Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Quem atirou e quem mandou atirar

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (16), pelo jornalista Érico Firmo:

O massacre de Milagres é o maior desastre da história da Polícia do Ceará e caminha para ser confirmado como o maior erro. Foram 14 mortos, seis deles reféns. Que houve erro está claro desde o início. “Numa ocorrência com reféns, nada importa mais que preservar a vida dessas pessoas. Nada, nada, nada. Nesse sentido, a operação foi completo, total, absoluto, retumbante fracasso”, escrevi no fatídico 7 de dezembro.

Tivessem eles sido mortos pelos criminosos acossados pela Polícia, já estaria evidente o erro dos policiais. Porém, os indicativos é de que foram mortos pelos próprios policiais. Terrível.

Conforme o repórter Demitri Túlio mostrou no O POVO de ontem, o relatório das investigações deverá apontar erro de comando. Conforme o laudo, os tiros partiram de fuzis, segundo havia informado antes o repórter Melquíades Júnior, do Sistema Verdes Mares. Seria evidência de que os tiros partiram dos policiais.

Chegaram a ser afastados 12 policiais por causa do desastre em Milagres. Oito deles foram reintegrados. Não se sabe até agora quantos participaram. Não foram poucos. Por isso, é importante identificar a responsabilidade pelo erro.

Se um policial ou dois cometem tal equívoco, poderia ser atitude tresloucada, precipitação, despreparo. Se, numa operação com mais de uma dezena de pessoas envolvidas, seis reféns são mortos pelas forças de segurança, junto com oito integrantes da quadrilha, o erro não foi individual. Foi coletivo. Veio de cima, portanto.

Alguns erros estavam claros desde o início. Na manhã após a matança, o titular da 5ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal, Gledstone Chaves, falou à rádio CBN Cariri e disse que não houve coordenação das ações. Informações não foram repassadas. A PRF foi chamada para retirar um caminhão atravessado na pista, no que acreditavam ser um acidente. Depararam-se com assalto a bancos com reféns. Foi um desastre e poderia ter sido pior. Escrevi em 11 de dezembro: “Houve erro de comando em Milagres”. Leia neste link: bit.ly/milagrescomando

As informações apontam que policiais apertaram os gatilhos e mataram os reféns. Não agiram por conta própria. A questão é saber quem os mandou agir dessa forma. Quem deu a ordem.

Reacende a esperança de paz após mudanças no sistema prisional

Em artigo sobre os presídios no Estado, o presidente do Sindicato dos Agentes e Servidores Públicos do Sistema Penitenciário do Ceará (Sindasp/CE), Valdemiro Barbosa, aponta que a entidade já alertava para a presença e o crescimento das facções nas unidades prisionais. Confira:

Desde de 2012 que o Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (Sindasp/CE) alertava as autoridades sobre a presença das facções criminosas nos presídios cearenses. Não só avisava como também pontuava o crescimento das respectivas organizações criminosas. Inicialmente PCC e CV, e logo em seguida as movimentações da GDE, facção cearense que logo ficou conhecida por atos de extrema violência.

Denúncias, ameaças e relatos de agentes penitenciários foram apresentados às autoridades competentes, todavia, vale destacar que, apesar do conhecimento, os gestores da extinta Secretaria de Justiça e Cidadania – Sejus não aceitavam a ideia do sistema prisional ser o gargalo da segurança pública no Ceará. Contudo, o sindicato sempre requereu, através de ofícios protocolados, investimentos para solucionar o problema que afligia a categoria.

A criação de uma secretaria de administração penitenciária foi exigência do sindicato, sobretudo o fechamento das cadeias públicas no interior. Mas não bastava apenas criar um novo equipamento, era preciso a presença de especialistas e técnicos antes de qualquer mudança. E assim o executivo estadual ouviu quem realmente conhece o sistema prisional e deu carta branca no operacional contra as concessões e regalias de líderes do crime.

