Blog do Eliomar

Categorias para Ceará

Cearense com infrações de trânsito em outros Estados terá desconto de 40%

O Detran do Ceará aderiu, nessa terça-feira, 3, ao Sistema de Notificação Eletrônica (SNE), solução desenvolvida pelo Serpro, empresa de tecnologia da informação do Governo Federal. O sistema foi criado para o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e permite que os condutores com registro de veículo no Estado possam quitar suas multas com desconto de 40%. Na primeira etapa, o abatimento será apenas para multas interestaduais aplicadas por infrações cometidas fora do estado do Ceará, mas logo também vai contemplar multas estaduais.
O SNE é uma ferramenta que possibilita o desconto de 40% no valor de multas de trânsito para proprietários de veículos cadastrados no sistema, além de permitir uma comunicação mais rápida entre motoristas e órgãos de trânsito.
Segundo o Detran, aproximadamente 15 mil multas interestaduais são emitidas pelo órgão e a adesão do novo sistema vai permitir uma economia significativa  em gastos com papel, impressão e envio de notificações, além de reduzir também os custos com processos operacionais.
Para conseguir o desconto, os condutores devem se cadastrar no SNE e reconhecer o cometimento da infração. O sistema está disponível aos usuários pelo site ou por aplicativo, bastando acessar o site ou fazer o download gratuito do aplicativo SNE Denatran para smartphones e tablets nas lojas virtuais Google Play ou Apple Store.
Após concluir o cadastro, o usuário receberá todas as informações de infrações de forma eletrônica, além ter conhecimento detalhado de cada multa, reconhecer a infração, copiar o código de pagamento e, ainda, fazer download do formulário de indicação do condutor responsável pela infração.
(O POVO Online)

PSDB promete oposição dura à nova gestão do prefeito Roberto Cláudio

tomsafil

Tomás Figueiredo Filho, ex-presidente municipal dos tucanos, avisa: O PSDB vai fazer oposição dura à gestão do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT). Sem essa, portanto, de oposição responsável ou coisa parecida.

O partido, inclusive, conseguiu escalar, com apoio do pequeno grupo não alinhado ao Paço Municipal, o seu vereador Plácido Filho, como líder da oposição.

 

Guilherme Sampaio é o líder do PT na Câmara Municipal

guilhermess

Guilherme Sampaio será o líder do PT na Câmara Municipal de Fortaleza neste primeiro período legislativo. Tudo ficou acertado entre ele e o vereador Acrísio Sena (PT). Os dois são os únicos que sobreviveram da última eleição. O partido contava com quatro cadeiras.

Ele reafirma o papel de oposição do PT à gestão do prefeito Roberto Cláudio (PDT) e e diz que o partido não comporá com o bloco de oposição formado pelo PR e PSDB na Câmara. Estes dois partidos são oposição ao petismo no Ceará e no País.

“Nós não comporemos qualquer bloco com as bancadas de oposição do PSDB e PR, que deram sustentação à candidatura do Capitão Wagner. Esse grupo político faz oposição ao governador Camilo Santana e, nacionalmente, sustenta o golpe contra a presidente eleita Dilma Rousseff”, reforça Guilherme.

O vereador petista adianta ainda que essa é a mesma posição defendida nacionalmente pelo vice-prefeito eleito, Moroni Torgan (DEM), e por algumas siglas que integram a base do prefeito.

Acrísio Sena quer aproximação do PT com o prefeito Roberto Cláudio

287 1

acrisio-sena-audiencia-publica

O vereador Acrísio Sena quer o PT próximo do PDT do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio. Para ele, seria importante tal medida, pois viabilizaria a reeleição do governador Camilo Santana (PT) em 2018.

Pelo visto, Acrísio quer botar a turma da ex-prefeita e deputada federal  Luizianne Lins pra correr da sigla.

Acrísio, inclusive, já reagiu acerca da escolha de Plácido Filho (PSDB) como líder da oposição na Câmara. É que o PSDB de Plácido está unido ao PMDB e ao PR contra o prefeito aqui e, nacionalmente, contra o petismo.

