Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Moradores de Maranguape recebem 500 pães de coco

Moradores do distrito de Tabatinga, em Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza, receberam cerca de 500 pães de coco, nessa sexta-feira (14), diante da ação solidária do grupo “Tabatinga em Ação”, que conseguiu doações de comerciantes locais.

Além das ações na Semana Santa, o grupo também realiza o Natal Solidário, festa ao Dia das Crianças e feira empreendedora no primeiro domingo de cada mês.

(Foto: Divulgação)

Camilo credita alta nos índices em homicídios às ações da PM em áreas do tráfico

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (15):

Fortaleza completa três meses consecutivos de alta em homicídios. Antes, o último crescimento desse índice ocorreu em agosto de 2015. Desde então, até dezembro de 2016, em todos os meses os assassinatos apresentaram redução na Capital.

O período coincide com a gestão do atual titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o delegado federal André Costa. O governador Camilo Santana (PT) credita o fato às ocupações realizadas pela PM em áreas dominadas pelo tráfico.

Para especialistas, no entanto, há pouca resolutividade por parte da cúpula da Segurança Pública. Mas acreditam que, com os novos investimentos anunciados pelo Governo (mais viaturas, pessoal e armamentos), a situação poderá melhorar.

Todos torcemos por isso.

OAB e UNIFA7 atuarão contra o machismo

A Ordem dos Advogados do Brasil, por meio da Comissão da Mulher Advogada, dará início, após este período santo, a rodas de conversar na UNIFA7 voltadas principalmente para alunos do curso de Direito.

O objetivo é discutir com eles pautas voltadas para o enfrentamento à violência contra a mulher e a misoginia.

Recentemente, alunos desse curso realizaram um campeonato na universidade e batizaram os times com nomes machistas e ofensivos.

Titular da SSPDS vai almoçar com lojistas de Fortaleza

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Estado, delegado federal André Costa, é o convidado de reunião-almoço que a Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza promoverá segunda-feira (17), em sua sede, no Centro

André Costa ali permanecerá das 12 às 14 horas conversando com lojistas e expondo, principalmente, seus planos para melhorar a segurança no Centro, que concentra o maior número de lojas do Estado.

Russas – Raio atinge árvore e mata mulher e criança

Uma mulher e uma criança morreram atingidas por raio no início da tarde desta sexta-feira (14), em Russas, no Baixo Jaguaribe, a 165 quilômetros de Fortaleza. Outras sete pessoas receberam atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foram encaminhadas para unidades hospitalares do município. O grupo de cerca de 15 pessoas estava perto do açude Capecé, localizado no assentamento Bernardo Marinho 2, zona rural de Russas, debaixo da árvore que foi atingida pelo raio.

De acordo com o agricultor Ostian Sousa, a chuva era fraca na região, no momento do raio. Conforme a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), a equipe do Samu chegou ao local 10 minutos depois do chamado.

A mulher e a criança morreram no local. Segundo a Sesa, das vítimas socorridas, quatro delas foram levadas pela UTI Móvel para o Hospital e Casa de Saúde de Russas. Outras três vítimas foram encaminhadas para a UPA de Russas.

(O POVO Online)

“Por Menores” – Erick Bruno fala do jogo do Castelão e do basquete cearense

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=bfF5wyiaHkA[/embedyt]

O jornalista Erick Bruno comenta as expectativas em torno do segundo jogo entre Ceará e Guarani de Juazeiro do Norte, válido pela disputa de semifinal do campeonato cearense.

Ele também lembra para o fortalezense que tem partida de basquete entre o Carcará e o Paulistano, neste sábado (15), no Centro de Formação Olímpica.

Fecomércio vai homenagear o senador Eunício Oliveira

226 1

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB), será o grande homenageado da festa do comércio cearense, que está marcada para o dia 29 de maio, no Lullas Buffet. Ele receberá a Medalha Clóvis Arraes Maia, a mais alta comenda da Federação do Comércio do Estado.

Segundo o presidente da Fecomércio, Luiz Gastão, na mesma ocasião serão agraciados com a Medalha do Sesc o diretor do Sesc do Rio, Danilo Miranda, e com a Medalha do Senac o casal Manuel e Mana Holanda que, anualmente, promove a Feira da Moda de Fortaleza.

