Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Fortaleza em Mapas – Iplanfor amplia informações

Mais 84 mapas de conteúdo urbanístico e habitacional foram incluídos no site Fortaleza em Mapas, mantido pelo Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor) A informação é da assessoria de imprensa desse Instituto comandado pelo ex-deputado Eudoro Santana.

Esse material faz parte do Plano Fortaleza 2040, que vem reunindo setores da sociedade civil em discussões sobre o futuro da Capital cearense.

SERVIÇO

*Para acessar os mapas – fortaleza.ce.gov.br

(Foto – Aurélio Alves)

Praça no Cocó é adotada pelo Grupo C. Rolim

Ferruccio Feitosa (SER II), Pio Rodrigues e Águeda Muniz, titular da Seuma.

A Praça Engenheiro Pedro Felipe Borges, situada no bairro Cocó, acaba de ser adotada pela C. Rolim Engenharia. No último sábado (26, Pio Rodrigues Neto, presidente da empresa, oficializou a adoção num ato que contou com a presença da secretária Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente, Águeda Muniz, e do titular da Regional II, Ferruccio Feitosa.

A construtora se comprometeu com a revitalização da praça, transformando o espaço novamente em um local de convivência.

(Foto – Divulgação)

Vem aí o BNB Rock Clube

Com o título “Tributo aos Titãs e Legião Urbana”, vem aí o BNB Rock Clube, evento que promete uma noite para recordar o melhor do rock nacional e, em especial, dessas bandas que fizeram história no País.

O evento ocorrerá a partir dsa 20 horas do próximo dia 9, no BNB Clube, tendo o melhor dos Titãs com a banda cover Os Verminosos e Legião Urbana, com a banda Coda.

SERVIÇO

*Mais informações – 4006.7200/ 4006.7201.

SUS é tema de seminário em Fortaleza

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará (Mova-se) promoverá nesta terça-feira, a partir das 9 horas, em sua sede, o Seminário “SUS: Não à Extinção! Todos em Defesa”. O objetivo é discutir estratégias que garantam uma saúde pública, universal e de qualidade para todos os usuários, informa a assessoria de imprensa da entidade. Sindicatos, associações, centrais sindicais, movimentos sociais, profissionais da saúde, pastorais e servidores públicos da saúde, além de usuários do SUS, estão sendo convocados.

O seminário, que comemora os 30 anos do SUS, vai apresentar um breve histórico do Sistema, discutir as medidas adotadas pelo Governo Federal que ameaçam reduzir os recursos a pretexto do ajuste fiscal e propor políticas que garantem a Universalidade, a Integralidade e a Igualdade no atendimento.

SERVIÇO

*Auditório do Sindicato Mova-se – Rua Princesa Isabel, 502 – Centro.

*Mais informações – (85) 3226.0665/ 996198745.

Danilo Forte diz que General Theophilo está pré-candidato para enfrentar o clima de “Arca de Noé”

375 1

A pré-candidatura do general Theophilo (PSDB) veio contra o sentimento de “Arca de Noé” que os governistas queriam fomentar na disputa pelo Governo do Ceará.

Quem diz é o deputado federal Danilo Forte, hoje filiado ao PSDB, mas que, até bem pouco tempo, estava no MDB, que apoiava a gestão de Camilo Santana (PT).

Segundo Danilo, o general Theophilo começa a empolgar o eleitorado por sua simplicidade, por seu conteúdo e por ser um nome novo na política do Estado.

Governo do Estado libera novas indenizações para ex-presos políticos

O Governo do Ceará pagou, na última semana, o total de R$ 400 mil em indenizações para 31 ex-presos políticos. Com aval da Comissão Estadual de Anistia Vanda Sidou, da Secretaria da Justiça e Cidadania.

Ainda há 20 processos pendentes, segundo o presidente dessa comissão, Mário Albuquerque.