 

Fiec retoma Ideias em Debate 2017 com economista Ricardo Amorim

ricardo-amorim-2-credito-daniel-aratangy1-600x398

A primeira edição de 2017 do Fórum Industrial “Ideias em Debates”, realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), acontecerá no próximo dia 24. O convidado é o economista Ricardo Amorim, que abordará o Cenário Econômico do País, a partir das 18h30min, no auditório da entidade.

Formado pela USP, Amorim é pós-graduado em Administração e Finanças Internacionais pela ESSEC de Paris, atua no mercado financeiro desde 1992 e já trabalhou em Nova York, Paris e São Paulo, sempre como economista e estrategista de investimentos.

Hoje Ricardo Amorim é considerado um dos mais importantes e melhores palestrantes mundiais.

(Foto – Divulgação)

A esquerda brasileira precisa sair do discurso de defesa do PT e de seus governos

Com o título “Chega de choro”, eis artigo do professor José Estêvão Arcanjo, do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Ceará. No texto, um recado: enquanto o discurso da esquerda continuar apenas se confundindo com a defesa do PT e de seus governos, ela ficará prisioneira do passado e desconectada da sociedade. Confira:

Em 1987 Sarney lotou o avião presidencial e rumou com seus ministros para Carajás. Foram fazer uma DR. Ao final do encontro, estava derrotada a heterodoxia que insistia em salvar o moribundo desenvolvimentismo.

O clima político, paradoxalmente, era animador. A despeito da crise econômica e da figura démodé de Sarney, corria nas veias da sociedade a seiva das mudanças. Inaugurou-se ciclo democrático virtuoso, com a constituição cidadã, a realização regular de eleições livres, pluralidade partidária e políticas sociais universais.

Paralelamente ao programa de 1987, a superação da “Era Vargas”, deslanchava. Nos anos 1990, essas “reformas orientadas para o mercado”, apesar das dores do parto, foram majoritariamente apoiadas. O impedimento de Collor não interrompeu o processo. No mundo, as reformas liberais também bombavam. Na Europa os socialistas lideravam as mudanças. Tony Blair dizia que só os trabalhistas poderiam reformar o welfare state, afinal, eram os únicos que nele acreditavam.

O novo milênio até começou bem. Mas veio 2008, crise da desregulamentação capitalista, agravada por crise moral expressa em fraude, desonestidade malversação e enriquecimento ilícito. A solução, como sempre, viria do Estado. Mas, ao contrário de 1929 e do pós-guerra, veio contra Keynes, nacionalista e autoritário, contra a mundialização negociada. Trump representa bem isso.

A estratégia petista para enfrentar a marola mostrou-se equivocada. Ao contrário do esperado, enfraqueceu o Estado, fortaleceu o patrimonialismo, perdeu apoio político e, enfim, decretou a morte do novo ensaio desenvolvimentista. A repetição de “Carajás” foi a nomeação de Joaquim Levy. Embora a presidente esperasse um “ajuste” rápido que lhe permitisse dobrar a aposta, em seis meses seu segundo mandato começava a naufragar.

Veio um novo ciclo liberal. Isso, porém, sem o cenário propositivo dos anos 1990 e contaminado pela intolerância e pelo descrédito das instituições. A “Ponte para o futuro” se insere nesse contexto. E até parece que vai se sustentar. O que importa, entretanto, é que, a despeito do governante, a agenda liberal vem se consolidando. Foi ela vitoriosa nas eleições 2016. E se impõe a governadores e prefeitos.

A esquerda não pode ignorar essa agenda. Enquanto seu discurso continuar apenas se confundindo com a defesa do PT e de seus governos, ficará prisioneira do passado e desconectada da sociedade. Ela precisa, pra dizer o mínimo, reconhecer erros, pensar a reforma do Estado e discutir o combate à corrupção.

Os tucanos (de cabelos pretos) foram os maiores vitoriosos nas eleições 2016. Mas, diferentemente dos tucanos grisalhos dos anos 1990, não parecem capazes de garantir o roteiro da transição. Mas o farão se não houver alternativa.

Enfim, há 30 anos havia otimismo. E hoje, quem venceria uma eventual eleição em 2017? Ou mesmo em 2018?

