Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Webinário Mobilidade Urbana debate nas rede sociais do O POVO uma Fortaleza Inclusiva

O Webinário Mobilidade Urbana, uma promoção do O POVO e Rádio O POVO/CBN, debateu nessa segunda-feira os setores que estão além do fluxo de veículos.

Nesta terça-feira, a partir das 19 horas, nas redes sociais do O POVO, serão tratadas as ações de desenho urbano para tornar Fortaleza mais inclusiva.

(Foto-0 O POVO)

Sesi do Ceará quer difundir ações em favor da saúde do trabalhador da construção pesada

O Sesi do Ceará, em parceria com o Sindicato da Indústria da Construção Pesada (Sinconpe), vai promover um café da manhã no próximo dia 24, na sede da Federação das Indústrias do Estado (Fiec).

O objetivo é difundir a importância e o cuidado com a segurança do trabalho no setor industrial, com foco nas ações que podem ser melhorar a saúde do trabalhador.

Participarão nesse encontro diretores e coordenadores da área de saúde e segurança das empresas de construção pesada.

(Foto – Ilustrativa)

“Terça de Graça” – Projeto estreará em Maranguape com o show “Elas Cansam Roberto”

O humorista e empreendedor Bené Barbosa (Papudim) leva seu projeto “Terça de Graça” para além de Fortaleza.

O projeto estreará nesta terça-feira, às 18h30min, no Teatro da Sociedade Artística de Maranguape, a terra de Chico Anysio, com o espetáculo “Elas cansam Roberto”.

Trata-se de uma sátira aos especiais de fim de ano do cantor Roberto Carlos,a Globo, que terá em cena os atores Edson Santos e Juan Bustamante, que imitam várias divas da MPB como “Maria Beiçona”, “Wandervéia” e “Fafá Despeitada de Belém”.

(Foto – Divulgação)

Justiça manda demolir prédio que desabou parcialmente na Maraponga

174 1

A Justiça Estadual, por meio da 7ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Fortaleza, determinou, por meio de liminar, a demolição do edifício residencial que sofreu desabamento parcial no bairro Maraponga no último dia 1º de junho. A informação é da assessoria de imprensa do TJ do Ceará.

De acordo com a decisão proferida pelo juiz Carlos Augusto Gomes Correia, nesta segunda-feira, os proprietários do prédio devem proceder com a demolição e tratar também da remoção dos entulhos, sob pena de multa diária de R$ 5 mil em caso de descumprimento da medida.

“É claro, portanto, o risco iminente de desabamento total, que pode acarretar perigo a pessoas, sendo medida urgente a demolição do que resta do prédio, aplicando-se a responsabilidade por concretizar tal medida aos demandados”, afirmou o magistrado.

Os Autos

Segundo os autos (nº 0140793-80.2019.8.06.0001), dois dias após o desabamento parcial da edificação (03/06), os proprietários foram notificados para procederem à demolição completa da estrutura. Contudo, limitaram-se a afirmar que, conforme vistoria contratada por eles, em laudo datado de 30 de maio deste ano, teria sido constatado que não havia risco de prejuízo à operação direta dos sistemas e deterioração precoce do edifício. Assim, concluíram que não possuíam ingerência sobre o ocorrido.

Além disso, informaram que aguardariam autorização e indicação de providências por parte do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea-Ce) e das demais autoridades competentes.

Com isso, o Município de Fortaleza ingressou na Justiça com ação cominatória, com pedido de antecipação de tutela, em desfavor dos proprietários. Pleiteou que fosse determinado que eles demolissem o prédio com posterior remoção dos entulhos.

O ente público argumentou ainda que o prédio abrigava 16 famílias que foram atingidas diretamente pela tragédia, além de outras 15 que também foram impactadas, pois residiam no entorno e tiveram suas residências interditadas pela Defesa Civil por conta do risco de desabamento total. O Apartamento, localizado na Travessa Campo Grande, n° 86, bairro Maraponga, possuía quatro andares antes de ter desabado parcialmente.

