Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Estádio do Coliseu de Alto Santo continua um “elefante branco” e “cafona”

1300 1

coliseueu

Foi destaque no Jornal Hoje (Globo) desta segunda-feira a obra faraônica e sem serventia chamada Estádio Coliseu, situado em Alto Santo (Vale do Jaguaribe).  Mais de R$ 1,3 milhão investidos e com capacidade para 20 mil pessoas, bem maior do que a população desse município, que não chega a 17 mil.

A reportagem de Alessandro Torres mostrou o descaso de um projeto deixado pela gestão do ex-prefeito Adelmo Aquino. Virou elefante branco até porque a nova gestão dissolveu o time do Alto Santo, que iria participar do campeonato estadual, justificando falta de verba.

Até a apresentadora do Jornal Hoje,a Guiliana Morrone, ironizou o tal do Coliseu o chamou de “cafona”.

Azul fará voos exclusivos para Jericoacoara

242 2

8564-embraer-195-azul-linhas-aereas

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras vai iniciar, no dia 7 de abril próximo, operações exclusivas em Jericoacoara, que fica no Litoral Oeste do Ceará. A companhia deu a informação nesta segunda-feira. Ofertará quatro frequências semanais com saída do Recife, e a conectividade a partir da capital pernambucana, de São Paulo (Viracopos e Guarulhos) e de Belo Horizonte permitirá a clientes de várias regiões do País e do Exterior chegar rapidamente à nova base doméstica da empresa. Os voos serão cumpridos com o jato Embraer 195, de 118 assentos e com mais de 40 canais de TV SKY ao vivo.

A aeronave decolará do Recife às quartas-feiras, sextas-feiras, aos sábados e aos domingos por volta de 13 horas e pousará em Jericoacoara às 14h35min. O voo de volta partirá às 15 horas, com chegada à capital pernambucana às 16h40min. Entre 1º e 31 de julho, já prevendo o acréscimo de demanda para a alta temporada, a Azul operará voos também às segundas-feiras, nos mesmos horários.

As conexões beneficiarão clientes de muitas regiões do Brasil, segundo a empresa, graças à ampla malha da Azul em São Paulo (Viracopos e Guarulhos) e Belo Horizonte, que contam com voos diretos para o Recife e que casarão perfeitamente com as ligações para Jericoacoara. Também serão beneficiados quem parte de Fortaleza, Natal, Aracaju, Maceió, Salvador e Goiânia, cujos horários de pouso no Recife proporcionarão conexões rápidas para o novo destino da empresa.

Confira, a seguir, os detalhes previstos pela Azul para a operação em Jericoacoara (horários locais), com saídas do Recife, São Paulo e Belo Horizonte:

 

Origem Saída Destino Chegada Frequência
Recife 13h07 Jericoacoara 14h35 Quarta, sexta, sábado, domingo
Jericoacoara 15h05 Recife 16h42 Quarta, sexta, sábado, domingo
1º a 31 de julho (alta temporada – inclusão de frequência às segundas-feiras)
Recife 13h07 Jericoacoara 14h35 Segunda, quarta, sexta, sábado, domingo
Jericoacoara 15h05 Recife 16h42 Segunda, quarta, sexta, sábado, domingo

 

Origem Saída Destino Chegada Frequência*
São Paulo (Viracopos) 8h30 Recife 11h30 Diária
Recife 13h07 Jericoacoara 14h35 Segunda**, quarta, sexta, sábado, domingo
Jericoacoara 15h05 Recife 16h42 Segunda**, quarta, sexta, sábado, domingo
Recife 17h26 São Paulo (Viracopos) 20h50 Diária

IPTU 2017 – Consulta já está disponível no site da Sefin

 

eliomar charge IPTU

Já está disponível a consulta ao valor do IPTU 2017. No site da Secretaria Municipal de Finanças, o contribuinte já pode, inclusive, imprimir o Documento de Arrecadação Municipal (DAM) referente ao IPTU deste mês. Os boletos serão enviados pelos Correios até o fim deste mês. Não haverá envio para os que possuem isenção. I IPTU veio com reajuste de 6,58%, a correção da inflação de 2016, segundo o secretário Jurandir Gurgel.