Já no dia 24 de maio, a federação vai inaugurar sua nova sede, no Centro de Fortaleza, ocasião em que ali fará reunião do seu conselho superior.

DETALHE – Eunício Oliveira é alvo dde inquérito aberto na PGR por ter sido citado na Lava Jato. A Fecomércio acredita na inocência do homenageado.

Que modelo de segurança pública ajudaria o Brasil?

Com o título “Uma reflexão sobre o modelo de segurança pública”, eis artigo do advogado e professor Irapuan Diniz de Aguiar. Diz ele que as conclusões dos debates em torno do tema são sempre “no sentido de propor a unificação das polícias, a integração de suas atividades ou suas subordinações ao Ministério Público que passaria a dirigir a investigação criminal.” Ele é contra. Confira:

O Brasil transformou-se nos últimos anos num verdadeiro laboratório de experiências na construção de um novo modelo de segurança pública. Aqui e ali, algumas iniciativas governamentais apresentam resultados, se bem que muito aquém do que seria minimamente desejável pela população. Os equívocos de diagnóstico e avaliação do setor respondem pelo fracasso das reformulações procedidas, com algumas ilhas de eficiência, ainda assim, resultantes do idealismo e resistência de alguns poucos profissionais que não se deixam cair na desesperança.

Dos inúmeros congressos já realizados para debater a questão da violência e criminalidade, com a participação de juristas, policiais, parlamentares, juízes, promotores de justiça e outros estudiosos do assunto, a reformulação da estrutura da segurança pública sempre consta da pauta das discussões. As conclusões, no entanto, são sempre no sentido de propor a unificação das polícias, a integração de suas atividades ou suas subordinações ao Ministério Público que passaria a dirigir a investigação criminal.

Uma simples leitura dessas indicações, contudo, é suficiente para constatar suas inadequações à atual realidade das polícias, porquanto não alcançam a raiz dos verdadeiros problemas. Ora, é inviável unificar-se uma organização militar com outra civil e vice-versa. Entre as funções civis e militares há diferenças profundas e radicais de essência, substância e natureza. Impossível seria, por conseguinte, agrupar, fundir ou condensar num estatuto único regimes jurídicos que a diversidade de objeto impõe.

Quanto à integração, é consenso de que deve ser estimulada a partir dos bancos escolares, quando do curso formação dos policiais – civis e militares – numa mesma Academia como hoje já ocorre no Ceará. Os frutos, porém, dos vínculos de amizade construídos nessa fase, só serão colhidos numa outra geração de profissionais. Não se promove integração por decreto nem é dado desconhecer dos óbices insuperáveis no atual cenário, onde a disputa do espaço de poder por policiais das duas corporações é visível. Daí, os pífios resultados até agora obtidos.

No que diz respeito à direção da investigação criminal pelo Ministério Público é ela desaconselhável, seja porque seus membros não foram preparados para tal mister, seja para preservar sua atuação como domini litis, seja, enfim, pelo acúmulo de atribuições de que já é detentor, alargadas com os novos encargos que lhe conferiu a CF/88. Esta, inclusive, foi uma das razões pelas quais fui favorável a PEC 37/2012.

Frente a tais fatos advogo, hoje, a tese do reencontro da Polícia Civil com suas origens, assumindo, por inteiro, a face jurídica de sua atuação. O exercício da atribuição de polícia judiciária, antes concedida apenas aos delegados de polícia, por delegação do Código de Processo Penal, passou a ser, com a vigência da Carta Constitucional de 88, de toda a organização policial civil. Assim, deveria a instituição compor a estrutura do Poder Judiciário, desvinculando-se, dessa forma, do Poder Executivo. Com a medida, delegados, escrivães, legistas, peritos criminais e demais profissionais da polícia judiciária desenvolveriam suas atividades como membros de outro Poder, distantes das pressões político-partidárias. O Executivo, por seu turno, passaria a dispor de uma só polícia – ostensivo-preventiva -, no caso a Polícia Militar, responsável pela manutenção da ordem e segurança pública.

