Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Operação Tarja Preta desmonta esquema em cadeias e prende 14 pessoas

Intitulada Operação Tarja Preta – Parte Final, ação da Polícia Civil e Polícia Militar deflagrada ontem resultou na prisão de 14 pessoas e cumprimento de 18 mandados de busca e apreensão. O grupo seria responsável por crimes de estelionato, comércio de remédios controlados em presídios da Região Metropolitana de Fortaleza e execuções relacionadas ao tráfico de drogas. As informações foram divulgadas ontem, em entrevista coletiva, pelo delegado Vicente de Alencar.

A operação é resultado de uma investigação que começou em março deste ano acerca de detentos da Cadeia Pública de Maracanaú que cometiam estelionato usando ligações telefônicas. As vítimas, de São Paulo, Mato Grosso, Minas Gerais, eram contatadas com a informação de um suposto prêmio.

Depois disso, com a continuação das investigações, por meio de interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça, foi descoberto que traficantes articulavam, de dentro da unidade, a quem entorpecentes seriam entregues. Cuidavam ainda da contabilidade do comércio ilegal e definiam quem deveria morrer.

Também foi descoberto um esquema de entrada de remédios tarja preta com a conivência de um servidor da cadeia pública. Francisco Eliano Ferreira da Silva já tinha sido detido em junho, em posse dos remédios mas, em seguida, foi solto com medidas cautelares. Ontem, foi novamente preso, mas a partir de mandado por crime de corrupção.

Na ação de ontem, os policiais prenderam ainda Rafael Pereira da Silva, o Rafael Jacaré, de 26 anos, apontado como um dos articuladores do esquema. “Ele era um dos executores dessa ação criminosa, que era organizada na cadeia pública (de Maracanaú) e nos presídios de Itaitinga. Outros quatro suspeitos já estavam presos”, relatou Alencar.

Rafael possuía três mandados de prisão e responde na Justiça por cinco homicídios, quatro roubos, estelionato e três crimes de tráfico de drogas. Ainda é apontado como responsável por um ataque à Delegacia da Pacatuba, em outubro. Conforme o delegado, por três vezes a Polícia realizou campanas e fez investidas para prendê-lo, mas não tinha conseguido. Desta vez, ele não conseguiu fugir.

Outro preso foi Hallen César. Ele foi detido por tráfico de drogas e, com ele, foram encontrados pássaros silvestres. O restante das pessoas presas não teve a identidade revelada, pois o inquérito está em segredo de Justiça,

Segundo o delegado Vicente, dos 18 alvos, quatro não foram encontrados, mas nas respectivas residências foram cumpridos os mandados de busca e apreensão. “Fizemos apreensões de drogas, dinheiro, cartões bancários, comprovantes de depósitos, para ilustrar e materializar o crime de estelionato”.

O delegado não descartou o envolvimento de mais pessoas no esquema e disse que as investigações devem continuar.

PDT encerrará programação de debates do ano com Ciro Gomes

O PDT fará na quinta-feira próximo, no Marina Park Hotel, seu último encontro deste ano com seus parlamentares e filiados. Hora de um balanço de ações e de ouvir, mais uma vez, o presidenciável Ciro Gomes.

O partido, que apoiará a reeleição do governador Camilo Santana (PT), está reafirmando seu pleito de lançar o ex-governador Cid Gomes para uma vaga de senador.

Já a outra vaga está sendo discutida com o crivo de Camilo.

Agropacto quer resgatar a cultura do algodão no Ceará

No passado, o Ceará esteve entre os maiores produtores dessa cultura no País.

Nesta terça-feira, às 7h30mn, na sede da Fiec, o Agropacto vai debater sobre um programa de modernização da cultura do algodão no Ceará e no Brasil.

Segundo o presidente da Federação da Agricultura do Estado, Flávio Saboya, o convidado é o presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão, Arlindo de Azevedo.

O setor produtivo cearense pensa seriamente em retomar a cultura do algodão. Desde, claro, que conte com o apoio oficial em todos os sentidos.

