Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Cid desiste de processo contra jornalista Ricardo Boechat

O ex-governador Cid Gomes desistiu de ação que movia contra o jornalista Ricardo Boechat, da Band News0. Saiu publicado no Diário da Justiça do dia 13 de junho esse pedido, segundo informações são do site do Tribunal de Justiça do Ceará. O então governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), movia processo judicial contra o jornalista Ricardo Boechat, da emissora de rádio Bandnews. Em comentário no mês de janeiro de 2013, Boechat chamou Cid de canalha devido à contratação da cantora baiana Ivete Sangalo para a inauguração do Hospital Regional Norte, em Sobral.

No comentário que provocou a ação, o jornalista questionou a postura da cantora baiana por ter aceito fazer o show e, embora ressalte que ela faz jus ao cachê, a artista deveria observar a natureza do contrato. Neste momento, ele passa a se deter sobre a postura de Cid. “Será que a saúde pública do Ceará pode dispor desse dinheiro prum espetáculo? Será que eu (Ivete, ao aceitar fazer o show) não tô entrando, sem perceber, na lógica canalha desses políticos, que acham que dinheiro público é pra isso? Como canalha é esse governador do Ceará. Porque isso é uma canalhice”.

Na época da polêmica, questionado pelo site Comunique-se, que faz análise de conteúdos jornalísticos, Boechat disse que profissionais de imprensa são muito cerimoniosos ao criticar políticos. “O Ceará é um estado miserável e analfabeto. Como um cara pega um jatinho e vai para a Europa com o dinheiro desse contribuinte? É um canalha, um canalha reincidente”.

(Foto  Agência Brasil)

Ministério Público do Ceará investe na modernização tecnológica

Diretores da Softplan e Plácido Rios.

O procurador-geral de Justiça, Plácido Rios, assinou, nesta terça-feira, com a empresa Softplan, em Florianópolis (SC), contrato para a implantação do Sistema de Automação da Justiça (SAJ) no Ministério Público do Ceará. O SAJ faz a gestão de processos judiciais e extrajudiciais do Ministério Público.

A assinatura ocorreu durante encontro de representantes do MPCE com a cúpula dessa empresa. O grupo conheceu as instalações, a infraestrutura para o desenvolvimento do sistema e os times responsáveis pela performance do SAJ. Os primeiros passos da transformação digital no Ministério Público do Ceará já estão definidos com o cronograma de ações. Os trabalhos iniciam imediatamente com a configuração da infraestrutura do MP e com o levantamento de dados. O planejamento é que o SAJ esteja em todas as promotorias e procuradorias de Justiça até dezembro de 2019.

“O SAJMP fará um recorte na história do nosso MP, que existe para ajudar a sociedade. Precisamos de agilidade na distribuição de Justiça. Até então, usávamos sistemas ultrapassados que impediam uma prestação de serviços mais assertiva. Certamente, a adoção do processo digital, com o auxílio de um sistema robusto, será fundamental para que tenhamos uma mudança de cultura e uma qualidade maior em nossas atividades”, acentua o procurador-geral do MP do Ceará.

Prefeitura e Governo vão ampliar as torres de vigilância em Fortaleza

Camilo e RC entregam a segunda torre, no bairro Goiabeiras.

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) confirmou o que havia dito para o, Blog em postagem cedo, nesta terça-feira: o projeto de segurança municipal vai ganhar uma dimensão bem maior, pois contará com o apoio do Governo do Ceará.

“Fizemos um projeto-piloto, com cinco torres de vigilância. Com a boa experiência que tivemos no Jangurussu, o governador ofereceu recursos para ampliar o projeto. Aumentaremos para 12 torres, fazendo um cinturão pela cidade”, informa o prefeito.

Confira o mapa com bairros, com alto índice de violência, que receberão torres

Além da célula de segurança do Jangurussu, a Prefeitura entregou equipamento no bairro das Goiabeiras. Ganhará mais sete com respaldo do Estado. A Prefeitura instalará torres e o Governo garantirá o videomonitoramento e polícia, que se juntará à Guarda Municipal.

UVA de Sobral ganha residência universitária

Nesta quarta-feira, às 9 horas, a vice-governadora Izolda Cela vai inaugurar a Residência Universitária (ReU) da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). O equipamento de apoio à permanência e desempenho acadêmico de alunos da Instituição integra o Programa de Assistência Estudantil do Governo do Ceará e tem capacidade para abrigar 200 alunos residentes em 24 apartamentos em um prédio de três pavimentos.

