Blog do Eliomar

Categorias para Cidadania

ONG promove palestras em escolas sobre educação inclusiva

Não há deficiência, mas sim eficiência. Esse é o tema das palestras promovidas pela ONG Existir Associação Inclusiva de Fortaleza, para alunos do ensino infantil, com o objetivo de uma educação inclusiva. Esta semana, a palestra ocorreu para alunos do Colégio Master Sul, na Cidade dos Funcionários.

Para o presidente da ONG que cuida de crianças e jovens portadores da Síndrome de Down, João Manoel Silva, “é preciso conhecer e respeitar as diferenças, independente das limitações físicas e mentais”.

O palestrante pontuou a necessidade das escolas a trabalharem a temática desde cedo, evitando a discriminação social e, em contrapartida, fortalecendo boas ações no futuro.

“Devemos preparar nossas crianças para uma vida de grandes desafios e sem preconceitos, que muitas vezes aparecem de forma sutil”, completou o dirigente da entidade, que há 13 anos está à frente do projeto no bairro Bela Vista. Crianças doaram brinquedos ao projeto sem fins lucrativos.

SERVIÇO

ONG Existir
Rua Mário de Andrade, 891, bairro Bela Vista
http://sindromededownexistir.blogspot.com
Facebook.com/Associação-Inclusiva-de-Fortaleza-Existir.

(Foto: Divulgação)

Confira o plantão do Judiciário do Ceará neste feriadão

Magistrados da Capital e de comarcas do Interior atuarão, em regime de plantão, nesta sexta-feira, Dia de Finados, e no fim de semana. A informação é da assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Ceará.

O atendimento no TJCE será feito pelos desembargadores Francisco de Assis Filgueira Mendes e Francisco Lincoln Araújo e Silva, além da juíza convocada Rosilene Ferreira Facundo. Os magistrados atenderão, respectivamente, na sexta (2/11), sábado (3) e domingo (4), das 12 às 18 horas, no Palácio da Justiça, bairro Cambeba.

Já no Fórum Clóvis Beviláqua, o plantão ficará a cargo da 12ª, 13ª e 14ª Varas de Família e da 12ª, 13ª e 14ª Varas Criminais da Capital. Os juízes estarão disponíveis das 12 às 18 horas. Os pedidos de natureza cível no âmbito de competência da Infância e da Juventude, destinados apenas para apreciação de casos urgentes, serão analisados pelos citados plantonistas.

Interior

No Interior, o atendimento acontecerá das 8 às 14 horas nas comarcas de Juazeiro do Norte (Vara de Família e Sucessões e Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher), Barbalha (2ª e 3ª Varas), Iguatu (JECC), Jucás (Vara Única), Missão Velha (Vara Única), Porteiras (Vara Única), Pereiro (Vara Única), Solonópole (Vara Única), Quixadá (JECC), Quixeramobim (1ª Vara), Baturité (JECC), Capistrano (Vara Única), Morada Nova (2ª e 3ª Varas), Aracati (3ª Vara e JECC), Pacatuba (1ª e 2ª Varas), Chorozinho (Vara Única), Eusébio (1ª Vara), Caucaia (JECC e Vara Única da Infância e da Juventude), Trairi (Vara Única), Uruburetama (Vara Única), Sobral (3ª Vara Criminal e 3ª Vara Cível), Granja (2ª Vara), Itarema (Vara Única), Forquilha (Vara Única), Frecheirinha (Vara Única), Reriutaba (Vara Única), São Benedito (Vara Única), Crateús (3ª Vara e JECC), Catarina (Vara Única), Independência (Vara Única), Irauçuba (Vara Única) e Itapajé (1ª Vara).

Cagece oferta 100 vagas para cursos profissionalizantes

184 1

A Cagece está oferecendo 100 vagas para cursos profissionalizantes no mês de dezembro. No total, são três modalidades de capacitação: bombeiro hidráulico (30 vagas), auxiliar administrativo (35 vagas) e pintura industrial (35 vagas). A informação é da assessoria de imprensa do órgão.

