Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Cine Ceará 2018 bate recorde de produções inscritas

O cineasta Volney Oliveira, coordenador do Cine Ceará 2018, está mais feliz do que artista que ganha o Oscar.

Segundo ele, não vai faltar trabalho para os curadores. “Batemos o recorde de inscritos mais uma vez. Ao todo, 1.222 filmes, de 18 países, foram submetidos ao 28° Festival Ibero-americano de Cinema”, diz

Ele adianta ainda que a Mostra Competitiva Ibero-americana de Longa-metragem recebeu 286 inscrições e a Mostra Competitiva Brasileira de Curta-metragem, 936. O número de curtas cearenses inscritos também foi recorde: 116 produções.

(Foto – Paul MOska)

Ciclista cearense participa de certame internacional em Ouro Preto

O ciclista cearense Gilberto Sousa participará, em Ouro Preto (MG), da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike. A etapa da prova acontece no período de 8 a 10 deste mês de junho e conta pontos para o ranking mundial da União Ciclística Internacional, fazendo parte do Ciclo Olímpico Tóquio 2020, ranking Brasileiro e Mineiro.

Patrocinado pelo Instituto Aço Cearense há nove anos, Gilberto já contabilizou mais de 300 pódios ao longo de sua história, entre eles o Campeonato Cearense de Mountain Bike, onde foi vencedor por dez vezes na categoria elite de paraciclismo. Também foi três vezes campeão do Rally Cerapio/Piocera e do Desafio Sesc de Mountain Bike e campeão do ranking brasileiro em 2017.

Para Gilberto, essa prova de Ouro Preto vai ajudar a garantir maior experiência na sua carreira esportiva, pois terá a chance de correr ao lado de ciclistas de outros países, deixando-o mais próximo do seu maior objetivo que é concorrer em um campeonato mundial.

(Foto – Divulgação)

Família Santana já está reunida para os 50 anos do governador

De Nova York (EUA), chegou o fotógrafo Tiago Santana.

No domingo, às 9h30min, ele vai abraçar o irmão, o governador Camilo Santana (PT), que comemorará 50 anos com missa no Santuário da Assunção, no bairro Vila Velha.

Depois do ato, toda a família Santana, tendo à frente o paizão, Eudoro Santana, oferecerá almoço especial para o chefe do executivo. Com certeza, arroz, cuscuz e galinha caipira não faltarão nesse cardápio.

(Foto – Paulo MOska)

Sindilojas de Fortaleza comemora fim da greve dos caminhoneiros com agradecimentos e cutucada política

Do Sindilojas dde Fortasleza, este Blog recebeu a seguinte nota. Confira:

Nota de Agradecimento*

A diretoria do Sindilojas Fortaleza, através do seu presidente Cid Alves, vem a público agradecer a atenção do governo estadual – na pessoa do Secretário Élcio Batista, da Polícia Militar, da Polícia Federal e seus departamentos, do Exército Brasileiro e do líder classista Ricardo Cavalcante, diretor da Fiec, que trabalharam, incansavelmente, para por fim ao movimento paredista que, aproveitando inescrupulosamente de nobre causa reivindicatória de laboriosa categoria, se incorporou politicamente à greve dos caminhoneiros.

Nosso reconhecimento também às demais entidades que colaboraram com o árduo trabalho de reordenar o transporte rodoviário de cargas no nosso Estado.

Clima de troca-troca na TV cearense

Com a saída da jornalista Moema Soares para a função de coordenadora do Jornalismo do Grupo Cidade de Comunicação, assumirão, na próxima segunda-feira, a gerência de Jornalismo da TV Ceará os jornalistas Marco da Escóssia e Alexandra Sousa.

Ou seja, os dois reforçarão o bom trabalho do presidente da TVC, Adriano Muniz.

Boa sorte para todos.

(Foto – TVC)

Ciro inclui em seu plano de gestão o aumento da tributação sobre heranças

Da Coluna O POVO Economia, da jornalista Neila Fontenele no O POVO desta sexta-feira:

O ex-secretário da Fazenda, Mauro Filho, hoje responsável pelo programa econômico do pré-candidato a presidente da República Ciro Gomes, defende o fim da “pejotização” com a criação de Imposto sobre Valor Adicionado (IVA).

