Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

BNB fecha 19 agências e suspende inauguração de mais seis filiais

O Banco do Nordeste já fechou 19 agências. E seis que estavam prontas para abrir, não vão mais operar. A medida faz parte do ajuste fiscal da Instituição.

Para a presidente da Associação dos Funcionários do BNB (AFBNB), Rita Josina, essa decisão “vai na contramão de um banco de desenvolvimento que opera em área pobre.”

A categoria tentou reverter tal situação em Brasília, junto ao Conselho de Administração do BNB, mas o clima político efervescente das últimas horas atrapalhou a conversa.

Odilon Aguiar critica emenda que quer extinguir o TCM

73 1

O deputado estadual Odilon Aguiar (PMB) reafirmou, nesta quinta-feira, durante pronunciamento na Assembleia Legislativa, as críticas em relação à reedição de proposta de emenda à Constituição (PEC) que trata da extinção do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Para ele, o retorno da PEC é “uma afronta ao Supremo Tribunal Federal (STF)”, que decidiu pela suspensão dos efeitos da emenda anterior aprovada.

“O que a Assembleia está fazendo é uma provocação ao Supremo Tribunal Federal e à presidente Carmen Lúcia, que proferiu a decisão”, afirmou, lembrando: “Estamos num Estado de Direito, portanto temos que respeitar as decisões do guardião maior do nosso ordenamento jurídico”.

Odilon contestou as alegações de que a extinção seria necessária em razão da corrupção, da economicidade, da falta de transparência e da ineficiência da corte de contas. Disse que não há corrupção no órgão e acentuou que o TCM “é um dos mais bem avaliados do Brasil, com sessões transmitidas pela web.”

Odilon Aguiar lamentou a postura de Heito Férrer (PSB), que reapresentou a emenda: “O próprio deputado Heitor havia dito que a questão estava judicializada e não iria tratar dela dentro da Casa, para aguardar a decisão do Supremo, da Câmara e do Senado, onde o assunto vem sendo discutido”.

Em aparte, o deputado Ely Aguiar (PSDC) chegou a lembrar que muitos gestores estão envolvidos em corrupção, no que é sempre necessário o combate ao problema, o que exige ação dos órgãos de fiscalização.

Camilo e Zé Arnon vão entregar casas em Juazeiro do Norte

O governador Camilo Santana (PT) vai entregar às 17 horas desta sexta-feira, em Juazeiro do Norte (Região do Cariri), 781 unidades habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida, nos Conjuntos São Sebastião I e II, no bairro Betolândia. Na solenidade, estará o prefeito José Arnon (PTB), e secretários estaduais e município.

Foram investidos nos conjuntos São Sebastião I e São Sebastião II o valor de R$ 49,2 milhões, por meio do programa do Governo Federal, com investimentos do Estado e apoio do Município. Há cerca de 15 dias foram entregues as chaves aos beneficiários das novas moradias, após análise dos cadastros.

O Conjunto Sebastião I terá 333 casas e o II, 448. Durante a solenidade, os moradores receberão um kit contendo as lâmpadas, torneiras e chuveiros das casas.

Joaquim Barbosa pede aos brasileiros que se mobilizem pela renúncia de Temer

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, disse nesta sexta-feira (19), em seu Twitter, que os brasileiros devem se mobilizar para pedir a renúncia imediata do presidente Michel Temer.

“Não há outra saída: os brasileiros devem se mobilizar, ir para as ruas e reivindicar com força: a renúncia imediata de Michel Temer”, escreveu Barbosa.

“Isoladamente, a notícia extraída de um inquérito criminal e veiculada há poucas semanas, de que o sr. Michel Temer usou o Palácio do Jaburu para pedir propina a um empresário seria um motivo forte o bastante para se desencadear um clamor pela sua renúncia”, continuou.

O ex-ministro do Supremo chama de “estarrecedoras” as delações do empresário Joesley Batista, da JBS, envolvendo o presidente. “São fatos gravíssimos”, avaliou Barbosa.

Seria bom para o País um cenário econômico sem Temer?