Com a implementação da providência, desapareciam os conflitos entre as duas polícias, evitar-se-ia a repetição, no âmbito da Justiça, dos atos praticados no inquérito policial, contribuindo para uma maior celeridade processual, dentre outros. Nunca é demais lembrar que o exercício da polícia judiciária é uma função de Estado e não de governo.

*Irapuan Diniz Aguiar

Advogado e professor.

Fortaleza debaterá situação de crianças e adolescentes que vivem nas ruas

384 1

Fortaleza será sede, no próximo dia 26, do Seminário Estadual Criança Não é de Rua. O evento, que ocorrerá das 9 às 17 horas, no anfiteatro da Faculdade de Direito da UFC, discutirá, nesta edição, o tema “Disseminação das Diretrizes Nacionais para o Atendimento a Criança e ao Adolescente em Situação de Rua”.

A realização é da Organização Pequeno Nazareno, membro do Forúm DCA/CE, e da Faculdade de Direito da UFC, através do apoio do Núcleo de Estudos Aplicados Direitos, Infância e Justiça (NUDI-JUS). Será uma oportunidade de conferir como estão as políticas de apoio à criança e ao adolescente em situação de risco no Estado.

Programação

08h – Credenciamento
09h – Mesa de abertura
09h45min – Apresentação mídia – Grupo de Trabalho
CONANDA
10h00min – Painel 01 – Conceituação Nacional de Crianças e
Adolescentes em Situação de Rua – Resolução 001/2016
CONANDA/ CNAS.
10h30min – Painel 02 – Alteração nas Orientações Técnicas do Serviçode Acolhimento Institucional CONANDA/CNAS para inclusão de acolhimento com metodologias específicas para crianças e adolescentes em situação de rua – Resolução 001/2016 CONANDA/CNAS.
11h00m – Plenária

INTERVALO 12h às 14h

14h – Painel 03 – Orientações Técnicas para Educadores Sociais
em Programas, Projetos e Serviços com Crianças e Adolescentes em
Situação de Rua – Resolução 183 /2017 CONANDA.
14h30min – Painel 04 – Centro de Referência Especializado para
população em situação de rua/ Crianças e Adolescentes.
15h00min – Painel 05 – Nota Técnica 001/SAS e SGEP do Ministério
da Saúde: Diretrizes e Fluxograma para a atenção integral à saúde das mulheres e das adolescentes em situação de rua e/ou usuárias de crack/outras drogas e seus filhos recém-nascidos.
15h30min – Plenária
17h00min – Encerramento

SERVIÇO

*Anfiteatro Professor Willis Santiago Guerra – Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará – Rua Meton de Alencar, s/n – Centro – Fortaleza.

*Inscreva-se agora (vagas limitadas): https://docs.google.com/…/13WUq1nLfopeSWOJX4xwDcz…/viewform…

Tudo pronto para a XII Bienal Internacional do Livro do Ceará

A XII Bienal Internacional do Livro do Ceará será aberta, às 18h30min desta sexta-feira, no Auditório Mestres e Mestras da Cultura do Ceará, no Centro de Eventos. O ato será marcado com cortejo de artistas e homenagem ao mestre Bule Bule, ao poeta e repentista Geraldo Amâncio e ao poeta popular Leandro Gomes de Barros (in memoriam), além do espetáculo de dança “Religare”, da Edisca.

A  Bienal é uma realização da Secretaria da Cultura do Estado, em parceria com o Instituto Dragão do Mar, e apresentada pelo Ministério da Cultura e pelo Bradesco.

A programação vai até o domingo no Centro de Eventos e em múltiplos espaços de Fortaleza, com entrada franca em todas as atividades – inclusive na solenidade de abertura. Serão 10 dias de programação, 125 horas de atividades, com mais de 160 escritores, 300 convidados, 350 editoras e 110 estandes.

Que tal tomar um café com jeito de amor ao próximo

Durante toda esta sexta-feira, comemora-se o Dia Internacional do Café. Aproveitando a data, a Benévolo Café e Gelato promove até as 23 horas, uma ação beneficente em prol do Instituto Roda da Vida. Todo café expresso vendido nessa data terá seu valor destinado à entidade.