Também faz parte da estratégia a tributação de distribuição sobre lucros e dividendos, bem como aumentos da tributação sobre heranças.

Ou seja: a proposta é de uma briga grande com as grandes corporações.

(Foto – Fco Fontenele)

General Theophilo faz caminhada em Sobral

1260 1

Raimundo Gomes, Tasso, General e Luiz Torquato.

O general Theophilo, pré-candidato ao governo pelo PSDB, faz caminhada, nesta manhã de sexta-feira, pelo tradicional Beco do Cotovelo, em Sobral, a terra dos Ferreira Gomes. Com ele, o senador Tasso Jereissati e o deputado federal Raimundo Gomes de Matos.

No percurso, com chuva caindo, ele resolveu tomar um cafezinho. Parou no Café Flora, de Luiz Torquato, ex-presidente do Guarany de Sobral.

Theophilo trabalha a publicização de suas propostas como pré-candidato a governador e, principalmente, busca ser conhecido do eleitorado.

(Foto – Divulgação)

Vereadora do PRTB fatura prestigio entre caminhoneiros

Ela é campeã da audiência nas redes sociais.

Trata-se da vereadora Priscila Costa (PRTB), uma das jovens parlamentares cearenses que melhor utiliza as redes sociais. A sua recente transmissão ao vivo, via Facebook, da greve dos caminhoneiros, obteve 81 mil visualizações e 1.355 compartilhamentos. Ele mostrou-se desenvolta e exerceu sua verve de jornalista em meio aos grevistas às margens da BR-116.

“Os problemas do caminhoneiros também são nossos problemas”, explicou, enquanto conversava com dezenas de motoristas que lutavam pela redução do preço do óleo diesel.

“Nosso papel não é representar a opinião da Rede Globo, nem a opinião dos “especialistas”. Nosso papel é ouvir a voz de quem acorda cedo e carrega o Brasil!”, afirmou, ao vivo, a vereadora Priscila.

Prefeitura vai inaugurar UPA em terreno doado pela Fundação Edson Queiroz

O prefeito Roberto Cláudio e o governador Camilo Santana (|PT) vão inaugurar, às 9 horas desta sexta-feira, a UPA do bairro dendê, que ganhará o nome de Unidade de Pronto Atendimento Yolanda Queiroz. A UPA ocupará um terreno de 4 mil m2 doado pela Fundação Edson Queiroz, mantenedora da Unifor. A nova unidade amplia a rede de urgência e emergência da capital e terá capacidade de atender cerca de 450 pacientes por dia.

A doação do terreno aconteceu dia 30 de junho de 2016, durante a assinatura da ordem de serviço de construção do equipamento, em solenidade que contou com a presença do chanceler da Universidade de Fortaleza, Airton Queiroz, além da reitora da Unifor, professora Fátima Maria Fernandes Veras. Também participaram do ato vice-reitores, professores e funcionários da Instituição, bem como o presidente da Câmara Municipal, Salmito Filho, vereadores e secretários municipais.

(Foto – Arquivo)

Junho Vermelho – O mês para incentivar a doação de sangue

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta sexta-feira:

Hoje, 1º de junho, o Movimento Eu Dou Sangue iniciará as ações de sua campanha Junho Vermelho em todo Brasil. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância da doação sangue. A ação é fundamental para os bancos de sangue, que, além de já enfrentarem a baixa adesão de doadores nesta época do ano, estão com seus estoques comprometidos.

No Ceará, o Hemoce está à frente das atividades que contarão com campanhas junto a doadores e outros segmentos interessados em dar apoio a essa iniciativa.

Ocupar espaços na mídia é o fundamental para o Movimento Eu Dou Sangue, que surgiu em 2011, quando as irmãs Debi Aronis e Diana Berezin lançaram a campanha em São Paulo, motivadas por um episódio familiar.

