Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Governo vai baixar decreto de olho nos grandes sonegadores

146 1

Mauro Filho é o titular da Sefaz.

O governador Camilo Santana (PT) vai assinar um decreto criando a Ação Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Aira), em processo final de elaboração. Segundo o procurador-geral do Estado, Juvêncio Viana, trata-se de uma estratégia na guerra à sonegação e vai reforçar o cerco aos grandes devedores.

Será um trabalho conjunto. “Além da PGE, vamos contar com o apoio Ministério Público Estadual, Secretaria da Fazenda e Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social”, adianta Viana.

Ele não estimou os setores que serão os primeiros alvos, mas assegurou que a meta é recuperar créditos e dar continuidade à política de equilíbrio financeiro adotada pela gestão.

Pena que ações do gênero só aparecem com maior intensidade quando o calo aperta. É aguardar e conferir se os grandes sonegadores serão mesmo alcançados.

Política e economia – Eunício recebe terceira homenagem da Fecomércio em 5 anos

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), recebeu na noite desta segunda-feira (29), no Lullas Buffet, a mais alta comenda da Federação do Comércio do Estado (Fecomércio), a Medalha Clóvis Arraes Maia. A homenagem é um reconhecimento do trabalho de Eunício Oliveira, como político, voltado para o comércio e a economia no Ceará.

A comenda é a terceira entregue pela Fecomércio ao parlamentar cearense, nos últimos 5 anos. No ano passado, Eunício foi homenageado com a Comenda da Ordem do Mérito Comercial – Grã Cruz, pelo trabalho em defesa do empreendedorismo e suas iniciativas destinadas à retomada do crescimento econômico do País.

Antes, em 2013, o senador do PMDB recebeu a honraria Mercado Candango, diante do reconhecimento por suas atividades em favor da indústria e do comércio, além de sua atuação parlamentar voltada aos incentivos à economia nacional.

Nesta segunda-feira, além de Eunício Oliveira, a Fecomércio, que representa 38 sindicatos, homenageou ainda o diretor do Sesc do Rio de Janeiro, Danilo Miranda, com a Medalha do Sesc; e o casal Manuel e Mana Holanda, com a Medalha do Senac, que anualmente promove a Feira da Moda de Fortaleza.

(Foto: Divulgação)

UFC divulga edital de seleção para curso de Letras-Libras

A Universidade federal do Ceará, por meio da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), acaba de  divulgar edital de seleção para licenciatura em Letras-Libras. As inscrições serão realizadas de 5 a 7 de junho. São ofertadas 30 vagas para ingresso no segundo semestre letivo deste ano, no período noturno. O único critério utilizado será o resultado obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2016, e deficientes auditivos terão prioridade na seleção. A informação está no Site da UFC.

De acordo com o Edital nº 28/2017 (https://goo.gl/rAJLD5), os interessados deverão realizar sua inscrição, exclusivamente, no site da Coordenadoria de Concursos da UFC (www.ccv.ufc.br), entre 12 horas do dia 5 e 23h59min do dia 7 de junho. A lista de eventuais inscrições indeferidas será divulgada até as 14 horas do dia 9 de junho. O protocolo da Prograd, no Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra, em Fortaleza, receberá recursos administrativos das inscrições indeferidas no dia 12 de junho, no horário das 9 às 12 horas.

Os candidatos selecionados terão seus nomes divulgados no dia 16 de junho, no site da CCV (www.ccv.ufc.br). Será publicada ainda a lista de classificáveis, que poderão ocupar vagas, na ordem de classificação em caso de vacância. O quantitativo de vagas para chamada de classificáveis será divulgado até as 17 horas do dia 26 de junho, também no site da CCV (www.ccv.ufc.br).

A solicitação de matrícula ocorrerá no dia 22 de junho, entre 9 e 12 horas, no auditório da Prograd. É necessária ainda a confirmação presencial de matrícula, na coordenação do Curso de Letras-Libras, no Campus do Benfica, em Fortaleza, no dia 3 ou 4 de agosto.

Em cumprimento ao Decreto nº 5.626/2005 (https://goo.gl/PZeqKe), da Presidência da República, para cada uma das classes de concorrências será dada prioridade às pessoas surdas, com a devida comprovação documental. Por conta dessa especificidade, o curso não participa do Sistema de Seleção Unificada (SISU), do Ministério da Educação, como as demais graduações presenciais da UFC.