(Foto – Paulo MOska)

Uma metáfora dos nossos dias

154 1

Com o título “Nadar é preciso”, eis bela metáfora escrita pela professora universitária Sofia Lerche, que pode ser lido no O POVO desta segunda-feira. Confira:

Dias de incerteza parecem pedir novos olhares sobre as coisas. Se o céu é turvo e o cotidiano irrespirável, há que se observar pequenos detalhes; perceber janelas por onde onde a vida é reinventada. Dia desses, ao amanhecer, me dirigi ao pontal do Náutico. Enlevo para os olhos e para a alma. À direita e à esquerda, o mar. À frente o horizonte. Foi então que, outra vez, os vi.

Os Meninos e Meninas do Mar (MMM), se preparavam para mais um encontro com a água. Homens e mulheres de diferentes idades e origens, adentravam as ondas. Aos poucos foram preenchendo uma fatia do mar. Nadando com suavidade e elegância. Sem competir. Um coletivo se deslocando em perfeita harmonia. Usufruindo o tépido prazer da água. Alheios aos resíduos próximos das pedras e do paredão, seguiam rumo ao sol e ao infinito.

Não resisti e registrei a imagem, para depois reencontrá-los longe da constante ameaça dos assaltos. Ao vê-los na tela fiquei em dúvida sobre qual imagem melhor retratava aquele momento mágico – se o que de fato vi, na nascente manhã, ou se o dourado registro. Em primeiro plano, os meninos e meninas, cujo crawl sincronizado fazia seus braços parecerem nadadeiras. Seriam golfinhos? Ao longe, a linha escura dos edifícios e o sol se insinuando por entre as nuvens.

Na pungente captura do momento, imagem e memória se mesclavam.

Ao vê-los ali, ao raiar do sol, evoquei a frase de Bandeira sobre a “beleza das coisas mais simples”. Desejei ser também como eles, misto de peixe e de gente. Conhecendo os perigos do mar aberto, enfrentar as águas sem medo. Obedecer os limites do corpo, sabendo a hora de ir e de voltar. Retornando, aprender a mergulhar fundo no quebrar das ondas. Por mais altas que sejam, elas passam. Sabendo se deixar levar por seu balanço, elas nos devolvem à praia. E ao chegar, renovados pela força do mar, do sol e do sal, enfrentar com coragem e alegria novo dia de luta.

*Sofia Lerche Vieira

sofialerche@gmail.com

Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da UECE e pesquisadora do CNPq.

Fórum Parlamentar Metropolitano será instalado em junho

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), anuncia: o Fórum Parlamentar da Região Metropolitana será instalado em junho próximo.

Em entrevista ao Blog, nesta segunda-feira, ele adianta os vários objetivos desse fórum. Um deles, é fomentar parcerias, em projetos e convênios, entre prefeituras da Região Metropolitana.

PIB do Turismo é tema de fórum de debates do Ipece

“O PIB do Turismo” é o tema do X Fórum Ceará em Debate, uma realização do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Estado (Ipece). O encontro ocorrerá nesta terça-feira, a partir das 9h30min, no auditório da Secretaria do Planejamento do Ceará. (Seplag).

A coordenação dos trabalhos fica por conta do diretor-geral do Ipece, Flávio Ataliba.

Nesta edição, o palestrante é Cláudio Monteiro Considera, do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV).

“O turismo é uma das mais importantes atividades de geração de receita para o Ceará. Por isso, o setor vai ter um estudo próprio sobre a participação no Produto Interno Bruto (PIB) do Estado.”, explica Ataliba.

