Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Eleições 2018 – Camilo faz reunião com pré-candidatos do PSD

O grupo político de Domingos Filho e do deputado federal Domingos Neto (PSD) manteve reunião, na Residência Oficial, nessa noite de segunda-feira, com o governador Camilo Santana (PT). Representantes políticos de todas as regiões cearenses marcaram presença e puderam levar pessoalmente ao governador as demandas e propostas dos municípios.

Foram mais de sete horas de reunião, ocasião em que Camilo recebeu os pré-candidatos a deputado federal e a deputado estadual pelo PSD, prefeitos e lideranças.

“Foi um momento de nós mostrarmos o apoio ao governador e trazer as nossas lideranças para fortalecer esse diálogo”, disse Domingos Neto. “Uma parceria se faz com encontros de ideias e projetos. Isso é fundamental para a construção de um projeto conjunto”, disse Domingos Filho.

DETALHE – Nesta noite, no mesmo local, será a vez de Camilo receber um grupo de prefeitos.

(Foto – Divulgação)

IFCE comemora 10 anos. E o orçamento…

Com o título “A caminho da excelência”, eis artigo de Virgílio Araripe, reitor do Instituto Federal do Ceará (IFCE, que comemora os 10 anos de atividades dessa Instituição no Estado. Confira:

O ano de 2018 é singular, tendo em vista que completamos 10 anos como Instituto Federal, mas nossa contribuição já conta com mais de um século, uma vez que o nascimento da instituição foi em 1909, como Escola de Aprendizes e Artífices. Até o final deste ano, o Instituto Federal do Ceará (IFCE) concluirá mais uma ação para enriquecer sua história: o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) para os próximos 5 anos, um momento importante e rico iniciado ainda em 2017, que reúne a comunidade acadêmica nesse processo decisivo de indicar o caminho a ser trilhado, para que, em 2023, seja uma instituição de ainda maior referência no ensino, pesquisa, extensão e inovação e continue promovendo a transformação social e o desenvolvimento regional. O IFCE é pioneiro, entre as instituições da Rede Federal de Educação Profissional, na elaboração de um PDI. O primeiro foi formatado em 2005, ainda quando Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET).

Nosso PDI é dividido por áreas estratégicas: extensão, ensino, pesquisa e inovação, relações internacionais, assuntos estudantis – intituladas de finalísticas –, comunicação social, gestão de pessoas, administração e planejamento, tecnologia da informação – denominadas de áreas-meio. Cada uma delas tem-se desdobrado a fim de contemplar as demandas institucionais, sem deixar de observar os fatores externos. Somente com o planejamento, organização e participação da comunidade é que vamos conseguir cumprir as metas colocadas nesse planejamento.

A Reitoria e os campi participam da elaboração do PDI. Neste processo, expandimos a participação popular com o fórum on-line e os seminários temáticos, transmitidos em tempo real, com o recebimento de propostas ou de ajustes às ações disponibilizadas pelas áreas estratégicas. É necessário destacar a necessidade desse engajamento das pessoas, seja no momento de elaboração, seja no de implantação, seja no de controle social.

A responsabilidade é imensa; somos 3.400 servidores, entre técnicos e docentes, ofertamos mais de 300 cursos desde a extensão até a pós-graduação e, em 32 unidades, registramos mais de 35 mil alunos. Além de garantir uma educação pública e de qualidade, produzimos conhecimento com ideias e projetos inovadores cujo objetivo é atender às demandas sociais.

*Virgílio Araripe

virgilio@ifce.edu.br

Reitor do IFCE

Fiec e Ibama promovem encontro sobre biomassa

A Federação das Indústrias do Estado do Ceará de o Ibama promoverão, a partir das 14 horas desta terça-feira, na Casa da Indústria, o evento “Impacto da Biomassa na Indústria do Ceará: alternativas para sustentabilidade e sua interface com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).”

O evento vai discutir e propor o uso de biomassa na indústria cearense, observando os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

O estudo “Biomassa para Energia no Nordeste: Atualidades e Perspectivas”, realizado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), por meio da Associação Plantas do Nordeste (APNE), serve de base para construção de políticas públicas voltadas para discussão e incentivo ao uso de biomassa.

Biblioteca

*O que é biomassa aqui.

PDT do Ceará promete “invadir” a convenção pró-Ciro

286 1

Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, e Ciro.