Unimed pode fazer seleção para contratar médicos, decide TJ do Ceará

A Seção de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Ceará concluiu, nesta segunda-feira (27/11), o julgamento do primeiro Incidente de Resolução de Demanda Repetitiva (IRDR) do Estado. A medida cria jurisprudência sobre a admissão de profissionais de saúde pela Unimed de Fortaleza Sociedade Cooperativa Médica, por meio de seleção pública de provas e títulos. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

Com isso, todos os processos relacionados ao assunto deverão ter o mesmo entendimento, ou seja, não é abusivo fazer seleção para acesso de cooperados. Segundo o desembargador Francisco Bezerra Cavalcante, relator do caso, a matéria era controvertida, havendo decisões favoráveis e desfavoráveis em casos similares. Agora, os julgamentos serão uniformizados, promovendo isonomia, segurança jurídica e economia processual no Judiciário cearense.

O IRDR foi admitido em 31 de outubro de 2016 e surgiu de recurso da Unimed Fortaleza, que pediu a anulação de decisão da 12ª Vara Cível da Capital, que concedeu a três médicos o direito de serem admitidos nos quadros de filiados da cooperativa sem a necessidade processo seletivo. Os profissionais alegaram que o ingresso é livre, não havendo limite ao número de associados. Já a Unimed argumentou que o estatuto prevê seleção para a entrada de novos médicos e que a entrada deles poderia gerar desequilíbrio econômico.

Após a admissão do Incidente, todas as ações que discutem a questão na Justiça estadual ficaram suspensas até o julgamento do IRDR. Foi determinada a abertura de prazo para as partes se manifestarem, além da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), do Conselho Estadual de Medicina e do Sindicato dos Médicos do Ceará, a fim de apresentarem eventuais informações.

Em 7 de agosto deste ano, o Tribunal promoveu audiência pública para discutir a ação. O desembargador Francisco Bezerra Cavalcante presidiu a sessão, que contou com a manifestação de médicos, gestores da cooperativa, Ministério Público e advogados. Também presentes desembargadores que integram a Seção de Direito Privado do TJCE, colegiado responsável por julgar o IRDR.

Na pauta do dia 25 de setembro, o relatou votou pela legalidade de concurso. “Não é abusiva, tão pouco discriminatória e arbitrária, a exigência de seleção pública prevista no Estatuto Social de Cooperativa que opera plano de saúde”. O desembargador Teodoro Silva Santos divergiu por considerar que “subverte os ideais do sistema cooperativista e exigência de submissão do proponente a certame público, notadamente porque a cooperativa de trabalho médico não tem competência para avaliar titulação acadêmica ou capacidade técnica dos cooperados”.

O desembargador Heráclito Vieira de Sousa Neto pediu vistas para melhor análise e apresentou voto na sessão de 23 de outubro, acompanhando a divergência. Na ocasião, a desembargadora Maria Vilauba Fausto Lopes pediu vistas para estudo mais aprofundado. A magistrada votou, na sessão desta segunda-feira, acompanhando o relator, desembargador Francisco Bezerra Cavalcante.

No total, foram nove votos pela legalidade da seleção para ingresso de cooperados e seis pela livre adesão. A presidente da Seção de Direito Privado (reunião das quatro Câmaras de Direito Privado), desembargadora Vera Lúcia Correia Lima, só votaria em caso de empate. Ao final, a magistrada proclamou o resultado.

O que é IRDR

O IRDR é um instrumento instituído pelo Código de Processo Civil (CPC) e que permite a aplicação do mesmo entendimento a ações que tratam de assuntos iguais. A medida tem o objetivo de uniformizar as decisões dos Tribunais sobre casos repetidos e promover a celeridade processual. O pedido de instauração do incidente pode ser feito pelo relator do processo, quando verificar que a situação é devida. Além do magistrado, também podem requerer as partes envolvidas na ação, o Ministério Público ou a Defensoria Pública.

O IRDR precisa passar pela admissibilidade, ou seja, instauração aprovada pelo colegiado. Se admitido, as ações em todo o Estado, de igual teor, ficam suspensas, aguardando o resultado do julgamento. Para elucidar a questão, o relator ouvirá as partes e demais interessados.

Espetáculo Joias do Balé Russo chega aos palcos de Fortaleza

Os cearenses terão a oportunidade rara de ver os melhores bailarinos internacionais, oriundos dos principais teatros do velho mundo, como Bolshoi, Mariinsky e Mikhailovsky. Isso ocorrerá em uma só apresentação sábado que vem (2), às 21 horas, no Teatro RioMar Fortaleza. O espetáculo “Joias do Ballet Russo” conta com um repertório composto por trechos das obras Lago dos Cisnes, Corsário e Quebra-Nozes.

