Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Quando vamos deixar o estigma de Republiqueta das Bananas?

Com o título “Quando vamos deixar de ser uma Republiqueta das Bananas?”, eis artigo do advogado Frederico Corteza. Em clima de desabafo sobre o cenário político atual, ele refaz caminhos políticos recentes de um País que continua atolado na corrupção e sem perspectivas. Confira:

O Brasil foi capa da famosíssima revista britânica Times, que ilustrou a imagem do Cristo Redentor decolando como se fosse um foguete, em referência ao crescimento econômico à época, passando a ideia de país do futuro com a chamada “O Brasil decola”.  Isso aconteceu em 2009. Quatro anos mais tarde, novamente a célebre revista internacional trouxe o Brasil em sua capa ilustrando o “foguete Cristo Redentor” falhando e caindo, em alusão ao fracasso brasileiro na sua política econômica, com a instalação da crise.

Também pesa no estado enfermo de nosso país o perfil político que hoje impera na capital que Juscelino Kubitschek imaginou e ergueu para ser o centro das decisões mais importantes dessa nação. O que se sabe e não se compreende é que grande parte dos políticos que respiram o ar empoderado de Brasília, tem interesses particulares ou representam terceiros em causas próprias, ficando a população desamparada nas questões de cunho coletivo. Mas, contrariando o slogan de campanha do deputado federal Tiririca para a eleição de 2014, qual seja “vote Tiririca, pior que tá não fica”, realmente não ficou pior e sim desastroso, uma verdadeira mixórdia de quadrilha, de saqueadores, de chantagistas, de corruptos e larápios.

Tudo o que há de pior hoje, politicamente falando, está no Distrito Federal, onde os tentáculos invisíveis do poder e da sedução transitam livremente por todas as esferas de poder e se disseminam pelo país afora. Nesta semana, li uma frase de um autor desconhecido que comparou o Brasil a uma Ferrari dirigida por um macaco. Discordo. Essa comparação insulta nossos primos símios, pois estes sabem viver de forma organizada e em sociedade – respeitando os mais velhos e dando atenção aos mais novos, em que todos cuidam de todos, e tal modelo de convivência é o nosso sonho de consumo, um tanto quanto distante.

Políticos são denunciados no STF pelos mais diversos crimes. Leis são elaboradas e aprovadas para blindarem o império de grandes corporações e de propriedade de deputados federais e senadores, e todos esses ditos “representantes do povo brasileiro” desfilam rindo das nossas caras sem as devidas punições que a Lei imprime. Vivemos numa região em que não acontecem terremotos, furacões, tsunamis, guerras religiosas e demais entraves de crescimento econômico. No entanto,  a grande maioria dos nossos políticos nutre esse sentimento maléfico de ganância que impede esse país rico de prosperar.

Livremo-nos deles e, assim, deixaremos de ser vistos como uma republiqueta de bananas e passaremos a ser reconhecidos como uma nação de verdade.

*Frederico Cortez

www.cortezegoncalves.adv.br

Advogado.

IJF-Centro sob nova direção

Secretária municipal da Saúde, Joana Maciel, e Riane Azevedo.

Mudança na superintendência do Instituto Dr. José Frota (IJF), no Centro.

O médico Walter Frota está deixando o cargo e em seu lugar assumirá a adjunta, a médica Riane Maria Barbosa Azevedo. A mudança foi anunciada nesta sexta-feira, durante reunião de diretoria realizada no oitavo andar do Instituto.

Walter Frota deixa o IJF para assumir um carto de direção da Unicred, cooperativa financeira. Ele estava no cargo desde janeiro de 2013, quando deixou a direção do Hospital Infantil Albert Sabin atendendo a um convite da então secretário municipal da Saúde, Socorro Martins.

DETALHE – Esta é a primeira vez que uma mulher assume a superintendência do IJF-Centro

Vicente Pinzón ganhará o Residencial Alto da Paz

1223 2

Canteiro de obras começa a ser instalado.

