Blog do Eliomar

Categorias para Cid Gomes

Cid aprova aproximação, mas nega acordo entre Camilo e Eunício

O ex-governador do Ceará Cid Gomes (PDT) negou que haja acordo estabelecido entre o atual governador do Estado, Camilo Santana (PT), e o senador Eunício Oliveira (PMDB). O padrinho político do chefe do Executivo estadual repetiu o discurso da dupla ao afirmar que a aproximação entre eles é institucional. E negou interesse eleitoral entre eles para o próximo ano. As declarações foram dadas nessa sexta-feira, 22, ao radialista Isaías Nicolau, da Rádio Rádio Tupinambá, de Sobral.

Desde setembro deste ano, Camilo e Eunício começaram a ter agendas alinhadas, com participações em eventos, reuniões e inaugurações juntos. À época, Cid sinalizou a possibilidade de aliança, desde que “conversada” e “construída” com a base aliada. “Essas questões são complexas e dependem muito menos de vontade e simpatia pessoal”, justificou Cid.

O ex-governador ainda criticou acordos realizados de cima para baixo. “Os chefes se entendem lá e acham que podem isso empurrar goela abaixo nas pessoas”, disse. Ele revelou preocupação com o que a população pensa da aproximação entre o apadrinhado e o peemedebista. “Estou afirmando que não tem acordo feito. Até porque não é hora de fazer acordo, temos que ver até a última hora”, garantiu para diminuir a “angústia dos que se incomodam com isso”.

De acordo com Cid, o atual alinhamento entre os dois é com a intenção de viabilizar melhorias para o Ceará. Sem deixar claro quem fez a recomendação, ele relatou que teria sido indicado “explicitamente” a Camilo conversar com o senador para viabilizar financiamentos para o Estado. “Não seria razoável (o governador negar a aproximação). Seria colocar vaidade pessoal acima do interesse popular”, afirmou.

Por outro lado, o Ferreira Gomes afirmou que Eunício negar a aproximação não seria atitude digna de um senador. “É obrigação dele, independentemente de qualquer coisa, trabalhar para viabilizar benefícios para o povo cearense. Se ele não agisse assim, estaria sendo mesquinho, no mínimo”, disse.

Na quarta-feira, 20, o governador e o senador deram nova demonstração de parceria ao entregar obras em Canindé. Conforme revelou O POVO, a intervenção pró-Eunício de Lula no alinhamento entre eles foi confirmada por lideranças do PT e do PMDB.

Para o ex-governador, a dupla está deixando de lado as divergências políticas e partidárias e projetos eleitorais em prol dos cearenses. “Assim enxergo essa situação. E tem minha pronta aprovação”, ressaltou.

(O POVO Online)

Cid diz que apóia reeleição de Camilo, mas PDT irá consultar as bases

O ex-governador Cid Gomes disse nesse sábado (16), durante encontro regional do PDT, em Ipueiras, no Noroeste do Ceará, a 298 quilômetros de Fortaleza, que apóia a reeleição do governador Camilo Santana (PT), mas que o partido irá consultar as bases sobre esses apoio, além da condução de Camilo no processo das alianças.

Cid Gomes também comentou a relação do prefeito Roberto Cláudio (PDT) e do governador Camilo Santana com o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), presidente do Congresso Nacional, ao afirmar que os dois gestores têm responsabilidade para com recursos para a população, principalmente Fortaleza, quando R$ 3,4 bilhões se encontram retidos em Brasília.

O encontro abriu espaço para a população tirar dúvidas sobre a reforma política, principalmente as novas regras das eleições e coligações. O deputado federal André Figueiredo, presiedente do partido no Ceará, passou informações dos trâmites das votações na Câmara Federal. O vice-presidente do PDT no Estado, o secretário Josbertini Clementino, titular da STDS, avaliou como positiva a iniciativa do partido em abrir o debate com a população, por dar a chance de todos questionarem problemas comuns a vários municípios.

Mais uma vez, o encontro destacou a pré-candidatura de Ciro Gomes ao Palácio do Planalto. A governadora em exercício Izolda Cela marcou presença no encontro, além do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT); os deputados Ferreira Aragão, Jeová Mota e Leônidas Cristino; o secretário de Política sobre Drogas, Claudio Saraiva; prefeitos, vereadores e lideranças de municípios da região.

