Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Sucessão na AL – Heitor Férrer manda nota para o Blog ratificando apoio a Zezinho Albuquerque

heitor
O deputado estadual Heitor Férrer (PSB) mandou para o Blog nota em que ele faz questão de explicar o porquê de votar, nesta quinta-feira, na reeleição de Zezinho Albuquerque a presidente da Assembleia Legislativa. Confira:
Prezado Eliomar,
Voto no deputado Zezinho Albuquerque, colega de Assembleia há 14 anos e que pediu meu voto há seis meses. Se, na sua análise, voto em um aliado dos Ferreira Gomes, o outro candidato à presidência da Casa também o é.
Quer ganhe Zezinho Albuquerque, quer ganhe Sérgio Aguiar, ambos são aliados do grupo cidista, ambos são da base do governo, ambos são do PDT, partido dos irmãos Ferreira Gomes e ao qual fui filiado por 28 anos, mas tive que deixar com a chegada deles.
Não existe candidatura de oposição. Portanto, escolho cumprir com a minha palavra empenhada há 6 meses, quando o atual presidente me pediu o voto.
Agradeço sua atenção,
*Heitor Férrer,
Deputado estadual do PSB.

TCM escolha novos dirigentes nesta quinta-feira

Durante sessão ordinária do Tribunal de Contas dos Municípios, que ocorre nesta manhã de quinta-feira, serão eleitos o novo presidente, vice e o corregedor do órgão. Todos os conselheiros estão aptos a apresentar o nome, mas Domingos Filho, ex-vice-governador, é tido como pré-candidato.

Cogita-se que o conselheiro Pedro Ângelo possa também apresentar seu nome, mas, até o momento, ele não publicizou esse desejo.

Outro nome que chegou a circular é o do conselheiro Hélio Parente, ligado aos Ferreira Gomes. A eleição no TCM promete ser rápida.

Bom lembrar que Domingos Filho e o atual presidente do TCM, Chico Aguiar, se envolveram na eleição da nova mesa diretora da Assembleia Legislativa. Ali, eles articulam o nome de Sérgio Aguiar, filho de Chico Aguiar, para presidente. Essa candidatura dividiu a base governista e fez o governador e os Ferreira Gomes, que trabalham a reeleição de Zezinho Albuquerque, romperem com Domingos Filho.

Sucessão na AL – Governo articula defecções na base de Sérgio Aguiar

osmar-baquit-ferruccio-cole

O deputado Osmar Baquit, que ocupava a Secretaria da Agricultura e Pesca do Estado, fechou apoio à reeleição de Zezinho Albuquerque para presidente da Assembleia Legislativa. Esse é o resultado de várias articulações que entraram madrugada a dentro desta quinta-feira, data da escolha da nova mesa diretora da Casa.

Osmar Baquit, inclusive, que é do PSD, partido comandado pelo deputado federal Domingos Neto, deverá retornar à pasta. Nessas articulações operou o líder do Governo na Assembleia, Evandro Leitão (PDT),

O deputado federal Domingos Neto chegou, nas últimas horas, de Brasília para tentar evitar debandada do seu bloco pró-Zezinho. Ele é herdeiro político do conselheiro Domingos Filho, apontado como mentor da candidatura de Sérgio Aguiar (PDT) contra Zezinho e contra esquema político do governador Camilo Santana e dos Ferreira Gomes.

Outros dois nomes que também vão apoiar a chapa de Zezinho Albuquerque: os peemedebistas Audic Mota e Agenor Neto. Audic é adversário direto do esquema do conselheiro Domingos Filho e, inclusive, derrotou o esquema da prefeita Patrícia Aguiar (PMB), mulher de Domingos Filho, em Tauá.

Seinfra vai liberar trecho de obras do Metrofor da Avenida Santos Dumont

A Secretaria da Infraestrutura do Estado divulga nota informando: vai liberar o tráfego na Avenida Santos Dumont em frente ao Colégio Militar, no Centro. Os trabalhos de limpeza da área e de reparação do pavimento já começaram e devem ser concluídos em até 10 dias. As obras estão sendo feitas com apoio do Departamento de Estradas e Rodovias – DER. A previsão é que o tráfego no local seja normalizado na Avenida Santos Dumont, sentido Centro-Praia e ruas Dona Leopoldina e Nogueira Acioly.

