Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Governo Michel Temer – Sem clima para fazer as reformas

Com o título “Sem clima para reformas”, eis artigo do jornalista Ítalo Coriolano, editor-adjunto de Conjuntura do O POVO. Para ele, Temer não tem condições de fazer reformas e sua gestão, que não melhora a economia, vai definhando. Confira:

Com o avanço da Lava Jato sobre a cúpula da administração Temer e o comando das duas casas legislativas, além da forte insatisfação popular que começa a tomar conta das ruas, fica insustentável levar à frente as radicais reformas pretendidas pelo Palácio do Planalto. Fosse um governo forte, legitimamente eleito, surfando em popularidade, já seria complicado. Agora imagine para um grupo que, dia sim, dia não, precisa se explicar por causa de graves denúncias, afastar um ministro acusado de corrupção ou recuar de alguma medida polêmica.

O presidente da República, entretanto, parece ficar alheio à realidade, ou, numa linguagem mais popular, prefere “se fazer de doido para melhor passar”. No mesmo dia em que protestos tomaram conta do País, indo muito além de atos isolados vinculados a sindicatos ou partidos de esquerda, o peemedebista afirma que “a sociedade brasileira, pouco a pouco, vai entendendo que é preciso dar apoio” a medidas como as mudanças na Previdência e na legislação trabalhista.

Muito pelo contrário. A sociedade, pouco a pouco, está compreendendo que a atual proposta do Executivo é injusta e retira direitos, ameaçando a aposentadoria de milhares de trabalhadores. A resistência diante da crueldade patrocinada pela atual gestão vem mesmo até de membros da base aliada de Temer, que apresentaram diversas emendas que, na prática, minam os objetivos centrais do governo. Afinal, sabem que os efeitos eleitorais dessas alterações serão devastadores.

Já passou da hora de Michel Temer enxergar que não possui condições para tocar esses projetos. Não se trata de tomar ações “populistas ou populares”, como fez questão de salientar, mas de ter o mínimo de bom senso e inteligência. O presidente precisaria, neste momento, é estar preocupado em como concluir seus próximos dois anos no poder, em vez de comprar brigas desestabilizadoras.

Completará um em abril aos trancos e barrancos, sem nenhuma melhoria concreta que possa ser destacada. Caso insista na ideia de um governo reformista, alimentará a revolta da população e, consequentemente, a atual crise. Reconhecendo a própria mediocridade e se aquietando, estará fazendo um grande favor ao nosso País.

*Ítalo Corioloano,

Editor-Adjunto de Conjuntura do O POVO.

Camilo e Roberto Cláudio acompanham na Bovespa leilão de concessão do Pinto Martins

O governador Camilo Santana (PT), acompanhado do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), já se encontra, neste momento, na sede da Bovespa, em São Paulo, onde haverá o leilão de concessão de quatro aeroportos, entre os quais o Pinto Martins.

Há três empresas da Europa na disputa pelos quatro terminais a serem concessionados, Fortaleza é considerado o aeroporto que será mais disputado ante os outros (Salvador, Florianópolis e Porto Alegre).

A francesa Vinci Airports, a suíça Zurich e a alemã Fraport entregaram documentação para a disputa pelos terminais. A localização mais aproximada da Europa e o apelo turístico forte são pontos considerados para que as três empresas estejam interessadas.

(Foto- Cláudio Barata)

 

Acquario do Ceará virou aquario de larvas do mosquito Aedes aegypti?

(Atualização – 13h24min)

A Prefeitura de Fortaleza anunciou que reforçou as ações preventivas contra o mosquito Aedes aegypti. Muito bem.

Agora é começar a circular mesmo não só por casas e prédios públicos, mas, também, por obras inacabadas como o Acquario do Ceará.

Os moradores do entorno estão preocupados. Com as chuvas constantes se registrando na Capital, eles temem que o acquario, prometido para ser um megaprojeto turístico com tudo que é espécie marinha, esteja servindo de tanque para a proliferação de larvas do Aedes aegypti.

