Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Fortaleza terá três madrugadas com chuva, prevê Funceme

Quem espera aproveitar o último domingo de férias para algumas escolas de Fortaleza, não poderá contar amanhã (21) com o forte sol nas praias da Capital. É o que aponta a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), que prevê mais uma madrugada com chuva e tempo nublado o restante do dia.

O mesmo prognóstico se confirmou neste sábado (20) e também deverá se estender até a segunda-feira (22), de acordo ainda com a Funceme.

Além de Fortaleza, que registrou chuva de 14,8 milímetros, outros 49 municípios cearenses também amanheceram com precipitações neste sábado. A maior chuva ocorreu em Lavras da Mangabeira, no Centro-Sul do Ceará, a 434 quilômetros da Capital, com 100 milímetros. Ipaumirim (90 mm), Umari (80 mm), Quixeramobim (78 mm), Ipaporanga (75 mm) e Tauá (57 mm) também apresentaram boas chuvas.

(Foto: Arquivo)

Camilo recebe homenagem de Valber Benevides

O governador Camilo Santana foi surpreendido nessa sexta-feira (19), durante reunião do Monitoramento de Ações e Projetos Prioritários (Mapp), no Palácio da Abolição, pelo chargista, ilustrador e artista plástico Valber Benevides, com um desenho do encontro do governador com seu secretariado.

Ao agradecer a homanegem, Camilo Santana destacou o perfil do artista que já foi chargista do O POVO. Natural de Itapipoca, Valber foi premiado em Bienais e Salões do Humor pelo Brasil.

(Fotos: Divulgação)

Secretariado de Camilo – Quem for candidato, deixa o cargo em abril

O chefe da Casa Civil, Nelson Martins, afirmou que os secretários estaduais que irão ser candidatos nas eleições deste ano só deixarão as pastas em abril, que é a data limite para a desincompatibilização dos cargos. O petista assegurou que os secretários que saírem antes o farão por decisão pessoal, e não de governo.

“O secretariado vai ficar até o dia 7 de abril, que é o período normal. A não ser que alguém peça pra sair. Até agora, a decisão de governo é ficar até o dia do prazo. Não existe essa discussão no Estado de secretário sair antes. Vai sair no prazo eleitoral de quem vai ser candidato, isso está claro”, declarou ao O POVO.

Nelson mantém o que tem declarado o governador Camilo Santana (PT) sobre o assunto. A principal queixa de alguns deputados da base aliada na Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) é de possível prejuízo eleitoral com pré-candidatos agindo através das suas pastas, e disputando bases eleitorais.

A informação de que os secretários irão intensificar viagens pelo interior inaugurando obras poderá crescer a pressão política em torno do governador assim que encerrar o recesso parlamentar em fevereiro.

O secretário disse ainda que viaja desde julho do ano passado inaugurando obras, e que a mesma prática é feita pelos secretários Josbertini Clementino e Dedé Teixeira, ambos pré-candidatos a uma vaga na AL-CE.

(O POVO – Repórter Wagner Mendes)

2018 já mudou panorama da eleição no Ceará

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (20), pelo jornalista Érico Firmo:

Os 20 dias decorridos do ano que começa foram suficientes para mover peças importantes na sucessão estadual do Ceará e provocou transformações profundas na oposição. Um movimento já vinha em curso e se consolidou: o MDB deixou o bloco que se contrapõe ao governador Camilo Santana (PT) na Assembleia Legislativa.

Capitão Wagner (PR), por sua vez, anunciou que será candidato a deputado federal, deixando de lado a hipótese de concorrer a governador. O deputado estadual anunciou ainda que deixará o PR e se filiará ao Pros.

Ontem, O POVO Online antecipou que Heitor Férrer se reuniu com dirigentes da Rede Sustentabilidade e discutiu a possibilidade de deixar o PSB para ingressar na Rede.

Enquanto isso, nos últimos dias, Camilo Santana retomou a agenda pública. Neste fim de semana, reúne o secretariado para organizar o ano eleitoral.

O saldo até agora é de um governo muito bem situado, mais pelas circunstâncias políticas que pelas realizações administrativas. O governador tem bases sólidas para se mover, enquanto a oposição está sem rumo. Aliás, cada um está preocupado com a própria vida —ou a própria sobrevivência.