O acesso ao Colégio Militar e Estádio Eudoro Correa também será restaurado. O canteiro de obra da estação Colégio Militar da Linha Leste do Metrô de Fortaleza ficará restrito à praça em frente à Igreja do Cristo Rei.

A abertura do trecho é resultado de um acordo entre a Seinfra, Exército e a comunidade, garante o governo. O trecho estava interditado desde agosto de 2014.

Camilo vai nomear mais 255 policiais civis

camilororov

O governador Camilo Santana (PT) vai nomear, na próxima segunda-feira (5), mais 255 policiais aprovados no último concurso público para a Polícia Civil do Estado. O certame foi realizado em 2015.

Na lista, 65 novos delegados, 105 escrivães e 85 inspetores, todos formados pela Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará, entre os meses de janeiro e maio deste ano. A informação foi repassada pelo próprio governador em seu perfil oficial no Facebook.

Este é o segundo grupo de profissionais nomeados este ano. A primeira nomeação ocorreu em agosto, e o terceiro grupo deverá tomar posse no primeiro trimestre de 2017. No total, 703 candidatos aprovados no certame concluíram o Curso de Formação na AESP.

Sebrae é sede da Frutal 2016

euvaldobringel1

Tem início nesta quinta-feira a Frutal 2016, a feira da fruticultura e floricultura do Ceará. A abertura ocorrerá a partir das 8h30min, na sede do Sebrae, tendo à frente o subsecretário da Agricultura e Pesca, Euvaldo Bringel.

O tema deste ano é voltada prioritariamente para o uso eficiente da água no setor agropecuário.

Falando nisso, várias empresas do agronegócio já transferiram suas bases para outros Estados como Rio Grande do Norte e Piaúi, fugindo da seca braba cearense.

Tudo pronto para a escolha da nova mesa diretora da Assembleia Leegislativa

mesdfo
A eleição da nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa ocorrerá nesta quinta-feira, a partir das 11 horas, no Plenário 13 de Maio. Em razão do processo eleitoral, não haverá sessão ordinária. Segundo o presidente do legislativo estadual, Zezinho Albuquerque (PDT), a votação será secreta e em cédula, na qual constarão as chapas inscritas.
Zezinho informa que durante a sessão preparatória da eleição vão ser concedidos 15 minutos para os candidatos a presidente exporem suas ideias e mais dez minutos para um parlamentar de cada chapa.
A composição das chapas deve ser apresentada até o início da sessão. Cada uma deve ter dez integrantes, distribuídos nos cargos de presidente; primeiro e segundo vice-presidente; primeiro, segundo, terceiro e quarto secretários, além de três suplentes. Após a apresentação das chapas em Plenário, nenhuma alteração poderá ser feita.
De acordo com o presidente da AL, havendo disputa, será considerada vencedora a chapa que obtiver o mínimo de 24 votos em primeira votação. Caso o número não seja alcançado, haverá segunda votação. Em caso de empate, a chapa que tiver o candidato a presidente mais velho será eleita. A posse dos eleitos será dia 1 de fevereiro de 2017.
(Foto – ALCE)

Promotores terão acesso online a banco de dados da Semace em apuração de crimes ambientais

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quinta-feira:

Promotores de justiça de todas as Comarcas do Ceará passaram a ter acesso ao banco de dados da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace). O sistema intitulado “Compese” dispensa o envio de ofícios, tornando mais simples, rápido e barato o acesso às informações relacionadas a fiscalizações e licenciamentos necessários à investigação sobre possíveis crimes contra o meio ambiente.

O MP é o maior demandante individual de informações da Semace, com média anual de mil ofícios ou quase quatro demandas por dia útil. A resposta, com a mesma tecnologia do ofício por correio, podia demorar um mês.

O sistema será entregue oficialmente, na próxima segunda-feira, ao Centro de Apoio Operacional da Ecologia, Meio Ambiente, Paisagismo e Patrimônio Histórico (Caomace), numa solenidade na sede da Procuradoria Geral de Justiça.