Com o título “Cenários para a economia em ebulição”, eis artigo do presidente do Conselho Regional de Economia e professor da Uece, Lauro Chaves, sobre o quadro econômico do País em meio à crise, Para ele, seria bom um cenário sem Temer. Confira:

A economia é movida pelas expectativas e essas sofrem profundas influências do correto trabalho tanto do Ministério Público quanto da Polícia Federal na investigação e punição da corrupção, praticada por grande parte da classe política, envolvendo a totalidade dos grandes partidos.

Palmas para a Operação Lava Jato que, com os seus muitos acertos e alguns exageros e/ou erros, talvez esteja criando condições para uma grande revolução sem armas no Brasil, uma revolução que mostra como uma sociedade consciente cobra uma posição coerente do poder público, das instituições e dos seus representantes políticos.

Eticamente é estarrecedor que políticos tenham continuado a praticar delitos mesmo quando presos, que senadores, deputados, presidentes e ex-presidentes da República estejam envolvidos em atos ilegais, comprovados por gravações, por vídeos, por delações e/ou por fortes indícios colhidos pelos investigadores.

Não podia ser outra a reação da economia a fatos tão graves. Empresários adiando investimentos, Bolsa em queda com interrupção das atividades, dólar em alta, bônus de empresas brasileiras despencando no mercado internacional, entre outras reações advindas de uma economia em ebulição devido ao conturbado cenário político.

Assim, como nos últimos meses dos Governos Collor e Dilma, não existe a mínima condição política de governabilidade para a permanência do, já anteriormente frágil, Governo Temer. Em caso de renúncia ou impeachment, caberá ao Congresso eleger o presidente. O cenário de permanência de Temer sugere fortes emoções e instabilidade, o que seria péssimo para a economia.

Os cenários para mudança dependem do pacto político que será feito para a eleição do Governo de Transição no Congresso. Devem ser priorizados pontos mínimos como o equilíbrio das contas públicas, a prioridade na manutenção da inflação abaixo do centro da meta, acelerar as concessões, definição de obras de infraestrutura a serem aceleradas e o grande debate para uma profunda Reforma Política, a mãe de todas as reformas.

As reformas tributária, trabalhista e da Previdência seriam debatidas à exaustão para serem aperfeiçoadas e implantadas pelo presidente eleito em 2018.

*Lauro Chaves Neto

lchavesneto@uol.com.br

Presidente do Conselho Regional de Economia, consultor, professor da Uece e doutor em Desenvolvimento Regional.

Leitor pede ampliação de posto de saúde da Maraponga

O leitor David Coelho da Costa Filho, morador do bairro Maraponga, manda nota, em tom de queixa contra a Prefeitura de Fortaleza, abordando a situação do Posto de Saúde Pedro Celestino Romeiro.

Ele diz que o prédio fica instalado numa pequena casa , sem condições de atender com qualidade e conforto a todos pacientes. Necessita, portanto, de ampliação do imóvel, no que poderia contar com mais profissionais: ginecologista, obstetra, clínico-geral, pediatra, dentista, psiquiatra , cardiologista e ortopedista.

“Todos pagamos impostos e merecemos retorno da nossa contribuição. Apresento o problema, mas tenho uma solução simples e prática: o terreno da Prefeitura, ao lado do posto de saúde e da Escola Jacinto Botelho e Creche Jacinto Botelho poderia ser aproveitado.

Agradeço a atenção,

*David Coelho da Costa Filho,

Seu leitor.

MPCE solicita vistoria para apurar possíveis irregularidades ambientais no Centro Fashion

O Ministério Público do Ceará, por intermédio da 2ª Promotoria de Justiça do Meio Ambiente e Planejamento Urbano de Fortaleza, solicitou que órgãos de fiscalização realizem vistorias para averiguar a regularidade do empreendimento “Centro Fashion”, construído para acolher o comércio de moda popular em Fortaleza.

Segundo o promotor de Justiça José Filho, o Centro Fashion não possui licença ambiental, e ainda podem existir outras irregularidades. “O empreendimento não poderia ter sido inaugurado sem o devido licenciamento e isto, além de provocar lesão ao meio ambiente, coloca em risco a segurança das pessoas que utilizam o espaço. Precisamos garantir que todos os trâmites legais foram respeitados”, explica o membro do MPCE.

