Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Programa Minha Casa Minha Vida em ritmo acelerado em Barbalha

DSC03844 (1)

Em Barbalha (Região do Cariri), 92% das obras do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal estão concluídas. O empreendimento já está na fase de acabamento. As casas estão recebendo a pintura e o trabalho de pavimentação asfáltica nas ruas vai começar. Tudo deve ficar pronto entre maio e junho próximos.

Toda a estrutura estará pronta para receber as 600 famílias que já foram sorteadas no Programa Minha Casa Minha Vida, em parceria com a Prefeitura de Barbalha.

Essas casas estão localizadas a 6 km do Centro da cidade, no sítio Barro Branco. O prefeito Zé Leite (PT) acompanha as obras.

(Blog do FlavioPintoNews)

Apesar do aperto financeiro, São Gonçalo do Amarante toca pacote de obras de R$ 4,5 milhões

saogonaalo

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Cláudio Pinho (PDT), deu início, no fim e março, a obras consideradas estratégicas para o município. Comunidades das praias, sertão e zona urbana serão beneficiadas com ações que envolvem um total de aproximadamente R$ 4,5 milhões, provenientes de recursos da prefeitura.

Cláudio Pinho autorizou o início da recuperação e pavimentação asfáltica da avenida principal da localidade de Parada, via que liga as praias do Pecém e da Taíba. A obra do “Encontro das Praias”, como é conhecida, conta com investimentos de R$ 967.449,07, e é executada pela Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo.

Também deu início à construção do acesso à estrada que liga os distritos de Serrote e Várzea Redonda. O investimentos é de R$ 2.591.004,33 oriundos da Prefeitura. De acordo com a gestão, a pavimentação de 7 km irá facilitar o acesso à CE 085, com o objetivo de desenvolver a região e facilitar a mobilidade entre as localidades vizinhas.

No distrito do Cágado, a Prefeitura assinou a ordem de serviço do açude do Salgado dos Moreiras, antiga demanda dos moradores. O açude irá operar com capacidade de 1.080.000,50 de metros cúbicos de água e será construída com investimentos no valor de R$ 951.423,17.

(Foto – Divulgação)

Será o Benedito?! Decon multa empresa de ônibus em mais de R$ 147 mil

“O DECON aplicou multa no valor de 40.000 UFIRCE (Unidade Fiscal de Referência do Estado do Ceará) – que corresponde a R$ 147.766,80, à Empresa São Benedito Auto-Via. A sanção consta na decisão administrativa proferida pelo secretário-executivo do órgão em exercício, promotor de justiça João Gualberto, no processo instaurado pelo órgão contra a empresa em janeiro de 2016, em decorrência de denúncia formalizada por uma consumidora.

Em viagem que a denunciante fez em ônibus da empresa até o município de Pereiro, várias pessoas – inclusive mulheres idosas, com crianças pequenas e até mesmo de colo, subiram e ficaram em pé, no meio do corredor, tendo que se segurar nos bancos, sem a mínima segurança. A consumidora comprovou a informação apresentando fotos que mostram a situação. Ela afirmou ainda que questionou o cobrador se mais alguém iria subir no veículo, pois era impossível se apoiar direito, e a resposta que recebeu foi que, enquanto houvesse espaço, subiria gente.

Segundo o secretário-executivo do DECON em exercício, promotor de justiça João Gualberto, a superlotação dos veículos destinados ao transporte intermunicipal é um fator que representa grave risco à segurança dos consumidores, superando a questão do mero bem-estar. “Não há dúvidas de que, além de tornar a viagem desconfortável, o excesso de passageiros significa que o veículo trafega acima da capacidade para a qual foi designado, tornando-o mais suscetível a acidentes. Devemos considerar, ademais, que os passageiros que viajam em pé, por não utilizarem o cinto de segurança, ficam ainda mais suscetíveis a lesões graves no caso de uma colisão. E sabemos que, infelizmente, não são raros os registros de acidentes envolvendo transportes coletivos intermunicipais”, explica.