(Foto: Divulgação)

Cid admite disputar o Senado e diz que Camilo é candidato a reeleição

68 4

O ex-governador do Ceará e ex-ministro Cid Gomes (PDT) disse, neste sábado (27), em Itarema, no Noroeste do Estado, a 204 quilômetros de Fortaleza, que deverá disputar o Senado nas eleições do próximo ano. Segundo Cid Gomes, o Congresso Nacional precisa de políticos honestos e que trabalhem em nome da população.

Cid comandou encontro regional do PDT, o quarto que o partido realizou neste ano. Durante o encontro, o ex-governador reafirmou que irá processar o empresário Wesley Batista, da JBS, após o diretor da empresa ter declarado à Justiça que doou dinheiro ao então governador do Ceará para a campanha de Camilo Santana (PT) nas eleições de 2014 em troca de R$ 111 milhões de créditos fiscais.

Ainda sobre as eleições do próximo ano, Cid Gomes reiterou que Camilo Santana (PT) é o nome que o PDT apoiará para a reeleição, dentro da coligação PT/PDT no Estado. Ciro Gomes é o nome para a presidência da República, lembrou o ex-governador.

O deputado federal André Figueiredo, presidente do PDT no Ceará, chegou a ter nome lembrado por Cid para disputar a segunda vaga da coligação para o Senado. O ex-governador declarou que o partido precisa ocupar mais espaços na política nacional.

Além de Cid Gomes e André Figueiredo, o evento contou ainda com as presenças do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Zezinho Albuquerque; do secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social do Ceará, Josbertini Clementino; do prefeito de Itarema, Elizeu Monteiro; de parlamentares e de outras lideranças políticas da região.

(Foto – Divulgação)

Transparência e coragem – Roberto Cláudio repercute no Facebook matéria do Blog sobre coletiva de Cid Gomes

Em postagem na noite desta segunda-feira (22), em sua página no Facebook, o prefeito Roberto Cláudio disse que Cid Gomes, ex-governador do Ceará e ex-ministro da Educação, é um “homem público de singular dignidade e honradez”.

“Os cearenses conhecem Cid Gomes há muitos anos. Homem público de singular dignidade e honradez, Cid tem servido ao nosso povo com grande compromisso e competência. Tem sido idealizador e realizador de grandes transformações; dentre tantas, destaca-se ter feito do Ceará exemplo para a educação pública brasileira. Hoje, como de costume, agiu com muita transparência e coragem. Merece muito respeito!”, comentou Roberto Cláudio.

Nesta segunda-feira, em entrevista coletiva na Assembleia Legislativa, Cid Gomes rebateu o empresário Wesley Batista, um dos donos da JBS, que declarou ter dado R$ 20 milhões para a campanha do governador Camilo Santana, em 2014, em troca da liberação de crédito de R$ 110 milhões de ICMS. “Não é possível fazer vinculação de qualquer tipo para esses pagamentos. Isso não é da minha índole, jamais foi feito. Nós temos critérios e regras para campanhas”, argumentou Cid Gomes.

Cid admite que repasses podem ter tido um “pico” em 2014, mas afirma que este aumento se deu por conta da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que proíbe gestores de deixarem dívidas acumuladas para mandatos posteriores. “Custo a acreditar que uma empresa grande como a JBS ficaria refém de um governo por uma coisa dessas, sendo que era um direito judicial dela”.

“É verdade que houve contribuição, mas sem qualquer vinculação com prestação de serviços do governo ou dos mandatos que tivemos. Ao longo dos últimos anos, todas as nossas contribuições sempre tiveram a orientação de que fosse tudo dentro da lei (…) tanto que todas as nossas contas foram aprovadas sem questionamento pela Justiça Eleitoral”, diz Cid.

O ex-governador confirmou ainda que se reuniu com os irmãos Joesley e Wesley Batista em 2014. Ele destaca, no entanto, que a reunião tratou da possível instalação de uma fábrica da Vigor no Ceará e de uma possível candidatura de um dos irmãos ao governo de Goiás.

Cid critica retomada de processo no TCE

8 1

O ex-governador Cid Gomes (PDT) criticou a retomada de investigações sobre o processo licitatório do Castelão pelo Tribunal de Contas do Ceará (TCE-CE), após a divulgação da lista do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com Cid, não há “nenhuma motivação ou indício” para a ação, a não ser o desejo do Gleydson Alexandre, autor do pedido de investigação, feito ainda em 2015, de “surfar na onda da imprensa sulista” e “aparecer”.