O que precisa?

Os candidatos devem ficar atentos à documentação exigida para matrícula, disponibilizada no Anexo I do Edital nº 28/2017 (https://goo.gl/rAJLD5). Todos os selecionados devem portar fotocópias autenticadas de documento de identificação oficial com foto, CPF e certificado de conclusão do ensino médio. Também serão aceitas fotocópias simples acompanhadas dos documentos originais.

DETALHE – Do total de vagas, 15 são reservadas às quatro classes de cotas, definidas por critérios étnicos e socioeconômicos, e as outras serão destinadas à ampla concorrência.

DETALHE 2 – Os candidatos surdos devem apresentar ainda laudo de audiometria. Os cotistas precisam apresentar documentação relativa à sua classe de cota, também informada no edital.

Câmara Municipal aprova requerimento contra a privatização da Cagece

174 1

A Câmara Municipal de Fortaleza aprovou o requerimento 651/2017, de autoria da vereadora Larissa Gaspar (PPL) pelo envio, à Presidência da República, de posicionamento da Casa contrário à privatização da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) no município de Fortaleza. O governo federal sinaliza com abertura de parceiras de investimentos nessa setor.

No texto aprovado pela Câmara Municipal, Larissa Gaspar  lembra que a Lei Orgânica do Município proíbe a privatização:

“Art. 211º – O Município deverá garantir progressivamente a toda população de Fortaleza, a prestação de serviços públicos de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto.Parágrafo único – A prestação dos serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário será exercida exclusivamente pelo Poder Público Municipal, podendo este autorizar sua concessão para os Poderes Públicos Estadual ou Federal, ficando proibida a privatização, concessão, subconcessão, permissão ou subpermissão privada desses serviços no âmbito do Município de Fortaleza.”SERVIÇO

*Acesse o Requerimento aqui .

Sobral vai promover o I Seminário Pisa for Schools

Ivo Gomes (PDT) é o prefeito de Sobral.

A Prefeitura de Sobral (Zona Norte) vai promover, na próxima sexta-feira (2), o I Seminário Pisa for Schools, no auditório da Universidade Federal do Ceará – campus Sobral – Mucambinho. O evento tem como objetivo apresentar aos gestores e professores da Rede Pública de Sobral o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (PISA), que será aplicado nas escolas desse município no segundo semestre deste ano.

O município irá aplicar o Pisa for Schools, que avalia a aprendizagem dos estudantes de 15 anos com testes de leitura, matemática e ciências, e considera aspectos socioeconômicos”, explica o secretário da Educação de Sobral, Herbert Lima.

No Seminário, serão proferidas palestras sobre “Trajetória da Educação de Sobral” e “O que Sobral pode aprender com o Pisa?”, com a pesquisadora Ilona Becskeházy, consultora do currículo de Sobral. O evento também contará com a participação do prefeito Ivo Gomes e de representantes da Secretaria de Educação do Estado do Ceará e da Fundação Lemman.

Programação

8h – Credenciamento
9h – Apresentação Cultural
9h20 – Mesa de Abertura do Evento
10h – Palestra “Trajetória da Educação de Sobral”, com o prefeito Ivo Gomes
11h – Palestra “Como geramos conhecimento e atuamos para impactar a educação pública no Brasil”, com a coordenadora de Projetos da Fundação Lemman, Roberta Biondi
12h – Horário de almoço
14h – Palestra “Próximos passos da Educação de Sobral”, com o secretário de Educação de Sobral, Herbert Lima
15h – Palestra “O que Sobral pode aprender com o Pisa?”, com a pesquisadora Ilona Becskeházy
16h – Aberto para perguntas
17h – Encerramento

SERVIÇO:

*Horário: 8h às 17h

*Universidade Federal do Ceará – campus Sobral – Mucambinho – Rua Coronel Estanislau Frota, s/n, Centro.

Juizados Especiais farão mutirão para tratar de processos de clientes da Sky, Hapvida e MRV

O I Mutirão dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais de Fortaleza começa nesta quarta-feira (31), no Fórum das Turmas Recursais, com solenidade de abertura marcada para 8 horas. Os trabalhos prosseguirão até a próxima sexta (2), no horário das 8 às 17 horas, na avenida Santos Dumont, nº 1400, bairro Aldeota. A informação é do site do TJCE.

