Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Vice da Abert – Migração de AM para FM é uma exigência dos dispositivos móveis

A vice-presidente da Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), Marize Hartke, está entre convidados do Congresso Fala Norte e Nordeste de Radiodifusão, que será aberto às 18h30min desta segunda-feira, no Hote Praia Centro.

Em conversa com o Blog, a  vice-presidente da Abert informou como está o processo de migração de rádio AM para FM.

DETALHE – Durante o Congresso Fala Norte e Nordeste, o ministro das Comunicações e Tecnologia, Gilberto Kassab, vai assinar contrato garantindo a migração de 66 emissoras de rádio AM para FM. Esse processo terá apoio de uma linha de financiamento do Banco do Nordeste.

Governo declara posse de 5,8 mil hectares aos indios Tapeba

O Ministério da Justiça declarou a posse permanente de 5,8 mil hectares de terras ao povo indígena Tapeba, localizada em Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza). Com isso, o governo põe fim a uma luta iniciada há 30 anos. A portaria declarando a posse foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (4/9), assinada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim. Com o documento, os indígenas que habitam a região agora têm segurança jurídica em relação à titularidade e à posse da terra.

O processo demarcatório da Terra Indígena Tapeba iniciou em 1985 e a primeira identificação da área foi feita em 1986. Desde então, houve uma série de entraves jurídicos e de problemas administrativos que impossibilitaram regularização do terreno.

Em 2003, o governo chegou a publicar Portaria Declaratória da Terra Indígena Tapeba, mas em 2007 o Superior Tribunal de Justiça anulou a decisão por falta de participação do município de Caucaia no processo.

Em 2010, foi criado um novo grupo de trabalho para estudo da área. Desta vez, o processo passou a contar com participação dos entes públicos envolvidos, inclusive Governo do Ceará e do município de Caucaia.

Em 2016 foi celebrado um Termo de Acordo entre o Ministério da Justiça, Funai, estado do Ceará, Procuradoria da União no Ceará, Procuradoria Federal no Ceará, Procuradoria-Geral do Estado do Ceará, Secretaria de Meio Ambiente do Ceará, Prefeitura de Caucaia, espólio de Emmanuel de Oliveira de Arruda Coelho e a Comunidade Indígena Tapeba. O acordo foi homologado pela Justiça do Ceará e a portaria atual pôde ser assinada.

A portaria publicada nesta segunda-feira (4/9) destaca que todas as contestações feitas por particulares referentes à posse da terra foram devidamente analisadas. O documento diz ainda que o processo não apresenta qualquer vício, falhas técnicas ou administrativas.

A próxima etapa do processo caberá à Funai, que promoverá a demarcação administrativa da T.I. Tapeba para posterior homologação pelo presidente da República, em forma de decreto presidencial.

(Com Site Consultor Jurídico/Foto – Arquivo)

O novo horário do comércio gera emprego?

Com o título “Novo horário do comércio gera emprego?”, eis artigo do vereador petista Acrísio Sena sobre a velha polêmica em torno da mudança do horário do comércio de Fortaleza. O tema volta ao debate porque há mensagem nesse sentido tramitando na Câmara Municipal. Confira:

Já se encontra na Câmara Municipal a mensagem do prefeito Roberto Cláudio que quer ampliar o horário do comércio na Capital, abrindo lojas de rua de segunda a sexta, até 22 horas, e aos domingos, semelhante aos shoppings. A matéria merece questionamentos. Em primeiro lugar, faltou diálogo com os comerciários. O executivo conversou, legitimamente, com lideranças empresariais sobre suas demandas e reivindicações. Porém não é razoável que tal decisão seja tomada sem levar em consideração as opiniões da categoria comerciária, que soma atualmente mais de 100 mil pessoas em nossa Cidade.

A normatização do horário de funcionamento do comércio em Fortaleza é uma conquista histórica dessa categoria profissional, celebrada muito recentemente, após um amplo e difícil debate na sociedade e que precisa ser respeitada. Os comerciários venceram uma forte “quebra de braço” na justiça e a lei nº 9.452, sancionada pela então prefeita Luizianne Lins, em 2009, teve finalmente sua constitucionalidade ratificada, em 2014, pelo Supremo Tribunal Federal (STF), através da súmula 645, assinada pelo ministro Ricardo Lewandowski.

