Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Delci Teixeira deixa a SSPDS condecorado

ITAITINGA, CE, BRASIL, 27-05-2016: Agentes da Força Nacional de Segurança estão em reunião, com a cúpula da Segurança Pública do Estado, no Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira (IPPOO) 2 em Itaitinga. (Foto: Evilázio Bezerra /O POVO)

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Estado, Delci Teixeira, agora integra a tropa de aposentados. Conseguiu a sua de delegado da Polícia Federal  no último dia 30 de dezembro.

Mas ele informa que vai ficar até esta sexta-feira à frente da SSPDS. Quer dar as boas-vindas ao seu substituto. Sobre sua gestão, avaliou como positiva e disse que não havia prometido soluções mágicas.

O governador Camilo Santana já adiou, por duas vezes, esse anúncio.

DETALHE – Delci Teixeira recebeu a Medalha General Assis Bezerra, condecoração  da SSPDS.

Cid Gomes admite não disputar mandato em 2018 e defende a reeleição de Camilo Santana

295 1

cidiro

Camilo Santana (PT), prefeito Roberto Cláudio (PDT) e Cid Gomes(PDT).

O ex-governador Cid Gomes (PDT) admite disputar mandato em 2018, dependendo do cenário político que o País apresentar nessa ocasião. Ao mesmo tempo, não descarta a hipótese de ficar sem mandato, observando que pode ajudar também nessa condição. “Eu tenho vocação para a vida pública e penso também que, para exercê-la, não é necessário ter cargo. Posso ajudar, posso trabalhar e posso colaborar e é isso que tenho feito”, acentuou.

Cid Gomes reconhece dificuldades para a pré-candidatura do seu irmão a presidente da República, Ciro Gomes, mas prefere apostar na tese de que “no momento em que se começar, com mais seriedade e mais profundidade, a se debater as coisas do Brasil”, Ciro tenderá a se destacar e a crescer.

Sobre a reeleição do governador Camilo Santana (PT), o ex-governador afirma ser natural essa possibilidade. “É o natural, é o natural a reeleição do Camilo”, acentua, observando que, num cenário de crise onde estados como o Rio, Minas e Rio Grande do Sul estão quebrados, o governador consegue colocar seu governo como um dos mais operantes e como um dos que mais investem no Brasil.

*Confira a íntegra da entrevista no O POVO aqui.

Governo do Estado admite cortar carro oficial de secretários

90 2

hugo

O secretário do Planejamento e Gestão do Governo do Estado, Hugo Figueiredo, informou que estão sendo feitos estudos para avaliar se os carros oficiais serão cortados. Segundo ele, há calculos para saber se tornaria mais viável serviço de táxi para as autoridades estaduais ou mesmo alugar uma frota e se desfazer dos automóveis que circulam hoje.

“Certamente, estamos fazendo estudos aqui para saber se usa carro próprio, elimina ou aluga. Estamos sempre fazendo esta comparação”, afirma.

Nesta semana, a Prefeitura de Fortaleza anunciou que iria cortar os carros oficiais dos secretários, dando apenas uma ajuda de custo para que eles se desloquem. Na Câmara Municipal, programa similar ocorreu no ano passado. A assessoria afirma que ainda não sabe se haverá mais cortes de veículos neste ano.

 

(O POVO – Repórter Isabel Filgueiras)

Governo do Ceará quer cortar até R$ 400 milhões em despesas

mauro-filho_-pros_-ceara_-foto_-maximo-moura_-alce_-26-02-201420140715_0001-625x417

O Governo do Estado do Ceará quer cortar até 10% dos gastos da máquina pública neste ano, o que representaria R$ 350 milhões. O secretário de Planejamento e Gestão, Hugo Figueiredo, explica que o montante pode chegar a até R$ 400 milhões e deve afetar contratos de serviços e terceirizados.

“Queremos ser mais eficientes com os recursos que já temos. Oferecer os mesmos serviços ou até mais”, diz Hugo. Ele explica que investimento como compra de equipamentos e promoção da infraestrutura não serão afetados. Gastos com manutenção, contratos de serviços e terceirizados, por outro lado, devem ser revistos.

O secretário da Fazenda, Mauro Filho, afirma que o importante é que 10% do total de custeio seja eliminado. “Por exemplo, se tem um órgão com verba de R$ 500 mil, R$ 50 mil vai ter que ser cortado. Pode ser que um órgão corte 5% e outro, 15% para compensar. O importante é que no final a economia total seja de 10%”, afirma.