O evento, que contará com a presença do reitor Fabianno Cavalcante de Carvalho e da vice-reitora Izabelle Mont’Alverne, será realizado no prédio da Residência Universitária, na rua Larisman Torquato, nº 88, no bairro Coração de Jesus, próximo ao Ginásio Poliesportivo Plínio Pompeu, em Sobral (Zona Norte), informa a assessoria de imprensa do Palácio da Abolição.

Residência Universitária

O Programa de Residência Universitária (PRU/UVA) é parte das ações de apoio à permanência e desempenho acadêmico do aluno, desenvolvidas pela UVA e que integram o Programa de Assistência Estudantil do Governo do Ceará. O PRU assegura moradia a estudantes vindos de outros municípios e provenientes de famílias de baixa renda, regularmente matriculados em um dos cursos de graduação da UVA.

A seleção dos candidatos a ingressar no Programa de Residência Universitária é feita pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), mediante avaliação socioeconômica, conforme normas estabelecidas em Edital de Seleção.

(Foto – Divulgação)

Assembleia Legislativa promove audiência pública para debater o fortalecimento do BNB

A Assembleia Legislativa, através da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público, promoverá, a partir das 14 horas desta quarta-feira, a audiência pública para discutir questões relacionadas ao fortalecimento do Banco do Nordeste. A audiência atende a um requerimento do deputado Nestor Bezerra (PSOL) que, por sua vez, atendeu à solicitação da Associação dos Funcionários do BNB (AFBNB).

O BNB, às vésperas de completar 66 anos, segundo a AFBNB, sofre com a carência de pessoal enquanto há aprovados em concurso aguardando a convocação. A entidade defende o aumento da capilaridade do banco que, no entanto, fechou agências seguindo a determinação do governo federal para os bancos públicos

“Não bastassem esses problemas, projetos de lei cujo teor compartilha recursos dos Fundos Constitucionais (no caso, o FNE) ou os destinam para fins diversos que não os previstos na Constituição (a exemplo da nova lei do FIES), também são duros ataques ao banco”, destaca a associação representativa dos funcionários.

Fotógrafo Luizinho Ferreira comemora 40 anos com exposição

O fotógrafo Luizinho Ferreira lançará, dia 28, às 20 horas, no Centro Cultural Belchior, seu livro “Quando éramos felizes…nem tanto.” Com relatos e fotos de quem completou 40 anos de cliques.

“Nesse livro, misturo histórias vividas, perpassando um relato biográfico e momentos históricos do País e de algumas instituições do Ceará!, diz o autor.

A obra traz fatos do período entre 1977 a 1989.

(Foto – Paulo MOska)

Fortaleza recebe exposição sobre Nelson Mandela

A exposição “Mandela: de Prisioneiro a Presidente” será aberta ao público, a partir das 10 horas desta quarta-feira, no Centro Dragão do Mar. A mostra ainda inédita no Brasil reúne 50 painéis com fotos e 9 peças audiovisuais que contam a trajetória do líder sul-africano, em celebração ao seu centenário, em julho.

A mostra traça o percurso da vida de Mandela desde o início do ativismo contra Apartheid, regime racista do governo sul-africano que negava à população negra direitos civis, sociais e econômicos. Dividida em seis temas, “A pessoa”, “O camarada”, “O líder”, “O prisioneiro”, “O negociador” e “O homem de estado”, detalha a vida pessoal e a luta política de Mandela, abordando seus 28 anos de prisão, a vitória no Prêmio Nobel da Paz, até a eleição como primeiro presidente negro da África do Sul, em 1994.

Primeira estação

Fortaleza é a primeira cidade brasileira a receber a mostra que já passou por França, Suécia, Estados Unidos, Equador, Argentina, Peru e Luxemburgo e foi vista por mais de um milhão e 100 mil pessoas. “Para nós é um privilégio que o Dragão seja escolhido para receber uma mostra desse porte, ainda mais para apresentar ao público a trajetória de um dos mais importantes militantes da liberdade, da justiça e da democracia. Falar de Mandela é dar visibilidade à sua luta, mas sobretudo à nossa própria história”, diz Paulo Linhares, presidente do Instituto Dragão do Mar.