Divulgado pelo O POVO no último domingo, o novo fôlego da investigação no TCE foi motivado por petição enviada por Fachin à Justiça Federal do Estado depois da delação do ex-executivo da Odebrecht Benedicto Barbosa da Silva Júnior. O delator afirmou que haveria um “acordo entre as empresas do Grupo Odebrecht e Carioca Engenharia a fim de frustrar o caráter competitivo de processo licitatório associado à construção da Arena Castelão”.

Dizendo-se “profundamente incomodado por matérias como essas, que não passam de uma sequência de insinuações maledicentes sobre algo que não há nenhum indício”, Cid destaca que as duas empresas citadas não venceram a licitação da reforma do estádio, mas a Galvão Engenharia, Serveng Civilsan BWA Tecnologia da Informação.

“Aqui houve concorrência, não foi algo viciado ou direcionado. Acho que o Ceará foi o único estado em que (as empresas citadas) não ganharam a licitação. O que deveria servir para enaltecer o Governo do Ceará vira, em bocas e cabeças sujas, uma suspeita de desonestidade”, defende.

As críticas de Cid Gomes também atingem o TCE, que, há dois anos com o processo em mãos, não chegou a uma conclusão sobre o caso. Por diversas vezes, Cid reclama que o processo já dura dois anos e não chegou a nenhuma conclusão, o que indicaria que não irregularidades.

“Ou não encontraram nada e não têm a humildade pra dizer que não teve nenhum problema aqui, que as licitações foram sérias, transparentes e respeitando o que diz a Constituição, ou querem aparecer”, critica. “Espero que o TCE aja com isenção. Se tem alguma coisa errada, que puna rigorosamente, mas não fique de lenga-lenga”, completa.

Em resposta ao ex-governador, Gleydson Alexandre diz que “o processo foi iniciado em 2015 e não agora” e que, se ainda não foi concluído, “tem que ver com o TCE porque demora tanto para fazer essas análises”. O procurador de Contas também defende que, diante das “novidades” decorrentes das delações, é importante que se façam novas análises na licitação.

O presidente do TCE, conselheiro Edilberto Pontes, explica que “não é demora, tem todo o processo do tribunal, são vários relatórios”. Pontes informa que se reuniu ontem com a Secretaria do Controle Externo. “Pedi um relatório de todos esses processos desenvolvidos pelo TCE durante esse tempo, em que pé está, qual o andamento (da investigação), e isso será divulgado na página do Tribunal”, respondeu. Ele afirma que o TCE não está iniciando uma nova investigação, mas pedindo informações de uma que já está em curso.

A licitação para a reforma do Castelão foi alvo de polêmicas desde o início. Uma primeira classificação chegou a ser anulada, devido a denúncias feitas na época. Refeito o processo, saiu vencedor o consórcio Arena Multiuso Castelão, formado pelas empresas Galvão Engenharia S/A, Serveng Cilvisan S/A e BWA Tecnologia de Informação Ltda. O governo estadual destaca que a obra foi orçada em R$ 617 milhões, mas terminou concluída ao custo de R$ 518 milhões. Economia de quase R$ 100 milhões.

(O POVO)

Salmito destaca política educacional no Ceará

9 1

foto salmito 150811 opovo

Em publicação na Fanpage, o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), destaca matéria no O POVO desta quarta-feira (18), dos índices do Ceará na Educação, por meio do relatório da Meta 3 do Todos Pela Educação (TPE). Confira:

Feliz com as boas notícias da Política Educacional no meu Ceará e na minha Fortaleza!

  1. Educação no Ceará apresenta melhor evolução no Brasil!
  2. Fortaleza pela primeira vez atinge meta em aprendizagem em Português!
  3. Municípios com baixo PIB apresentam bom desempenho!

Parabéns ao ex-governador Cid Gomes que iniciou essa exitosa Política Educacional no Ceará, parabéns ao Governador Camilo Santana por dar continuidade ao que deu certo e avançar nos resultados e parabéns ao Prefeito Roberto Cláudio por inaugurar uma política educacional que ano após ano alcança melhores resultados!