O PDT do Ceará promete levar uma das maiores caravanas do partido à convenção nacional que homologará Ciro Gomes candidato a presidente da República. Vereadores, prefeitos, parlamentares e lideranças da legenda estão sendo mobilizados para o encontro, que ocorrerá nesta sexta-feira, em Brasília.

O presidente regional do PDT, deputado federal André Figueiredo, e o ex-governador Cid Gomes tratam da mobilização, que objetiva mostrar força do candidato a partir do seu Estado.

Na convenção, Ciro divulgará as 12 principais linhas de seu conjunto de propostas para o Brasil, adianta o presidente nacional pedetista Carlos Lupi.

(Foto – Paulo  MOska)

Campanha #LulaLivre – Secretário-geral do PT nacional debate em Fortaleza

O Partido dos Trabalhadores no Ceará vai promover, nesta terça-feira, a partir das 18 horas, debate que faz parte da campanha #LulaLivre. O encontro ocorrerá no escritório do senador José Pimentel, em Fortaleza, e contará com as presenças do secretário-geral do PT nacional, Romênio Pereira, e do deputado federal José Airton.

“Nosso objetivo é fortalecer a campanha pela liberdade de Lula, até porque eleição sem o Lula é golpe”, explica o ex-deputado federal Eudes Xavier, assessor de José Airton.

SERVIÇO

*Escritório de José Pimentel – Avenida da Universidade, 2290 – Benfica.

(Foto – Divulgação)

PT do Ceará admite aliança proporcional com MDB de Eunício Oliveira

588 7

O Partido dos Trabalhadores no Ceará não descarta aliança formal com o MDB, de Eunício Oliveira, para a eleição proporcional de outubro. O presidente da legenda, Moisés Braz, afirmou que foi procurado pelo deputado estadual Danniel Oliveira, que é sobrinho do senador, para uma aproximação.

Questionado se havia veto a partidos que votaram pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, o petista argumentou que o único veto é em relação a PSDB e DEM.

“Se para nós, o PT, as coligações fizerem com que a gente tenha um grande bloco que possa trabalhar na Assembleia, não vejo veto a qualquer partido, claro respeitando a resolução do PT”, admitiu.

Militando pela chapa pura ao legislativo, o PT se debruçou ontem sobre o assunto na reunião de pré-candidatos a deputados estaduais e federais. Ainda não há definição sobre as coligações, mas a maioria hoje é pela chapa pura. Posicionamento, no entanto, que pode ser revertido nos próximos dias pelo receio de correntes da sigla por “isolamento”.

Estiveram presentes no evento 31 pré-candidatos a deputados estaduais e 13 a deputados federais. Braz admitiu ainda que o partido conversa, além do MDB, com PV, PSB, PR e PCdoB. Os arranjos também estão sendo feitos com o PP. Hoje, porém, o entendimento do partido do governador Camilo Santana (PT) é pela chapa pura.

Os 400 mil votos recebidos pela legenda em 2014 elegeriam ao menos quatro deputados estaduais diretos. Na coligação com o então Pros, dos irmãos Ferreira Gomes, acabou elegendo apenas dois nomes da legenda.

(O POVO – Repóreter Wagner Mendes/Foto – Agência Senado)

Mortalidade infantil – A retomada de um êxito interrompido

Com o título “Mortalidade infantil : a retomada de um êxito interrompido”, eis o Editorial do O POVO desta terça-feira:

O Brasil tem contado, ao longo dos últimos anos, uma interessante história de combate eficiente à mortalidade infantil, a partir de uma ação pública pensada de maneira integrada e continuada. Uma tendência, infelizmente, interrompida em 2016, conforme números que acabam de ser divulgados, pondo fim a uma trajetória positiva e exemplar de redução das mortes de crianças no País que vinha desde 1990, ou seja, persistiu por 26 anos consecutivos.

Os dados oficiais do Ministério da Saúde indicam, no período de 2016, o registro de 14 crianças mortas de cada mil nascidas no País, o que representa um crescimento nos óbitos infantis de 5% sobre o ano anterior. Procura-se resposta para a situação incômoda e o esforço que algumas vozes já demonstram de buscar o caminho da explicação fácil precisa ser evitado, como meio de nos levar às razões verdadeiras de retrocesso tamanho e permitir que sejam adotadas as medidas corretivas necessárias dentro do mais curto espaço de tempo. A situação, por sua gravidade, impõe uma atitude responsável da própria sociedade, permitindo que se mantenha distante do debate qualquer tipo de interesse ou objetivo político. Mais ainda se ele mascarar projetos eleitorais.