(Foto – Carlinhos Bezerra, leitor do Blog)

Ponto estratégico

Sobre esse caso, a Assessoria de Imprensa da Secretaria de Infraestrutura do Estado informa que o canteiro do futuro Acquario do Ceará entrou no controle de endemias do município (SMS). Ao lado dele, borracharias, aeroporto, etc.

Passou a ser considerado um ponto estratégico, que é acompanhado de forma mais próxima pelo órgão, com visitas quinzenais ao equipamento. A última, segundo a Secretaria Municipal da Saúde ocorreu no dia 3 de março.

Jair Bolsonaro agenda visita ao Ceará

523 4

“Me aguarde!”

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quinta-feira:

A Praça Portugal, que foi o local preferido das manifestações pró-impeachment de Dilma Rousseff, voltará à cena política. Ali haverá um ato político no próximo dia 28.

Não, não será tocado pelo Instituto Democracia e Ética (IDE), cujo comando tinha identificação com o PSDB. Entrará em cena agora o Movimento Direita Ceará, coordenado pelo empresário Heitor Freire, que já definiu três pautas de luta a serem divulgadas na manifestação: 1) Apoio total à Lava Jato; 2) Fim do foro privilegiado; 3) Revogação do Estatuto do Desarmamento.

Coincidência: a pauta defendida pelo Direita Ceará é a mesma que o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), pré-candidato a presidente da República, vem apregoando em seu giro pelo País. Bolsonaro, inclusive, está acertando vinda ao Ceará.

Fortaleza recebe audiência sobre Novo Código de Processo Penal

A Comissão Especial do Novo Código de Processo Penal (CPP), presidida pelo deputado federal Danilo Forte (PSB), realizará, a partir das 16 horas desta quinta-feira, no Auditório Murilo Aguiar, da Assembleia Legislativa, uma audiência pública para debater a reforma e modernização do processo penal no Brasil. O encontro vai reunir especialistas da área, juristas e operadores do sistema de justiça.

Foram convidados a dialogar e contribuir com o trabalho da Comissão o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Napoleão Nunes Maia, o relator da comissão, deputado João Campos (PRB-GO), o presidente da Ordem dos Advogados do Ceará, Marcelo Mota, e o advogado e ex-presidente da OAB-CE, Paulo Quezado.

Serão abordadas novas propostas como a introdução do “Juiz de Garantias”, a “Aplicação Imediata da Pena”, e alterações no texto das “Medidas Cautelares Pessoais e Reais”. Com a criação de novas leis que tratam do procedimento do júri, da prova e do procedimento geral, e com a readequação das já existentes, a reforma do CPP busca alcançar a celeridade e efetividade do processo penal.

Assembleia Legislativa vai votar a proposta de reajuste dos servidores nesta quinta-feira

Evandro Leitão é o líder do governo na Casa.

A Assembleia Legislativa deverá aprovar, nesta quinta-feira, a proposta do reajuste salarial dos servidores. O percentual é de 2% para todos os segmentos, com 6,29% para aqueles que percebem a remuneração mínima no Estado.

Segundo sindicalistas do Mova-se, a categoria, com a aprovação dessa mensagem, vai entrar no terceiro ano sem reajuste.

O governo estadual, no entanto, rebate e informa que vários setores da gestão foram contemplados com reajustes diferenciados e estudados caso a caso. Um exemplo disso: a área da segurança pública, que também conseguiu resgate de promoções.