Vale ressaltar que a lei nº 9.452 não proíbe a extensão do horário de funcionamento das lojas, inclusive em fins de semana e feriados. O que ela faz é proteger o trabalhador de possíveis práticas abusivas por parte de setores empresariais, principalmente daqueles que querem um funcionamento indiscriminado do comércio sem qualquer compensação financeira e observação de normas trabalhistas.

Nada justifica o retorno dessa discussão no Legislativo, a não ser motes antigos, como o de que a extensão do horário de funcionamento do comércio vai propiciar o incremento das vendas, aquecimento da economia e ampliação do emprego. A realidade já se encarregou de provar que esses argumentos não se sustentam. Não é porque as lojas ficarão abertas mais tempo que as pessoas aumentarão seu poder de consumo. Também não é isso que vai elevar o nível de emprego. Na prática, o que pode ocorrer é a imposição de jornadas de trabalho cada vez mais longas, sob condições nocivas à saúde e à segurança dos trabalhadores.

Enfim, não se trata de uma simples questão corporativa, já que a amplitude das consequências da medida é imensurável, pois gera impactos na mobilidade e ambiência da Capital. Aprofundar a ideia é necessário para a Cidade.

*Acrísio Sena

acrisiosenapt@gamil.com

Vereador de Fortaleza (PT).

Entidades sindicais preparam ato contra o desmonte do serviço público

Partidos de esquerda, sindicatos e entidades ligadas aos servidores e professores universitários farão nesta segunda-feira, às 17h30min, na sede do Sindufce (Praça da Gentilândia), reunião para definir atos do Dia Nacional em Defesa do Serviço Público.

O ato ocorrerá, em todo o País, no próximo dia 14 e, segundo sindicalistas, o objetivo é denunciar e pressionar contra “o desmonte do serviço público”.

O protesto também será contra a onda de privatizações.

Presidente da Acert convoca para o Fala Norte e Nordeste 2017

Tudo pronto para o Congresso Fala Norte e Nordeste de Radiodifusão.

Começa a partir das 18h30min desta segunda-feira, no Hotel Praia Centro, devendo se estender, até quarta-feira, com uma vasta programação.

A presidente da Associação Cearense das Emissoras de Rádio e Televisão (Acert), Carmen Lúcia, está convocando todos do meio e interessados no tema a participar do congresso.

A doença mental está jogada na rua

Com o título “A doença mental está jogada na rua”, eis artigo do médico, antropólogo e professor universitário Antonio Mourão Cavalcante. Ele aborda dois casos que chamaram a atenção da opinião pública na última semana. Confira:

Duas informações despertaram minha atenção na última semana. Primeira, uma família, em Fortaleza, que estaria sendo guardada em cárcere privado. O pai, com medo de violência contra os filhos, teria deixado de levá-los à escola e eles passavam o tempo todo reclusos no apartamento da família. Os filhos só saiam acompanhados.  Assisti o pai em uma entrevista à televisão. Estava totalmente desnorteado, confuso, referindo perseguições que não conseguia distinguir ou explicar. Tinha um olhar tenso, trêmulo, evasivo. As mãos em movimentos estereotipados. Sua mente parecia muito perturbada e as autoridades tratavam-no como perigoso marginal…

A segunda notícia veio de São Paulo, onde um jovem de 27 anos, em transporte coletivo, ao se masturbar, teria ejaculado, derramando esperma no braço de uma passageira. Essa não era a primeira vez que ele fazia isso, nem a última.  Ainda nesse final de semana, foi novamente detido por realizar idêntica proeza, com outra mulher, em transporte coletivo. Em todas as oportunidades – mais de 15 (quinze) vezes! – foi detido e em seguida liberado…

Estas situações descritas e tantas outras revelam o comportamento de pessoas que se encontram mentalmente enfermas. Atônitas, as autoridades não sabem o que fazer! Iriam simplesmente colocá-los em um presídio? Temos instituições públicas que acolhem pessoas com distúrbios psíquicos? O acompanhamento é feito de forma técnica, científica? E, por que a solução sempre passa por detenção, xadrez, violência: “está precisando é de uma surra boa!”

Simplesmente, não sabemos como lidar nessas circunstâncias. A tendência é usar a força, a repressão, a contenção física.