Preocupa, por exemplo, que parte do discurso oficial faça menção à crise econômica como causa, o que até pode ajudar na explicação, mas, nem de longe, permite que se justifique de maneira completa o que aconteceu nos últimos dois anos, considerando que o resultado negativo deve se repetir no ano de 2017. Na própria fase de êxitos subsequentes que registrou em sua política de proteção às crianças no delicado campo da saúde, afinal, o País também enfrentou momentos difíceis no quadro financeiro, inclusive em relação às contas públicas, sem que a trajetória de melhoria, até então, tenha sido afetada.

É evidente que erros de priorização foram cometidos, mais recentemente, no processo que trouxe ao desafiador e triste quadro.

Eis o aspecto essencial no qual as autoridades precisam estar concentradas, identificando, da maneira mais urgente possível, as ações erradas que precisam ser corrigidas para que retomemos um caminho que, percorrido nos últimos anos por vários governos, de diferentes orientações políticas e ideológicas, levou a resultados que pouparam a vida de crianças e proporcionou merecido reconhecimento internacional pela eficiência de uma ação que, sendo de Estado, permaneceu poupada das instabilidades políticas que marcaram o Brasil durante o período. Este é o ponto para o qual precisamos retornar.

PF deflagra operação contra organização criminosa na área do furto e receptação de cargas. Ceará entre alvos

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira, 17, a Operação Transbordo. O objetivo, segundo a assessoria de imprensa da Corporação, é dar cumprimento a 173 mandados judiciais expedidos pela 17ª Vara Criminal de Maceió, em Alagoas, sendo 106 mandados de busca e apreensão, 64 mandados de prisão e 03 mandados de interdição de empresas envolvidas em receptação de mercadorias.

A Operação visa desarticular uma organização criminosa envolvida em crimes de furto e receptação de cargas e caminhões em diversos estados do Nordeste e Sudeste, valendo-se de falsas comunicações de crimes de roubo, além de adulteração de veículos, golpes em seguradoras e outros delitos.

Essa organização criminosa, segundo a PF, contava com a participação dos motoristas dos caminhões, os quais simulavam terem sido sequestrados por assaltantes, enquanto outros integrantes realizavam a desativação dos dispositivos de segurança do caminhão e a subtração da carga, sendo que ao final o motorista comparecia em um órgão policial para realizar falsa comunicação de crime.
A investigação foi realizada pela Superintendência da Polícia Federal em Alagoas, tendo contado com o apoio da Polícia Rodoviária Federal durante as investigações.

Mandados em Sobral

Os mandados estão sendo cumpridos nos estados de Alagoas, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Ceará e Pernambuco. Estima-se que essa organização criminosa tenha causado um prejuízo superior a R$ 8,6 milhões apenas em relação à subtração de cargas e caminhões.

No Ceará, há um mandado de busca e apreensão e outro de prisão, adianta a Polícia Federal. Estão sendo cumpridos em Sobral (Zona Norte).

Camilo reúne secretariado para avaliar e cobrar resultados

O governador Camilo Santana (PT) vai reunir seu secretariado, a partir das 9 horas desta terça-feira, no Pavilhão da Residência Oficial. O objetivo é avaliar cada pasta dentro do Monitoramento de Ações de Programas Prioritários (MAPP).

Camilo cobrará resultados da equipe e prazos, pois não quer dar a ideia de que, por limitações da legislação eleitoral, o Estado esteja parado.

Bom lembrar que ele disputará a reeleição.

(Foto – Divulgação)

Porto do Mucuripe será sede do primeiro dessalinizador da Cagece

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta terça-feira:

Já está pronto o primeiro projeto de dessalinizador que atenderá aos interesses do governo estadual por meio da Cagece. Foi elaborado pelo consórcio GS Inima-Teixeira Duarte-Fujita Engenharia e prevê a construção de uma usina de 1 m³ por/segundo.

A informação é do empresário Carlos Fujita, controlador da Fujita Engenharia, adiantando que caberá agora ao governo abrir licitação para escolher a empresa que tocará a execução do projeto. Dessalinizadores são a alternativa que o Estado promete tocar dentro de uma estratégia de garantir a convivência com a seca.

O equipamento ocupará espaços no bairro Mucuripe, em Fortaleza, e vai operar pelo sistema de Parceria Púbico-Privada (PPP). Os valores para esse projeto ainda não foram estimados.