Ele lembra ainda que o direito à saúde e à segurança do consumidor deve ser colocado como essencial na cadeia de fornecimento de produtos e serviços. “Um serviço ou produto que é oferecido à sociedade deve ostentar, tanto quanto for possível, precauções que visem guardar a incolumidade do público-alvo. É inaceitável que, nos dias atuais, os consumidores sejam expostos a riscos desnecessários, que nada mais são do que resultado da indiferença do particular para com as normas vigentes”, ressalta João Gualberto.

Na defesa, a empresa São Benedito Auto-Via justifica que sempre respeita as normas de trânsito, tomando as devidas cautelas relacionadas à segurança dos usuários e empregados; que todos os motoristas são treinados para cumprir fielmente a legislação de trânsito e, por isso, jamais desobedeceriam ao regulamento; e que não opera com o número excessivo de passageiros, disponibilizando apenas a capacidade de poltronas disponíveis em total consonância com as determinações do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN-CE).

Apesar disso, João Gualberto afirmou que as fotos levadas pela consumidora que denunciou o problema confirmam: a empresa conduzia pessoas em pé. “Ademais, cumpre-nos informar que a São Benedito Auto-Via já foi autuada e multada em 2014 pelos mesmos dispositivos constantes neste Processo Administrativo, o que comprova os maus antecedentes da empresa ora Reclamada”. Segundo o secretário-executivo do DECON em exercício, a iniciativa desta consumidora deverá ter impacto positivo na prestação de serviço pela São Benedito Auto-Via refletindo, inclusive, no serviço oferecido por outras empresas do ramo.”

(Site do MP-CE)

 

Fernando Hugo pede espaços ao Blog para responder e lançar desafio a Heitor Férrer

fernando-hugo

O deputado estadual Fernando Hugo (PP) pede espaço ao Blog para fazer um contraponto ao pronunciamento do deputado Heitor Ferrer (PDT). Refere-se às críticas que o socialista fez à visita do prefeito Roberto Cláudio (PDT) e do governador Camilo Santana (PT) a áreas de risco, com direito a botar os pés na lama.

“A fala do Heitor, segundo Hugo, foi de hipócrita e eleitoreira, motivada por uma pré-candidatura de quem sonha ocupar a cadeira do prefeito Roberto Cláudio que, de forma ativa e presencial, ao lado do governador Camilo Santana, compadeceu-se de quem estava sofrendo com as intempéries. Muito diferente do deputado Heitor que deveria estar refastelado em sua rede ou cama de luxo, que vem dizer que fora apenas uma chuvinha em Fortaleza”, disse.

Fernando Hugo foi mais além e disse estranhar que “durante os oito anos de desgoverno de Luizianne Lins, o deputado Heitor Férrer sequer tenha levantado a voz para reclamar da ex-prefeita. Por quais motivos? Seria republicana essa postura assustadora?”, indagou da tribuna da Assembleia.

Fernando Hugo fez um desafio a Heitor: “Quero que o deputado Heitor Ferrer tenha a coragem de me acompanhar para um périplo pela cidade para ver os avanços promovidos pelo prefeito Roberto Claudio, quando irei provar que as acusações feitas por ele não passam de uma postura hipócrita e mentirosa, com interesses meramente eleitoreiro”.

Carro-bomba – Camilo tem reunião com titular da Segurança Pública para se inteirar do caso

O governador Camilo Santana (PT) tem reunião, nesta noite de terça-feira, com o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Estado, Delci Teixeira. Quer se inteirar do caso relacionado a um carro estacionado no entorno da Assembleia Legislativa (Bairro Dionísio Torres) com 13 quilos de explosivos. O caso ocorreu na madrugada desta terça-feira.

