Blog do Eliomar

Categorias para Cidadania

Camilo acata projeto de indicação de deputada da oposição

A deputada estadual Fernanda Pessoa (PR) destacou, da tribuna da Assembleia Legislativa, nesta sexta-feira (16\02), a mensagem de número 8227, do Governo do Ceará. A matéria, que já tramita na Casa e deverá ser votada na próxima semana, garantirá o direito a insalubridade aos agentes comunitários de saúde endemias.

Fernanda ressaltou que a mensagem acata o projeto de indicação de número 108\2017, de autoria do seu mandato. Esse projeto já sugeria alteração na Lei 14.101/2008 e implementação da Lei Federal 13.342/16, para dispor sobre a inclusão do adicional de insalubridade aos agentes comunitários de saúde.

“Os agentes de saúde são profissionais que têm meu respeito Quem conhece o trabalho do nosso mandato sabe da nossa luta, do nosso apoio e mobilização. Sempre digo aqui que estes profissionais são os anjos de nossa saúde, pois são eles que fazem o primeiro atendimento, que estão no cotidiano das famílias, que vão de casa em casa. E ficamos satisfeitos pelo governador considerar nosso projeto”, afirmou Fernanda Pessoa.

DETALHE – A deputada é do PR, que faz oposição ao Governo na Assembleia.Também é filha do presidente de honra do PR estadual, o vice-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa. Por sinal, Pessoa diz que se a oposição não apresentar um nome para enfrentar Camilo nas urnas, ele se credenciará.

Governo lança edital de apoio a Políticas Públicas

A Casa Civil do Governo do Ceará acaba de lançar edital de apoio a políticas públicas nas áreas de esporte, diversidade sexual e eventos religiosos. Os projetos selecionados receberão em conjunto o valor de R$ 6,7 milhões.

Gratuitas, as inscrições seguem até o próximo dia 5 de março. Atividades relacionadas a seminários, simpósios, congressos, feiras, eventos de moda e projetos sociais também são contemplados.

Poderão participar do Edital de Chamamento Público (Nº 001/2018) organizações registradas há pelo menos dois anos. Cada proponente poderá inscrever até dois projetos, que deverão ter duração certa e período de execução até o fim deste ano.

SERVIÇO

*As inscrições devem ser feitas mediante entrega de documentação em envelope lacrado, após protocolo na Casa Civil, no Palácio da Abolição.

*Confira o edital aqui.

Incêndio nos Correios – Procon Fortaleza quer informação sobre ressarcimento até segunda-feira

O Procon Fortaleza notificou os Correios a esclarecer quais medidas serão adotadas para ressarcir os consumidores que tiveram itens destruídos no incêndio do Centro de Triagem de Cartas e Encomendas (CTCE Fortaleza) na última terça-feira (13). O processo administrativo instaurado pelo órgão determina que os Correios apresentem essas informações dentro de 72 horas, a contar da quinta-feira (15), quando houve a expedição da notificação. O prazo se encerra na segunda-feira (19).

Segundo a diretora do Procon de Fortaleza, Cláudia Santos, o Código de Defesa do Consumidor diz que a empresa responde pelos danos causados ao consumidor por conta das falhas na prestação do serviço, independentemente da existência de culpa. No caso dos Correios, ela defende que os clientes devem ser ressarcidos mesmo antes do resultado da perícia no local do incêndio.

Em nota divulgada na última quarta-feira (14), os Correios informaram que a avaliação de eventuais indenizações dependem da realização das perícias técnicas. “Nada tem a ver a perícia com o ressarcimento. É responsabilidade dos Correios ressarcir os consumidores de forma imediata, e não esperar que seja realizada uma perícia para só após isso fazer o ressarcimento.”

Cláudia Santos orienta que as pessoas que desejem registrar denúncia sobre o fato liguem para a central do Procon Fortaleza no número 151, acessem o canal no site da Prefeitura de Fortaleza ou se dirijam a um dos núcleos do serviço na cidade.

Em nota, os Correios confirmam o recebimento da notificação e o protocolo de resposta junto ao Procon Fortaleza e orientam os remetentes que possuem encomendas encaminhadas ao CTCE Fortaleza cujos prazos de entrega estejam vencidos a registrar manifestação pelos canais de atendimento da empresa. Já para os destinatários de encomendas nessa situação, a orientação é entrar em contato com a loja ou vendedor onde a compra foi realizada.