Eunício já se debandou para o lado de Camilo. O peemedebista odeia os Ferreira Gomes e é igualmente odiado. Porém, aparentemente acha ainda pior perder eleição. Por isso, articula as condições para ser reeleito. Presidente do Senado não conseguir sequer segurar o mandato não é menos que um vexame.

Wagner desistiu de ser candidato a governador para concorrer a deputado federal. Assim, praticamente assegura uma vaga, no lugar de se arriscar a uma disputa dificílima, com grande chance de ficar sem mandato a partir do ano que vem. O Capitão mostrou que não tem nada de kamikaze.

Tasso Jereissati (PSDB), com mais quatro anos de mandato pela frente, não demonstra, até aqui, lá muito interesse pela disputa.

Quanto a Heitor, está preocupado com a hipótese de aliança do seu PSB com o grupo do governador. Disse que quer ficar no PSB, mas está inseguro diante das incertezas nacionais e da perspectiva estadual que indica aliança com o bloco governista. Ao Blog do Eliomar de Lima, ele disse que, caso o partido garanta a ele liberdade de atuação, fica no PSB.

Seria assim: o partido apoiaria Camilo Santana, estaria ao lado dos Ferreira Gomes. Porém, Heitor não seria obrigado a subir em palanque nenhum e faria seu discurso de oposição. Foi assim quando ele estava no PDT, durante os governos de Lúcio Alcântara e Camilo Santana. Nos dois momentos, a sigla estava na base governista, e Heitor se mantinha opositor.

Em resumo, a oposição desistiu de um projeto coletivo e cada um tenta salvar a própria pele.

Cantoria nordestina de luto com a morte de “Louro Branco”

O mundo do cordel está de luto.

Vítima de complicações cardíacas, morreu, em Caruaru (PE), na última quinta-feira, o repentista cearense Francisco Maia de Queiroz (74), o “Louro Branco”. Ele era conhecido por sua verve irônica e espirituosa na abordagem de assuntos dos mais variados do cotidiano do homem nordestino. Estava na lista dos principais cantadores do Nordeste, tendo conquistado diversos prêmios, inclusive o de melhor cantador do país.

O repentista, que morava na cidade pernambucana desde 1991, nasceu no dia 2 de setembro de 1943 na Vila Feiticeiro, no município de Jaguaribe, e trabalhou como pescador, agricultor e vendedor ambulante. Começou a cantar aos 12 anos de e morou em várias cidades nordestinas.

O artista popular nordestino levou sua poesia e arte no improviso para 20 estados brasileiros, participou de mais de 400 festivais com todos os maiores cantadores do Nordeste e prestou grande contribuição para a cultura popular. Ao longo de sua carreira, foi autor de mais de 700 composições e escreveu dois livros: “A natureza falando” e “Da casca até o miolo”.

“Louro Branco” chegou a participar de longa do cineasta Rosemberg Cariry fazendo o papel de Cego Aderaldo.

Confira poema “O Casamento dos Velhos”, de Louro Branco:

Tem certas coisas no mundo
Que eu morro e num acredito
Mas essa eu conto de certo
Dum casamento bonito
De um viúvo e uma viúva
Bodoquinha Papaúva
E Tributino Sibito

O véio de oitenta ano
Virado num estopô
A véia setenta e nove
Maluca por um amor
Os dois atrás de esquentar
Começaram a namorar
Porque um doido ajeitou

Um dia o véio comprou
Um corpete pra bodoquinha
Quando a véia foi vestir
Nem deu certo, coitadinha
De raiva quase se lasca
Que o corpete tinha as casca
Mas os miolo num tinha

No dia três de abril
Vêi o tocador Zé Bento
Mataram trinta preá
Selaram oitenta jumento
Tributino e Bodoquinha
Sairam de manhazinha
Pra cuidar do casamento

O veião saiu vexado
Foi se arranchar na cidade
Mandaram chamar depressa
Naquela oportunidade
O veião chegou de choto
Inda deu catorze arroto
Que quase embebeda o padre

O padre ai perguntô:
Seu Tributino, o que pensa,
Quer receber Bodoquinha
Sua esposa, pela crença?
O veião dixe: eu aceito
Tô tão vexado dum jeito
Chega tô sem paciência

E preguntô a Bodoquinha:
Se aceitar esclareça
A véia lhe arrespondeu
Dando um jeitim na cabeça
Aceito de coração
Tô cum tanta precisão
Tô doida que já anoiteça