 

Águas do São Francisco chegam ao Ceará em agosto do próximo ano, diz ministro

127 1

foto-jose-airton-integracao-nacional-161130

As águas da transposição do rio São Francisco devem chegar ao reservatório Jati (CE) em agosto de 2017 e, no mês seguinte, à Região Metropolitana de Fortaleza. A garantia é do ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, nessa quarta-feira (30), em reunião com o coordenador da Bancada do Ceará na Câmara Federal, deputado José Airton Cirilo (PT).

Segundo o ministro, o novo prazo é decorrente da nova licitação para a substituição da Mendes Júnior na primeira etapa da obra no Eixo Norte. O projeto da transposição alcançou 90,85% de execução física, em outubro deste ano.  Além do coordenador da Bancada do Ceará, estiveram presentes na reunião os deputado cearenses Ronaldo Martins (PRB), e Gorete Pereira (PR) e diretores administrativos e financeiros do Ministério da Integração Nacional e do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).

Projeto Amigos em Ação – Exposição de obras de artes prossegue até o próximo dia 7

attr

A oitava exposição de obras de arte do Projeto Amigos em Ação prossegue até o próximo dia 7, na Galeria do Palácio da Abolição. A mostra coletiva reúne 79 obras de arte, entre pinturas, desenhos, gravuras, fotografias e esculturas de 64 artistas plásticos e fotógrafos renomados do cenário local, e até internacional, bem como talentos da nova geração das artes cearenses.

Todos os trabalhos foram doados pelos artistas para a campanha anual do Projeto Amigos em Ação e participam do tradicional Leilão de Obras de Arte, cujos lances já podem ser feitos pelo telefone (85) 3466.4303. O arrecadado é para instituições filantrópicas. A exposição marca a reabertura da Galeria do Palácio da Abolição.

Neste ano, participam artistas como Almeida Leite, Francisco Bandeira, Sergei de Castro, Hirma Castro, Dimas Rock, Mano Alencar, Carmélio Cruz, Vlamir de Sousa, Vando Figueirêdo, Tarciso Viriato, entre outros.

SERVIÇO

 

*Galeria do Palácio da Abolição – Avenida Barão de Studart, 500 – Meireles, entrada pela Rua Silva Paulet. As obras ficarão expostas para visitação pública gratuita de segunda a sexta-feira, das 10 às 19 horas, e, aos sábados, das 10 às 13 horas.

*Mais informações: 3466-4000.

(Foto – Divulgação)

Bloco PR/PSDB/PSDC/SD vai decidir quem apoiar para a presidência da Assembleia

 

zezim-e-sergim

Quem vai dançar?

Nesta quarta-feira, deputados do PSDB, SD, PSDC e PR terão reunião, a partir das 17 horas, em local não divulgado, para discutir quem apoiar na disputa pela presidência da Assembleia Legislativa.

O objetivo é fechar questão em torno de um só nome, segundo o tucano Carlos Matos.

Uma certeza: o PR, de acordo com seu presidente estadual, Lúcio Alcântara, quer apoiar Sérgio Aguiar.

 

Heitor Férrer vai votar em Zezinho Albuquerque, que é aliado dos Ferreira Gomes

66 2

heitor

O deputado estadual Heitor Férrer (PSB) anuncia : vai votar, nesta quinta-feira, às 11 horas, na reeleição do presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque. No páreo, o pedetista tem pela frente o outro pedetista, no caso o primeiro-secretário da Casa, Sérgio Aguiar.

“Eu tenho compromisso há meses com o Zezinho Albuquerque e vou votar nele”, avisou Heitor, ao retornar de Várzea Alegre, onde manteve alguns contatos particulares. Ele não chegou a entrar em detalhes, ms destacou que a Mesa Diretora de Zezinho sempre geriu bem as coisas do Estado.

Heitor é rompido com os Ferreira Gomes que, por sua vez, bancam com o governador Camilo Santana (PT), a candidatura de Zezinho Albuquerque.

