Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Vitor Valim diz que facções tomam casas da população, diante da omissão do Estado

O deputado Vitor Valim (Pros) defendeu nessa quarta-feira (20), no plenário da Assembleia Legislativa, que o Poder Legislativo debata a problemática da violência no Ceará.

“Temos que ter a coragem de fazer o enfrentamento correto à violência, acolhendo e expondo as denúncias de pessoas expulsas de suas residências pelas facções criminosas, pois já não são casos isolados”, afirmou Valim, ao apontar a omissão das autoridades da segurança pública.

Para o parlamentar, a atual Legislatura tem o dever de fazer algo pela população, por meio de uma CPI.

“Esta Casa não pode se calar diante da situação atual, precisamos fazer alguma coisa, seja instalando a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Narcotráfico ou algo do tipo”, ressaltou.

(Foto: Divulgação)

Editorial do O POVO – “O caminho da reforma da Previdência”

Com o título “O caminho da reforma da Previdência”, eis o título do Editorial do O POVO desta quinta-feira:

A entrega da proposta de reforma previdenciária ao Congresso, pelo presidente Jair Bolsonaro, ocorre em momento difícil para o governo, tanto pelos problemas gerados em seu próprio núcleo, quanto pela dificuldade que encontrará na Câmara e no Senado para aprovar o projeto. Esta semana, por exemplo, deu-se o desfecho, pelo menos parcial, de uma questão que se agigantou pela falta de habilidade do presidente, levando à ruidosa demissão do secretário-geral da Presidência, Gustavo Bebianno.

A reforma da Previdência assemelha-se a uma espécie de “bala de prata” para que o governo prove aos agentes econômicos que está em condições de implementar as mudanças que o País exige, de modo a retomar o crescimento e reduzir o desemprego. Se restam poucos segmentos opondo-se abertamente a mudanças na Previdência, ainda há muita divergência sobre o que deve ser feito para recolocar o sistema nos trilhos, afora a defesa de privilégios corporativos que, certamente, se farão sentir, vindas de categorias com grande poder de pressão.

Portanto, são enormes os obstáculos que surgirão na tramitação do projeto, pois trata-se de uma PEC, exigindo quórum qualificado na Câmara e no Senado. Para enfrentar um desafio dessa dimensão, será necessária uma equipe de governo preparada para responder aos questionamentos que surgirão entre os que serão atingidos diretamente, ou seja, praticamente toda a sociedade.

Além desse aspecto geral – e sem entrar no mérito das propostas -, há o trabalho de convencimento dos parlamentares, o que exigirá um esforço intenso de negociação, trabalho ainda não iniciado, pelo que se observa. A derrota sofrida na terça-feira, quando a Câmara derrubou o decreto que alterava as regras da Lei de Acesso à Informação, foi um claro aviso que os deputados não aceitarão passivamente propostas oriundas do Palácio do Planalto, incluindo os aliados do governo.

Após a votação, o líder do PSL – partido de Jair Bolsonaro – na Câmara, Delegado Valdir, manifestou-se duramente: “O Parlamento deu um basta, acabou a lua de mel, deu um recado ao governo. Se não houver essa aproximação, com certeza o governo será derrotado em outros momentos”, afirmou, conforme registrou o portal Jota. Isso acontece quando o governo de Bolsonaro mal chegou à metade dos 100 dias, prazo que se convencionou chamar de “lua de mel” com novas administrações, período em que as cobranças seriam menores.

Agora é ver se o governo terá a competência necessária para promover essa negociação, de preferência nos novos moldes propostos durante a campanha eleitoral, ou se apelará para o toma lá dá cá da velha política.