Chuvas reforçam volume do Rio Salgado

Choveu, até as 8 horas desta quinta-feira, em 47 municípios cearenses, de acordo com boletim divulgado pela Funceme. As boas chuvas registradas no Vale do Cariri, nas últimas semanas, têm contribuído para aumentar o volume do Rio Salgado, que corre para o Castanhão. Confiras as maiores chuvas:

Limoeiro Do Norte (Posto: Bixopa) : 92.0 mm

Massapê (Posto: Massape) : 83.6 mm

Granja (Posto: Pessoa Anta) : 75.0 mm

Senador Sá (Posto: Salao) : 62.0 mm

Granja (Posto: Timonha) : 57.0 mm

Morada Nova (Posto: Lagoa Da Serra) : 42.0 mm

Miraíma (Posto: Miraima) : 40.0 mm

Frecheirinha (Posto: Frecheirinha) : 37.0 mm

Alcântaras (Posto: Alcantaras) : 36.4 mm

Crato (Posto: Lameiro) : 34.0 mm

(Foto – Leitor do Blog)

Polícia Civil – Delegados participam de ato público contra a reforma da Previdência

Com o tema “Policial idoso, segurança em jogo”, delegados da Polícia Civil participaram de ato público, nessa quarta-feira (15), em frente à Assembleia Legislativa do Ceará, contra a reforma da Previdência.

Segundo o movimento organizado pela União dos Policias do Brasil (UPB), com apoio de sete entidades de classe no Ceará, caso a reforma seja aprovada o policial terá que trabalhar até 70 anos de idade.

“É inaceitável uma proposta como essa. O Governo querendo tirar nossa aposentadoria especial e esquecendo dos riscos que temos ao exercer essa profissão”, disse o delegado Pedro Viana, 2º vice-presidente da Adepol/CE.

Na semana passada, o presidente da Adepol/CE, delegado Milton Castelo, esteve em Brasília, onde encaminhou sugestão de emenda que remete a regulamentação da aposentadoria policial à Lei Complementar, sem incidência do texto da PEC 287/2016 sobre os servidores policiais dos órgãos previstos no artigo 144, I, II, III e IV (respectivamente Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Ferroviária Federal e Polícia Civil).

(Foto – Divulgação)

Funceme prevê chuva em todo o Ceará no início desta manhã

Chove em Fortaleza desde a madrugada desta quinta-feira (16), mas a chuva deverá cessar durante o período da tarde, segundo previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). A mesma previsão recai sobre todo o Estado.

Para esta sexta-feira (17), a Funceme aponta o mesmo quadro. O céu claro retorna somente no sábado (18), durante o período da tarde.

Cartão BNB ganha prêmio nacional de inovação

Marcos Holanda preside o BNB.

O Banco do Nordeste recebeu, nesta quarta-feira, o Prêmio Melhores Práticas da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito (Prêmio ABECS), maior iniciativa do segmento de meios eletrônicos de pagamentos no Brasil. A instituição foi reconhecida pela inovações apresentadas na concessão de crédito pelo Cartão BNB, produto desenvolvido para desburocratizar o acesso aos recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). O BNB concorreu com outras 34 empresas, dentre elas Cielo, Santander, BB Cartões e Itaú. Os outros dois vencedores foram os cartões Livelo (Bradesco e BB) e PayPal.

O prêmio foi recebido pelo superintendente de Produtos e Serviços Bancários do Banco do Nordeste, Francisco Céliton Freire Nogueira, e pelo coordenador do projeto Cartão BNB, Elmo Luiz Machado Sette Junior, durante o 11º Congresso de Meios Eletrônicos (CMEP), que aconteceu nesta semana, em São Paulo. A informação é da assessoria de comunicação do banco.

O Cartão

O Cartão BNB permite contratações com recursos do FNE com base em linha de crédito rotativa e com limite pré-aprovado. Entre os itens financiáveis, estão a compra de matéria-prima, insumos e mercadorias necessárias à constituição de estoque, além da aquisição de máquinas, veículos e equipamentos.

“Estamos buscando fazer o FNE cada vez melhor. É uma honra para Banco do Nordeste ser reconhecido por um produto importante para o desenvolvimento regional, que atende a todos os portes de clientes de diversos segmentos da economia, incluindo agropecuária, indústria, e comércio”, afirma Céliton Nogueira. Ele acrescenta que o Cartão BNB oferece bônus de adimplência de 15% sobre os juros do FNE e parcelamento em até 72 meses no momento da compra.