Ao apreciar o caso, o juiz concedeu a tutela de urgência para evitar “a ocorrência de mais riscos e danos a terceiros, por estar convencido da presença dos pressupostos autorizadores para a sua concessão, determinando, por conseguinte, que os requeridos procedam imediatamente demolição, com posterior remoção dos entulhos”.

(Foto – Julio Caesar)

Servidor estadual poderá imprensar a próxima sexta-feira; Prefeitura, não

1104 5

O governador Camilo Santana (PT) assinará decreto considerando pontos facultativos os próximos dias 20, quinta-feira, e 21, sexta-feira.

A quinta-feira é um feriado dedicado ao Corpus Christi, enquanto a sexta-feira foi avaliada como não recomendável para que todos os órgãos operem normalmente.

Com isso, apenas órgãos que prestam serviços diretos para a população como Cagece, Polícia Militar, Bombeiros, Perícia Forense e rede hospitalar funcionarão normalmente.

Confira o teor do decreto abaixo:

DETALHE – A Prefeitura de Fortaleza não dará ponto facultativo na próxima sexta-feira. A informação é da assessoria de imprensa do Paço Municipal.

Setor ótico de Fortaleza quer ampliar influência no mercado

A CDL Fortaleza está promovendo, todos os meses, reunião com o empresariado do ramo ótico. O objetivo é buscar implementar no segmento mais tecnologia, melhorias na negociação com as operadoras de cartão de crédito e informações sobre o cadastro positivo.

Quem está à frente dos encontros é o presidente da entidade, Assis Cavalcante, que também é o controlador da Rede Óticas Visão. O segmento tem peso no comércio da Capital e trabalhar para ampliar essa influência.

(Foto – Paulo MOska)

Deputados do Solidariedade prestam contas do mandato ao eleitorado

Nesta segunda-feira,  a deputada estadual Aderlânia Noronha (SD) e o deputado federal Genecias Noronha (SD) participaram, em Parambu, de uma plenária onde prestaram conta de seus mandatos. O ato ocorreu na Câmara Municipal desse município, informa a assessoria de imprensa da legenda.

Aderlânia Noronha, que já está em seu segundo mandato, apresentou um balanço de suas atividades e de sua atuação na Assembleia Legislativa. Ela informou que destinou emendas para a aquisição de quatro ambulâncias, bem como para implantação de duas academias comunitárias de saúde, além da construção de areninha, brinquedopraça e pavimentação asfáltica. Isso para Parambu.

Já o deputado federal Genecias reiterou seu compromisso com o povo parambuense, ao destacar as ações conjuntas com o prefeito Filho Noronha: “Desde que iniciamos o nosso primeiro mandato como deputado federal, nosso compromisso com o povo de Parambu sempre foi honrado. Destinamos emendas para recuperação de estradas, como a Serra das Moças, Serra dos Limas, Serra do Meio, pavimentação em pedra tosca na Vila de Serra das Moças, dentre tantas outras. E já está em andamento o empenho para a estrada que liga São Pedro (Malaquias) a Serra da Uruburetama, completou o parlamentar.

(Foto – Divulgação)

Uma preparação para o Água Innovation 2019

A evaporação ainda é um dos principais desafios para a administração de recursos hídricos no Ceará. E esse será um dos temas discutidos durante a preparação do hackathon “Água Innovation”, a ocorrer nesta terça-feira, às 16 horas, no auditório do Campus do IFCE, no bairro Benfica.

O ex-deputado Carlos Matos, coordenador do evento, em entrevista à coluna, diz que as universidades têm participação importante na busca de soluções.

“Há macrodesafios e desafios práticos e operacionais”, acrescenta. O hackathon será realizado nos dias 19 e 20 de agosto, com participação de pesquisadores da UFC, Unifor e IFCE.