(Foto – Divulgação)

UFC abre concurso público para Fortaleza, Quixadá e Russas

A Universidade Federal do Ceará vai inscrever, a partir de agosto próximo, para três editais de concurso público destinado ao preenchimento de cargo de técnico-administrativos, somando um total de 27 vagas, das quais 11 são destinadas a candidatos com nível superior e 16 a candidatos com nível médio. Os aprovados serão lotados em campi de Fortaleza, Quixadá e Russas, informa a assessoria de imprensa da instituição.

A inscrição deve ser feita, exclusivamente via Internet, no site da Coordenadoria de Concursos (CCV), mediante o preenchimento do formulário de solicitação de inscrição e o envio dos dados à CCV, no período compreendido entre as 8 horas do dia 1° de agosto e as 23h59min do dia 12 de agosto de 2018, observado o horário de Fortaleza.

Editais

O Edital nº 140/2018 oferta 12 vagas para o cargo de assistente em administração, com exigência de nível médio. Dessas vagas, 8 são para ampla concorrência, 2 são reservadas para pessoas com deficiência e 2 para pessoas negras, conforme determina a legislação. Os aprovados serão lotados em Fortaleza. A taxa de inscrição é R$ 90,00 e a remuneração, por um regime de 40 horas semanais de trabalho, será no valor de R$ 2.904,96.

O Edital nº 141/2018 abre 4 vagas de nível médio: 3 são para cargos a serem lotados em Fortaleza (técnico de laboratório / eletrônica; técnico em anatomia e necrópsia; e técnico em enfermagem / esterilização) e 1 é para o Campus da UFC em Russas (técnico em edificações). A taxa de inscrição é R$ 90,00 e a remuneração, por um regime de 40 horas semanais de trabalho, será no valor de R$ 2.904,96.

O Edital nº 142/2018 apresenta 11 vagas para cargos de nível superior, sendo 10 para Fortaleza (analista de tecnologia da informação, único com 2 vagas; arquiteto e urbanista; contador; economista; enfermeiro / enfermagem em clínica médica; engenheiro agrônomo; médico veterinário; museólogo; e técnico desportivo) e 1 para o Campus da UFC em Quixadá (engenheiro / engenharia da computação). A taxa de inscrição é R$ 120,00 e a remuneração do aprovado, com regime de 40h semanais de trabalho, será R$ 4.638,66.

(Foto -Evilázio Bezerra)

José Guimarães: Senado não é a prioridade do PT do Ceará

A executiva do Partido dos Trabalhadores (PT) no Ceará reuniu nesta segunda-feira, 16, todos os pré-candidatos a deputados federais e estaduais que disputarão as eleições. Em entrevista coletiva, o deputado federal José Guimarães disse que questões envolvendo o Senado Federal ainda serão discutidas pela sigla, mas não são prioritárias.

“O PT não tem confusão. Evidentemente, tem uma vaga para o Senado. Estamos dialogando com o atual senador, (José) Pimentel, estamos dialogando com o Camilo (Santana), mas só será decidido (o nome da disputa) na véspera”, diz José Guimarães. Dia 28 de julho o PT oficializará candidaturas.

Sobre conversas com outros partidos para decisão de candidatura ao Senado, Guimarães diz que ele, além do deputado estadual Moisés Braz (PT-CE), presidente estadual do partido, são os encarregados de manter as tratativas. “Vocês querem saber? Conversei longamente com Cid (Gomes) na sexta-feira sobre essas questões proporcionais. Nós temos conversado com o PP, com o PV, com o PC do B, temos conversado com todo mundo, essas conversas que não se tornam públicas”.

No entendimento de Guimarães, o Senado é importante para o partido, mas não tanto quanto os assentos na Câmara dos Deputados. Menos relevante ainda se comparado ao que ele diz ser o primeiro plano do PT: campanha em torno da candidatura do ex-presidente Lula.

Em 17 de maio último, ao O POVO, o Braz afirmou que a prioridade da legenda era reeleger Camilo e formar bancada forte no legislativo estadual e na Câmara dos Deputados. A concepção dos dois favorece o presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira (MDB), que tenta reeleição na chapa de Camilo Santana.