*José Estevão M. Arcanjo

estevaoarcanjo10@gmail.com

Professor do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Ceará (UFC)

Camilo comemora queda de homicídios em 2016 e adia de novo anúncio do titular da SSPDS

FORTALEZA, CE, BRASIL, 17-12-2015: Camilo Santana, governador do estado do Ceará. Camilo Santana, governador do estado do Ceará, visita sede do jornal O POVO. (Foto: Rodrigo Carvalho /O POVO)

Em 2016, 3.407 pessoas morreram no Ceará vítimas de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) – balanço estadual que se refere a homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. A informação consta num balanço geral do ano divulgado pelo governador Camilo Santana (PT), durante coletiva na manhã desta quarta-feira, na sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social.

Os números indicam ainda que a meta de redução de 6% estipulada pelo Governo do Estado foi alcançada em mais do que o dobro, comemorou o governador. Com diminuição de 39% de CVLIs, Fortaleza foi a região que apresentou melhor resultado. No ato, Camilo Santana não divulgou quem vai ser o titular da SSPDS, já que Delci Teixeira entregou o cargo, no fim do ano passado, justificando questões particulares. Camilo prometeu anunciar o nome até sexta-feira.

15895127_1881973925368525_1973016710943085235_n

Número da Violência

Na divulgação dos números, na sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Camilo lembrou que, antes de 2015 – ano que registrou redução de 9,5% –, o Ceará tinha vivido 17 anos de crescimento nos índices de homicídios. “Conseguimos colocar essa curva para baixo”, comemorou o governador.

Camilo admite, entretanto, que o crime migrou para a Região Metropolitana (RMF) e para o Litoral Sul do Estado, que tiveram, respectivamente, crescimento de 3,9% e 1,2% nas taxas de CVLIs. O Interior Norte, por sua vez, teve queda de 1,2%. “Houve toda uma estratégia para trabalhar Fortaleza. O maior problema que nós tínhamos era a Capital. E, sempre que há um esforço maior, essa coisa migra para outras regiões do Interior”, avaliou.

Dezembro

Só o mês de dezembro de 2016, em relação ao mesmo período de 2015, apresentou diminuição de 10,9% nos índices de CVLIs, de acordo com o Governo. Neste mês, só Fortaleza teve redução de 28,7%, enquanto que a Região Metropolitana registrou a mesma quantidade de crimes, o Interior Norte teve 22,4% a mais e, o Interior Sul, 16,2% a menos.

(Com O POVO Online)

Por que não colocar ecopontos nas praças?

537 1

ecoponto

Que tal ecopontos nas praças de Fortaleza?

A sugestão é de Marcos Almeida, leitor do Blog, inconformado com a prática absurda das pessoas de jogarem nos canteiros das avenidas restos de móveis e outros utensílios que poderiam ser reutilizados. Bom lembrar: em gestões passadas, havia depósitos nesses locais com o objetivo de recolher material para reciclagem.

Hoje Fortaleza conta com 22 Ecopontos, onde os moradores podem descartar lixo em troca de descontos na conta de luz ou créditos no transporte coletivo. O equipamento recebe gratuitamente pequenas proporções de entulho, restos de poda, móveis e estofados velhos, além de pneus, óleo de cozinha, papelão, plásticos, vidros, metais, celulares e aparelhos eletroeletrônicos, informa a prefietura.

SERVIÇO

Ecopontos – De segunda-feira a sábado, sempre das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas. Podem ser encontrados nos seguintes endereços:

Regional I

– Barra do Ceará

Endereço: Rua Graça Aranha com Rua Wilcar Bastos Cavalcante

– Vila Velha

Endereço: Rua Jasmim, S/N

Regional II

– São João do Tauape

Endereço: Avenida Visconde do Rio Branco, S/N – anexo ao Parque Rio Branco

– Varjota

Endereço: Avenida Antônio Justa com Rua Meruoca

– Cidade 2000

Endereço: Rua Giselda Cysne com Rua Sólon Carvalho
– Praia do Futuro

Endereço: Rua José Aureliano Câmara com Avenida Dioguinho

– Vicente Pinzon

Endereço: Rua Veneza, esquina com Rua Josias Paula de Souza (próximo ao posto de saúde Vicente Pinzon)