DETALHE – O Água Innovation ocorrerá d 3 a 6 de julho próximo, no Centro de Eventos.

*Coluna O POVO Economia, da jornalista Neila Fontenele, no O POVO desta segunda-feira.

(Foto – Divulgação)

Novo presidente da ABDE e as perspectivas do futuro da economia brasileira

A Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) elegeu Perpétuo Cajazeiras, que ocupa a diretoria de Planejamento do Banco do Nordeste (BNB) desde 2016, como novo presidente para o mandato que corresponde ao biênio 2019-21. 

Junto dos vice-presidentes Sérgio Gusmão Suchodolski, do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), e Ênio Ferreira, do Banco do Brasil, Perpétuo assumiu a presidência da entidade no dia 30 de maio e, em entrevista exclusiva para a MundoCoop, falou um pouco do panorama atual do país e as perspectivas para o futuro.

MC – Qual é a atuação da ABDE no Brasil e o foco da Associação nos próximos anos?

Perpétuo Cajazeiras – A ABDE, por meio das Instituições Financeiras de Desenvolvimento – IFDs, em que os bancos cooperativos fazem parte deste rol de instituições, além da Finep e do Sebrae, busca, em essência, catalisar o processo de desenvolvimento econômico, e especialmente, tem como objetivo a redução das desigualdades regionais e interregionais.

Neste sentido, a ABDE, conhecedora das diferenças socioeconômicas existentes no Brasil, em que se observam “mosaicos de desenvolvimento”, diferenciados a partir da dinâmica do ambiente de negócios, bem como das condições sociais, visa atuar em múltiplas escalas, de forma que desde a orientação à agências de fomento de pequeno porte nos locais mais longínquos até a contribuição para a estruturação de grandes empreendimentos.

Para os próximos anos, o foco de atuação será a busca pela maior eficiência e produtividade, sobretudo, pelo estímulo as instituições associadas no processo de inovação tecnológica dos produtos e serviços voltados ao desenvolvimento. Adicionalmente, estratégias e ações para prover maior sinergia entre as Instituições de Desenvolvimento será força-motriz da atuação da nova diretoria nos próximos anos.

MC – Quais as maiores dificuldades que o Brasil ainda enfrenta para se desenvolver economicamente?

PC – Os desafios para promover o desenvolvimento econômico perpassam por diferentes aspectos socioeconômicos. Embora artigos da nossa constituição abordem a necessidade de redução da desigualdade regional, até agora, não se conseguiu enfrenta-la de maneira consistente, pois ainda é imperativo a promoção de um desenvolvimento mais equilibrado entre as regiões. Apesar de a economia brasileira figurar entre os PIB´s de maior relevância no cenário global, as regiões Norte e Nordeste possuem apenas 5,4% e 14,3% de participação da renda nacional, respectivamente, enquanto que o Sudeste registra 53,2%, o que se denota forte concentração econômica, e que a reversão deste quadro requer, necessariamente, da aceleração econômica das áreas mais deprimidas. Para isto, o crescimento econômico é premissa fundamental para o alcance deste objetivo.

Além do contexto econômico, são necessárias outras ações importantes, como por exemplo, enfrentar o analfabetismo, pois infelizmente ainda é considerável, e evoluir nos processos educacionais, notadamente em razão das novas tecnologias e do perfil das novas gerações, para assim “entregar” profissionais ao mercado ainda mais produtivos. Outra questão importante, o saneamento básico, que influi diretamente na saúde, também se reveste de elevada importância no processo de desenvolvimento econômico brasileiro. Enfim, tudo isso desencadeia em desafios para promover o desenvolvimento, contudo, não tenho dúvidas da nossa capacidade de superar as dificuldades, e assim, é nosso dever, todos os dias, construir um país melhor, promovendo o bem-estar da população e com oportunidades para todos.

MC – O uso da tecnologia tem adentrado cada vez mais todos os setores da sociedade. Quais são as maiores tendências das instituições financeiras em relação a isso?

