Blog do Eliomar

Categorias para Cidadania

Nova defensora-pública geral do Estado tomará posse no próximo dia 7

marinanalobo

Confirmado. A posse de Mariana Lobo como defensora-pública geral do Ceará para o biênio 2016-2017 ocorrerá às 17 horas do próximo dia 7. O ato ocorrerá no Auditório Jesus Xavier de Brito, da sede administrativa da Instituição (Avenida Pinto Bandeira, 1111, bairro Luciano Cavalcante), devendo ter a presença do governador Camilo Santana.

Mariana Lobo é a primeira defensora-pública geral eleita pela maioria da categoria, após a aprovação no Ceará das autonomias funcional, financeira e administrativa da Defensoria Pública do Estado. O defensor público geral é nomeado pelo governador, escolhido em lista tríplice formada pelo voto direto dos defensores públicos, para mandato de dois anos.

Ministro da Justiça anunciará em Fortaleza medidas de combate à corrupção

eduardocardiozaoo

O ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, anunciará, às 19 horas desta quinta-feira, ao encerrar a XII Reunião Plenária da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla), no Ponta Mar Hotel,m Fortaleza, ações para o enfrentamento desses crimes no ano de 2016.

Eduardo Cardozo estará no evento ao lado do titular da Controladoria-Geral da União, Valdir Simão, e do governador Camilo Santana, devendo dar uma coletiva após o encontro.

Durante quatro dias, representantes de mais de 60 órgãos dos Três Poderes, Ministérios Públicos e sociedade civil estiveram reunidos nessa plenária para avaliar os trabalhos desenvolvidos ao longo de 2015 e planejar ações que serão implementadas no próximo ano.

ABI pede ao STF suspensão do direito de resposta nos meios de comunicação

“A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) entrou uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para questionar a constitucionalidade da Lei 13.888/2015, que regulamentou o direito de resposta nos meios de comunicação. A entidade pede a suspensão da norma por entender que a lei ofende a liberdade de imprensa. O relator da ação é o ministro Dias Toffoli.

Na ação, a ABI sustenta que o texto copiou trechos da antiga de Lei de Imprensa (Lei 5.250/1967), não recepcionada pela Constituição de 1988, de acordo com decisão do Supremo, em 2009. “Chama a atenção o atropelo da lei ora impugnada em estabelecer prazos críticos, exíguos e irracionais copiados de uma lei retrógrada e que, em boa hora, não foi recepcionada pelo STF”, argumenta a ABI.

A associação afirma que defende o direito de resposta nos meios de comunicação, mas entende que o tratamento entre as pessoas que se sentirem ofendidas e os veículos de comunicação deve ser igualitário. “No entendimento da ABI, a arquitetura jurídica do texto, ora contestado, adota princípios de um regime de exceção, ao se mostrar desproporcionalmente desequilibrada, exigindo mais de uma parte que da outra, impossibilitando a aplicação de uma defesa ampla e irrestrita”, diz a entidade.

A lei foi sancionada pela presidenta Dilma Rousseff no dia 12 deste mês. O texto prevê que uma pessoa que se considerar ofendida por qualquer reportagem, nota ou notícia divulgada em um veículo de comunicação pode pedir direito de resposta, que deverá ser divulgada com o mesmo destaques da publicação original. O veículo tem sete dias para publicar a retratação espontaneamente, e, se o não fizer, o ofendido poderá recorrer à Justiça.”

(Agência Brasil)

O PT devia pedir desculpas aos brasileiros

156 1

Com o título “Delcídio do Amaral e a cartilha do PT”, eis artigo do jornalista Plínio Bortolotti, que pode ser conferido no O POVO desta quinta-feira. “A prisão do senador Delcídio do Amaral (PT), líder do governo no Senado, é apenas mais um círculo na descida aos infernos que o partido vem experimentando…”, diz Plínio aconselhando: o PT devia pedir desculpas aos brasileiros. Confira:

Recentemente o Partido dos Trabalhadores publicou um folheto com o título “Em defesa do PT, da verdade e da democracia”, procurando responder aos fatos que levaram vários de seus líderes à cadeia e arrastaram a sigla a um atoleiro.