Segundo o presidente do Instituto Brasil África, João Bosco Monte, a escolha de Fortaleza para abrir o circuito da mostra e do Dragão como sede foi natural: “Consideramos a força da cultura negra no Ceará, pioneiro na luta pela libertação dos escravos, e também levamos em conta que a capital cearense foi onde o Instituto Brasil África começou, para eleger Fortaleza como a primeira cidade brasileira a receber a exposição. O Dragão do Mar, que leva o nome de um dos mais importantes personagens da história abolicionista do Ceará, é também um centro de arte e cultura de nível internacional, que reúne todas as condições para a perfeita execução da mostra, tal como foi concebida pelo Museu do Apartheid, na África do Sul”.

SERVIÇO

*Visitações até 30 de julho, de terça a domingo, das 9 às 19 horas (acesso até as 18h30min) e aos sábados, domingos e feriados, das 14 às 21 horas (acesso até as 20h30min).

*Acesso gratuito.

(Foto – Divulgação)

Polícia Civil do Ceará ganha reforço nesta quarta-feira

1402 1

 

O governador Camilo Santana (PT) vai nomear, nesta quarta-feira, os 646 aprovados da segunda turma do Curso de Formação para a Polícia Civil do Ceará. O ato ocorrerá no Centro de Eventos, a partir das 9 horas. São 86 delegados, 188 escrivães e 372 inspetores que concluíram as aulas na Academia Estadual de Segurança Pública (Aesp).

Esse grupo, segundo a assessoria de imprensa do Palácio da Abolição, será responsável por reforçar o trabalho da polícia judiciária na Capital, Região Metropolitana de Fortaleza e Interior, ampliando o número de delegacias, incluindo 24 horas, e de equipes especializadas. A primeira turma do concurso contou com 650 novos policiais civis e foi nomeada pelo governador em 2017.

(Foto – Divulgação)

Patriota confirma apoio à reeleição de Camilo Santana

Bruno e Acilon Gonçalves e Camilo durante evento oficial.

O Patriota (ex-PEN) do Ceará espera fazer até quatro deputados estaduais e ainda apostará em dois nomes para a Câmara dos Deputados. Eis a meta da direção estadual, informa o seu presidente, o ex-vereador Samuel Braga.

“Para deputado estadual, marcharemos sozinhos e, para a Câmara, estamos conversando com o PPS, PTB e o PPL”, adianta o dirigente da legenda.

Sobre a disputa governamental, o Patriota fechoui apoio á reeleição do governador Camilo Santana (PT).

DETALHE – O partido tem, entre suas principais lideranças, o prefeito do Eusébio, Acilon Gonçalves, e seu filho, o deputado estadual Bruno Gonçalves.

Artur Bruno receberá a Medalha Chico Mendes

O secretário do Meio Ambiente do Ceará, Artur Bruno, será agraciado, nesta terça-feira, às 19 horas, na Assembleia Legislativa,  com a Medalha Chico Mendes. A homenagem ocorrerá durante sessão solene que marcará também a abertura da II Conferência Estadual da Caatinga.

A homenagem a Bruno é motivada pelos Planos Estaduais e Políticas de Resíduos Sólidos, Florestamento e Reflorestamento e Mudanças Climáticas.

A medalha Chico Mendes consta na Lei Estadual nº 11.564/89, de autoria do então deputado João Alfredo, que determina que a comenda homenageie personalidades e/ou instituições que lutam na defesa da ecologia.

(Foto – Agência Câmara)

Energia para antecipar o futuro

Com om título “Energia para antecipar o futuro”, eis artigo de Maia Júnior, secretário do Planejamento e Gestão do Ceará (Seplag), que pode ser conferido no O POVO desta terça-feira. 

Nos anos 1970, o Ceará era um estado totalmente dependente da energia elétrica importada. As usinas de Paulo Afonso foram a benção que permitiu a algumas cidades deixar, ainda que de forma precária, utilizar derivados do petróleo para ter iluminação.

Na década de 1990, o governo do Ceará passou a apostar pioneiramente em energias alternativas, construindo um parque de energia eólica no Mucuripe, com capacidade de 2,4 megawatts (MW). Pouco tempo depois, duas outras usinas, nas dunas da Prainha e da Taíba, acrescentavam 15 MW.

O poder público demonstrou o potencial do Estado em um atlas eólico e essas iniciativas animaram potenciais investidores. Desde então, o vento soprou de forma favorável para a produção de energia no Ceará.

Hoje a energia eólica já supre a demanda estadual. Somada às termelétricas, o Ceará é exportador de energia. O potencial eólico do Ceará está comprovado.