Entendimento diferente tem Luizianne Lins (PT). A ex-prefeita é defensora da ideia de a sigla ter candidatura própria. Encabeça, inclusive, ato nesta segunda-feira intitulado “Plenária Lula Livre”, seguido pela mensagem “Eu quero votar para o Senado”, no Sindicato dos Comerciários. Em relação à movimentação, Guimarães limitou-se a afirmar: “O PT é um partido democrático, é um direito”.

(O POVO – Repórter Wagner Mendes/Foto – Rodrigo Carvalho)

TRT do Ceará nega adicional de periculosidade a instrutores de autoescola

Os desembargadores da Segunda Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará negaram, por unanimidade, adicional de periculosidade aos instrutores de prática de direção categoria “A” de uma autoescola de Fortaleza. A informação é da assessoria de imprensa do TRT do Estado. Os profissionais pediam o acréscimo de 30% sobre o piso da categoria com base em uma lei de 2014, que passou a considerar perigosa a atividade de trabalhador de motocicleta. A decisão, de 28 de junho, foi tomada em uma Ação Civil Coletiva ajuizada pelo Sindicato dos Instrutores de Veículos Automotores do Estado do Ceará.

O Sindicato alegava que, nos dias de exame, os instrutores deslocavam-se cinco vezes com os alunos na garupa da motocicleta, do endereço da autoescola até o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), em um percurso que durava em média 11 minutos. Por esse motivo, os trabalhadores da autoescola entendiam que estavam amparados pela legislação que considera perigoso o trabalho realizado com o uso de motocicleta.

Em sua defesa, a empresa alegava que o adicional de periculosidade não deveria ser pago, pois os deslocamentos dos condutores aconteciam de forma eventual. E esse foi o entendimento do magistrado de primeiro grau. Segundo o juiz da 7ª Vara do Trabalho de Fortaleza, Francisco Antônio da Silva Fortuna, ficou comprovado que os empregados da autoescola utilizavam a motocicleta por tempo muito reduzido. “A finalidade da alteração legislativa que contemplou os motociclistas com o direito a adicional de periculosidade decorreu dos riscos inerentes à habitualidade e contínua utilização de tal meio de transporte nas vias públicas, em face do elevado número de acidentes de trânsito”, esclareceu.

Segundo norma do Ministério do Trabalho, a utilização de motocicleta ou motoneta de forma eventual ou por tempo extremamente reduzido não assegura aos empregados o direito ao adicional de periculosidade. Laudo técnico pericial confirmou que a distância percorrida pelos instrutores – da autoescola até o Detran – era de aproximadamente 330 metros e o tempo gasto para o deslocamento, pilotando a moto, durava em torno de um minuto.

Os desembargadores da Segunda Turma do TRT/CE confirmaram a sentença do magistrado de primeira instância e negaram o adicional de periculosidade. “No caso em apreço, considerando a função do instrutor de autoescola e a distância constatada até o local onde as aulas eram ministradas, não há como dizer que havia risco acentuado inerente à própria atividade”, concluiu a relatora do processo, desembargadora Regina Gláucia Cavalcante Nepomuceno. Da decisão cabe recurso.

Renato Roseno já conseguiu 100 doadores voluntários via internet

O deputado estadual Renato Roseno (PSOL), que disputará reeleição, atingiu, no fim de semana, a marca de 100 doações recebidas pela Internet. Em média, cada apoiador da campanha doou R$ 160.

“Nós sempre dissemos que quem paga a banda, escolhe a música. Todos os escândalos de corrupção que vieram à tona nos últimos anos envolvem financiamento de campanha. Empreiteiras, donos de empresas de ônibus e outros setores literalmente compraram a política. O PSOL sempre lutou contra o financiamento empresarial. Por coerência, construímos nossa ação política, inclusive todas as nossas campanhas eleitorais, com o apoio de quem aposta em um projeto de autonomia, independência e liberdade”, afirma Roseno.

O deputado explica que a busca pelo financiamento coletivo pela Internet é prática do partido em todo o país, assim como a realização de campanhas mais baratas. A bancada eleita pelo PSOL 2014 gastou, em média, R$ 158 mil, 40 vezes menos que a média dos demais.

Internet

Este é o primeiro ano em que as doações empresarias para as eleições estão proibidas. Além dos recursos do Fundo Partidário, os candidatos têm a possibilidade de arrecadar doações por meio da Internet. Sites para isso foram cadastrados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que exige que os dados sobre doadores e doações sejam públicos. Os recursos poderão ser utilizados no período da campanha, após a confirmação das candidaturas pelos partidos.