Foram oficiados a Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (SEUMA), a Secretaria Executiva Regional I (SER I), a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (SEMACE), a Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal no Ceará (DPF/CE) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (IBAMA).

A Promotoria de Justiça requereu à SEUMA que, no prazo de 10 dias, informe, após vistoria in loco, a atual situação do empreendimento e se existem outras irregularidades além da ausência da licença ambiental e, caso sejam constatadas ilegalidades, que o órgão registre auto de infração e a interdição do estabelecimento.

Solicitou-se da SER I que informe, em até 10 dias, se o espaço possui alvará de localização e funcionamento e, caso exista, que ele seja cassado devido à ausência de licença ambiental. Com isso, requer ainda que a Prefeitura de Fortaleza feche o estabelecimento até a sua completa regularidade. À Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal no Ceará, o MPCE pediu a abertura de inquérito policial para apurar possíveis crimes ambientais na construção e funcionamento do Centro Fashion.

O MPCE requereu, também, que o IBAMA e a SEMACE, no prazo de 20 dias, realizem fiscalizações no local e informem as possíveis lesões e riscos ambientais em relação as seguintes questões: se o empreendimento foi construído em área de preservação permanente do riacho Jacarecanga e qual a situação de degradação do riacho antes e depois da construção do prédio; qual a situação de licenciamento ambiental; dentre outras informações que os órgãos considerarem pertinentes para avaliar danos ambientais.

(Foto – Mauri Melo)

Câmara Municipal debaterá a implantação do Parque Lagoa da Viúva

A Câmara Municipal debaterá, a partir das 14 horas desta sexta-feira, a implantação do Parque Municipal Lagoa da Viúva. O encontro ocorrerá na Escola de Ensino Fundamental José Ciro Pereira (Rua Quartzo S/N, Jardim Jatobá, no Siqueira). “É uma luta histórica daquela comunidade, que reivindica um espaço de esporte e lazer e, desde novembro de 2015, o prefeito Roberto Cláudio já assinou decreto criando o espaço e todos estão ansiosos pela sua concretização”, explica o vereador Acrísio Sena (PT), autor do requerimento que viabilizou o debate.

Segundo Acrísio, um decreto garantiu a preservação da área, de 39 hectares, considerada Zona de Proteção Ambiental pelo Plano Diretor de Fortaleza, resultado da parceria entre a gestão municipal e os movimentos sociais como Centro de Defesa da Vida Herbert de Souza (CDVHS), Centro de Cidadania e Valorização Humana e Rede de Desenvolvimento Local e Integrado e Sustentável do Grande Bom Jardim (Rede DLIS).

Para essa audiência pública, foram convidados representantes do Ministério Público, Regional V, Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, Guarda Municipal e a Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente.

Secretário terá reunião com servidores para discutir a crise no ISSEC

O secretário do Planejamento e Gestão Pública do Estado, Maia Júnior, receberá, a partir das 9 horas desta sexta-feira, membros da Mesa de Negociação Permanente dos Servidores Públicos Estaduais. Será o primeiro encontro dele com esse organismo que encaminha reivindicações da categoria para o governo.

A pauta dessa reunião é uma só: como resolver o quadro de pré-falência do Instituto de Saúde do Servidor do Estado (ISSEC).

Segundo integrantes dessa Mesa de Negociação, o órgão vive dificuldade financeira, pois vendo tendo cortes significativos em seu orçamento a cada ano. Neste exercício, a redução atingiu R$ 30 milhões, o que gera menos oferta de convênios de saúde.

Michel Temer e um ato mesquinho

87 1

Com o título “Nos trilhos da legalidade”, eis o Editorial do O POVO desta sexta-feira. “Ao não renunciar, Temer talvez esteja pensando em salvar a sua pele agasalhado na imunidade institucional. É um ato mesquinho típico de quem não está pensando no País”, diz um trecho do texto. Confira:

Desde a volta da democracia nos idos da década de 1980 e da promulgação da Constituição de 1988, o Grupo de Comunicação O POVO sempre optou pela institucionalidade e pelas leis vigentes como resposta às crises que, com invulgar frequência, precipitam-se sobre a política do Brasil. Foi assim, por exemplo, nos delicados e traumáticos processos de impeachment de Fernando Collor, em 1992, e Dilma Rousseff, no ano passado.