Recentemente, por exemplo, investidores contrataram 14 novos projetos eólicos para o Estado, com investimentos de R$ 2,1 bilhões e geração de mais 390 GW. Mas nesse setor dinâmico é preciso sempre estar atento a novas possibilidades.

A autossuficiência energética e a mínima dependência de combustíveis fósseis são questões em evidência no mundo. Países como Inglaterra já anunciaram que vão proibir novos carros movidos a combustíveis nos próximos anos.

Estudos recentes apontam que até 2030, mais de 16% da frota mundial será movida a eletricidade. Uma revolução acelerada para um modelo industrial (baseado no petróleo) que demandou mais de um século para se firmar.

A autogeração residencial e empresarial é outra questão e irreversível. Por que, num futuro próximo, o Estado do Ceará, cujo custo anual com energia elétrica é superior a R$ 200 milhões, não se animaria a contratar com esses novos produtores para seu próprio consumo?

Há uma nova revolução em andamento no setor energético. E nós cearenses, que já provamos pioneirismo em produção de energia alternativas, precisamos convocar nossa inteligências para partir novamente na dianteira nessa corrida.

*Maia Júnior

maia.junior@seplag.ce.gov.br

Secretário do Planejamento e Gestão do Ceará – Seplag.

Grupo Pague Menos inaugura a farmácia nº 1000 em julho

336 1

A farmácia nº 1000 do Grupo Pague Menos (Bairro Aldeota), em Fortaleza, será inaugurada, após alguns adiamentos, em julho próximo. A informação é do superintendente de Relações Institucionais do Grupo, Geraldo Gadelha.

São três andares, com seis escadas rolantes, numa área construída de mil metros quadrados. O grupo não revela o total do investimento.

“Essa loja vai trazer um novo conceito de farmácia para nosso Estado”, acentua o superintendente rede Pague Menos.

SERVIÇO

*Farmácia 1000 – Rua José Vilar com Avenida Santos Dumont.

Ministério Público do Ceará convoca estagiários

O Ministério Público do Ceará, por meio do seu Núcleo Gestor de Estágio (Nuge), está convocando os estudantes aprovados no Edital nº 44/2016 para comparecer à Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) nesta quarta-feira (20/06), das 9 às 12 horas. Hora da entrega da documentação para assumir vaga de estágio em Fortaleza, informa a assessoria de imprensa do MPCE.

Os candidatos habilitados devem apresentar histórico escolar, comprovante de endereço, declaração de disponibilidade de horário e opção de turno (será entregue no Nuge), declaração de inexistência de antecedentes criminais, RG, CPF ou CNH, certidão de quitação eleitoral e militar e atestado de sanidade física e mental.

SERVIÇO

*Para mais informações, entrar em contato com o Nuge: (85) 3452-3762 ou nuge@mpce.mp.br.

Acesse aqui o Edital nº 34/2018.

*Nuge – Rua Assunção, 1.100, José Bonifácio.

General Theophilo participa de bate-papo, via Facebook, com Capitão Wagner

O pré-candidato ao Governo pelo PSDB, General Theophilo, iniciará, nesta quarta-feira, uma nova etapa de sua estratégia de comunicação que objetiva ampliar o seu nível de conhecimento no Estado.

A partir das 18 horas, ele participará de um bate-papo com o deputado estadual capitão Wagner via Facebook.

Nesta manhã, o tucano cumpriu agenda de imprensa, quando deu entrevistas para emissoras de rádio do Maciço de Baturité e Canindé. Em Fortaleza, deu entrevista para o programa do radialista Chico Rocha, na Assunção.

SERVIÇO

*Bate-papo do General será no Facebook do Capitão Wagner.

Projeto de lei quer proibir fornecimento de canudo plástico em Fortaleza

Um projeto de lei quer proibir o fornecimento de canudo plástico em estabelecimentos comerciais de Fortaleza. A proposta, de autoria do vereador Iraguassú Filho, líder do PDT na Casa já está em tramitação.

Com a iniciativa, estabelecimentos como hotéis, restaurantes, bares, padarias, clubes noturnos, salões de danças, eventos musicais de qualquer espécie, estádios de futebol, barracas de praia e comércio ambulante ficarão proibidos de fornecer canudo de plástico aos clientes.

“Temos que estabelecer uma preocupação em relação ao uso do plástico em nosso cotidiano, nosso mandato vem tomando essa atitude há algum tempo. Proibir o uso do canudo de plástico em Fortaleza pode ser visto como algo mínimo, no entanto, serão milhões de canudos a menos descartados de forma incorreta, chegando aos oceanos, prejudicando a vida marinha”, explica o vereador.