Estão agendados 270 processos envolvendo as empresas Sky, Construtora MRV e Hapvida. “Estamos há quatro meses preparando o mutirão com todos os processos previamente selecionados e os representantes devidamente intimados. Toda atividade que objetiva a conciliação no âmbito dos processos que estão tramitando é uma possibilidade de solução célere”, explicou a diretora do Fórum, juíza Ana Cristina Esmeraldo.

A magistrada disse ainda que “a conciliação deve ser sempre procurada como forma alternativa de solução dos conflitos, pois a expectativa é de redução processual e de pacificação entre as partes”.

A força-tarefa conta com apoio do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), que tem como supervisora a desembargadora Tereze Neumann Duarte Chaves, do Tribunal de Justiça do Ceará. Também participarão da iniciativa representantes da Defensoria Pública, Ministério Público e OAB Ceará.

Para atuar na realização das audiências e homologação dos acordos, o diretor do Fórum Clóvis Beviláqua, juiz José Ricardo Vidal Patrocínio, designou dez magistrados: Geritsa Sampaio Fernandes, Irandes Bastos Sales, Antonio Alves Araújo, Evaldo Lopes Vieira, Roberto Viana Diniz de Freitas, Andre Aguiar Magalhães, Ana Cristina de Pontes Lima Esmeraldo, Eveline de Evelma Veras, Neliane Ribeiro de Alencar e Willer Sóstenes de Sousa e Silva.

DETALHE – O Fórum das Turmas Recursais Professor Dolor Barreira é um órgão do Tribunal de Justiça do Ceará que julga recursos de decisões dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais e da Fazenda Pública da Capital e do Interior. São quatro turmas, formadas por juízes. O Fórum funciona na av. Santos Dumont, 1.400, bairro Aldeota, em Fortaleza.

Que tal aprender a fazer comidas típicas de São João?

Quer aprender a fazer delícias do período junino? Os Mercadinhos São Luiz e a Granja Regina vão promover mais uma edição do Chef Gourmet São Luiz. Durante os dias 6 e 9 próximos, a chef Liliane Pereira, do restaurante O Banquete, ministrará oficinas gratuitas em unidades do São Luiz preparando receitas típicas juninas com produtos Regina.

A partir de ingredientes como linguiça defumada, linguiça de churrasco congelada e cortes de frango, Liliane apresentará dicas de como preparar alguns pratos da data.

SERVIÇO

Para participar, os interessados devem se inscrever gratuitamente nas lojas participantes, com vagas limitadas. A primeira turma será no dia 6 de junho, na loja da av. Pontes Vieira, e a segunda no dia 9 de junho, na av. Oliveira Paiva, sempre às 15 horas.

Chef Gourmet

*06/06 – Unidade Avenida Pontes Vieira (Avenida Pontes Vieira, 1486 – São João do Tauape)

*09/06 – Unidade Avenida Oliveira Paiva (Avenida Oliveira Paiva, 170 – Cidade dos Funcionários)

*Horário – 16 horas – (85) 98546.2497.

Prefeito sanciona lei que institui a Avenida Monsenhor Tabosa como novo corredor turístico da cidade

RC atendeu apelos do presidente da Câmara Municipal, Salmito Filho (PDT).

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) sancionou a Lei Nº 10.570/2017 que cria o corredor turístico da Avenida Monsenhor Tabosa, entre as ruas Almirante Jaceguai e a Rua João Cordeiro, no bairro Praia de Iracema. Com a nova lei, segundo a assessoria de imprensa do Paço Municipal, o horário de funcionamento das lojas poderá ser ampliado e tratado de forma especial ao regime de funcionamento do comércio varejista.

A intenção dos lojistas do local é funcionar até às 21 horas, principalmente em datas importantes para o comércio, como Natal, dia das mães e das crianças, informa a associação dos comerciantes.

A Monsenhor Tabosa receberá também um ponto de atendimento fixo ao turista já no próximo mês, o que ficou acerto pela Secretaria Municipal do Turismo. Também haverá ali programações de lazer e cultura em parceria com a Secretaria Municipal da Cultura.

De acordo com a lei, entende-se por corredor turístico a via que contém estabelecimentos voltados ao público turista, através da qual circulam fluxos turísticos no cumprimento de seus itinerários, e fazem conexão entre as áreas, complexos, atrativos turísticos, respectivo turístico e os locais emissores do turismo local.