Um total de 585 mil imóveis serão tributados. Neste ano, estarão isentos do pagamento do imposto 145 mil imóveis. Boa parte deles pelo valor venal (valor de venda) de até R$ 65. 320,93.

Em 2017, os contribuintes terão três opções de desconto para o pagamento à vista sobre o imposto. Será concedido 10% de desconto para os que pagarem até 7 de fevereiro, 7,5% até 8 de março e 5% até 7 de abril. Os descontos só valem para os que estão em adimplência com o imposto.

Isenções

Além dos que obterão isenção pelo valor de venda do imóvel, outros grupos também estão isentos do IPTU:

  • aposentados e pensionistas, ex-combatente, empregado público municipal, pessoa inválida, órfãos de pai e mãe menores de idade
  • associação de moradores, sede de clube social, imóvel locado ou cedido a órgão público municipal,
  • servidores do Município, viúvos,
  • imóveis cedidos ou locados a templo religioso.

Brizolistas programam homenagens aos 95 anos do ex-líder pedetista

Brizola

Leonel Brizola completaria 95 anos no próximo dia 22.  Para comemorar a data, brizolistas no Ceará estão programando alguns eventos.

O primeiro delas ocorrerá no sábado (21), com a celebração de uma Missa de Ação de Graça, a partir das 10 horas, na Igreja do Carmo, no Centro.

Pessoas interessadas em participar ou colaborar com as homenagens, podem entrar em contato com Papito, por meio do telefone 99925 1212.

A permanente crise prisional brasileira

Com o título “A permanente crise prisional brasileira”, eis artigo do advogado Leandro Vasques, mestre em Direito pela UFPE, presidente do Conselho Estadual de Segurança Pública e conselheiro da Escola Nacional de Advocacia (ENA). Ele analisa a crise prisional do País que, nesses dias expôs os massacres no Amazonas e em Roraima. Confira:

Os massacres ocorridos em unidades prisionais não são nenhuma novidade no Brasil. São mais que intermitentes: são permanentes como a reincidência que caracteriza os elevados índices de violência que a população brasileira amarga – desde sempre e cada vez mais.

O leitor menos atento – e menos afeito aos imprescindíveis direitos humanos – pode fantasiar que a morte de detentos representa “menos bandidos” na sociedade e que os pandemônios havidos nos calabouços do sistema carcerário não o afetam. Ledo engano. Os apocalipses prisionais são, na verdade, o sintoma mais evidente da total falência do sistema penitenciário brasileiro, que deveria exercer importante papel na pacificação social que se espera. Um sistema que só embrutece e degenera, mais cedo ou mais tarde, acaba expelindo de volta aqueles que perpetram a violência que sofremos diariamente. Sim, leitor, quem hoje se vê confinado no medieval sistema prisional cedo ou tarde regressará à sociedade.

Assim, diante de uma crise dessa magnitude, mudanças significativas passam a ser discutidas e gestadas, dentre as quais a adoção de modelos de terceirização e de cogestão do sistema prisional. Na prática, destina-se a administração das unidades penitenciárias ao setor privado, que, como não poderia deixar de ser, passa a lucrar com o aprisionamento humano. A lógica é simples: quanto mais presos, mais lucro.

Nos idos de 2003 e 2004, o Ceará já experimentou tal modelo, o qual foi veementemente criticado por diversos órgãos ligados ao âmbito penitenciário (um dos quais presidido por mim naquele tempo: o Conselho Penitenciário) evidenciando-se, além da incompatibilidade da atividade de execução penal com a lógica de mercado, a vulnerabilidade do sistema, que poderia ser financiado pelas próprias facções criminosas cada vez mais organizadas e ousadas, com tentáculos estendidos por todo o território nacional.

