Blog do Eliomar

Categorias para Comunicações

Camilo assina com Angola Cables parceria em favor de um hub tecnológico

O governador Camilo Santana vai assinar, às 10h30min, na Praia do Futuro, com a Angola Cables, o memorando de entendimentos para viabilizar a infraestrutura que vai interligar o Data Center dessa multinacional entre Fortaleza e o Pecém, em São Gonçalo do Amarante (RMF), permitindo o desenvolvimento regional no campo das telecomunicações.

A partir da construção de um Data Center em Fortaleza interligado aos sistemas de fibra de óptica, a empresa potencializará a vocação natural do Estado do Ceará para o desenvolvimento de um hub de telecomunicações regional, permitindo o acesso e armazenamento de conteúdos digitais de dentro ou fora do Brasil, em uma infraestrutura de rede, com interconexão neutra, mas garantindo desde logo ligações privilegiadas à América do Norte e a África, através da qual todo o mercado poderá se beneficiar.

Nove municípios cearenses deverão migrar para o sistema digital de TV

Mais nove cidades cearenses terão, a partir do próximo dia 28, o sinal analógico desligado e passarão a receber apenas o sinal digital na transmissão da programação da TV Assembleia e demais emissoras de TV aberta.

Passarão pela mudança quatro municípios da região norte do Estado ‒ Forquilha, Massapê, Santana do Acaraú e Sobral ‒ e cinco municípios da região do Cariri ‒ Barbalha, Caririaçu, Crato, Juazeiro do Norte e Missão Velha. Dos 184 municípios cearense, 24 já contam com o novo sistema, nas demais cidades as transmissões analógicas serão suspensas até 2023.

Os telespectadores dessas cidades que não possuírem aparelho de TV digital deverão adquirir um kit conversor para receber a transmissão do sinal digital. As famílias atendidas por programas do Governo Federal podem receber gratuitamente o kit conversor.

SERVIÇO

*Para pedir o kit é só ligar gratuitamente para o número 147 ou acessar o site sejadigital.com.br, passar o número de identificação social (NIS) e fazer o agendamento para receber o material.

Brasil tem pior cenário de pluralidade da mídia em 12 países analisados

Um levantamento inédito revelou que o Brasil apresenta os piores indicadores para a pluralidade na mídia entre 12 países em desenvolvimento analisados. Os dados foram apresentados nessa sexta-feira (2), em Brasília, e fazem parte de uma iniciativa internacional que ganhou o nome de Monitor de Propriedade de Mídia (MOM, na sigla em inglês), organizada pela Repórteres Sem Fronteiras (RSF). No Brasil, a coordenação do estudo foi feita pelo Intervozes, entidade da sociedade civil que atua em defesa do direito à comunicação.

Ao todo, a pesquisa do MOM-Brasil mapeou 50 veículos e redes de comunicação em quatro segmentos: 11 redes de TV (aberta e por assinatura), 12 redes de rádio, 17 veículos de mídia impressa (jornais de circulação diária e revistas de circulação semanal) e 10 veículos online (portais de notícias). Esses meios de comunicação foram selecionados com base em índices de audiência medidos por institutos de pesquisa e no potencial de influenciar a opinião pública, o chamado agendamento.

Dos 10 indicadores examinados na pesquisa, incluindo proteção legal contra concentração de audiência e de propriedade, controle político de emissoras, controle político do financiamento e transparência na propriedade, o Brasil apresentou alto risco em sete deles. É pior do que o desempenho de países como Peru, Sérvia, Filipinas, Tunísia, Marrocos, Ucrânia e Mongólia.

“Entre os 12 países analisados até agora pela pesquisa, o Brasil foi o que apresentou o maior número de indicadores de alto risco para a liberdade de expressão, principalmente com base no grau de concentração da mídia”, afirma Emmanuel Columbié, diretor da Repórteres Sem Fronteiras na América Latina. Em março, serão divulgados os dados do México, país que tem características similares às do Brasil, em termos populacionais e de sistema de comunicação.

Em termos de concentração de mercado, por exemplo, o estudo apontou índices elevados, especialmente na televisão, a mídia mais consumida pelos brasileiros, em que as quatro principais redes (Globo, SBT, Record e Band) somam 71,1% de toda a audiência do país. Na mídia impressa, o grau de concentração também foi considerado de alto risco para a pluralidade de ideias, com 50% da audiência concentradas nos quatro principais grupos: Globo, Folha, RBS (que edita dois dos jornais de maior tiragem no país) e Sada (que edita publicações como o jornal Super Notícias, de Minas Gerais).