No elenco, que passará pelo Nordeste, cinco dos principais solistas consagrados mundialmente. Entre eles, Alexander Volchkov, um dos expoentes do balé russo atual e membro do elenco principal do Bolshoi há 20 anos, e a bailarina absoluta do Stanislavsky, Natalia Ledovskaya. Completam o time Anastasiia Lomachenkova, Nicolay Koripaev e Ekaterina Didenko.

SERVIÇO

*Teatro RioMar Fortaleza – Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 – Shopping RioMar Fortaleza – Papicu.

*Ingressos variam de R$ 160 a R$ 200,00, com meia.

(Foto – Divulgação)

 

Assembleia e Câmara Municipal estão sem assento no Conselho Estadual da Segurança Pública

195 1

A Assembleia Legislativa e a Câmara Municipal de Fortaleza ainda não indicaram seus representantes junto ao Conselho Estadual de Segurança Pública.

Quem faz a cobrança é o presidente desse organismo, o advogado criminalista Leandro Vasques. Ele não quer acreditar na tese de que essas Casas não vejam segurança como prioridade.

Na última semana, por sinal, o Conselho recebeu o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, André Costa, com quem conversou sobre a onda de violência, apresentou sugestões e ouviu sobre algumas ações futuras da pasta.

Roberto Pessoa admite disputar o governo se Eunício fechar aliança com o PT de Camilo Santana

Revoltado com a hipótese do senador Eunício Oliveira (PMDB) se bandear mesmo para o lado do governador Camilo Santana (PT), o presidente de honra do Partido da República, Roberto Pessoa, avisa:

“Se isso ocorrer, eu disputo o governo!”

Roberto Pessoa é adversário dos Ferreira Gomes que, no PDT, apoiarão a reeleição do governador que, nos últimos meses, com o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), tem amiudado conversas com o senador peemedebista.

Praça do Ferreira – Do dia em que o sol foi vaiado ao Natal com neve

Com o título “O dia em que nevou na Praça do Ferreira, que vaiou o sol”, eis artigo de Assis Cavalcante,  futuro presidente da CDL Fortaleza e escritor. Confira:

Parece brincadeira, mas o Ceará só deu certo porque o povo aqui é cearense. Gente bonita e alegre, de bom humor e irreverência inigualáveis. É o que nos faz diferente, de muita fé. Nesse particular, de um lado, Canindé com São Francisco; do outro, Juazeiro com o Padim Padre Cícero. É pouco? Vamos para as artes: José de Alencar e Rachel de Queiroz, Chico Anysio e Renato Aragão, Antônio Bandeira e Aldemir Martins, Belchior e Fagner, Tom Cavalcante e Falcão.

Ceará da gente aguerrida. Nosso estado foi o primeiro no Brasil a libertar os escravos (25 de março de 1884 – quatro anos antes da Lei Áurea), fato que lhe rendeu o cognome de Terra da Luz, título dado por José do Patrocínio.

Ceará obstinado. Nos tempos da colonização, o rei decidiu que nosso Estado não iria ser ocupado por ser considerado demais inóspito, sem água. O interesse da Coroa era explorar Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, tendo em vista a exploração do cultivo da cana de açúcar. Como o Ceará não tinha água… Depois veio descoberto o rio Jaguaribe, o “maior rio seco do mundo”. Vejam só: rio seco! Inicia-se a criação de bovinos na região de Quixeramobim em todo o percurso do caudaloso curso de água. Vem o comércio do couro e de peles de animais; em seguida, o algodão e a cera de carnaúba.

Por falar em couro, foi na década de 1915 que um bode trazido a Fortaleza por um retirante, adquirido por um representante industrial, vivia a passear pela Praça do Ferreira e avenida Beira Mar, fazendo escaramuças.

Alguns lhe davam cachaça. O povo, revoltado com a política de então, e levado pelo espírito brincalhão, vota nele para vereador de Fortaleza. Era o Bode Ioiô.