Somente em 2016, ano de seu lançamento, o Cartão BNB foi utilizado por 1.200 empreendedores nordestinos e do norte de Minas Gerais e Espírito Santo, em financiamentos que totalizaram a quantia de R$ 245 milhões.

Prêmio

O Prêmio Abecs de Melhores Práticas foi criado para reconhecer e divulgar iniciativas exitosas relacionadas a meios eletrônicos de pagamento que contam com diferenciais inovadores em seu desenvolvimento e implantação.

São levados em conta critérios de avaliação como inovação, sustentabilidade, relevância, institucionalização e integração que o projeto proporciona para o mercado e para a sociedade.

Caso Zé Maria do Tomé – Novo pedido de vista suspende julgamento do processo do ambientalista


A desembargadora Francisca Adelineide Viana pediu vista do Recurso em Sentido Estrito que trata do assassinato do ativista ambiental e líder comunitário José Maria Filho (Zé Maria de Tomé). Com a medida, ocorrida na sessão da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará desta quarta-feira (15/03), fica suspenso o julgamento até a apresentação do novo voto-vista, informa o site do TJCE.

Durante a sessão, o desembargador Haroldo Correia de Oliveira Máximo, que havia pedido vista anteriormente, apresentou voto decidindo pelo improvimento total do recurso de Francisco Marcos Lima Barros, mantendo a submissão dele ao julgamento do júri popular. Em relação a João Teixeira Júnior e José Aldair Gomes Costa, o magistrado decidiu pela impronúncia, mas negou a absolvição sumária.

O desembargador Haroldo explicou que, após análise dos autos, “não se extrai elementos suficientes para a pronúncia dos acusados João Teixeira Júnior e José Aldair Gomes Costa”. Também destacou que “nenhuma testemunha confirma que tenham sido eles os autores intelectuais do delito”.

Em relação a Francisco Marcos, o desembargador entendeu que as circunstâncias e versões apresentadas “são elementos capazes de gerar dúvida razoável no julgador, a ser dirimida pelo Tribunal Popular do Júri”.

O prazo para apresentação do voto-vista é de dez dias úteis, prorrogáveis por igual período, segundo o Regimento Interno do TJCE.

O processo, da relatoria do desembargador Martônio Pontes de Vasconcelos, foi levado a julgamento no último dia 22 de fevereiro. Na ocasião, o desembargador Haroldo Máximo, presidente da 2ª Câmara Criminal, pediu vista do recurso.

O CASO

De acordo com a denúncia do Ministério Público do Ceará (MPCE), em 21 de abril de 2010, José Maria Filho foi assassinado com 25 tiros de arma de fogo calibre .40, armamento este de uso restrito. O crime ocorreu por volta das 15h, na localidade Sítio Tomé, Limoeiro do Norte, e tendo como mandante o empresário João Teixeira Júnior, que teria mandado José Aldair contratar os serviços de um pistoleiro para matar a vítima.

O MPCE ressalta que o líder comunitário era envolvido nas causas sociais de sua comunidade e reivindicava melhorias de condições de vida para as famílias de pequenos agricultores na Chapada do Apodi. Entre as várias reivindicações, destaca-se o combate ao uso abusivo de agrotóxicos, principalmente por meio de pulverização aérea, denúncia de contaminação da água com agrotóxicos e ocupação irregular de grandes empresas em áreas públicas. Por causa das reivindicações sociais, teria feito vários desafetos, entre os quais João Teixeira Júnior, proprietário da empresa Frutacor.
Inconformados, os réus interpuseram recurso no TJCE contra a decisão sob alegação de não terem cometido o crime.

Comissão Especial da Reforma Trabalhista fará audiência pública na Assembleia Legislativa

Fortaleza será sede de audiência pública da Comissão Especial da Reforma Trabalhista. Está marcada para as 9 horas do próximo o dia 3 de abril, no plenário da Assembleia Legislativa, informa o deputado federal Cabo Sabino (PR). O encontro atende a um requerimento do parlamentar cearense.