Nesse cenário dantesco, os indivíduos continuariam sendo tragados irreversivelmente por um círculo vicioso permeado pelo mais absoluto ócio, que só pode ser fraturado por uma política de Estado – e não meramente de governo – que estabeleça, por exemplo, rotinas de estudos, trabalhos e ocupações diversas para os internos, adotando a disciplina e a ordem como instrumentos de rotina.

Sem educação e trabalho nas unidades prisionais, o ócio esplêndido só contribuirá para a inutilidade do sistema.

*Leandro Vasques,

Advogado criminalista, ex-presidente do Conselho Penitenciário do Ceará, mestre em Direito pela UFPE, presidente do Conselho Estadual de Segurança Pública e conselheiro da Escola Nacional de Advocacia (ENA)

leandrovasques@leandrovasques.com.br

Antecipação do 13º – Servidores da Assembleia Legislativa reclamam da falta de “boa vontade” do Bradesco

As despesas com matrícula escolar, compra de material escolar, IPVA e demais gastos no início de cada ano são aliviadas com benefícios oferecidos da parceria de bancos com prefeituras e Estados. São as antecipações do 13º salário, a serem descontadas posteriormente.

Mas não é o que comemoram os servidores da Assembleia Legislativa do Ceará, que possuem conta no Bradesco. Segundo os servidores, o benefício já se encontra disponível para os correntistas do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, mas não para o Bradesco.

Segundo os servidores, o banco alegava não dispor do calendário de pagamento da Sefaz. Há uma semana, no entanto, o Estado disponibilizou na internet o desembolso.

Na busca de heróis

241 2

foto-cesar-wagner-secretario

Em artigo enviado ao Blog, o ex-delegado geral da Polícia Civil e atual secretário de Segurança Pública e Cidadania de Aracati, César Wagner Maia Martins, aponta que pequenos delitos são erroneamente deixados de lado. Confira:

Durante toda a minha carreira policial sempre tive em mente que o combate ao crime passa necessariamente pela junção de forças e apoio da sociedade.

Essa construção tem como lastro um forte sentimento de integração, que caminha com o diálogo franco, com a mente aberta, com o respeito aos parceiros e com a total transparência com o cidadão.

Nada é sustentável quando prevalecem os desígnios corporativistas e a falta de liderança forte, ousada e comprometida com o projeto, e quando se caminha pela destrutiva estrada da politicagem dentro das organizações, que inverte a postura de isenção e da meritocracia tão necessária para o fortalecimento Institucional.

De outro lado a desordem urbana propicia um ambiente altamente favorável para os pequenos delitos que são erroneamente deixados de lado, como se toda a criminalidade não fizesse parte de uma mesma cadeia de elos.

Como buscar um combate aos delitos eficaz se estamos cercados de irregularidades por todos os lados?

É a venda de produtos falsificados nas esquinas, do avanço de particulares nos espaços públicos, de flanelinhas que coagem cidadãos nas ruas, de motos que trafegam em cima de calçadas, de estabelecimentos comerciais que não respeitam a tranquilidade de vizinhos, de carroças que despejam lixo nas calçadas criando verdadeiras rampas que acumulam toda espécie de roedores e outros animais, disseminando doenças em toda a cidade; e por aí segue, tudo na mais completa claridade, a vista de gestores que muitas vezes não conseguem mover a máquina, por mais que desejassem, pois estão imobilizados por acordos políticos que impõem em muitos casos, o preenchimento de cargos chaves por critérios unicamente políticos, e ninguém “quer se queimar”.

De repente uma mudança, um novo gestor e o discurso que tudo vai melhorar. E haja busca de heróis!

Somente uma conjunção de forças comprometidas, éticas, dispostas a cumprir obstinadamente um planejamento que envolva equipes multisetoriais, é capaz de produzir execuções perfeitas e resultados consistentes.

Em Aracati, com o novo gestor Bismarck Maia, estou tendo a grata oportunidade de logo nas primeiras ações sentir esse espírito aflorando.

Fora disso, tudo não passa na melhor das hipóteses de boas intenções.