PC – O avanço tecnológico é inerente ao processo de desenvolvimento econômico, na medida em que permite inovações em produtos e processos de forma célere, redução de custos, elevação dos resultados empresariais (receitas, lucros, fluxo de caixa, etc.), ampliação do raio de atuação dos empreendedores, especialmente quando estes possuem a chamada escalabilidade, termo associado a negócio que pode multiplicar sua renda sem ter que aumentar seus custos na mesma proporção.

Neste campo tecnológico, associado ao segmento financeiro, as chamadas de fintechs, avançaram de forma significativa nos últimos anos, de maneira que o cenário impõe aos players do segmento financeiro a adoção de novas tecnologias em seus produtos e serviços. Dessa forma, uma das estratégias da ABDE, nos próximos dois anos, é suprir os associados de consciência tecnológica mais avançada, visando “ganhar terreno” no campo concorrencial, mas também, e principalmente, atuar no desenvolvimento econômico de forma ainda mais efetiva, ágil e assertiva nas necessidades da sociedade brasileira.

MC – Como o modelo cooperativista, que vem crescendo no Brasil, contribui para o desenvolvimento econômico sustentável do país?

PC – Sem dúvida, a união dos produtores na forma de cooperativa, e, sobretudo na seara do crédito, interfere positivamente na conformação do desenvolvimento econômico sustentável do país. Ademais, vale ressaltar, quando se tem cooperativa e cooperados eficientes, resultam em ganhos de produtividade que impactam diretamente no desenvolvimento local e territorial, e promovem, também, externalidades econômicas positivas, na medida em que, por exemplo, aceleram o fluxo de bens e serviços, e elevam a capacidade de geração de empregos em diversas atividades econômicas a montante e a jusante da sua área de atuação.

MC – Qual a importância de estimular a reflexão sobre o desenvolvimento e o fomento na economia brasileira?

PC – Nos últimos dias, o Governo Federal editou decreto da nova PNDR, e no nível regional, lançou o Plano Regional de Desenvolvimento Regional do Nordeste – PRDNE, de maneira que se observam diversos espectros e “drivers” de desenvolvimento possíveis nestes documentos, mas que convergem para o objetivo comum, que é prover um ambiente econômico mais dinâmico e que possam repercutir no bem-estar das famílias brasileiras.

Os atores do desenvolvimento econômico brasileiro, devem atuar no ambiente local e territorial, estruturando as cadeias produtivas, de maneira que as IFD´s devem utilizar-se de sua maestria, no intuito de conseguir eficácia e produtividade ainda maiores.

Na ótica da estruturação das cadeias produtivas, sabe-se que atualmente o Brasil é o maior produtor de alimentos do mundo, contudo, é forçoso reconhecer que a figura do atravessador, em grande medida, impacta a margem de lucratividade dos produtores, fazendo com que a estruturação de canais de comercialização “saudáveis economicamente” é necessária como forma de promover um desenvolvimento mais atrativo para o setor produtivo. Este é apenas um dos pontos de reflexão do desenvolvimento econômico a ser visitado e discutido, com o objetivo de propor soluções para um ambiente econômico mais promissor.

*Por Fernanda Ricardi

Redação MundoCoop

PSC pode ter candidato a prefeito de Fortaleza

Torrano e sua mulher, Lourdes.

O Partido Social Cristão, hoje aliado do PDT no Estado, quer engrossar o pescoço nas próximas eleições em Fortaleza e não afasta, segundo seu vice estadual, Henrique Santana, uma candidatura a prefeito.

Entre opções, aparece um xerifão conhecido da política local: Renato Torrano.

Delegado aposentado da Polícia Federal, Torrano comanda atualmente um escritório de advocacia em Fortaleza. Foi secretário da Segurança Pública na Era Tasso Jereissati, quando exercitava o discurso contra a bandidagem.