A Prefeitura de Fortaleza, em parceria com os governos federal e estadual, vai construir o Residencial Alto da Paz no Grande Vicente Pinzón. A construção responsável será a ISR Construções. Em um terreno de 110.000 m² (11 hectares), serão construídos apartamentos para famílias beneficiadas pelo projeto de urbanização Aldeia da Praia, na Praia do Titanzinho, Serviluz e Vicente Pinzón, na Regional II.

“Esse empreendimento estava desacreditado devido à demora na aprovação do projeto junto ao governo federal, mas o prefeito Roberto Cláudio se articulou e a obra será tocada”, informa o diretor da ISR Construções, Inácio Regadas. Até o final deste mês, o empreendimento iniciará o processo de terraplenagem que, segundo o diretor, deve deter cerca de 6% da obra, bem como a instalação do canteiro de obra.

O Residencial Alto da Paz receberá investimentos de R$ 91 milhões e as obras devem durar de 18 a 24 meses. “Essa construção vai gerar mais de 600 empregos diretos, além dos indiretos. Já estamos elaborando o plano de contratação de pessoal e, a partir da próxima semana, iniciaremos esse processo catalogação de pessoas do próprio bairro com a indicação de lideranças da área para trabalho na obra”, avisa o engenheiro Rafael Diógenes, gerente da ISR Construções.

Residencial

O Residencial Alto da Paz terá apartamentos de 48 e 54 m², sendo 25% deles com três quartos e 75% com dois dormitórios, além de sala, cozinha e área de serviço, distribuídos em térreo mais três andares. Além das moradias, o local terá ainda espaço de convivência com playground, pista de skate, dois campos de futebol, centro de convívio, área verde, além de outros equipamentos sociais. O entorno também receberá urbanização com drenagem e pavimentação.

Desembargadora cearense é intimada a prestar esclarecimentos ao STJ

A desembargadora Sérgia Miranda foi intimada pela Justiça Federal a prestar esclarecimentos sobre material apreendido na Operação Expresso 150. O caso está nas mãos do ministro Herman Benjamin, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que avalia a acusação de suposta venda de liminares nos plantões do Judiciário cearense.

A magistrada confirma que recebeu a intimação para responder perguntas sobre informações encontradas em seu celular e e-mail. No entanto, ela diz que os esclarecimentos não teriam relações com a investigaão relacionada ao caso da venda de liminares.

A assessoria do Tribunal de Justiça do Ceará informa que a Corte não foi informada de que um de seus membros receberia a intimação.

A Expresso 150 foi deflagrada em 2016, mas investigava casos de vendas de habeas corpus desde 2013. Advogados, juízes e desembargadores estariam envolvidos no esquema, segundo a Polícia Federal.

(O POVO Online)

Briga pelo comando do Conselho Regional de Contabilidade já está nas ruas

A eleição para presidente do Conselho Regional de Contabilidade está longe – novembro, mas, para surgirem candidaturas e propostas, não.

Depois que a presidente do CRC, Clara Germana, lançou seu vice, Felipe Guerra, como candidato à sua sucessão, eis que a oposição reagiu. Já apareceu um candidato nesse flanco, no caso Francisco Coutinho, que promete renovação.

Esse embate promete mas, ao contrário das campanhas milionárias da OAB do Ceará – que acabaram proibidas, continua sem uma regra, nesse aspecto, na luta pelo comando da entidade.

Artistas homenagearão Belchior sob o embalo do Diretas Já

Neste domingo, a partir das 10 horas, haverá um ato em homenagem à memória do cantor Belchior, com direito a pregações pró-Diretas Já.  Vai acontecer no Polo de Lazer da Avenida Sargento Hermínio, por iniciativa de um grupo de artistas. O ato ganhou o mote “Pra mudar as coisas. Diretas Já”.