O veículo foi abandonado no cruzamento da avenida Desembargador Moreira com a rua Francisco Holanda. O automóvel, segundo informações da Polícia Militar, consta como roubado na Ciops.
A explosão do material tinha capacidade de alcançar um raio de até 50 metros, segundo O POVO Online apurou. Policiais do esquadrão antibomba do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Policia Militar tiveram que bloquear a avenida Desembargador Moreira, entre a Pontes Vieira e a Tomás Acioli. E na Francisco Holanda, o trecho entre Visconde de Mauá e a Leonardo Mota.
O carro, com os explosivos, foi deixado vizinho à Assembleia Legislativa quase um mês depois da aprovação de um projeto que desagradou as facções criminosas que dominam o sistema carcerário no Ceará. No dia 10 do mês passado, os deputados decidiram pelo uso de bloqueadores de sinais de celular nas unidades prisionais do Estado.
A Polícia Militar e fontes do governo do Ceará acham cedo para fazer qualquer relação de causa e efeito entre os dois episódios. Agora, a Coordenadoria de Inteligência da SSPDS vai aguardar a perícia do veículo e verificar o que registraram as imagens de câmeras de seguranças da área onde foi abandonado o carro.
(Com O POVO Online)

Líder do Governo ocupa a tribuna para destacar avanços obtidos pelos servidores estaduais

evandroleitao

Nesta terça-feira, o líder do Governo na Assembleia Legislativa, Evandro Leitão (PDT), ocupou a tribuna da Casa para fazer um balanço sobre “as melhorias concedidas pelo governador Camilo Santana ao serviço público estadual neste ano de 2016”.

Segundo o parlamentar, foram garantidos reajustes salariais para diversas categorias, aumento do vale-alimentação, promoções, nomeações de concursados e homologações de concursos. “Isso já representa um incremento de 6% em nossa folha de pessoal nestes primeiros meses, em relação ao mesmo período do ano passado”, disse Leitão.

Ao todo, conforme Evandro Leitão, as vantagens concedidas aos servidores representam um impacto de R$ 293 milhões ao ano. As despesas com concursos homologados ultrapassam R$ 59 milhões, enquanto os concursos em andamento representam mais de R$ 111 milhões. O impacto das melhorias dadas a servidores do Legislativo, Judiciário e Ministério Público é de R$ 49,6 milhões. “São números que não deixam dúvida quanto à atenção dada por este governo aos servidores. Valorizar as pessoas e prestar um bom serviço à população são nossas prioridades”, afirmou.

Ele destacou ainda o reajuste da remuneração mínima estadual em 10,67%. Conforme o parlamentar, 19,5 mil servidores foram contemplados. Já o reajuste do auxílio-alimentação beneficiou 48,7 mil servidores. As ascensões funcionais analisadas até março de 2016 atenderam 8.829 servidores. O líder lembrou que a implantação do piso de 7.771 agentes comunitários de saúde causou impacto anual de R$ 24 milhões. Já a implantação do piso do magistério e a reestruturação da carreira de 49.054 professores custou aos cofres R$ 77,2 milhões ao ano.

Os professores temporários também passaram a receber auxílio-alimentação. O impacto, de acordo com Leitão, é de R$ 7,8 milhões. A reestruturação do plano de cargos e carreiras de 850 servidores do Detran representa acréscimo de despesas com pessoal da ordem de R$ 9,9 milhões. Outro aumento bastante relevante advém das promoções de 8.785 policiais e bombeiros militares. Essa nova despesa é da ordem de R$ 63,6 milhões ao ano.

Evandro Leitão informou que o Governo fez uma série de cortes de despesas da máquina. Segundo ele, houve redução de 25% das nomeações de comissionados, redução de 20% dos terceirizados, diárias, horas extras e veículos, além de economia de energia elétrica e água e cortes de passagens aéreas.

Camilo Santana almoça em navio da armada espanhola

espanhaa

O governador Camilo Santana, acompanhado da primeira-dama Onélia Leite, almoço, nesta terça-feira, à bordo do Navio-Escola Juan Sebastián de Elcano, da armada espanhola. O almoço foi oferecido comandante da embarcação, capitão de navio Victoriano Gilabert Agote.

No mesmo compromisso, estavam o embaixador da Espanha no Brasil, Manuel de la Cámara Hermoso, e o secretário de Assuntos Internacionais do Estado, Antonio Balhmann.

Ficou acertada uma agenda de contatos do governador quando de sua ida à Espanha, no mês de maio. Com apoio da Embaixada da Espanha.