Medidas

Para ajudar no processo de cortes, o Governo enviou PEC do teto de gastos para a Assembleia. A mensagem foi aprovada antes do último recesso de fim de ano e prevê congelamento de contas pelos próximos dez anos, podendo ser revisto em seis anos. Para saúde, haverá garantia de gastos de 12% e 25% para educação.

Também foi aprovado o aumento do ICMS, imposto sobre compra de mercadorias, que foi de 17% para 18%. Os salários dos secretários sofrerão redução de 10%.

No mês passado, os secretários lançaram dez medidas que serão seguidas para atingir a meta. O Plano de Sustentabilidade para o Desenvolvimento do Estado do Ceará inclui redução de secretarias e de órgãos como o Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE), criado na gestão de Cid Gomes.

A Secretaria de Políticas Públicas sobre Drogas será transformada em uma coordenação e ficará submetida ao Gabinete do Governador. Secretaria de Relações Institucionais, Casa Militar e Conselho Estadual da Educação passarão a ter suas atividades vinculadas ao Gabinete. O Instituto de Desenvolvimento Institucional das Cidades (Ideci) será extinto e ficará vinculado ao Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica (Ipece).

(O POVO – Repórter Isabel Filgueiras)

Fortaleza registra casos da febre de Mayaro, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti

Aedes_aegypti_CDC-Gathany

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quinta-feira:

O mosquito Aedes aegypti é mesmo uma praga. Depois de transmitir dengue, zika e chikungunya, eis que aparece agora como transmissor do vírus de Mayaro (Alphavirus genus).

Trata-se de uma febre com sintomas parecidos com os da chikungunya, que começa a se registrar em Fortaleza. São poucas as ocorrências de doença, comum da Região do Amazonas. Aqui desembarcou trazida por visitantes dessa banda do País.

O infectologista Ivo Castelo Branco confirma a chegada desse novo tipo de herdeiro do Aedes aegypti e alerta para a necessidade de se combater o mosquito a todo custo e a qualquer tempo. “Não temos casos locais, mas oriundos do Amazonas.

“É preciso reforçar ações contra o mosquito”, reitera o infectologista.

Funceme marca para o dia 18 divulgação do seu primeiro prognóstico sobre inverno

chvuv

Fortaleza amanhece com chuva vários bairros, nesta manhã de quinta-feira. Com isso, motoristas adotam maior cautela em razão da pista molhada. A Defesa Civil não registra problemas.

Já a Funceme, através do seu presidente, Eduardo Sávio, deverá anunciar, no próximo dia 18 o seu primeiro prognóstico sobre perspectivas de inverno no Ceará.

Na próxima segunda-feira, o órgão estará recebendo informações sobre a temperatura dos oceanos, principalmente do Atlântico, para começar a fechar esse prognóstico.

(Foto – Paulo MOska)

Secretário César Wagner ocupa praças em Aracati

354 2

foto-cwagner-aracati

O novo secretário de Segurança Pública e Ordem Social e Guarda Municipal de Aracati, delegado César Wagner, devolveu esta semana as praças públicas à população. “São diretrizes sendo cumpridas à risca do novo prefeito Bismarck Maia”, comentou César Wagner.

As praças estavam indevidamente ocupadas e impediam a circulação de moradores de Aracati, Litoral Leste do Ceará, a 150 quilômetros de Fortaleza. “O que vemos hoje é fruto de muitos anos de leniência. Portanto, não é com violência ou arbitrariedade que se resolverá”, disse o secretário.

Defensoria Pública da União é contra a Reforma da Previdência

carlusdoopd

O cearense Carlos Eduardo Paz é o titular da DPU.

Não é de hoje que a Defensoria Pública da União é contrária à proposta de Reforma da Previdência. Por isso, no próximo dia 25 será realizada uma audiência pública na sede da entidade, em Brasília, a fim de discutir as propostas da reforma. Associações que representam servidores públicos e todos os sindicatos do Distrito Federal serão convidados.

Não é para menos: a categoria está em polvorosa com as mudanças. Eles reclamam que os servidores públicos serão os maiores prejudicados por alterações no regime da previdência.

(Veja Online/Foto – Paulo MOska)

TCM tenta evitar solenidade esvaziada

91 2

domingos-e-sergio

Domingos Filho e Sérgio Aguiar.