Ministro da Saúde visita hospitais no Ceará na quinta-feira

foto-ricardo-barros-ministro-saude

Da Coluna Vertical, no O POVO desta segunda-feira (9):

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, cumprirá agenda, nesta quinta-feira (12), no Ceará. Ele vem pelas mãos do deputado federal Danilo Forte (PSB), hoje um dos parlamentares de influência no Palácio do Planalto.

Na agenda dele, ao lado do prefeito Roberto Cláudio (PDT), visita ao Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro) e, principalmente, ao canteiro de obras do IJF-2, uma das promessas da campanha de reeleição do pedetista.

Barros, ex-prefeito de Maringá/PR, pelo Partido Progressista (PP), ainda passará pelo Hospital Geral de Fortaleza, com velhos problemas de superlotação, e esticará até o Interior.

Com o governador Camilo Santana (PT), segundo Danilo, ele conhecerá o Hospital Regional de Quixeramobim. O ministro deve assegurar repasse para o custeio daquela unidade hospitalar. É o que, no mínimo, espera o governador e, principalmente, a clientela do Sertão Central.

Cegás inscreve para concurso público até sexta-feira

Até a próxima sexta-feira (13), prosseguem as inscrições para o preenchimento de vagas e cadastro de reserva técnica do quadro de funcionários da Companhia de Gás do Ceará (Cegás). Os valores das taxas de inscrição estão fixadas em R$ 90 (para concorrer às vagas do nível superior) e R$ 75 (para concorrer às vagas do nível médio).

O concurso visa ao preenchimento imediato de 21 vagas e a jornada de trabalho é de 40 horas semanais, com remunerações que variam entre R$ 3.029,92 e R$ 7.289,63.

Além do salário, a Cegás oferece benefícios aos seus funcionários, como participação nos lucros e resultados; seguro de vida; assistência médica (extensiva aos dependentes legais); assistência odontológica (extensiva aos dependentes legais); auxílio alimentação/refeição; gratificação de férias adicional de mais 2/3 (dois terços); auxílio creche; auxílio ensino fundamental e auxílio funeral.

Para os cargos de nível superior, estão previstas as seguintes especialidades: administrador, advogado, analista de sistemas, contador, economista, engenheiro e engenheiro de segurança do trabalho. Já para os cargos de nível médio, serão ofertadas vagas para programador, administrativo e financeiro, técnico e técnico em tecnologia da informação.

DETALHE – As provas acontecerão no dia 12 de fevereiro, com data prevista para o resultado no dia 29 de março.

 

Com as benções de Tasso e Ciro – Maia Júnior poderá integrar o Governo Camilo

maiajuniorr

O ex-vice-governador Francisco Queiroz Maia Júnior foi sondado para assumir um posto de referência no Governo do Estado. Antes de embarcar para o Irã (dia 14), o governador Camilo Santana (PT) pretende nomear Maia Júnior na Casa Civil ou na Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag). Seja qual for a pasta, a proposta é que ele tenha poderes para tocar uma ampla reforma no modelo de gestão do Estado, com muita proximidade ao Gabinete do Governador.

O Governo trabalha o nome de Maia Júnior,  filiado ao PSDB, como uma escolha profissional e não partidária. A ser confirmado, ele terá de se desligar de dois conselhos de administração de empresas privadas dos quais faz parte: M.Dias Branco e Hapvida. O POVO apurou que ele já procurou pelo menos uma delas para pedir desligamento. Ademais, terá de se afastar das empresas onde é sócio – RM Energia (hoje com projetos em Pernambuco) e da TMR Engenharia.

A ida de Maia Júnior para o Governo Camilo já tem as bênçãos dos irmãos Ferreira Gomes e do senador Tasso Jereissati (PSDB). As conversas em torno da indicação nasceram em meados de dezembro de 2016.

(O POVO Online)

Domingos Filho e o retorno ao status oposicionista

Em artigo publicado em seu blog, o sociólogo e consultor político Luiz Cláudio Ferreira Barbosa aponta uma redução dos aliados dominguistas em 20%. Confira:

O presidente do Tribunal de Contas do Município (TCM), o conselheiro Domingos Filho, nem sempre fez parte da base governista, pois esteve um período na oposição tassista (1987-2006). A maior parte da vida de homem público de Domingos Filho foi na secção estadual do PMDB. A imprensa cearense apenas pode avaliar o período governista (2007-2016) do novo desafeto político-administrativo do ex-governador Cid Gomes (PDT).

