rua Monsenhor Catão, Avenida Dom Luís, Praça Portugal, Rua Tibúrcio Cavalcante e Rua Tenente Benévolo com destino ao Abolição. também uma bicicleata, com saída às 20 horas, da Praça da Gentilândia.

DETALHE – O entono do Palácio da Abolição é considerado área de segurança.

Influenza: sem motivo para pânico

Com o título “Influenza: sem motivo para pânico”, eis artigo de Guilherme Henn, médico infectologista, que pode ser lido no O POVO desta terça-feira. Vale a pena se informar. Confira:

A gripe (ou influenza) é uma doença respiratória viral aguda que tem pico de incidência, no Brasil, no primeiro semestre. O ano de 2018 apresenta-se, nas estatísticas publicadas pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) até o dia 3, com o maior número de casos de doença grave por influenza, bem como o ano com o maior número de óbitos pela doença, desde 2009.

Contudo, a letalidade da doença grave relacionada ao vírus não parece diferir de anos anteriores — 17,4% dos casos graves deste ano evoluíram ao óbito em comparação com 22,6% em 2012 e 21,7% em 2013, por exemplo. Além disso, a grande maioria dos casos severos ocorre nas faixas etárias de maior risco (idade menor que cinco anos ou maior que 60), assim como em portadores de doenças crônicas diversas. Ainda é possível ler no dados que, em nenhum caso que evoluiu para o óbito havia histórico de vacinação no último ano para influenza, e menos de um quarto dos indivíduos que pereceram recebeu o medicamento antiviral recomendado.

Diante destes dados, ainda que 2018 se destaque com pico de casos graves por influenza, a situação definitivamente não merece o pânico que se viu recentemente. São necessárias, sim, serenidade para compreender o momento epidemiológico e proatividade no que diz respeito a educação em saúde, de forma a fazer as pessoas entenderem como se prevenir e quando devem procurar os serviços de saúde.

O indivíduo que apresenta síndrome gripal (isto é, febre alta de início súbito, dor de cabeça e no corpo, acompanhadas de tosse e dor de garganta ou coriza) deve procurar atendimento médico imediatamente se: 1) fizer parte dos grupos de risco para complicações ou 2) estiver com falta de ar. Nestas pessoas, o medicamento antiviral está indicado e pode modificar a evolução da doença.

A prevenção se dá com a imunização, que está indicada prioritariamente para os grupos de risco e produz bom nível de proteção após 2-3 semanas.

Lembre-se, também, caso apresente sintomas da doença, evite ir trabalhar, sempre cubra nariz e boca com um lenço descartável quando espirrar ou tossir, e higienize frequentemente as mãos com álcool gel ou água e sabão.

*Guilherme Henn

guialhenn@gmail.com.

Médico infectologista.

CNI debate renegociação das dívidas do Finam e Finor

O presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Beto Studart, participa em Brasília, nesta terça-feira, de encontro da diretoria da Confederação Nacional da Indústria com a bancada de senadores do Norte e Nordeste.

Entre os temas da pauta, a MP aprovada na Comissão Mista daquela Casa, que trata da definição de nova metodologia de cálculo dos encargos incidentes sobre operações com Fundos Constitucionais. Outro ponto é a minuta de MP que está sendo construída, no âmbito do Ministério da Integração e da Associação Nordeste Forte, sobre os financiamentos com FINAM e FINOR. Os industriais defendem a aprovação da proposta.

Ainda no encontro, os industriais sugeriram aos senadores a apresentação de um projeto de lei que estabeleça condições para renegociação de débitos em operações com os Fundos Constitucionais de Financiamento FNO, FNE e FCO, bem com os Fundos de Investimentos Regionais FINAM e FINOR. Com Beto Studart, estão os consultores Firmo de Castro e Carlos Prado.

TCE promove cursos de capacitação para 36 municípios

O Tribunal de Contas do Ceará promove dois eventos de capacitação para gestores no Interior. O primeiro acontece nesta terça-feira, em Russas, e o segundo, na quinta-feira, em Quixadá. Em cada sede, os encontros agregam 18 municípios circunvizinhos, totalizando 36. A informação é do presidente do TCE, conselheiro Edilberto Pontes.

Nesses encontros, dois cursos: “Aspectos Relevantes da Licitação sob o enfoque dos Tribunais de Contas”; e “Qualificação de Gestores Escolares na Aplicação do Recurso Público”.

Em Russas, o primeiro curso é realizado na Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Professor Walquer Cavalcante Maia e o segundo acontecerá no Centro Vocacional Tecnológico (CVT), até as 17 horas.

Em Quixadá, esses cursos ocorrerão, respectivamente, no Campus da Universidade Federal do Ceará (UFC) e no Campus do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia (IFCE), no mesmo horário.

Até o final deste semestre, estão previstas capacitações nos municípios de Baturité (29/5), Acaraú (12/6), Itapipoca (14/6) e Maracanaú (20/6).

DETALHE – Em escolas selecionadas pelo programa, haverá, nas duas cidades, palestras sobre controle social e utilização da Ouvidoria do TCE.