Alternativa

Como alternativa, os estabelecimentos poderão fornecer canudos biodegradáveis, fabricados de material comestível ou reutilizável. O descumprimento da lei acarretará em aplicação de multa entre R$ 1.965,00 a R$ 5.895,00, tomando como base a Unidade Fiscal de Referência do Estado do Ceará, instituído pela Secretaria da Fazenda.

A fiscalização ficará a cargo da Agência de Fiscalização Municipal (AGEFIS), com auxílio de Secretariais Municipais e demais órgãos públicos. Os valores arrecadados com multas, em casos de infrações, serão destinados ao Fundo Municipal de Defesa do Meio Ambiente.

(Foto – CMFor)

Ciro é o presidenciável melhor avaliado pelo mercado financeiro

2137 2

Ciro Gomes (PDT) é o melhor avaliado pelo mercado financeiro entre os pré-candidatos que disputarão a Presidência da República no pleito eleitoral deste ano. Pela avaliação, Ciro seria o melhor, por ter experiência como gestor público – ex-prefeito de Fortaleza e ex-governador do Ceará, tendo ocupado, inclusive, o Ministro da Fazenda (Governo Itamar Franco).

Já a ex-senadora Marina Silva, foi avaliada como uma candidata frágil, e com pouca expressão nacional.

Jair Bolsonaro, que também está na disputa, de acordo com o mercado, não convence a maioria dos brasileiros pelos inúmeros mandatos considerados fracos na Câmara dos Deputados.

(Com Agências/Foto – Reprodução de TV)

A escalação da Seleção Brasileira e os ministros do Supremo

Com o título O choque de realidade”, eis artigo de Ricardo Alcântara, escritor e publicitário, que pode ser conferido no O POVO desta terça-feira. Ele aborda a corrupção do País e ressalta que já não se escala mais a Seleção Brasileira com a mesma desenvoltura com que se pronunciam os nomes dos ministros do Supremo. Confira:

Jogo do Brasil, o motorista da Uber me recebe com uma camisa da seleção. Elogiei o “marketing”, mas ele confessou que o apelo tivera efeito contrário: as pessoas entram no carro, o veem assim e já começam a falar mal. Não da seleção, mas do País. “Está todo mundo de saco cheio. É muita corrupção!”, desabafou. Ponderei que não há novidade nisso e ele me deu uma boa resposta: “Doutor, uma coisa é saber e outra, muito diferente, é ver!”

Mário César (é seu nome) confessou seu sentimento de repulsa ao ver na televisão, diariamente, milionários confessando com frieza siberiana como fizeram para assaltar os hospitais públicos e perpetuar o atraso com a cobertura daqueles que prometeram defendê-los. De como o mesmo governo que dava com uma mão (“o Bolsa família”), tirava com a outra. De suas palavras, depreendi que o instituto da delação premiada, aplicado com senso midiático pelo Ministério Público, serviu como um choque de realidade para uma sociedade até então muito criativa na sua capacidade de se submeter ao recurso inconsciente do autoengano.

Já não se escala a seleção com a mesma desenvoltura com que se pronunciam os nomes dos ministros do supremo, mas não é possível, ainda, saber como tanta decepção afetará o processo eleitoral, mas uma boa medida está nos elevados índices de pessoas que não apontam candidatos nas pesquisas de opinião, percentuais bem maiores do que em eleições passadas para o mesmo período, e, ainda mais revelador, os igualmente elevados índices de rejeição aos candidatos: nenhum tem menos de 50 por cento e isso é um fato novo, muito significativo.

Não me agrada dizer, mas as eleições de 2018 não terão força para reduzir a distância entre a Nação e lideranças políticas em medida razoável. O nível de representatividade efetiva continuará baixo porque as cartas eleitorais estão viciadas por regras que não deixam espaços para uma remoção coletiva das quadrilhas que se apoderaram do Estado. O impasse permanece, se vista a camisa que quiser vestir.

*Ricardo Alcântara,

fortaleza.ricardo@gmail.com

Escritor e publicitário.