O sucesso da iniciativa é comprovado pelos números registrados durante os outros anos. Em 2017, o Movimento Eu Dou Sangue calculou, extraoficialmente, que houve aumento de 25% das doações no mês de junho, em relação a 2016. Bem, doar e salvar, é so começar.

Advogado Paulo Quezado, filiado ao PSL de Bolsonaro, pode disputar o Senado

O ex-presidente da OAB do Ceará e ex-deputado estadual Paulo Quezado disse, nesta sexta-feira, para o Blog que foi procurado pela cúpula do PSL com a proposta dele disputar uma vaga de senador.

Quezado, como parlamentar, atuou no PDT, mas hoje é filiado ao PSL do presidenciável Jair Bolsonaro.

“Eu fui procurado, mas ainda vou avaliar bem esse convite. Não há nada definido!”, avisou o ex-parlamentar, hoje advogado com militância na área criminal.

Ele deixa claro que terá que amadurecer bem esse convite, até “porque a disputa vai ser muito dura e os nomes que se apresentam nos outros partidos são fortes”.

(Foto – Divulgação)

Enem 2018 – Ceará é o 5º estado do pais em inscrições

Com o título “Inscrições no Enem”, confira o Editorial do O POVO desta sexta-feira:

O Ceará é o 5º estado do País em número de inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano. A notícia contribui para reforçar a imagem que os cearenses vêm gozando na área da Educação e o desafio que têm pela frente para avançar ainda mais.

O número dos estudantes inscritos para o Enem na rede pública em todo o Ceará (107.188) é o mais alto já obtido nos últimos 20 anos, desde que a prova foi criada, em 1998. No ano passado, já eram 101.797 os que fizeram o teste, e o número de aprovações também foi recorde (16.897), conforme os dados apresentados pela Secretaria da Educação do Ceará (Seduc). Contudo, ainda são modestos (16,5%) e é preciso fazê-los avançar.

Uma das estratégias para robustecê-los é o programa Enem Chego Junto, Chego Bem, que tem tido a parceria da Fundação Demócrito Rocha, responsável pelo projeto Enem Mix 2018, que foca nos 115 mil alunos matriculados no 3º ano e na EJA (Educação de Jovens e Adultos) da rede estadual de ensino. Seu objetivo traduz-se no oferecimento de conteúdos direcionados e ações transversais, como forma de estimular o aluno, oferecer-lhe segurança e contribuir para o maior ingresso dos inscritos nas instituições de ensino superior.

Faz parte dessa programação a realização de 80 aulões motivacionais e de Redação para alunos de 60 municípios cearenses, contemplando cerca de 50 mil estudantes. Não basta passar o conteúdo, mas envolver o aluno numa ambientação propícia à aprendizagem. Contudo, para se alcançar esse objetivo é preciso que os próprios educadores contem com um suporte real, tanto em termos de trabalho (simulados preparatórios para o Exame), como em disponibilidade de material estruturado, pois só assim será possível motivar os alunos a estudarem. A ênfase na Redação faz parte dessa estratégia pois sua nota é fundamental para o sucesso no Exame.

O Enem é essencial para quem pretende acessar o ensino superior em instituições públicas através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Serve também para quem tem interesse em ganhar bolsa integral ou parcial em universidade particular através do ProUni (Programa Universidade para Todos) ou para obtenção de financiamento através do Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior). Motivar os jovens a ingressarem com mais qualificação na sociedade do conhecimento deve vir acompanhado do aperfeiçoamento dos instrumentos que validem essa aferição. A preparação para uma boa aprovação no Enem é um dos serviços relevantes que pode oferecer o poder público. É bom ver o Ceará esforçar-se para isso.