A iniciativa nasceu de uma conversa entre amigos, fãs do cantor e compositor Belchior, que decidiram, através de doações voluntárias. Ao todo, já são cerca de 20 artistas que vão participar do ato, que tem o apoio do Movimento Pró-Parque Raquel de Queiroz, da Associação dos Moradores do Monte Castelo, além de movimentos sociais e sindicais da cidade de Fortaleza.

Entre os artistas confirmados, estão o cantor e compositor Calé Alencar e os músicos Bernardo Neto, Juracy Mendonça e Paulo Renato, que vão interpretar os sucessos de Belchior.

Deputados recebem proposta de emenda que visa a revitalização do Issec

Coordenadores do Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos do Ceará (Fuaspec) entregaram, nessa quinta-feira (8), na Assembleia Legislativa, um projeto de emenda que visa revitalizar o Instituto de Saúde dos Servidores do Estado do Ceará – Issec. O documento foi protocolado na Comissão de Orçamento, Finanças e Tributação da Casa Legislativa, que tem o deputado Joaquim Noronha como presidente. Os coordenadores do Fórum também disponibilizara a cópia do documento em todos os gabinetes.

Como representante dos servidores ativos e inativos, o Fuaspec construiu a proposta na perspectiva de assegurar os incrementos orçamentárias destinados aos serviços de saúde do Issec, de acordo com os aumentos cumulativos dos insumos de saúde. A execução apresentada para tal proposta seria a utilização de valores arrecadados dos trabalhadores a título de imposto de renda retido na fonte (IRRF).

O Fuaspec sugere que o conteúdo da proposta de emenda seja acrescentado no artigo 41 do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) 2018, e traz o seguinte texto: “sem prejuízo do disposto no art.21 desta Lei, as dotações para prestação de assistência médica, laboratorial e hospitalar aos serviços públicos serão fixadas de acordo com os aumentos acumulados pelos insumos de saúde, sendo utilizados para este fim, preferencialmente, os recursos do imposto de renda retidos na fonte, arrecadados dos próprios servidores que compõem o produto previsto no art. 157, inciso I, da Constituição Federal”.

“Há anos estudamos uma alternativa para salvar o Issec e, agora parece que chegamos ao denominador. Elaboramos a proposta baseado em cálculos oficiais. Esta semana apresentamos aos parlamentares cearenses uma proposta de emenda que mudará a saúde dos servidores públicos estaduais”, declarou Rita de Cássia Gomes, coordenadora geral do Fuaspec.

(Fuaspec / Foto: Divulgação)

Ministro visita CFO, mas dribla o governo na hora de garantir verba para custeio

Pelo visto, o ministro dos Esportes, Leonardo Piccianni, veio só esticar as pernas por aqui. Ele visitou, nessa quinta-feira, o Centro de Formação Olímpica (CFO) com o governador Camilo Santana (PT), mas dinheiro para custeio… nada.

Nesse cenário, o CFO continua um verdadeiro elefante branco. Ou melhor, olímpico.

(Foto – Agência Câmara)

Facções bem armadas até os dentes

Com o título “Arsenais que alimentam a criminalidade”, eis o Editorial do O POVO desta sexta-feira. Aborda a ação de facções bem armadas e cobra investigação sobre como esses armamentos chegam ao Estado. Confira:

Operação policial deflagrada na manhã de ontem em Aquiraz resultou na morte de quatro homens que entraram em confronto com a força pública e também na apreensão de armas e munições. Foram três armas, sendo um fuzil, uma metralhadora e uma espingarda calibre 12. Ou seja, gangues criminosas que atuam no Ceará estão portando armas de guerra de fabricação estrangeira.

Não se trata de uma novidade. Afinal, já faz alguns anos que as ações policiais esbarram em quadrilhas que portam armas sofisticadas e com alto poder de destruição. Em março do ano passado, por exemplo, uma investigação da Polícia Civil do Ceará levou à apreensão de nada mais, nada menos que 60 armas, incluindo as famosas e resistentes AK-47, a preferida das guerrilhas.