O ex-deputado estadual Domingos Filho compreende a tarefa de ser chefe político de oposição, e também como isso irá impedir o crescimento do seu grupo partidário (PSD-PMB), no caso mais específico, a desidratação das fileiras dominguistas: prefeitos, ex-prefeitos, deputados estaduais, ex-deputados estaduais, vereadores, ex-vereadores e lideranças comunitárias. Domingos Filho poderá perder aproximadamente 40% de suas principais lideranças, para zona de influência do governador Camilo Santana (PT) e do futuro presidenciável Ciro Gomes (PDT).

O ministro de Comunicações, o ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD), já demonstra estar ao lado do seu principal aliado da política cearense: Domingos Filho. Gilberto Kassab deverá dar acesso ao grupo político-administrativo de Domingos Filho, para a manutenção dos recursos financeiros do Governo Federal, com isso a redução dos aliados dominguistas, em apenas menos 20% do total. Domingos Filho com a manutenção de 80% dos seus atuais apoiadores, já entraria na oposição, como o grupo mais coeso anti-Ferreira Gomes do Ceará.

O final do primeiro semestre de 2017 poderá desmentir a minha principal tese da diminuição ou perda de apenas dos 20% do atual universo político-administrativo dos aliados do ex-vice-governador Domingos Filho, na política cearense. Domingos Filho não é neófito na arte de ser líder oposicionista ao Governo do Estado do Ceará. O meu artigo é apenas uma nova leitura na contramão da maioria dos comentaristas políticos cearenses sobre o futuro do grupo político-partidário de Domingos Filhos, nos próximos seis meses.

Símbolos do que não deve ser feito

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (8):

Na última sexta-feira de 2016, o Governo do Ceará veio a público para dizer que o Estado não vai colocar dinheiro na obra do Acquario Ceará. Leiam as palavras textuais do governador Camilo Santana (PT): “Eu não pretendo mais investir nenhum dinheiro público com a construção do Acquario, estou procurando uma parceria com a iniciativa privada. Não dá mais pra gastar dinheiro público nessa obra”.

Algumas coisas precisam ser ditas. Para começo de conversa, o Governo não vai colocar novos recursos na obra simplesmente por que não há novos recursos disponíveis. Na verdade, o Governo já colocou no abandonado monstrengo de concreto mais do que estava previsto. De 2012 para cá, a contrapartida do Estado foi superior a 140 milhões de reais.

Todo o restante do valor para construir e equipar o Acquario viria de um empréstimo internacional do Ex-Im Bank dos Estados Unidos. Um montante de 105 milhões de dólares. A obra começou em 2012 sem que o empréstimo sequer tivesse sido aprovado. No fim das contas, toda a contrapartida pública foi investida e o empréstimo nunca saiu. Nem sairá.

A obra está parada há quase um ano. Vai continuar parada indefinidamente. Não há solução de curto prazo para o projeto de R$ 450 milhões. 75% da parte de concreto estão prontos. É um amontoado de ferro e cimento entremeados com tubulações que não servem para nada e vão ficar imprestáveis sob a chuva e o sol causticante.

O Governo acena com o caminho da privatização do projeto. Diz que encaminhará a contratação de uma consultoria que vai desenhar o modelo de venda do equipamento. Hoje, isso é conversa para boi dormir ou autoengano. Como queiram. Afinal, o resultado é o mesmo. No caso, um imenso prejuízo para o hipotecado contribuinte.

Do jeito em que se encontra, é muito improvável que apareçam entes privados interessados em tocar o negócio. Missões empresariais já se prestaram a avaliar as possibilidades. Os resultados foram desalentadores para o futuro do equipamento, que foi projetado de forma amadora, sem sequer ser antecedido por um plano de negócios. Básico.