Os espaços, antes tenebrosos, foram preenchidos com a supervisão e comando do secretário Mauro Albuquerque – titular da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP). Os agentes penitenciários iniciaram grandes operações de vistoria, com apoio da Força Nacional e, hoje já não há qualquer situação que assombrava os cidadãos aqui fora.

O reflexo dessa mudança se traduz na queda de roubos e assassinatos no Ceará. No primeiro bimestre de 2019, houve uma diminuição de 25,7% em roubo tipificado violento contra o patrimônio e 49,7% em relação aos roubos de carga, veículos, residências, bancos e roubos com restrição de liberdade da vítima. Sem dúvida, o crime que antes era arquitetado nas unidades prisionais não é mais o vilão nessa corrida acelerada que visa proteger a sociedade.

Em relação aos assassinatos, a estatística foi mais satisfatória e aponta uma redução de 57,9% – caindo de 843 para 355 mortes. Também vale destacar que, no mesmo período, não houve mortes nos presídios cearenses. Com isso, a categoria de agentes penitenciários tem realizado um trabalho hercúleo sob o comando do atual secretário Luís Mauro Albuquerque. Nesse sentido, se faz necessário o tratamento isonômico no reconhecimento acerca do trabalho desempenhado. Inserir os agentes penitenciários no plano de metas e recebimento de incentivos pela diminuição dos índices de violência será o mais sensato.

Não há qualquer justificativa para excluir esses profissionais da gratificação de metas atingidas, já que os mesmos são os verdadeiros responsáveis na operação que reacendeu a esperança de paz no Ceará. Os Agentes Penitenciários são e devem ser reconhecidos como Segurança Pública!

Valdemiro Barbosa

Presidente SINDASP/CE

PSOL do Ceará promove roda de conversa para homenagear Marielle

Uma roda de conversa com a deputada carioca Dani Monteiro e com a feminista cearense Isabel Monteiro marca uma homenagem do PSOL do Ceará à memória da vereadora carioca Marielle Franco, neste sábado (16), a partir das 18h30min, na sede do partido em Fortaleza, no Centro.

Marielle e seu motorista Anderson Gomes foram assassinados a tiros, há um ano, em um crime de pistolagem. A vereadora era defensora de causas sociais.

Na terça-feira (12), a polícia do Rio de Janeiro, em operação conjunta com o Ministério Público, prendeu o policial militar reformado Ronnie Lessa e o ex-policial militar Élcio Vieira de Queiroz como os autores dos disparos.

TJ do Ceará e Shopping RioMar promove campanha de combate à violência doméstica

O Shopping RioMar Papicu iniciou, nesta sexta-feira, uma campanha em parceria com o Tribunal de Justiça do Ceará, por meio da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar.

O objetivo é incentivar a adoção de medidas que visam o combate à violência doméstica, ajudar no reconhecimento de casos no próprio círculo social e destacar que é possível denunciar.

Campanha

A campanha desenvolvida pelo shopping está no Piso L1 do shopping, próximo ao Mercadinho São Luiz, onde há um grande fluxo de pessoas que serão impactadas com os totens instalados no local. A ideia é simular um caminho “com barreiras e e mensagens” que alerta sobre os tipos e níveis de agressão que as mulheres costumam vivenciar nas suas relações no dia a dia. Os totens dispostos nesse percurso simulam homens em tamanhos reais, dizendo frases com mensagens “abusivas”, com gradações crescentes do nível de violência.

Ao final do trajeto, as pessoas podem refletir sobre situações que muitas vezes parecem comum no relacionamento, mas que devem ser pensadas. O último totem da campanha incentiva às vítimas de agressão a denunciarem os casos na rede de apoio e acolhimento as mulheres de Fortaleza, onde elas encontram suporte psicológico, proteção policial e, caso necessário, até abrigo em endereço sigiloso.

(Foto – Divulgação)

Fiec lança publicação sobre Economia do Mar

O Observatório da Indústria, organismo da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), por meio do Masterplan de Economia do Mar, vai lançar, às 12 horas do próximo dia 20, a publicação Leme Barômetro PwC de Economia do Mar – Mundo e da segunda edição da versão cearense do estudo. O ato ocorrerá no auditório d Fiec numa parceria com a PricewaterhouseCoopers, também chamada PwC, uma das maiores prestadoras de serviços profissionais do mundo nas áreas de auditoria, consultoria e serviços acessórios para empresas.

