Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Cabo Sabino e Capitão Wagner – Unidos, mas só por Bolsonaro

O deputado federal Cabo Sabino marcou para o dia 16 de março próximo o seu ingresso no PHS. Ele disse que acertou essa data certo de que uma peleja judicial em torno do comando nacional do partido já esteja resolvida nessa época.

Cabo Sabino deixa o PR com o objetivo de tentar reeleição, e, principalmente, depois que o deputado estadual Capitão Wagner resolveu também tentar vaga federal e acertar sua ida para comandar o Pros no Ceará.

O parlamentar informa que deve se filiar ao PHS num ato previsto para o auditório da Assembleia Legislativa, com a presença de membros da cúpula nacional do partido. Ele quer entrar como presidente estadual.

DETALHE – O Cabo Sabino e o Capitão Wagner têm algo em comum: ambos apoiarão o presidenciável Jair Bolsonaro.

 

Detran adota mão única em trecho da CE 025 no sábado de Carnaval

O tráfego de veículo na CE 025 ou Avenida Maestro Lisboa, no sentido rotatória da Cofeco até a para rotatória do Beach Park, Porto das Dunas, terá mão única neste sábado de Carnaval, dia 10, das 7 horas às 15 horas. A informação é da assessoria de imprensa do Detran.

Na Quarta-feira de Cinza, o sentido único será invertido: da rotatória do Beach Park para rotatória da Cofeco, no mesmo horário, das 7 horas às 15 horas.

A providência foi adotada pelo Detran para garantir a fluidez do tráfego de veículos que atinge mais que o dobro do fluxo nesses dois dias: sábado de Carnaval e Quarta-feira de Cinza.

Nos outros dias do Carnaval, domingo, segunda-feira e terça-feira, o fluxo os dois sentidos será mantido. Agentes do Detran e PRE orientarão os motoristas, nesse trecho.

Prefeitura de Fortaleza diz estar agilizando processos de aposentadoria

Da Coluna do Eliomar de Lima, do O POVO desta quinta-feira:

A Prefeitura de Fortaleza garante, em nota enviada para este colunista, que está superando a burocracia em se tratando de concessão de aposentadorias. Diz ter implantado mecanismos que “modernizaram e agilizaram o processo desde o ano de 2013, primeiro da gestão Roberto Cláudio”.

Ainda de acordo com a nota, informa que o redesenho do fluxo reduziu o tempo do trâmite, por exemplo, de uma média de três anos para aproximadamente 60 dias.

Mas, por sua vez, ressalva que “neste momento, está sendo implantado um novo sistema informatizado, o que pode ocasionar eventuais problemas em um processo de virtualização”. Acrescenta mais: no prazo de dois meses, a implantação do sistema deve ser concluída e a aposentadoria será concedida com maior agilidade e segurança.

“Para se ter uma ideia do investimento da Prefeitura nesta área, no ano de 2012 foram aposentados 592 servidores. Em 2017, esse número chegou a 1.359”, conclui a nota da gestão municipal.

Por falar em aposentadorias, qual seria o déficit atuarial da Prefeitura?

Justiça mantém direitos políticos de ex-prefeito de Bela Cruz suspensos por três anos

A 3ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça do Ceará manteve decisão que suspendeu por três anos os direitos políticos do ex-prefeito de Bela Cruz (278 km de Fortaleza), Eliésio Rocha Adriano. A decisão foi proferida na última segunda-feira (05/02) e teve a relatoria do desembargador Inácio de Alencar Cortez Neto. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

De acordo com a ação ajuizada pelo Ministério Público do Ceará, em 2008, durante o período eleitoral, o prefeito fez várias contratações temporárias, como as de auxiliar de serviços gerais e professores em período vedado pela legislação eleitoral. Na contestação, alegou necessidade das contratações e disse que a Constituição Federal autoriza esse tipo de ação em casos excepcionais. Sob esses argumentos, pediu a improcedência do processo.

O Juízo da Comarca de Bela Cruz determinou a suspensão dos direitos políticos por três anos, o pagamento de multa no valor de dez vezes o valor de sua última remuneração como prefeito e, ainda, a proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente por três anos. Para reformar a decisão, o ex-gestor apelou (nº 0003561-83.2013.8.06.0050) ao TJCE. Argumentou ausência de dano ao erário e nulidade do processo, uma vez que os atos praticados não configuram improbidade administrativa.