A abertura, assinada pelo presidente do partido, Rui Falcão, dá o tom do que se lerá nas 30 páginas de texto: “Agora, mais que nunca, a escalada de mentiras, calúnias, factoides, distorções, manipulações sucedem-se na tentativa, cada vez mais evidente, de criminalizar o PT e – sonho sempre perseguido pelas classes dominantes – de riscar o partido do mapa brasileiro”.

O PT faz-se de vítimas das elites, mas se esquece de relacionar as próprias culpas.

O documento ataca o juiz Sérgio Moro; o ministro do STF Gilmar Mendes; o delegado da Polícia Federal Igor Romário de Paula; e o procurador do Ministério Público Federal Deltan Dallagnoll. De fato, Moro podia ser mais discreto e os demais deveriam falar menos – e demonstrar mais imparcialidade – em respeito à função que ocupam.

Reconhecer isso, porém, é diferente de atirar no lixo toda a investigação que vem sendo feita, como quer o PT. Mesmo que 90% da Operação Lava Jato fossem desmentidos, os 10% restantes seriam suficientes para configurar um escândalo.

A principal defesa do PT é dizer que os outros partidos fizeram malfeitos parecidos, acusando a imprensa de criminalizar apenas a sigla: pode ser. Porém, é uma linha equivocada, pois, se o partido se mantivesse limpo, nada grave seria encontrado contra ele. É impossível acusar de bêbado a um abstêmio.

A prisão do senador Delcídio do Amaral (PT), líder do governo no Senado, é apenas mais um círculo na descida aos infernos que o partido vem experimentando, desde que negociou sua alma com o diabo para se manter no poder.

Melhor seria se a direção do PT pedisse desculpas publicamente aos brasileiros. Talvez fosse o primeiro passo para tentar sair do buraco em que se meteu.

PS. Caso alguém queira ver a cartilha do PT: http://migre.me/sdud5

Plínio Bortolotti

plinio@opovo.com.br 
Jornalista do O POVO.

A naturalização da corrupção deve ser combatida

153 1
Eis o Editorial do O POVO desta quinta-feira, onde o mote é a prisão de Delcídio Amaral. Num trecho diz que “as ocorrências de ontem sugerem que o esquema de crimes que tomou de assalto a Petrobras continua funcionando mesmo com os desdobramentos da Lava Jato.” Confira:
A ocorrência incessante banaliza a corrupção. Cotidiana, a corrupção se incorpora à cultura política nacional e passa ser vista como um componente natural do jogo do poder, sua busca e sua manutenção. Justificados pelos fins, novos milionários do dinheiro alheio nadam de braçada nos propinodutos.

Pelo desenrolar dos acontecimentos, a Operação Lava Jato mostra que a naturalização da corrupção não tem mais espaço em nossa sociedade. Mostra um País fundado em instituições independentes do poder político cumprindo com as funções constitucionais que justificam as suas existências.

Ontem, novas prisões que deixaram o País perplexo. Delcídio Amaral, um dos parlamentares de maior desenvoltura na política brasileira, foi preso. O senador exercia a função de líder do Governo. Ou seja, representava o Governo do Brasil no Senado da República. É tudo muito grave.

Uma gravação flagrou o desenvolto senador a tramar crimes contra as instituições da democracia e contra a pátria. Na conversa, em tom calmo, como quem combina coisas comezinhas, o senador relata como abordará ministros do Supremo visando beneficiar um criminoso preso na Operação Lava Jato.

A audição é chocante. Em dado momento, o senador Delcídio relata como se estruturaria a fuga de um criminoso que já se tornou réu confesso. Sem pudores, diz contar com “a grana” de um banqueiro para financiar a operação de fuga e o salário do fugitivo no Exterior.