A cada ano, a quantidade de apreensões demonstra que é fácil o acesso de criminosos às armas de fogo de pequeno, médio e grande porte. Entre 2014 e abril de 2017 as polícias cearenses conseguiram recolher 17.505 armas de fogo. Um grande arsenal do crime que era utilizado em assaltos e assassinatos. Somente nos primeiros quatro meses de 2017, já foram 2.362 armas apreendidas.

Considerando que a quantidade de apreensões tende a ser apenas uma parte das armas que está circulando, é plausível projetar que o volume nas mãos dos criminosos, muitos deles menores de idade, é muito maior. Avaliações informais apontam que a quantidade de armas em circulação é pelo menos o dobro do total apreendido.

É evidente que esse arsenal reflete de forma direta nos índices de criminalidade, que haviam caído no Ceará, mas voltaram a crescer. Para tirar armas do mundo do crime, é preciso uma ação nacional. É fato que boa parte delas, principalmente as de guerra, atravessa as fronteiras do País. Portanto, o papel da Polícia Federal é muito importante.

É claro que as forças de segurança do Ceará também têm papel que vai além da apreensão de armas e munições. Uma investigação paciente e profunda pode identificar as formas como esses arsenais chegam ao Estado. Quem e como são distribuídos para os interessados.

O negócio das armas ilegais é uma vertente que alimenta a criminalidade e precisa ser combatido com inteligência e firmeza.

Tribuna de Justiça inscreve para curso de formação de conciliadores

As inscrições para o 40º Curso de Formação de Conciliadores e Mediadores do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) prosseguem até as 18 horas da próxima segunda-feira (12). A capacitação, de responsabilidade do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), ocorrerá conforme o Edital nº 2, publicado nessa quarta-feira (07). A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

O objetivo é contemplar servidores, terceirizados, conveniados, voluntários e demais interessados em atuar, nessa área, nos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscs), Varas e Juizados. É preciso ter formação superior para concorrer às 100 vagas, disponibilizadas para a Região Metropolitana de Fortaleza. Do total, 30 são destinadas a funcionários do TJCE e 70 ao público externo.

O treinamento consta de aulas teóricas (presenciais e na modalidade de educação a distância – EAD) e práticas (estágio supervisionado). A carga horária total é de 120 h/a, sendo 40 h/a no sistema EAD, 20 h/a presenciais e 60 h/a de estágio.

O aluno, obrigatoriamente, precisa ler os artigos, participar dos fóruns, realizar os exercícios e resolver as avaliações finais dentro dos prazos. Para ser aprovado na parte teórica o participante tem que alcançar, no mínimo, 70% de aproveitamento. O treinamento presencial será na Escola Superior da Magistratura do Ceará (Esmec), bairro Água Fria, na Capital.

Demais detalhes, como módulos de aulas, responsabilidade por custos de locomoção e requisitos para participar e receber os certificados estão no edital. Para acessar, clique aqui.

Cronograma

Período de inscrições: 8 a 12 de junho
Data da divulgação do resultado: 14 de junho
Aulas teóricas EAD: 21 de junho a 18 de julho
Liberação do questionário da avaliação: 21 de julho
Aulas teóricas presenciais: 28 e 29 de julho
Avaliação: Até 22 de agosto
Estágio supervisionado: Até 22 de agosto

DETALHE – O Nupemec é o órgão do TJCE que gere a política de mediação e conciliação (práticas alternativas de resolução de litígios). Além de capacitação, cuida da implantação dos Centros Judiciários de Solução de Conflitos (Cejuscs) nos fóruns e em faculdades, por meio de convênios. O Núcleo está localizado na sede do Tribunal, bairro Cambeba, em Fortaleza. A supervisora é a desembargadora Tereze Neumann Duarte Chaves, enquanto o coordenador é o juiz Sérgio Luiz Arruda Parente.