Os interessados em se candidatar devem retirar a carta de encaminhamento em uma das unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine), que serão emitidas a partir do dia 1 até o dia 23 de novembro.

Os cursos são gratuitos e as matrículas acontecem no dia 24 de novembro, das 8 às 11 horas, na sede da companhia (Avenida Dr. Lauro Vieira Chaves, 1030 – Vila União). O atendimento será realizado por ordem de chegada.

Exigências

Para se matricular é necessário estar com a carta de encaminhamento em mãos, ter idade mínima de 16 anos e apresentar os seguintes documentos: certificado de conclusão do ensino fundamental, identidade, CPF e comprovante de residência.

Para os alunos que já realizaram os cursos na companhia e buscam novas oportunidades de capacitação, basta apresentar o certificado de participação do curso realizado anteriormente pela Cagece. As aulas do curso de auxiliar administrativo ocorrerão na própria sede da companhia. Já as aulas de bombeiro hidráulico e pintura industrial acontecerão na unidade da Cagece no bairro Pici (Av. Carneiro de Mendonça, sem número, próximo ao Hospital da Mulher).

SERVIÇO

*Curso: Bombeiro hidráulico (30 vagas)
Período: 01, 02 e 08 de dezembro de 2018
Horário: Sábado e domingo, de 8h às 17h
Local: Cagece Pici

*Curso: Auxiliar administrativo (35 vagas)
Período: 03 a 12 de dezembro de 2018
Horário: Segunda a sexta-feira, de 17h30 às 21h30
Local: Cagece Sede

*Curso: Pintura industrial (35 vagas)
Período: 08 e 09, 15 e 16 de dezembro de 2018
Horário: Sábado e domingo, de 8h às 17h
Local: Cagece Pici

Confira os endereços dos Sines

Aldeota
Av. Santos Dumont, 5015
Tel: (85) 3101.1660

Centro
Rua Assunção, 699
Tel: (85) 3101.2775

Parangaba
Av. João Pessoa, 6239
Tel: (85) 3101.3034

Vapt Vupt Antônio Bezerra
Av. Demétrio de Menezes, 3750
Tel: (85) 3101.2743

Vapt Vupt Messejana
Rua Jornalista Tomaz Coelho, 408
Tel: (85) 3101.2138

(Foto – Ilustrativa)

Manual de Emergências Cardiorrespiratórias – 2ª edição será lançada nesta quarta-feira

Dr. Cabeto é um dos organizadores da publicação.

Será lançado nesta quarta-feira, às 19 horas, no Ideal Clube, a segunda edição do Manual de Emergências Cardiorrespiratórias. Trata-se de uma coletânea organizada pelos médicos Carlos Roberto Martins Rodrigues e Weiber Silva Xavier.

Uma publicação das mais importantes para profissionais da área e, principalmente, para alunos de Medicina e, em especial, para os que querem seguir na especialidade da cardiologia.

(Foto – Alex Gomes)

Leitor protesta contra serviço feito por terceirizada da Cagece

De Mário Albuquerque, leitor do Blog, recebemos este vídeo e uma queixa contra a Cagece. Confira:

Caro jornalista Eliomar de Lima,

Este aí é o cruzamento das ruas Frei Mansueto com Ana Bilhar, na Varjota. Trafego intenso de veículos o dia todo. Veja a “herança maldita” deixada por uma empresa contratada pela Cagece, após a realização de uma obra: o caos.

O que mais angustia é saber que o reparo não será feito tão cedo, como de praxe.

Abraços

*Mário Miranda

Associação Pró-Desenvolvimento Sustentável da Varjota – Pró Varjota.