(Foto – Divulgação/​​Consulado Honorário da Espanha no Ceará)

Fortaleza será sede de seminário nacional jurídico e imobiliário

Fortaleza será sede, nos dias 7 e 8 próximos, no Gran Marquise Hotel, do V ADIT Juris. Trata-se de um seminário voltado para setores jurídico e imobiliário, realizado anualmente pela Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil (ADIT).

A edição deste ano conta com o apoio do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará (Sinduscon) e debaterá os seguintes temas: “PPP’s, concessões, parcerias com o privado e novos instrumentos urbanísticos: oportunidades e marco legal para o mercado imobiliário nas cidades”; “Loteamento x Condomínio de Lotes (incorporação): vantagens e atualizações”; “Peculiaridades da Licença Ambiental e demais autorizações para o mercado imobiliário e construção civil – Panorama brasileiro, entre outros”.

SERVIÇO

*Para informações e inscrições, acesse o site: http://adit.com.br/aditjuris/.

Camilo divulgará índices dos crimes violentos relativos a março

CAMILO-SANTANA-1

Nesta quarta-feira, às 10h30min, o governador Camilo Santana (PT) vai divulgar os índices relativos aos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) registrados no mês de março. Será durante reunião de monitoramento realizada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), em sua sede, no bairro São Gerardo.

Mensalmente, o governador participa das reuniões de monitoramento envolvendo o comando da segurança pública do Estado, com a cúpula da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, dentro do programa “Em Defesa da Vida”.

DETALHE – Os CVLIs englobam os crimes de homicídio, latrocínio e lesões corporais seguidas de morte.

Heitor Férrer chama de demagogia visita do prefeito e do governador à periferia com direito a pé na lama

200 3

O deputado estadual Heitor Férrer, pré-candidato a prefeito pelo PSB, bateu duro, nesta terça-feira, no prefeito Roberto Cláudio (PDT) e no governador Camilo Santana (PT). Foi durante pronunciamento na Assembleia, quando ele lamentou que os dois visitaram áreas atingidas pelas cheias provocadas pela chuva do fim de semana e chegaram a botar literalmente o pé na lama.

Para Heitor Férrer, “pé na lama” é demagogia e desrespeito com a população. Ele desabafou: “Essa imagem é um desrespeito com os sofridos, demagogia, marketing. É a utilização do sofrimento dos pobres para se dizer que estão preocupados com esse drama”. O parlamentar fez alusão a foto veiculada neste Blog.

foto rc e camilo barroso

Em seu pronunciamento, o deputado disse que a assistência aos moradores de areas de risco não essa. “A assistência é o esgoto, é o saneamento básico, é a moradia digna. Triste o momento em que os algozes desses menos favorecidos, os autores das omissões de políticas públicas, comparecem nesses instantes de tragédia para lucrar politicamente, dizer que estão solidários com os mais sofridos, quando são eles os responsáveis por essa mesma tragédia”, afirmou.

“Em 2015 também teve chuva, 2014 teve chuva e inundação nessas áreas, mas o prefeito não foi colocar o pé na lama nessa época. Ele não tivera a preocupação de solidarizar com os menos favorecidos e com os mais apenados”, criticou Férrer. Para ele, tal cena expõe o fracasso das políticas públicas do Governo do Estado e da Prefeitura de Fortaleza em matéria de assistência à população.

Prefeito recebe lideranças dos ficais municipais. Tenta encerrar a greve da categoria

Nesta tarde de terça-feira, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) vai se reunir com lideranças dos fiscais municipais, que estão em greve desde 30 de março. De acordo com a presidente da Associação dos Fiscais do Município de Fortaleza (AFIM), Ana Lúcia Oliveira, a greve segue conta com 100% de adesão. A categoria está em frente ao Paço Municipal, aguardando retorno da contraproposta apresentada de dobrar o abono oferecido pela Prefeitura. Ou seja, os trabalhadores receberiam um abono de R$ 400,00. O interlocutor com o prefeito é o presidente do Iplanfor, Eudoro Santana.