(Editorial do O POVO)

Réu é condenado a 26 anos de prisão por feminicídio

O réu José Almir da Silva Moreira foi condenado a uma pena de 26 anos de reclusão em regime fechado, por crime de homicídio qualificado pelo motivo fútil, pela crueldade, pela surpresa e pelo feminicídio, vitimando Maria Rosimery Moreira da Silva. A condenação partiu do Conselho de Sentença da 5ª Vara do Tribunal do Júri de Fortaleza durante sessão do último dia 15. José Almir e Maria Rosimery mantinham união estável há cerca de 20 anos, tendo dois filhos maiores de idade. Conforme a investigação, o relacionamento entre os dois era marcado por episódios de violência doméstica, a exemplo de ofensas verbais, ameaças e agressões, protagonizados pelo acusado, na maioria das vezes, por ciúmes imotivados e em ocasiões de ingestão de bebida alcoólica. As informações são da assessoria de imprensa do Ministério Público do Ceará.

O crime ocorreu em 17 de maio de 2017, por volta das 2 horas, no pavimento superior da casa do pai de Rosimery, no bairro Dias Macedo, em Fortaleza. O acusado José Almir, fazendo uso de arma de uma faca tipo peixeira e de um estilete, atingiu a integridade da companheira, Maria Rosimery, matando-a. Na época, a vítima e o acusado estavam morando temporariamente no endereço enquanto a casa dos dois estava em reformas. Segundo testemunhas, poucos dias antes do delito, em 12 de maio de 2017, ela relatou à família que estava sendo ameaçada de morte pelo denunciado.

Apesar disso, em 13 de maio de 2017, parte da família teve de viajar ao interior do Ceará, permanecendo na residência o casal e uma das irmãs da vítima. Uma testemunha relatou às autoridades que, na noite de 16 de maio, por volta das 19 horas, jantou em companhia do casal e não percebeu nenhuma anormalidade. Após o jantar, a testemunha desceu para o andar de baixo e ali permaneceu até adormecer. Há informações de que o acusado saiu da residência e voltou em horário já avançado.

Durante a madrugada, cerca de 2 horas, uma testemunha acordou com os gritos da vítima suplicando por socorro. Então, correu para o corredor que dá acesso à escada, mas não pôde subir, porque o portão havia sido previamente trancado, com cadeado, pelo acusado. Nesse momento, o agressor portava faca e estilete e golpeava a vítima, inclusive na garganta, até a morte, de forma indiferente aos gritos e aos apelos da ofendida e da irmã dela. A equipe de local de crime constatou que, no corpo da vítima, havia “múltiplas lesões” frontais, nas regiões do “tronco e pescoço, mão e ombro”, conforme o Termo de Recognição Visuográfica nº 759/2017.

Terminada a execução, o acusado deixou rapidamente o local, saindo pelo portão de acesso à escada e, novamente, trancando-o com cadeado. Em seguida, evadiu-se, utilizando um automóvel de marca Monza, parado à frente da residência, de propriedade do próprio denunciado. A testemunha afirmou que teve de usar uma pedra para arrombar o cadeado e subir ao pavimento superior, onde encontrou a vítima já morta.

A polícia foi acionada e empreendeu diligências com o objetivo de capturar o acusado. Com ajuda de informes de populares, ele foi localizado, em um quartinho na Rua Capitão Hugo Bezerra, quase esquina com BR 116. Ao ser abordado, ele alegou que teria apenas encostado a faca no pescoço da companheira, no intuito de intimidá-la, mas que ela mesma, na tentativa de desvencilhar-se, era quem havia enfiado a faca na própria garganta.

Todavia, no momento em que os policiais indagaram sobre os diversos golpes desferidos na vítima, ele acabou confessando a integralidade das agressões. Na presença da Polícia Civil, confessou a autoria delitiva e informou que a ofendida foi agredida enquanto estava deitada em uma rede. Sobre o aspecto motivacional, alegou que estaria sendo traído pela companheira e que suspeitava de que ela estava pretendendo se separar. As armas do delito – uma faca tipo peixeira e um estilete – foram encontradas no local, sujas de sangue, e devidamente apreendidas.