Regional III

– Jóquei Clube

Endereço: Rua Perdigão de Oliveira, esquina com Rua Silveira Filho (ao lado do posto de saúde)

– Pici

Endereço: Rua Pernambuco (anexo à UFC, ao lado do número 600)
Regional IV

– Bairro de Fátima

Endereço: Avenida Luciano Carneiro com Avenida Eduardo Girão

– Vila Peri

Endereço: Rua Antônio Costa Mendes com Travessa Augusto Ribeiro

– Serrinha

Endereço: Rua Freire Alemão com Rua Inácio Parente

Regional V

– Conjunto Esperança

Endereço: Avenida Penetração Norte-Sul com Rua do Canal

– Conjunto Ceará

Endereço: Avenida Ministro Albuquerque Lima com Rua 721

– José Walter

Endereço: Avenida B com Rua 33

– Aracapé

Endereço: Rua Miguel de Aragão com Rua Nossa Senhora Aparecida

– Granja Portugal

Endereço: Rua Duas Nações, 1029

– Jardim Cearense

Endereço: Rua Holanda, esquina com a Rua Cel. Jaime Rolemberg

Regional VI

– Edson Queiroz

Ecoponto Advogado Marco Antônio Forte

Endereço: Rua Hill de Moraes com Rua Vereador José Batista Barbosa

– Cidade dos Funcionários

Ecoponto Engenheiro Francisco Helano Meneses Brilhante

Endereço: Rua Dr. José Plutarco com Rua Professor Aluísio Barros Leal

– Jangurussu

Endereço: Avenida Castelo de Castro com Rua Gergelim

– Parque Dois Irmãos

Endereço: Rua H com Rua K.

 

Semace lança novo serviço pela internet

Empreendedores públicos e privados de qualquer atividade, de qualquer porte e de todo o Estado poderão apresentar o Relatório de Acompanhamento e Monitoramento Ambiental (Rama) pela internet. O Sistema Rama Virtual entra no ar nesta quinta-feira (5), no site da Superintendência Estadual do Meio Ambiente – Semace (natuur.semace.ce.gov.br). A ferramenta dispensa a presença do interessado no órgão, evita a intermediação de terceiros e promete tornar o processo mais barato, rápido e seguro.

A nova ferramenta é disponibilizada um mês depois que entrou no ar o sistema Compese, que disponibiliza as bases de dados da Semace a procuradores e promotores do Ministério Público Estadual. O sistema agiliza o fornecimento de informações necessárias para a prevenção de crimes ambientais.

O que é Rama?

O Rama é uma autodeclaração de dados exigida anualmente de quem já tem licença de instalação ou licença de operação. As informações devem ser enviada no prazo de 30 dias, após o aniversário da licença, e ficam sujeitas à comprovação por parte da Fiscalização da Semace. O empreendimento que estiver com o relatório atrasado fica impossibilitado de solicitar regularização ou renovação da licença ambiental.

SERVIÇO

*Passo a passo para enviar o Rama Online

– Acesse www.semace.ce.gov.br
– Clique em “Sistema de Atendimento” na aba de “Serviços”
– Faça o login no sistema Nattur Online
– Acesse o menu “Licenciamento”
– Clique na opção “Rama”
– Digite os números de “SPU” ou da “Licença”
– Escolha o Rama referente ao período e preencha o formulário

Prefeito promete despachar mensalmente em um bairro da cidade

163 2

roberto-claudio-prefeito

A ideia do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), de deslocar seu gabinete mensalmente para um bairro não é coisa nova.

Foi feita por outros prefeitos, mas sempre acabou em clima de fogo de palha. Que agora supere o marketing.

Aliás, o governador Camilo Santana (PT) iniciou sua gestão com o projeto de um governo itinerante. Pelo visto, percebeu que deslocamento de tanta gente, com muita infraestrutura, saia bem caro para os cofres públicos.