(Foto – Tapis Rouge)

Agência de viagens já prepara seu São João Solidário

Iprede será um dos beneficiados com o São João da Casablanca.

A Casablanca Turismo vai promover, no próximo dia 29, no Pirata Bar, o seu 19º São João Solidário. O objetivo é arrecadar leite em pó integral e produtos de higiene para instituições de caridade, além de bolsas de sangue para o Hemoce.

De acordo com a diretoria dessa agência de vaigem, serão contemplados neste ano a ONG Banho Digno e o Iprede.

Haverá ainda uma rifa, que oferece duas passagens nacionais. Os locais de doação: Megastore e unidades do Iguatemi e Aeroporto.

Cantor Falcão é garoto-propaganda de nova campanha da CDL Fortaleza

O cantor Falcão é o garoto-propaganda da campanha Centro Premiado, que será lançada no próximo dia 26, no auditório da Câmara de Diriwnges Lojistas.

A informação é do presidente da entidade, Assis Cavalcante, adiantando que a estratégia ocorrerá de 3 a 13 de julho próximo, período das férias e com objetivo de aquecer vendas no comércio.

A campanha envolverá só os lojistas do Centro da capital cearense, que prometem muitas promoções.

No ato de lançamento, Falcão fará show acompanhado da banda “Tô nem Vendo”, formada só por músicos cegos.

(Foto – Divulgação)

Morre cacique da tribo Anacé, de Caucaia

O Ceará perdeu hoje um de seus líderes indígenas mais importantes.

O cacique Antônio Ferreira da Silva (70), o “Antonio de Anacé”, morreu, nesta madrugada de segunda-feira, no Hospital Municipal de Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza). Ele foi vítima de um AVC.

O velório acontece na rua 7, bairro do Horto, em Maracanaú, próximo ao Colégio Carneiro de Mendonça, em Maracanaú. Às 16 horas, o corpo será levado para a comunidade, onde haverá o enterro em Japuara.

O governo estadual e a Prefeitura de Caucaia divulgaram nota de pesar.

(Foto – Divulgação)

UFC abre nesta segunda-feira o III Seminário de Assessoria de Comunicação

Adailma Mendes, editora-executiva de Cidades do O POVO, entre conferencistas.

O curso de Jornalismo da Universidade Federal do Ceará vai promover, a partir das 18 horas desta segunda-feira, o III Seminário de Assessoria de Comunicação. O evento ocorrerá no auditório da Pós-Graduação em História (Campus do Benfica) até quarta-feira.

O tema central será Tendências e Desafios do Meio Digital, com mesas de debates abordando questões como “Marketing de Conteúdo e Branded Content”, com a participação de Adailma Mendes, editora-executiva de Cidades do O POVO, Eugênia Cabral, mestre em Comunicação Estratégica, e Falkner Moreira, analista de mídias sociais.

Também haverá mesa sobre Gerenciamento de Crises na Internet com a jornalista Camilla Viegas, e, também, outra mesa sobre Gestão de Mídias Sociais com as jornalistas Hayanne Neves (especialista em Marketing), Natércia Melo (Mídias Sociais) e Vanessa Lins (Especialista em Marketing Digital).

SERVIÇO

*Inscrições agora presenciais

*Aberto ao público.

Semace disponibiliza aplicativo para receber denúncias sobre crime ambiental

A Semace vai recebe denúncias de crime ambiental também por meio do aplicativo para telefones celulares e outros dispositivos móveis. A informação é da assessoria de imprensa do órgão, adiantando que a nova funcionalidade foi disponibilizada, nesta segunda-feira, como parte da programação do mês dedicado ao Meio Ambiente.

O aplicativo é o mesmo onde estão as informações do boletim semanal de balneabilidade. Na funcionalidade Denúncias Ambientais, o internauta comunica a suspeita de crime ambiental. A denúncia é analisada por fiscais da Semace, que confirmam ou não o ilícito, deslocam uma equipe para fazer a autuação e, sendo o caso, embargam a prática criminosa.