CUT do Ceará define neste mês nomes que apoiará nas Eleições 2018

263 1

Em nota enviada para este Blog, a Central Única dos Trabalhadores, no Ceará, informa que definirá, neste mês, candidaturas alinhadas à luta e ao interesse dos trabalhadores para apoiar nas próximas eleições. Confira:

NOTA CUT-CE

O compromisso da CUT nas eleições de 2018 é apoiar as candidaturas que são historicamente alinhadas à luta e o interesse dos trabalhadores. Uma entidade com a pluralidade e a amplitude da CUT precisa contar não apenas com um parlamentar, mas com uma bancada voltada para a defesa das nossas bandeiras, como a preservação das conquistas históricas dos trabalhadores, as quais vêm sofrendo duros ataques por parte do governo golpista de Michel Temer e do PSDB.

A CUT reitera que todas as definições de apoio são realizadas por meio da Plataforma Eleitoral da Classe Trabalhadora. Documento este que será lançado neste mês de junho, e que norteará o debate com os candidatos no Estado do Ceará.

(Foto – Divulgação)

Cearense vai presidir a Federação das Associações dos Servidores das Universidades Brasileiras

O cearense José Maria Castro assumiu, nesta semana, em Brasília, a coordenação-geral da Federação das Associações de Servidores das Universidades Brasileiras (Fasubra). Ele foi dirigente do Sindicato dos Trabalhadores da UFC (Sintufc).

Castro, que esteve em Brasília acertando sua posse, que ocorre na próxima semana, já definiu uma meta prioritária: resgate orçamentário das universidades. Ele diz que o clima é de esvaziamento na Era Temer.

Ele também é filiado ao PT.

(Foto – Paulo MOska)

Começar de novo é começar de novo

Com o título “Começar de novo”, eis artigo do chefe do escritório do Unicef de Fortaleza, Rui Aguiar. Ele aborda a palavra-chave recomeçar. Confira:

Em uma loja de quadrinhos, a vendedora ensina que no mundo dos heróis e heroínas o recomeço sempre é possível. Reboot é o termo usado para descrever novas versões da história, acrescentando aos personagens características ainda não experimentadas, revendo enfoques de gênero, acrescentando vilões ou promovendo encontros inusitados.

Nestes trinta anos da Constituição brasileira de 1988, temos enredo suficiente para o recomeço de uma história cujo tema principal é a redemocratização e a universalização de direitos. Como na década de 1980, meninos estão na rua, crianças estão fora da escola, adolescentes são explorados e movimentos sociais minguam com falta de financiamento.

Um reinício seria a oportunidade para ir de casa em casa em busca daqueles que não têm forças para demandar serviços básicos.

Ocasião para encontrar novos finais para velhas histórias: homens e mulheres extenuados pelas desigualdades sociais e injustiças que os levam a filas para empregos que não se concretizam; a chorar por filhos perdidos para a violência; a esperar por milagres da medicina moderna em redes hospitalares do século passado; ou a cultivar lavouras em sistema agrário medieval. Narrativas reais da geração que nasceu na vigência da Constituição Cidadã e que ainda espera que ela se realize em suas vidas como um programa ético, promotor de oportunidades e antídoto de privilégios.

A nova história que se reinicia nas ruas e nos campos pode ser ilustrada com a imagem de cidadãos e cidadãs comuns, com os pés no chão, que não voam e buscam livrar-se da capa da invisibilidade. Estes novos heróis e heroínas do cotidiano não querem superpoderes ou cintos de inutilidades. Procuram apenas viver com a certeza de que suas diferenças serão respeitadas como qualidades e que poderão desenvolver seus projetos de vida sem malabarismos, máscaras ou disfarces. Com a cara limpa e o coração aberto, querem apenas que a luta seja uma força de expressão do desejo de ser feliz e nunca o uso da violência para impor vontades, como deveria ser sempre na democracia. Começar de novo é começar novo.

*Rui Aguiar

raguiar@unicef.org

Chefe do Escritório do Unicef em Fortaleza.

XIII Festival de Inverno da Serra da Meruoca abre espaço para talentos do Ceará

336 1

Kátia Freitas, Téti, Rodger Rogério, Edmar Gonçalves, Cristiano Pinho e outros grandes nomes da música do Ceará vão se apresentar neste sábado, a partir das 21 horas, no XIII Festival de Inverno da Serra da Meruoca, no Estádio Municipal. Eles farão o show “Futuro e Memória”, que foi o vencedor da votação online, na categoria Estadual, interpretando canções de Rogério Franco e Dalwton Moura, reunidas no disco de mesmo nome.