Ao analisar o caso, a 3ª Câmara de Direito Público negou provimento ao recurso por unanimidade. Para o relator, “não é demais lembrar que a Prefeitura de Bela Cruz conta com considerável número de servidores, 1.468, não havendo, portanto, necessidade de contratar servidores, notadamente em pleno período eleitoral, seja a qualquer título”.

Prefeitura acomoda em cargos 22 candidatos derrotados

913 1

Às vésperas de reformar o secretariado devido ao processo eleitoral de 2018, gestão Roberto Cláudio (PDT) já abrigou em cargos comissionados pelo menos 22 candidatos a vereador derrotados na última eleição. Incluindo novatos e ex-parlamentares, os indicados somam altos salários e posições de destaque na gestão. Outros três ex-vereadores que não disputaram reeleição emplacaram cargos. A informação tem base em levantamento do O POVO em dados da Prefeitura e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Com salários entre R$ 3 mil e R$ 26 mil, a maioria dos indicados entrou na gestão no início de 2017 e segue no cargo até hoje, apesar de cinco deles terem sido exonerados nos últimos meses. Como a Câmara possui 43 vagas, nomeações seriam suficientes para preencher quase três a cada cinco cadeiras da Casa. O indicado de maior projeção é Carlos Dutra (PDT). Vereador pelo PSDB por dois mandatos, ele migrou para o PDT mas acabou derrotado em 2016. Nos meses após a eleição, era comum ver o ex-parlamentar em eventos com o prefeito ou circulando pelo Palácio do Bispo. Em maio o radialista foi nomeado secretário do Esporte.

Um dos indicados, Alípio Rodrigues (PTN) diz que a nomeação é legal e que foi escolhido pela “experiência”. “Fui vereador por três mandatos, fui presidente de partido, vice-presidente. Então acho que tenho muito a ajudar”, diz. Ele admite que irá disputar cargo de deputado federal — ao lado da base do prefeito — neste ano, mas nega que sua indicação seja apenas política. “Trabalhamos muito”.

Entre suas atividades como “articulador político”, ele destaca organização de inaugurações da Prefeitura, além de manter diálogo entre a gestão e comunidades. “Também trabalho com projetos na área de moradia”, diz, sem dar mais detalhes. Ele recebe R$ 9,5 mil mensais.

Também ouvido pela reportagem, o ex-vereador Robert Burns (PTC) disse cumprir expediente “rigorosamente” no Gabinete do Prefeito, também na articulação política. Ao ser informado de que o Portal da Transparência o coloca como Diretor da Secretaria de Finanças, Burns disse que “também trabalha lá”, mas se mostrou incomodado com a pergunta.

Dona do salário que aparece como o maior entre os gestores, a ex-vereadora Toinha Rocha (PPL) não disputou reeleição, optando por apoiar o hoje vereador Ésio Feitosa (PPL). Apesar de admitir o peso do currículo de ex-parlamentar, ela classifica sua indicação mais como técnica do que como política.

“Acho que fui convidada por minha identificação com a pauta”, diz ela, que recebeu R$ 26 mil em dezembro pela coordenação da pasta de Bem-Estar e Proteção Animal. “Enquanto vereadora, lutei muito para que essa coordenadoria saísse, articulei muito as discussões sobre o tema, apresentei leis, criei grupos de trabalho”, diz.

Líder do governo na Câmara Municipal, Ésio Feitosa minimiza a questão e classifica como “natural” a presença de políticos na gestão. “São quadros políticos, que estão dentro do projeto político do prefeito. O Roberto Cláudio chegou ao poder com ajuda desses suplentes, então é natural que eles sejam convidados e governem junto com ele. A Cidade não perde nada”.

(O POVO – Repórter Carlos Mazza/Foto – Divulgação)

Avenida Leste-Oeste tem velocidade máxima reduzida para 50 km

O limite de velocidade na avenida Presidente Castelo Branco (Leste-Oeste) estará reduzido de 60 km/h para 50 km/h na manhã desta quinta-feira, 8. A mudança, adotada pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), tem o objetivo de diminuir a quantidade e a gravidade dos acidentes na região. Só nos últimos dez anos, segundo a Prefeitura, 106 pessoas morreram no trânsito da Leste-Oeste; dez, ano passado.