A segregação racial não é nada natural

Com o título “Naturalizando, estamos colaborando com o racismo”, eis artigo da jornalista Sara Oliveira, do O POVO. “Em um País onde grande parte da população é negra, ter poucos alunos negros em uma instituição de ensino exibe um abismo gigantesco entre crianças brancas e ricas e crianças negras e pobres”, diz a articulista. Confira:

Você já parou pra pensar quantas vezes naturaliza o racismo? E quantas vezes já disse que não faz isso? Ou quantas vezes já falou moreninho no lugar de negro? Ou quantas vezes já teve certeza de que já há muita evolução porque ser racista é crime então quem o comete será, por certo, preso? Pois é, eu parei para contar quantos coleguinhas negros estudam junto do meu filho. Numa turma de 12, apenas um. Nos corredores da escola, crianças negras são raras.

Quando expus essa realidade a Jurema Werneck, mulher, negra, que cresceu na favela e hoje é diretora de um dos movimentos mais importantes da luta pelos direitos humanos, ela me disse: “isso é uma segregação racial”. Em um País onde grande parte da população é negra, ter poucos alunos negros em uma instituição de ensino exibe um abismo gigantesco entre crianças brancas e ricas e crianças negras e pobres. E segregação racial é um das mais fortes concretizações de racismo. Talvez inconsciente da minha parte, mas naturalizado por mim.

E essa naturalização, que passa tão despercebida quando escolhemos a melhor escola para os nossos pequenos e nos sacrificamos para pagá-la, guiados puro e simplesmente pelo sentimento de pais, colabora com um dos preconceitos mais inaceitáveis. E nos faz esquecer de outros sentimentos e preceitos desta vida.

Estou de novo afirmando que racismo é inaceitável, mesmo afirmando que a escola que ele estuda e que quase não tem negros em suas listas, é um dos melhores ensinos que conheço. E é esse paradoxo, penso eu, que faz as pessoas não conseguirem enxergar as lacunas e os preconceitos ainda tão existentes.

Que faz se pensar que não existe racismo no Brasil. Que faz se conviver com o inaceitável. Que faz achar que “não tem culpa da escravidão e de a maioria das pessoas pobres serem negras”, como já ouvi. Que faz achar que cota racial nas universidades não é um direito já tardio de, pelo menos tentar, reparar os danos da escravidão que você não tem culpa, mas que reconhece existir. Que faz achar que ter mais do que o outro te faz melhor.

*Sara Oliveira

saraoliveira@opovo.com.br

Jornalista do O POVO.

Instituto Maria da Penha divulga III Boletim Trimestral sobre Violência contra a Mulher

O Instituto Maria da Penha (IMP) acaba de divulgar seu III Boletim Trimestral de Conjuntura da Violência contra a Mulher no Ceará. Desta vez, com dados registrados no período de julho a setembro deste ano.

De acordo com o boletim, no primeiro trimestre de 2018 o assassinato de mulheres no Ceará mostrou uma variação de 229% em relação ao primeiro trimestre de 2017. No segundo trimestre de 2018 merece registrou o assassinato de mulheres jovens na Capital, com a variação de 180% em relação ao mesmo período do ano passado.

“No terceiro trimestre do ano, fomos impactados com casos de feminicídio que ganharam repercussão nacional, acontecidos nos estados do eixo sul e sudeste do país e, menos noticiado pela imprensa nacional, porém não menos chocante e simbólico, um caso de feminicídio em praça pública na cidade de Crato (Região do Cariri). Estes tristes acontecimentos levantam a reflexão sobre a forma como o Estado pensa e formula sua atuação, quer seja na prevenção, quer seja no combate à violência contra a mulher. Estatísticas são fundamentais para jogar luzes na leitura deste fenômeno e para oxigenar a avaliação, reformulação e criação de políticas públicas
nesta área.

Porém, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública lançado em agosto de 2018, o estado do Ceará não disponibilizou os dados de feminicídio dos anos de 2016 e 2017”, diz o texto do boletim.

  • Confira a tabela:

Outubro Rosa completa 10 anos e ganha sessão solene na Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa realizará, a partir das 11 horas desta terça-feira (30, sessão solene em comemoração aos 10 anos do movimento Outubro Rosa no Brasil. A iniciativa é da deputada Fernanda Pessoa (PSDB).