Federação do Comércio reconhece atuação do Sindhoteis

Manuel Cardoso Linhares (Sindhoteis), Onélia Leite e Luiz Gastão Bittencourt.

Nesta segunda-feira, a Federação do Comércio do Ceará inaugurou sua nova sede administrativa no Centro e destacou empresas com certificado, durante solenidade prestigiada pela primeira-dama do Estado, Oneide Leite.

Das mãos do presidente da Fecomércio, Luiz Gastão, o presidente do Sindhoteis e vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hoteis, Manuel Cardoso, ganhou reconhecimento como empresário e liderança do setor.

Nesta noite de segunda-feira, no Lulla’s Plazzá, a federação ainda entregará medalhas a algumas personalidades.

(Foto – Fecomercio)

Procon Fortaleza divulga nova pesquisa de preços feita em 10 supermercados

193 1
 
Cláudia Santos é a titular do órgão.
Molho de tomate, laranja, cenoura, cebola e alho são os alimentos que mais sofrem variação de preços em Fortaleza. É o que revela a nova pesquisa do Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza), realizada mensalmente nos supermercados da Capital, e divulgada pela assessoria de imprensa do órgão nesta segunda-feira.
A maior variação, durante o mês de maio, ficou por conta do molho de tomate, que pode ser encontrado de R$ 1,29 a R$ 3,99, apontando uma diferença de 209% no produto da mesma marca. O Procon também orienta como economizar e identificar falsas promoções nos supermercados.
Entre produtos de alimentação, higiene pessoal, limpeza doméstica e produtos infantis, os alimentos são os itens que apresentam as maiores variações de preços. O molho de tomate (350g) encabeça a lista, sendo encontrado de R$ 1,29 a R$ 3,99 (209,30%). Em seguida, o quilo da laranja, variando de R$ 1,59 a R$ 4,79 (201,26%). Já o quilo do tomate pode ser comprado de R$ 2,44 a R$ 6,98 (186,07%).
Segundo a diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, é possível economizar optando por marcas mais em conta, além de exigir o cumprimento da oferta anunciada. “O consumidor também precisa ficar atento a produtos promocionais, pois geralmente, esses produtos estão próximos da data de vencimento”, alertou.
Cinco maiores variações
PRODUTO                MENOR(R$)  MAIOR(R$)  VARIAÇÃO(%)
Molho de Tomate  1,29                3,99                209,30%
Laranja                       1,59               4,79                 201,26%
Tomate                       2,44               6,98                 186,07%
Cenoura                     1,44               3,98                  176,39%
Cebola                        1,19                2,98                 150,42%

Marcha pede legalização da maconha

A Avenida Beira Mar foi tomada por manifestantes, na tarde do domingo (29), em Fortaleza. Foi mais uma edição da Marcha da Maconha, em favor da legalização exposta em cartazes e faixas. O ato também protestou contra a violência praticada principalmente contra populações pobres e contra o extermínio de jovens mortos em confronto com a polícia.

Na manifestação, várias alas em referência à importância da planta Cannabis Sativa: feminista, medicinal, desmilitarização e cultura reggae. Pacientes de cannabis medicinal também integraram o ato pedindo celeridade no processo de legalização do uso da planta para tratamento de diversas doenças.

A manifestação foi encerrada com o festival cultural “Juventude Resiste”, no anfiteatro da Beira Mar com apresentações artísticas de rap e poesia e shows com Shalon Israel, Zuada Roots, Convicção Ancestral e Ghetto Roots.

(Foto -Nathi Vilela)

TCU quer atuar a favor do TCM do Ceará perante o Supremo

O Tribunal de Contas da União (TCU) solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) atuar favoravelmente pela manutenção do Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará (TCM) na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) que questiona sua extinção. O TCU quer intervir no processo como Amicus Curiae, juntando-se a outras entidades que já tiveram o mesmo pedido aceito pela Suprema Corte, como a Associação Brasileira dos Tribunais de Contas dos Municípios (Abracom), a Associação Nacional do Ministério Público de Contas (Ampcon) e a Associação Nacional dos Ministros e Conselheiros-Substitutos dos Tribunais de Contas (Audicon).