A redução da máxima velocidade permitida segue, ainda, preceitos da Organização Mundial de Saúde (OMS), que orienta que vias arteriais urbanas como a Leste-Oeste não tenham mais de 50 km/h. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece 60 km/h para este tipo de via. A justificativa da OMS, contudo, tem base em métricas que constatam o óbvio: quanto mais rápido o veículo estiver, mais grave será o acidente e menor a chance da vítima tem de sobreviver.

Dos mortos na última década, na Leste-Oeste, 50% eram pedestres e 16% eram ciclistas. Os números transformaram a avenida, bem como a Osório de Paiva e a rodovia BR-116, numa das mais perigosas da Capital. Sendo assim, além da redução da velocidade e de outras intervenções no trecho entre a rua Jacinto Matos e a avenida Radialista José Lima Verde, foi preciso instalar seis novos semáforos, fechar pelo menos cinco retornos e pintar sete faixas de retenção para motocicletas e 3,5 km de ciclofaixa para melhorar a segurança viária do local.

“Essa avenida de 50 km/h é a primeira experiência” da Cidade, anunciou o superintendente da AMC, Arcelino Lima. De acordo com ele, num segundo momento, cuja data não foi divulgada, o trecho entre a rua Jacinto Matos e a avenida Dom Manuel também será reajustado. Por enquanto, durante seis meses, nenhum condutor que trafegar entre 50 km/h e 60 km/h na Leste-Oeste será multado, devido ao período de adaptação. Porém, o motorista que ultrapassar 60 km/h continuará a ser penalizado. Dez equipamentos de fiscalização eletrônica, agora, compõem o monitoramento da região.

(O POVO/Foto Aurélio Alves)

Criada Associação Cearense dos Empresários da Indústria de Águas Minerais

A Associação Brasileira da Indústria de Águas Minerais (Abinam) inaugura nesta quinta-feira (8), às 19 horas, na sede da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), sua representação no Ceará. A solenidade de instalação contará com a presença do presidente da Abinam-Brasil, Carlos Alberto Lancia, além de empresários e autoridades municipais, estaduais e federais, assim como representantes da ANVISA e AGEFIS e do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).

Para o superintendente da Abinam/CE, Lucas Ferianci, a criação da sucursal no estado acontece por uma necessidade do setor, que vive um cenário de crescimento e destaque econômico.

“Nosso objetivo é fortalecer ainda mais o segmento de água mineral, estimulando a geração de empregos, aquecendo a economia e trabalhando forte para garantir que os consumidores do Ceará tenham cada vez mais acesso à águas minerais, seguras e de qualidade”, acentua Ferianci.

Justiça do Ceará mantém preso acusado de pertencer a organização criminosa

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará negou liberdade para Francisco Marciano Gonçalves, acusado de pertencer a organização criminosa com sede em Fortaleza. A decisão foi proferida nesta quarta-feira (7) e teve a relatoria da desembargadora Francisca Adelineide Viana. De acordo com o processo, o acusado está preso desde 5 de maio de 2017, após investigação policial que colheu indícios da prática de tráfico de drogas, associação para o tráfico, comercialização de arma de fogo e de integrar organização criminosa. A prisão foi decretada pelo Juízo da 2ª Vara de Delitos de Tráfico de Drogas de Fortaleza, que posteriormente também negou relaxamento de prisão. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

Por isso, a defesa impetrou habeas corpus (n° nº 0628956-42.2017.8.06.0000) no TJCE. Argumentou carência de fundamentação do decreto prisional, ausência de indícios de autoria delitiva, bem como excesso de prazo na formação da culpa, uma vez que o acusado se encontra preso desde maio de 2017, sem que a denúncia tenha sido apresentada. Defendeu ainda a existência de condições pessoais favoráveis à concessão de liberdade provisória.