(Foto – Ipece)

As idiossincrasias da esquerda e da direita no Brasil

Com o título “Marcadores ideológicos no Brasil”, eis artigo do cientista político Valmir Lopes, que pode ser conferido no O POVO desta segunda-feira. Ele aborda o tema ideologia e o significado de esquerda e direito neste País de tantas contradições. Confira:

Volto ao tema das crenças políticas e a dificuldade de sairmos do eterno pântano das ideologias. Se alguém lhe disser que as palavras esquerda e direita não estão ultrapassadas, saiba que essa pessoa é de esquerda. Inverti de propósito a anedota. Distinção nascida de uma circunstância histórica, da disposição espacial dos membros da Assembleia revolucionária francesa, os termos esquerda/direita adquiriram vários significados ao longo dos tempos, sendo difícil uma definição aproximada.

No século dominado pela crença no progresso, o termo esquerda era sinônimo de progressista e direita, retrógrado e reacionário. Ocorre que existe uma esquerda regressista e nacionalista, daí a confusão.

A identificação da esquerda com a luta pela igualdade baseia-se na crença implícita no progresso da humanidade em direção à justiça.

Estado e mercado são usados como marcadores para distinguir posições de esquerda e direita. A esquerda teria mais simpatia pelo uso do Estado como meio para realização dos seus valores.

Coincidentemente, o mesmo também ocorre com os conservadores; pois a direita acredita que o mercado é um instrumento adequado para criação e também de alocação das riquezas produzidas na sociedade. Nesse caso, estamos falando de pensamento liberal. Mas somente o liberalismo clássico, predominante no século XIX, acreditava na perfeição do mercado como instrumento capaz de realizar objetivos sociais. Quase nenhum liberal descrê da necessidade do Estado como agência de regulação. A diferença é mais sobre dose e objeto dessa regulação, não sua inexistência.

Persiste ainda a ideia de associação da esquerda com a luta pela igualdade e da direita como defensora das liberdades individuais.

Contudo, mais importante: essa distinção é válida para pensar eleições? Esta não teria outro marcador mais significativo, que possa indicar exatamente as estratégias usadas para se obter a vitória eleitoral? Mesmo não tendo nenhum conteúdo ideológico definido, os termos ajudam seus adeptos a encontrar uma trilha cômoda no mundo tão complexo.

No período imperial brasileiro, dizia-se que os liberais identificavam os problemas e os conservadores tratavam de encontrar a solução mais adequada e realista. Oliveira Viana, o teórico sistematizador do pensamento autoritário brasileiro, propôs a distinção entre duas formas de idealismo que serviram às elites políticas brasileiras pensarem a realidade e projetar soluções. Quando a distinção entre idealistas utópicos e idealistas orgânicos foi feita, pensava a política como realmente existe, como os atores políticos se movimentam e as decisões são tomadas.

Enquanto os utópicos são motivados por convicções, deixando de lado os aspectos dos meios e as consequências da realização dos objetivos, os orgânicos são mais atentos aos objetivos, aos meios disponíveis e às consequências dessas crenças. Atualmente, a forma de pensar do idealismo orgânico pode ser entendida como sendo a tradição do conservadorismo-autoritário e o idealismo utópico aquilo que chamamos de liberalismo ou liberalismo-democrático. Na vida real, essas duas mentalidades adquirem tons diversos e confusos, incoerentes nas organizações partidárias existentes. Mesmo considerando sua redução abstrata, essa classificação ainda nos permite melhor medir as tonalidades das posições políticas, dispensando a querela esquerda-direita, vazia de conteúdo.

*Valmir Lopes

lopes.valmir@gmail.com

Cientista Político e professor da UFC

Ataque a carro-forte em bairro da Aldeota resulta em tiroteio. Segurança é baleado

Um ataque a carro-forte resultou em tiroteio com feridos na manhã desta segunda-feira, 28, na esquina da rua Marcos Macêdo com Visconde de Mauá, no bairro Aldeota, em Fortaleza.

De acordo com a Polícia Militar, os criminosos estavam em uma caminhonete, enquanto um motociclista dava apoio à ação. Um segurança foi baleado durante o assalto. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou no local há instantes para socorrer a vítima.