O Leme Barômetro PwC da Economia do Mar reúne os principais indicadores do setor no mundo com o objetivo construir uma ferramenta que permita elucidar os impactos das atividades relacionadas à economia do mar na economia mundial, assim como suas perspectivas de evolução no futuro.

O Leme pretende ser um instrumento de observação que permita aos seus utilizadores retirar informações úteis, de forma fácil e rápida. É constituído de três componentes: índices de diversas variáveis, breves notas de conjuntura e resultados de questionário com personalidades ligadas ao setor.

DETALHE – A apresentação será feita por Miguel Marques, sócio da PwC Portugal e parte da equipe mundial de especialistas setoriais da empresa.

Abegás debate tendências e novas parcerias par o mercado do gás natural

As tendências do mercado brasileiro e novas parcerias para o segmento do gás natural foram alguns dos temas debatidos em reunião promovida pela Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (ABEGÁS). O encontro ocorreu nessa quinta-feira, na sede Companhia de Gás do Ceará (CEGÁS), em Fortaleza. Antes do debate, que reuniu presidentes e representantes de 21 empresas distribuidoras de gás do Brasil, houve a 82ª Assembleia Geral Extraordinária de Associados da ABEGÁS.

O presidente da CEGÁS, Hugo Figueirêdo, falou sobre a experiência da empresa na distribuição de Gás Natural Renovável. Em abril do ano passado, a CEGÁS tornou-se a primeira distribuidora do País a injetar GNR na sua rede de distribuição. O GNR é produzido a partir de resíduos sólidos acumulados no ASMOC (Aterro Sanitário Municipal Oeste de Caucaia).

A CEGÁS investiu R$ 22 milhões na construção de uma estação de transferência e de um gasoduto de 23 km que transporta o gás natural produzido no ASMOC, que diariamente recebe cerca de 3 mil toneladas de resíduos sólidos domiciliares.
“A alternativa do gás natural renovável revelou-se confiável e também competitiva e sustentável, com impactos em toda a cadeia produtiva do gás natural”, disse Figueirêdo.

Mats Eklund, professor da Linköping University e pesquisador do Biogás Research Center, da Suécia, falou sobre as oportunidades de desenvolvimento de parcerias no suprimento de gás natural renovável com o seu país. Após mostrar exemplos concretos de uso do energético, Eklund disse que o GNR já é produzido e usado em diversas cadeias produtivas da Suécia. “O desafio que está colocado para o Brasil é ampliar o potencial de uso do Biogás, um energético que agrega valores como sustentabilidade e energia mais limpa”, disse.

O gerente-executivo de Gás e Energia da Petrobras, Marcelo Cruz Rangel Barreto, se diz otimista com o potencial de crescimento do mercado de gás natural no Brasil e no mundo. Segundo ele, fatores como mudanças climáticas, crescente urbanização e transição da vida social e política para ambientes digitais influenciam na construção desta perspectiva otimista para o segmento.
“Esses e outros fatores convergem para que o crescimento da demanda regional e global se apresente como uma oportunidade para o mercado de gás natural”, afirmou.

Cruz destacou ainda elementos da estratégia da Petrobras para tornar o mercado de gás natural mais competitivo e para acelerar o crescimento da demanda do produto.

Fernando Alfredo Rabello Franco, presidente da Associação Brasileira de Agências de Regulação, destacou que uma das metas de sua gestão é fortalecer o papel das agências reguladoras no mercado de gás natural, por meio da oferta de uma política regulatória de qualidade, tendo sempre como referência critérios objetivos, procedimentos claros e uniformizados, respeitando as especificidades e características inerentes ao segmento.