Os fiscais estão sem reajuste desde 2012 e com a menor remuneração do Brasil. Segundo Ana Lúcia Oliveira, desde o segundo turno das eleições, em 2012, que a entidade procurou o prefeito Roberto Cláudio, solicitando a reestruturação da fiscalização. Entre os pontos reivindicados ao prefeito estão a revisão do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), com a consequente revisão da remuneração salarial, e a elevação do número de pontos da GFAE, que é a gratificação de desempenho.

Carro-bomba – Presidente da Assembleia diz que respostas devem ser dadas pelo titular da SSPDS

foto zezinho albuquerque 150201

“Nós vamos nos reunir hoje mesmo com o governador Camilo Santana e quem vai se pronunciar é o próprio secretário de segurança do Estado (Delci Teixeira). Ele tem todos os meios para dizer que tipo de artefato é esse. Nós não temos como fazer isso”, disse, nesta terça-feira, em pronunciamento na Assembleia Legislativa, o presidente da Casa, Zezinho Albuquerque (PDT). Ele se referiu ao episódio do carro abandonado no entorno do prédio da Assembleia,na madrugada desta terça-feira, com 13 quilos de dinamite.

A Perícia Forense está avaliando o artefato encontrado dentro do carro, um Fiat Up.

Zezinho elogiou a conduta dos policiais e a todos que fazem a segurança da Casa que participaram da ação de retirada do artefato.

O que há por trás de um golpe?

87 4

Com o título “Independência ou Morte!”, eis artigo do advogado Reno Ximenes. Ele analisa o cenário político atual e faz algumas considerações contra o que define como golpe e interesses subalternos. Confira:

Na década de 1960, gigantes grupos multinacionais se reuniram preocupados com os efeitos da Revolução Cubana na América Latina em relação a eventuais prejuízos que poderiam causar sobre suas empresas instaladas neste continente. Queriam ainda evitar uma unidade econômica continental entre os chefes de Estados latinos, no que desencadearam o famigerado plano de derrubada de governos, através do patrocínio de sequenciais Golpes de Estado, pela força bruta e violência militar.

Em 1989, em Washington, nos EUA, técnicos do governo norte-americano e dos organismos financeiros internacionais ali sediados – FMI, Banco Mundial e BID – reunirem-se com o intuito de planejar os destinos econômicos, capacidade de endividamento e controle político dos países latino-americanos, sob a convocação do Institute for International Economics, sob o título “Latin American Adjustment: How Much Has Happened”. Tal evento passou a ser conhecido pelo mundo subdesenvolvido por “Consenso de Washington” ou “Pacto de Washington”.

Em ambos os movimentos ideológicos de oxigenação do capitalismo americano, foram impostas condutas compulsórias às nações subdesenvolvidas, sob pena de sanções econômicas mais severas. Além das ordens para ceifar os programas sociais das camadas populares, impôs a obrigatoriedade da aprovação e a adoção, no ordenamento jurídico brasileiro, das Leis 4.320/64 (Lei das Finanças Públicas) e a Lei 101/00 (Lei de Responsabilidade Fiscal).

Travestidas de condutas moralizadoras da gestão e equilíbrio das finanças públicas, os EUA sempre planejaram, tão somente, a segurança financeira da expansão de suas empresas e a proliferarão do consumo com liquidez e segurança da demanda, mesmo que isso fosse às custas, necessariamente, da retirada de garantias sociais dos próprios latino-americanos.

A história se repete. Não pelo argumento do metafísico destino, mas pelo ritmo do dialético poder da força bruta, desta vez, aparentemente diplomática.

Sabe-se, do subterfúgio de se utilizar das teorias do caos do inconsciente, para sacramentar versões em substituição aos fatos. Impor o moralismo é a palavra de ordem que seduz, implacavelmente, os tolos. Esses são movidos pela sazonalidade. Acreditam, sempre, que qualquer turbulência institucional possa ser um movimento de inclusão social que os favoreçam. No caso concreto, mesmo recorrendo a ingratidão de tudo que foi feito em favor da inclusão social, nas últimas décadas.