Por motivação profissional, tenho observado que grande parte dos chamados moradores de rua possui um perfil mental comprometido. E, nesses casos, ou foram abandonados por – família, trabalho, amigos – por manifestarem alguma dificuldade psíquica ou a vivência desse modo, muitas vezes reforçado pelo uso de drogas, acabam se tornado portadores de graves distúrbios mentais.

Esta situação, em resumo, vem mostrar que o poder público não está nem aí para esse problema, como não se interessa em aprofundar a responsabilidade em busca de alternativas mais dignas e humanas.

Melhor chamá-los de vagabundos ou perigosos marginais. Apela para polícia. Mete o cacete e fim de papo!…

*Antonio Mourão Cavalcante,

Médico e Antropólogo. Professor Universitário.

UFC e Prefeitura de Sobral oferecem especializações em Gênero e Diversidade na Escola

A Universidade Federal do Ceará e a Secretaria da Educação de Sobral (Zona Norte) iniciaram, no fim de semana, no Auditório do Campus do Mucambinho, as aulas das Especializações em Educação em Direitos Humanos e Gênero e Diversidade na Escola. Cerca de 270 estudantes participaram da aula magna com o tema “Escola, Violência e Direitos Humanos”, ministrada pela professora Heloísa Buarque de Almeida, doutora e antropóloga da Universidade de São Paulo; pelo professor Alexandre Martins Joca, doutor em Educação pela UFC e professor da Universidade de Campina Grande, e por Dediane Sousa, da Coordenadoria de Diversidade Sexual da Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos da Prefeitura de Fortaleza.

Ao receber os estudantes, o coordenador do campus da UFC em Sobral, Vicente Pinto, destacou a importância da parceria que levou à construção desses cursos de especialização. “A Universidade Federal do Ceará recebe a todos vocês com muita alegria, nesta parceria que cada dia se estreita mais com a Prefeitura de Sobral. É com muito entusiasmo que eu participo desse momento: sou do primeiro grupo de professores que chegou aqui, em 2001, e confesso que a grande tristeza daquela época era a ausência de interação maior entre a Universidade e a comunidade. Hoje, graças a essas parcerias, nós temos as condições para desenvolver projetos importantes como este”, completou.

Já o secretário da Educação de Sobral, Herbert Lima, agradeceu à Universidade pelo apoio nos projetos que a Secretaria vem desenvolvendo. “Apesar das dificuldades financeiras que vivenciamos, remamos na maré contrária para oferecer esta oportunidade de formação, pois entendemos a importância e relevância destes temas, a discussão de gênero e direitos humanos, para a sociedade. Para isto, submetemos um projeto à Pró-Reitoria de Pós-Graduação da UFC e estamos contando com parcerias importantes para executarmos este projeto”, completa. O secretário apresentou também o coordenador do projeto das especializações professor Francisco José dos Santos e o coordenador das especializações em Educação em Direitos Humanos e Gênero e Diversidade na Escola, Marcelo Natividade.

DETALHE – O público das especializações são professores e técnicos da Educação da Prefeitura de Sobral, do Governo do Estado e da UFC.

(Foto – Divulgação)

Ministério do Trabalho manda nota esclarecendo sobre atraso nos repasses do Sine/IDT

O Ministério do Trabalho manda nota oficial para o Blog. O objetivo é esclarecer o que está acontecendo com os serviços do SINE/IDT, entidade conveniada desta pasta, que recebe verba do Governo Federal para execução de Políticas Públicas de Trabalho, Emprego e Renda. Tais esclarecimentos se referem à postagem “Sine/IDT – Governo Federal volta a atrasar recursos para o Ceará”, veiculada no dia 30 de agosto. Confira:

Prezado jornalista Eliomar de Lima,

Durante a vigência deste convênio, o Governo Federal já repassou ao SINE/IDT R$ 21.009.158,86 de um total de R$ 30.583.399,23, conforme determina a legislação.

O repasse do recurso está condicionado à prestação de contas do repasse anterior e à formalização de um plano de trabalho (distribuir e justificar os gastos nos postos de atendimento) para o recebimento dos repasses futuros. No caso, tem um valor empenhado para o Governo do Ceará no valor de R$ 500.000 para pagar despesas Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED). Esse valor está empenhado desde 24/07/15, mas o pagamento está condicionado à prestação de contas dos valores já recebidos em relação à PED.