Até mesmo na mídia online foi encontrado alto grau de concentração, com os quatro principais grupos (G1, UOL, R7 e IG) dominando 58,75% do share de audiência. “O que esse estudo revelou é que temos no Brasil um cenário de oligopólio e de concentração excessiva dos diferentes tipos de mídia em poucos grandes grupos”, destaca André Pasti, integrante do Intervozes e coordenador da pesquisa no país.

A concentração da propriedade cruzada, quando um mesmo grupo controla diferentes veículos, também apresentou um resultado preocupante, segundo a pesquisa. Entre as 26 maiores redes, nove pertencem ao Grupo Globo, cinco ao Grupo Bandeirantes, cinco são controlados pelo Grupo Record e ligados à Igreja Universal do Reino de Deus), quatro pertencem ao grupo regional RBS (com atuação na Região Sul) e três pertencem ao Grupo Folha. Os veículos controlados pelo Grupo Globo atingem, na média ponderada, um total de 43,86% da audiência de todo o país.

Para a subprocuradora-geral da República Débora Duprat, titular da Procuradoria Federal de Defesa do Cidadão (PFDC), do Ministério Público Federal (MPF), os resultados da pesquisa apontam graves riscos para a democracia no país. “Democracia pressupõe participação ampla da sociedade na discussão dos temas de interesse público, e para isso o acesso à informação é fundamental. Na medida em que esse acesso é bloqueado ou filtrado por um processo de concentração da mídia, a própria democracia fica comprometida”, observa.

A pesquisa ainda registrou a forte participação de grupos religiosos na mídia, com a revelação de que controlam nove das 50 maiores redes do país. Também foram analisadas as principais lacunas regulatórias na legislação brasileira para os meios de comunicação.

(Agência Brasil)

Fetrace promove palestra sobre comunicação sindical nesta sexta-feira

A Federação dos Trabalhadores, Empregados e Empregadas no Comércio e Serviços do Estado do Ceará (Fetrace) promove nesta sexta-feira (12), a partir das 10 horas, no Centro, uma palestra com a jornalista Cláudia Gianotti, sobre comunicação sindical.

Viúva de Vito Gianetti, fundador do Piratininga de Comunicação, a jornalista abordará o tema “enfrentamento aos ataques à classe trabalhadora no governo Michel Temer”.

Encontro entre Temer e Sílvio Santos fica para 2018

Como a possibilidade de a reforma da Previdência ser votada neste 2017 foi para o espaço, Michel Temer e Silvio Santos cancelaram, por ora, a ida do presidente ao programa do apresentador e dono do SBT. A informação é da Coluna Radar, da Veja Online.

A ideia de Silvio Santos era aproveitar a presença do emedebista para bater bumbo em favor das mudanças nas regras previdenciárias.

A reforma, em tese, será votada em fevereiro. Por isso, Temer e Silvio Santos ficaram de arranjar uma nova data para se encontrarem em janeiro.

Projeto amplia potência das rádios comunitárias

A potência das rádios comunitárias poderá ser aumentada de 25 para 300 watts. Esse é o teor de um projeto (PLS 513/2017) que está em análise na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT). De autoria do senador Hélio José (PMDB-DF), a matéria aguarda a apresentação de emendas na comissão.

O senador argumenta que, diante da diversidade geográfica do Brasil, o atual patamar de 25 watts se mostra insuficiente para operação nas áreas de população esparsa, particularmente na zona rural. Com o aumento da potência, as informações divulgadas pelas rádios comunitárias poderão alcançar maiores distâncias.

Hélio José destaca que a alteração não visa possibilitar a cobertura de múltiplas comunidades, bairros ou vilas pela mesma rádio comunitária, o que desvirtuaria a essência desse serviço. A ideia, segundo ele, é viabilizar a operação do serviço em regiões rurais, nas quais a cobertura de uma única comunidade exige alcance maior que o atualmente estabelecido, em decorrência da dispersão dos moradores do campo.

O senador também explica que a potência máxima permitida não será adotada indiscriminadamente para todas as outorgas, mas caberá ao órgão regulador das telecomunicações estabelecer a potência a ser autorizada para cada rádio comunitária, de modo a preservar a característica da cobertura restrita do serviço.