Casaram, foram pra casa
Comeram de fazer medo
Conversaram duas horas
Uns assuntos duns segredo
E Bodoquinha dixe: agora,
Meu pessoá, vão embora
Que eu quero drumi mais cedo

O véi vestiu um pijama
Ficou vê uma raposa
A véia de camisola
Dixe: óia aqui sua esposa
Cuma é, vai ou num vai?
O veião dixe: ai, ai, ai
Já tá me dando umas coisa

A véia dixe me arroche
Cuma se novo nóis fosse
O véio dixe: ê minha véia
Acabou-se o que era doce
A véia dixe: é assim?
Então se vai dar certim
Que aqui também apagou-se

Inda tomaram uns remédio
Mas num deu jeito ao enguiço
De noite a véia dizia:
Mas meu véi, que diabo é isso?
Vamo vendê essa cama
Nóis sempre demo na lama
Ninguém precisa mais disso

A véia dixe: isso é triste
Mas esse assunto eu esbarro
Eu já bati o motor
Meu véi estrompou o carro
Ê, meu veião Tributino
Nóis dois só tem um menino
Se a gente fizer de barro.

A verve de “Louro Branco” com Valdir Teles:

(Com colaboração do cartunista, produtor cultual e também cordelista Klevysson Viana)

Camilo prepara mutirão de inaugurações neste ano eleitoral

Nesta manhã de sábado, Camilo já retomou o encontro.

A primeira reunião do ano entre o governador Camilo Santana (PT) e os secretários, realizada ontem e hoje na residência oficial, deve ser a base da construção da agenda de inaugurações da gestão nos meses que antecedem a campanha eleitoral de outubro deste ano. A ideia é promover praticamente um mutirão de inaugurações com a presença dos secretários. Eles representarão o governador nas solenidades de obras de menor porte para não comprometer a agenda de trabalho de Camilo.

O secretário da Casa Civil, Nelson Martins, que também cuida da articulação política do governador, disse que a colaboração de secretários nesse tipo de atividade já existe, mas que vai ser intensificada em 2018.

“É muita coisa na agenda e ele (Camilo) não pode só inaugurar obras. Vamos estender para que os secretários também possam fazer em maior intensidade essas inaugurações. Vários já fazem isso, mas nós vamos intensificar para que outros secretários também o façam”, revelou Nelson.

O chefe de gabinete do governador, Élcio Batista, afirmou que a agenda de atividades do petista para o ano eleitoral já vem sendo discutida desde a semana passada, mas que, com o encerramento da reunião do Monitoramento de Ações e Programas Prioritários (Mapp), a visão será mais geral sobre o cenário das ações de governo.

“O que a gente sabe é que já tem muita coisa represada para a gente inaugurar de realizações que já estão prontas”, adiantou o secretário.

Pelo que declarou o governador, em entrevista coletiva na manhã de ontem, as inaugurações deverão focar em obras de infraestrutura, que são a prioridade para 2018. Camilo destacou que o maior empenho para este ano será acelerar e entregar as obras de infraestrutura, como as do Porto do Pecém, a duplicação da CE-040, o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), além de ações na segurança, educação e criação de emprego.

“Vamos ter oportunidade (no Mapp) de fazer um balanço de 2017, e vamos fazer um planejamento de prioridades para 2018 com o orçamento aprovado, colocando metas, definindo recursos e garantindo projetos prioritários para 2018”, declarou o governador.

O último ano de governo, rotineiramente, é o que mais gera cerimônias de inaugurações no Executivo. O Palácio da Abolição, no entanto, assegura que a quantidade de inaugurações não deve ser tão diferente do que vinha acontecendo nos anos anteriores, já que houve inaugurações em todos os anos de governo.

A expectativa é que Camilo intensifique a agenda administrativa com vistas para a eleição de outubro. Embora não esteja enfrentando grandes problemas eleitorais pela fragilidade da oposição, o petista vai fazer o dever de casa e politizar as inaugurações para se cacifar na disputa pela reeleição em outubro deste ano.