Itapebussu homenageia o vaqueiro Afonso Guedes, um dos símbolos da vaquejada do Brasil

 

Itapebussu, distrito de Maranguape (Região Metropolitana de Fortaleza), vai comemorar os 72 anos de Afonso Guedes, um dos vaqueiros mais antigos do Brasil. Cerca de 200 cavaleiros participarão, neste domingo, de uma cavalgada pelos principais pontos da cidade em homenagem a Guedes, considerado símbolo dessa prática no País.

Afonso Guedes segue na prática da vaquejada há 65 anos e em suas prosas gosta de reforçar que pretende “correr boi até ficar bem velhinho”, e que “tirando Deus, a melhor coisa do mundo é vaquejada”. A programação terá início com a acolhida e café da manhã na Praça Central, seguidos da cavalgada que percorre os principais pontos do distrito. O percurso finaliza com o retorno à praça, onde as atividades continuam com homenagens ao aniversariante e a Feira Popular de Itapebussu, já realizada todos os meses.

Para os itapebussuenses e admiradores da prática esportiva e cultural reconhecida por lei, festejar o aniversário do vaqueiro Afonso se torna mais especial com o fato da vaquejada de Itapebussu voltar a acontecer depois de três anos.

Programação

7h30 – Café da Manhã na Praça Central

9h – Concentração

9h30 – Saída em Cavalgada

10h – Feira Popular na Praça Central

12h – Retorno à Praça Central com homenagens e show de forró com Fabson Falcão.

(Foto – Divulgação)

Elmano Freitas é o novo presidente do Conselho de Altos Estudos da Assembleia Legislativa

345 4

O deputado estadual Elmano Freitas (PT) é o novo presidente do Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos da Assembleia Legislativa do Ceará, órgão técnico-consultivo vinculado a Mesa Diretora da Casa, criado em setembro de 2007.

Elmano promete integrar ações do Conselho com o Inesp e a Unipace, organismo do legislativo, e buscar oferecer mais eficiência, mas, principalmente “fazer estudos aprofundados, elaboração de diagnóstico e proposições que interessem à sociedade e possam interagir com o Poder Executivo e demais poderes”

O que é?

O Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos da Assembleia Legislativa tem o propósito de oferecer embasamento técnico-científico ao planejamento de políticas públicas e ao processo decisório legislativo.

(Foto – ALCE)

Prefeitura de Sobral recebe doação de acervo literário

A Secretaria da Educação de Sobral recebeu a doação de 100 livros de gêneros variados do Instituto Brasil Solidário (IBS). Os livros estão sendo utilizados na oficina de Mediação de Leitura promovida pelo IBS, que se encerra nesta sexta-feira, na Brinquedoteca Municipal, com a participação de educadores da rede municipal de ensino que aprenderão técnicas de contação de histórias, conservação e manutenção de acervos. A informação é da assessoria de imprensa da Prefeitura.

“Estamos muito felizes de promover essas ações em Sobral, pois sabemos da dedicação e do engajamento dos educadores da região. Por isso, estamos levando uma proposta com atividades práticas, para além da parte teórica” explica o presidente do Instituto Brasil Solidário, Luis Salvatore.

Doações

Entre os títulos estão clássicos da poesia e da literatura como, “A Fantástica Fábrica de Chocolate” de Road Dahl; “A maior flor do Mundo” de José Saramago; “A mãe d’água” de José Lins do Rego; “E o dente ainda doía” de Ana Terra; “Exercícios de ser criança” de Manoel de Barros; Coleção “Histórias à Brasileira” de Ana Maria Machado; “O fantástico Mistério de Feiurinha” de Pedro Bandeira; “O homem que amava caixas” de Stephen Michel King; “O mundo de Sofia” de Jostein Gaarder; “O pequeno príncipe” de Antoine de Saint-Exupéry; “Os isto ou aquilo” de Cecília Meireles; “Volta ao mundo em 52 histórias” de Neil Philip, entre outros.