Infelizmente, Fortaleza terá que aturar durante muito tempo um projeto faraônico e caríssimo, encravado em plena Praia de Iracema. Inacabada, sem serventia, a obra tende a ser vista como um monumento em homenagem à inversão de valores e prioridades em uma cidade que tem metade de sua população vivendo sem serviço de esgoto.

O pior é que o Acquario não está sozinho na lista de referências do que jamais deve ser feito. Vendida ao distinto público como uma forma de baratear os custos de construção de uma nova linha do metrô da Capital, a compra de quatro tuneladoras (os tatuzões) se transformou em um grande e dispendioso mico que, a preço de hoje, custaram mais de R$ 150 milhões.

Há mais de três anos expostas ao relento, sob a ação abrasiva do tempo, os equipamentos jamais foram montados e, muito menos, usados. Estão sem manutenção. É óbvio o risco de se tornarem imprestáveis. O Governo do Ceará precisa ter a coragem e a firmeza de encarar o problema. Hoje, o mais plausível é recolocar os equipamentos no mercado e tentar diminuir o tamanho do prejuízo.

Será que, assim como o Acquario, haverá interessados? Talvez, a preço de banana, sim.

Domingos Filho diz que atacará com “lâminas cortantes” quem atentar contra o TCM

367 2

foto-domingos-filho-tcm-frase

O discurso do presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Domingos Filho, repercute nas redes sociais, diante do recado ameaçador a quem “atentar contra o órgão”. A frieza nas ações e ataques com “lâminas cortantes” são as “armas” citadas pelo presidente recentemente empossado.

No fim de dezembro, o TCM foi extinto por meio da Proposta de Emenda Constitucional (PEC), votada na Assembleia Legislativa do Ceará. Cinco dias depois, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carmen Lúcia, suspendeu os efeitos da votação dos deputados estaduais.

Falta de ventos – Apesar da chuva, fortalezense enfrenta mais um dia de forte calor

foto-funceme-170108

Nem a chuva que cai na manhã deste domingo (8), em Fortaleza, servirá para aliviar o forte calor das últimas semanas. A falta de ventos fortes deixa a temperatura acima dos 32 °C, com máxima prevista para 34 °C no período da tarde.

Os dados são da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), que durante a semana prevê uma terça-feira (10) “escaldante”, com máxima de 35 °C e ventos que passam pouco dos 2 km/h.

Na quarta-feira (18) da próxima semana, a Funceme divulga o prognóstico da quadra chuvosa de 2017 no Ceará. Há uma tendência favorável de chuvas este ano.

O POVO, 89 anos

Editorial do O POVO deste sábado (7) destaca as quase nove décadas de fundação do jornal. Confira:

O POVO completa hoje 89 anos como o jornal mais longevo do Ceará em circulação ininterrupta. Nesse longo interregno de tempo, este periódico transformou-se em uma verdadeira instituição cearense, por cujas páginas continua a correr a história do nosso Estado. Ao mesmo tempo em que transcende as suas fronteiras, como sinônimo de jornalismo veraz, independente e com credibilidade.

Porém, não se leia “instituição” como alguma coisa engessada ou parada no tempo. O POVO, desde a sua fundação, por descortínio de Demócrito Rocha e de seus sucessores, sempre soube que o segredo de sua resistência – além de fazer jornalismo de qualidade – estava atrelada à capacidade de estar à altura de tarefas de seu tempo, sem deixar de perscrutar o futuro.

Assim, teria de pôr o leitor e o interesse público acima de qualquer circunstâncias ou conveniência. Como bem disse o fundador: “Num jornal, o poder espiritual está acima do poder temporal”. E não se entenda “poder espiritual” como questão somente religiosa, pois a frase nos fala da essência do que é jornalismo. E nada mais essencial do que o espírito, entendido em sentido amplo, que dá sentido à vida.

O jornal sempre manteve com seus leitores uma relação aberta, sabendo submeter-se ao seu escrutínio e levar em conta as críticas recebidas. Como disse a presidente, jornalista Luciana Dummar, quando dirigiu-se aos jornalistas, no dia de ontem, para comemorar a data junto com a Redação: “Este jornal pode errar, mas nunca age por má-fé”.