SERVIÇO

*Para acessar o edital clique aqui.

Fortaleza vive uma epidemia de violência?

Da Coluna Vertical, do O POVO desta sexta-feira:

Fala-se que o Ceará vive uma quase epidemia de chikungunya, no que leva o governo estadual a lançar megacampanha segunda-feira, às 9 horas, no Centro de Eventos.

Tudo bem, mas há outra quase epidemia – se é que assim pode ser definida, que já incomoda há tempos e voltou a crescer. As estatísticas de violência são alarmantes, com o registro de mais de 445 assassinatos só em maio. É a epidemia da droga e, em especial, do crack que se espalhou não apenas na Capital, mas em pelo menos 35 municípios, de acordo com fontes policiais.

Em Fortaleza, o apoio nessa área é frágil e a Prefeitura – parece – quer trocar os CAPs pela assistência residencial. O Estado montou uma secretaria contra as drogas, que, até hoje, virou assento para acomodações políticas nos moldes da pasta dos Esportes.

O crack expandiu-se absurdamente, turbinado por facções criminosas que desafiam a tudo e a todos. Essa epidemia precisa ser levada a sério, porque não destrói só famílias e relações, mas o futuro de crianças e adolescentes. Só operações policiais, que ganham a mídia, não resolvem.

Alguém já ouviu falar em campanhas oficiais nas escolas? Se existem, são ações isoladas. Pouco se sabe, pouco se viu de resultado.

Deputado José Airton recebe título de cidadão de Tabuleiro do Norte

O deputado federal José Airton Cirilo (PT) recebeu, nessa quinta-feira (8), o título de cidadão tabuleirense, na sede da Câmara Municipal de Tabuleiro do Norte, no Baixo Jaguaribe, há 211 quilômetros de Fortaleza.

A iniciativa do vereador Raimundo Moreira de Almeida, o Raimundo da Gangorrinha (PT), marcou uma série de homenagens pelos 59 anos do município.

(Foto – Divulgação)

Pleno do Tribunal de Justiça aprova abertura de processo administrativo contra juiz de Jaguaruana

O Pleno do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) aprovou, na tarde desta quinta-feira (08/06), por 27 votos e apenas uma manifestação contrária, a abertura de Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra o juiz de Jaguaruana, Domingos José da Costa. O corregedor-geral da Justiça, desembargador Darival Beserra Primo, destacou que seriam “fortes os indícios de que o magistrado se distanciou das condutas previstas na Lei Orgânica da Magistratura Nacional, além de possivelmente ter violado o Código de Ética da Magistratura”. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

Segundo o desembargador, sindicância realizada pelos juízes auxiliares da Corregedoria-Geral verificou que o juiz, no ano de 2015, não teria atuado com independência durante a condução de processo envolvendo a Prefeitura de Icapuí e o Sindicato dos Servidores Públicos daquele município. A ação era referente à destinação de verba proveniente do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e Valorização do Magistério (Fundef). O caso foi denunciado pelo Ministério Público do Estado (MP/CE).

Os fatos teriam ocorrido durante as férias do juiz titular da unidade judiciária, período em que o magistrado Domingos José da Costa respondeu pela comarca e atuou na ação. Entre as atitudes verificadas pela Corregedoria estão a revogação, de forma inadvertida, de tutela de urgência proferida pelo juiz titular da Comarca; deixado de tratar com urbanidade membro do MP/CE; e a alteração de termos de audiências.

Ao analisar o caso, o Pleno aprovou a abertura do PAD, sem a necessidade do afastamento do juiz, entendendo que não há risco concreto de prejuízo às investigações. Ao final, o colegiado definiu a desembargadora Lisete de Sousa Gadelha para ser a relatora do Processo Administrativo.