O brasileiro deve ter a ciência de que a crise de corrupção pandêmica não possui conexão com o oportunismo do golpe de Estado, em exercício no Brasil. É apenas o uso da vulnerabilidade institucional, em benefício do tiro da misericórdia. Não se constrói moralidade com retórica massificada. Há necessidade de uma reforma política, tributária, fiscal e federativa que o Congresso Nacional se nega a fazer.

A Dilma é a umas das poucas personagens honestas e decentes nesse turbilhão de bandalheiras. Isso precisa ser refletido! Os custos para o Estado brasileiro em seu impeachment serão maiores que a sua permanência, mesmo com um governo fraco, por apenas dois anos. O processo de impeachment é um processo de cooptação política, que acarreta compromissos inconfessáveis com o dinheiro público.

O Brasil não pode permitir que as suas riquezas sejam entregues de mão beijada, soprando o nó da peia, em nome de uma falsa ordem jurídica e institucional, que não nos interessa.

É na política que se encontra a solução da má política. É agora quando o Brasil começa a depurar as lideranças decentes em suas instituições, quando assiste a escória da política integrar o coro dos ditos moralistas.

Não pode se deixar de consignar o digno papel de vários partidos e lideranças acadêmicas, que, mesmo antagônicos e críticos aos alopramentos, corrupções, deslumbramentos, enriquecimento dos banqueiros, políticas de inclusão social fisiológica e viciante, além de muita bandidagem feita por muitos petistas, ainda possuem a altivez republicana de defender o final do mandato da Dilma, por uma questão de lealdade com o futuro do Brasil. Falo do PSOL, PC do B, PDT enquanto partidos; registro, outrossim, Ciro Gomes, Chico Buarque, Marco Aurélio Mello, Fábio Konder Comparato, Requião, Pedro Simon, Chico Alencar e Jandira Fegalli, além de outras louváveis e corajosas lideranças.

Aguentem firme! O Brasil é nosso! Não vai ter golpe, vai ter luta! Ruim com ela, pior sem ela. O STF não irá permitir o abuso do poder político. Daqui a dois anos teremos uma grande oportunidade de julgar os políticos através do voto universal, direto, livre e democrático.

*Reno Ximenes

Advogado.

Bomba encontrada perto da Assembleia atingiria alvos num raio de até 50 metros

BombaencontradapertodaAsselbleiaatingiriaalvosnumraiodeat50metros1

“A operação contra a bomba que foi deixada em um automóvel na rua lateral da Assembleia Legislativa ocorreu das 22 horas até as 3 horas da madrugada desta terça-feira. Uma fonte que atuou na desativação do artefato informou que o material encontrado estava pronto para explodir, o que faltava era a chama.

Conforme a fonte, de nome preservado, a bomba era confeccionada com 48 dinamites, um detonador e 50 centímetros de estopim. “Uma denúncia anôniima feita a Coordenadoria Integrada de Operações (Ciops) deu conta de que havia um carro bomba localizado ao lado da Assembleia Legislativa. Foi por volta das 22 horas”, informou.

Equipes do Serviço de Inteligência foram ao local e verificaram a presença de um automóvel suspeito. Depois de checar as placas a Polícia constatou que era roubado. O esquadrão antibombas foi acionado e os explosivistas identificados como sargento Silva e sargento Rabelo, que verificaram que se tratava de uma ameaça de bomba verdadeira.

Foram realizados uma análise primária, aproximação com utilização do robô, abertura das portas com utilização de ganchos, cordas, técnica de remoção com utilização de um técnico com uso do traje de antifragmentação, além da desconexão da carga explosiva com uma técnica manual. “Foi utilizada uma técnica de desativação de bomba. Porque tinha um explosivo industrializado com um sistema de ignição. O que caracteriza ser uma bomba”, revela.

O POVO apurou que não havia risco do explosivo atingir a AL, pois estava na parte externa. No entanto, a fonte relata que em um raio de 50 metros o efeito de fragmentação atingiria alvos. “Com uma distância de 7 a 10 metros a morte seria imediata”, explicou.”