(Foto – Divulgação)

O Ceará e a Festa Anual das Árvores

Com o título “Árvore é vida”, eis artigo do secretário estadual do Meio Ambiente, Artur Bruno. No O POVO desta sexta-feira, ele divulga a Festa Anual das Árvores, que será aberta neste domingo, no Parque Estadual do Cocó. Confira:

O Governo do Estado realiza a Festa Anual das Árvores (FAA) 2019 de 17 de 24 de março, sob a coordenação da Secretaria do Meio Ambiente do Ceará (Sema). O tema deste ano será “Compostagem – Transformando resíduo orgânico em adubo”. O evento tem parceria de 117 municípios, Unidades de Conservação Estaduais, além de ONGs, universidades, escolas, ambientalistas e entidades privadas.

São várias ações de sensibilização: revitalização de viveiros regionais para produção de mudas, lançamento do Plano de Coletas Seletivas múltiplas para 103 municípios e anúncio do plantio de 12.400 mudas com parceiros (C. Rolim Engenharia, Unimed Fortaleza e Chesf), além de atividades de educação ambiental, lazer e esporte do Projeto Viva o Parque.

As árvores são fundamentais principalmente para um estado localizado no semiárido. Ações de florestamento e reflorestamento proporcionam maior infiltração das águas, resultando na recuperação de nascentes, da biodiversidade e de ecossistemas naturais, prevenindo a erosão e a desertificação.

A revitalização de viveiros regionais reforça a implementação do Projeto de Florestamento, Reflorestamento e Educação Ambiental do Ceará, do Programa Ceará Mais Verde. O foco é a produção de mudas nativas destinadas à recuperação de áreas degradadas e as ações de educação ambiental. Os viveiros abrangem diferentes polos do Estado, possibilitando uma logística eficaz da doação de mudas.

Nas áreas urbanas, a arborização exerce papel de vital importância para a qualidade de vida das cidades, atuando na qualidade do ar, no nível de ruídos, na paisagem, além de constituir refúgio indispensável à fauna. Pela redução da incidência direta da energia e do aumento da umidade relativa do ar, a arborização pode contribuir para a redução de até 4ºC de temperatura.

A escolha do tema busca a convergência entre a FAA e a Política Estadual de Resíduos Sólidos, que determina que os municípios implantem sistema de compostagem para resíduos sólidos orgânicos e articulem com os agentes econômicos e sociais formas de utilização do composto produzido. Árvore é vida, sendo aproveitada em todos os momentos do seu ciclo.

*Artur Bruno

Secretário do Meio Ambiente do Ceará.

Ciro diz que proposta da Nova Previdência de Bolsonaro está cheia de “pegadinhas”

O ex-ministro Ciro Gomes participou. nesta manhã de sexta-feita, de um debate, no Auditório Murilo Aguiar, da Assembleia Legislativa, sobre a proposta de reforma da Previdência do governo Jair Bolsonaro. Ele fez duras críticas e garantiu que seu PDT conta com uma proposta que seria melhor para o Brasil. Para o pedetistas, a proposta está cheia de “pegadinhas”.

“Há 66 páginas na proposta. Está cheia de pegadinhas. Em algumas, são flagrantes as injustiças e aberrações. Para nós nordestinos, por exemplo, eles estão igualando a idade mínima da mulher sertaneja e do homem sertanejo, aos trabalhadores de trabalho intelectual, no ar condicionado. Isso não é razoável.”

Ciro disputou a presidência da República, mas ficou na terceira colocação da peleja.

Já o senador Cid Gomes deixou claro que o PDT quer o debate porque vê clara atitude da elite contra segmentos que podem sofrer graves prejuízos com a proposta como, por exemplo, os agricultores.

“Nós temos grandes preocupações com essa proposta. Há um grande esforço da elite desse país para fazer uma reforma a toque de caixa, sem grandes discussões. A gente quer exatamente o contrário, queremos aprofundar e levar ao conhecimento da população. O nosso principal front de luta vai ser na defesa dos trabalhadores rurais e beneficiários do BPC.”

Na Assembleia, foi recepcionado pelo presidente da Casa, deputado José Sarto (PDT), que estava acompanhado do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Antônio Henrique (PDT).

