Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Família de Mozart Soriano Aderaldo relança “A Praça”

Neste sábado (22), no centenário de nascimento do escritor Mozart Soriano Aderaldo, a família vai homenagear sua memória com o laçamento da terceira edição de seu livro “A Praça”.

A publicação conta a história da Praça do Ferreira e suas principais característica que influenciaram a então jovem cidade de Fortaleza.

O lançamento ocorrerá às 19 horas, no hall do Cineteatro São Luiz (Centro), dentro da programação da XII Bienal Internacional do Livro do Ceará que se encerra neste domingo, no Centro de Eventos.

Lei Maria da Penha vira cordel na Bienal do Livro

O poeta popular Tião Simpatia promove uma noite de autógrafos, nesta sexta-feira (21), a partir das 20h30min, na XII Bienal Internacional do Livro do Ceará, no Centro de Eventos, durante o lançamento do livro “A Lei Maria da Penha em Cordel”.

Durante o lançamento, a própria farmacêutica Maria da Penha participará do debate “Violência contra a Mulher”.

Ônibus incendiados – Luizianne diz que ataques são resultados da falta de um olhar prioritário para o trabalho preventivo

152 3

Em artigo enviado ao Blog, a deputada federal Luizianne Lins (PT) sugere investimento em política para a juventude, como forma de evitar investida da criminalidade. Confira:

Estou em Brasília, nas funções de deputada federal, mas acompanhando o que vem acontecendo em nossa cidade. E estou triste e preocupada com essa onda de ataques que já resultou em vários ônibus incendiados em diversos bairros da cidade. Uma situação de extrema insegurança e dificuldade de se locomover, com milhares de trabalhadores e trabalhadoras que não sabem sequer como e se vão chegar em casa! Os ataques a outros veículos, bem como a delegacias e agências bancárias somam-se aos crimes e aumentam a onda de medo entre a população.

Nós já sabemos que esse caos vem da falta de um olhar prioritário para o trabalho preventivo. Está cada vez mais fácil para o crime organizado recrutar jovens para o próprio crime. Isso não acontece por acaso. Há um somatório de promessas não cumpridas e desmonte de políticas públicas em áreas que deveriam ser prioritárias.

Em relação a novos Cucas para juventude, que tinham sido prometidos, nenhuma obra foi sequer iniciada nos últimos quatros anos. Houve redução do orçamento para áreas de trabalho, esporte e cultura. Acumulam-se as reclamações sobre a falta de condições para o trabalho preventivo na Guarda Municipal. Assistimos o desmonte do trabalho social com dependentes químicos e pessoas em situação de rua. Na outra ponta, também por consequências de ações como essas, é que os policiais acabam tendo que arriscar suas vidas, trabalhando sob pressão.

Neste momento, quero pedir ao nosso povo, já tão conhecido como uma gente solidária, para que se ajude – seja uma carona, uma proteção ou qualquer gesto companheiro. Estamos acompanhando de perto as explicações e as providências das autoridades competentes. Na última eleição para a Prefeitura se falou muito em segurança – pois bem – porque não falar disso agora?

Debate sobre Revolução Russa é atração nesta sexta-feira na Bienal do Livro

O acelerado progresso social e as transformações políticas provocados pela Revolução Russa serão debatidos na noite desta sexta-feira (21), a partir das 19h, na Sala Francisca Clotilde – Mezanino II, no Centro de Eventos do Ceará, na XII Bienal Internacional do Livro, durante o lançamento da obra “100 anos da Revolução Russa”.

Os debatedores serão os co-autores do livro, Ana Maria Prestes e Augusto Buonicore.

Camilo prorroga concursos em homenagem a policiais e bombeiros

No dia do patrono da Polícia, o governador Camilo Santana (PT) anunciou a prorrogação do concurso para delegado, inspetor e escrivão, além de soldado e bombeiro militar.

Ao ressaltar as ações do Governo do Ceará no reforço da segurança pública, Camilo lembra a convocação de 650 policiais civis, 1.400 PMs em treinamento e outros 2.800 que serão chamados.