O ato de posse de Domingos Filho na presidência do Tribunal de Contas dos Municípios está confirmado para as 9 horas de sexta-feira. Vários convites estão sendo distribuídos. O objetivo é evitar um possível esvaziamento da solenidade.

O Governo e a Assembleia Legislativa travam com a antiga e a atual cúpula do TCM uma peleja judicial por conta da aprovação da PEC do deputado Heitor Férrer, que extinguiu o tribunal. O TCM, no entanto, ressuscitou graças a uma liminar deferida pela presidente do STF, ministra Cármen Lúcia.

A desculpa para a extinção é a de que o TCM extinto geraria economia anual da ordem de R$ 300 milhões, mas no plano político houve ofensiva contra Chico Aguiar – que deixa a presidência, e Domingos Filho. Ambos articularam a candidatura de Sérgio Aguiar (PDT) contra a reeleição de Zezinho Albuquerque (PDT), o queridinho dos Ferreira Gomes, com aval do governador.

Não será surpresa se o governador, o presidente da Assembleia e a maioria dos parlamentares ligados ao Palácio da Abolição se ausentarem do evento.

foto capitão wagner deputado

O Capitão Wagner (PR), que disputou e perdeu a eleição no segundo turno para o prefeito Roberto Cláudio, avisou: estará na primeira fila da posse de Domingos Filho.

Capitão tenta ser o principal nome das oposições de olho em 2018. Seja para o Governo ou para o Senado.

 

PSOL retoma ciclo de debates 2017

psoll

O PSOL retomará nesta sexta-feira, a partir das 19 horas, em sua sede, ciclo de debates sobre temas do interesse da sociedade. O primeiro deles já está definido: Feminismo e Materialismo – Além do Gênero.

Quem ministrará a palestra é Mirla Cisne, professora-adjunta da Faculdade de Serviço Social da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte e integrante do Núcleo de Estudos sobre a Mulher Simone de Beauvoir.

Em 2012, lançou o livro Divisão Sexual do Trabalho, Gênero e Serviço Social. Em 2014, lançou mais um, o Feminismo e Consciência de Classe no Brasil.

Atualmente, ela milita na Frente de Luta de Mulheres Potiguar.

Hotelaria espera fechar janeiro com 75% de taxa de ocupação

eliseubarros

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Ceará (ABIH-CE), Eliseu Barros, está sorrindo neste começo de férias de janeiro no Estado.

O movimento no setor ficou aquecido e ele chega a dizer: a estimativa é que os 60 associados à ABIH/CE fechem este mês com taxa de ocupação na ordem dos 75%, ante os 85% vistos no mesmo período do ano anterior.

Para um segmento que andava apreensivo, neste clima de crise econômica, Isso representa uma expectativa de queda na ocupação de 11,76%, mas ainda um alívio diante de cenários tão pessimistas.

DETALHE – No litoral cearense, a maioria da pousadas registra boa taxa de ocupação.

Nordeste é a segunda região com mais óbitos no trânsito

policia-rodoviaria-estadual-do-ceara

A região Nordeste tem o segundo maior número de óbitos em acidentes de trânsito no país, atrás apenas do Sudeste. Segundo os dados mais recentes disponíveis, em 2014, foram 13.430 vítimas fatais na região, sendo que mais da metade das mortes – 6.849 – envolveram motociclistas. Esse número representa 41,6% do total de mortes em acidentes de moto em todo o país. Além disso, das quatro cidades com maiores índices de óbitos por 100 mil habitantes no Brasil, três estão no Nordeste: Presidente Dutra (MA), Sobral (CE) e Barbalha (CE). Os dados são do relatório “Retrato da Segurança Viária”, feito pela Ambev em parceria com a consultoria Falconi. O estudo também mostra que, entre 2003 e 2014, a frota de motocicletas no Nordeste aumentou 414%, saltando de 1,2 milhão para 6,2 milhões, representando 44% dos veículos da região.

Com o objetivo de auxiliar a elaboração de políticas efetivas de combate aos acidentes de trânsito, o material oferece um cruzamento inédito de dados de entidades como Associação Nacional dos Transportes Públicos (ANTP), Datasus (Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde), Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), além da Organização Mundial da Saúde (OMS).