(Foto – Divulgação)

Associação das Administradoras e Condomínios do Ceará sob nova direção

Nova diretoria da Adconce

A Associação das Administradoras e Condomínios do Estado do Ceará (Adconce) elegeu sua nova diretoria, que comandará os destinso da entidade no período 2018-2020. Foi durante assembléia geral ordinária.

Rodrigo Carneiro Guilhon foi reconduzido para a presidência da Adconce. Ele garante que “um dos pontos fortes deste novo mandato será a capacitação e a busca por parcerias que fortaleçam o setor”.

(Foto – Divulgação)

Projeto quer instituir em Fortaleza o serviço médico de urgência com motos

Mesmo licenciado, ele cobra apreciação.

O vereador Julierme Sena (PR), através do projeto de indicação 652/2017, quer instituir e regulamentar o serviço de atendimento médico de urgência com motos, também conhecido por Motolância, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Fortaleza. O serviço já existe, mas não é devidamente regulamentado por lei.

A motolância deverá ser pilotada por um técnico de enfermagem devidamente treinado e equipado. E mesmo durante o atendimento, a ambulância continuará seguindo ao local para realizar a remoção correta do paciente para uma unidade de saúde, explica o vereador.

O serviço antecipa o atendimento das unidades móveis a caminho da ocorrência, podendo dar uma resposta mais rápida e eficaz para as pessoas que precisam de um socorro, pois cada segundo faz a diferença. No caso de paradas cardíacas, por exemplo, a cada minuto perdido, a chance de sobreviver diminui de 7% a 10%.

O projeto já recebeu parecer favorável na Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa, mas ainda precisa ser aprovado em plenário pela maioria dos vereadores.

(Foto – CMFor)

Prefeito Roberto Cláudio cumpre agenda no eixo Rio-Brasília

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), encontra-se, nesta terça-feira, em Niterói (RJ). Ele participa do encontro da Frente Nacional dos Prefeitos que, com presidenciáveis, deverá discutir temas municipalistas.

O encontro, iniciado nessa segunda-feira, deve se estender até quarta-feira, mas Roberto Cláudio deverá se deslocar do Rio para Brasília. Ele tem agendadas audiências nos ministérios da Educação, Esportes e Planejamento.

(Foto – Paulo MOska)

Chuvas desta terça-feira se concentram na Zona Norte

Choveu em 28 municípios, nas últimas horas, no Ceará. A informação é da Funceme, que disponibiliza boletim atualizado em seu site. A maior chuva foi registrada em Bela Cruz.

No decorrer desta terça-feira, haverá nebulosidade variável com eventos de chuva no Centro-Norte. No Sul, céu parcialmente nublado.

Confira as 10 maiores chuvas:

Bela Cruz (Posto: Prata) : 67.0 mm

Forquilha (Posto: Ac. Forquilha) : 44.6 mm

Granja (Posto: Tiaia De Baixo) : 43.0 mm

Forquilha (Posto: Forquilha) : 42.8 mm

Acaraú (Posto: Lagoa Do Carneiro) : 37.3 mm

Granja (Posto: Pessoa Anta) : 35.0 mm

Amontada (Posto: Jacuipe Nascente) : 30.0 mm

Marco (Posto: Panacui) : 25.0 mm

Itapajé (Posto: Itapaje) : 19.7 mm

Uruoca (Posto: Campanario) : 18.0 mm

Funceme já recebe inscrições para concurso público

Estão abertas as inscrições para o concurso da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). De acordo com assessoria de imprensa do órgão, o período de inscrição vai se estender até as 23h59min do dia 6 de junho e somente pela internet por meio do site da organizadora do concurso, no caso a Uece.

Sao ofertadas 40 vagas de nível superior para os cargos de Pesquisador e de Analista de Suporte à Pesquisa, a serem lotados na sede da própria organização, em Fortaleza. A taxa de inscrição é de R$ 130 para ambos os cargos.

As vagas serão divididas nas seguintes especialidades: Recursos Ambientais, Recursos Hídricos, Meteorologia, Monitoramento e Informática, no caso de Pesquisador; e Ciências Contábeis e Administração para o cargo de Analista.

Para quem desejar isenção da taxa de inscrição, também deve solicitar por meio da página do concurso na internet até esta quinta-feira (10). Os documentos necessários também estão listados no edital.  O cetame tem validade de dois anos.

SERVIÇO

*Edital e inscrições aqui.

Cid Gomes tem último recurso negado pelo STF e ação sobre delação da JBS fica na primeira instância

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negou último recurso do ex-governador Cid Gomes (PDT) que tentava manter na Corte investigação contra ele no âmbito da delação da JBS. Com a rejeição do agravo de instrumento, foi confirmada de vez a “descida” das acusações de negociação de propinas para a 1ª instância da Justiça Federal no Ceará.

O envio das acusações feitas contra Cid por Wesley Batista, ex-diretor da JBS, já havia sido determinado em fevereiro deste ano pelo relator da Lava Jato no STF, Edson Fachin. O ex-governador vinha recorrendo e pedindo que sua citação fosse apurada juntamente à do deputado federal Antônio Balhmann (PDT), que tem foro no STF.