(Agência Brasil)

Biometria de recém-nascido agora é obrigatória

Uma portaria do Ministério da Saúde, a pedido do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), torna obrigatória a identificação palmar de todos os recém-nascidos brasileiros, acompanhada da identificação biométrica de sua mãe. As imagens devem constar na Declaração de Nascidos Vivos (DNV) e serão armazenadas no cartório no qual a criança for registrada, para utilização na Base de Dados da Identificação Civil Nacional.

O Governo Federal lançou o Documento Nacional de Identidade eletrônico, que tem como principal dado em sua base a biometria da população. A mudança foi publicada no dia 5 de fevereiro, no Diário Oficial da União (DOU), na Portaria n. 248 do Ministério da Saúde.

As Secretarias de Vigilância em Saúde e de Atenção à Saúde terão 90 dias para definir as normas de procedimentos a serem adotados nas maternidades.

(Com Site do MS)

Fiec inscreve para Prêmio Desempenho Ambiental

Estão abertas as inscrições para 14ª edição do Prêmio FIEC por Desempenho Ambiental. O prêmio, segundo o presidente da entidade, Beto Studart, objetiva destacar empresas industriais – filiadas aos sindicatos que integram o Sistema FIEC, que tenham apostado na conservação do meio ambiente e implementado atividades que resultem na melhoria da qualidade ambiental.

Segundo a assessoria de imprensa da federação podem participar empresas do setor industrial, classificadas em (a) micro e pequenas empresas, (b) médias empresas e (c) grandes empresas. Referente as modalidades de participação, os projetos inscritos contemplarão: Produção Mais Limpa; Reúso de Água; Educação Ambiental e Integração com a Sociedade.

As inscrições e envio de projetos já podem ser feitas pelo site goo.gl/Y5kdRr até o dia 6 de abril de 2018. O regulamento pode ser visto em goo.gl/Wkrz41.

SERVIÇO

*Mais Informações com o Núcleo de Meio Ambiente da FIEC – (85) 3421. 5923.

(Foto – Fiec)

Ambientalistas cobram conclusão da urbanização do Riacho Maceió

Um abraço no Riacho Maceió, altura da Beira-Mar, será dado por ambientalistas. Isso ocorrerá no próximo dia 24, a partir das 8 horas. O objetivo é cobrar da Prefeitura de Fortaleza a urbanização da área que se estende até o bairro da Varjota. A gestão municipal entregou no dia 1º de agosto de 2014 só a primeira etapa do parque.

 

Prefeito vai entregar certificação ambiental “Fator Verde”

88 1

Pio Rodrigues é o controlador da C. Rolim Engenharia.

Nesta sexta-feira, às 214 horas, em ato no Paço Municipal, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) vai entregar a primeira certificação ambiental “Fator Verde”. O selo busca reconhecer empresas que tenham atividades alinhadas com o objetivo de incentivar construções com projetos e ações sustentáveis, destinadas à redução do impacto socioambiental e consequente melhoria da qualidade de vida urbana e do meio ambiente, informa a assessoria de imprensa da Prefeitura.

A C. Rolim Engenharia é a primeira empresa a receber o selo.

Critérios

O Fator Verde será concedido pela gestão municipal em quatro níveis: bronze, prata, ouro e diamante. A avaliação é realizada seguindo 45 critérios, sendo 12 obrigatórios e 33 opcionais, distribuídos em seis fatores: Cidade Sustentável; Hídrico; Ambiente Saudável; Energético; Materiais e Resíduos; e Social. Ainda entre os aspectos a serem analisados, estão o acesso ao transporte público, gentilezas urbanas, iluminação natural e captação de águas pluviais.

A Certificação Final do Fator Verde será emitida na conclusão da construção do empreendimento. O requerente deverá atender a todos os 12 critérios obrigatórios, obtendo o nível bronze. Os níveis prata, ouro e diamante serão determinados em função da análise e aprovação dos critérios opcionais mínimos correspondentes de cada nível.

DETALHE – Na ocasião, as empresas C. Rolim Engenharia, MRV Engenharia e Aliança Transportes também irão receber das mãos do prefeito Roberto Cláudio o Selo “Empresa Amiga do Meio Ambiente”.

Prefeitura faz seleção para médico veterinário

Até 4 de março próximo, o Imparh, órgão da Prefeitura de Fortaleza, está recebendo inscrições para a seleção de médicos veterinários.