Parabéns a todos que fazem as Comunidades Escolares no Ceará, em Fortaleza e nos municípios com baixo PIB e bom desempenho!

Fico muito feliz como Sociólogo, Professor, Parlamentar e Cidadão de Fortaleza e do Ceará!

Aqui em Fortaleza e no Ceará há políticos que investem na Educação Pública de Qualidade!

Precisamos e iremos avançar ainda mais!

Parabéns ao jornal O Povo ao dar destaque a resultados tão importantes para o nosso povo de Fortaleza de todo o Ceará!

Cid Gomes, o conferencista de olho em 2018

foto cid gomes gov

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quarta-feira (16):

O ex-governador Cid Gomes, que também foi ministro da educação (Governo Dilma), vai entrar na onda das palestras, como já faz há alguns anos o seu irmão, o ex-ministro Ciro Gomes. Cid participará sexta-feira do XII Encontro Economia do Ceará em Debate, uma realização do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), que ocorrerá das 9 às 17 horas, no auditório da Secretaria do Planejamento e Gestão Pública (Seplag), no bairro Cambeba.

Cid falará no painel sobre Política Educacional no Ceará, que terá como expositor Naércio Aquino Menezes Filho, da USP e Consultor da Fundação Itaú Social.

Ainda no evento, haverá painel sobre Crise Fiscal e seus Efeitos nos Estados, com Mauro Filho (Sefaz), além da apresentação de artigo científicos em mesa comandada pelo secretário Hugo Figueiredo (Seplag).

Essa incursão de Cid promete não ser a primeira de quem, pelo visto, já tem olhares voltados para 2018.

Em Redenção, filho do secretário da Fazenda é candidato a prefeito

eleições 2016 redenção 0731

O PHS homologou neste domingo (31) a candidatura de Davi Benevides à Prefeitura de Redenção (Zona Norte). Ele é filho do secretário da Fazenda (Sefaz), Mauro Benevides Filho, e tem o apoio do ex-governador Cid Gomes, ambos do PDT.

O ato contou com a presença também do deputado federal Mauro Benevides, avô do candidato. Em Redenção, o PHS é apoiado por 11 partidos.

Júlio César Filho é o pré-candidato do PDT em Maracanaú

foto julio cesar filho deputado

O deputado estadual Júlio César Filho foi apontado nesta quinta-feira (21) como pré-candidato do PDT à Prefeitura de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza. Filho do ex-prefeito Júlio César e da ex-deputada Meire Costa Lima, Julinho, como é conhecido no município, disputará a prefeitura pela primeira vez.

A decisão do PDT foi anunciada após reunião entre o ex-governador Cid Gomes e o atual presidente do partido no Ceará, deputado federal André Figueiredo, além do próprio pré-candidato. Segundo Júlio César Filho, seu nome teria apoio do governador Camilo Santana.

O pré-candidato agora trabalha o nome do vice, que sairá da composição PHS/PSB/PRTB/PTC/DEM/PV.

Cid Gomes disputaria a Prefeitura de Sobral?

10 4

cidgomes_586x422

Em Sobral, há um grupo querendo o ex-governador Cid Gomes (PDT) na disputa pela Prefeitura. O prefeito Clodoveu Arruda (PT), no entanto, quer o deputado estadual Ivo Gomes (PDT), que lhe deu aval pró-reeleição.

Esse tipo de reação seria consequência de pesquisas internas que mostram avanços da oposição nesse município da Zona Norte do Estado.

Aliás, vale lembrar que, no começo do ano, Cid Gomes chegou, numa circulada em terras sobralenses, a admitir até uma candidatura a vereador para turbinar seu irmão, Ivo.

Achacadores – Cid é condenado a pagar R$ 40 mil por ter chamado Temer de chefe de quadrilha

13 1

foto cid gomes achacadores

O ex-ministro e ex-governador do Ceará, Cid Gomes (PDT), foi condenado a pagar R$ 40 mil para o presidente em exercício, Michel Temer (PMDB) em ação por danos morais. A condenação ocorre após Cid chamar o peemedebista de “chefe de quadrilha de achacadores”.

A decisão é do desembargador Romeu Gonzaga Neiva, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), e foi divulgada pelo blog Expresso, da revista Época. Ainda há espaço para Cid recorrer da condenação.