A gravidade do caso impõe que todas as instituições da democracia e da sociedade civil se manifestem. Até por que as prisões de ontem tiveram epicentro na política, mas causaram fortes tremores na economia. É óbvio que a crise política também vai ganhar contornos ainda mais complexos.

Como líder da Presidência da República, Delcídio tinha a responsabilidade de encaminhar importantes projetos de interesse público. Projetos que muito provavelmente vão sofrer mais e mais atrasos em sua tramitação.

As ocorrências de ontem sugerem que o esquema de crimes que tomou de assalto a Petrobras continua funcionando mesmo com os desdobramentos da Lava Jato. Nesse momento, é preciso que a sociedade permaneça atenta para que tudo continue se dando no mais rigoroso respeito ao estado de direito.

Prefeito Roberto Cláudio entrega horta social para idosos do Conjunto Ceará

O prefeito Roberto Cláudio vai inaugurar,às 11 horas desta quinta-feira, na Unidade Profissionalizante de Atendimento ao Menor Barros Pinho (UPAM), a primeira Horta Social de Fortaleza, localizada no bairro Conjunto Ceará (Regional V). O projeto de hortas sociais é voltado para idosos em situação de vulnerabilidade e foi idealizado pela Coordenadoria do Idoso da Secretaria Municipal de Cidadania e Direitos Humanos (SCDH), em parceria com a Secretaria de Trabalho, Desenvolvimento Social e Combate à Fome (Setra), Secretaria Regional V e Grendene.

Neste primeiro momento, o projeto contemplará os bairros Conjunto Ceará e Granja Portugal, localizados na Regional V. Na horta social, haverá a produção de hortaliças e legumes naturais e sem uso de agrotóxicos. Os idosos serão cadastrados por meio da Setra e terão acesso aos alimentos por meio da Bodega Solidária, local onde os legumes e hortaliças serão destinados para distribuição.

As Hortas Sociais serão geridas pela Prefeitura e terão a produção de hortaliças e tomates-cereja monitoradas, por meio de parceria, pelo curso de agronomia da Universidade Federal do Ceará (UFC), com previsão de sete toneladas do fruto no ciclo de três meses. Os idosos também poderão se cadastrar como voluntários para fazer o plantio na Horta Solidária. As próximas etapas do Projeto Horta Social contemplarão mais uma horta no Conjunto Ceará e outra na Granja Portugal.

(Site da Prefeitura de Fortaleza)

Laboratório de Estudos da Violência organiza debate sobre conflitos sociais e crimes violentos

“O Laboratório de Estudos da Violência (LEV), grupo de pesquisa vinculado ao Departamento de Ciências Sociais da UFC, promoverá, às 17 horas da próxima quarta-feira, o debate “Violência e conflitos sociais: uma análise do campo da segurança pública no Ceará”. O local do evento será o Auditório Luiz Gonzaga (área 3 do Centro de Humanidades, Av. da Universidade, 2995).

Segundo a organização do debate, o objetivo é compartilhar análises, interpretações e sugestões de pesquisadores da área, considerando o fato de que Fortaleza é uma das capitais com maior incidência de crimes violentos no Brasil. Temas como chacinas e a crise nos modelos policial e prisional serão debatidas.

Os palestrantes serão os professores Leonardo Sá e Fábio Paiva (ambos integrantes do LEV) e dois pesquisadores da Universidade Estadual do Ceará (UECE): Glaucíria Brasil, do Laboratório de Direitos Humanos, Cidadania e Ética (Labvida), e Geovani Jacó, do Laboratório de Estudos da Conflitualidade e Violência (Covio). A coordenação é do professor César Barreira, do Departamento de Ciências Sociais da UFC.

SERVIÇO

*Mais informações pelo telefone 85 3366 7425 ou no site do LEV.

Presídio Feminino receberá mutirão de limpeza

Nesta quinta-feira, das 7 às 17 horas, o Instituto Penal Feminino Desembargadora Auri Moura Costa (IPF) receberá o Mutirão da Limpeza de voluntários da Igreja Batista Central (IBC). Durante todo o dia, cerca de 45 voluntários – entre homens, mulheres e alunos de centros de recuperação de drogas, farão uma grande limpeza na área externa e interna do presídio. A Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) e a direção da unidade apoiam a ação.