Funceme registra chuvas em 37 municípios

Choveu em 37 municípios cearense nesta quarta-feira, segundo boletim atualizado agora há pouco pela Funceme. As maiores chuvas (48 postos com chuva de 53 informados) foram as seguintes:

Uruoca (Posto: Uruoca) : 49.0 mm

Ubajara (Posto: Ubajara) : 43.6 mm

Viçosa Do Ceará (Posto: Manhoso) : 40.0 mm

Uruoca (Posto: Paracuá) : 33.8 mm

Granja (Posto: Granja) : 31.2 mm

Maracanaú (Posto: Maracanaú) : 30.6 mm

Sobral (Posto: Sobral) : 30.0 mm

Meruoca (Posto: Meruoca) : 27.0 mm

Moraújo (Posto: Moraujo) : 22.0 mm

Martinópole (Posto: Martinópole) : 21.0 mm

DETALHE – Em Fortaleza, segundo boletim, choveu 10 milímetros.

Arce ganha novo presidente

Entrevista com advogado Na foto: Hélio Winston - Presidente da associação dos advogados do Ceará Foto: Kleber A. Gonçalves, em 05/05/2011

O conselheiro Hélio Winston assumirá, nesta quara-feira, a presidência do Conselho Diretor da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce).

O Conselho é formado por cinco executivos: Adriano Costa (atual presidente), Jardson Cruz, Fernando Franco, Artur Silva Filho e o próprio Hélio Winston.

A transmissão do cargo está marcada para as 16 horas, no auditório que fica no segundo andar do Edifício Potenza (Avenida Santos Dumont, 1789).

 

Terceirizados do IJF já estão sendo demitidos

frotin

O Frotinha da Parangaba está precisando de reforma. Em alguns setores, há infiltrações no teto, mofo e piso quebrado. Também faltou produto essencial, como material de limpeza, por exemplo, nesta semana, segundo servidores da unidade.

Por falar em Frotinhas, no IJF-Centro começou a dispensa de terceirizados por parte de prestadoras de serviços. is um abacaxi que a secretária municipal da Saúde, Joana Angélica, terá que começar a descascar.

Aliás, no setor público é sempre assim… quando se fala em contenção de despesas, a corda sempre arrebenta do lado mais fraco.

(Foto – Leitor do Blog)

Ivo Gomes baixa decreto convocando servidores que estão afastados da Prefeitura

ivo-gomes-corte

O prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT), baixou decreto, na segunda-feira, convocando os servidores municipais da administração direta e indireta que estão afastados. Quer que se apresentem aos seus órgãos de origem até a próxima sexta-feira (6), sob pena de responsabilidade por abandono de cargo ou função.

A medida, segundo Ivo Gomes, tem o objetivo de regularizar a situação funcional dos servidores municipais. O decreto não se aplica aos servidores requisitados ao Tribunal Regional Eleitoral, por força da lei federal nº 6.999/82.

SERVIÇO

*Clique AQUI para acessar o decreto do prefeito.

Rede de Farmácias Big Ben encerra atividades no Ceará

bigbee

A rede de farmácias paraense Drogarias Big Ben encerrou suas atividades no Ceará ontem. A empresa contava com cinco unidades no Estado desde 2012, sendo todas localizadas em Fortaleza. O motivo do fechamento das lojas é que a empresa, ao mudar de administração, decidiu focar nos mercados dos estados do Pará e Pernambuco, conforme Deusmar Queirós, presidente da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) e do Conselho de Administração do grupo Pague Menos.

Mas, segundo funcionários da rede de farmácias em Fortaleza, que não quiseram se identificar, outros motivos fizeram com que a empresa saísse do Ceará. “Pesou a concorrência do mercado, o aumento de impostos e também porque os remédios vinham de Belém (PA) e isso custava caro”, disse um dos entrevistados.

Para Deusmar, as Drogarias Big Ben são uma empresa forte e sua retirada do Estado foi questão estratégica. “Eles apenas estão mudando o foco deles. Foram 10 lojas que fecharam das 250 que eles possuíam no Brasil. Ainda continuam com 240 e possuem um mercado muito forte em outras regiões do País”, acrescenta.