Suspeitos foram presos e armas apreendidas. A ocorrência deve ser encaminhada à Delegacia de Roubos e Furtos (DRF).

(O POVO Online)

Há bloqueios se registrando nesta segunda-feira em algumas rodovias do Ceará

Há bloqueios sendo registrados em algumas rodovias do Ceará, nesta segunda-feira. Motoristas bloquearam os dois sentidos da BR-222, na altura do bairro Tabapuá, em Caucaia, na manhã desta segunda-feira, 28. O km 18 da BR-116 também segue interditado. Por lá, caminhoneiros afirmam não aceitar as medidas anunciadas por Michel Temer (MDB) na noite de ontem.

Na duas rodovias, helicópteros sobrevoaram os pontos de protesto. Buzinaços foram ouvidos pela reportagem do O POVO Online na BR-116, no Eusébio, onde o trânsito está congestionado no sentido Sertão-Praia.

Os grevistas também entoam gritos de “Fora, Temer” e cantam o hino nacional brasileiro. Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estão no local para auxiliar na fluidez do trânsito.

Bloqueio na altura da Lagoa do Tabapuá.

(Com O POVO Online)

Acrísio defende que Camilo negocie vaga de senador

Para o presidente do PT de Fortaleza, vereador Acrísio Sena, não há necessidade de o partido lançar nome para o Senado. A legenda, diz ele, está mais do que contemplada, pois terá o governador disputando a reeleição.

Várias alas do partido, no entanto, querem o direito de manter a vaga com José Pimentel. Dizem que essa é a orientação da direção nacional petista.

Acrísio é alinhado ao governador Camio Santana (PT), defensor da aliança com o PDT e o MDB. Por essa aliança, as vagas ao Senado ficariam com o ex-governador Cid Gomes e com o presidente do Congresso, Eunício Oliveira.

(Foto – CMFor)

Camilo e RC vão assinar pacote de obras de reforma de praças

O governador Camilo Santana (PT) mantém reuniões internas, nesta segunda-feira, no Palácio da Abolição. Ele acompanha, mais precisamente a rotina do Estado pós-encerramento da paralisação dos caminhoneiros.

No fim da tarde, Camilo estará mais uma vez ao lado do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, quando os dois, em ato na Praça Cristo Redentor (Centro), assinarão um pacote para reforma de praças da Capital.

Presidenciável do Partido Novo programa visita ao Ceará

Fundador e e presidenciável do Partido Novo, o administrador de empresas João Amoêdo programa visita ao Fortaleza para o começo de julho. A informação é do dirigente estadual da sigla, Ivo Silva

Até lá, o partido deverá definirá sua chapa majoritária. De acordo com Ivo, e conforme orientação nacional, sem coligações. O Novo avalia que as legendas atuais não representam a população e ainda estão eticamente fragilizadas.

(Foto – Divulgação)

 

PSOL e PCB escalam chapa para a disputa 2018 no Ceará

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta segunda-feira:

O PSOL, PCB e alguns movimentos, como o dos Trabalhadores Sem teto (MTST) e Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), lançaram chapa nacional com Guilherme Boulos e Sonia Guajajara na vice.

No Ceará, essa aliança, segundo o deputado estadual Renato Roseno (PSOL), se reproduz. Após várias reuniões, o grupo de lideranças locais desses partidos definiu assim a chapa a ser endossada em convenção: Para governador, o bancário Ailton Lopes (PSOL), que concorreu em 2014, tendo a professora Anna Karina (PSOL) como vice. Ela é militante feminista e docente da rede estadual de ensino. A chapa ao Senado também está fechada: Jamieson Simões (PSOL), pastor protestante, militante de direitos da infância e adolescência e do movimento negro. A outra vaga ao Senado será preenchida pelo sindicalista Benedito Oliveira, militante do PCB, operário da construção civil.