Ainda consta o valor de R$ 4.732.815,66 (empenho de 2015 e 2016). A liberação desse valor também está condicionado à apresentação do plano de trabalho.

Em 28/08/17 (última segunda feira), o Governo do Ceará enviou o plano de trabalho para análise relativo aos valores já empenhados, que vai ser analisado e aprovado. Porém, ainda está faltando a prestação de contas dos valores repassados anteriormente. Portanto, a transferência desse valor está vinculado ao cumprimento desses dois procedimentos.

A nossa expectativa é a de que o repasse seja feito até ainda esse ano. Isto não depende somente do Ministério, mas principalmente do convenente, SINE/IDT.

*Superintendência Regional do Trabalho no Ceará
Ministério do Trabalho – MT.

Papa Francisco recebe líderes da Comunidade Católica Shalom

Francisco cumprimentando Moyses Azevedo.

O papa Francisco recebeu, nesta manhã de segunda-feira, no Vaticano, Moyses Azevedo e Emir Nogueira, dirigentes da Comunidade Católica Shalom, que comemora 35 anos de fundação.

Como os dirigentes do Shalom, um grupo de peregrinos que fará, em Roma, encontro internacional das casas de evangelização hoje em atividade no mundo.

(Foto – Divulgação)

Ministério Público vai promover audiência pública sobre liberação de bebida em estádios

200 1

Nesta terça-feira, às 8h30min, o Ministério Público do Ceará vai promover uma audiência pública para debater a liberação da venda e consumo de bebidas alcoólicas no interior dos estádios de futebol e as suas consequências. O encontro ocorrerá no auditório da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ).

O coordenador do Núcleo de Desporto e Defesa do Torcedor (NUDTOR), promotor de justiça Francisco Xavier Barbosa Filho, defende o cumprimento do Estatuto de Defesa do Torcedor (Lei federal nº 10.671/2003) que proíbe o torcedor de ingressar nos estádios portando bebidas ou substâncias suscetíveis de gerar ou possibilitar a prática de atos de violência, sendo portanto uma imposição da lei.

O deputado estadual Gony Arruda (PSD) apresentou um projeto de lei para liberar a venda e consumo de bebida alcoólica no interior dos estádios de futebol no Ceará. Segundo o promotor de Justiça, a iniciativa é inadequada. O membro do MPCE lembra, ainda, que existe uma lei municipal (nº 9.477 /2009) que proíbe, em dias de jogos, o consumo e a comercialização de bebida alcoólica num raio de cem metros dos estádios.

SERVIÇO

*Procuradoria Geral de Justiça – Rua Assunção, 1100 – José Bonifácio.

José Guimarães – Reforma eleitoral pode sobrar para o TSE

134 1

O líder da minoria na Câmara dos Deputados, José Nobre Guimarães (PT), embarcou, nesta madrugada de segunda-feira na rota de Brasília. Ali, haverá reuniões em busca de um consenso pró-votação da reforma eleitoral.

Guimarães diz que a ordem é buscar entendimento, mas, na sua avaliação, toda a busca de acordo pode também não dar em nada e o Tribunal Superior Eleitoral acabar baixando as regras do pleito de 2018.

Ministro abrirá em Fortaleza o Congresso Fala Norte e Nordeste de Radiodifusão

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, vai abrir, às 18h30min desta segunda-feira, no auditório do Hotel Praia Centro, o Congresso Fala Norte e Nordeste de Radiodifusão. Com ele, estará o governador Camilo Santana (PT).

Na ocasião, Kassab assinará contratos de migração de 66 emissoras de rádio AM para FM no Ceará. Esse processo terá o apoio financeiro do Banco do Nordeste.

O Fala Norte e Nordeste é considerado um dos maiores congressos de radiodifusão do País e, nesta edição, contará com palestras, painéis, debates, workshops e feira de negócios, além da Jornada e Prêmio Aboio de Comunicação.

O tema central será “Inteligência Criativa Para a Geração de Negócios da Comunicação”, informa a presidente da Associação Cearense das Emissoras de Radiodifusão, Carmen Lúcia.

DETALHE – Antes desse evento, às 17h30min, Kassab vai se reunir com o presidente em exercício do Banco do Nordeste, Romildo Carneiro Rolim, e diretoria. Nesse encontro, estarão ainda presentes o presidente nacional da Finep, Marcos Cintra, e Patrícia Aguiar, gerente da Finep para o Nordeste.  Parcerias de projetos para a ciência e inovação para a Região.