Deliberação

Além disso, o Pleno também deliberou, por unanimidade, determinar à Corregedoria-Geral que instaure sindicância para apurar possível conduta irregular do magistrado ao acolher a competência para processos e julgar o pedido de recuperação judicial formulado pela empresa EIT na Comarca de Jaguaruana, considerando que esta tinha sua sede e atividades na Comarca de São Paulo e a transferiu para Jaguaruana pouco tempo antes de ingressar com o pedido.

DETALHE – O Blog tentou contato com o juiz sem obter êxito.

Eunício recebe grupo de vereadores de Fortaleza

 

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB), recebeu, nesta quinta-feira, em Brasília, um grupo de vereadores de Fortaleza.

No grupo, Benigno Júnior, Emanuel Acrízio, Dummar Ribeiro, Luciram Girão e Marcelo Lemos, que foram tratar sobre propostas do interesse dos vereadores no que diz respeito à reforma do sistema político e eleitoral brasileiro.

Claro que o grupo conversou com Eunício sobre outros temas políticos. Mas nada vazou.

(Foto – Divulgação

“Loucuras de Amor”, de Carri Costa, é opção nas vésperas do Dia dos Namorados

“Loucura de Amor” é a comédia romântica de Carri Costa que estará em cartaz, neste sábado, a partir das 21 horas, no Teatro da Praia. A peça conta a história da depiladora Alberlênia Tenório, que tenta definitivamente embarcar na rodoviária com destino a terra natal.

O seu objetivo? Deixar o passado para trás e com ele um relacionamento de 15 anos. O que a jovem não esperava é que seu ex ,ou para sempre amor, o mototaxista Quintino Paixão tentaria convencê-la a mudar de ideia.

Melodramas à parte, os momentos bons e ruins vividos pelo casal vem à tona em situações que podem provocar uma identificação imediata de um público que, nessa altura do campeonato, já se tornara cúmplice ansioso no aguardo desse alucinado engodo amoroso.

SERVIÇO

*Preço: R$ 20,00 a Inteira e R$ 10,00

*Classificação: Livre.

(Foto – Divulgação)

Alunos prejudicados por universidade devem receber R$ 18 mil de indenização

A Universal Educação e Projetos (Centro de Educação Apoena) foi condenada a pagar indenização moral de R$ 18 mil para três estudantes, sendo R$ 6 mil para cada um, por modificar a nomenclatura e finalidade do curso de Educação Física, prejudicando a futura atuação deles no mercado de trabalho. Também deverá ressarcir os estudantes com o valor correspondente à metade do que eles pagaram durante as mensalidades escolares. O montante será atualizado na fase de liquidação de sentença. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

A decisão, proferida nessa quarta-feira, é da 3ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) e teve a relatoria da desembargadora Maria Vilauba Fausto Lopes. Segundo a magistrada, “a conduta da Universidade em oferecer um serviço impróprio aos usuários e alterar em todos os aspectos o curso promovido, causou prejuízo de cunho material e moral aos estudantes”.

Segundo os autos, os alunos se submeteram ao exame e obtiveram aprovação no curso Sequencial em Educação Física Escolar firmado por meio de convênio realizado ente o Centro de Educação Apoena e a Universidade Regional do Cariri (Urca), que tinha como proposta a formação de profissionais habilitados à docência escolar nos Ensinos Médio e Fundamental. Contudo, sem qualquer aviso prévio, as instituições de ensino, no decorrer do curso, modificaram a nomenclatura e finalidade do curso, que passou a ser chamado de “Gestão de Esporte e Lazer Comunitário”, que não proporcionava mais a possibilidade dos concludentes atuarem no ensino de Educação Física e Esportiva junto às escolas de nível fundamental e médio.

Por isso, ajuizaram a ação, pretendendo a condenação das instituições acionadas para devolverem os valores investidos, bem como arcarem com indenizações pelos danos morais decorrentes da frustração do negócio.