Caminhão da Enel é incendiado em Pajuçara

Um caminhão da empresa Enel Distribuição Ceará foi incendiado na manhã desta sexta-feira, 21, em Pajuçara, distrito de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza. Conforme o delegado Vagner Jorge, plantonista da Delegacia Metropolitana de Maracanaú, que atendeu a ocorrência, a equipe da companhia elétrica estava em visita de rotina, por volta das 9 horas, quando foram abordados por dois indivíduos armados. Ninguém saiu ferido.

O incêndio foi controlado pelo Corpo de Bombeiros. Um funcionário da empresa, que pediu para não ser identificado, conta que haviam três pessoas na cabine do caminhão e duas no equipamento de apoio quando os suspeitos chegaram. Ainda de acordo com ele, os homens avisaram para eles saírem do caminhão. Em seguida, jogaram líquido e atearam fogo.

A ocorrência foi na rua Bárbara de Alencar, esquina com a rua Doutor Oswaldo Rizzato. Mais na frente, há uma pichação da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE). A maioria dos ataques, desde a última quarta-feira, 19, está sendo atribuída ao grupo.

Temendo mais ataques, equipes da companhia que também estiveram no local retiraram a identificação dos carros. O POVO Online tentou contatar a Enel, mas não houve atendimento.

Entre ônibus e carros de órgãos públicos, este é o 29º veículo incendiado desde a última quarta-feira, 19, em Fortaleza e Região Metropolitana.

Em nota, a Enel Distribuição Ceará informa que os colaboradores que estavam no caminhão incendiado nesta sexta-feira não sofreram nenhum tipo de ferimento. Multinacional de energia com atuação em vários estados brasileiros, a Enel aproveita para ressaltar que repudia qualquer ato de violência.

(O POVO Online)

O Estado falhou duas vezes

158 3

Da Coluna Política, no O POVO desta sexta-feira (21), pelo jornalista Érico Firmo:

A inteligência da segurança pública do Ceará falhou, mas não apenas ela. A Polícia foi surpreendida pela inacreditável série de atentados da quarta-feira. Não foi possível antecipar-se para evitar que ocorressem. Quando estavam em curso, tampouco se conseguiu interrompê-los.

O secretário André Costa foi questionado por isso na coletiva da noite de quarta. “Hoje aconteceu um fato que a gente não conseguiu se antecipar, mas vai dizer que é uma falha? Não é. Não tem como se antecipar a toda e qualquer ação, se fizesse isso, não precisava de Polícia na rua, a gente estava resolvendo tudo”, justificou.

De fato, não dá para a inteligência resolver tudo. Até seria o desejável, mas viável não é. Não se espera algo como o departamento “pré-crime” do filme Minority Report (2002). O que admira é que ação criminosa de tão grande dimensão, de ponta a ponta da Cidade, realizado de forma quase simultânea, não tenha sido detectado antes. É exigir demais cobrar que todo crime seja antecipado. Mas, pode-se cobrar, sim, que tão grande ofensiva criminosa seja detectada antes. Foi a maior onda de ataques simultâneos que Fortaleza já viu. Se nem isso é identificado, o que é?

O secretário nega que tenha havido planejamento e considera difícil dizer que houve coordenação. Bom, não conheço mais do assunto do que ele, delegado da Polícia Federal. Não sei, porém, o quanto ele está sendo sincero e o quanto está sendo cauteloso. Ele afirmou que o mesmo grupo realizou mais de uma ação. Verdade. Porém, a proximidade de tempo deixa claro que muito mais que um grupo agiu. Isso é muito evidente. Imagino que houve planejamento, porque não é possível improvisar a maior onda de ataques da história da Capital.

Não é a primeira vez que, pelo menos em público, as forças de segurança subestimam as organizações criminosas. Isso é sempre muito perigoso. Melhor estar preparado para lidar com o crime organizado e se deparar com “pirangueiros” – como dizia o ex-secretário Delci Teixeira – do que esperar enfrentar “pirangueiros” e ter pela frente facções bem estruturadas.

Pode até ter havido grupos que viram que os ataques ocorreram, aproveitaram-se para também cometer atentados. Porém, imaginar que isso ocorreu nos mais de 20 atos criminosos pela Cidade é supor que as células criminosas estão disseminadas por toda parte. Outra hipótese, de um só grupo ter cometido número expressivo de atentados, seria desmoralizante para a Polícia. Os caras incendeiam um ônibus, outro e mais outro sem serem interceptados?