Prefeitura paga 2ª parcela do 13º no dia 17 de dezembro

scretario

O secretário do Planejamento, Orçamento e Gestão de Fortaleza, Philipe Notthingham, confirma: no próximo dia 17, a Prefeitura estará pagando a última parcela do 13º, o que corresponde a 60% restante do benefício.

A primeira parcela foi paga em junho último e totalizou R$ 94 milhões para 47 mil servidores.

Em números redondos, de acordo com o secretário, essa folha dá R$ 170 milhões. Ele adianta também já no dia 1º de janeiro, a Prefeitura estará liquidando o mês de dezembro, no que injetará no comércio mais R$ 250 milhões.

Sinduscon/CE é sede de evento de comissão técnica da Câmara Brasileira da Construção Civil

A Comissão de Meio Ambiente (CMA), da Câmara Brasileira da Construção Civil (CBIC) fará sua última reunião do ano, em Fortaleza.  Será nesta quinta e sexta-feira. A programação terá início às 12h30min, na sede do Sinduscon/CE, com apoio do Senai, e está pautada em iniciativas e ações de incentivo à sustentabilidade na construção civil.

A secretária de Urbanismo e Meio Ambiente da Prefeitura de Fortaleza, Águeda Muniz, fará a apresentação dos projetos desenvolvidos pela pasta relativos ao Licenciamento Ambiental Simplificado para a Construção Civil, o Selo Fator Verde e os Programas Estratégicos de Controle Ambiental (PCA) e Estadual de Florestas (PEF).

Após a apresentação da secretária, está previsto um debate com a participação do presidente do Conselho Jurídico da CBIC e vice-presidente da Área Imobiliária do Sinduscon-CE, José Carlos Gama, e do representante da Construtora C.Rolim, Alexandre Mourão.

Na sexta-feira, representantes da cadeia produtiva da Indústria da Construção farão uma visita técnica à Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP). Os integrantes da Comissão de Meio Ambiente da CBIC são representantes de entidades ligadas ao setor da indústria da construção em todo o Brasil.

 

Começa a temporada de exoneração de correligionários de Domingos Filho no Governo

adagrii

Odilon Aguiar assumiu mandato e Augusto Júnior foi exonerado da Adagri.

O governador Camilo Santana (PT) assinou a exoneração do secretário da Agricultura e Pesca do Estado, Odilon Aguiar. O ato se arrastava há alguns dias, pois Odilon, que estava licenciado do mandato de deputado estadual, está contabilizado na votação pró-Sérgio Aguiar presidente da Assembleia Legislativa. Camilo trabalha em favor da recondução de Zezinho Albuquerque (PDT).

Em meio a essas discussões e rompimento político dos irmãos Ferreira Gomes com o conselheiro Domingos Filho, outra informação: começou a temporada de caça às bruxas, ou melhor, de exonerações dos correligionários do conselheiro do TCM.

 

Adagri

A primeira delas foi de Augusto Júnior, que respondia pela presidência da Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adagri).

Além de exonerações no âmbito do Estado, virão também exonerações na Prefeitura de Fortaleza onde Domingos Filho tem alguns correligionários. Entre as fatias, a Etufor e Regional V.

Ciro e Cid rompem com grupo de Domingos Filho

311 4

FORTALEZA, CEAR¡, BRASIL. 01/10/2013. POLITICA ADES√O DO GRUPO POLITICO CID GOMES AO PARTIDO PROS. PERSONAGENS. ZEZINHO ALBURQUERQUE CID GOMES, DOMINGOS FILHO .FOTO: KLEBER A. GON«ALVES / DIARIO DO NORDESTE, 28PO1702, 28/04/2014, POLITICA, KLEBER ALVES GONCALVES,

Marcada para esta quinta-feira, 1º, eleição para a presidência da Assembleia Legislativa já provocou sua primeira baixa na base aliada. Em meio à pesada disputa nos bastidores, foi confirmado nesta quarta-feira o rompimento político definitivo entre os grupos de Domingos Filho (PDT), conselheiro do TCM, e dos ex-governadores Cid e Ciro Gomes (PDT) no Estado.