Será feita a coleta de materiais reciclados e destinados aos recicladores de lixo da comunidade. Os voluntários também capinarão a grama em todo o terreno do presídio. Durante a tarde, está programada uma reunião com as internas, funcionários e voluntários para um momento de orações, louvor e entrega de lembrança de natal. Esta será a primeira vez que o presídio feminino recebe a ação do Mutirão da Limpeza. Ainda na programação dos voluntários está prevista para sábado, 28, a visita ao IPPOO II, como parte da programação de final de ano.

SERVIÇO

*Instituto Penal Feminino Desembargadora Auri Moura Costa – BR 116- KM 27/ Itaitinga

*Concentração dos voluntários: Café da manhã- às 6h30min, na
Igreja Batista Central – Rua Cruzeiro, 401, Ancuri, Quarto anel viário, BR 116.

OAB/CE promoverá a VII Caravana Social

A Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará, por meio da Comissão de Direito Previdenciário, promove, nesta sexta-feira, a VII Caravana Social. A ação ocorrerá na Praça Murilo Borges (BNB), no Centro, das 8 às 16 horas, ocasião em que serão realizados agendamentos para perícias e análises de concessão de benefícios.

De acordo com a entidade, o público-alvo são contribuintes da Previdência Social, entre os quais empregados domésticos, trabalhadores de carteira assinada, donas de casa, empresários, idosos e pessoas com deficiência. O evento é promovido pela Ordem em parceria com a Justiça Federal, Exército e INSS.

“O objetivo é disseminar o direito previdenciário para a sociedade, esclarecendo os direitos e deveres dos segurados e contribuintes da previdência sobre a concessão dos benefícios previdenciários e assistenciais”, explicou a presidente da Comissão de Direito Previdenciário, Regina Jansen.

 

Heitor Férrer: Governo tem que decretar estado de emergência na Saúde

187 1

foto heitor deputado

O deputado estadual Heitor Férrer (PSB) pediu, nesta quarta-feira, durante pronunciamento na Assembleia Legislativa, que o governador Camilo Santana (PT) decrete “estado de emergência do setor da saúde cearense.

“Enquanto foram gastos mais de meio bilhão de reais com a compra da Usina de Barbalha (R$ 15 milhões de reais), das quatro tuneladoras para o Metrofor (R$134 milhões), com a implantação e manutenção do programa Ronda do Quarteirão (R$ 240 milhões), construção do Acquario (R$ 140 milhões) e manutenção da Casa do Ceará em Brasília (R$ 65 mil por mês), faltam hoje recursos para custear os hospitais do estado”, expôs o parlamentar.

Segundo Heitor, o governo estadual “irresponsavelmente” fez a compra de todos esses equipamentos e o dinheiro está fazendo falta operar 12.943 pacientes que estão na fila desde 2009 no HGF, fora os demais hospitais. “Do que adianta o PIB do Ceará ter um percentual maior que o brasileiro, se nós estamos imputando ao povo tanto sofrimento? Paciente morrendo porque não tem cateter para fazer a hemodialise, falta antibiótico. O governo tem que decretar estado de emergência da saúde no Ceará, não tem outro caminho. As pessoas estão morrendo nas filas e dentro dos hospitais. Tudo isso por falta de gestão e de responsabilidade administrativa”, lamentou o deputado.

Ele citou ainda notícias veiculadas na mídia local que mostram as filas de espera no Hospital de Messejana e o fechamento de leitos de CTI no Hospital Geral.

Camilo participa de reunião em São Paulo com 14 governadores e empresários

camdidl

O governador Camilo Santana (PT) participou, besta quarta-feira, em São Paulo, do encontro Pacto pela Reforma do Estado. A ação é organizada pelo Movimento Brasil Competitivo. “Estou muito otimista com este momento. Reunir 15 governadores para discutir uma agenda para o País e debater com o setor produtivo é fundamental. E que ninguém construa esse pacto contra governo A ou B. Estamos todos a favor do Brasil”, disse Camilo Santana.