O Instituto Roda da Vida trata gratuitamente pessoas com câncer utilizando a Medicina Integrativa, ou seja, alia o tratamento convencional com esse tipo de abordagem, fortalecendo as taxas de cura.

SERVIÇO

*Benévolo / Instituto Roda da Vida – Rua Ana Bilhar, 1083
Ação vai até as 23 horas

*Para doar para o Instituto Roda da Vida

Banco do Brasil
Agência: 36552
Conta corrente: 56404-4.

As pessoas, os livros e a Bienal

Com o título “As pessoas, os livros e a Bienal”, eis artigo do secretário da Cultura do Ceará, Fabiano Piúba dos Santos, que está no O POVO . Ele destaca a abertura, nesta noite de sexta-feira, no Centro de Eventos, da XII Bienal Internacional do Livro do Ceará. Confira: 

Cada pessoa um livro; o mundo a biblioteca”. Somos seres compostos de histórias, imaginação, sentimentos, pensamentos, saberes. Cada um de nós é um livro. Juntos compomos uma biblioteca viva, um acervo humano. Tal qual um mote de cordel, apresentamos a XII Bienal Internacional do Livro do Ceará, de 14 a 23 de abril no Centro de Eventos. Com esse tema na cabeça de Mileide Flores, convidamos Lira Neto, Cleudene Aragão e Kelsen Bravos como curadores, preparando, com os coordenadores de espaços, uma bela e vasta programação.

Os ambientes da Bienal foram pensados para que todas as pessoas possam se encontrar com o universo cultural e educativo do livro e da leitura. São como travessias intergeracionais possíveis entre escritores e leitores nas vindas das crianças com seus pais, professores e avós para programação infantil; dos adolescentes para uma interação criativa no espaço Juventude Fantástica; dos leitores adultos que terão a oportunidade de debater as obras de romancistas, poetas, contistas, cientistas e acadêmicos; dos educadores no Salão do Professor; dos poetas e cantadores na Praça do Cordel; dos Mestres e Mestras da Cultura do Ceará que compartilharão suas artes e ofícios em rodas de saberes; além dos encontros realizados para bibliotecários, agentes de leitura, editores de periódicos literários, ilustradores e gestores de políticas de livro e leitura.

O Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura, trabalhou com afinco para oferecer aos cearenses e visitantes uma Bienal voltada para as pessoas. Serão dez dias lindos e envolventes para democratização do acesso ao livro, promoção da leitura e formação de leitores, valorização dos escritores e escritoras e fomento da economia do livro no Brasil. Nossa Bienal é um ambiente de políticas públicas de livro, leitura, literatura e bibliotecas em suas dimensões culturais, educativas, sociais e econômicas.

O acesso é gratuito em todas as atividades. Serão 160 escritores, 300 convidados, 350 editoras, 80 mil títulos expostos, 110 estandes, gerando em torno de 2 mil empregos diretos e indiretos com uma movimentação financeira estimada em R$ 6 milhões, em 13.500m² do Centro de Eventos, que espera que todos nós ocupemos com nossas experiências leitoras e histórias de vidas a XII Bienal Internacional do Livro do Ceará.

*Fabiano Piúba dos Santos,

Secretário da Cultura do Ceará.

Marco Zero de Fortaleza amanhece com grafites de protesto

O Marco Zero, que fica na Barra do Ceará, amanheceu com grafites em clima de protesto.

Segundo moradores, um grupo de jovens esteve no local e deixou nas muretas do monumento o registro de que Fortaleza estaria completando 413 anos e não 291 anos como vem comemorando a área oficial.

Eles aproveitaram também para deixar bandeiras pretas, símbolo do abandono da Barra do Ceará.

DETALHE – A tese de que Fortaleza completaria 413 é defendida pelo historiador Adauto Leitão.

(Foto – Valber Firmino)

Vem aí a quinta edição O POVO Noivas

Da Coluna Layout, da jornalista Joelma Leal, no O POVO desta sexta-feira:

Exposições, palestras, desfiles, sorteios de brindes e atrações musicais estão previstas para a quinta edição do “O POVO Noivas”, confirmado para os dias 30, 31 de maio e 1º de junho. Neste ano, o evento ocupará espaços no RioMar Fortaleza.