Atualmente, o grupo dos Ferreira Gomes, que inclui o governador Camilo Santana (PT) e o prefeito Roberto Cláudio (PDT), apoiam reeleição de Zezinho Albuquerque (PDT). Segundo interlocutores, a ruptura ocorre por conta do apoio de Domingos à candidatura de Sérgio Aguiar (PDT) na disputa da Assembleia, que provocou intenso racha na base aliada.

O comportamento do conselheiro nos bastidores também teria incomodado aliados. Segundo uma fonte do Blog Política, Domingos teria utilizado sua influência no Tribunal de Contas para pressionar prefeitos e deputados em busca de apoios para Sérgio. Em troca, o conselheiro possuiria acordo com o atual presidente do TCM, Chico Aguiar, para assumir o comando da Corte.

Chico é pai de Sérgio Aguiar, que vem negando qualquer relação entre eleições no TCM e AL. A tese ajuda a explicar recente publicação do deputado Ivo Gomes (PDT), recém-eleito prefeito de Sobral, no Facebook: “Estou me preparando pra deixar a Assembleia Legislativa, depois de 14 anos. Saio triste porque saio no pior momento dela”, disse Ivo na noite desta terça-feira, 29.

“Interferência”

“Saio no momento em que magistrados pertencentes ao Tribunal de Contas dos Municípios – que têm por obrigação mínima a imparcialidade e a distância da política – interferem acintosamente na sucessão da Presidência da casa da qual ainda sou parte. Prefeitos honestos ameaçados, prefeitos picaretas sendo perdoados. Desde que a decisão agrade aos deputados q apoiam candidaturas de interesse”, disse Ivo, irmão de Cid e Ciro.

O Blog Política apurou que Camilo, Roberto Cláudio, Ciro e Cid já teriam conversado com domingos duas vezes ao longo das últimas semanas. Eles tentavam negociar saída de Sérgio da disputa e manutenção da aliança no Estado, mas não houve acordo. Nos bastidores, Domingos trabalha com tese de possível candidatura sua em disputa majoritária em 2018.

Aliança antiga

Grupos dos Ferreira Gomes e de Domingos Filho são aliados no Ceará desde 2007, início da gestão Cid. Ex-presidente da Assembleia, Domingos migrou do PMDB para as siglas do grupo dos irmãos Gomes e tem sido um dos principais fiadores de candidaturas do bloco. Em 2014, abriu mão de ser candidato ao governo do Estado e foi indicado ao TCM.

Esta é a maior baixa no arco de sustentação que governa o Estado desde saída de Eunício Oliveira (PMDB) da aliança em 2014. Em 2010, o grupo teve outra baixa ao romper com Tasso Jereissati (PSDB) na eleição ao Senado.

Na manhã desta quarta-feira, a Mesa Diretora da Assembleia está reunida para definir o rito de votação da Casa nesta quinta. No encontro, será definido, por exemplo, se a votação será aberta ou secreta, ou se o registro de votos será eletrônico ou por meio de cédulas de papel.

(Repórter Carlos Mazza)

Cuba de pesar e serenidade

87 5

Com o título “Com Havana ao telefone”, eis artigo do escritor e publicitário Ricardo Alcântara. Ele aborda a morte de Fidel Castro , a partir de um telefonema travado com amigo cubano. Confira:

Diante dos acontecimentos, telefonei para um amigo cubano que vive em Havana. Como a maioria de seu povo, deseja reformas que ampliem maior acesso ao consumo, mas não confia na índole dos norte-americanos – os ‘imperialistas”, como lhes ensinaram desde cedo nos bancos escolares. Ele, um poeta, me disse que “há muita tristeza espalhada pelo ar de Havana”, apesar da morte de Fidel ter sido aguardada por toda uma década.