O delito foi praticado “contra mulher em razão da condição de sexo feminino”, por envolver “violência doméstica e familiar”, tal como definido no inciso VI do parágrafo 2º e no inciso I do parágrafo 2º-A, ambos do artigo 121 do Código Penal, e tal como descrito na própria Lei 11.340/06, no artigo 7º. Vítima e acusado mantinham união estável por vários anos, e o agressor, com uma conduta marcada por surpresa, vilania, covardia, perfídia e deslealdade menosprezou a condição de vulnerabilidade da mulher no âmbito doméstico, inserindo-se no inciso IV do parágrafo 2º do artigo 121 do Código Penal, consistente na impossibilidade ou dificuldade de defesa da vítima. O relatório final do inquérito policial foi assinado em 25 de maio de 2017 pela delegada do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Évna América de Aquino Leitão Paixão.

Museu da Fotografia de Fortaleza promove exposição e oficina com pontos arquitetônicos da cidade

Neste fim de semana (23 e 24 de fevereiro), o Museu da Fotografia de Fortaleza terá uma oficina bem interessante e que contará com dois profissionais de peso da área: Thiago Braga, fotógrafo, e Igor Ribeiro, arquiteto.

Trata-se da Oficina de Fotografia de Arquitetura que terá aulas divididas entre expositivas, com exercícios em sala, e externas, com prática fotográfica. Ocorrerá também, durante a aula teórica, um momento de contato com programas atuais de edição e manipulação de imagem. O objetivo é apresentar os conceitos que definem a fotografia de arquitetura como tal, suas características e técnicas, assim como um breve histórico através da produção de grandes mestres da área.

No primeiro dia, serão realizados exercícios em sala. No segundo, os alunos irão no ônibus do Museu, junto com o professor, para fotografar no Palácio da Abolição e no Dragão do Mar. Podem se inscrever arquitetos, amantes de viagens e interessados em fotografia, de modo geral. Recomendado a alunos que tenham noções básicas de fotometria e uso o equipamento, além de domínio do manuseio de exposição, velocidade e ISO e que possuam câmera fotográfica, preferencialmente DSLR e tripé. Dispositivo móvel também poderá ser utilizado.

Perfil

Thiago Braga – Professor e fotógrafo, formado em filosofia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e mestre em comunicação pela Universidade Federal do Ceará (UFC), onde desenvolveu pesquisas sobre estética fotográfica e filosofia da fotografia. Diretor de pesquisa e intercâmbio do Instituto da Fotografia (Ifoto), lecionou no Porto Iracema das Artes, hoje trabalha na Travessa da Imagem e ministra oficina no Museu da Fotografia de Fortaleza.

Perfil Igor Ribeiro – Arquiteto e urbanista pela Universidade Federal do Ceará – UFC (2009) e mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo e Design – PPGAU+D – UFC (2018). Sócio-fundador do escritório Rede Arquitetos, atuando desde 2011 em projetos de variadas escalas e áreas de conhecimento, tendo sido premiado em alguns concursos e participado de conferências. Foi um dos idealizadores das 3 edições do Fórum Jovens Arquitetos Latino-Americanos – FJAL. Foi júri da comissão do 26 Ópera Prima, concurso nacional de trabalhos de graduação em Arquitetura e Urbanismo e júri do prêmio Maquinar (Fortaleza – 2018). É professor do Centro Universitário 7 de Setembro e, desde 2015, atua também como fotógrafo de arquitetura, tendo o trabalho publicado em diversos portais e revistas nacionais e internacionais, como Archdaily, Revista Projeto, entre outros.

SERVIÇO

Horário: sempre a partir de 13 horas

Museu da Fotografia de Fortaleza – Rua Frederico Borges, 545 – Varjota

Inscrições: R$60,00 (somente em dinheiro, presenciais, no Museu)

Mais informações: (85) 3017-3661.