No encontro, participaram ainda os governadores Geraldo Alckmin (SP), Paulo Câmara (PE), Ricardo Coutinho (PB), Luiz Fernando Pezão (RJ), Marconi Perillo (GO), Paulo Hartung (ES), Fernando Pimentel (MG), Pedro Taques (MT), Confúcio Moura (RO), José Ivo Sartori (RS), Reinaldo Azambuja (MS), Marcelo Miranda (TO), Simão Jatene (PA) e Beto Richa (PR).

Camilo Santana falou, durante o encontro, sobre os problemas que a Região Nordeste têm enfrentado principalmente com relação à estiagem. “Temos vários ‘países’ dentro do Brasil. Estamos enfrentando o quarto ano consecutivo de seca, com probabilidade de entrarmos no quinto ano. Temos que ter olhares diferenciados para cada estado, para cada região”, acentuou.

Durante o Congresso Brasil Competitivo, realizado último dia 22 de setembro, em São Paulo, foi proposto o desafio de se criar uma coalização para repensar o Estado, que já conta com a participação de 16 governadores (os 15 presentes hoje e o Distrito Federal) e do Movimento Brasil Competitivo, além do apoio de líderes empresariais.

Esta coalização público-privada tem a missão de contribuir para um Estado mais eficiente e capaz de responder aos desafios da sociedade propondo uma agenda de transformações compartilhadas. Os debates terão foco na melhoria da oferta de serviços prestados à população, sendo o Estado um indutor e facilitador do desenvolvimento e da competitividade brasileira.

“Vejo este momento como histórico”, avaliou o empresário e presidente do Movimento Brasil Competitivo, Jorge Gerdau Johannpeter, que participou do encontro.

(Foto – Divulgação)

Wânia Dummar ganha a Medalha Boticário Ferreira

waniaia

A jornalista Wânia Dummar receberá, às 19 horas desta quarta-feira, na Câmara Municipal, a Medalha Boticário Ferreira. Trata-se de uma das mais importantes comendas do legislativo de Fortaleza.

Wânia, viúva do jornalista Demócrito Dummar, é também presidente do Conselho de Responsabilidade Social da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) e ganha a homenagem a partir de requerimento do vereador Paulo Diógenes(PSD).

Desenvolvimento Sustentável será debatido no Vale do Jaguaribe

moisesss

Nesta sexta-feira, a partir das 8 horas, na sede do Centro Vocacional Tecnológico (CVT) de Limoeiro do Norte, haverá mais uma audiência pública sobre Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário no Ceará. O evento reunirá 22 municípios do Vale do Jaguaribe, numa iniciativa do deputado estadual Moisés Braz (PT), presidente da Comissão de Agropecuária da Assembleia Legislativa.

Audiências do gênero já ocorreram em Sobral (região Norte), Crato (região do Cariri), Crateús (região Crateús/Inhamuns), Iguatu (Centro-Sul) e Quixeramobim (Sertão Central). O objetivo é debater o tema nas oito macrorregiões de planejamento do Estado. Esses encontros contam com a participação de entidades do movimento sindical, órgãos e instituições dos governos estadual e federal, Prefeituras, Câmaras Municipais, bancos de fomento, cooperativas e fóruns ligados à agropecuária cearense, entre outros.

Estarão presentes representantes dos municípios de Limoeiro do Norte, Fortim, Palhano, Aracati, Itaiçaba, Icapuí, Jaguaruana, Russas, Quixeré, Morada Nova, São João do Jaguaribe, Tabuleiro do Norte, Jaguaretama, Alto Santo, Jaguaribara, Potiretama, Iracema, Jaguaribe, Pereiro e Ererê.