As inscrições estão abertas por meio da página especial.opovo.com.br/noivas. Os ingressos podem ser adquiridos com preço especial de 1º lote, com opção para apenas um dia ou pacote para os três dias.

Ex-governador carrega a cruz nesta sexta-feira santa

Como faz há mais de 40 anos, o ex-governador Lúcio Alcântara esteve, nesta sexta-feira santa em sua terra natal, São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza). Ali, carregou a cruz num dos trechos da tradicional via-sacra do município.

Ao seu lado, estava o vice-prefeito Arnaldo Forte (PSDB).

Lúcio Alcântara, que é católico fervoroso, segundo amigos que o acompanhavam, fez alguns pedidos. Dois deles: por muita chuva no Estado e por novas perspectivas políticas para o Brasil, hoje em crise moral e ética.

Chove em mais de 60 municípios cearenses. Fortaleza registra pancadas de chuva

Choveu em mais de 60 municípios até as 9 horas desta sexta-feira, segundo boletim divulgado pela Funceme. Na Capital cearense, chove forte em vários bairros.

Confira as 10 maiores:

Ibiapina (Posto: Ibiapina) : 45.0 mm

Quixeramobim (Posto: Riacho Do Algodao) : 41.8 mm

Ipueiras (Posto: Ipueiras) : 39.0 mm

Camocim (Posto: Camocim) : 30.0 mm

Quixeramobim (Posto: Sao Miguel) : 30.0 mm

Aquiraz (Posto: Sitio Sapucaia Fagundes) : 30.0 mm

Quixeramobim (Posto: Riacho Verde) : 28.4 mm

São Benedito (Posto: Sao Benedito) : 28.2 mm

Poranga (Posto: Poranga) : 27.0 mm

Tururu (Posto: Tururu) : 26.2 mm

Arquidiocese recomenda aos padres que divulguem documento da CNBB contra o aborto


Durante os atos desta Semana Santa, todos os padres foram orientados a ler uma nota da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) contra o aborto. Eles foram orientados pelo arcebispo de Fortaleza, dom José Antônio Aparecido Tose.

Confira a íntegra do documento da CNBB:

NOTA DA CNBB – PELA VIDA, CONTRA O ABORTO

“Não matarás, mediante o aborto, o fruto do seu seio”
(Didaquê, século I)

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil-CNBB, através da sua Presidência, reitera
sua posição em defesa da integralidade, inviolabilidade e dignidade da vida humana,
desde a sua concepção até a morte natural 1. Condena, assim, todas e quaisquer iniciativas que pretendam legalizar o aborto no Brasil.

O direito à vida é incondicional. Deve ser respeitado e defendido, em qualquer etapa ou
condição em que se encontre a pessoa humana. O direito à vida permanece, na sua
totalidade, para o idoso fragilizado, para o doente em fase terminal, para a pessoa com
deficiência, para a criança que acaba de nascer e também para aquela que ainda não
nasceu. Na realidade, desde quando o óvulo é fecundado, encontra-se inaugurada uma
nova vida, que não é nem a do pai, nem a da mãe, mas a de um novo ser humano. Contém
em si a singularidade e o dinamismo da pessoa humana: um ser que recebe a tarefa de vira-ser. Ele não viria jamais a tornar-se humano, se não o fosse desde o início. Esta verdade é de caráter antropológico, ético e científico. Não se restringe à argumentação de cunho teológico ou religioso.

A defesa incondicional da vida, fundamentada na razão e na natureza da pessoa humana,
encontra o seu sentido mais profundo e a sua comprovação à luz da fé. A tradição judaicocristã defende incondicionalmente a vida humana. A sapiência e o arcabouço moral do Povo Eleito, com relação à vida, encontram sua plenitude em Jesus Cristo. As primeiras comunidades cristãs e a Tradição da Igreja consolidaram esses valores. O Concílio Vaticano II assim sintetiza a postura cristã, transmitida pela Igreja, ao longo dos séculos, e proclamada ao nosso tempo: “A vida deve ser defendida com extremos cuidados, desde a concepção: o aborto e o infanticídio são crimes abomináveis”.