Ao preencher o formulário de denúncia, o interessado informa o nome, que é mantido em sigilo. Também é obrigatório incluir alguma foto que facilite a análise do caso pelos fiscais. Um dispositivo de localização espacial por satélite pode ser utilizado para identificar as coordenadas geográficas exatas do caso.

SERVIÇO

*O aplicativo para plataformas Android está disponível para baixar gratuitamente nas lojas de aplicativo da internet (https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.ce.semace.androidsemace&hl=pt_BR ) ou por meio do QR Code que pode ser acessado pelo site da Semace (http://mobile.semace.ce.gov.br/denunciaWeb).

*Os serviços de denúncia pelo Disque Natureza (0800.275 2233) e pelo serviço de ouvidoria (85.3101.5520) seguem funcionando normalmente.

(Foto – Arquivo)

Recuperação econômica cada vez mais longe, prevê Lauro Chaves

119 1

Com o título “Recuperação econômica cada vez mais longe”, eis artigo de Lauro Chaves, consultor de empresas, professor da Uece e conselho do Conselho Federal de Economia. Ele manda artigo para o Blog fazendo uma análise nada otimista para o mercado. Confira:

As previsões de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) para 2019 de 2 a 2,5%, feitas no final de 2018 por grande parte dos economistas, são a cada mês revisadas para baixo. Analistas projetam crescimento de apenas 1% para o presente ano, segundo o Boletim Focus de 10 de junho, após 15 semanas de quedas consecutivas chega-se à menor previsão já feita até agora.

Em 2018, a renda por habitante estava 8,1% abaixo do nível de 2014, com uma projeção de crescimento de 1% em 2019 serão três anos consecutivos de renda per capita estável, o que faria dessa a mais lenta das retomadas econômicas no Brasil.

Se o PIB crescer 2% ao ano a partir de 2020, a renda per capita voltaria ao pico de antes da recessão em 2026 (13 anos depois). Sandroni define a depressão como “a fase do ciclo econômico em que a produção entra em declínio, com perdas nos lucros e no poder aquisitivo da população”, já Pastore ressalta “a estagnação da renda per capita”. Por ambos os conceitos o Brasil oscila entre a recessão e, mais grave, a depressão.

Medidas de estímulo ao consumo possuem apenas um efeito de curto prazo; não se vislumbra uma variação nos investimentos privados dada a capacidade ociosa da economia; na indústria, em particular, de forma mais profunda. A alternativa poderia ser através de investimentos em infraestrutura, a ser realizada por concessão devido a Política de Ajuste Fiscal. Outra possibilidade seria um novo ciclo de reduções das taxas de juros, hoje condicionado, no discurso oficial, à aprovação das reformas tributária e da Previdência.

As causas de tamanho pessimismo já eram conhecidas desde o ano passado como, por exemplo, a crise fiscal, a queda do ritmo da economia mundial, a crise argentina e a incerteza política que nos acompanha desde as eleições de 2014. Para a economia brasileira sair do marasmo, é preciso alimentar as expectativas da sociedade, motivar empreendedores, investidores e consumidores, ou seja, fazer a roda girar.

*Lauro Chaves Neto

 

Governador do Maranhão debate reforma da Previdência em Fortaleza

128 1

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) participa, nesta segunda-feira, em Fortaleza, de um debate sobre a proposta de reforma da Previdência e a atual conjuntura brasileira. Dentro do seminário “Políticas de Austeridade e Reforma da Previdência – O impacto na vida das pessoas”, uma promoção do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (DS/CE), com apoio da Frente Cearense em Defesa da Seguridade Social.

No encontro, que ocorre no auditório do Ministério da Economia (Bairro Aldeota), Flávio Dino aborda o tema “Como construir um Brasil justo”. O professor de Economia da Universidade Federal do Ceará (UFC), Fábio Sobral, também está entre os convidados.

(Foto – Divulgação)