Mais tarde, era o ano de 1942, um grupo de cearenses reunido na Praça do Ferreira, esperando ansiosamente a chuva cair por mais tempo, olha as nuvens escuras de água cederem lugar ao sol e não dá outra: vaia no astro rei.

Agora, na mesma Praça do Ferreira, 75 anos depois do sol apupado, um evento da CDL marca história. O Natal de Luz, realizado dia 17/11, encantou fortalezenses e turistas. Grande espetáculo. A novidade: nevou por 8 minutos na Praça. Neve artificial, é claro, mas muito emocionante.

Mais de 50 mil pessoas foram ao delírio. Episódio da irreverência cearense, com o sentimento amoroso do Natal. Cearense generoso.

*Assis Cavalcante

assisvisao@secrel.com.br

Lojista e escritor.

Quixadá está livre de lixão, diz Ilário Marques

488 1

Uma boa-nova é dada pelo prefeito de Quixadá, Ilário Marques (PT): acabou o lixão que reinava nesse município.

Segundo Ilário, porque a gestão resolveu mandar seu lixo para um aterro privado em Senador Pompeu, com custo mensal de R$ 70 mil, podendo ir até R$ 80 mil.

Além de Quixadá, outros municípios da região do Sertão Central estão apostando nessa saída.

Adece vai comemorar 10 anos de atividades

A Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece) vai comemorar, às 15 horas da próxima quinta-feira, em seu auditório, 10 anos de atividades.

Na ocasião, a presidente da Adece, Nicolle Barbosa, deverá apresentar um balanço das ações do órgão que congregará uma série de câmaras setoriais criadas para planejar e repensar setores de investimentos da economia do Estado.

SERVIÇO

*Adece – Avenida Com Luís, 807 – 7º andar – Meireles.

Deputada quer criar a Semana Estadual da Não Violência Contra a Mulher

A deputada estadual Aderlânia Noronha (SD) quer criar a Semana Estadual pela Não Violência Contra a Mulher, a ser comemorada, anualmente, na última semana do mês de novembro. Com esse objetivo, a parlamentar deu entrada num projeto de lei nesse sentido na Assembleia Legislativa.

Ela justifica que essa Semana Estadual se juntaria à campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres, uma mobilização mundial instituída desde 1991 e celebrada anualmente a partir de cada dia 25 de novembro, alcançando já 160 países. Essas atividades se estendem até o dia 10 de dezembro, que é o Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres.

Aderlânia propõe que, durante a Semana Estadual, o poder público promova debates, palestras e seminários, entre outros eventos, em parceria com entidades da sociedade civil, com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre a necessidade de respeitar os direitos das mulheres.

Questão da Mulher

De acordo com o Mapa da Violência de 2015, que pesquisou 83 países com base em dados fornecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o país ocupa a quinta posição no ranking das nações que mais matam mulheres. A cada 100 mil mulheres brasileiras, 4,8 foram assassinadas em 2015.

O Ceará, por exemplo ,registrou 97 casos de violência doméstica nas quatro primeiras semanas deste ano, uma média de 3,5 casos por dia, de acordo com o balanço de casos de doenças de notificação compulsória na Secretaria da Saúde do Ceará.

“É preciso somar forças para enfrentar a violência. A sociedade civil e o poder público têm importante participação na construção de uma cultura de paz e de não violência contra mulheres, na defesa dos direitos humanos e garantia da cidadania” finalizou a deputada.

(Foto – Foto – ALCE)

 

Manuel D’Ávila e comitiva são recebidos por Camilo Santana. Ela diz que quer surpreender em 2018

A presidenciável do PCdoB, deputada estadual Manuela D’Àvila, foi recebida, neste início de tarde de segunda-feira, no Palácio da Abolição, pelo governador Camilo Santana (PT). Com ela, o presidente estadual da legenda, Luis Carlos Paes, o deputado federal Chico Lopes, o secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Inácio Arruda, os deputados estaduais Augusta Brito e Carlos Felipe, e o advogado Benedito Bizerril.

Num papo descontraído com o governador, dentro do contexto atual, Manuela fez uma analogia entre Ciro Gomes (PDT), Lula (PT) e a Copa de 94. Disse que, naquela ocasião Bebeto e Romário como os grandes craques. “Mas o Branco chegou depois e virou o grande craque. Eu quero ser como o Branco nas eleições”, disse, arrancando risos.