Parece-me bastante claro que houve algum nível de coordenação e o mínimo de planejamento, que não foi detectado. Isso é preocupante. Não é, entretanto, o maior problema. O problema maior é quando está consumada a onda de violência – quando se sabe que há ação orquestrada contra as forças do Estado, contra a população, em última instância – e mesmo assim não se consegue evitar novas ocorrências. Policiamento foi reforçado, viaturas passaram a acompanhar ônibus, mas os ataques persistiram. A estratégia não conseguiu antever para prevenir os atentados nem foi capaz de interromper a série de agressões 24 horas depois de desencadeada.

A inteligência, e mais que isso, falhou.

Uma das causas para esse segundo fracasso, para a Polícia não conseguir impedir ataques que eram esperados e previsíveis, está na perigosa forma de violência que foi desencadeada. É uma forma de guerrilha urbana ou de terrorismo puro e simples. Muito difícil de combater se não for com inteligência e antecipação. São grupos sorrateiros em ações fortuitas. Em muitas ações do gênero, as pessoas agem sozinhas.

Não foi o caso em Fortaleza, desde quarta-feira. Em situação tão ampla e que envolveu número significativo de pessoas, há maior possibilidade de ação preventiva. Quando as iniciativas são menos audaciosas, a repressão se torna ainda mais complicada. A onda de terror de ontem foi um pouco menos intensa que a de quarta-feira. Espera-se e torce-se para que perca força. Porém, mesmo que não como série de ataques, permanecerá o risco de pequenas ações com objetivo de afrontar o Estado e levar terror à população.

Não é o Ceará: o mundo não sabe como lidar com isso. Paris que o diga.

Sindetran quer apurar condições dos veículos que atolaram na praia do Presídio

O Sindicato dos Trabalhadores na Área de Trânsito do Ceará (Sindetran/CE) quer apurar se os veículos que atolaram no último fim de semana na praia do Presídio, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza, passaram por uma avaliação mecânica devida e ainda se os servidores do Detran/CE ficaram em situação de vulnerabilidade, diante de uma possível falta de treinamento em operações na orla marítima.

Segundo a presidente do sindicato, Eliene Uchoa, que protocolou o pedido da certificação de manutenção dos veículos utilizados na blitz da Semana Santa, há denúncias que os dois carros que atolaram na praia, e que depois foram arrastados para o mar, não passaram por uma avaliação mecânica devida.

Exemplos! É tudo o que a população necessita

408 1

Em comentário no Blog, a advogada e leitora Goretti Ramos alerta que, enquanto autoridades se acusam, a criminalidade se une. Confira:

Vou fazer o papel da “água” e não do “fogo”, nesse momento. Fogo queima, destrói. Água é mais forte do que o fogo, pois o apaga! Água reconstrói as coisas…

Lá vai, meu povo! E alguém, aí, me faça o profundo favor de fazer chegar aos olhos dessas “pessoinhas de cabeça quente” esse meu desabafo…

Meus senhores, estou “azogada do juízo”, cabeça quente, porém não efervescente, desde a quinta-feira, 19, desmarcando compromissos por conta do medo que me invade, numa cidade onde uma minoria de meliantes consegue “desconsertar” os gestores em atitudes há muito antigas! E, por acaso, foi o primeiro, décimo, vigésimo ônibus incendiado? Foi o primeiro, décimo, sei lá quanto banco apedrejado e danificado? E os cidadãos feridos? Quantos, hein?

Há uma repetição de crimes que o meu cérebro para lá de quarentão não consegue compreender e ainda mais a mesma atitude que “deixa a desejar”, infelizmente, às nossas autoridades em tempos plenamente “plugados e conectados”, até nos presídios! Como podem?!

Por que ainda estamos dando “murros em pontas de faca”, “enxugando gelo” e não estamos vendo que essa luta contra a criminalidade do jeito que está não irá acabar nunca, a não ser com mais e mais vítimas inocentes sucumbindo nas esquinas?

Chega, meu povo! Chega! Parem vocês, homens de autoridade, com essa “briga besta”, com essa “troca de farpas”, e que não nos levará a lugar nenhum! Enquanto vocês trocam “adjetivos” entre si, o crime se especializa e faz algo que vocês não estão conseguindo fazer: unirem-se em torno de um objetivo comum, infelizmente, voltado ao mal!