Semace engaja-se na campanha nacional de limpeza de praias, rios, lagos e lagoas

hqdefault (1)

A Semace participará, no próximo sábado, da Campanha Nacional de Limpeza de Praias, Rios, Lagos e Lagoas. A ação terá início às 9 horas, na barraca Veraneio, no calçadão da Beira Mar, em frente ao Seara Praia Hotel.

A ordem é conscientizar a população sobre a importância e conservações dos recursos hídricos, bem como manutenção dos espaços de lazer e de contato com a natureza.

Ex-vereador Marcos Fernandes lançará livro no Clube Náutico

O professor Marcus Fernandes lançará, às 19 horas do próximo dia 4, no Clube Náutico, o livro “Vinte e dois pontos de Severino”.

Durante o lançamento, haverá a apresentação de um texto teatral sobre a obra, escrito pelo autor.

Marcus Fernandes, que já foi vereador de Fortaleza, terá obra apresentada pelo escritor e poeta Júlio Bonfim.

Campanha colaborativa quer publicar livro sobre remoção de comunidade em Fortaleza

259 1
637cb754-c5c3-4917-92be-6a040b75b89d
 

A jornalista cearense Danielle Fernandes criou uma campanha colaborativa para publicar o livro “Por um Trilho: Memórias de resistência”, na plataforma Benfeitoria. O objetivo é arrecadar fundos para a publicação impressa da obra, que foi o Trabalho de Conclusão de Curso da jornalista na Universidade Federal do Ceará (UFC).

O livro traz a história da comunidade Trilha do Senhor, em Fortaleza (CE), e retrata o conflito entre as comunidades do trilho e o poder estadual, em decorrência da implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), projeto que iniciou em 2010. A jornalista Danielle Fernandes começou a apuração sobre o tema em 2011 e concluiu o trabalho no primeiro semestre de 2015. Foram quatro anos de apuração, visitas à comunidade, entrevistas e escrita do material.

Para participar da campanha, é preciso acessar o site da Benfeitoria até o dia 13 de dezembro, data máxima em que os interessados podem contribuir e ajudar na publicação do livro. A colaboração custa entre R$ 20 e R$ 150 e, dependendo do valor, a pessoa recebe o livro e outros materiais, como um caderno artesanal.

O VLT desapropriou, até maio de 2014, 2.265 unidades habitacionais, de acordo com relatório do empreendimento. O livro mostra o cenário da comunidade entre casas demolidas e moradores a espera das indenizações, além da parte da comunidade que sobreviveu ao projeto.

SERVIÇO

Como participar da campanha?

Livro “Por um trilho: memórias de resistência”

Onde: Plataforma Benfeitoria

Quando: Até 13 de dezembro

Como: Colaborar com qualquer quantia e, de acordo com o valor, receber recompensas como o livro, o kit inspirado na história do livro e o caderno artesanal.

(Foto – Divulgação)

Descartes Gadelha receberá título de Doutor Honoris Causa da UFC

6470386d-561c-48f3-bbe3-e98d062a7859

O artista plástico Descartes Gadelha receberá título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Ceará., A cerimônia ocorrerá às 19 horas desta sexta-feira, no auditório da Reitoria da Instituição (Benfica), tendo à frente o reitor Henry Campos. O título é um reconhecimento à grandeza da trajetória artística de Descartes, marcada pela produção de um imaginário atento ao artístico e ao social, brotado da convivência com comunidades nordestinas marginalizadas.

Descartes Gadelha apresenta uma longa trajetória de exposições no Museu de Arte (MAUC) da UFC, sendo a primeira Civilização do Nordeste, em 1963. Seguiram-se Canindé: Canaã nordestina (1974); O santo, a fé, o homem e a terra (1983); Os catadores do Jangurussu (1989); De um alguém para outro alguém (1991); Cicatrizes submersas (1999); Iracemas, morenos e coca-colas (2004); O Caldeirão de fé (2008) e Retrospectiva (2013).