Manuela está em Fortaleza para cumprir agenda até o fim desta tarde. Ela deve ainda dar coletiva na Assembleia Legislativa, onde vai dar palestra num seminário sobre violência contra a mulher.

(Foto – PCdoB)

Tasso e Marconi Perillo vão abrir mão da presidência nacional tucana em favor de Geraldo Alckmin

252 1

O senador Tasso Jeiressatti e o governador de Goiás, Marconi Perillo, vão abrir mão de suas candidaturas para que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, seja o sucessor do senador Aécio Neves (MG) no comando da legenda. Segundo informa o jornal O Globo, isso ocorrerá durante jantar, nesta noite de segunda-feira, no,Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. Tasso e Marconi já conversaram com Alckmin, que aceitou assumir a presidência do PSDB na vaga do senador mineiro.

Diante do acirramento da disputa entre os dois, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso fez uma última tentativa de acordo. Na última semana o governador de Goiás investiu pesado para aumentar seu apoio nos estados do Nordeste, onde Tasso tem maioria. Teve reuniões em Aracaju (SE) e Teresina (PI). Investe também para aumentar apoio no diretório de São Paulo, o maior, que está dividido.

Há dois meses, em um encontro com Alckmin, Marconi já havia lhe dito que abriria mão se ele topasse assumir o comando do partido. Ontem, em uma conversa de mais de duas horas, Alckmin lhe perguntou se abriria mão, e Marconi disse que sim. Tasso já tinha conversado com Alckmin na quinta-feira e também respondeu que renunciaria.

— Eu jamais serei incoerente na pregação que sempre fiz pela unidade do partido — disse Marconi hoje, ao GLOBO.

Diante da possibilidade de aumentar o racha na disputa da chapa para a Executiva, Fernando Henrique voltou a fazer um último esforço para que Geraldo Alckmin assuma a presidência do PSDB na convenção de dezembro.

Os dois candidatos fizeram um acordo para indicação dos 256 membros do Diretório Nacional e a nova Executiva será compartilhada entre os dois, de forma proporcional aos votos recebidos dos cerca de 600 convencionais. Mas o risco de a disputa dos dois grupos continuar no ano eleitoral, tem levado a uma nova rodada de articulações para que o pré-candidato à República assuma o comando do partido. Alckmin teria que dar a resposta até essa semana, quando será registrada a chapa para o Diretório Nacional e as candidaturas de Tasso e Marconi. Fernando Henrique é o presidente de honra do PSDB.

— Tanto Tasso quanto Marconi já se pronunciaram favoráveis a Alckmin. Mas esse é um casamento de três pessoas. Falta a terceira pessoa, Alckmin, se manifestar — disse o presidente interino do PSDB, Alberto Goldman. Hoje à noite Fernando Henrique vai propor o acordo e Tasso e Marconi devem fazer um comunicado conjunto.

Creche Favo de Mel pede doações para realizar bazar

A Creche Favo de Mel quer fazer uma reforma na sede. Dentro desse objetivo, está arrecadando roupas usadas, calçados e acessórios em bom estado para a realização de bazar. As doações podem ser feitas na sede da entidade, que também manda buscar a oferta.

O estabelecimento atende crianças dos bairros Ellery e Monte Castelo e fica na rua Dr. Almeida Filho, 326 – Bairro Ellery.

SERVIÇO

Doações (Isabel) – (085) 98813-7336.

E agora, Henrique Javi?

Hospitais gerido pelo Estado enfrentam problemas como falta de material básico e superlotação, o que tem sido denunciado por profissionais e cooperativas do ramo.

Pode ser que Henrique Javi, titular da Secretaria da Saúde do Ceará, agora eleito presidente do Conselho Estadual de Saúde, arranje mais apoio para resolver a situação.

É o que espera principalmente a clientela, que enfrenta longa fila por leito ou cirurgia.

Unifor está entre instituições selecionadas pelo CNJ para pesquisar sobre demandas do Judiciário

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) divulgou hoje (27), no Diário Oficial da União, a lista das instituições selecionadas para realizar pesquisas sobre as principais demandas que chegam aos tribunais de justiça todo o País. Os resultados do levantamento serão usados na formulação das políticas públicas do Poder Judiciário.