Festival Vida & Arte terá o Cabaré 70 de Ivonilo Praciano

Ator, cabeleireiro, jornalista, carnavalesco, cantor amador. Somados, os 70 anos de vida que Ivonilo Praciano completou no último dia 10 parecem não dar conta da intensa e múltipla trajetória do profissional. Recortes dessas vivências serão apresentados na obra cênica Cabaré 70, que mistura teatro, música e vida e tem direção dos jornalistas Demitri Túlio e Renato Abê. O projeto será apresentado no dia 24, às 21h30min, no Café Lúcia Dummar, dentro da programação do Festival Vida&Arte.

Na última quinta, 14, uma comemoração de aniversário que Ivonilo promoveu para amigos virou um “ensaio” do espetáculo. Acompanhado de Clementino Moura Filho, acordeonista, e David Simplício, violonista — que estão presentes em Cabaré 70 —, o homenageado treinou algumas das canções que irão compor o repertório da apresentação — ou, pelo menos, “podem” compor. É que a relação entre músicos e cantor é muito conversada, livre. “Vamos fazer agora… Tu lembra daquela?”, pergunta David, dedilhando o violão. Ivonilo reconhece de pronto e entoa: “Se alguém perguntar por mim / Diz que fui por aí…”.

O formato de Cabaré 70 equilibra músicas do estilo cabaré com histórias da trajetória de Ivonilo contadas pelo próprio artista. Entre elas, momentos como aquele em que se encantou por Madame Rochás, com quem aprendeu a cortar cabelos; a ida ao Rio de Janeiro; a entrada no curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará; os anos em que desfilou como rainha do maracatu; e o início no O POVO, há 36 anos.

“Ivonilo tem uma trajetória que passa por teatro, carnaval, gastronomia, jornalismo. São 70 anos de pura intensidade”, define Renato. O jornalista explica que o projeto surgiu a partir de intenções paralelas que ele e Demitri tinham de produzir obras com o homenageado. O ponto de partida do espetáculo foi a entrevista que Ivonilo concedeu a Demitri em 2009, nas Páginas Azuis do O POVO. “Ele já tinha vontade de contar a história do Ivonilo havia mais de uma década. Com a data fechada dos 70 anos, a mobilização ficou forte e eu entro nessa história porque, desde 2016, tenho pensado produtos com o Ivonilo”, contextualiza. “A ideia é que seja, inicialmente, essa obra cênica, mas que se desdobre em outras experiências”, adianta Renato.

A multiplicidade de Cabaré 70 se faz presente, ainda, no encontro de gerações que o permeia. No palco, ele se dá entre Ivonilo e os jovens músicos. “Eu me sinto da idade deles”, ri-se o jornalista. “O Ivonilo tem muita experiência, além de ser uma pessoa muito simpática, humilde. É um aprendizado”, afirma Clementino, de 20 anos. “Eu sinto que eu que tenho 70 e o Ivonilo tem 22. É um dos shows mais ousados que já fiz”, confessa David. Sem pretensões de se definir como cantor profissional, Ivonilo divide que encontra, na parceria com os músicos, segurança. “Eu sou explosão, mas quando eles estão tocando, há um senso profissional imenso. Me sinto seguro, garantido”, afirma.

Já nos bastidores, se cruzam gerações não somente do jornalismo, mas do teatro: Demitri tem experiências como ator — é formado pelo Curso de Arte Dramática (CAD) — e Renato é dramaturgo. “O Ivonilo começou na área na década de 1970, o Demitri vem nos anos 1990 e eu a partir de 2010, quando passei a trabalhar também com teatro. Já vínhamos trocando figurinhas e vendo que o que mobiliza a classe teatral agora é muito diferente do que mobilizava nas épocas do Demitri e do Ivonilo. Mas, também, vendo que muitas coisas nunca mudam: o desejo de transgressão é comum às três gerações”, considera Renato. “O Ivonilo quer muito isso em cena, o que casa com a minha loucura e a do Demitri, de não ser uma obra fechadinha, redonda”, avança. “Identifico em nós, também, vontade de comunicar. São três jornalistas, três pessoas do teatro que criam cena, música e tudo que vem depois”, resume Renato.

SERVIÇO

*Café Lúcia Dummar — Centro de Eventos do Ceará – Avenida Washington Soares, 999.

*Quanto: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) – válido para toda a programação do dia no evento (o acesso aos espaços estará sujeito a lotação). Ingressos antecipados à venda no site do evento, na recepção do Jornal O POVO (Avenida Aguanambi, 282 – Joaquim Távora) e nas Lojas JEF Iguatemi e RioMar Fortaleza.

*Programação completa: www.festivalvidaearte.com.br

(O POVO – Repórter João Gabriel Tréz)