São dois cirurgiões, um anestesista e um clínico geral que vão atuar no VetMóvel, unidade móvel da Coordenadoria Especial de Proteção e Bem-Estar Animal de Fortaleza.).

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet (https://goo.gl/ksjWUo).

MPCE divulga nota rebatendo fala de Capitão Wagner sobre suposto acordo com facções

Em suas críticas à política de segurança do Ceará, o deputado estadual Capitão Wagner lembrou de suposto acordo que teria sido feito entre o Ministério Público Estadual e organizações criminosas.

A fala foi nessa quinta-feira, primeiro dia de trabalho do Poder Legislativo e gerou reação do Ministério Público do Estado, que emitiu a seguinte nota em seu site:

Nota Pública

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) vem a público, em face do discurso proferido pelo Deputado Estadual Capitão Wagner na manhã de hoje (15/02) no Plenário da Assembleia Legislativa, repudiar veementemente a afirmação de que um de seus membros teria intermediado um suposto acordo entre o Estado e organizações criminosas para fazer cessar atos de vandalismo.

Ao longo dos anos a Instituição, através dos seus órgãos de inteligência e de execução, sobretudo do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), tem combatido enérgica e intransigentemente as ações do crime organizado, sendo absolutamente leviano e irresponsável afirmar que um dos seus representantes viesse a negociar com membros de facções, sob quaisquer pretextos e em quaisquer circunstâncias.

O MPCE reitera que suas ações continuarão sendo pautadas unicamente pela legalidade e pela defesa dos interesses da sociedade cearense.

*Ministério Público do Estado do Ceará.

Pronunciamento

*Confira fala de Capitão Wagner em vídeo, onde ele expõe, nessa quinta-feira, na AL, gastos do Estado no setor da segurança e que foi postado no seu Facebook aqui.

Governo do Ceará diz ter Plano de Segurança Pública

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta sexta-feira:

Sobre cobrança desta Coluna ao secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, André Costa, acerca de um plano de segurança, quem mandou resposta foi o chefe de gabinete do Palácio da Abolição, Élcio Batista. Ele assegura que o Estado tem um programa para a área, que é bem mais do que um plano. Chama-se Pacto por um Ceará Pacífico, “Somos o único estado do Brasil a ter um programa de pacificação social e eu desafio outro Estado a apresentar algo semelhante ao que estamos fazendo aqui”, dispara. Élcio explica que esse plano “não é um conjunto de propostas soltas, mas um trabalho integrado.” Diz ainda que o primeiro ponto do Pacto por um Ceará Pacifico “é buscar a integração entre os Poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário e instituições da área de segurança pública e justiça”. Reconhece que o processo de integração é também de aprendizagem e lento, mas que se faz imperativo para o enfrentamento da violência de forma uniforme.

Indagado sobre o porque então do aumento da criminalidade, observou: é consequência de um cenário nacional, que tem como causas o tráfico de drogas, o tráfico de armas e a lavagem de dinheiro. Adiciona um outro ingrediente em sua fala: “O Brasil não se preparou para ter a quantidade de jovens que tem hoje em idade ativa e produtiva.” Trata-se de um contingente ainda à margem de políticas públicas , mas que no Ceará há um esforço para enfrentar esse quadro, apostando em escolas de tempo integral médio e esporte e aumento do efetivo.

Élcio Batista aproveita para informar: a força-tarefa prometida pelo governo federal como apoio na luta contra as facões criminosas ainda não apareceu por aqui.

Ceará terá alerta de desastres naturais via SMS

O sistema de alerta de desastres naturais via SMS começa a funcionar nas regiões Norte e Nordeste no dia 26 de fevereiro. A previsão inicial era de que o serviço começasse a operar em 9 de março. Na segunda-feira (19), o sistema entra em operação no Distrito Federal, em Mato Grosso e no Tocantins.

Criado no início do ano passado, o sistema de alerta de riscos de inundações, alagamentos, temporais, perigo de deslizamentos de terra, manda mensagens de texto (SMS) de alerta para os celulares em caso de iminência de desastres naturais.

O envio das mensagens ficará a cargo do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) e Defesa Civil dos estados e municípios. A partir do próximo ano, a implantação deverá ocorrer gradualmente para outros estados.