O objetivo, de acordo com Cabo Sabino, é discutir os impactos da reforma para os trabalhadores e o mercado de trabalho. “Queremos , com essa comissão, possibilitar a sociedade a oportunidade de debater, conhecer melhor e contribuir para o projeto, bem como oportunizar a sociedade civil organizada e a população em geral do setor, sobre tema tão relevante”, justifica o deputado.

A comissão foi instalada no último dia 9 de fevereiro, e analisará 13 pontos que poderão ser negociados entre patrões e empregados e, em caso de acordo, passarão a ter força de lei.

Sindiagua aproveita dia nacional contra reformas para reforçar luta contra privatização da Cagece

O trabalhadores do saneamento de Fortaleza, puxados pelo Sindiagua, marcaram presença no ato nacional contra a Reforma da Previdência que reuniu, nesta quarta-feira, milhares de pessoas nas ruas do Centro. Além da luta contra a PEC 287 e a reforma trabalhista, o Sindiagua também levantou a bandeira da luta contra a privatização e as PPPs do setor de saneamento. O Ceará está na lista dos estados interessados em aderir ao programa de concessões patrocinado pelo Governo Temer.

“Mesmo o governador Camilo Santana tendo assegurado pessoalmente ao Sindiagua que seu governo não vai privatizar a Cagece, há uma sinalização de que o Ceará pode entregar os serviços de água e esgoto das regiões metropolitanas de Fortaleza e do Cariri a uma empresa privada por meio de PPP. E nós não concordamos, porque trata-se de entregar a gestão do saneamento das duas regiões que dão maior receita à Cagece para a iniciativa privada. No final acaba sendo uma privatização”, alertou Jadson Sarto, presidente do sindicato.

O governador prometeu receber o Sindiagua até o mês de abril para tratar do assunto. “Não faltam exemplos que mostram que privatizar a água é um mau negócio para a população, pois gera aumentos exorbitantes de tarifas, queda na qualidade dos serviços e desemprego. Nos últimos 15 anos, 180 cidades de 35 países retomaram o serviço de saneamento das mãos da iniciativa privada, entre elas grandes capitais, como Paris, Berlim e Buenos Aires. Em Pernambuco, onde foi feita uma das maiores PPPs do saneamento do Brasil, a população convive com atrasos em obras e o acesso ao esgoto está praticamente estagnado. Além disso, a PPP vem sendo questionada pelo TCE porque a empresa não vem cumprindo o contrato”, ressalta Jadson.

Durante o ato nacional, várias lideranças sindicais e políticas manifestaram apoio à luta do Sindiagua e da categoria contra a privatização da água.

(Site do Sindiagua)

Praia do Futuro – Julgamento sobre permanência das barracas é suspenso

A ação movida pelo Ministério Público Federal, Advocacia Geral da União e Município de Fortaleza contra a ocupação atual das 153 barracas na Praia do Futuro foi suspensa. Segundo Fátima Queiroz, presidente da Associação de Barracas da Praia do Futuro, o processo de julgamento foi suspenso “em razão de um desembargador ter feito pedido de vistas ao processo”.

A informação foi repassada por advogados que representam os empresários e acompanhavam o julgamento no plenário do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), em Recife, na tarde de hoje.

Conforme o TRF5, o pedido foi requerido pelo desembargador Roberto Machado para uma análise mais apurada do caso. Ainda conforme o Tribunal, o processo deve voltar a ser julgado em “um outro momento”.

Satisfeita, Fátima estima que outra votação seja realizada dentro de um prazo de dois ou três meses. Detalhes acerca da votação, acrescenta, devem ser divulgados apenas nesta quinta-feira, 16. “Amanhã a gente sabe os detalhes, mas isso já nos tranquiliza”.