O auditório recebeu bom público.

Além de Ciro, Cid e Mauro Filho, houve também a fala do presidente da Casa, José Sarto, que destacou a necessidade de se debater o tema. Ele destacou Cid Gomes no processo.

“É uma pauta nacional, afeta de uma maneira direta todos os brasileiros. É importante que a gente compreenda muito bem quais são as propostas de alteração na Previdência. O Senado é uma Casa fundamental, tanto o Senado quanto a Câmara. E é importante que um senador que é diligente, estudioso, que se preocupa, como é o senador Cid Gomes, venha para essa Casa debater com a gente”

O debate foi uma iniciativa do deputado Evandro Leitão (PDT), primeiro-secretário do legislativo.

(Fotos – PDT)

Escola municipal convive com esgoto na porta

169 1

Esse esgoto a céu aberto fica em frente à Escola Municipal José Dias Macêdo, na rua Nunes Valente com Pereira Filgueiras, com o aguaceiro já chegando à Avenida Santos Dumont.

Moradores e pais de alunos dessa escola já fizeram vários apelos à Cagece, mas nada de solução.

(Fotos – Leitores do Blog)

União dos Vereadores do Ceará sob nova direção

343 1

O vereador Guto Mota, de Tejussuoca, foi eleito por aclamação, nesta sexta-feira, presidente da União dos Vereadores do Ceará (UVC).

Cerca de 100 vereadores de vários municípios compareceram á sede da entidade para dar apoio ao novo dirigente. Guto cumprirá mandato no período 2019-2020.

Ele promete descentralizar ações da UVC e trabalhar pelo fortalecimento das Câmaras Municipais, bem como buscar respaldo de entidades públicas e da sociedade civil para dar a esses legislativos condições técnicas para elaboração de projetos.

 

O deputado estadual Audic Mota (PSB) e lideranças do Interior abraçaram Guto Mota.

(Fotos – Divulgação)

Prefeitura faz limpeza de terreno próximo ao Centro de Turismo… mas, o que virá depois?

A rampa de lixo em que se transformou terreno por trás do Centro de Turismo (antiga Emcetur), no Centro de Fortaleza, e a poucos metros da Santa Casa de Misericórdia, foi enfrentada nesta semana.

A Secretaria Municipal do Turismo mobilizou trator e retirou todo o lixo que decorava área por onde turistas sempre circulam quando buscam suas comprinhas.

Agora é saber o que vai ser implantado no local. Do contrário… voltará a se transformar em aterro.

(Foto – Leitor do Blog)

Cadê o Acquario que estava aqui?

359 1

Com o título “Cadê o Acquario que estava aqui?”, eis artigo de Eduardo Girão, senador pelo Podemos. Ele aborda possível acordo para retomar o projeto, às vésperas das eleições, mas que acabou não se concretizando após as urnas.Confira:

Concebido há 10 anos, o projeto Acquario Ceará, proposto a ser um equipamento de entretenimento na Praia de Iracema, em Fortaleza, está paralisado desde 2015. Já custou mais de R$ 130 milhões aos bolsos do contribuinte cearense, boa parte gasto em manutenção de material metálico que, exposto pela obra ainda inacabada, enferruja rapidamente. Tornou-se um triste monumento ao desperdício do dinheiro público. Para todo mundo ver? Sim, mas não. Parece ter sido “abduzido” do mapa de ações do governo e da vista do povo. Sumiu, desapareceu, escafedeu-se!

Explico. Em agosto de 2018, com a crescente pressão sobre o caso e as dificuldades para tocar a obra, o Governo do Estado anunciou uma parceria público-privada (PPP) com a Prefeitura de Fortaleza e a empresa contemplada – que entraria com a contrapartida de centenas de milhões de reais para fazer a exploração imobiliária do local.