Agora, diante dos avassaladores acontecimentos que atingem de forma muito direta o presidente Michel Temer, a postura do O POVO é e continuará a mesma. O roteiro a ser seguido está circunscrito aos artigos constitucionais e ao conjunto de leis que regem a nossa democracia que, sim, mostra-se resistente. Quanto mais apego à legalidade, mais capacidade o País terá de resistir aos abalos sísmicos que, de tempos em tempos, fazem a nossa política tremer a ponto de balançar, mas não cair.

O presidente Michel Temer fez ontem declaração pública afirmando que não renunciará. Porém, no que pese a sua reconhecida capacidade de articulação, é improvável que um governante que já penava pela impopularidade consiga conduzir o País diante das suspeitas de obstrução da Justiça que pairam sobre sua cabeça.

Ao não renunciar, Temer talvez esteja pensando em salvar a sua pele agasalhado na imunidade institucional. É um ato mesquinho típico de quem não está pensando no País. Sua decisão abre o flanco não para saídas heterodoxas do ponto de vista legal, mas pode ensejar mudanças nas regras que, por exemplo, viabilizem a aprovação de uma emenda à Constituição convocando eleições presidenciais diretas para o mandato-tampão.

Trata-se de uma saída possível e não desprovida de razoabilidade. É fato que a tramitação de uma emenda no Congresso teria de respeitar as rígidas regras de aprovação de uma Proposta de Emenda Constitucional.

TJ do Ceará encerra nesta sexta-feira inscrições para voluntários do projeto “Anjos da Adoção”

Serão encerradas nesta sexta-feira (19) as inscrições para seleção destinada ao provimento de 30 vagas para a função de “agente de proteção voluntário”. Os selecionados atuarão nas atividades do projeto “Anjos da Adoção”. As inscrições podem ser feitas, das 9 às 12 horas, na sala do Departamento de Agentes de Proteção, situada no Fórum Clóvis Beviláqua e, das 8 às 17 horas, no núcleo de atendimento localizado no Terminal Rodoviário Eng. João Thomé (Bairro de Fátima).

O interessado deve ser das áreas de Enfermagem, Psicologia ou Serviço Social – sejam profissionais, aposentados, estudantes ou mesmo agentes de proteção que ainda não atuam no projeto (seguindo as condições de participação que constam no edital). Além disso, o candidato precisa ser maior de 21 anos e ter disponibilidade para servir, sem ônus para o Estado, em horário fixo de até oito horas de serviço por semana, entre outras exigências.

O exame de seleção dos candidatos será feito na Escola Superior da Magistratura do Ceará (Esmec) neste sábado (20/05), às 7h30min. A prova terá três horas de duração para responder a dez questões de múltipla escolha, sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente, e redação, de no mínimo 15 linhas. O edital, com todas as informações sobre o processo seletivo, foi publicado no último dia 3, na página 10 do Caderno Administrativo da edição 1.663 do Diário da Justiça.

O Projeto

O projeto consiste na fiscalização de hospitais, maternidades e demais unidades de atendimento a crianças e gestantes, devido ao crescente número de morte de gestantes em decorrência de abortos, bem como o crescente número de crianças abandonadas nesses locais. O foco é no acolhimento, atendimento inicial e atenção a mães e crianças em situação de vulnerabilidade social e/ou com vínculos fragilizados. A realização é do Juizado da Infância e da Juventude de Fortaleza, da 2ª Promotoria de Justiça da Infância e Juventude e do Departamento de Agentes de Proteção.

De acordo com a justificativa do projeto, cabe aos agentes de proteção “atender, capacitar e empoderar essas mães e gestantes em situação de rejeição do feto ou filho através da detecção dos referidos casos e realização dos encaminhamentos necessários a que essas mães possam fazer a opção pelo parto em sigilo e entrega consciente de seus filhos em adoção a casais devida e previamente habilitados no Cadastro Nacional de Adoção (CNA), nos termos estabelecidos nos princípios e artigos de lei do Estatuto da Criança e do Adolescente” [Lei Federal nº 8.069 de 13 de julho de 1990].