(O POVO)

Vem aí o Parque Tecnológico do Ceará

286 1

inacioo

O governador Camilo Santana (PT) vai receber, no próximo dia 10, o esboço do futuro Parque Tecnológico do Ceará. O projeto foi elaborado, há meses, pela equipe técnica da Secretaria da Ciência e Tecnologia do Estado.

No documento, a viabilidade econômica e financeira e a localização: ao lado do Nutec (Campus do Pici). Segundo o titular da Secitece, Inácio Arruda, o equipamento deverá ganhar um projeto-executivo logo após passar pelo crivo do governador. Há, inclusive, apoio financeiro para essa etapa via Ministério da Ciência e Tecnologia.

Inácio não informou valores, mas assegura que o parque contará com apoio do Banco Mundial. “Será um equipamento amplo, com envolvimento das universidades e das entidades empresariais”, acentua.

Na prática, a tese será apostar no binômio pesquisa (com inovação) e mercado.

Chuvas registradas na madrugada desta quarta-feira em Fortaleza causam pane em semáforos

amcc

(Atualização às 7h06min)

Choveu forte, em alguns momentos, nesta madrugada de quarta-feira na Grande Fortaleza. Em consequência, o trânsito principalmente nas grande avenidas da Capital exigiu mais cautela por parte dos motoristas não só em razão da pista molhada.

É quem em alguns cruzamentos de avenidas como a Bezerra de Menezes houve pane em semáforos. Nessa via, três semáforos ficaram apagados, no que a AMC foi deslocada para fazer os reparos.

A Funceme registrou chuvas em poucos pontos do Estado. O boletim pluviométrico foi divulgado agora há pouco.

Meruoca (Posto: Meruoca) : 27.0 mm

Aracati (Posto: Aeroporto De Aracati) : 18.2 mm

Trairi (Posto: Fazenda Lages) : 17.0 mm

Fortaleza (Posto: Messejana) : 10.4 mm

Aquiraz (Posto: Sitio Sapucaia Fagundes) : 6.5 mm

São Gonçalo Do Amarante (Posto: Cagado) : 3.0 mm

(Foto – Paulo MOska)

Mais um bloco decide não sair no Carnaval de Fortaleza

437 3

alfazemas1

Após o anúncio do bloco “Sanatório Geral” de não desfilar no Carnaval 2017, foi a vez do grupo Os Alfazemas divulgar nesta terça-feira, 3, que não vai colocar o bloco “Eu Não Sou Cachorro Não” para sair na rua. Neste ano, a banda se apresentará em espaço privado por falta de apoio.

A banda publicou no Facebook comunicado sobre a decisão de não colocar o bloco na rua. “Foram 4 anos na rua sofrendo pra conseguir colocar o bloco em atividade. A gente sempre esperou receber o apoio da Prefeitura ou mesmo de uma grande empresa que patrocinasse completamente o bloco, algo que nunca ocorreu. Foram quatro anos trabalhando 12 horas por dia de bloco (sem falar de produção e ensaios) acumulando funções pra poder colocar o bloco na rua e mesmo assim acabar tomando prejuízo financeiro”, informou Os Alfazemas.

Segundo os músicos, era necessário arrecadar R$ 49 mil para o bloco sair na rua pelos quatro dias de Carnaval. “Agora em 2017 tomamos uma decisão super difícil, mas necessária. Não iremos mais participar de editais, nem esperar mais nada. Iremos sair com o bloco num espaço privado! Acreditamos que assim poderemos dar ao público segurança, estrutura de banheiros, serviço qualificado e qualidade de som, ou seja, uma festa melhor, mais organizada e bonita”.

O grupo anunciou ter fechado uma parceria com a Boate Donna Santa e, neste ano, o bloco “Eu Não Sou Cachorro Não” irá sair no espaço da casa “cobrando valor simbólico”.

“Foi a forma que encontramos de manter o bloco vivo sem que pra isso a gente tenha que se matar de trabalhar e se frustrar com tudo que a gente já tá acostumado a viver reclamando por aqui”, publicaram Os Alfazemas.

 (O POVO Online)