(Jéssica Sisnando – O POVO Online/Foto – Mauri Melo)

Chacina de Mesejana – Projetos propõem nome de rua em homenagem a vitimas

DSC_0185 (1)

Em tramitação na Câmara Municipal, novos projetos de decreto legislativo propondo homenagem a dois jovens mortos na Chacina da Grande Messejana. Os projetos, de autoria do vereador João Alfredo (PSOL), indicam a mudança do nome das ruas 103 e Paisagística, no Conjunto São Cristóvão, no Jangurussu, por Jardel Lima dos Santos e Álef Souza Cavalcante, respectivamente.

O objetivo dos projetos, segundo o vereador, é não deixar que o trágico episódio, ocorrido na madrugada do dia 12 de novembro do ano passado – em que 12 pessoas, sendo 11 jovens, foram assassinados nos bairros Curió, Alagadiço Novo, São Miguel e Messejana, seja esquecido. É provável que os assassinatos aconteceram em resposta à morte de um PM, dias antes. Nenhuma das vítimas tinha antecedentes criminais graves.

Álef Souza Cavalcante e Jardel Lima dos Santos foram duas das vítimas jovens. Eles tinham 17 anos à época. Álef era estudante e fazia aulas de skate no Cuca Jangurussu. Jardel era estudante do 1º ano do ensino médio e praticava futsal no mesmo Cuca. Eles foram assassinados na calçada da casa de parentes enquanto conversavam.

Presidente do CREA se licencia para disputar vaga de vereador pelo PPS de Fortaleza

vitorfrota

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará, Victor Frota, licenciou-se do mandato e vai disputar vaga de vereador por Fortaleza.

Ele aceitou convite do presidente estadual do PPS, Alexandre Pereira, e, principalmente, do seu amigo particular, Michel Lins, que preside a sigla na Capital, se filou a esse partido com esse objetivo.

Victor espera ser o representante do setor da construção civil na Câmara Municipal. Pelo nome de credibilidade, ajudará, com certeza, a reforçar a chapa de vereadores do PPS.

Profissionais de Segurança Pública do Ceará estão céticos sobre reajuste salarial

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=fJ0BaRIQarQ[/youtube]

A Associação dos Profissionais de Segurança (APS) do Ceará não gostou da decisão do governador Camilo Santana de prorrogar, por mais 60 dias, a decisão sobre reajuste salarial dos servidores estaduais como um todo.

O presidente da entidade, Reginauro Souza, lamenta essa situação, que deixa a categoria em geral tensa. Para ele, as perspectivas de reposição das perdas, pelo menos, chegaram ao Ceará. Ou seja, a crise que atinge vários Estados começa a bater à porta no Estado.

Os profissionais da segurança pública, pelo menos, segundo Reginaudo Souza, estão começando a duvidar da possibilidade de reajuste.

Fiscais agropecuários retomam trabalho após abrir canal de negociação com governo estadual

102 2

A paralisação de advertência dos fiscais da Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri) por melhores condições de trabalho e de salário só durou a segunda-feira. Não se estendeu por esta terça-feira, porque, segundo a vice-presidente do sindicato da categoria, Patrícia Facó, o governo estadual, através do seu chefe de gabinete, Elcio Batista, chamou para o diálogo. Confira:

Caro Eliomar de Lima

Sobre a paralisação de alerta dos servidores da ADAGRI, informamos que ontem pela manhã (04.04.16) fomos recebidos pelo chefe de gabinete do governador, Sr. Élcio Batista, que se comprometeu em agendar reunião com a SEPLAG para analisar impacto financeiro das reivindicações, assim foi aberto o canal de negociação.

A categoria permanecerá alerta e em mobilização, caso a negociação não avance, o que pode resultar em prejuízos para a campanha de vacinação contra febre aftosa que ocorrerá em maio.

Participaram ainda da reunião com o Sr. Elcio, os gestores da ADAGRI e Adriano Coutinho, pelo ANFFA sindical, representando os fiscais federais agropecuários do Ministério da Agricultura.

Sem mais,

Patrícia Facó,

Vice-presidente do SINDAGRI.