Ela argumenta que a campanha Outubro Rosa “é um movimento internacional realizado durante todo o mês de outubro, tendo em vista a compreensão da necessidade da prevenção, que pode resultar no diagnóstico precoce do câncer de mama.”

Fernanda Pessoa afirma que o número de mortes por causa da doença segue em alta, especialmente em razão do alto número de diagnóstico tardio, quando a doença já se encontra em estágio avançado.

História

O movimento Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990. A data é celebrada anualmente, com a proposta de compartilhar informações sobre a doença e promover a conscientização da detecção precoce.

(Foto – ALCE)

TJ do Ceará preparado para a XIII Semana Nacional de Conciliação

O presidente do TJCE, desembargador Gladyson Pontes, à frente.

A 13ª Semana Nacional da Conciliação, que será realizada de 5 a 9 de novembro, deve movimentar mais de 16 mil processos em todo o Estado, tanto na 1ª como na 2ª Instância. A informação é da assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Ceará, adiantando: qualquer pessoa que tenha uma demanda no Judiciário pode agendar uma sessão para tentar solucionar seu problema, por meio da ferramenta “Quero Conciliar”, disponível no site do TJCE.

Além da ferramenta, a parte pode entrar em contato direto com a unidade, seja no balcão da secretaria, por telefone ou peticionar diretamente nos autos, informando a sua intenção.

Quem tem conflitos ainda não judicializados, pode tentar uma conciliação pré-processual. Para quem ainda não tem processo ajuizado, a orientação é ir a uma das extensões dos Centros Judiciários de Soluções de Conflitos (Cejuscs), localizadas em universidades da Capital e do Interior. Nesses locais as pessoas recebem as instruções para agendar uma audiência no período da mobilização.

O Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) vai certificar as unidades que incrementarem o quantitativo de acordos realizados em relação ao ano anterior. O objetivo é estimular a produtividade. Entre os parceiros do Poder Judiciário na Semana Nacional da Conciliação estão Ministério Público Estadual, Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará, e instituições de ensino superior.

TCE avisa: Prefeituras e Câmaras Municipais devem entregar prestação de contas até esta terça-feira

Edilberto Pontes preside o TCE.

As contas de setembro das Prefeituras e Câmaras Municipais devem ser enviadas para o Tribunal de Contas do Ceará até esta terça-feira (30/10). A informação é da assessoria de imprensa desse órgão. Os dados subsidiam atividades de fiscalização do órgão, alimentam o Portal da Transparência dos Municípios e representam uma das fontes utilizadas pelo TCE para produzir relatórios gerenciais periódicos de cada ente.

O não envio das informações dentro do prazo pode comprometer o recebimento, pelos municípios, de recursos estaduais decorrentes de convênios e contratos, bem como a suspensão de transferências voluntárias, sem prejuízo de demais sanções previstas em lei.

A remessa deve conter informações sobre licitações, receitas, despesas, fornecedores, agentes públicos, estrutura administrativa, dentre outros. O envio é feito pela Internet, por meio do Sistema de Informações Municipais (SIM).

(Foto – TCE)

Salmito recebe título de cidadania em Beberibe

Com propostas voltadas para o desenvolvimento da Região Metropolitana de Fortaleza e municípios adjacentes, como o Parlamento Metropolitano, além de ações quando secretário de Turismo de Fortaleza (Setfor), que beneficiaram outros destinos turísticos do Ceará, o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza e deputado estadual eleito Salmito (PDT) foi agraciado com o título de cidadania de Beberibe, no Litoral Leste do Estado.

A propositura foi do próprio presidente da Câmara Municipal de Beberibe, vereador Eduardo Lima, que destacou o compromisso de Salmito para com a boa política, com base na seriedade e trabalho construtivo.

Eleito deputado estadual, Salmito espera trabalhar a potencialidade socioeconômico-cultural de cada macrorregião do Ceará.