O posicionamento do TCU foi informado em petição enviada ao STF, que em seu conteúdo expôs que “a possibilidade de extinção de tribunais de contas por meio de um processo açodado, nos termos ocorridos na Assembleia Legislativa do Ceará, representaria verdadeiro enfraquecimento do sistema dos tribunais de contas, com graves prejuízos para as finanças públicas, não apenas locais mas também federais”. Também abordou que “a eventual extinção de tribunais de contas municipais pode impactar na efetividade dos trabalhos realizados pelo próprio TCU, como v.g., fragilizar as fiscalizações de orientação centralizada – FOC. Esse tipo de fiscalização tem por objeto a avaliação de políticas públicas de alcance nacional, tais como auditorias que avaliem a prestação dos serviços públicos de saúde e educação, em nível nacional”.

A atuação como Amicus Curiae ampara-se em normas, como o Novo Código de Processo Civil, e aparece em precedentes do ministro do STF, Celso de Mello, na qual abordou que este instituto objetiva “pluralizar o debate constitucional, permitindo, desse modo, que o Supremo Tribunal Federal (STF) venha a dispor de todos os elementos informativos possíveis e necessários à resolução da controvérsia, visando-se, ainda, com tal abertura procedimental, superar a grave questão pertinente à legitimidade democrática das decisões emanadas desta Suprema Corte, quando no desempenho de seu extraordinário poder de efetuar, em abstrato, o controle concentrado de constitucionalidade” (ADI 2321 MC/DF, Medida cautelar na Ação Direta de Inconstitucionalidade; Publicação DJ 10-06-2005).

Contrato de concessão do Aeroporto Internacional Pinto Martins será assinado até 27 de julho

 

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, disse hoje (29) que o governo pretende assinar até 27 de julho os contratos dos quatro aeroportos concedidos recentemente à iniciativa privada. Segundo ele, novas concessões devem ocorrer em 2018.

Quintella participou hoje da reunião do presidente Michel Temer com os presidentes das operadoras aeroportuárias vencedoras do leilão de concessão dos aeroportos de Fortaleza, Salvador, Florianópolis e Porto Alegre. Após a assinatura desses contratos, as concessionárias terão três meses de operação conjunta com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), para depois assumirem definitivamente os empreendimentos.

Segundo o ministro, os empresários se mostraram muito confiantes nos negócios, apesar da crise pela qual passa o país. “Não tivemos, durante a reunião, nenhum relato de preocupação pelos empresários. Estão eufóricos por terem arrematado esses aeroportos”, disse Quintella.

“Relatamos, na conversa, a melhora do mercado. Temos números importantes no setor de aviação civil, depois de 19 meses de quedas sucessivas na demanda por voos e no transporte de passageiros, teve reação no mês de março”, acrescentou.

Números

A demanda por voos domésticos, segundo o ministro, cresceu 5,4% em março, na comparação com o mesmo mês de 2016. Em abril, o crescimento foi 13,2%, o que, segundo ele, “aponta uma tendência de crescimento”. Em relação à quantidade de passageiros, Quintella disse que houve crescimento de 4,1% em março. “Além disso, tivemos uma notícia em relação a investimentos externos em infraestrutura no Brasil: o aumento no primeiro quadrimestre, de 500% em relação ao quadrimestre de 2016, com quase R$ 13 bilhões em investimentos em projetos de infraestrutura. Isso se deve à confiança de que o país recuperou, à qualidade dos projetos apresentados e à nova modelagem do Programa de Parcerias em Investimento [PPI]”, completou.

Na reunião desta segunda também foram tratadas outras demandas do setor aéreo, como a abertura de empresas brasileiras para 100% de capital estrangeiro. “O governo já mandou o projeto de lei [que trata deste assunto] com urgência constitucional. Agora é fundamental que o Congresso se debruce sobre essa matéria o mais rápido possível”, disse Quintella.

Outra matéria de interesse do setor é a que estabelece um teto para o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do querosene de aviação. “O Brasil é um país que cobra muito caro, e isso tem impacto na passagem. Por isso se paga mais caro para ir de São Paulo ao Nordeste do que para Buenos Aires, por exemplo.” Ainda segundo o ministro, a aprovação das novas condições gerais de transporte aéreo vai criar um “novo cardápio tarifário” para as pessoas que desejam viajar com menos bagagem.

(Agência Brasil/Foto – Alcides Freire)

Padarias cearenses esperam faturar com quadrilhas juninas

As padarias já se preparam para as festas juninas, avisa o vice-presidente do Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria do Ceará, Lauro Martins.