(Foto – ALCE)

Cearense terá nova plataforma para consulta às informações do Estado

Será lançada, às 9 horas desta quarta-feira, no Palácio da Abolição, uma nova plataforma de participação popular no âmbito das políticas públicas do Estado: o Ceará Transparente. A nova plataforma, segundo a assessoria de imprensa do governo, vai reunir os Sistemas de Ouvidoria, Transparência e Acesso à Informação do Estado e disponibilizar serviços de participação popular e consulta pública.

A ferramenta foi desenvolvida pela Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) e pela empresa Caiena – Tecnologia e Design, por meio de uma operação de crédito no âmbito do Programa para Resultados (PforR), do Banco Mundial.

A nova plataforma permitirá que cidadãos de todo o Estado registrem manifestações, como reclamações, denúncias ou elogios à Ouvidoria, possam acessar informações sobre serviços como saúde, educação e gastos públicos e, também, solicitar dados que não constem disponíveis na plataforma, por meio da ferramenta de Acesso à Informação.

Sebrae-CE lança nesta quarta-feira o XX Encontro Internacional de Negócios do Nordeste

Joaquim Cartaxo é o superintendente estadual do Sebrae.

O Sebrae lançará nesta quarta, às 14 horas, na sede da Câmara Temática do Comércio Exterior (Bairro Meireles), o XX Encontro Internacional de Negócios do Nordeste. O evento vai acontecer em Fortaleza, ainda neste ano, e pretende facilitar o acesso das pequenas empresas ao mercado internacional e, consequentemente, buscar facilitar o aumento no volume e qualidade das exportações da região nordestina

Aberto às empresas que querem colocar seus produtos no mercado externo, o EINNE integra o circuito dos grandes eventos empresariais do país e, nesta edição, vai reunir empresas das áreas de Alimentos e Bebidas (cachaça, doces, chocolates, sucos, água de coco) Orgânicos e Comércio Justo (café e chás, polpa de frutas, frutas, mel, própolis, castanha); Cosméticos (cremes de beleza e cremes nutritivos, perfumes e águas de colônia, loções tônicas cosméticos capilares e sabonetes) e Moda (infantil, praia, fitness e íntima).

Idealizado pelo Sebrae Ceará, o encontro é realizado desde 1996 e conta com parceiros locais como a ADECE, Sistema FIEC com seus Sindicatos, o BNB, e a própria CTCOMEX & IE, que é a Câmara Temática de Comércio Exterior e Investimentos Estrangeiros.

SERVIÇO:

*Câmara Temática de Comércio Exterior e Investimentos Estrangeiros ( CTCOMEX & IE) – Avenida Dom Luis, 807, 7º Andar – Meireles.

Empregados dos Correios realizam ato de protesto em defesa da aposentadoria

Os servidores dos Correios farão um ato de protesto, a partir das 11h30min desta terça-feira, em defesa da aposentadoria.O ato ocorrerá na Praça dos Correios em frente ao edifício sede do órgão, em Fortaleza, na rua Senador Alencar, 38, Centro. Os participantes do Postalis (fundo de previdência dos empregados dos Correios) farão uma manifestação do gênero em todos os estados em defesa do direito de receber a complementação de suas aposentadorias, para a qual contribuíram durante toda a vida profissional nos Correios.

Atualmente os empregados estão pagando altíssimas contribuições extraordinárias, para cobrir um rombo gerado no período de 2006 a 2013 fruto da negligência do Banco BNY Mellon, administrador fiduciário exclusivo dos investimentos do citado plano. É o que informam lideranças da categoria.

Postalis

O Postalis foi criado pelos Correios em 1981 e, na ocasião, só oferecia um único plano – o Plano BD. A adesão ao plano foi compulsória, ou seja, quem quisesse trabalhar nos Correios precisava necessariamente aderir ao plano.A promessa original do plano – bem diferente do que se pratica hoje – era de complementar as aposentadorias recebidas do INSS, de forma que os assistidos mantivessem remuneração semelhante à que recebiam enquanto na ativa.

Várias ações equivocadas, segundo os servidores, vêm sendo praticadas pela gestão do fundo e pela própria empresa Correios e, após uma sequência de planos de equacionamento, com percentuais crescentes de contribuição extraordinária para cobrir investimentos mal sucedidos, os beneficiários atuais ativos contribuem extraordinariamente com 17,92% de seu benefício e os assistidos com 26,92%.