Seis propostas de pesquisa foram selecionadas por meio do Edital de Convocação Pública e Seleção nº 2/2017. A partir da assinatura do contrato, cada instituição terá até nove meses para elaborar um estudo relativo ao respectivo campo temático para o qual foi escolhida.

Na categoria Judicialização da Saúde, a entidade selecionada foi o Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper). A Associação Brasileira de Jurimetria (ABJ) foi escolhida para analisar e propor projetos no âmbito da Justiça Criminal, Impunidade e Prescrição. Já as equipes da Universidade de São Paulo (USP) estarão a cargo de elaborar proposta relativa ao aperfeiçoamento de procedimentos de mediação e conciliação judicial.

A proposta da Fundação Edson Queiroz, mantenedora da Universidade de Fortaleza (Unifor), foi a escolhida na modalidade O Poder Judiciário e os Direitos da Criança no Brasil. Já nas modalidades A Prioridade de Tramitação de Processos de Pessoas Idosas e Portadoras de Deficiência na Justiça e Demandas Judiciais Relacionadas à Exploração do Trabalho em Condições Análogas a de Escravo não houve proposta classificada.

Pelas regras do edital de convocação e seleção, as pesquisas deverão ter caráter propositivo, ou seja, os estudos dos campos temáticos deverão, obrigatoriamente, contemplar propostas de ações do Poder Judiciário ou do próprio Conselho Nacional de Justiça e da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados Ministro Sálvio de Figueiredo Teixeira (Enfam). Além disso, pelo edital, o valor de cada contrato não deve exceder R$ 300 mil.

(Agência Brasil)

Manuela D’Ávila, presidenciável do PCdoB, terá encontro com Camilo Santana

A deputada estadual Manuela D’Ávila, presidenciável do PCdoB, será recebida pelo governador Camilo Santana (PT) nesta segunda-feira, no Palácio da Abolição. Em seguida, ela rumará para o Sindicato Adufc, onde participará de almoço-debate com o setor universitário.

Após esse compromisso, Manuela se deslocará para a Assembleia Legislativa onde, por volta das 15 horas, dará coletiva e, em seguida, palestra em seminário sobre violência contra a mulher.

Manuel D’Ávila deixará a Capital cearense ainda nesta segunda-feira.

 

Debates Grandes Nomes – Izolda Cela abre série de entrevistas

O Grupo de Comunicação O POVO inicia, nesta segunda-feira, 27, a 12ª edição do Debates Grandes Nomes. A primeira entrevistada será a vice-governadora do Estado, Izolda Cela (PDT), com transmissão ao vivo pela Rádio O POVO/CBN e O POVO Online, das 13 às 14 horas. Essa série de entrevista segue até sexta-feira, 1°, sempre no mesmo horário, com apresentação do jornalista Plínio Bortolotti e a coordenação de Nazareno Albuquerque.

Primeira vice-governadora mulher do Ceará, Izolda ficou à frente da Secretaria da Educação do Ceará entre 2007 e 2014. Também atuou na mesma função no município de Sobral, entre 2005 e 2006, e foi subsecretária de Desenvolvimento da Educação na gestão sobralense de 2001 a 2004. É graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e especialista em Gestão Pública pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e em Educação Infantil pela UFC.

Grandes nomes

Os outros entrevistados serão: Patrícia Macêdo, assessora de assuntos internacionais da Prefeitura de Fortaleza; Jesualdo Farias, ex-reitor da UFC e secretário de Cidades do Governo do Estado; Weiber Xavier, médico intensivista; e Zelma Madeira, presidente do Conselho Estadual de Politica de Igualdade Racial do Ceará (Coepir).

SERVIÇO

Segunda-feira (27/11): Izolda Cela, vice- governadora do Ceará

Terça-feira (28/11): Patrícia Macêdo, assessora de assuntos internacionais da Prefeitura de Fortaleza

Quarta-feira (29/11): Jesualdo Farias, secretário de Cidades do Governo do Estado

Quinta-feira (30/11): Weiber Xavier, médico intensivista

Sexta-feira (1°/11): Zelma Madeira, presidente do Coepir

Horário: 13 horas às 14 horas

Rádio O POVO CBN e O POVO Online.

(O POVO)