SERVIÇO

*Departamento de Agentes de Proteção (Fórum Clóvis Beviláqua), das 9 às 12 horas – (85) 3492.8165.

* Núcleo de atendimento localizado no Terminal Rodoviário Eng. João Thomé, das 8 às 17 horas – (85) 3256.5786 (ramal 205).

Enem 2017 – Jovens de baixa renda podem garantir isenção por meio do aplicativo ID Jovem

Do Site da Secretaria da educação do Estado:

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem ser efetuadas somente até as 23h59min desta sexta-feira (19). E para facilitar o acesso de jovens de baixa renda, a Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) garantirá que os jovens cadastrados no programa federal Identidade Jovem (ID Jovem) possam ter isenção total do valor (R$ 82).

O coordenador especial de Políticas Públicas de Juventude Governo do Ceará, David Barros, explica que o Estado pretende garantir o crescimento da participação de estudantes de escola pública nos vestibulares e, com isso, potencializar o ingresso desses jovens no Ensino Superior. “A meta da Secretaria da Educação é que 100% dos estudantes da rede pública façam o Enem. A isenção através do aplicativo (ID Jovem) pode ajudar com que mais jovens no Estado do Ceará possam fazer parte dessa prova e, a partir daí, com mais inscrições, ter o aumento de jovens da escola pública adentrando na universidade, que essa é a nossa meta”, disse.

O ID Jovem é um documento que leva a brasileiros entre 15 e 29 anos acesso aos benefícios de meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos, como também vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual. O acesso a esses direitos para jovens é garantido por meio do Estatuto da Juventude – Lei nº 12.852/2013.

Os interessados em garantir a isenção da taxa de inscrição do Enem devem realizar o download o aplicativo do ID Jovem no celular. Para se inscrever no programa, o usuário precisa pertencer à família com renda mensal de até dois salários mínimos e estar com informações atualizadas no Cadastro Único do Governo Federal há pelo menos dois anos. Para alterar dados do cadastro, o jovem deve procurar o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) da cidade onde reside.

O estudante precisa ainda informar o seu Número de Identificação Social (NIS) no aplicativo – possível de consulta no Cartão Cidadão. “Com esses dados, você vai gerar o QR Code e pode solicitar no ato da inscrição do Enem a isenção”, complementou David Barros. A ID Jovem tem validade de 180 dias. Após o vencimento, é necessário revalidar o documento em nova consulta no app ou no site.

SERVIÇO

*Mais informações sobre o ID Jovem aqui.

 

Fiec divulga manifesto reafirmando compromissos com as reformas que tramitam no Congresso

A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) divulgou, nesta quinta-feira, nota a respeito dos últimos acontecimentos políticos no País. A nota estará publicada nos jornais do Ceará nesta sexta-feira (19/5). Confira:

MANIFESTO DA INDÚSTRIA CEARENSE

As recentes declarações dando conta da interferência da Presidência da República em atos que dizem respeito à operação Lava Jato preocupam a nação brasileira. As denúncias tornadas públicas impõem um posicionamento firme das instituições e dos cidadãos que prezam pela ética na dinâmica da democracia e pela retidão das condutas dos agentes públicos e privados.

A Federação das Indústrias do Estado do Ceará – FIEC entende que, diante da gravidade do cenário político nacional, torna-se urgente que a sociedade, dentro dos parâmetros estabelecidos pela Constituição Federal, assuma o papel de protagonista dos destinos do País para continuar trilhando o caminho da recuperação econômica.

A sociedade foi às ruas e expôs sua indignação com os desmandos que, ao longo do tempo, vinham dilapidando o patrimônio moral e destruindo a força econômica do Brasil. Tivemos uma importante mudança na configuração política, e voltamos a sonhar com o desenvolvimento. Os indicadores recentes mostram a retomada da curva do crescimento, sinalizando estarmos no caminho certo.

A indústria cearense, irmanada com toda a sociedade, mobiliza-se para evitar desvios que comprometam a trajetória da recuperação. Nesse sentido, defende que acima de qualquer inclinação política, os nossos destinos sejam conduzidos por alguém com credibilidade e forças necessárias para dar continuidade às mudanças.