(O POVO – Repórter Wagner Mendes)

O efeito Cristiane Brasil na bancada federal cearense

Da Coluna Eliomar de Lima, no O POVO deste sábado (20):

A polêmica em torno da nomeação da deputada federal Cristiane Brasil (PTB/RJ) para o Ministério do Trabalho e Emprego rendeu, principalmente depois que se soube que o nome da parlamentar consta no Banco Nacional de Devedores Trabalhistas (BNDT). Esse registro, inclusive, motivou ações judiciais contra a sua posse na pasta, constituindo-se como mais uma trapalhada do governo Temer.

Mas isso nos aguçou uma curiosidade: e se Temer resolvesse convocar alguém da bancada federal cearense para o Ministério? Será que algum dos 22 parlamentares também consta no BNDT, no que acabaria também barrado?

A resposta é simples: a deputada federal Gorete Pereira (PR) consta com 6 registros, depois vem Adail Carneiro (PP), com um registro, e, por fim, Paulo Henrique Lustosa (PP), suplente, que chegou a esquentar poltrona na Câmara em 2017, com um registro.

O BNDT registra inadimplentes, mas, com certeza, os senhores parlamentares deverão honrar suas obrigações do gênero para ir à caça aos votos. Sem penduricalhos.

TJCE – Comissão finaliza edital de concurso para cartórios

A Comissão do Concurso Público de Provas e Títulos para a Outorga de Delegações de Notas e de Registro do Estado já finalizou todos os procedimentos para viabilizar a publicação do edital. A minuta final do documento, que será encaminhada na segunda-feira (22) à Presidência do Tribunal de Justiça do Ceará, foi analisada durante reunião da Comissão nessa sexta-feira (19), no Palácio da Justiça, bairro Cambeba. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

A publicação do edital no Diário da Justiça está prevista ainda para este mês. Serão ofertadas 223 vagas para o preenchimento de serventias em todo o Estado. O Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul (Ieses), de Santa Catarina, será responsável pelas provas, escritas e orais, do certame.

A relação completa das serventias vagas foi elaborada pela Corregedoria-Geral da Justiça do Ceará, atendendo o que está disposto na lei estadual nº 16.397, publicada no dia 14 de novembro de 2017, que dispõe sobre o Código de Organização Judiciária do Ceará.

A reunião foi conduzida pelo presidente da Comissão, desembargador Paulo Aírton Albuquerque Filho. Participaram ainda os juízes Fernando Teles (8ª Vara da Fazenda Pública), Joriza Magalhães Pinheiro (9ª Vara da Fazenda Pública), Flávio Vinícius Bastos Sousa, auxiliar da Corregedoria, o procurador de Justiça José Maurício Carneiro (representando o Ministério Público), e o advogado Lucas Costa (representando a OAB-CE), além de Expedido Assunção, (representante dos registradores) e Samuel Vilar (representando os notários).

IESES

No dia 20 de outubro de 2017, o Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul (Ieses), de Santa Catarina, foi escolhido para realizar o Concurso Público dos Serviços Notarias e Registrais do Ceará. O certame terá quatro fases, conforme cronograma apresentado pelo Instituto.

A entidade foi selecionada pela Comissão com base nos critérios de expertise na realização de concursos que versem sobre a matéria; segurança na elaboração das provas em todas as fases constantes no Termo de Referência; qualificação da banca e da equipe técnica; viabilidade do custo operacional e condições finais para a contratação (certidões fiscais).

O concurso vai envolver disciplinas e matérias sobre Registros Públicos, Código de Organização Judiciária do Estado, resoluções e provimentos do Tribunal de Justiça e da Corregedoria-Geral da Justiça, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Tributário, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Penal e Direito Processual Penal, além de Direito Comercial, Direito Judiciário, Direito Notarial e Registral, Conhecimentos Gerais e Língua Portuguesa, a serem detalhados no edital.

Pré-Carnaval – Banda Transnacionais é destaque neste sábado na Praia de Iracema

A Banda Transacionais é a principal atração na Concentração Skol, a partir das 13 horas deste sábado, no aterrinho da Praia de Iracema, dentro da programação do Pré-Carnaval de Fortaleza.

A Concentração Skol ocorrerá também no dia 27 de janeiro e dia 3 de fevereiro. O slogan da animação é “Tá redondo, tá junto”.

No dia 27 de janeiro a animação ficará por conta da Banda Balanço Social e no dia 3 de fevereiro, da Superbanda.