Ao julgar o caso, a 2ª Câmara Criminal negou o pedido. “Deve prevalecer, neste momento, o princípio da proibição da proteção deficiente pelo Estado, especialmente quando as circunstâncias do fato demonstram a existência de periculosidade exacerbada. Nessa toada, aliás, saltam aos olhos os profundos gravames decorrentes do recrudescimento da violência na Capital Alencarina, uma das mais inseguras do mundo, contexto fático diretamente ligado ao fortalecimento de facções criminosas como GDE, PCC e Comando Vermelho, todas ligadas ao tráfico de drogas e de armas, muitas vezes também responsáveis pela supressão da liberdade do cidadão, em especial daqueles que residem em comunidades carentes”, destacou a relatora.

Sindifort e Prefeitura vão sentar à mesa em busca de acordo sobre reajuste salarial

O Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos de Fortaleza, que representa os servidores municipais, foi convocado pelo Paço para uma reunião sobre reajuste salarial.

O encontro ocorrerá nesta quinta-feira, às 9 horas, na Secretaria do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog). A categoria, que reivindica 9,42%, mas lembrando que as perdas acumuladas chegam a 20%, conversará com o secretário Philipe Nottingham.

Embora sonhe em estar cara a cara com o prefeito Roberto Cláudio que, inclusive, prometeu resolver essa questão antes do Carnaval.

 

Audic pede urgência na tramitação de matéria que assegura gratificação aos agentes de saúde

Um requerimento de autoria do primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, Audic Mota (MDB) pede tramitação, em regime de urgência, da mensagem governamental que institui a Gratificação por Execução de Trabalho em Condições Especiais, com risco de vida ou à saúde, para os agentes comunitários de saúde.

Em atendimento a reivindicações da categoria, o governador Camilo Santana (PT) definiu a concessão de um percentual de 20% incidente sobre o vencimento base.

Por conta disso,o projeto de lei propõe alterar a legislação estadual, acompanhando a Lei Federal 13.342, de 3 de outubro de 2016, que prevê a concessão de benefícios aos agentes em razão dos riscos inerentes ao exercício da atividade.

(Foto – Agência AL)

Sergio Porto é eleito por aclamação para comandar o Secovi-Ceará

A nova diretoria do Sindicato da Habitação do Ceará (Secovi-CE) foi eleita, nesta quarta-feira, por aclamação. Presidido por Sérgio Porto, o Secovi-CE, nos próximos quatro anos, deverá ganhar maior visibilidade.

São 6.500 filiados em condomínios residenciais, comerciais e mistos, imobiliárias e áreas afins, que empregam aproximadamente 35 mil profissionais com carteira assinada.

A meta de Sérgio Porto é “firmar convênios para trazer mais benefícios aos filiados e apresentar projetos, em parceria com o poder público, para ajudar na construção de uma cidade melhor.”

(Foto -Divulgação)

Senado aprova projeto que obriga a instalação de bloqueadores de celular em presídios

O Senado aprovou, nesta quarta-feira, 7, o projeto de lei 32/2018 que estabelece prazo de seis meses para a instalação de bloqueadores de sinal de celular em prisões e similares. O autor da proposta é o senador Eunício Oliveira (PMDB). A aprovação foi por unanimidade e segue agora para a Câmara dos Deputados. O projeto também estabelece a fonte de custeio para os bloqueadores: o Fundo Penitenciário Nacional (Funpen).

A Lei 10.792/2003 determina que estabelecimentos penitenciários, especialmente os destinados ao regime disciplinar diferenciado, mantenham bloqueadores de celulares, de rádio-transmissores e de outros meios.
O PLS determina ainda que a instalação terá de ser feita em até 180 dias a partir da publicação da nova lei.

Na justificação do projeto, Eunício afirmou que, com a mudança, “reduz-se o poder da criminalidade organizada no país, impedindo que os presos continuem a comandar quadrilhas de dentro dos presídios”. Ele ainda explica a utilização de recursos do Funpen: “trata-se de obrigação justa e necessária para modernização e aprimoramento do sistema penitenciário nacional, função essa do próprio Funpen”.

(Agência Senado)

TSE reconhece legitimidade do mandato de Moésio Loyola

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Napoleão Nunes Maia Filho reconheceu, em decisão monocrática, a legitimidade do mandato (2017-2020) do prefeito Moésio Loiola e do vice Dr. Valdir Lima Júnior, no município de Campos Sales (Cariri Oeste).