O respeito à vida e à dignidade das mulheres deve ser promovido, para superar a violência
e a discriminação por elas sofridas. A Igreja quer acolher com misericórdia e prestar
assistência pastoral às mulheres que sofreram a triste experiência do aborto. O aborto
jamais pode ser considerado um direito da mulher ou do homem, sobre a vida do
nascituro. A ninguém pode ser dado o direito de eliminar outra pessoa. A sociedade é
devedora da mulher, particularmente quando ela exerce a maternidade. O Papa Francisco
afirma que “as mães são o antídoto mais forte para a propagação do individualismo egoísta. ‘Indivíduo’ quer dizer ‘que não se pode dividir’. As mães, em vez disso, se
‘dividem’ a partir de quando hospedam um filho para dá-lo ao mundo e fazê-lo crescer”.

Neste tempo de grave crise política e econômica, a CNBB tem se empenhado na defesa
dos mais vulneráveis da sociedade, particularmente dos empobrecidos. A vida do
nascituro está entre as mais indefesas e necessitadas de proteção. Com o mesmo ímpeto e
compromisso ético-cristão, repudiamos atitudes antidemocráticas que, atropelando o
Congresso Nacional, exigem do Supremo Tribunal Federal-STF uma função que não lhe
cabe, que é legislar.

O direito à vida é o mais fundamental dos direitos e, por isso, mais do que qualquer outro,
deve ser protegido. Ele é um direito intrínseco à condição humana e não uma concessão
do Estado. Os Poderes da República têm obrigação de garanti-lo e defendê-lo. O Projeto
de Lei 478/2007 – “Estatuto do Nascituro”, em tramitação no Congresso Nacional, que
garante o direito à vida desde a concepção, deve ser urgentemente apreciado, aprovado e
aplicado.

Não compete a nenhuma autoridade pública reconhecer seletivamente o direito à vida,
assegurando-o a alguns e negando-o a outros. Essa discriminação é iníqua e excludente;
“causa horror só o pensar que haja crianças que não poderão jamais ver a luz, vítimas
do aborto”. São imorais leis que imponham aos profissionais da saúde a obrigação de
agir contra a sua consciência, cooperando, direta ou indiretamente, na prática do aborto.

É um grave equívoco pretender resolver problemas, como o das precárias condições
sanitárias, através da descriminalização do aborto. Urge combater as causas do aborto, através da implementação e do aprimoramento de políticas públicas que atendam eficazmente as mulheres, nos campos da saúde, segurança, educação sexual, entre outros, especialmente nas localidades mais pobres do Brasil. Espera-se do Estado maior investimento e atuação eficaz no cuidado das gestantes e das crianças. É preciso assegurar às mulheres pobres o direito de ter seus filhos. Ao invés de aborto seguro, o Sistema Público de Saúde deve garantir o direito ao parto seguro e à saúde das mães e de seus filhos.

Conclamamos nossas comunidades a unirem-se em oração e a se mobilizarem,
promovendo atividades pelo respeito da dignidade integral da vida humana.
Neste Ano Mariano Nacional, confiamos a Maria, Mãe de Jesus, o povo brasileiro,
pedindo as bênçãos de Deus para as nossas famílias, especialmente para as mães e os
nascituros.

Brasília-DF, 11 de abril de 2017.
Cardeal Sergio da Rocha Dom Murilo S. R. Krieger, SCJ
Arcebispo de Brasília Arcebispo de São Salvador
Presidente da CNBB Vice-Presidente da CNBB
Dom Leonardo U. Steiner, OFM
Bispo Auxiliar de Brasília
Secretário-Geral da CNBB.

 

 

Grupo alemão que arrematou o aeroporto agenda visita ao Ceará

Da Coluna Vertical, do O POVO desta sexta-feira:

Diretores da Fraport, ganhadora do leilão do Aeroporto Internacional Pinto Martins, marcaram visita à Capital cearense. Os alemães estarão aqui no período de 24 a 26 deste mês. A visita foi acertada por Camilo Santana (PT) com o grupo.