(O POVO Online/Foto – Paulo MOska)

Ciro Gomes: Buraco da Previdência são aposentadorias precoces de políticos, Judiciário e MP

“O buraco da Previdência são as aposentadorias precoces dos políticos, da magistratura, do Ministério Público, aposentadorias especiais, pensões, etc de alguns setores da sociedade. Essa proposta não mexe em absolutamente nada”, disse, nesta quarta-feira, em sua página no Facebook, o pré-candidato a presidente pelo PDT em 2018, o ex-ministro Ciro Gomes. Ele comentou a polêmica em torno do projeto de reforma da Previdência Social do governo Temer.

Para Ciro Gomes, é fundamental que se discuta o tema levando em conta uma diferenciação por profissão para que não se trate igual “trabalhadores de escritório” e “operário da construção civil”, por exemplo.

Ciro afirmou também que o problema da Previdência “não é a despesa”, mas o sistema dela. “Precisamos evoluir para um sistema que não seja mais o de repartição, mas de capitalização. Em vez de arrecadar e distribuir, a gente arrecada, cria fundos públicos geridos por trabalhadores”.Sobre a proposta em discussão, disse que ela “não toca nos privilégios”.

“Alguém que nasce, trabalha e vive no Semi-Árido não tem expectativa de vida que chegue aos 65 anos que a reforma do seu (presidente) Michel Temer (PMDB) está fazendo. Enquanto isso, os trabalhadores de escritório como eu ficam sendo tratados de igual para igual com um operário da construção civil, não me parece que isso seja razoável”, expôs. o ex-ministro.

 

Vítima de picada de cobra será indenizada com R$ 8 mil

Um homem que perdeu os movimentos em um dedo da mão após ser picado por cobra ganhou na Justiça o direito de receber R$ 8 mil de indenização por danos morais e estéticos. A decisão, proferida nessa quarta-feira (15/03), é da 3ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça e foi divulgada no site do TJCE.

O incidente ocorreu em abril de 2012, no Arara Park, localizado no Município de Barbalha, a 535 km de Fortaleza. A relatora do processo foi a juíza convocada Marlúcia de Araújo Bezerra. “Estando o empreendimento instalado em área de proteção ambiental, é de se esperar que haja a presença de animais silvestres no local, cabendo ao prestador do serviço adotar medidas preventivas para evitar incidentes como o que ora se nos apresenta”, explicou a magistrada.

Conforme os autos, a vítima, um representante comercial, foi passear no referido Park e, durante o percurso, foi mordido no dedo mínimo da mão esquerda por cobra da família das jararacas. Ele foi conduzido em veículo da empresa, acompanhado apenas por motorista para o hospital. Explicou que, por causa do veneno da cobra, sofreu necrose no dedo e perdeu o movimento dele.

Por isso, ajuizou ação requerendo reparação por danos morais e estéticos. Argumentou que a empresa nunca prestou nenhum auxílio no custeio do tratamento dele, nem lhe deu a devida atenção.

Na contestação, o Park sustentou ter prestado atendimento adequado à vítima. Disse ainda que o homem busca o Judiciário para se locupletar indevidamente e exigir indenização que não lhe é devida.

O Juízo da 2ª Vara Cível de Crato condenou o estabelecimento ao pagamento de indenização por danos morais e estéticos, no valor de R$ 8 mil. Requerendo a reforma da sentença, a empresa apelou (nº 0034266-35.2012.8.06.0071) no TJCE. Reiterou não ter culpa pelo ocorrido, uma vez que o acidente aconteceu fora dos limites do parque aquático.

Ao julgar o caso, o colegiado da 3ª Câmara de Direito Privado manteve a decisão de 1º Grau, acompanhado o voto da relatora. A magistrada destacou a responsabilidade do parque pelo ocorrido, tendo em vista constar nos autos prova testemunhal colhida durante a instrução processual, dando conta de que o incidente se deu nas dependências do parque.