Na contestação, a Apoena alegou sua ilegitimidade passiva, tendo em vista que, pelo contrato, seria de responsabilidade da Urca a disponibilização dos projetos dos cursos a serem ministrados, cabendo a ela somente os atos para a implantação dos cursos, elaborando calendário de atividades, selecionando e contratando docentes e, por fim, ministrando as aulas. Além disso, informou que foi rescindido o contrato com a Urca antes da mudança de nomenclatura do curso.

Já a Urca sustentou que o curso foi ministrado regularmente, sem nenhum prejuízo na seara administrativa, pedagógica e didática.

Em 8 de julho de 2013, o Juízo da 1ª Vara da Comarca de Aquiraz condenou as universidades ao pagamento o valor de R$ 15 mil de reparação moral para cada aluno. A título de danos materiais, os estudantes deverão receber o valor correspondente a metade do que foi pago na mensalidade escolar. O montante deve ser apurado em liquidação de sentença.

Visando reformar a decisão, apenas a Apoena ingressou com recurso de apelação (nº 0012840-15.2011.8.06.0034) no TJCE. Sustentou os mesmos argumentos defendidos na contestação.

Ao julgar o caso, a 3ª Câmara de Direito Privado, por unanimidade, reformou parcialmente a sentença para fixar em R$ 6 mil a indenização moral. “Quanto aos danos morais, para o seu arbitramento, é necessário levar em consideração o sofrimento do ofendido, o grau de dolo ou culpa do responsável pelo dano, além da situação financeira das partes, de modo a evitar o enriquecimento sem causa e a penalidade excessiva do causador do dano”, explicou a relatora.

Exportações cearenses cresceram 154,2% em maio

As exportações cearenses apresentaram em maio crescimento de 117,2% em relação ao mês anterior, alcançando US$ 205,4 milhões. O montante exportado é 154,2% superior à igual período de 2016, quando fora exportado US$ 80,8 milhões. Trata-se do décimo mês consecutivo em que o Estado registra aumento quando comparado com os meses do ano anterior. As importações também registraram crescimento (8,1%) em maio em relação ao mês anterior, chegando a US$ 181,5 milhões. Além disso, o resultado é 46,4% superior aos US$ 124,0 milhões registrados no mesmo período de 2016. Como resultado dessas movimentações, o Ceará registrou balança comercial superavitária em US$ 23,8 milhões em maio.

Essas informações são do estudo Ceará em Comex, elaborado pelo Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).

No que diz respeito as trocas comerciais do Estado no acumulado do ano, as vendas externas cearenses alcançaram a cifra de US$ 824,3 milhões – alta de 109% quando comparado com 2016. Na mesma direção, as compras do exterior atingiram US$ 931,5 milhões – elevação de 29,2%. Como efeito final de tais transações comerciais, a balança cearense no acumulado do ano ficou negativa em US$ 107,2 milhões. Apesar do resultado, tais valores representam uma evolução em 67,2% em relação a 2016, quando o Estado acumulou perda de US$ 326,7 milhões. Além disso, a balança comercial cearense está reduzindo o seu déficit com a evolução dos meses.

As movimentações das trocas comerciais do Estado influenciaram diretamente na participação das exportações e importações cearenses na balança comercial do Nordeste no acumulado do ano, onde o peso das vendas externas do Ceará avançou de 7,74% (em 2016) para 12,4% (em 2017), e das compras do exterior passou de 11,04% (ano passado) para 11,76% (atual). É a primeira vez no ano que o peso das exportações cearenses no Nordeste é maior que o das importações. Em relação ao Brasil, o peso das exportações cearenses praticamente dobrou, passando 0,54% e 0,94%. Do lado das importações, a participação avançou de 1,34% para 1,58%.

Cláudio Pinho (PDT) é prefeito de São Gonçalo do Amarante.