No último dia 1º de fevereiro, o ministro julgou improcedente e negou seguimento do recurso da coligação “Futuro nas mãos do Povo”, derrotada nas eleições de 2016. A coligação acusava a chapa vencedora (Moésio Loiola/Dr. Valdir) de abuso de “poder econômico e político” no pleito passado.

A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônica do TSE nessa terça-feira (6/2). Moésio Loiola, em contato com este Blog, se disse confiante na Justiça: “Cumpro todas as determinações judiciais”.

Urca integra equipe de pesquisadores em expedição na Antártica

A Universidade Regional do Cariri (URCA) participou do projeto Paleoantar, vinculado ao Programa Antártico Brasileiro, que se propõe a estudar fósseis Antárticos, principalmente vertebrados. Essa foi a 36ª edição do projeto com pesquisadores da URCA, Universidade Federal do Pernambuco (UFPE), Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e Universidade Federal do ABC (UFABC). A informação é da assessoria de imprensa da URCA.

A expedição ocorreu de dezembro do ano passado até fevereiro deste ano, sob a coordenação do professor Alexander Kellner, do Museu Nacional “Paleoantar”. Este ano, o projeto contou com a ampliação de pesquisadores de diversas instituições.

O professor-doutor. da URCA, Allysson Pinheiro, passou a integrar a equipe de pesquisadores. Ele destaca a Antártica como o último ambiente verdadeiramente natural do planeta e por isso necessita de atenção especial.

Dentre o material coletado nesta campanha estão ossos de vertebrados, conchas de moluscos e lagostas que habitaram a Antártica há aproximadamente 70 milhões de anos. O material, que estima-se pesar cerca de 400 kg, será levado para o Brasil para que então se iniciem as pesquisas de laboratório. Esta é a quarta participação de paleontólogos brasileiros do projeto Paleoantar em terras Antárticas, desde o início de suas atividades em 2007.

As pesquisas têm sido voltadas principalmente para os estudos de vertebrados. Os pesquisadores foram levados pelo Navio de Apoio Oceanográfico Ary Rongel, da Marinha do Brasil, para a ilha de James Ross na Península Antártica, onde permaneceram acampados de 07 de dezembro de 2017 a 25 de janeiro de 2018.

A paleontóloga da UFPE, Juliana Sayão, participou de três expedições à Antártica. Ela coordenou a equipe em campo. Conforme a pesquisadora, a Antártica é uma das últimas fronteiras do conhecimento a ser explorada, o que faz com que todas as informações e materiais coletados constituam importantes descobertas científicas. Segundo a pesquisadora, entre os materiais encontrados, está um crânio de um grupo de vertebrados nunca antes encontrado na Antártica. Ela acredita que esta será a maior descoberta feita pelo projeto desde seu início.

(Foto – Divulgação)

Eunício, Doria, Patrícia Aguiar e Domingos Filho e um encontro por acaso

Eunício, João Dória, Patrícia Aguiar e Domingos Filho.

A gerente da Finep para o Nordeste, Patrícia Aguiar, esteve reuido, nesta quarta-feiura, em Brasília, com o presidente do Senado, Eunício Oliveira. Ali, acertou a participação do emedebista no ato de lançamento do Programa Internet para Todos, no Ceará

Segundo Patrícia Aguiar, o lançamento ocorrerá no próximo dia 19 e terá a presença do ministro das Comunicações, Gilberto Kassab.

Quando visitou Eunício, Patricia, que estava acompanhada do conselheiro licenciado Domingos Filho, acabou ewncontro no gabinete do senador o prefeito de São Paulo, João Dória.

(Foto – Divulgação)

MPF recorre de sentença que absolveu Cid Gomes em processo sobre empréstimo do BNB

O Ministério Público Federal do Ceará informa para o Blog que entrou com recurso pedindo revisão da sentença que absolveu o ex-governador Cid Gomes (PDT) e os demais réus em ação penal por gestão temerária no Banco do Nordeste (BNB). Segundo a denúncia, irregularidades teriam sido cometidas no financiamento que beneficiou a empresa de Cid Gomes com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). A informção é da assessoria de imprensa do MPF.

A sentença absolveu os réus sumariamente, ou seja, antes mesmo que fosse iniciada a instrução processual, quando são colhidos os depoimentos das testemunhas e interrogados os acusados.