De acordo com o SindiTelebrasil, até o momento, 2,3 milhões de cidadãos já se cadastraram, e 43 milhões de mensagens de alerta foram encaminhadas. A mensagem de texto que a população receberá da Defesa Civil será: “Defesa Civil informa: novo serviço de envio de SMS gratuito de alertas de riscos de desastres. Para se cadastrar, responda para 40199 com CEP de interesse”.

Qualquer pessoa que estiver em uma das localidades atendidas pode se cadastrar, mesmo não tendo recebido a mensagem e não sendo morador da região, desde que informe um CEP do local atendido. Ao fim do cadastro, o usuário receberá uma mensagem que vai informar que o celular está apto a receber alertas e recomendações de Defesa Civil. Também será possível cancelar o serviço por mensagem de celular

Sistema

O sistema de envio de SMS para alerta de desastres começou a ser usado no Japão a partir de 2007. Atualmente, funciona em mais de 20 países.

No Brasil, o sistema já funciona nos estados do Espírito Santo, de Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, de Santa Catarina, São Paulo e do Paraná.

Logo após, virão Bahia, Sergipe e Alagoas. Em seguida, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte. O sétimo agrupamento inclui Ceará, Piauí e Maranhão; e o oitavo, Pará, Amapá e Acre. Para finalizar, o processo será implantado no Amazonas, em Rondônia e Roraima. A previsão é que no primeiro trimestre de 2018 o sistema esteja disponível em todo o país.

O projeto piloto foi ativado inicialmente em 20 municípios de Santa Catarina, onde moram cerca de 500 mil habitantes. Em junho, outras cinco cidades do Paraná, com cerca de 100 mil moradores, passaram a contar com o serviço.

(Agência Brasil)

Oito mil adolescentes no Ceará precisam de proteção

Com o título “Perdendo na adolescência, quem salvamos na infância”, eis artigo do chefe do escritório do Unicef de Fortaleza, Rui Aguiar. Ele estima-se que estejam esperando por proteção cerca de 8 mil adolescentes no Ceará. “Eles precisam ser alcançados onde quer que estejam para que voltem à escola, para que sejam protegidos contra ameaças e agressões”, alerta Aguiar. Confira:

Certa vez, uma agente de saúde ouvida pelo UNICEF descreveu o quadro de violência que tem afetado a juventude no Ceará. Com a sabedoria de quem trabalha no dia-a-dia com as pessoas mais vulneráveis, disse: “Estamos perdendo na adolescência os meninos que salvamos na infância”. Entre 2000 e 2017, 231 adolescentes do sexo feminino e 4.783 meninos foram assassinados em Fortaleza.

Como é que estamos perdendo-os em homicídios? O Comitê de Prevenção de Homicídios na Adolescência nos dá algumas pistas, tais como a fragilidade econômica, a falta de oportunidades de educação, abandono escolar, falta de serviços de proteção contra ameaças, ou o acesso fácil a armas de fogo. Mães de meninos mortos em 2015, ouvidas no estudo Trajetórias Interrompidas, nos ensinam que à medida em que acumulam em si as evidências descritas acima, os adolescentes vão se tornando mais suscetíveis a serem as próximas vítimas.

Precisamos mobilizar vontades para enfrentar o problema em suas duas vias: garantir a proteção dos adolescentes que estão vulneráveis e apresentam em seu perfil tais evidências; e trabalhar na prevenção, com a adoção de políticas sociais que integrem definitivamente os serviços comunitários de educação, saúde, habitação, emprego e renda, cultura e esporte. Isso precisa ser assegurado sobretudo em localidades precárias dos centros urbanos, onde vivem adolescentes excluídos ou em risco de exclusão.

Na primeira via, difícil e urgente, estima-se que estejam esperando por proteção cerca de 8 mil adolescentes no Ceará. Eles precisam ser alcançados onde quer que estejam para que voltem à escola, para que sejam protegidos contra ameaças e agressões. Na outra, centenas de milhares de adolescentes de baixa renda e escolaridade estão em busca de oportunidades que precisam participar do desenho de políticas públicas adequadas às suas necessidades e direitos específicos. A hora de agir é agora.

*Rui Rodrigues Aguiar

raguiar@unicef.org

Chefe do Escritório do UNICEF em Fortaleza.

Caso Dandara completa 1 ano e dois dos oito acusados continuam foragidos

Um ano completa hoje o assassinato da travesti Dandara dos Santos. De lá para cá, dos oito acusados, dois continuam foragidos, desafiando a Inteligência da Polícia Civil.