Além de encontros com o governador e o prefeito Roberto Cláudio (PDT), haverá uma bateria de reuniões técnicas e uma visita ao Aeroporto.

A assinatura da concessão do Pinto Martins será em julho, quando a Fraport começará a dividir a administração do Aeroporto com a Infraero.

A vinda dos diretores da Fraport acontece logo após reunião de Camilo com a Latam, nesta semana, onde o mote foi o tão sonhado hub dessa empresa para o Ceará.

Paixão de Cristo vai ao Mercado São Sebastião

A Paixão de Cristo será encenada, a partir das 9 horas desta sexta-feira, no Mercado São sebastião, O espetáculo é da Companhia Teatral Acontece e se repetirá, a partir das 19 horas, só que em frente à sede da Companhia, que fica na rua João Tomé, 640, no bairro Monte Castelo.
As apresentações são gratuitas. O projeto foi contemplado e premiado pelo XIII Edital Ceará da Paixão 2017, da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará.

Chacina de Messejana – MP do Ceará pede arquivamento de denúncia contra dois réus

O Ministério Público do Ceará (MPCE) apresentou ao Tribunal de Justiça (TJCE) as alegações finais referentes a 18 acusados de envolvimento na Chacina da Grande Messejana. Para dois deles, o órgão fez o pedido de impronunciamento. Isso significa que, se a Justiça acatar o pedido, a denúncia contra os réus Carlos Roberto Mesquita e Francisco Fagner de Farias Mesquita será arquivada. Ou seja, eles não serão submetidos a julgamento no Tribunal do Júri que analisaria se são culpados ou inocentes.

Dessa forma, se o colegiado do TJCE que cuida do caso aceitar o pedido, Carlos Roberto e Francisco Fagner serão liberados. Ambos se encontram presos no 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM).

As defesas dos dois réus argumentaram junto ao MPCE que não havia elementos suficientes que comprovassem o envolvimento deles na chacina, o que foi aceito pelo órgão. 11 pessoas morreram no crime, que aconteceu em novembro de 2015. Ao todo, 44 policiais se tornaram réus por participação na chacina.

Fabrícia de Castro, advogada do soldado Farias, explica que o pedido foi feito junto ao MPCE porque o carro que aparece nas imagens utilizadas como evidências não é do mesmo modelo do qual Farias é proprietário.

“Pedimos ao juíz uma perícia que foi negada. Contratamos uma perícia particular. Fizemos o papel que deveria ser da acusação. Comprovamos que o carro das imagens é de um Fox prata modelo 2005. Diferente do carro do Farias, que é um modelo 2012. Cristalinamente não era o mesmo carro”, explica a advogada.

Ela afirma ainda que somente quando a Justiça aceitar o pedido de impronunciamento do MPCE a família de Farias vai decidir se vai entrar com pedido de indenização pelos oito meses em que ficou detido no 5º BPM. No caso do sargento Mesquita, o advogado Francisco Sabino Sá revela que o motivo do envolvimento de seu cliente foi por ele ter passado pelo local errado na hora errada.

“O sargento Mesquita está preso por uma multa de trânsito. Ele foi multado na CE-040 no dia da chacina e relacionaram ele ao crime. O MPCE não levou provas que apontassem a participação dele. Ele não participou de nenhum grupo de Whatsapp, nem recebeu ou fez ligação telefônica com ninguém desse caso” argumenta Francisco Sabino.

Acusação

Com o pedido de impronúncia do MPCE, responsável pela acusação, a tendência é que o colegiado do TJCE acate o pedido, realizado na última quarta-feira, 12. Para os demais 16 acusados, o órgão não fez pedido de impronunciamento.

Em nota, o MPCE destaca que próxima segunda-feira, 17, apresentará as alegações finais sobre a participação de outros acusados. O comunicado esclarece ainda que, após a sentença do colegiado de juízes, órgão apresentará mais detalhes sobre o trabalho de instrução, investigação e manifestação do órgão sobre o processo. (João Marcelo Sena)

(O POVO)