(Foto – Divulgação)

Vem aí o I Simpósio Multidisciplinar de Segurança do Paciente

Fortaleza vai ser sede do I Simpósio Multidisciplinar de Segurança do Paciente do Estado do Ceará. Vai acontecer dia 9 de março, no Lulla’s Plazá, numa promoção da Sociedade de Anestesiologia do Estado. O objetivo é debater avanços, estratégias e desafios para a redução de riscos durante o processo de cuidado na área da saúde.

Segundo o “Documento de Referência para o Programa Nacional de Segurança do Paciente”, elaborado pelo Ministério da Saúde, pela Fundação Oswaldo Cruz e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), pesquisas científicas realizadas em diferentes países, incluindo o Brasil, mostram que, em média, 10% dos pacientes internados sofrem algum tipo de evento adverso, sendo que 50% destes eventos são evitáveis.

O dano causado pelo cuidado à saúde e não pela doença de base é responsável pela perda de milhares de vidas e também por prejuízos econômicos, uma vez que prolonga o tempo de permanência dos pacientes em ambientes hospitalares.

SERVIÇO

*Mais Informações e inscrições: www.saec.org.br

Fortaleza terá passeio ciclístico com músicas e fantasias de Carnaval

Fortaleza assistirá, no próximo sábado, 23, a um passeio ciclístico em clima de Carnaval. A Rede Bike Anjo vai celebrar seis anos de atividade na capital cearense e, por conta disso, os voluntários do projeto farão o Bloquinho do Bike Anjo (BBA). O passeio ciclístico gratuito será de 5 km de extensão com muita música, fantasia e animação.

O BBA é pensado principalmente para os ciclistas iniciantes, que querem perder o medo de andar no trânsito, mas todos que quiserem cair na folia sobre duas rodas serão bem-vindos. A rota terá como ponto de partida e chegada a Praça Luíza Távora. A concentração para o início do passeio começa às 15h30min. A previsão é de que o evento termine às 17 horas, informa a assessoria de imprensa da Bike Anjo

 

Confira o mapa do percurso

Após partirem da Praça Luíza Távora, os ciclistas irão seguir pela Av. Santos Dumont, dobrar na Av. Senador Virgílio Távora e prosseguir pela Av. Dom Luís, cruzando a Praça Portugal. A rota continua pelas ruas Joaquim Nabuco, Ana Bilhar, Dep. Moreira da Rocha e Monsenhor Bruno, até chegar novamente à Praça Luíza Távora.

SERVIÇO

*Para mais informações, acesse o site bikeanjo.org.

(Foto – Divulgação)

Ministro Marcos Pontes garante novas tecnologias para o Ceará no plano dos recursos hídricos

Marcos Pontes e o deputado federal Heitor Freire (PSL).

O deputado federal Heitor Freire (PSL) foi recebido em audiência, em Brasília, pelo ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, ocasião em que discutiram um plano de ações para o Ceará. Um dos principais pontos abordados foi a área dos recursos hídricos.

O ministro Marcos Pontes apresentou ao parlamentar uma tecnologia israelense que conheceu durante visita ao país no início deste ano. Um dos destaques ficou por conta da empresa israelense Watergen, que doou 11 máquinas que transformam a umidade do ar em água. As máquinas podem produzir até 900 litros de água por dia, dependendo do local de instalação e da umidade do ar, que deve ser de, pelo menos, 15%. O ministro Marcos Pontes garantiu que uma dessas máquinas virá para o Ceará.

“Nós estamos elaborando um estudo para saber qual cidade vai receber a máquina. Sabemos que o acesso à água potável é imprescindível para ajudar a controlar doenças e também reduzir problemas como a mortalidade infantil e outros, além, claro, de permitir um maior cuidado com o preparo dos alimentos e o consumo das pessoas e animais. Temos certeza que essa máquina será muito bem aproveitada aqui no Ceará”, destaca Freire.

O ministro Marcos Pontes garantiu que em breve fará uma visita ao estado para conhecer de perto as necessidades da população cearense.