Turista morre em acidente num dos brinquedos do Beach Park

354 1

Um homem morreu nesta segunda-feira, 16, em acidente no parque aquático Beach Park, em Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza). O empreendimento divulgou nota a respeito do caso:

Trata-se de Ricardo José Hilário da Silva tinha 43 anos e era turista de Sorocaba (SP). Ele trabalhava como radialista, locutor e jornalista em São Paulo, na Rádio NovaBrasil FM, e estava de férias com a família.

NOTA DE PESAR E ESCLARECIMENTO

O Beach Park Entretenimento confirma que foi registrado um acidente em uma das atrações do parque aquático na tarde desta segunda-feira, 16 de julho. A equipe de segurança aquática realizou o atendimento de forma imediata, mas infelizmente o visitante foi a óbito. O Beach Park lamenta profundamente o ocorrido e está dando todo o apoio, suporte e atenção para a família.

Após o acidente, o parque encerrou as atividades da atração, que só voltará a abrir após a apuração pericial que será realizada pelos órgãos competentes na investigação das causas do acidente. Em respeito a família, o parque não funcionará amanhã, dia 17 de julho.

O Beach Park reforça seu compromisso prioritário com a segurança e a integridade de seus visitantes e por isso realiza treinamentos com a equipe de segurança e de primeiros socorros diariamente.

A Direção Geral.

Aeroporto Pinto Martins – Obras do novo terminal de passageiros completam dois meses

As obras de ampliação do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Pinto Martins, que envolvem serviços de demolição, fundações e adequações de estrutura, estão completando dois meses.

O trabalho é tocado pelas empresas Método e Passarelli, consórcio a serviço da Fraport, gestor do aeroporto. As construtoras contratadas executam ainda o reforço das estruturas na expansão leste e já executaram as fundações do acesso viário que ligará o terminal já existente ao trecho em construção.

Segundo a assessoria de imprensa da Fraport, foram realizadas ainda intervenções no atual terminal de passageiros, como a ampliação da área de embarque e desembarque, e a readequação de alguns espaços existentes, além de adequações da estrutura para a expansão oeste.

(Foto – Fraport)

Eleições 2018 – Prazo para solicitação do voto em trânsito começa nesta terça-feira



Os eleitores em trânsito no território nacional poderão, se desejarem, realizar a transferência temporária de seção eleitoral para votação no primeiro turno, no segundo, ou em ambos, nestas eleições. Esta possibilidade será aberta somente em capitais e municípios com mais de cem mil eleitores. O prazo para solicitar transferência temporária iniciará nesta terça-feira, 17/7, e terminará no dia 23 de agosto de 2018, informa a assessoria de imprensa do TRE do Ceará.

Presos provisórios, membros das Forças Armadas, das polícias federal, rodoviária e ferroviária federal, civil e militar, corpo de bombeiros militares e guardas municipais, que estiverem em serviço por ocasião das eleições, assim como, eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida, também podem fazer uso do direito. No caso da força policial em serviço, assim como, dos eleitores com mobilidade reduzida que queiram votar numa seção mais acessível dentro do município onde vota, não se aplica a limitação dos municípios com mais de cem mil eleitores.

O eleitor que fizer a transferência temporária não poderá votar na sua seção de origem. Encerradas as eleições, as inscrições dos eleitores que se transferiram temporariamente voltam a figurar automaticamente nas seções eleitorais de origem.

Os eleitores que estiverem fora da Unidade Federativa (UF) de seu domicílio eleitoral nestas eleições poderão votar em trânsito apenas para presidente da República. Esta regra também se aplica aos eleitores inscritos no exterior, que estiverem em trânsito no território nacional. Já os eleitores que se encontrarem em trânsito dentro da UF de seu domicílio eleitoral poderão votar para todos os cargos: presidente da República, governador, senador, deputado federal e deputado estadual.

Como fazer?

Para votar em trânsito, o eleitor deverá comparecer a qualquer cartório eleitoral e requerer sua habilitação mediante a apresentação de documento oficial com foto. O eleitor poderá alterar ou cancelar a habilitação para votar em trânsito no período de 17 de julho a 23 de agosto de 2018. O eleitor que não comparecer à seção para votar em trânsito deverá justificar a sua ausência, inclusive se estiver no seu domicílio eleitoral de origem no dia da eleição, não podendo justificar no município por ele indicado para o exercício do voto.