“Queremos e podemos ser parte da solução por um trânsito mais seguro para todos. Temos uma das maiores frotas do país e desenvolvemos tecnologias e treinamentos exclusivos capazes de mapear e mudar comportamentos de risco para garantir a segurança de toda nossa força logística. Além disso, também atuamos na prevenção o uso indevido da bebida alcoólica que, quando associada à direção, também se torna um fator de risco no trânsito”, esclarece Pedro Mariani, vice-presidente de relações corporativas da Ambev.

Com um dos trânsitos mais violentos do mundo segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o Brasil vivencia um aumento de 3,2% no número total de mortes em decorrência de acidentes em um ano, segundo os dados mais recentes, referentes a 2014. O crescimento volta a ser constatado, depois de uma queda de 5,7% entre 2012 e 2013, que reverteu a tendência de aumento que já durava quatro anos. Em 2014, 44.471 brasileiros perderam suas vidas em acidentes viários e o número absoluto de feridos cresceu 5,9% em relação a 2013, chegando a mais de 203 mil. No mesmo período, os feridos por 100 mil habitantes aumentaram 5%.  De 2003 a 2014, mais de 477 mil brasileiros morreram nas ruas, avenidas e estradas e mais de 1,7 milhão ficaram feridos.

O estudo mostra ainda que, nos 12 anos analisados, os acidentes com motos passaram a ser a principal causa de morte no trânsito, subindo de 19% para 37% do total de vítimas fatais. Enquanto isso, o número de feridos entre motociclistas quase quadruplicou: de 31.073 para 119.846. Em 2003, os acidentes fatais com pedestres eram a maioria, representando 43% do total. Os carros de passeio apareciam na sequência, 29%. De acordo com os dados mais recentes, 24% dos acidentes que levam a óbito são com pessoas a pé e 32% com carros.

(Fonte – Ambev)

Associação dos Defensores Públicos do Ceará sob nova direção

anaondim

Será nesta quara-feira, às 19 horas, o ato de posse de Ana Carolina Gondim na presidência da Associação dos Defensores Públicos do Estado (Adpec). A cerimônia ocorrerá no lobby da Torre Saúde do Complexo São Mateus (Bairro Aldeota), ocasião em que ela receberá o cargo das mãos de Sandra Sá. Cumprirá mandato no período de 2017 a 2018.

A nova diretoria é composta ainda, por: Delano Benevides (vice-presidente), Yasmina Braide (1ª Secretária), Rosângela Bobô (2ª Secretária), Márcio Maranhão (Tesoureiro), Nelie Aline Marinho (Diretora Parlamentar), Aldemar Monteiro (Diretor Jurídico de Prerrogativas), Emília Nobre (Diretora de Eventos), Sérgio Luís Araújo (Diretor de Comunicação Social), Júlio César Lobo (Diretor de Interior), Benedita Damasceno (Diretora de Aposentados e Pensionistas), tendo como conselheiras Liduína Freitas, Marylene Venâncio e Valéria Teles.

Nova dirigente

Graduada em Direito pela Estácio e em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará, Ana Carolina Gondim é especialista em Direito Processual: Grandes Transformações pela UNISUL. Defensora pública desde 2008, tem atuação marcante nas comarcas de Guaraciaba do Norte, Itapajé, Canindé, Itaitinga e Fortaleza (11ª vara criminal, 6ª Vara de Família, Nudep, Idoso). Participou da Diretoria da Adpec no biênio 2011-2012, atuando efetivamente do Comando de Greve em 2012. Foi membro eleito do Conselho Superior da Defensoria Pública (Consup) no período de 2012 a 2013. Hoje, é Diretora da Associação Brasileira de Alzheimer.

Curiosidade

Ana Gondim ganhou a eleição, realizada em dezembro último, com 151 dos 300 votos válidos.

(Foto – Divulgação)

Vereadora reforça luta de olho na presidência da Comissão de Direitos Humanos

larissaaa

A vereadora Larissa Gaspar (PPL) reforça o corpo a corpo junto aos seus colegas com o objetivo de ser indicada presidente da Comissão dos Direitos Humanos da Câmara Municipal de Fortaleza. Dentro dessa ação, ela divulga que se comprometeu com a Organização das Nações Unidas a defender políticas públicas pelos direitos das mulheres e das meninas.

Em outubro do ano passado, informa que aderiu à iniciativa global da ONU Mulheres “Cidade 50-50”, lançada no Brasil em parceria com o Tribunal Superior Eleitoral. O objetivo da ONU é incentivar políticas municipais de igualdade entre homens e mulheres em espaços públicos e privados.