(Foto – Divulgação)

Fortaleza recebe o projeto Abraçando o Controle Social

145 1

Fortaleza será sede, das 8 às 12 horas desta quinta-feira, no auditório do Tribunal de Contas do Estado, de edição do projeto Abraçando o Controle Social. O objetivo é conscientizar os profissionais da contabilidade, membros das instituições de controle da gestão pública e os cidadãos sobre o papel fundamental de cada um nos mecanismos de controle social para o combate à corrupção e garantias do bom funcionamento da máquina pública.

O evento, idealizado pelo Conselho Federal de Contabilidade, é uma promoção do Conselho Regional de Contabilidade em parceria com o TCE e conta com o apoio da Controladoria-Geral da União (CGU), da Controladoria e Ouvidoria-Geral do Estado (CGE), do Ministério Público do Estado e da Escola de Contas Instituto Plácido Castelo (IPC).

“Esse evento permitirá compartilhar as novas ações de monitoramento e a qualidade dos gastos públicos em Fortaleza”, explica o presidente do CRCCE, Robinson de Castro.

SERVIÇO

*TCE-CE – Rua Sena Madureira, 1047 – Centro

*Inscrições:www.cfc.org.br/eventos

*Mais Informações – (85) 3455 – 2900.

(Foto – Rodrigo Carvalho)

Deputado quer criar Frente Parlamentar Nacional em Defesa do BNB

O deputado estadual Danniel Oliveira (MDB) propôs, nesta quarta-feira, a criação de uma Frente Parlamentar Nacional em Defesa do Banco do Nordeste. Foi durante pronunciamento na sessão plenária do legislativo estadual. Há especulações de que o BNB pode se fundir com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“Temos que reagir contra essa possibilidade. Tirar o Banco do Nordeste da nossa região é acabar com aquilo que tem feito nosso estado avançar na geração de emprego e renda, então temos que dizer não”, pontuou.

Segundo Danniel, a Frente deve contar com a participação de todas as casa legislativas do Nordeste, além de Minas Gerais e Espírito Santo – estados onde o BNB atua.

(Vídeo – Divulgação)

Governadores conhecem reforma da Previdência de Bolsonaro. Camilo defende trabalhador rural

204 2

O projeto da reforma da Previdência do presidente Jair Bolsonaro foi apresentado aos governadores nesta quarta-feira, em Brasília, pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e pelo secretário da Previdência, Rogério Marinho. Na ocasião, os dois detalharam os pontos da reforma.

“Considero importante a iniciativa do Governo em dialogar com os governadores. Porém, é fundamental incluir na reforma alguns pontos, como o déficit previdenciário público dos estados, bem como garantir os direitos dos mais pobres da cidade e da área rural”, disse Camilo nesse fórum de chefes de executivos.

Um grupo de governadores foi criado após o encontro para aprofundar a discussão e negociar esses e outros assuntos com o governo federal. Ficou acertado também que o grupo voltará a se reunir no mês de março.

(Foto – Divuylgação)

Assembleia Legislativa define dirigentes das 18 comissões permanentes

Definidos, nesta quarta-feira, os dirigentes das comissões técnicas da Assembleia Legislativa. Segundo o presidente da Casa, José Sarto (PDT), respeitando a representação partidária, mas, também, procurando adotar um critério democrático na distribuição.