(Foto: Divulgação)

Enel vai suspender neste sábado fornecimento de energia em áreas de 43 cidades. Fortaleza está na lista

485 3

A Enel Distribuição alerta sobre a interrupção temporária do fornecimento de energia em algumas regiões de 43 cidades do Ceará neste sábado, 27. Em Fortaleza, ruas de 16 bairros serão afetados com a suspensão, que ocorre pela necessidade de executar manutenção ou obras nos locais, segundo a companhia. O desligamento programado afetará ruas específicas de cada lugar.

Confira abaixo a lista completa das ruas de bairros fortalezenses onde haverá falta de energia, bem como o horário em que a interrupção acontecerá. Confira também municípios que terão abastecimento suspenso.

Em Fortaleza

Alagadiço Novo, das 9 às 14 horas:
Avenida Washington Soares (residencial)

Alto Alegre, das 10 às 15 horas:
Rua Eliza de Oliveira, Rua Ernesto Veloso, Rua Giuliano Rossi, Rua Francineuda Sampaio Lima, Rua João Correia Lima, Rua Luzia Pereira da Costa, Rua Martins de Lima, Travessa Juazeiro, Rua 2 Lot. Parque Alto Alegre, Rua 3 Lot. Parque Alto Alegre, Rua 4 Lot. Parque Alto Alegre, Rua 13 Lot. Parque Alto Alegre, Rua 14 Lot. Parque Alto Alegre, Rua 17 Lot. Parque Alto Alegre, Rua 15 Lot. Parque Alto Alegre, Rua 16 Lot. Parque Alto Alegre, Travessa 12 Lot. Parque Alto Alegre, Travessa 15 Lot. Parque Alto Alegre

Cajazeiras, das 9 às 14 horas:
Rua José Alberto Sá (residencial), Rua José Alberto Sá

Canindezinho, das 10 às 15 horas:
Rua José Assis de Oliveira

Conjunto Alvorada, das 9 às 14 horas:
Rua Euclídes Onofre Sousa, Rua Rangel Pestana, Rua Poços de Caldas

Conjunto Santa Terezinha, das 13h30min às 17h50min:
Rua Estrela do Oriente, Rua Pescador Chico Bindá

Edson Queiroz, das 9 às 14 horas:
Avenida Engenheiro Leal Limaverde, Rua Dr. Hermes Lima, Vila Sinhá, Rua Professor Isaías Gomes, Rua Professor Juraci Mendes de Oliveira, Rua Professor Solon Farias, Rua Professor Wilson Aguiar

Jóquei Clube, das 9 às 14 horas:
Estrada do Pici

Mondubim, das 10 às 15 horas:
Travessa João Jacó

Papicu, das 13h30min às 17h50min:
Rua Fausto Cabral, Rua Prisco Bezerra, Rua Professor Heráclito

Parque Manibura, das 9 às 14 horas:
Avenida Edilson Brasil Soares (residencial)

Parque Presidente Vargas, 10 às 15 horas:
Rua Cônego de Castro, Rua Lucineide Gomes, Travessa Osório Correia

Pici, das 9 às 14 horas:
Rua Alagoas, Rua Iguatu, Rua Pernambuco, Rua Santo Amaro do Pici, Travessa Aracoiaba, Travessa Catuense, Travessa Pantanal, Travessa São Carlos do Pici, Travessa São João do Pici, Travessa São Manoel – Pici

Praia do Futuro, das 13h30min às 17h50min:
Avenida Dolor Barreira, Avenida Dr. Dioguinho, Avenida Zezé Diogo

Sapiranga Coité, 9 às 14 horas:
Avenida Leal Limaverde, Rua Firmo Ananias Cardoso, Rua Mário Alencar Araripe

Vicente Pinzon, das 13h30min às 17h50min
Avenida Eng. Luís Vieira, Rua das Flores, Rua lgor Barbosa, Rua Dr. Manoel Rodrigues Monteiro, Rua Narciso Lima, Rua Professor Ocelo Pinheiro, Travessa Cássia

No Interior

Serão afetadas regiões de Acopiara, Antonina do Norte, Aquiraz, Aracoiaba, Assaré, Baixio, Barbalha, Brejo Santo, Camocim, Canindé, Cariré, Caririaçu, Cedro, Deputado Irapuan Pinheiro, Eusébio, Graça, Grangeiro, Granja, Hidrolândia, Icó, Iguatu, Ipaumirim, Itarema, Jardim, Jati, Juazeiro do Norte, Maracanaú, Mauriti, Milagres, Novo Oriente, Ocara, Penaforte, Porteiras, São Benedito, Senador Pompeu, Sobral, Solonópole, Tarrafas, Trairi, Umari, Várzea Alegre e Viçosa do Ceará.