(Foto – Divulgação)

 

Festival de Marchinhas Carnavalescas terá grande final neste domingo

Será neste domingo, 21/01, a partir das 10 horas, no Polo de Lazer da Sargento Hermínio (Parque Raquel de Queiroz), a grande final do Festival de Marchinhas Carnavalescas Lauro Maia. As doze finalistas da segunda edição do evento se apresentarão mais uma vez ao público e a um júri, dentro de um baile carnavalesco com a participação especial de Calé Alencar, que vai interpretar canções de Lauro Maia.

O festival Lauro Maia acontece pela segunda vez e é realizado pela Associação Comunitária dos Bairros Ellery e Monte Castelo (ACEM) em parceria com o Bloco Pré-Carnavalesco Sai na Marra e o Movimento Pró-Parque Rachel de Queiroz. O objetivo é revitalizar a tradição carnavalesca de Fortaleza, promovendo a integração entre músicos, intérpretes e compositores, ocupando os espaços públicos com música de qualidade.

Ao todo, foram inscritas 46 marchinhas vindas de diversos municípios da Região Metropolitana de Fortaleza. Dessas, doze foram selecionadas por um júri e estão na final.

Confira as 12 marchinhas selecionadas

01 – Maria da Legião I Autor: Mário Augusto I Intérpretes: Mário Augusto e Gleyce Costa

02 – Vampiro, cueca e outras mazelas I Autores: Arievaldo Viana, Flávio Arruda e ‘Estrela Miúda’ I Intérprete: Ney Robson

03 – Temer Véi I Autor e intérprete: Fernando Barbosa

04 – Frevo do furico I Autor: Beto Menezes I Intérpretes: Beto Menezes, Alysson Lemos, Daniel Rocha, Junior Barreira, Magno Carvalho, Moisés Felipe, Murillo Ramos, Paula Yemanjá e Pedro Caleb(Pícaros Incorrigíveis)

05 – Perdas e danos I Autor: Agostinho de Sousa Filho I Intérprete: Júnior Pirão

06 – Luzirá I Autor e intérprete: Gil de Abreu

07 – Eu chupo até o palito I Autores: Silvina Ribeiro e Clayton Roncel I Intérprete: Silvina Ribeiro

08 – Carta de alforria I Autora: Lenice Ferreira I Intérprete: Dedê Falamais

09 – Uma forma de fé I Autor e intérprete: Paulo Gomes

10 – Pajaraca, eterno folião I Autor e intérprete: Aluisio Barreira

11 – Tributo a Irapuã Lima I Autor e intérprete: J Pinto

12 – Ó linda Fortaleza I Autores: Mateus Perdigão e Marcus Dias I Intérprete: Mateus Perdigão

Programação

10h – Baile carnavalesco com Bloco Sai na Marra

10h30 – Apresentação das finalistas

12h – Baile carnavalesco com participação especial de Calé Alencar interpretado composições de Lauro Maia

12h30 – Divulgação do resultado e premiação das vencedoras.

 

Auxílio-moradia de magistrados está com dias contados?

533 1

A presidente Cármen Lúcia avisou: em março próximo, coloca na pauta do Supremo Tribunal Federal o julgamento de ação que pode dar cabo ao famigerado auxílio-moradia.

Por aqui, o Tribunal de Justiça do Estado gasta mais de R$ 1,7 milhão/mês com esse penduricalho vip. Mas não está sozinho nisso.

O pessoal da Procuradoria Geral de Justiça, do Tribunal de Contas do Ceará e magistrados federais também ganham esse absurdo travestido de reajuste.

Vice-governadora tem motivos para andar sorrindo…

Quem anda sorrindo de uma ponta a outra das orelhas é a vice-governadora Izolda Cela. O Ministério da Educação, nesta semana, durante evento em Brasília pró-escolas de tempo integral, destacou o Programa de Aprendizagem na Idade Certa (Paic).

Izolda Cela, quando à frente da Seduc, implantou a novidade.

Dizem que o sonho dela agora é alcançar mesmo reconhecimento com o seu Pacto por um Ceará Pacífico, criado para promover projetos sociais com objetivo de amenizar a dura realidade da violência no Estado.