Não existe nem “frouxo”, nem “moleque” de um lado ou outro! E muito menos um super-homem, apesar de que este último, coitado, dá o seu sangue, noites de sono mal dormidas e um destemor e amor à profissão que dá exemplo em vocês aí! E é isso que estamos necessitando, nesse momento angustiante: Exemplos!

Vou repetir a palavra para vocês: Exemplos! É tudo o que a população está necessitando!

E vejam se parem de dar “holofotes” aos “falatórios” em geral e parem de alimentar essa picuinha tão pequena ante a temeridade que é viver, como cidadão cearense, num estado onde sequer temos garantidos o direito à vida e o ir e vir.

Vão se redimir e, ao menos, sem demagogias, fazer uma visita ao pobre cidadão queimado e vítima maior desses dois dias: aquele trocador que teve marcado em seu corpo a violência que nos amedronta!

O recado é para vocês: governador Camilo Santana, capitão Wagner e aos demais dirigentes dessa cidade. Existe um inimigo comum bem maior do que meras disputas politiqueiras e é nele que vocês devem concentrar as forças!

Por favor, dêem-me, ao menos, o direito de sonhar com uma cidade menos “violenta” e desorganizada, ao menos nos próximos dias! Eu estou cansada…

Unam-se!!!

#NossoCearáMerecePAZ!

Por trás dos ataques

Da Coluna Vertical, no O POVO desta sexta-feira (21):

Há registro de pelo menos seis facções no estado do Ceará: PCC, Comando Vermelho (CV), GDE (dissidência local do CV), Família do Norte (FDN), Amigos dos Amigos (ADA) e Equipes Mentes Criminosas (local). Houve rompimento, em termos nacionais, do PCC com o Comando Vermelho, o que gerou as rebeliões e mortes nos sistemas prisionais do Amazonas e Roraima, nos primeiros dias de 2017.

No Ceará, os presos do PCC, no fim de dezembro, foram isolados na CPPL 3 para evitar confronto de facções. Ao que tudo indica, agora houve rompimento, no Ceará, do GDE com as demais.

Os membros da GDE foram transferidos para a CPPL 2, o que teria gerado a reação a que estamos assistindo. Há quem atribua também a intensidade dos ataques a uma resposta às bravatas do secretário André Costa (SSPDS), adepto do marketing policial e afeito a aceitar desafios pelo Facebook.

Não se conhece o plano do Estado para enfrentar a situação, que é grave, mas tem-se uma certeza: foi o maior ataque a ônibus já registrado, em todos os tempos, no Ceará.

Enquanto isso, a lei estadual sobre bloqueio de celulares nos presídios continua questionada, no STF, em Brasília.

Um feriado sem ataques a ônibus

159 1

Neste feriado de Tiradentes, Fortaleza não registrou nenhum tipo de problema como os que ocorreram, desde quarta-feira, quando se irrompeu uma onda criminosa patrocinada por facções revoltadas com a política de transferência de presos para outros Estados.

O transporte público, que foi alvo prioritário dos ataques – mais de 20 ônibus queimados, atende a população com frota reduzida por conta da data. São 800 ônibus circulando, mas escoltados por comboio policial.

A Polícia Militar opera com todo o seu efetivo, incluindo os que atuam na parte burocrática.

O governador Camilo Santana permanece em Fortaleza acompanhando a situação.

OAB da Região Metropolitana divulga nota repudiando onda de ataques

205 2

A Ordem dos Advogados do Brasil – Região Metropolitana de Fortaleza divulgou nota, nesta noite de quinta-feira, repudiando a onda de violência que se registra na Capital e RMF desde quarta-feira. Confira:

NOTA PÚBLICA

A Ordem dos Advogados do Brasil, subseção da Região Metropolitana de Fortaleza, vem a público repudiar, de forma veemente, a onda de violência e terror que varreu as ruas da Grande Fortaleza nos últimos dois dias. Desde a última quarta (19), dezenas de ônibus foram atacados e incendiados, inclusive, na pacata cidade de Horizonte. Em Maracanaú, uma delegacia de polícia e uma agência bancária foram metralhadas no distrito de Pajuçara. Cidadãos ficaram feridos, estudantes ficaram sem aulas e trabalhadores simplesmente não tinham como voltar para casa. O transtorno e o medo invadiram o cotidiano dos cidadãos de bem.