O Ceará posicionou-se na décima quinta colocação no ranking dos estados exportadores brasileiros, com US$ 824,3 milhões, praticamente empatado com os US$ 824,8 milhões registrados por Pernambuco. Não obstante, em termos de indicadores de crescimento, o Ceará apresentou a terceira maior alta no país com 109% – bem acima da média nacional de 19,6%.

No tocante aos principais municípios cearenses exportadores, Cascavel, Caucaia e Aquiraz apresentaram quedas nas suas vendas externas quando comparado com 2016. São Gonçalo do Amarante lidera a lista com US$ 460,9 milhões – representando mais da metade da pauta exportadora cearense.

Nesse sentido, as exportações da Companhia Siderúrgica do Pecém – CSP têm destaque na série temporal do Ceará, repercutindo diretamente nas vendas externas de São Gonçalo do Amarante. Com relação ao ranking dos principais setores exportadores do Ceará, o setor de “ferro fundido, ferro e aço”, afirma sua posição no topo da lista, com aumento exponencial em torno de 16 mil pontos percentuais (saindo de US$ 2,7 milhão para US$ 444,9 milhões) sobre 2016.

(Também com site da Fiec)

Tese da UFC aborda proteínas que inibem crescimento de bactérias infecciosas

Uma tese defendida recentemente no Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia de Recursos Naturais da Universidade Federal do Ceará apresenta importantes resultados sobre proteínas com propriedade inibidora de bactérias infecciosas. Intitulada Purificação e caracterização bioquímica de lectinas ligantes de galactose isoladas de invertebrados marinhos, a tese de autoria do professor substituto Rômulo Carneiro, do Departamento de Engenharia de Pesca dessa Instituiçao, é a primeira do programa, criado em 2013. A informação é da assessoria de comunicação da UFC.

O trabalho trata da descoberta de proteínas do tipo lectina com atividade antimicrobiana. Na pesquisa, tais proteínas são oriundas de três organismos marinhos distintos: uma esponja (Aplysina lactuca), um molusco (Aplysia dactylomela) e um ouriço-do-mar (Echinometra lucunter). As três proteínas apresentaram efeito inibidor no crescimento das bactérias Escherichia coli e Staphylococcus aureos, ambas infecciosas.

A pesquisa foi orientada pelo pofessor. Alexandre Sampaio, do Departamento de Engenharia de Pesca. Ele explica que outro ponto de destaque foi que o estudo caracterizou estruturalmente as três proteínas (em suas estruturas primárias e secundárias), revelando pelo menos dois novos tipos (famílias) de lectina nunca descritos anteriormente.

“Além disso, os resultados nos revelam dados novos sobre as proteínas em estudo. Esse grupo de proteínas, as lectinas, são estudadas há muitos anos em espécies vegetais, mas o trabalho com espécies animais marinhas é muito recente no Brasil”, diz o professor Sampaio, acrescentando que o estudo abre um novo leque de possibilidades a serem exploradas em novas investigações científicas.

O professor Rômulo Carneiro, autor da pesquisa, afirma que a tese representa “uma satisfação muito grande”, não apenas por ser a primeira do programa, mas sobretudo pelos resultados da pesquisa. “Essa tese é um reconhecimento do trabalho que nosso grupo tem feito”, salienta.

A expectativa do pesquisador para os próximos anos é muito positiva devido à grande extensão do litoral cearense e brasileiro, à biodiversidade existente e às potencialidades biotecnológicas a serem exploradas. “À medida que mais alunos forem se formando, e talvez tomando até nosso trabalho como ponto de partida, mais descobertas de moléculas importantes serão feitas. Tenho muita fé de que podemos encontrar muita coisa boa no mar, talvez até tratamento ou cura de muitas doenças”, vislumbra.

SERVIÇO

*A íntegra da pesquisa está disponível no Repositório Institucional da UFC (https://goo.gl/Clkr6P).