Comissão de Constituição e Justiça

Presidente – Antonio Granja, vice Sérgio Aguiar

Comissão de Orçamento

Presidente – Tin Gomes, vice Antonio Granja

Comissão de Fiscalização e Controle

Presidente – Sergio Aguiar, vice Augusta Brito

Comissão de Defesa do Consumidor

Presidente – Fernando Hugo, vice Guilherme Landim

Comissão de Educação

Presidente – Queiroz Filho, vice Acrísio Sena

Comissão de Seguridade Social e Saúde

Presidente – Dra. Silvana, vice Antonio Granja

Comissão de Agropecuária

Presidente – Moisés Braz, vice Guilherme Landim

Comissão de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Presidente – Romeu Aldigueri, vice Carlos Felipe

Comissão de Direitos Humanos

Presidente – Renato Roseno, vice Jeová Mota

Comissão de Indústria, Comércio, Turismo e Serviços

Presidente – Nizo Costa, vice Sergio Aguiar

Comissão do Meio Ambiente

Presidente – Acrísio Sena, vice Romeu Aldigueri

Comissão de Viação, Transporte e Desenvolvimento Urbano

Presidente – Nezinho Farias, vice Acrísio Sena

Comissão de Cultura e Esporte

Presidente – Marcos Sobreira, vice Acrísio Sena

Comissão de Infância e Adolescência

Presidente – Érika Amorim, vice Augusta Brito

Comissão de Desenvolvimento regional, Recursos Hídricos, Minas e Pesca

Presidente  – Nelinho, vice Queiroz Filho

Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público

Presidente – jeová Mota, vice Elmano de Freitas

Comissão de Defesa Social

Presidente – Delegado Cavalcante, vice Osmar Baquit

Comissão de Juventude

Presidente – Leonardo Araújo, vice Apostolo Luiz Henrique

(Foto – ALCE)

Geraldo Luciano assume presidência do Partido Novo no Ceará

Geraldo Luciano, vice do Grupo M. Dias Branco, negou, negou, mas agora é pra valer. Ele vai assumir, às 19 horas desta quinta-feira, durante ato no Hotel Praia Centro, sob olhares do presidente nacional do Novo, João Amoêdo, a presidência da sigla no Ceará.

Entre as metas à frente do Novo, promete expandir a representação da sigla no Interior. E diz mais: o Novo terá candidato “competitivo” à Prefeitura de Fortaleza.

Não, não confessou ter esse desejo. Ainda.

(Foto – Divulgação)

Cegás e MRV fecham parceria na área do fornecimento de gás natural

A Companhia de Gás do Ceará (Cegás) e a Construtora MRV vão firmar, nesta quinta-feira, contrato que garantirá o fornecimento de gás canalizado para 3.042 apartamentos de projetos dessa empresa.

Serão construídas ligações em 10 condomínios que ainda serão lançados em Fortaleza.

Somente a Cegás, de acordo com seu presidente, Hugo Figueiredo, já investiu R$ 1,9 milhões na infraestrutura dessa iniciativa.

(Foto – Divulgação)

Seinf manda nota sobre impactos de obras de binário na Comunidade Verdes Mares

Sobre a postagem acerca de problemas enfrentados pela comunidade Verdes Mares, consequência de obras de extensão de um binário até a Avenida Santos Dumont, este Blog recebeu da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf) a seguinte nota:

Caro Eliomar de Lima,

A Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf) esclarece que a obra para o alargamento da rua Prof. Sila Ribeiro faz parte do binário Avenida Santos Dumont e Desembargador Lauro Nogueira.

Com a necessidade de desocupação da via pública, 92 imóveis serão afetados e, hoje, as indenizações na Comunidade Verdes Mares, que são necessárias para a continuidade da obra, estão em andamento e ocorrem de acordo com os trâmites legais necessários.

A negociação sobre valores de indenizações está sendo feita pela Coordenadoria de Perícias e Avaliações da Seinf e atende ao normativo técnico aplicável, no qual é feito um levantamento de todos os imóveis, bem como sua área de construção e equipamentos.

Os imóveis são orçados e avaliados de acordo com o seu estado físico atual.

A Seinf reforça, ainda, que na rua Prof. Sila Ribeiro os imóveis foram construídos sobre a via pública, prejudicando a finalidade do bem público e a implantação de importante via de ligação no sentido Leste/Oeste.

*Secretaria Municipal de Infraestrutura.