Por fim, a FIEC reafirma o compromisso com as reformas que tramitam no Congresso, as quais são fundamentais para destravar as amarras que impedem a entrada do Brasil na era da modernidade. E conclama para que, juntos, busquemos alternativas constitucionais que ofereçam lideranças capazes de garantir as transformações em curso.

FIEC e Sindicatos filiados.

Prefeito entrega o Centro Cultural Belchior e comenta fala de Michel Temer

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), inaugurou, nesta noite de quinta-feira, na Praia de Iracema, o Centro Cultural Belchior. O ato conta com a presença de José Nilson, irmão do artista que morreu, no último dia 30 de abril, em Santa Cruz do Sul (RS) e foi sepultado em Fortaleza.

No ato, o prefeito destacou o legado de Belchior, destacando que o equipamento era uma homenagem da cidade que acolheu um dos maiores compositores do País.

O Centro Cultural Belchior, construído em um dos principais cartões postais da cidade, possui aproximadamente 850m², divididos entre um auditório, salas e galerias para exposição, biblioteca, café, sala de reunião, administração, banheiros – sendo feminino, masculino e para pessoas com mobilidade reduzida – e plataforma elevatória para cadeirantes, além de área de uso comum, no pavimento superior, de onde é possível contemplar o mar.

Estiveram também na solenidade o secretário municipal da Cultura, Evaldo Lima, o presidente da Câmara Municipal, Salmito Filho, o secretário municipal de Turismo, Alexandre Pereira, o secretário municipal do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Elpídio Nogueira, o superintendente estadual do Sebrae, Joaquim Cartaxo, vereadores e o deputado federal Odorico Monteiro (Pros).

Sobre Temer

Indagado sobre o pronunciamento de Michel Temer, acusado de dar aval para a compra do silêncio do ex-deputado federal Eduardo Cunha, segundo delação dos donos da JBS, o prefeito assim se manifestou, ao falar para O POVO Online:

“Frágil a situação do presidente. Frágil pela minúscula base de apoio popular, pela fragilidade política que ele passará a ter em sua base de apoio e pela gravíssima denúncia que foi apresentada. Tudo isso coloca o presidente em situação de enorme fragilidade. E o que é mais sério, a nossa democracia, economia e nosso povo em urgência de gravidade”.

SERVIÇO

Centro Cultural Belchior – Rua dos Pacajus, 123 – Praia de Iracema.

(Foto – Divulgação)

Fortaleza tem manifestação contra permanência de Temer

146 1

No meio da tarde a concentração ocorria na Praça da Faculdade de Direito da UFC.

Terminou, agora há pouco, a manifestação organizada por centrais sindicais, Frente Brasil Popular e Movimento Povo Sem Medo contra o presidente Michel Temer. O grupo saiu em passeata da Praça Clóvis Beviláqua (Centro) e percorreu vias até a Avenida 13 de Maio com a Avenida da Universidade, onde houve novo protesto. O trânsito ficou complicado na área.

Manifestantes levaram cartazes e faixas pedindo “Diretas Já” e “Fora Temer”. A Polícia Militar acompanhou, mas não fez projeção do número de participantes. Já a organização da passeata calculou cerca de três mil pessoas no ato.

Temer foi citado na delação dos donos da JBS como quem deu aval para que eles comprassem o silêncio do ex-deputado federal Eduardo Cunha na Lava Jato.  Nesta tarde de quinta-feira, o presidente, em pronunciamento à Nação, negou e avisou: não vai renunciar.

(Fotos – Divulgação)

SSPDS comemora a Semana da Segurança Pública com entrega da Medalha General Assis Bezerra

Nesta sexta-feira, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado vai comemorar, a partir das 9 horas, seus 20 anos com essa denominação. O evento acontecerá na sede da Academia Estadual da Segurança Pública (Aesp), órgão vinculado à SSPDS.

Durante o ato, haverá com a entrega da Medalha General Assis Bezerra, maior comenda da pasta, e do “Certificado de Relevantes Serviços Prestados” aos profissionais do Sistema de Segurança e personalidades que se destacaram no exercício de suas funções e contribuíram de forma relevante para a Segurança Pública do Ceará.

Entre os agraciados com a medalha está Victor Hugo Medeiros de Alencar, médico perito legista.