Segundo Larissa, em todo o Brasil apenas três vereadores eleitos assinaram o compromisso.

DETALHE – A expressão “50-50” significa igualdade entre homens e mulheres. A plataforma lançada pela ONU, em parceria com o TSE, tem como origem os Objetivos De Desenvolvimento Sustentável (ODS). Trata-se de uma série de compromissos dos países membros da ONU, dentre eles o Brasil.

Cearense com infrações de trânsito em outros Estados terá desconto de 40%

O Detran do Ceará aderiu, nessa terça-feira, 3, ao Sistema de Notificação Eletrônica (SNE), solução desenvolvida pelo Serpro, empresa de tecnologia da informação do Governo Federal. O sistema foi criado para o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e permite que os condutores com registro de veículo no Estado possam quitar suas multas com desconto de 40%. Na primeira etapa, o abatimento será apenas para multas interestaduais aplicadas por infrações cometidas fora do estado do Ceará, mas logo também vai contemplar multas estaduais.
O SNE é uma ferramenta que possibilita o desconto de 40% no valor de multas de trânsito para proprietários de veículos cadastrados no sistema, além de permitir uma comunicação mais rápida entre motoristas e órgãos de trânsito.
Segundo o Detran, aproximadamente 15 mil multas interestaduais são emitidas pelo órgão e a adesão do novo sistema vai permitir uma economia significativa  em gastos com papel, impressão e envio de notificações, além de reduzir também os custos com processos operacionais.
Para conseguir o desconto, os condutores devem se cadastrar no SNE e reconhecer o cometimento da infração. O sistema está disponível aos usuários pelo site ou por aplicativo, bastando acessar o site ou fazer o download gratuito do aplicativo SNE Denatran para smartphones e tablets nas lojas virtuais Google Play ou Apple Store.
Após concluir o cadastro, o usuário receberá todas as informações de infrações de forma eletrônica, além ter conhecimento detalhado de cada multa, reconhecer a infração, copiar o código de pagamento e, ainda, fazer download do formulário de indicação do condutor responsável pela infração.
(O POVO Online)

PSDB promete oposição dura à nova gestão do prefeito Roberto Cláudio

tomsafil

Tomás Figueiredo Filho, ex-presidente municipal dos tucanos, avisa: O PSDB vai fazer oposição dura à gestão do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT). Sem essa, portanto, de oposição responsável ou coisa parecida.

O partido, inclusive, conseguiu escalar, com apoio do pequeno grupo não alinhado ao Paço Municipal, o seu vereador Plácido Filho, como líder da oposição.

 

Guilherme Sampaio é o líder do PT na Câmara Municipal

guilhermess

Guilherme Sampaio será o líder do PT na Câmara Municipal de Fortaleza neste primeiro período legislativo. Tudo ficou acertado entre ele e o vereador Acrísio Sena (PT). Os dois são os únicos que sobreviveram da última eleição. O partido contava com quatro cadeiras.

Ele reafirma o papel de oposição do PT à gestão do prefeito Roberto Cláudio (PDT) e e diz que o partido não comporá com o bloco de oposição formado pelo PR e PSDB na Câmara. Estes dois partidos são oposição ao petismo no Ceará e no País.

“Nós não comporemos qualquer bloco com as bancadas de oposição do PSDB e PR, que deram sustentação à candidatura do Capitão Wagner. Esse grupo político faz oposição ao governador Camilo Santana e, nacionalmente, sustenta o golpe contra a presidente eleita Dilma Rousseff”, reforça Guilherme.

O vereador petista adianta ainda que essa é a mesma posição defendida nacionalmente pelo vice-prefeito eleito, Moroni Torgan (DEM), e por algumas siglas que integram a base do prefeito.

Acrísio Sena quer aproximação do PT com o prefeito Roberto Cláudio

117 1

acrisio-sena-audiencia-publica

O vereador Acrísio Sena quer o PT próximo do PDT do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio. Para ele, seria importante tal medida, pois viabilizaria a reeleição do governador Camilo Santana (PT) em 2018.

Pelo visto, Acrísio quer botar a turma da ex-prefeita e deputada federal  Luizianne Lins pra correr da sigla.

Acrísio, inclusive, já reagiu acerca da escolha de Plácido Filho (PSDB) como líder da oposição na Câmara. É que o PSDB de Plácido está unido ao PMDB e ao PR contra o prefeito aqui e, nacionalmente, contra o petismo.