A expectativa do Ministério Público Estadual é que a partir da segunda quinzena de março os réus pronunciados sejam julgados em júri popular.

“No juízo de valor do Ministério Público, as provas carreadas para os autos são abundantes e não sobressai nenhuma dúvida quanto à responsabilidade penal de todos os envolvidos”, diz o promotor de justiça Marcus Renan Palácio de Morais Claro dos Santos, responsável pela acusação..

(Foto  Mariana Parente)

Projeto quer destinar parte das multas para o SUS

Valores das multas aplicadas na Operação Lei Seca, da Polícia Rodovia Federal, pelo menos boa parte, poderão ser destinadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) .

É o que determina o projeto de lei nº 7848/2017, do deputado federal Aureo (SD-RJ). A matéria deve ir a votação no plenário nos próximos dias.

(Foto – Arquivo)

Campanha da Fraternidade 2018: superação da violência

Confira o Editorial do O POVO desta quarta-feira. Aborda o tema da Campanha da Fraternidade deste ano.

Findo o Carnaval, é hora de voltar à rotina depois de uma catarse que serviu também de canal para o desabafo político da população, como é tradição. Desta vez, ainda mais fortemente, em razão da crise que continua a incomodar a sociedade. A Quarta-Feira de Cinzas coloca-nos de novo frente à transitoriedade da vida (“Lembra-te, ó homem, que és pó”), mas, também, traz o apelo de se viver essa passagem, não isoladamente, mas em comunhão com o outro. É o que faz a Igreja Católica ao escolher esta data para lançar anualmente a Campanha da Fraternidade. Neste ano, o tema é “Fraternidade e superação da violência”, e o lema “Em Cristo somos todos irmãos”.

Mais uma vez, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) mostrou-se sintonizada com a sociedade ao trazer à tona um dos problemas que mais a afligem: a violência. A Igreja Católica, em conjunto com outras igrejas irmãs, tem uma ampla capilaridade por todo o território nacional e pode dar uma contribuição importante não só ao debate dessa questão, mas, para o encontro de soluções, a partir da base da sociedade, ajudando a superar o gap existente entre a representação política e os cidadãos, no momento em que ambos parecem cada vez mais de costas, um para o outro.

Criar uma cultura de paz, efetivamente, exige um aprendizado de convivência que se inicia no próprio ambiente familiar, onde a prática do respeito mútuo, do perdão e do amor tem importância decisiva. Mas, antes, é preciso que a própria família sobreviva à desestruturação causada por um contexto de desigualdade e exclusão social escandaloso, falta de acesso aos serviços públicos básicos e todas as mazelas que se abatem sobre quem não tem igualdade de oportunidades. Aí se encontram as raízes básicas da violência. Se houver acesso universalizado a serviços públicos de qualidade, nas áreas de saúde, educação, seguridade social, segurança pública, se terá uma base mínima de dignidade humana para se conquistar o resto. Sem isso, dificilmente, a violência será reduzida.

Não basta a um país ser rico. Os EUA, por exemplo, são riquíssimos, mas a sociedade é violenta. A causa está na desigualdade. Não é à toa que tem a maior população carcerária do mundo. Por enquanto, tem condições financeiras para bancá-la (uma opção que o Brasil não tem). Então, a Igreja, pela sua credibilidade (quando comparada a instituições públicas desgastadas como as nossas) tem a oportunidade de levar essa discussão à fundo, chamando os crentes e pessoas de boa vontade a se assumirem como cidadãos participativos para construir as bases de uma sociedade solidária, como reclama sua própria doutrina social e, assim, frear a violência.

CNBB lança Campanha da Fraternidade com alerta sobre violência

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançará , nesta quarta-feira, em todas as dioceses do Brasil a Campanha da Fraternidade que tem como temática a superação da violência com base em uma cultura de paz. O lançamento será na sede provisória da CNNB, em Brasília, e terá a presença da ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF).

O tema “Fraternidade e Superação da Violência” foi escolhido em 2016, quando o Brasil teve recorde de mortes violentas intencionais: 61.619 vítimas, o equivalente a 168 por dia, segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Para o secretário-executivo da campanha, padre Luís Fernando, a superação da violência também “exige comprometimento e ações envolvendo a sociedade civil organizada, a Igreja e os poderes constituídos para a formulação de políticas públicas emancipatórias que assegurem a vida e o direito das pessoas em uma sociedade”.