Sempre muito brilhante, observou com ironia que “morrer devagar foi a última grande contribuição do Comandante aos cubanos”: os preparou, fê-los crer que a revolução é maior que seu mentor. De modo que o dia seguinte foi, na sua própria definição, “de pesar, mas também de serenidade”

Não há, contudo, muito otimismo na ilha: o bolivarianismo venezuelano, maior aliado do país no momento, naufraga a olhos vistos no exato instante em que, ao Norte, a ascensão do conservador Trump deita sombra espessa sobre a proveitosa distensão iniciada com Obama. “Además”, alertava-me, as reformas iniciais, conduzidas “com excessiva prudência” por Raúl Castro, não se mostram suficientes para dinamizar a economia, nem sequer inspirar o ânimo popular, o que já seria valioso num ambiente acometido de estagnação e, em alguns aspectos, franca decadência. Na sua confiável percepção, “o regime ganha tempo, apenas. Não parece, ele mesmo, convencido do rumo que toma”.
“Nós sabemos”, disse mais, “que precisamos ligar as máquinas” – uma metáfora para o ambiente de riscos em uma sociedade de mercado – “mas fomos doutrinados por 50 anos a não confiar nos bons sentimentos de quem tem muito dinheiro”. Comentei que convinha mesmo não abrir muito a guarda. Disse a ele que, no Brasil, a burguesia não é uma casta reconhecida por tradições muito generosas. “Você sabe”, eu disse, “a colonização foi um estupro. E eles continuam apreciando muito essa modalidade”.

Meu amigo sabe que não há saída, senão deixar que os norte-americanos retornem à ilha para fazer fortuna porque teriam as melhores vantagens competitivas, financeiras e geopolíticas, diante do resto do mundo quando “o prato vier à mesa”. Ele concordou, não sem ressalvas: “Mas, desta vez, isto não pode mais se dar à custa da nossa saúde e ao preço da ignorância dos nossos netos”. Sim, é este mesmo o desafio, mas quais são as garantias? – perguntei. Meu camarada ‘habanero’ emudeceu.

Ao fim da ligação, mostrou-se surpreso que um profissional liberal brasileiro como eu possa pagar confortavelmente uma ligação internacional de quinze minutos: “Eu teria que trabalhar todas as noites do próximo ano para honrar esta dívida”, disse. E não exagerou. Ainda deu tempo de me convidar para escrevermos a quatro mãos um livro em forma de diálogos como aquele, comentando tudo isso – ele sob codinome, ‘por supuesto’, pois vive, sim, numa ditadura. Gostar da ideia, até gostei, mas lhe fiz uma ponderação: “Seria uma farsa. Iríamos tentar a todo tempo ficar escondendo um do outro a angústia que tudo isso nos provoca”.

Melhor não. “Somos poetas, esse sadismo sociológico só nos maltrata”. Conversemos, apenas. Ele concordou e agradeceu o carinho do meu telefonema que muito houvera lhe surpreendido, já que não nos falávamos desde aquela noite quente de Abril em que varamos a madrugada no Malecón trocando confidências e jurando o imperialismo de muerte. Eu já quase desligava o telefone, quando meu amigo cubano cedeu à infeliz pergunta: “Y Lula, como está?”. Que mais poderia eu dizer: “La mierda de siempre!”, e desliguei.

*Ricardo Alcântara.

Escritor e publicitário.

Mesa da Assembleia discute ritos da votação

roseno

A mesa diretora da Assembleia Legislativa está reunida, nesta manhã de quarta-feira, na presidência da Assembleia Legislativa. A ordem é tratar sobre o rito da votação desta quinta-feira para escolha do futuro presidente da Casa e, em consequência, da futura mesa diretora.

Dois candidatos estão na disputa pela presidência do legislativo estadual: o atual presidente, Zezinho Albuquerque (PDT) e o primeiro-secretário Sérgio Aguiar.

A votação deve ser secreta e no papel eletrônico? Poderá ser em cédula? Esses detalhes estão sendo discutidos, bem como uma tentativa de acordo. Sérgio Aguiar tem dito, no entanto, que não abre mão da disputa.

O Regimento da Casa diz que a votação é secreta e por meio do sistema eletrônico.
Considera-se eleita a chapa com maioria absoluta. Ou seja, com 24 votos ou mais.
Se não houver maioria absoluta, vai pra um segundo turno. Vence quem tiver maioria relativa.

Isso pode ocorrer porque alguns deputados podem faltar à votação. Além disso, há as abstenções. Uma já é certa: Renato Roseno (PSOL).