 

Fiec retoma Ideias em Debate 2017 com economista Ricardo Amorim

ricardo-amorim-2-credito-daniel-aratangy1-600x398

A primeira edição de 2017 do Fórum Industrial “Ideias em Debates”, realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), acontecerá no próximo dia 24. O convidado é o economista Ricardo Amorim, que abordará o Cenário Econômico do País, a partir das 18h30min, no auditório da entidade.

Formado pela USP, Amorim é pós-graduado em Administração e Finanças Internacionais pela ESSEC de Paris, atua no mercado financeiro desde 1992 e já trabalhou em Nova York, Paris e São Paulo, sempre como economista e estrategista de investimentos.

Hoje Ricardo Amorim é considerado um dos mais importantes e melhores palestrantes mundiais.

(Foto – Divulgação)

A esquerda brasileira precisa sair do discurso de defesa do PT e de seus governos

Com o título “Chega de choro”, eis artigo do professor José Estêvão Arcanjo, do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Ceará. No texto, um recado: enquanto o discurso da esquerda continuar apenas se confundindo com a defesa do PT e de seus governos, ela ficará prisioneira do passado e desconectada da sociedade. Confira:

Em 1987 Sarney lotou o avião presidencial e rumou com seus ministros para Carajás. Foram fazer uma DR. Ao final do encontro, estava derrotada a heterodoxia que insistia em salvar o moribundo desenvolvimentismo.

O clima político, paradoxalmente, era animador. A despeito da crise econômica e da figura démodé de Sarney, corria nas veias da sociedade a seiva das mudanças. Inaugurou-se ciclo democrático virtuoso, com a constituição cidadã, a realização regular de eleições livres, pluralidade partidária e políticas sociais universais.

Paralelamente ao programa de 1987, a superação da “Era Vargas”, deslanchava. Nos anos 1990, essas “reformas orientadas para o mercado”, apesar das dores do parto, foram majoritariamente apoiadas. O impedimento de Collor não interrompeu o processo. No mundo, as reformas liberais também bombavam. Na Europa os socialistas lideravam as mudanças. Tony Blair dizia que só os trabalhistas poderiam reformar o welfare state, afinal, eram os únicos que nele acreditavam.

O novo milênio até começou bem. Mas veio 2008, crise da desregulamentação capitalista, agravada por crise moral expressa em fraude, desonestidade malversação e enriquecimento ilícito. A solução, como sempre, viria do Estado. Mas, ao contrário de 1929 e do pós-guerra, veio contra Keynes, nacionalista e autoritário, contra a mundialização negociada. Trump representa bem isso.

A estratégia petista para enfrentar a marola mostrou-se equivocada. Ao contrário do esperado, enfraqueceu o Estado, fortaleceu o patrimonialismo, perdeu apoio político e, enfim, decretou a morte do novo ensaio desenvolvimentista. A repetição de “Carajás” foi a nomeação de Joaquim Levy. Embora a presidente esperasse um “ajuste” rápido que lhe permitisse dobrar a aposta, em seis meses seu segundo mandato começava a naufragar.

Veio um novo ciclo liberal. Isso, porém, sem o cenário propositivo dos anos 1990 e contaminado pela intolerância e pelo descrédito das instituições. A “Ponte para o futuro” se insere nesse contexto. E até parece que vai se sustentar. O que importa, entretanto, é que, a despeito do governante, a agenda liberal vem se consolidando. Foi ela vitoriosa nas eleições 2016. E se impõe a governadores e prefeitos.

A esquerda não pode ignorar essa agenda. Enquanto seu discurso continuar apenas se confundindo com a defesa do PT e de seus governos, ficará prisioneira do passado e desconectada da sociedade. Ela precisa, pra dizer o mínimo, reconhecer erros, pensar a reforma do Estado e discutir o combate à corrupção.

Os tucanos (de cabelos pretos) foram os maiores vitoriosos nas eleições 2016. Mas, diferentemente dos tucanos grisalhos dos anos 1990, não parecem capazes de garantir o roteiro da transição. Mas o farão se não houver alternativa.

Enfim, há 30 anos havia otimismo. E hoje, quem venceria uma eventual eleição em 2017? Ou mesmo em 2018?

*José Estevão M. Arcanjo

estevaoarcanjo10@gmail.com

Professor do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Ceará (UFC)