Para o MPF, a ação penal, que tramita na Justiça Federal em Sobral (Zona Norte), não poderia ter sido prematuramente interrompida, pois há elementos de prova suficientes para que o processo siga seu curso normal. O recurso será julgado pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região, no Recife (PE).

Três novos réus

Ainda nesta quarta-feira, o MPF também ajuizou nova ação de improbidade administrativa sobre o mesmo caso, incluindo três novos réus que não haviam sido citados na primeira ação ajuizada na esfera cível. Os réus são Leonardo Bruno Torres Braga, Eliene Silveira Mendes e Aurileuda dos Santos Oliveira. A ação tramitará na 10ª Vara da Justiça Federal, em Fortaleza.

Sobre o caso – nove agentes do BNB, além de Cid Gomes e outro sócio da empresa Corte Oito, foram denunciados em janeiro de 2017 por irregularidade na concessão de empréstimo pelo Banco do Nordeste à empresa em 2014. A empresa obteve emprestado R$ 1,3 milhão para construção de galpões em Sobral, norte do Ceará. A operação financeira foi realizada quando Gomes ainda estava na administração estadual.

De acordo com inquérito instaurado pelo MPF e com relatório da Controladoria Geral da União (CGU), na concessão do empréstimo não foram respeitadas as regras para operações financeiras com recursos do FNE. Houve também falhas no controle interno do banco e superdimensionamento do faturamento da empresa na avaliação de crédito.

A Assessoria de Cid Gomes não vai se pronunciar.

Prefeito acerta com Eunício votação de empréstimo do Projeto Beira Mar

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) esteve, nesta quarta-feira, em Brasília, com o presidente do Congresso, o senador Eunício Oliveira (MDB). Com ele, assegurou a colocação em votação de empréstimo no valor de R$ 83 milhões para requalificação da Beira Mar. A matéria já se encontra na Comissão de Assuntos Econômicos, cujo presidente é o senador cearense Tasso Jereissati (PSDB).

O financiamento pró-requalificação da Beira Mar inclui recursos também investimentos no plano turístico como o polo gastronômico da Varjota. A verba é resultado de empréstimo obtido pela Prefeitura junto ao Banco Latino-Americano de Desenvolvimento (CAF). O prefeito esteve, inclusive, nesta quarta-feira, com o novo presidente dessa instituição, Jaime Holguin. Com ele, também a secretária para Assuntos Internacionais do Município, Patrícia Macedo.

(Foto – Divulgação)

Heitor Férrer diz que Camilo segue “modelo fracassado de Cid Gomes” na segurança

O deputado estadual Heitor Férrer (PSB) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira para lamentar “a escalada da violência no estado do Ceará”. O parlamentar disse que a gestão de Camilo Santana está segue “o mesmo modelo fracassado de Cid Gomes nas políticas de Segurança Pública”.

Lembrou que o governo aposta em aumento do efetivo policial e construção de novas delegacias, mas essa fórmula não resulta em sucesso no combate à criminalidade. Lamentou também que o Ceará bateu recorde de violência em 2017, com 5.134 assassinatos, uma média de 15 por dia. “Isso é um certificado de ineficiência das políticas de segurança pública no Ceará”, adiantou o parlamentar.

“Não vamos ter paz enquanto não se der condições de cidadania aos jovens. Quando o Poder Público se omite, a juventude fica vulnerável e é cooptda pelo tráfico e pela droga. Para muitos dos que estão hoje na criminalidade o Estado nunca se apresentou na forma de saúde, educação, moradia, emprego e renda. Só se apresentou na forma de polícia, promotor, juiz e cadeia”, disse.

Heitor Férrer também criticou as investidas do governador de trazer reforço da Força Nacional e do Exército Brasileiro para o Ceará, como solução da violência.O Exército e a Força Nacional já estão dentro do Rio de Janeiro há mais de 5 anos. Isso não impediu que a violência aumentasse no Rio. Ontem mesmo os bandidos fecharam a Linha Amarela e duas crianças morressem hoje vítimas de bala perdida”, pontuou.

“A fórmula adotada não resolve. O Ceará enxuga gelo com políticas que não conseguem resolver o problema e o resultado é muito palpável. Ou se adotam políticas públicas que quebrem os mecanismos geradores da violência ou vamos nos perpetuar nessa violência”, sentenciou Férrer.