(Foto – Governo do Estado)

Secretário da Cultura comemora fim do parto na Secult: o concurso que era tão aguardado

Com o título “O fortalecimento institucional da Secult”, eis artigo de Fabiano Piúba, o titular da Secretaria da Cultura do Ceará. Ele comemora o concurso público lançado pelo Governo para a pasta. Aliás, quase virava um parto de tão demorado. Confira:

O governador Camilo Santana anunciou a realização do Concurso Público para a Secult. Em 51 anos de existência será o primeiro a ser realizado para o órgão. Esta decisão consiste no fortalecimento institucional da Secretaria composto pelo Concurso Público, o Plano de Cargos e Carreiras (uma luta histórica dos servidores) e a reestruturação da pasta. Não se trata apenas da realização de um concurso, mas de uma política de institucionalização da política cultural que passa, pelo fortalecimento estrutural e do quadro de efetivos da Secult.

Essa conquista só foi possível pela determinação política do governador Camilo Santana que inseriu a cultura na agenda social de seu Governo. Trata-se de um compromisso político de campanha, mas também institucional contemplado na Meta 2 da Lei do Plano Estadual de Cultura sancionada em 2016.

A proposta do concurso é antiga e sabemos que os gestores que passaram pela Secult se dedicaram em sua realização. Quando aqui chegamos, encontramos o processo aberto pelo professor Pinheiro com continuidade na gestão de Paulo Mamede, cuja proposta implicava em 81 cargos distribuídos entre: historiador, bibliotecário, museólogo, contador, técnicos em assuntos culturais, além de assistentes de administração com nível médio. Esta proposta evoluiu em 2015 com Guilherme Sampaio, onde buscamos referências de concursos recentes. Para além dos cargos, inserimos Letras, Arquivologia, Conservação e Restauro e as áreas de Artes Cênicas (Teatro e Dança), Artes Visuais, Audiovisual e Música, mais 38 articuladores culturais de nível médio, contabilizando 70 cargos.

Em 2016 revisamos a proposta e ampliamos para 132 cargos, todos de nível superior. Além das áreas anteriores, inserimos Arquitetura, Sociologia, Antropologia, Pedagogia, Mídias Digitais, Administração, Direito, Economia, Estatística, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica e Políticas Públicas e Gestão Governamental.

Esta atitude do Governo é uma conquista da classe artística, do setor cultural e da sociedade cearense. Com este concurso teremos artistas gerindo a Secult, somados aos profissionais das áreas de Humanidades e Exatas que qualificarão o pensamento, o sentimento, a gestão e a execução de uma política de cultura de Estado.

*Fabiano Piúba

fabianopiuba@gmail.com

Secretário da Cultura do Estado do Ceará.

Rede quer Heitor Férrer no partido

 
Pedro Ivo, Heitor e Wesley Diógenes.
O deputado estadual Heitor Férrer (PSB) recebeu, nesta manhã de sexta (19), em seu gabinete na Assembleia, a visita do coordenador nacional da Rede Sustentabilidade, Pedro Ivo, e do porta-voz do partido no Ceará, Wesley Diógenes.
Na pauta, as eleições 2018 e o cenário político local.
Heitor foi convidado para integrar a Rede, mas ele prefere, antes de qualquer decisão, conversar com o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, e com o presidente estadual do partido, o deputado federal Odorico Monteiro. “Se o PSB me der liberdade de atuação parlamentar, fico!”, disse para o Blog.

Prefeito de Maracanaú entrega UPA 24 Horas dando direito a sessão de “risoterapia”

Inaugurar unidade de saúde com direito a show, como fez o ex-governador Cid Gomes, ao trazer Ivete Sangalo na entrega do Hospital Regional de Sobral (R$ 650 milzinho), não saiu de moda.

O prefeito Firmo Camurça (PR) vai entregar, segunda-feira que vem, a UPA 24 horas de Maracanaú (Região Metropolitana).

Só que mais modesto: com show de humoristas como Ciro Santos, Alex Nogueira e Luana do Crato.

(Foto – Paulo MOska)

Arquidiocese vai inagurar Obras Papais em Fortaleza

O arcebispo de Fortaleza, dom José Antônio de Aparecido Tose, vai inaugurar as obras papais durante solenidade domingo, a partir das 16 horas, no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU). As obras papais foram concluídas em agosto de 2017, com apoio do Papa Francisco.

Cerca de cinco mil pessoas participarão da inauguração, que contará também com a presença do governador Camilo Santana, dos bispos de algumas dioceses brasileiras, além de membros das 23 comunidades e amigos que, ao longo de 18 anos, fazem parte do CEU, e do presidente Internacional da Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), Johannes Heremann, da Alemanha.