Soou como o desfecho perfeito para destravar aquele incômodo indigesto há uma década. Acontece que, em janeiro deste ano, a empresa parceira anunciou que não daria continuidade à iniciativa, voltando o Acquario a encalhar novamente no mar de paralisia. E qual foi o período conveniente que vingou tal parceria? Ora, as eleições 2018! A questão foi “tirada de tempo”, saindo sorrateiramente do debate eleitoral, não causando desgaste para o governo que sabia que seria um calo — como é a questão da segurança pública.

Um olhar mais atento sobre este “sumiço” que, incrivelmente, teve pouca repercussão entre formadores de opinião, detecta algo nefasto: às vésperas do início da campanha, um remendo salvador tapa um buraco enorme — que mostra ineficiência de gestão — e é descosturado logo após o pleito. Eu mesmo achei, então, que o problemaço havia sido finalmente solucionado e, confesso, senti-me enganado. Quem mais foi prejudicado com isso?

Este fato precisa ser trazido à superfície, apurado e investigado. O aquário cearense, incompleto, já gastou mais do que o aquário do Rio de Janeiro, completo, e deve custar quase o triplo desse. Não é justo esse episódio morrer na praia. A população exige, como nunca, respeito com o dinheiro público e, sobretudo, transparência dos seus gestores, pois a verdade foi omitida – na hora oportuna -, confundindo um dos bens mais preciosos em uma democracia: o voto.

*Eduardo Girão,

Senador do Podemos.

(Foto – Fábio Lima)

Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente ainda sem respostas sobre atropelamento do cão Jacó

A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente ainda não conseguiu resolver o caso do cão Jacó, que morreu atropelado no Porto das Dunas, em Fortaleza. Isso, há 20 dias.

Entidades ambientalistas cobram resultado. Ontem, por sinal, foi o Dia Nacional dos Animais.

Habilidoso

Adestrado e habilidoso, o border collie Jacó foi morto na praia do Porto das Dunas, perto de casa. Ele caminhava na areia quando foi atropelado por uma picape. O motorista fugiu sem prestar socorro.

De acordo com Vladinir Maciel, tutor de Jacó, o cão tinha o costume de nadar na praia pelo menos três vezes por semana, já que a família mora nas proximidades do Porto das Dunas. A rotina de exercícios era voltada ao condicionamento físico do animal.

Aos 9 anos, Jacó estava no auge da carreira em competições. Ele representaria o Brasil na Crufts, maior competição de cães do mundo, no Reino Unido, no início deste mês.

(Também com Blog Pet&Cia/Foto – Reprodução)

Medalha Iracema 2019 – Prefeitura divulga homenageados

O prefeito Roberto Claudio (PDT) está divulgando os nomes dos três homenageados com a Medalha Iracema 2019.

Nesta edição, receberão a maior comenda do Executivo Municipal o empresário Pio Rodrigues, o ex-senador Mauro Benevides e o médico e professor universitário Oto Leal Nogueira.

Os homenageados foram escolhidos em reconhecimento ao trabalho desenvolvido por cada um, para a vida e o progresso da capital cearense. A entrega da medalha acontecerá no próximo dia 13 de abril, data do aniversário de Fortaleza, durante ato no Teatro São José.

Este é o segundo ano em que a Prefeitura concede a Medalha Iracema. Em 2018, foram homenageados o cantor e compositor Raimundo Fagner, a jornalista Adisía Sá e o professor e arquiteto Liberal de Castro.

Pastor Everaldo fecha com direção estadual do PSC estratégias de olho nas próximas eleições

Wellington Saboya, Everaldo, Nicolle, vereadora Patricia Costa e empresário Henrique Santana

Deixou Fortaleza, nas últimas horas, o presidente nacional do PSC, Pastor Everaldo.

Aqui, ele esteve reunido com a direção estadual do partido, que é comandado por Nicolle Barbosa, ocasião em que foram discutidas ações para a reestruturação da sigla no Estado.

Nicolle Barbosa garante que a meta do PSC é conquistar mais adesões não só na Capital mas, principalmente, no Interior, já pensando nas eleições municipais.

Atualmente, o PSC é parceiro da administração do governador Camilo Santana e dá apoio ao prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT)

(Foto – PSC)