SERVIÇO

*Confira a programação aqui.

(Foto – Agência Estado)

Camilo está bem avaliado pela população, dizem pesquisas internas do Palácio da Abolição

207 2

Da Coluna Vertical, do O POVO desta segunda-feira:

Enquanto o Governo Temer encara os mais baixos índices de popularidade da história, Camilo Santana (PT) tem motivos de sobra para comemorar. Recente pesquisa realizada pelo Abolição mediu o índice de satisfação dos cearenses com o governo estadual e os seus serviços.

A pesquisa apontou crescimento na avaliação positiva do Governo Camilo. Os nós continuam sendo a segurança pública e a saúde.

Mas, mesmo nessas áreas, a avaliação melhorou. Há um sentimento de que, mesmo o serviço não sendo o ideal, o governo tem trabalhado para resolver problemas. Os destaques positivos foram para a educação e o investimento em estradas.

A avaliação pessoal de Camilo também cresceu. O fato do governo estar com as contas equilibradas e pagando em dia, em meio à crise nacional, contribuiu para o resultado.

Perguntado sobre a pesquisa, Camilo desconversa: “Vamos trabalhar, vamos trabalhar!”

Julgamento de acusado de matar professora movimentará Sobral nesta segunda-feira

Acontece, a partir das 8h30min desta segunda-feira, no Fórum Dr. José Saboya de Albuquerque, em Sobral (Zona Norte), o julgamento de Francisco Aécio do Nascimento. Ele é acusado de ter assassinado a ex-esposa, a professora Ana Soraia Galdino (35), a facadas, em 2011, informa o Blog Sobral de Prima.

Soraia, que dava aulas há mais de 10 anos em uma escola municipal de ensino infantil localizada a poucos metros da casa onde morava, foi morta no dia 31 de outubro de 2011, dentro de casa, no bairro Sinhá Saboya.

Amigos, familiares, estudantes e operadores do Direito, além de cidadãos de Sobral e Santana do Acaraú, essa segunda cidade natal de Aécio e Soraia, devem chegar já nas primeiras horas ao Fórum Dr. José Saboya de Albuquerque, para acompanhar o julgamento.

Castanhão chega a menor volume de sua história

Maior açude público de usos múltiplos do Brasil, o Castanhão, no Ceará, se encontra no volume mais baixo de toda a sua história. Atualmente, o reservatório mantém 4,46% de toda a sua capacidade de 6,7 bilhões de metros cúbicos. Uma marca semelhante a essa só havia sido atingida em 2004, quando era recém-inaugurado e estava pegando os primeiros aportes de água.

Pelos cálculos da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Estado (Cogerh), essa quantidade de água deve ser suficiente para manter os usos do açude, que já estão reduzidos, até por volta de janeiro de 2018. Após essa data a situação será reavaliada considerando os prognósticos do período chuvoso do Ceará, que começa em fevereiro e se estende até maio. O volume total disponível atualmente é de 298,5 milhões de metros cúbicos. Desses, 75 milhões de metros cúbicos correspondem ao chamado volume morto.

O gigante cearense é um dos principais responsáveis pelo abastecimento da Região Metropolitana de Fortaleza, onde vive quase metade da população do estado. No entanto, hoje ele responde somente por 10% da água que chega às casas da capital. Cerca de 7 metros cúbicos por segundo viajam por 250 quilômetros, via Eixão das Águas, para complementar os outros 90%, que são oriundos de reservatórios localizados na própria região. Ano passado, a lógica era contrária: o Castanhão contribuía com 70% da água consumida na Grande Fortaleza.

“O Castanhão é o mais emblemático dos açudes do Ceará. Ele é o maior e teve aportes muito pequenos. Há seis anos que ele não recebe quantidade suficiente de água”, relata o diretor de planejamento da Cogerh, Ubirajara Patrício. Neste ano, quando o estado registrou precipitações dentro da média histórica, o reservatório captou 121 milhões de metros cúbicos, mas em 2016 o aporte foi de apenas 75 milhões de metros cúbicos.