Ainda na programação, haverá a Sagração da Igreja do Santíssimo Sacramento e a entrega das obras de pavimentação do CEU, realizadas pelo Governo do Estado. A animação musical será feita pelo padre Antônio Furtado, seguida de Terço da Misericórdia e Santa Missa presidida por Dom José.

Obras Papais

As Obras Papais do CEU são formadas pelo Pátio Uirapuru, que é composto por seis salas disponíveis para aluguel, e o Espaço da Paz, que conta com auditório para 200 pessoas, climatizado, com cozinha, dispensa, quatro banheiros, tudo disponível para aluguel. Toda a renda será revertida para suprir as necessidades financeiras de manutenção do CEU.

Obras Papais do CEU

As Obras Papais são financiadas pela Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), com autorização do Papa Francisco. Mais de 60 milhões de pessoas são beneficiadas todo ano através dos mais de cinco mil projetos apoiados pela entidade em cerca de 140 países, incluindo o Brasil.

O Papa Francisco encontrou no Brasil três instituições onde as obras de misericórdias são abundantes. Entre elas está o CEU que trabalha atendendo pessoas em demandas sociais, dedicando-se à recuperação de dependência química; acolhimento a crianças e jovens em situação de risco; adultos e crianças portadoras do vírus HIV; acolhimento a meninas e jovens vítimas de abuso ou exploração sexual e a reinserção de egressos do sistema penitenciário com acompanhamento a presidiários e famílias, além da realização de eventos, atividades educacionais e culturais; aconselhamentos e encontros de espiritualidade.

(Foto – Divulgação)

Camilo reúne secretariado de olho na reeleição

Na primeira reunião do ano com o secretariado, nesta sexta e sábado, no Pavilhão da Residência Oficial, o governador Camilo Santana (PT) repetirá o mantra de reforço em educação e saúde. Na segurança, continuará apelando por verbas devidas pela União.

A ordem é um balanço dos projetos de 2017, o que vem pela frente e, principalmente, reforçar programas, pois Camilo sonha com a reeleição.

Outra. Ele puxará pra si a divulgação do primeiro prognóstico sobre inverno. O anúncio, que seria feito hoje pela Funceme, foi adiado para segunda-feira, às 9 horas, no Abolição.

Melhor do que divulgar índices de criminalidade. E sinal de que vem tempo bom.

Grupo de servidores municipais lança campanha salarial reivindicando 9,42% de reajuste

Um grupo de servidores da Prefeitura de Fortaleza lançou, nesta manhã de sexta-feira, em frente ao Paço Municipal, a campanha salarial 2018 da categoria. A mobilização foi puxada pelo Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort), contando com adesão de outras entidades sindicais de servidores do Município.

Mesmo com a forte chuva desta manhã, que atrapalhou e impediu o deslocamento de muitos servidores, o Sindifort resolveu manter a assembleia. A data-base dos servidores é 1º de janeiro. Eles querem resposta da gestão sobre reajuste.

“Temos perdas acumuladas da ordem de 20%, se considerarmos os últimos dez anos”, afirma Nascelia Silva, presidente do Sindifort, complementando: “Somente nos dois últimos anos, se somarmos o IPCA de 2016 (6,28%) e 2017(2,94%), são 9,42% de inflação acumulada”. A pedida é por esse valor de 9,42%.

Outras reivindicações

Na pauta de reivindicações deste ano constam ainda o problema com o Instituto de Previdência do Município (IPM). Quando o IPM/Saúde não dá conta da demanda dos funcionários, resulta na reclamação pela ineficácia do sistema de cotas.

Da mesma forma, o IPM/Previdência deixa a questão da aposentadoria dos servidores em suspense: dados apontam para um déficit atuarial da ordem de R$ 10 bilhões. Para atenuar a situação, reivindica-se um aporte financeiro no sistema IPM/Saúde e Previdência, por parte da Prefeitura.

A campanha reivindica também melhores condições de trabalho e a realização de concursos públicos; a revisão dos Planos de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), a implantação de anuênios, como também da Gratificação da Produtividade de Campo dos agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias, entre outros temas.

Ano passado, a Prefeitura não concedeu reajuste geral para os servidores, mas ganhos pontuais para algumas categorias como os professores.

(Foto – Suzana Mesquita)