A iniciativa é uma das ações que integram a Semana da Segurança Pública, que ocorrerá até o próximo dia 24.

SERVIÇO

*Academia Estadual da Segurança Pública – Avenida Presidente Costa e Silva, 1251 – Mondubim.

Banco Central apresentará Relatório Regional em Fortaleza

Nesta sexta-feira, às 9h30min, ​o Banco Central vai apresentar, em sua sede em Fortaleza, o Boletim Regional. Trata-se de publicação trimestral cujo objetivo é trazer uma visão das regiões do país a partir de dados e indicadores econômicos.

Na ocasião, o chefe do Departamento Econômico, Tulio Maciel, e o coordenador da Gerência Técnica de Estudos Econômicos em Fortaleza, Afonso Eduardo Jucá, analisarão o conjunto de informações sobre as diversas regiões, com ênfase na Região Nordeste e no estado do Ceará.

A apresentação será dirigida aos representantes do setor público e privado, aberta à imprensa e seguida de entrevista coletiva.

SERVIÇO

*O Boletim Regional poderá ser acessado na página do BC na internet, a partir das 9 horas.

*Banco Central em Fortaleza (CE) – Avenida Heráclito Graça, 273, Centro.

Ministério Público vai ao shopping tirar dúvidas sobre processo de adoção

Promotores de Justiça e servidores integrantes do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude (CAOPIJ), do Ministério Público do Estado do Ceará, estarão presentes, a partir desta sexta-feira e até domingo, em um estande no Shopping Iguatemi, esclarecendo a população sobre processo de adoção e outras formas de ajudar crianças e adolescentes que estão sob a tutela do Estado. Na sexta (19) e sábado (20), a mobilização acontecerá das 10 às 22 horas, já no domingo (21), será das 14 às 20 horas, informa a assessoria de imprensa do MPCE.

A ação, que acontece em parceria com o Tribunal de Justiça e Defensoria Pública, tem o objetivo de divulgar a adoção legal, bem como os serviços auxiliares em relação ao processo adotivo como, por exemplo, o apadrinhamento. Os membros do MPCE Dairton Costa, Hugo Mendonça, Luciano Tonet e Sofia Melo conversarão com os cidadãos sobre os projetos e ações do Ministério Público cearense em defesa das crianças e adolescentes.

O apadrinhamento, promove a convivência familiar e comunitária a crianças e adolescentes acolhidos e que não tem perspectiva de serem adotados, por estarem fora dos perfis de candidatos a adoção. O relacionamento pode acontecer através de visitas aos abrigos, passeios ou estadia por até uma semana em um lar. É o Ministério Público que fiscaliza os processos de habilitação para apadrinhamento e adoção.

Uma das ações que o MPCE deseja implementar é o acolhimento familiar, que ainda não existe no Ceará. Ele acontece quando uma criança é abandonada pela família ou se encontra em uma situação de risco ou vulnerabilidade social precisa de um lugar de amparo. Normalmente, ela é direcionada para um abrigo, mas o desejo é que haja a possibilidade dela ser acolhida em um lar temporário.

A abertura da Semana da Adoção acontecerá na sexta-feira (19/05), às 9h, no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), em Fortaleza. Todas as ações fazem parte das comemorações ao Dia Nacional da Adoção, festejado em 25 de maio. O MPCE promoverá, entre os dias 22 a 26 de maio, uma série de audiências públicas na região do Cariri para sensibilizar e esclarecer a população do interior do Estado sobre a adoção legal.

Denúncias da JBS expõem o fim da política no Brasil, diz Rosa da Fonseca

Para a ex-vereadora de Fortaleza e militante do Crítica Radical, Rosa da Fonseca, a bomba que donos da JBS explodiram sobre Temer e Aécio Neves não lhe surpreende.

Ela afirma que, com seu grupo, há anos vem apregoando o fim da política e a necessidade de se repensar um modelo que faça a política ser voltada para as pessoas e não para interesses.

Rosa da Fonseca promete discorrer mais sobre o assunto nesta quinta-feira, a partir das 18 horas, no Espaço O POVO de Cultura & Arte, quando do lançamento do livro de Érico Firmo, jornalista e colunista de Política do O POVO.