O POVO é um dos poucos jornais do País a manter vários mecanismos de controle: ombudsman, Conselho de Leitores, Conselho Editorial; além do “Jornal do Leitor” – uma página semanal dedicada exclusivamente aos leitores – além de programas de aproximação com a comunidade, como O POVO na Educação, que reúne regularmente estudantes de escolas públicas e privadas para que eles conheçam o jornal por dentro.

“A hierarquia é uma mesa redonda”, afirmou o presidente do O POVO (1985-2008) Demócrito Dummar, e foi a partir dessa perspectiva inovadora que o jornal conseguiu e consegue navegar nas águas turbulentas das mudanças pelas quais passa o jornalismo, desde o surgimento da internet. A plasticidade de sua Redação permite que essa travessia venha sendo feita da melhor maneira possível – e temos certeza de que chegaremos à outra margem, para atravessar outros tantos rios, com este jornal sempre louvando a cearensidade e abrindo-se para o mundo.

Naumi e Tauá – O bom filho não esquece a terra natal

foto-domingos-neto-e-naumi-amorim

O ex-secretário de saúde de Tauá, Moacir Soares, encabeça a lista de ex-servidores do município do Sertão dos Inhamuns, agora nomeados na Prefeitura de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza.

A “importação” de parte do quadro de Tauá vai além do fato do prefeito Naumi Amorim ser filiado ao Partido da Mulher Brasileira (PMB), presidido no Ceará pela ex-prefeita de Tauá, Patrícia Aguiar, que perdeu a reeleição por apenas 93 votos para Carlos Windsor (PR), na eleição de outubro último.

Naumi é filho de Tauá e bem relacionado com as principais lideranças políticas do município do Sertão dos Inhamuns, que ainda possui o presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e ex-vice-governador Domingos Filho, o deputado federal Domingos Neto (PSD) e o deputado estadual Odilon Aguiar (PMB), esses dois últimos presentes ao lançamento da pré-candidatura de Naumi à Prefeitura de Caucaia, em julho último.

Nessa sexta-feira (6), Naumi Amorim prestigiou a posse de Domingos Filho como presidente do TCM.

As nomeações têm provocado debate acirrado nas redes sociais, mas não deverá ganhar força na Câmara Municipal, onde Naumi conta com a maioria dos vereadores ma base aliada.

Camilo reúne novos secretários na próxima semana para fechar detalhes do ajuste fiscal

foto camilo governo ceará

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (7):

O governador Camilo Santana fará a primeira reunião do ano com sua equipe nos próximos dias 12 e 13, segundo assessores, no Palácio da Abolição. O objetivo, com novos secretários nomeados estreando pastas, é fechar detalhes do ajuste fiscal que pretende implantar na máquina, o que ainda exigirá medidas que o Poder Legislativo, em fevereiro, deverá aprovar.

Camilo quer fundamentalmente imprimir uma nova marca em sua gestão, principalmente depois que o ex-governador Cid Gomes avisou que ele é o “candidato natural” à reeleição.

Já no dia 13, o governador, com o secretário de Assuntos Internacionais, Antônio Balhmann, voará para o eixo China/Irã, onde terá reuniões com investidores interessados na refinaria e na ZPE do Pecém.

Prefeito Roberto Cláudio vai ao Morro Santa Terezinha neste sábado inspecionar obras

Neste sábado, às 8h30min, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), inspecionará as obras de requalificação do Morro Santa Terezinha (Bairro Vicente Pinzón). Iniciadas em novembro de 2015, em parceria com o Governo do Estado, as obras devem ser concluídas neste ano.

As intervenções contemplam a implantação de 30.000m² de gramado com irrigação, drenagem, guarda-corpo da escadaria com corrimãos e um calçadão de 3.918m², além de um muro de contenção verde, onde serão plantadas espécies características de jardins verticais.

A obra está orçada em R$ 12,6 milhões, com recursos do Governo do Estado e da Prefeitura de Fortaleza.