A noite de sábado, segundo a assessoria de imprensa do evento, também terá shows de Marcus Caffé, Luciano Franco e Paulo Araújo, além das bandas Outras Frequências, Titãs e Freud Explica?, fechando o evento, que começa nesta noite de sexta-feira.

O show foi apresentado pela primeira vez em 29 de março deste ano, no Teatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, em Fortaleza, marcando o lançamento do disco. A votação online para escolha do espetáculo a ser apresentado no XIII Festival de Inverno da Serra de Meruoca foi feita no site www.festivalmeruoca.com, que disponibilizou músicas e texto de apresentação de cinco espetáculos que concorreram a uma vaga, em cada categoria. A campanha para votação no show “Futuro e Memória” rendeu grande repercussão nas redes sociais, com muitos comentários de apoio e entusiasmo.

(Foto – Divulgação)

A Violência e as cidades organizadas

Com o título “A Violência e as cidades organizadas”, eis artigo de Irapuan Diniz de Aguiar, advogado e membro da Academia Fortalezense de Letras. Ele aborda o tema segurança pública e a necessidade de reestruturação das policiais. Confira:

Vivemos, dramaticamente, em um mundo de transformações galopantes: o processo de metropolização urbana e o crescimento geométrico da densidade demográfica são dois fenômenos que acossam a sociedade. Estes fenômenos acarretam sombrias perspectivas para o ordenamento estatal responsável pela segurança pública. Os episódios de violência registrados no dia-a-dia evidenciam a urgente necessidade de se promover uma completa reformulação nos organismos responsáveis pela defesa social.

Infelizmente, as conclusões apresentadas quando da realização, ainda em 2010, na Conferência Nacional de Segurança Pública, sob os auspícios do Ministério da Justiça, foi uma exposição da luta intestina travada entre as instituições policiais por espaços de poder, resultando, ao final, tão somente, no estabelecimento de uma dezena de princípios e de diretrizes de difícil implementação por isso que nunca concretizadas.

É que, na discussão sobre a reestruturação das polícias, não se levou na devida conta o relevante aspecto sócio-econômico vivenciado pelas grandes cidades. Trata-se de um grave equívoco. Qualquer reflexão séria que se fizer sobre o assunto concluirá que as metrópoles com menor índice de violência e com polícia menos problemática são aquelas bem resolvidas do ponto de vista urbano.

Com efeito, as grandes cidades do país são, em regra, inchadas e mal planejadas. Apresentam, ademais, um cenário perigoso onde proliferam a miséria, a marginalidade e a violência nas ruas. A se contrapor a este fenômeno encontramos policiais armados, arbítrio e medo. Tal fato traduz a atual tragédia urbana brasileira. Somam-se ao cenário as anomalias congênitas, organizacionais, estruturais e filosóficas do aparelho policial, os vícios enraizados que resistem às transformações, na visão projetiva do panorama criminal e do combate policial, cada vez mais ingente, cruel algumas vezes, pelo vírus da violência que a todos contamina agravada, nos últimos tempos, pela epidemia no consumo do “crack” pelos jovens.

A construção, pois, de um novo modelo de Polícia, ajustado ao Brasil de hoje e que responda as demandas do amanhã, necessita de um amplo e profundo diagnóstico, o mais abrangente possível, envolvendo todas estas questões, e não apenas as doenças que acometem o corpo policial, a fim de que os “alquimistas” de programas governamentais disponham de valiosíssimos elementos sobre os quais, como verdadeiros laboratoristas, possam produzir uma proposta que guarde correspondência com os anseios da sociedade. Que a iniciativa da Assembléia Legislativa do Ceará, ao promover mais um Seminário sobre o tema, prestes a se iniciar, não se constitua em mais um evento que, ao final, não apresente indicações concretas para a minimização do atual cenário.

*Irapuan Diniz Aguiar,

Advogado e membro da Academia Fortalezense de Letras.