(Por Wanderson Trindade, do POVO Online)

Núcleo de Estudos da UFC divulga nota em defesa dos direitos infantojuvenis

O Núcleo de Estudos Aplicados Direitos Infância e Justiça (NUDIJUS), da Universidade Federal do Ceará, divulgou nota defendendo a manutenção das políticas e direitos infantojuvenis no País. Confira:

NOTA PÚBLICA EM DEFESA DA PROTEÇÃO
INTEGRAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Diante do compromisso e dever constitucional de promoção e defesa dos direitos infantojuvenis, e da função social da universidade, o Núcleo de Estudos Aplicados Direitos Infância e Justiça – NUDIJUS da Universidade Federal do Ceará, posiciona-se a favor da
manutenção e fortalecimento das instituições democráticas em face ao atual contexto político brasileiro.

O NUDIJUS atua com iniciativas de pesquisa e extensão acadêmica desde 2012, na perspectiva de contribuir com a formação crítica dos profissionais do direito e áreas afins, e promover os direitos de criança e adolescente. Neste sentido, realizamos diversos encontros,
seminários, rodas de diálogo, congressos, campanhas, cursos, bem como elaboramos artigos, monografias, dissertações e teses sobre o tema.

Acreditamos que a Constituição Cidadã foi fruto de uma mobilização popular, democrática, e trouxe princípios, valores, objetivos em prol da cidadania e dignidade da pessoa humana. Para a proteção da infância e juventude, o artigo 227 positivou as doutrinas da Proteção
Integral e Prioridade Absoluta, em consonância com a Convenção Internacional dos Direitos da Criança, ratificados pela maioria dos países do mundo. Em consequência, foi promulgada também a Lei Federal 8069/90, conhecida como Estatuto da Criança e do Adolescente. Isto significa que o Brasil reconhece que as crianças e adolescentes são sujeitos de direitos, e que o país deve elaborar políticas públicas que garantam educação, saúde, moradia, esporte, cultura, convivência familiar e comunitária.

Por tudo exposto, o NUDIJUS posiciona-se a favor da democracia e da efetivação dos direitos sociais, especialmente da criança e do adolescente, colocando-se terminantemente contrário a quaisquer iniciativas ou discursos de desqualificação à legislação e ao sistema de
garantia de direitos.

Convocamos as faculdades, universidades, especialmente as implicadas no sistema de garantia de direitos, pesquisadores, professores, estudantes, servidores e toda a comunidade a se engajarem na promoção e defesa de cultura de paz, equidade social, com ênfase na proteção de todas as meninas e meninos do nosso Brasil, considerando o exercício consciente e democrático do voto.

*Núcleo de Estudos Aplicados Direitos Infância e Justiça (NUDIJUS) da Universidade Federal do Ceará.

(Foto – Evilázio Bezerra)

Vivianne Sena falará para empresários em Fortaleza

Viviane Senna, que preside o Instituto Ayrton Senna, dará palestra em Fortaleza.

Será na próxima sexta-feira, das 9 às 10h30min, no Hotel Gran Marquise, atendendo a um convite do Grupo Lide, que congrega empresários locais interessados em debater questões do interesse social.

Vivianne, apoiadora do candidato a presidente da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, falará sobre o tema “Educação e Desenvolvimento Socioeconômico”.