Tasso recebe Anvisa para discutir tratamento de amiotrofia espinhal e outras doenças raras

107 1

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) recebeu, em seu gabinete de Brasília, nesta quarta-feira, o diretor-pPresidente da Anvisa, Jarbas Barbosa,  a deputada federal Mara Gabrilli (PSDB-SP) e a presidente da Associação Brasileira de Amiotrofia Espinhal, Fátima Braga. O objetivo foi discutir a incorporação de medicamentos que já existem no exterior para o tratamento de Amiotrofia Espinhal e outras doenças raras por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Com cerca de 10 mil pacientes com amiotrofia espinhal e 13 milhões com doenças raras no País, o Brasil poderá ter ainda neste semestre uma nova regulamentação acerca do processo de análise para registro de novos medicamentos. A possibilidade foi admitida pelo presidente da Anvisa, logo após o encontro. Para ele, “o senador Tasso Jereissati adota uma iniciativa muito louvável, porque o problema das doenças raras no mundo inteiro é um desafio”.

A deputada federal Mara Gabrilli avaliou que a incorporação pelo SUS é fundamental. “Estamos unindo forças para trazer ao Brasil medicamentos que podem transformar a vida de cerca de 10 mil brasileiros que possuem Amiotrofia Espinhal. A judicialização é um caminho para as famílias que precisam dos medicamentos, mas nem sempre resolve o problema de todos. A melhor alternativa é a incorporação pelo SUS, que garante atenção justa e integral a todos os pacientes com doenças raras e diminui significativamente os custos de acesso aos tratamentos”, disse.

Após reconhecer o avanço científico-tecnológico, o diretor-presidente da Anvisa advertiu que persiste, nos sistemas de saúde em todo o mundo, um debate sobre como garantir um processo de registro rápido dos medicamentos, com sua consequente incorporação ao respectivos sistemas. “A Anvisa tem norma que prevê a priorização de análises de registros de medicamentos que preencham alguns critérios. Mesmo assim, nesse primeiro semestre nós estamos elaborando uma nova regulamentação especificamente para as doenças raras, que garantirá um processo acelerado de análise”, afirmou.

Com essa etapa concluída, o Ministério da Saúde poderá discutir a incorporação desses medicamentos, levando em conta, inclusive, a necessidade de que os laboratórios ofereçam um preço justo, compatível com o orçamento do SUS.

(Foto – Marko Antônio)

Cia. Teatral Acontece comemora com espetáculo seus 15 anos de atividades

Estreará no próximo domingo, às 19 horas, o espetáculo “O Conto da Família Boa Gente”, que traz no elenco atores da 26ª turma do Curso de Iniciação ao Teatro da Companhia Teatral Acontece. Além deste domingo, haverá encenações nos dias 24 e 31 às 20 horas, e dia 26, às 18 horas, no Teatro Acontece Escola Livre de Teatro. O espetáculo faz parte das comemorações dos 15 anos do Curso e da Cia. Teatral Acontece, que também completa dois anos de atividades.

O Curso de Iniciação Teatral Acontece- Cita foi criado para gerar oportunidades a pessoas comuns que queriam ter uma experiência estética no fazer teatral e desenvolver seus potenciais adormecidos. Já formou 25 turmas de multiplicadores teatrais, sendo uma em Baturité, Pacajus, Horizonte, Apuiarés, Pires Ferreira e 20 turmas somente em Fortaleza.

A Cia. Teatral Acontece (CTA) foi fundada em 16 de julho de 2002 com o objetivo de gerar oportunidade aos novos agentes culturais e formação de multiplicadores teatrais. Realiza várias atividades para a classe teatral e a comunidade em geral, por meio do Curso de Iniciação Teatral Acontece (Cita), festival de esquetes, espetáculos e outras ações de democratização da linguagem teatral.

SERVIÇO

*Teatro Acontece|Escola Livre de Teatro  – Rua João Tomé, 640- Próximo ao Hiper Bompreço da Avenida Bezerra de Menezes)

*Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10 (meia).

*Censura livre.

*Mais Informações – (85) 9 8865 8687.

(Foto – Divulgação)