José Pimentel vê dificuldades de postular reeleição ao Senado

352 1

O senador José Pimentel, do PT, criticou o “ajuntamento” de partidos em torno do governador Camilo Santana (PT) que, segundo ele, tenta barrar sua candidatura à reeleição ao Senado Federal. Ex-líder do Planalto no Congresso Nacional durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e atual primeiro secretário da Mesa Diretora da Casa, o petista reconheceu ao O POVO a dificuldade que enfrenta dentro do partido para se lançar à reeleição.

“Ao longo da minha vida política, sempre minhas candidaturas foram com muita dificuldade. Lá em 1994, quando me elegi deputado federal, o PT do Ceará tinha feito uma aliança com Tasso Jereissati e, na convenção estadual, aprovou o nome do Mário Mamede para ser o vice-governador do Tasso Jereissati”, relembrou.

O parlamentar disse ainda que “em 1998 não foi diferente, e em 2002 também não”. “Em 2010, os negociadores do PT tinham feito um acordo para que o Partido dos Trabalhadores não tivesse candidato ao Senado no Ceará. As candidaturas eram Eunício de Oliveira e Tasso Jereissati naquela composição”, acrescentou.

O petista, que se elegeu em 2010 vencendo o atual senador Tasso Jereissati, disse que hoje está assistindo o grupo que em 1994 fez aliança com o PSDB e Tasso tendo agora a mesma postura. “Eu sou um parlamentar de 24 anos de Congresso Nacional que sempre tive dificuldade nas minhas campanhas. Portanto, não é novidade a postura neste momento. Os negociadores do PT não são de hoje. Eu os conheço todos e sei da sua forma de fazer política”, criticou.

Conforme O POVO adiantou na edição do dia 17 deste mês, a cúpula estadual do PT já admite abrir mão da vaga ao Senado em nome da reeleição do governador Camilo Santana (PT). Com 24 partidos integrando a base do chefe do Executivo estadual, uma reunião do diretório estadual deve acontecer no próximo mês para inserir o debate sobre o futuro de José Pimentel na legenda. Quem defende a tese já admitida pelo presidente estadual da sigla, Moisés Braz, é o vereador Acrísio Sena (PT), mais ligado ao governador. Ele contesta a defesa de petistas que querem indicar o nome do governador e de um senador em uma chapa composta por 24 partidos.

“Acho que é muito difícil para o partido, numa composição no arco de aliança no campo majoritário com 24 partidos, o PT sozinho pleitear 50% da chapa majoritária”, pontuou.

O deputado federal José Airton (PT) defendeu que “Pimentel é filho de Deus”. “Como filho de Deus, tem direito também (de ser candidato)”.

(O POVO – Wagner Mendes)

Ciro Gomes é o entrevistado do Roda Viva, da TV Cultura

O programa Roda Viva, da TV Cultura, dará sequência, nesta segunda-feira, à série de entrevistas com os presidenciáveis. Depois de Marina Silva (Rede), Guilherme Boulos (PSOL) e João Amoêdo (Novo), o Roda Viva receberá, nesta segunda-feira, Ciro Gomes (PDT).

Com apresentação de Ricardo Lessa e desenhos do cartunista Paulo Caruso, a atração vai ao ar ao vivo, às 22h15min, no site da emissora, no Facebook, no YouTube e no aplicativo Cultura Digital.

As eleições de 2018 marcam a terceira participação de Ciro Gomes na corrida presidencial – ele também se candidatou nos anos de 1998 e 2002. Veterano na política, Ciro foi eleito prefeito de Fortaleza em 1988 e governador do Ceará em 1990. Teve participação importante no período final da gestão de Itamar Franco, quando assumiu a pasta da Fazenda. Também fez parte do primeiro governo Lula como ministro da Integração Nacional, dando início ao projeto de transposição do rio São Francisco. Agora, como pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, vai ao Roda Viva falar sobre as principais questões do Brasil e apresentar suas propostas.

(Foto – Reprodução de TV)