(Foto – Divulgação)

Assembleia Legislativa promove sessão pelo Dia Nacional do Fisioterapeuta e Terapeuta Ocupacional

O Dia Nacional do Fisioterapeuta e Terapeuta Ocupacional – 13 de outubro, será destacado em sessão solene, da Assembleia Legislativa. Vai acontecer a partir das 19 horas desta quarta-feira, atendendo a um requerimento dos deputados Carlos Felipe (PCdoB) e Evandro Leitão (PDT), em nome do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 6ª Região – Crefito 6.

Na ocasião, serão homenageados alguns fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais que se destacam nessa profissão.

Homenageados

Fisioterapia

Dra. Fátima Maria Carvalho Sales

Dra. Ivone Azevedo Benevides

Dra. Leoniti Dantas Queiroz Lima

Dra. Milena Sampaio Magalhães

Terapia Ocupacional

Dr. Evaldo Cavalcante Monteiro

Dra. Luana Barreto de Araújo

Dra. Luciana Mesquita de Abreu

Dra. Luzianne Feijó Alexandre Paiva Guimarães

Homenageados pelos 30 anos do Crefito-6:

Dra. Cleane Fontenele – Divulgação

Dra. Júlia Barreto – 1ª Delegada do Crefito 6

Dra. Leila Beuttenmüller – Ex-conselheira do Crefito-1 e uma das fundadoras do Crefito-6

Maria Das Dores – Colaboradora do Crefito 6 há 30 anos.

Dr. Ricardo Lotif Araújo – Atual presidente do Crefito-6 / Gestor na qual está sendo comemorado os 30 anos e idealizador da homenagem na Assembleia Legislativa do Ceará

Homenageados pelo Dia do Fisioterapeuta e Terapeuta Ocupacional do Departamento de Saúde da Assembleia.

Terapeutas Ocupacionais

Lucila Bonfim Lopes Pinto

Milene Fonseca Mota

Fisioterapeutas

Maria Flávia Amâncio Campos

Maria Rosilene Aragão Fonteles

Homenageada do gabinete

Ana Valeria Marques

VAMOS NÓS – Só o grupo de homenageados, com seus familiares, garantirá, sem dúvida, casa cheia

Primeira coleção de almofadas bordadas a mão por detentas será lançada em Fortaleza

Da Coluna O POVO Economia, da jornalista Neila Fontenele, no O POVO desta quarta-feira:

O Grupo Mulheres do Brasil lançará, no dia 1º de novembro, a primeira coleção de almofadas bordadas a mão por detentas do Instituto Penal Feminino Auri Moura Costa (IPF).

A coleção é fruto do projeto “Bordando a Vida”, realizado em parceria com a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado por meio da Coordenadoria de Inclusão Social do Preso e do Egresso (Cispe).

A empresária Ethel Whitehurst, líder do GT Raízes Artesanato do Ceará e proprietária da loja Yamor da Ethel, conduziu a criação.

(Foto – Divulgação)

Ex-prefeito de Medellin confere entrega de torre de segurança da Prefeitura

Moroni, Aníbal Gaviria e Roberto Cláudio.

O prefeito Roberto Cláudio inaugurou, ao lado do vice-prefeito Moroni Torgan, a quarta Célula de Proteção Comunitária (Torre de Segurança) do Programa Municipal de Proteção Urbana (PMPU), localizada na Avenida Leste Oeste, em frente ao Cuca da Barra do Ceará (Regional I). Na solenidade, a presença do ex-prefeito de Médellin (Colômbia), Aníbal Gaviria. Amigo do prefeito e responsável por políticas públicas que ajudaram essa cidade colombiana a reduzir os índices de violência urbana, ele conferiu o ato e destacou ser fundamental a união da ação de polícia com projetos sociais.

Aníbal Gaviria, que veio a Fortaleza para dar palestra na Fiec nesta noite de quarta-feira,IEC, ouviu o prefeito Roberto Cláudio destacar que a troca positiva de experiências com o gestor colombiano tem grande relevância “porque Gaviria recebeu o título de “Cidade Mais Inovadora do Planeta” em 2013, pelo Wall Street Journal e o Urban Land Institute, graças a investimentos focados em políticas sociais. Foram anos de mudança e uma das marcas dele foi valorizar a segurança pública, entender que há um papel importante da municipalidade e que o investimento em educação é transformador e o mais eficiente modo de prevenção da violência”, disse.