A fala do ex-ministro ocorreu em outubro de 2015, durante evento de filiação de Cid ao PDT. Na época, já havia perspectiva de Temer vir a assumir a Presidência da República. Depois do evento, o ex-governador voltou a atacar o hoje presidente em exercício diversas outras vezes.

Não é a primeira vez que um Ferreira Gomes é condenado por conta de suas declarações polêmicas. Em 2011, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) foi condenado a pagar R$ 100 mil ao senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL), a quem havia se referido como “safado” e “playboy”, entre outros xingamentos. Hoje, Ciro responde a diversas ações do tipo na Justiça.

(O POVO Online)

Cid Gomes aposta dignidade de Teori, Janot e Moro como não é investigado pela Lava Jato

foto cid gomes 1503

“Por ter minha consciência tranquila, sou capaz de falar mal do ministro Teori Zavascki. Eu digo: ‘ministro, o senhor é corno, se eu tiver nessa operação’. Veja bem, eu tenho tanta segurança de que não estou nisso que, se estiver, o ministro Teori é corno, o Janot é ladrão, e o (juiz Sergio) Moro é um picareta”.

A declaração é do ex-governador do Ceará e ex-ministro Cid Gomes, após assegurar que não é investigado pela Lava Jato.

“Quero terminar meus dias com dignidade. Ninguém é besta, não fiz fortuna. Se eu roubasse 0,01% dos recursos que já tiveram sob minha gestão ao longo da minha vida, eu teria patrimônio de pelo menos R$ 300 milhões”, afirmou.

Apesar de garantir que não está arrependido da declaração, pois não teria ofendido as autoridades citadas, Cid Gomes disse que sua fala ocorreu “num ambiente íntimo, cercado de amigos, para quem estava tentando ser didático”.

“Eu não falei nada. Como não estou (envolvido), nem o Teori é corno nem o Moro é ladrão nem o Janot é desonesto”, comentou.

Teori Zavascki e Rodrigo Janot informaram, por meio de suas assessorias de imprensa, que não vão se pronunciar. O juiz Sergio Moro não foi localizado.

(com agências)

Justiça isenta Cid Gomes de pagar indenização de R$ 50 mil a Eduardo Cunha

foto cid ferreira gomes

A 1ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal decidiu reformar sentença da 23ª Vara Cível de Brasília e isentou o ex-governador do Ceará, Cid Gomes (PDT), de pagar indenização de R$ 50 mil ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A decisão foi firmada nessa quarta-feira (20). Cid foi processado por Eduardo Cunha após o episódio na Câmara dos Deputados, em março de 2015, quando o ex-ministro da Educação acusou o deputado federal de achaque. Naquela ocasião, o ainda ministro da Educação compareceu ao plenário para esclarecer declarações dadas a estudantes da Universidade Federal do Pará.

A acusação de Cid contra Cunha ocorreu após ele ter sido chamado de mal-educado pelo presidente da Câmara. “Pois muito bem, eu prefiro ser acusado por ele de mal-educado do que, como ele, ser acusado de achaque, que é o que diz a manchete da Folha de S.Paulo”, disse Cid no plenário da Câmara dos Deputados.

Na ação movida contra Cid, Cunha alegou que a declaração do Ferreira Gomes manchou a sua honra e reputação. A 23ª Vara Cível de Brasília condenou o ex-ministro, em novembro de 2015, a pagar uma indenização de R$ 50 mil. A defesa de Cid recorreu da sentença. Nesta quarta, a 1ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, por unanimidade, reverteu a decisão de primeira instância.

Cid Gomes acompanha votação do impeachment em Brasília

foto cid gomes governador

O ex-governador do Ceará, Cid Gomes (PDT), acompanhará a votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), neste domingo (17), em Brasília. Cid Gomes, que no início desse segundo governo Dilma ocupou o Ministério da Educação, disse que o seu partido defende a permanência da presidente, diante do processo democrático. Mas que o PDT deixará o governo, mesmo em caso da vitória dos governistas na votação de logo mais.

“Defendo que o meu partido, no dia seguinte à Dilma permanecendo, a gente saia do governo. Acho que o Brasil precisa de muitas mudanças, mas o que a gente tem que defender é um valor democrático. Mandato é uma coisa consagrada pela população”, comentou o ex-governador do Ceará.

Sobre o resultado da votação do impeachment, Cid Gomes disse que “vai ser uma luta até a última hora. Não tem nada decidido”.