A queda do volume do Castanhão vem desde 2012, quando começou o longo ciclo de seca no Ceará que permanece até hoje. Mesmo ficando dentro da média histórica, as precipitações da chamada quadra chuvosa (entre fevereiro e maio) ocorreram de forma irregular e localizada. Com isso, os maiores açudes do estado, Orós e Banabuiú, a exemplo do Castanhão, não conseguiram se recuperar das perdas acumuladas.

Poucas chuvas e evaporação são dois dos fatores climáticos mais sensíveis nos açudes do semiárido cearense. Por outro lado, os usos da água também afetam essa equação. “Em tese, o consumo de água é crescente. Há mais produção, mais áreas irrigadas, as cidades crescem. Buscamos alternativas para fazer o balanço entre oferta e demanda”, explica Patrício.

Os perímetros irrigados públicos de Jaguaribe-Apodi e de Tabuleiro de Russas, que usam as águas do Castanhão para suas atividades, estão com restrição de pelo menos 70% de água, segundo a Cogerh. Além disso, ainda conforme o órgão, não há nenhuma permissão para irrigação usando a água do açude no percurso do Eixão das Águas. Os criadouros de tilápia também foram drasticamente reduzidos. Com pouca água, há pouco oxigênio, o que inviabiliza a criação.

Com essas restrições, as águas do Castanhão atualmente abastecem oito cidades ao longo de um trecho de 100 quilômetros do rio Jaguaribe, que foi perenizado pela obra do açude, além dos municípios que ficam ao longo do Eixão das Águas e do antigo Canal do Trabalhador.

(Agência Brasil)

Começa a época mais quente do ano e calor pode chegar a 38º

Nascer do sol em Fortaleza, nesta segunda-feira.

Nos últimos quatro meses do ano, características bem típicas do semiárido se intensificam: altas temperaturas, muito vento, poucas chuvas. O tradicional B-R-O Bró — expressão referente à última sílaba dos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro — começou na sexta-feira, 1º, e só termina quando 2018 chegar. Em Fortaleza, a temperatura deve chegar a uma média de 33ºC, enquanto o Interior poderá registrar até 38ºC.

Os ventos, que têm média de 14 km/h no período, amenizam o calor no litoral, mas o Interior padecerá de uma quentura ainda maior que a normal.

“Esses índices de temperatura não apresentam grande variação ao longo do ano. Mas, no período de chuvas, a cobertura de nuvens ameniza o calor. Até agosto, encontramos temperatura um pouco mais baixa, em torno de 30ºC”, explica Raul Fritz, meteorologista da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos.

Se o Ceará tivesse estações do ano definidas, este mês marcaria o início da primavera, como ocorre mais ao sul. Como o Estado está perto da Linha do Equador, a inclinação do eixo de rotação da terra faz com que a incidência solar seja direta quase que durante todo o ano. “No Sul, por exemplo, o sol incide diretamente durante o verão e, no inverno, atinge de forma mais inclinada, por isso é frio. Aqui isso não acontece”, explica Fritz.

Primavera

A época em que seria de primavera, estação onde há o florescer das plantas, no Ceará ainda demora três meses para chegar. “O que existe é uma pequena fase, que seriam as chuvas do caju. Dá a floração do cajueiro e frutifica o caju”, afirma o professor do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal do Ceará (UFC), Roberto Takane.

Segundo ele, os ventos, que ajudam a amenizar o calor no B-R-O Bró, são prejudiciais às plantas. Além da escassez de água.

O professor explica que o vento tira a umidade das folhas, provocando o fechamento dos chamados estômatos — pequenos orifícios presentes nas folhas. “Esses estômatos fecham e todo o sistema da planta paralisa. Ela não vai crescer, não vai florescer e não vai frutificar. Muitas derrubam as flores que têm como um mecanismo de defesa”, detalha.

Já o aumento de temperatura é algo a que a vegetação nativa está adaptada. Assim, acaba resistindo mais à temperatura que aos ventos.

Na Caatinga, mesmo as plantas mais resistentes, só deverão florescer entre dezembro e janeiro. “Quando a temperatura é muito alta, como num deserto ou na Caatinga, as flores vão florescer, mas por um pequeno prazo de tempo”, conta.

As flores do mandacaru e do xique-xique, por exemplo, só abrem durante a madrugada, passam algumas horas e fecham.

(O POVO – Repórter Sara Oliveira/Foto – Paulo MOska)