Ao lado da torre, também foi instalado o Espaço da Cidadania, estrutura onde a população terá acesso a cursos, emissão de documentos e mediação de conflitos, dentre outros serviços. O equipamento será o ponto de apoio operacional para Policiais Militares e Guardas Municipais, com equipes compostas por 40 guardas municipais e 20 policiais militares.

(Foto – Divulgação

Rumo aos EUA – A Marcha dos Excluídos

Com o título “Rumo aos EUA: Macha dos Excluídos”, eis o Editorial do O POVO desta quarta-feira:

O mundo acompanha, entre indiferente e compassivo – com uma inclinação cada vez maior à compaixão – a marcha de mais de 7 mil migrantes da América Central (a maior parte hondurenhos) em direção aos Estados Unidos, em busca de trabalho e sobrevivência. Os caminhantes já andaram cerca de 700 km desde que deixaram San Pedro Sula, em Honduras, no último dia 13.

Famintos e sedentos – homens, mulheres, crianças e até bebês – dependem da caridade das populações por onde passam para matar a sede e a fome. São famílias e indivíduos que fogem da desestruturação social, do desemprego, da fome e da violência física. Esta última provocada por facções criminosas que atuam no tráfico de drogas e são extremamente violentas e impiedosas. Na verdade, atuam como verdadeiro estado paralelo, ao lado das instituições oficiais, em vários países centro-americanos e também no México, onde se constituem um verdadeiro flagelo.

Essa região também é muita afetada por uma estrutura fundiária muito concentrada nas mãos de poucos – geralmente voltada para monoculturas e com grande presença do capital americano. Sem terras para cultivar e sem emprego por causa das limitações na absorção da mão de obra desse tipo de empreendimento exportador, os excluídos só têm uma perspectiva de escapar de seu beco sem saída: migrar para o “paraíso” americano, no entanto fechado às suas pretensões. Ainda mais na era Trump, que pretende mantê-lo inacessível por trás de muros e cercas vigiadas por um verdadeiro exército de fronteira.

Os americanos, na verdade, têm muita responsabilidade pela situação aflitiva em que se encontram essas populações, pois historicamente, têm sustentado a inamovibilidade das estruturas geradoras de desigualdades sociais, a partir de alianças com as classes tradicionais “terratenientes”. Nunca deixaram de se imiscuir na política interna, patrocinando ou fechando os olhos a golpes de estado, regimes de exceção e repressão aos movimentos de expressão nativa. O último desses episódios foi o golpe que depôs o presidente Manuel Zelaya, em Honduras, retomando uma prática que já estava ficando esquecida, depois da queda das ditaduras no Continente, nos anos 80 e 90.

O presidente Donald Trump tem reagido com irritação e ameaças ao avanço da coluna de migrantes. Promete retaliações tantos aos governos – acusados de inertes – como diretamente aos migrantes que faltam percorrer 1.800 Km para chegar ao muro que separa o México do El Dorado americano.

(Editorial do O POVO)

Ceará vai ganhar o Observatório da intolerância Política e Ideológica

Mariana Lobo, defensora-pública-geral deve participar do ato.

A Defensoria Pública do Estado do Ceará, a Defensoria Pública da União no Ceará, a Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará e o Conselho Estadual de Direitos Humanos vão instalar, às 15h30min desta quarta-feira, o Observatório da Intolerância Política e Ideológica. O ato ocorrerá na sede da Defensoria Pública do Estado.

O Observatório terá o objetivo de ser uma central de denúncias e relatos de violência, mapeando, pelo prazo inicial de um ano, os casos de preconceito, discriminações e intolerância.

Haverá uma coletiva de imprensa durante o lançamento do organismo.

(Foto – Rodrigo Carvalho)