Grendene abre vagas para estágio em Sobral e Farroupilha

O Grupo Grendene abriu seu programa de estágio deste ano. Oferece vagas em suas unidades de sobral (Zona Norte) e Farroupilha (RS). São várias as oportunidades.

Em Sobral, por exemplo, as vaga foram abertas para os cursos de Administração, Biologia, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Ciência da Computação, Computação, Engenharias, Finanças, Física, Matemática, Tecnologia de Saneamento Ambiental ou Tecnologia em Mecatrônica Industrial e Química.

Para maiores informações e detalhes, clique nos links abaixo:

*Estagiar Farroupilha aqui.
*Estagiar Sobral aqui.

Demócrito Dummar faz falta

254 2

Com o título “Demócrito Dummar faz falta”, eis artigo do ex-deputado federal Ariosto Holanda, que pode ser conferido no O POVO desta quarta-feira. Confira:

Sinto falta não do jornalista, mas, do homem que pensava o Ceará: ao se aproximar de pessoas com ideias para melhorar o nosso Estado, ele não fazia restrições às suas ideologias, religiões ou raças, mas à viabilidade e lisura de suas propostas. Como esquecer, por exemplo, as opiniões de Adísia Sá, Odalves Lima, Blanchard Girão, Fernando Maia, Dorian Sampaio, Valdemar Menezes, Fábio Campos, Jocélio Leal, Pádua Campos, Chico Lima, Auto Filho, Gervásio de Paula, Flamínio Araripe, Eliomar de Lima, Albanisa Dummar, Temístocles de Castro e tantos outros que nos brindaram com seus comentários.

Conheci Demócrito por ocasião do recebimento da medalha do mérito industrial, juntamente, com Albanisa Sarasate e o governador Adauto Bezerra. Recebemos essas comendas das mãos do secretário e presidente da Fiec, Dr. José Flávio Costa Lima. Nesse ano, 1984, eu defendia com entusiasmo os projetos que alavancariam a economia do Ceará: refinaria, Itataia, laminação, gás natural e o fortalecimento das micro e pequenas empresas pela rota da tecnologia. Ele não só apoiou esses projetos, mas, por meio da Fundação Demócrito Rocha, à época, dirigida pelo professor Auto Filho, mandou encartar os fascículos da série “Como fazer”, desenvolvida pelo Nutec. Um total de 30 perfis, do tipo como fazer doce, cajuína, queijo, detergente e outros, foram divulgados para ajudar as microempresas. Posteriormente, essa série, atualizada e ampliada, foi publicada pela Fundação Demócrito Rocha, Centec e Ministério da Ciência e Tecnologia. Mas, o maior incentivo que dele recebi foi por ocasião da implantação de 40 CVT (Centro Vocacional Tecnológico) em 40 municípios autorizada pelo então governador Tasso Jereissati.

Esses centros procuravam explorar a vocação da região, assistir aos pequenos negócios e transferir conhecimentos para aquelas pessoas sem tempo de ir para escola. Visitamos alguns deles. Demócrito voltou empolgado porque, enxergava naquelas unidades o ponto de partida para o desenvolvimento das regiões. Infelizmente, recebi, informações de que esses centros não estão bem e que alguns até fecharam.

Precisamos resgatá-los. Se não o fizermos enveredaremos pelo caminho do analfabetismo funcional e desemprego. Pergunto: “diante do avanço tecnológico que ocorre no mundo, o que fazer com milhões de trabalhadores cuja força de trabalho é cada vez menos exigida ou nem, mas o é?”. Demócrito com certeza faria essa reflexão. n

*Ariosto Holanda,

Ex-deputado federal.

Camilo pode anunciar reajuste dos servidores até abril, admite lider do Governo

1377 9

O governo estadual pode anunciar reajuste salarial para seus servidores até o mês de abril. O percentual, no entanto, dependerá do cenário da economia nacional.