No dia 4 de setembro de 2014, foi oficializada a doação de 377 obras do acervo de Descartes Gadelha para a UFC, que englobam todas as exposições realizadas no MAUC, equipamento que já havia instalado, em 2006, a Sala Descartes Gadelha. Ao doar suas obras, Descartes Gadelha concedeu, também, o direito de edição das imagens. O artista doou ainda todos os estudos de cenários e figurinos realizados para a peça Moacir das sete mortes.

Eleição para procurador-geral de justiça será no dai 4 de dezembro

ministerio

A eleição para formação da lista tríplice visando à escolha de titular do cargo de Procurador-Geral de Justiça do Estado do Ceará, para o mandato de dois anos, ocorrerá no próximo dia 4, das 8 às 17 horas, na sede do órgão. Os candidatos, por ordem alfabética, são: o promotor de justiça João de Deus Duarte Rocha, a procuradora de justiça Maria Neves Feitosa Campos, o promotor de justiça Plácido Barroso Rios e a procuradora de justiça Vanja Fontenele Pontes.

A eleição é por voto secreto e plurinominal dos promotores e procuradores de Justiça em atividade, que poderão votar em até três candidatos. Encerrada a votação e formada a lista tríplice, a Comissão Eleitoral da PGJ encaminhará para o governador do Estado no primeiro dia útil imediato à eleição, caso não haja recurso.

O Chefe do Poder Executivo terá 20 dias, após o recebimento da lista tríplice, para nomear o novo PGJ para o biênio 2016-2017.

Fortaleza é sede do I Encontro Diálogos pela Paz

contardo_calligaris_frases

Com palestra de Contardo Calligaris, psicanalista, roteirista e colunista da Folha e do O POVO, terá início, às 19 horas desta quinta-feira, no auditório da Escola Superior da Magistratura, o I Encontro Diálogos pela Paz – Segurança e Cidadania. O encontro vai se estender até sábado.

Com um formato inovador, no qual os debatedores não estarão em volta de uma mesa, mas conversando entre si e com o público, o seminário reunirá pesquisadores nacionais e nomes de relevo locais para fomentar argumentos em torno de assuntos pungentes à sociedade. O evento é gratuito e aberto ao público.

Programação

*26 de novembro

Horário: 19 horas
Tema: Violência e Sociedade
Palestrante: Contardo Calligaris (psicanalista e colunista da Folha de São Paulo)

*27 de novembro

Horário: 9h às 11 horas
Tema – Violência
Debatedores: Alba Zaluar (antropóloga e professora da Universidade Estadual do Rio de Janeiro), Djalma Pinto (advogado) e César Barreira (professor titular da Universidade Federal do Ceará).
Mediação: Marcelo Roseno (juiz)

Horário: 14h às 15h30min
Tema – Violência, Mídia e Redes Sociais
Debatedores: Sílvia Ramos (doutora em Comunicação Social e jornalista) e Marcos Lima (Jornalista e apresentador da TV Diário). Mediação: Plínio Bortolotti (jornalista e diretor Institucional do O POVO)

Horário: 15h30min às 17 horas
Tema – Sistema Penitenciário Nacional
Debatedores: Camila Dias (professora da Universidade Federal do ABC) e Hélio Leitão (Secretário de Justiça e Cidadania do Estado do Ceará)
Mediação: Manuel Pinheiro Freitas (promotor)

Horário: 17 horas
Lançamento do livro Cadeia – relatos sobre mulheres, da antropóloga Debora Diniz

*28 de novembro

Horário: 9h às 10 horas
Lançamento do Livro Paradoxos no Cárcere, do teólogo nigeriano Cornelius Ozeokeke

Horário: 10h às 11h30min
Tema – O Presídio na Cidade e a Cidade como Presídio
Debatedores: Christian Ingo Lenz Dunker (psicanalista e professor da Universidade de São Paulo – USP) e Élcio Batista (sociólogo e Chefe de Gabinete do Governo do Estado do Ceará)
Mediação: Humberto Pinheiro (editor assistente da Fundação Demócrito Rocha e mestre em História Social/ UFC).