Centro de Triagem de Animais Silvestres do Ibama ganha reforma

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta quarta-feira:

O Centro de Triagem de Animais Silvestres mantido pelo Ibama em Messejana, na Capital cearense, ganhou sua primeira reforma depois de 15 anos de atividades. O custo total ficou na faixa dos R$ 700 mil, segundo o superintendente estadual do órgão, Herbert Lobo.

Esses estabelecimentos recebem animais silvestres por entrega voluntária, resgate ou oriundos de apreensão de fiscalização, recuperam e destinam esses animais por meio de soltura ou encaminhamento para empreendimentos de fauna devidamente autorizados.

“Com essa reforma, ganhamos melhores condições para esse tipo de trabalho do Instituto”, garante Lobo, que deverá inaugurar o centro em março próximo, com a presença da cúpula do Ibama de Brasília. Ele acrescenta que está fechando com a Fundação Getúlio Vargas outra ação que considera importante: a reciclagem do corpo técnico do órgão.

“Estamos fechando um programa de formação e capacitação de gestores, com o objetivo de sintonizar o órgão para novas demandas da sociedade. Essa capacitação terá início em abril próximo”, adianta Lobo que, pelo visto, e mesmo com pouca verba, tenta fazer com que o Ibama cumpra de fato suas tarefas em defesa do meio ambiente.

Sem fazer inveja à Seuma.

Saiba o que volta a funcionar nesta Quarta-Feira e Cinzas

O Carnaval acabou e com ele a folga que começou no último domingo, 10. Diversos estabelecimentos em Fortaleza, que alteraram o funcionamento nestes quatro dias, voltam a funcionar normalmente a partir desta Quarta-Feira de Cinzas, seja com expediente completo ou a partir do meio-dia. Confira:

*Supermercados
As lojas do Extra, Pão de Açúcar e Mercadinhos São Luiz, que abriram normalmente durante o Carnaval, continuam com o funcionamento regular nesta Quarta-Feira de Cinzas.

*Shoppings

Iguatemi Fortaleza
As lojas do shopping na avenida Washignton Soares voltam a funcionar normalmente a partir das 12 horas desta quarta-feira. Quem vai antecipar o funcionamento é a Praça de Alimentação, que estará aberta a partir das 10 horas. O Hipermercado Extra, que funcionou normalmente durante todo o Carnaval, voltará a abrir às 7 horas.

North Shopping Fortaleza, North Shopping Jóquei e Via Sul Shopping
As lojas dos três shoppings da rede Ancar Ivanhoe em Fortaleza abrirão a partir do meio-dia desta quarta-feira, seguindo até as 22 horas. Apenas dois espaços vão abrir mais cedo: o Super Lagoa North Shopping Fortaleza abrirá a partir das 7 horas e as academias Smart Fit funcionarão a partir das 5h30min.

Shopping Parangaba
Lojas e quiosques do Shopping Parangaba funcionam a partir de meio-dia nesta quarta-feira. A Praça de Alimentação abre uma hora mais cedo, às 11 horas.

RioMar Fortaleza
Fechadas desde o domingo, as lojas do RioMar voltam a funcionar às 10 horas da quarta-feira. Os espaços de lazer Hoverplay e Game Station abrirão ao meio-dia, mesmo horário em que começará a funcionar o atendimento na sede do Detran no shopping. Já o Ministério do Trabalho só abrirá a partir das 14 horas. O TRE-CE não terá expediente na quarta-feira, só voltando a ativa a partir da quinta-feira, 15.

RioMar Kennedy
As lojas e quiosques abrirão por volta do meio-dia, com funcionamento diferenciado na Smart Fit, que abre às 5h30min, e no São Luiz, que abre às 7 horas.O TRE-CE não terá expediente na data, só voltando a funcionar a partir das 10 horas da quinta-feira. O Ministério do Trabalho começará o atendimento a partir das 14 horas da quarta-feira.

*Postos de Gasolina
Segundo o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Ceará (Sindipostos), os postos de gasolina, que funcionaram normalmente durante o Carnaval, continuam com expediente normal durante a Quarta-Feira de Cinzas.

*Bancos
O atendimento ao público, que cessou durante os quatro dias de Carnaval, volta a normalidade a partir das 12 horas desta quarta-feira.

*Comércio
Segundo o Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas), as lojas do comércio da Cidade, que estão fechadas desde o domingo, voltam a funcionar a partir do meio dia desta quarta-feira.