Foi o que admitiu, em entrevista ao Blog, nesta quarta-feira, o líder do governo na Assembleia Legislativa, Julio César (PPS), que se dedica, nas próximas horas, à formação das comissões técnicas do Poder.

João Alfredo está de volta às lutas no campo ambiental

O ex-deputado federal João Alfredo , que também já foi vereador e deputado estadual, acaba de ser nomeado pelo presidente da OAB do Ceará, Erinaldo Dantas, para a função de presidente da Comissão de Direito Ambiental da Ordem.

Ou seja, acabou a folga para a turma do Ibama, Seuma, Semace e até para a Sema do ex-colega de PT, Artur Bruno.

(Foto – Reprodução de TV)

Quer ser Rei Momo ou Rainha do Carnaval de Fortaleza? Ainda dá tempo fazer sua inscrição

O Teatro São José será palco, a partir das 20 horas desta quarta-feira, do concurso que vai escolher o Rei Momo, Rainha, Princesa, Rei Momo Infantil e Rainha Infantil do Carnavl 2019. A promoção é da Associação Cultural das Entidades Carnavalescas do Estado do Ceará (ACECCE), com apoio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza.

As inscrições podem ser feitas ainda nesta terça-feira (19), na sede da ACECCE, das 8 às 17 horas. O interessado deve levar cópia colorida do documento de identificação (certidão de nascimento ou RG).

Os candidatos para vagas de Rei Momo, Rainha e Princesa precisam ter mais de 18 anos. O prêmio para os selecionados será de R$8 mil para o Rei e para a Rainha e R$4 mil para a Princesa. Já nas categorias infantis, o valor será de R$2 mil para a Rainha, que deve ter entre 8 e 10 anos, e para o Rei Momo, que deve ter entre 9 e 10 anos.

Os candidatos serão selecionados por uma banca de representantes da sociedade civil e do poder público.

Secretaria do Meio Ambiente do Ceará recruta voluntários

670 4

Começa nesta quinta-feira o recrutamento de interessados em participar do Programa Agente Voluntário Ambiental (AVA), período 2019 – 2020. O AVA é uma iniciativa da Secretaria do Meio Ambiente do Ceará e objetiva promover e incentivar o trabalho voluntário nas unidades de conservação (UCs) sob a gestão do Governo. Neste ano, serão disponibilizadas 20 vagas para dez UCs e uma para trabalhar na sede da Sema. As informações são do titular da secretaria, Artur Bruno.

As vagas serão abertas para as seguintes localidades: Parque Estadual do Cocó, Parque Estadual Botânico do Ceará, Estação Ecológica do Pecém, APA da Bica do Ipu, Parque Estadual do Sítio Fundão, APA da Serra de Baturité, ARIE do Sítio Curió, APA do Rio Pacoti, Monumento Natural das Falésias de Beberibe, Monumento Natural Os Monólitos de Quixadá, e uma para a Célula de Conservação da Diversidade Biológica (Cedib), na sede da SEMA,em Fortaleza.

Tarefas

Pelas diretrizes do AVA, pode participar do programa todo cidadão com idade a partir de 18 anos e interessado no desenvolvimento de atividades de manejo, gestão e proteção, nas unidades de conservação do Estado.

Dentro do programa do AVA, o voluntário poderá realizar tarefas do tipo: prestar informações; desenvolver projetos de educação ambiental e pesquisa; manutenção de trilhas e instalações; apoio às populações do entorno; trabalhos administrativos; brigadas de incêndio; buscas e resgates; recuperação de áreas degradadas e manejo de espécies exóticas”, entre outras. Para mais informações, entrar em contato com a CEDIB, por meio dos e-mails cedib@sema.ce.gov.br; ava@sema.ce.gov.br ou pelo telefone: 3101 5530.

SERVIÇO

*As fichas para as inscrições estarão disponíveis no portal da Sema (www.sema.ce.gov.br) até o dia 21 de março, quando encerra o processo de recrutamento.

(Foto – José Rosa)