(Agência Brasil)

Cid Gomes repercute matérias do Blog e Danniel Oliveira rebate ex-governador

8 1

foto cid face

Após comparar matérias publicadas no Blog, neste domingo (2), o ex-governador Cid Gomes (PDT) postou as fotos em sua página no Facebook. Até por volta das 19h30min, seguidores de Cid Gomes já haviam feito mais de 750 comentários.

Também em sua página no Facebook, o deputado estadual Danniel Oliveira (PMDB) rebateu o ex-governador. Confira:

“Vi agora a publicação do ex-governador Cid. Acho que ele tem razão. Não precisa dizer mais nada. A primeira foto mostra a sua incompetência de passar 8 anos como governador e não resolver esse problema do saneamento, e ainda deixar a população à mercê não apenas das chuvas, mais também do prefeito Roberto Cláudio que também passou já 3 anos e meio e não fez nada para que isso não aconteça mais em Fortaleza. A foto em si mostra além da incompetência a demagogia política de pisar na ‘lama’ e vender que está fazendo algo que nunca muda e não se vê resultado. A segunda foto trata-se apenas de uma reunião com lideranças. Mais uma trágica tentativa por parte do ex-governador de querer fazer com que a população compare uma reunião política com uma demagógica foto que não diz nada a não ser que eles falharam muito com fortaleza e o Ceará”.

Cid Gomes assegura que doação da Odebrecht foi declarada ao TSE

18 2

foto cid gomes governador

O ex-governador e ex-presidente estadual do PSB, Cid Gomes, afirmou nesta sexta-feira (23), por meio de nota, que o valor de R$ 200 mil, recebido em doação pela empresa Odebrecht, em 2010, foi devidamente declarado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Cid Gomes foi citado na 23ª fase da operação Lava Jato, denominada Acarajé, em uma lista com cerca de 200 nomes de políticos, beneficiados com o recebimento de dinheiro da empresa investigada pela Polícia Federal.

A PF demorou a decifrar a lista, pois todos os políticos eram tratados por apelidos. Cid Gomes aparece com o nome de “falso”. A lista estava em poder do atual presidente da empresa, Benedicto Barbosa Silva Júnior.

Cid e Luizianne: o milagre dilmista

foto cid e dilma e luizianne

Em algum lugar do passado político…

Da Coluna Vertical, no O POVO desta sexta-feira (18):

A peleja judicial e política que está sendo travada entre o Governo Dilma Rousseff e os efeitos das decisões e grampos da Operação Lava Jato serviram para mostrar um fenômeno curioso no cenário partidário local, à base da Lei da Física: opostos se atraem.

Adversários figadais, eis que o grupo da deputada federal Luizianne Lins (PT) uniu-se, no discurso, ao grupo dos Ferreira Gomes no quesito defender Dilma.

Cid bateu boca com manifestantes e Luizianne não só usa redes sociais pró-Dilma como prestigiou, nessa quinta-feira (17), a polêmica posse do companheiro Lula na pasta da Casa Civil.

*Cada um no seu cada qual a favor de Dilma e dentro do seu estilo.

(Foto – Arquivo)

Daniela Mercury anima “Sábado Magro” em Sobral

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=LsJ2GOM5hSk[/youtube]

A cantora Daniela Mercury é a atração em Sobral (Zona Norte), neste sábado, na festa que marcará os 70 anos do bloco dos sujos.

Desde que assumiu a Secretaria de Cultura do município, na gestão do então prefeito Cid Gomes, Clodoveu Arruda (PT), o Veveu, prefeito de Sobral em seu oitavo ano, tem investido na atração de foliões no “Sábado Magro”.

O ex-prefeito e ex-governador Cid Gomes confirmou presença na festa. Também, o governador Camilo Santana (PT).

Cid Gomes fecha apoio a pré-candidatura em Itapipoca

foto cid ferreira gomes

O ex-governador Cid Gomes esteve neste sábado (16), em Itapipoca, na Região Norte do Ceará, onde fechou apoio ao nome da presidente da Câmara Municipal, Paulinha Braga (PSD), como pré-candidata à Prefeitura de Itapipoca nas eleições de outubro próximo.

Cid Gomes esteve acompanhado do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Zezinho Albuquerque, além do deputado Evandro Leitão.