“Embora haja semelhança nas circunstâncias, pois ambos envolveram pedidos de vantagem indevida em troca de liberação de créditos da empresa Cascavel Couros junto ao Estado do Ceará, não há dúvida de que os fatos são distintos e, portanto, devem ser apurados separadamente”, rebateu Fachin, separando casos de Cid e Balhmann. Julgada no final de março, a questão recebeu baixa no STF só na última quinta-feira, 3, confirmando o entendimento dos ministros.

Cid Gomes foi acusado por Wesley de ter negociado a liberação de créditos de ICMS da empresa Cascavel Couros, do grupo JBS, em troca de doações milionárias para a campanha de Camilo Santana (PT) ao Governo em 2014. Segundo o empresário, o Cid teria procurado pessoalmente o grupo e o esquema teria operado também em 2010.

Como parte das acusações envolviam em 2014 ainda Balhmann e o secretário Arialdo Pinho (Turismo), o ex-governador tentava que o caso ficasse no STF, por conta do foro privilegiado de ambos. A Procuradoria-Geral da República, no entanto, se manifestou contra o pedido de Cid para as denúncias de 2010. Fachin negou o pedido.

Na semana passada, o STF criou nova polêmica ao restringir regras para a aplicação do foro privilegiado para crimes de parlamentares. Não se sabe ainda, no entanto, como a decisão irá repercutir nas denúncias que teriam envolvido Balhmann e Arialdo. Os dois, no entanto, rejeitam quaisquer irregularidades.

Em março deste ano, quando ainda tramitavam recursos de Cid no STF, o juiz Danilo Dias Vasconcelos de Almeida, da 12ª Vara Federal do Ceará, determinou que a Polícia Federal instaurasse inquérito para apurar o caso. Segundo o magistrado, o depoimento aponta supostos crimes de corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

O POVO tentou contato com a assessoria de imprensa de Cid Gomes, mas não conseguiu resposta. No processo, o ex-governador tem negado as acusações e afirma nunca ter recebido “um centavo sequer” da JBS. Ele destaca ainda que todas as doações do grupo recebidas por políticos aliados foram legais e declaradas à Justiça Eleitoral.

 

(O POVO – Repórter Carlos Mazza/Foto – Agência Brasil)

Transposição do São Francisco – Obras que beneficiam o Ceará só devem ser retomadas em junho

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta terça-feira:

As obra da transposição do rio São Francisco do Eixo Norte, que interessa ao Ceará, embora com novo consórcio assumindo o projeto, só serão retomadas a partir de junho. É o que estima o diretor-geral do Dnocs, Ângelo Guerra, acrescentando que esse prazo é concedido para a instalação de novos canteiros, contratação de mão de obra e outras providências burocráticas.

O grupo Ferreira Guedes é do Ceará e foi o quarto colocado no processo licitatório. Com o início dos trabalhos em junho, Ângelo, que está em Brasília em reuniões no Ministério da Integração Nacional, estima que tudo ficará concluído em outubro próximo, no que diz respeito a garantir a vinda da água do São Francisco de Salgueiro (PE) para Jati (Região do Cariri).

“A meta do Ministério da Integração, que responde diretamente pelo projeto, é fazer o caminho das águas para o Ceará”, acentua o titular do Dnocs.

Espera-se que essa novela do Velho Chico chegue ao seu capítulo final de fato, no caso ver o cearense beber a tão aguardada água franciscana.

(Foto – Arquivo)

PDT tem “sérias restrições” à aliança com Eunício, diz Figueiredo

Um dos entraves na vida política do senador Eunício Oliveira (MDB), o presidente estadual do PDT, deputado federal André Figueiredo, afirma que a provável aliança da legenda com o presidente do Senado vai ser decidida pela instância nacional da sigla. André diz compreender a aproximação do governador Camilo Santana (PT) com Eunício para tratar de assuntos institucionais, mas que uma provável aliança eleitoral para outubro é algo que precisa ser conversado com os aliados.

“Nós em nenhum momento fomos chamados a uma discussão sobre uma eventual coligação com o MDB. O PDT nacional tem uma postura de que qualquer composição tem que passar por decisão da direção nacional e temos sérias restrições a compor com o MDB aqui no Ceará porque é a terra do nosso pré-candidato à presidente”, disse o parlamentar.

Com o desejo de ser candidato ao Senado pelo partido, Figueiredo justificou a resistência do plano nacional na consolidação da aliança em razão da oposição que o PDT faz ao presidente Michel Temer. “E se o nosso maior adversário é o governo Temer, como admitir que seja natural compor com o partido dele aqui no nosso Estado?”.

O senador Eunício, que tem acompanhado o governador em diversas ações pelo interior do Ceará, acabou não comparecendo ao evento de ontem. A assessoria do senador justificou a ausência alegando que o emedebista estava em Brasília.

(O POVO – Repórter Wagner Mendes/Foto -Agência Brasil)