É imperativo que o Poder Público, através do Governo do Estado do Ceará e das forças de segurança, restabeleça imediatamente a ordem e a Lei. Os responsáveis devem ser identificados e exemplarmente punidos, a fim de que este episódio não se torne mais um capítulo na lamentável novela que vem se tornando a violência em nosso Estado, sobretudo na Região Metropolitana de Fortaleza. A selvageria destes atos ganhou as manchetes da imprensa internacional e nos envergonha diante do mundo civilizado. A sociedade não pode se render aos ditames do crime organizado, nem o Estado deve se curvar diante da barbárie e do caos.

*Raphael Pessoa Mota

Presidente OAB/Região Metropolitana de Fortaleza.

Assembleia aprova projeto que publiciza em site oficial lista de pacientes que aguardam exames e cirurgias

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quinta-feira, 20, o projeto de indicação de autoria do deputado Leonardo Araújo (PMDB) que dispõe sobre a obrigatoriedade da publicação, em sítio eletrônico oficial, das listas dos pacientes que aguardam por consultas, exames e intervenções cirúrgicas nos estabelecimentos da rede pública de saúde do Estado de Ceará.

Agora, a matéria será encaminhada para apreciação do governador Camilo Santana (PT), que poderá sancioná-la ou não. Leonardo Araújo explica que essa publicização dará um tom mais transparente às listas dos que aguardam consultas, podendo estar sob o chamado controle externo.

Judiciário cearense funcionará em regime de plantão neste feriadão de Tiradentes

Magistrados da Capital e de comarcas do Interior atenderão, em regime de plantão, nesta sexta-feira (21/04), feriado em homenagem ao Tiradentes, e no fim de semana. No Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o atendimento será feito pelos desembargadores Francisco Lincoln Araújo e Silva, Haroldo Correia de Oliveira Máximo e pela juíza convocada Rosilene Ferreira Tabosa Facundo. Os magistrados atenderão, respectivamente, nesta sexta (21), sábado (22) e domingo (23), das 12 às 18 horas.

Fórum

No Fórum Clóvis Beviláqua, o plantão ficará a cargo da 2ª, 3ª e 4ª Varas de Execuções Fiscais e de Crimes contra a Ordem Tributária, e do 7º, 8º e 9º Juizado Especial Cível e Criminal da Capital. Os juízes estarão disponíveis das 12h às 18h. Os pedidos no âmbito de competência da Infância e da Juventude, destinados apenas para apreciação de casos urgentes, serão analisados pelos citados plantonistas.

No Interior

No Interior, o atendimento acontecerá das 8h às 14h nas comarcas de Caririaçu, Farias Brito, Araripe, Barbalha, Quixelô, Várzea Alegre, Brejo Santo, Icó, Ipaumirim, Boa Viagem, Madalena, Pacoti, Redenção, Ibicuitinga, Iracema, Aracati, Maranguape, Pacatuba, Eusébio, Caucaia, Trairi, Uruburetama, Sobral, Camocim, Viçosa do Ceará, Coreaú, Ipueiras, Mocambo, Ipaporanga, Monsenhor Tabosa, Tauá, Aiuaba, Irauçuba e Itapajé.

Vem aí a XV Mostra Brasileira do Teatro Transcendental

A 15ª edição da Mostra Brasileira de Teatro Transcendental já tem data e lugar definidos. O evento acontecerá no Teatro Riomar Fortaleza de 25 a 27 de agosto, e em outras cidades cearenses.

A Mostra continua com inscrições abertas até o próximo dia 30 para seleção de espetáculos a serem apresentados na edição deste ano. Grupos de teatro de todo país podem se inscrever gratuitamente.

SERVIÇO

*O edital está disponível no site do evento.

 

Conselho Regional de Contabilidade fará mutirão na Praça do Ferreira

O Conselho Regional de Contabilidade vai realizar, neste sábado (22), um mutirão de orientação sobre o preenchimento da declaração do Imposto de Renda 2017. Profissionais voluntários credenciados pelo CRCCE realizarão o atendimento das 8 às 12 horas, na Praça do Ferreira.