Vários produtos da época estarão ocupando mais espaços nesses estabelecimentos. Ou seja, canjica, tapioca, pamonha, bolo de milho e outras iguarias. Com algumas contratando até forrozeiro.

Há uma expectativa de incremento nas vendas do setor na ordem de 20%.

“Será tempo bom para faturarmos com essas quadrilhas”, acentua ele, o que aliviará um pouco as perdas provocadas pelas quadrilhas de Brasília.

 

Governistas dizem ter votos para extinguir o TCM de novo

118 1

Os governistas dizem ter 33 votos fechados em favor da PEC que extingue o Tribunal de Contas dos Municípios. Quem diz é o líder do governo na Casa, Evandro Leitão (PDT), confirmando números com o deputado estadual Jeová Mota (PDT).

A emenda, de autoria do deputado Heitor Férrer (PSB), pode entrar em votação já na próxima semana.

Já a oposição discorda dos números e garante ter fôlego para evitar a aprovação dessa matéria, um verdadeiro quiproquó político envolvendo o governador Camilo Santana (PT) e  os Ferreira Gomes contra o presidente do TCM, Domingos Filho, que dura meses.

Ministério da Integração e o pior caminho para a retomada das obras da Transposição

Com om título “Quem ganha com colapso de água?, eis artigo do deputado federal Leônidas Cristino (PDT). Ele aborda essa novela em que se transformou a obra da transposição das águas do rio São Francisco para o Ceará. Confira:

É da máxima urgência retomar a obra da transposição do rio São Francisco no trecho Norte, paralisada por abandono da empresa que venceu a licitação no governo passado. A escassez hídrica no Nordeste impõe a escolha de um modelo mais ágil para a retomada desta obra, que continua parada.

Apontamos, em ocasião anterior, a existência de três caminhos para agilizar a obra, com aval do governador do Ceará, Camilo Santana, que cientificou o presidente Michael Temer da gravidade da situação. As alternativas para conclusão eram entregar o trecho ao Exército; o Governo Federal repassar os recursos para o governo do estado do Ceará realizar o serviço pelo sistema de leilão reverso; fazer uma dispensa de licitação.

Existia alternativa de acordo com as leis. Mas o Ministério da Integração Nacional escolheu o pior caminho, o do Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC), que teve o seu curso obstruído na Justiça por ação das empresas concorrentes.

Está impedida a homologação do processo licitatório, impossibilitada a contratação da empresa para o esperado início da obra. O Ministério da Integração Nacional anunciou que retomaria a obra em fevereiro. Já estamos em fins de maio e nada. Esta obra, para ser concluída, levaria no mínimo dez meses. Não se sabe quando começa nem quando termina.

Depois de cinco anos consecutivos de seca no Nordeste e no Ceará, as chuvas deste ano não foram suficientes para a recarga dos principais açudes que abastecem a Região Metropolitana de Fortaleza. O Castanhão, que pode armazenar mais de 6 bilhões de metros cúbicos, está com apenas 5,9% da sua capacidade. O Orós, reservatório de 2 bilhões de metros cúbicos, está com 10,58% da sua capacidade.

O Ceará precisa da chegada da água da transposição em Jati, para trazê-la até o Castanhão por meio do Cinturão das Águas, um sistema de canais e túneis, cuja construção avança em ritmo acelerado. O primeiro lote está com mais de 80% da obra realizada. A previsão é de conclusão em agosto, para receber as águas da transposição. É preciso que seja feita a parte da transposição, de responsabilidade do Governo Federal, que parece não conhecer a realidade do Ceará.

Se ocorrer o colapso no abastecimento de água na Região Metropolitana de Fortaleza, o Governo Federal fez a sua parte na tragédia. Não sei quem ganha com estas medidas protelatórias, mas com certeza não é o povo cearense. Não faltou alerta.

*Leônidas Cristino,

dep.leonidascristino@camara.leg.br
Deputado federal (PDT-CE)

Morre sanfoneiro Clementino Moura

Morreu, nesta segunda-feira, o sanfoneiro Clementino Moura (71 anos).

Segundo familiares, o velório acontece na sede da Cabemce, o clube dos cabos da PM, na Avenida Imperador com Domingos Olímpio. O enterro ocorrerá ás 10 horas desta terça-feira, no Cemitério Parque da Paz..

Clementino foi vítima de problemas renais, que se complicaram a partir de uma pneumonia.