O CRCCE pede apenas que o contribuinte tenha em mãos os documentos que comprovam os rendimentos obtidos em 2016 e as despesas que podem ser descontadas do imposto a pagar. O mutirão de orientação do imposto de renda faz parte da programação da semana que comemora o Dia do Profissional da Contabilidade (25/4).

Documentos

Reunir com antecedência os documentos necessários é uma das sugestões do CRCCE, especialmente para o contribuinte que pretende deixar o envio da declaração para a última hora.  Além das informações sobre o rendimento auferidos em forma de salário, serviço prestado, cachês, o contribuinte deve informar também sobre pagamento recebido na venda de bens, o recebimento de doações e de causas judiciais.

Outra sugestão é ter os recibos de pagamentos feitos na contratação de serviços de educação ou saúde com os respectivos CNPJs das empresas. Este tipo de despesa pode reduzir o imposto a pagar. No caso de pagamentos a profissionais liberais, como médicos e dentistas, o profissional também deve ter informado o valor recebido à Receita Federal. O não batimento de valor pago e valor recebido entre pessoas físicas pode levar o contribuinte à malha fina.

Dependentes

O uso de dependentes para abater o imposto a pagar exige a informação do CPF do dependente. Filhos a partir de 12 anos devem tirar o documento com antecedência ou ficam fora da declaração. O prazo para a entrega da declaração termina na próxima sexta-feira (28). De acordo com a Receita Federal, cerca de metade dos contribuintes ainda não enviaram as informações. A multa para quem perder o prazo é de R$ 165,74.

Zap Leão

O Conselho de Contabilidade também mantém um serviço de orientação ao contribuinte, gratuitamente, por meio do aplicativo WhatsApp. O Zap Leão começou a funcionar em março e já realizou cerca de 8 mil atendimentos on-line. As perguntas podem ser feitas, 24 horas por dia, por profissionais ou leigos de qualquer local do país. As respostas são elaboradas em arquivos de texto ou de áudio por dez contadores credenciados pelo CRCCE.

SERVIÇO

*O número Zap Leão é (85) 98407-9690. O serviço seguirá funcionando até o fim do prazo de envio da declaração.

Prefeito vai assinar ordem de serviço para obras de reforma da Praça do Dendê

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) vai autorizar, às 9 horas deste sábado, no bairro Edson Queiroz, obras de reforma e empossar os novos monitores dos postos de saúde de Fortaleza.

Ele assinará a ordem de serviço para reforma da Praça da Juventude Genésio Queiroz, na comunidade do Dendê. O espaço de lazer será totalmente revitalizado, com a recuperação do piso em pedra portuguesa e do meio-fio, reforma da quadra poliesportiva, instalação de novos bancos e iluminação em luz banca, além de serviços de paisagismo, pintura e limpeza.

Em seguida, às 10h30min, no Posto de Saúde Matos Dourado, também no Edson Queiroz, Roberto Cláudio vai dar posse aos 33 novos monitores do posto que ficarão responsáveis por verificar os processos dos atendimentos realizados e também as condições de infraestrutura dos equipamentos.

DETALHE – Após a posse dos monitores, o prefeito visitará a obra da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Dendê, que tem previsão de entrega para o segundo semestre deste ano.

Projeto do Shopping Benfica arrecada livros para a biblioteca do Lar Torres de Melo

O Lar Torres de Melo foi a primeira entidade a receber mais de 300 livros, quantidade compatível com o espaço reservado para a formação da biblioteca da entidade. O ato faz parte do Projeto Loja 100Livros, do Shopping Benfica.

A entrega ocorreu nesta quinta-feira, com a presença do empreendedor do Shopping Benfica, João Soares Neto.

“O Benfica é um shopping de responsabilidade social, que faz o bem e estimula o público a também ter o seu olhar sensível para o coletivo, para fazer o bem ao próximo. A loja 100Livros foi uma ação pioneira nossa e contamos mais uma vez com o apoio dos nossos clientes que doaram e fizeram a divulgação para que arrecadássemos uma loja repleta de livros. A todos, o nosso cordial agradecimento”, disse, na ocasião, a superintendente Marcirlene Pinheiro.