O projeto ainda aumenta de um para três os canais específicos na faixa de frequência para as rádios comunitárias em frequência modulada. Hélio José diz que, com o desenvolvimento das rádios comunitárias pelo país, a limitação de um canal prevista na legislação (Lei 9.612/1998) inviabiliza, na prática, a operação das rádios em muitos locais, especialmente nas cidades mais densamente povoadas, nas quais operam simultaneamente diversas rádios comunitárias.

De acordo com o senador, em cidades maiores, com bairros adjacentes, a utilização da mesma frequência por todas as transmissões provoca interferências, impedindo uma adequada recepção do sinal.

Hélio José diz que as rádios comunitárias prestam um “relevante serviço de comunicação”, mas aponta que é necessário disponibilizar outros canais para sua transmissão, para minimizar as interferências que hoje existem.

(Agência Senado)

Quadrinista é proibido de usar boné com estrela vermelha em programa da Rede Globo

Convidado para participar da edição desta terça-feira (28) do programa Conversa com Bial, na TV Globo, o quadrinista Gabriel Bá foi impedido de utilizar um boné com uma estrela vermelha, semelhante ao utilizado pelo ex-líder cubano Fidel Castro. A estrela foi parcialmente coberta por fita isolante durante a gravação da entrevista.

De acordo com Gabriel, gêmeo do também quadrinista Fábio Moon, a produção da atração havia pedido para que símbolos políticos não fossem exibidos nas vestimentas.

Artista foi impedido de usar boné com estrela vermelha
Artista foi impedido de usar boné com estrela vermelha

“‘Evite números para que não haja associação a marcas ou partidos políticos’. Essa foi uma das dicas de vestuário da produção do programa. Mesmo assim, fui com meu boné verde com estrela vermelha, que trouxe do Vietnam. Tenho outros, mas gosto deste, do que ele representa. Foi minha escolha”, escreveu ele em publicação acompanhada de um desenho do boné com fita isolante.

Artista fez desenho do boné com a estrela proibida
Artista fez desenho do boné com a estrela proibida

“Chegando no estúdio, o pessoal do figurino, respondendo à diretoria do programa, disse que a estrela não ia rolar. Claro que não fiquei contente, mas eu fiz uma escolha antes: a de ir com o boné. Entre entrar com a estrela coberta ou entrar sem boné, escolhi o boné. E escolheria novamente. Poderia ser um tucaninho azul e amarelo ou um número 45, o logo da Adidas ou o escudo do Palmeiras. Seria coberto da mesma maneira. Prefiro ver agora esse debate todo e o povo refletindo do que simplesmente ter entrado sem boné”, completou o artista, um dos autores da adaptação para quadrinhos de Como falar com garotas em festas, baseado em um conto do autor britânico Neil Gaiman.

Outro lado

A Globo rebateu as acusações de ter cometido censura, mas confirmou que não autorizou o uso do boné com a estrela vermelha. “Existe uma orientação geral para que os convidados evitem roupas com marcas aparentes, e símbolos e números que remetam a partidos políticos. Esse cuidado reforça a isenção do programa. Não há qualquer tipo de censura ou restrição ao conteúdo da entrevista. Os convidados discorrem livremente sobre questões políticas e expõem opiniões pessoais”.

(Jornal do Brasil)

ACI comemora 92 anos de fundação em clima de homenagens especiais

A diretoria da Associação Cearense de Imprensa (ACI) definiu os nomes de quatro homenageados a serem agraciados com medalhas na sessão solene que a Câmara Municipal promoverá, no próximo dia 11 de dezembro, para marcar os 92 anos da entidade. São eles: jornalista Wânia Dummar, radialista Narcélio Limaverde, a ex-presidente da ACI, Ivonete Maia, e o diagramador Ítalo Araújo Vasconcelos (os dois últimos in memoriam). A iniciativa é da vereadora Larissa Gaspar (PPL).

Segundo o presidente da ACI, Salomão de Castro, os agraciados têm perfis variados e, de forma diferenciada, deram grandes contribuições à imprensa cearense. “São nomes relevantes para que possamos compreender como se construiu a imprensa em nosso Estado, além de personalidades que têm o amplo respeito dos colegas”, afirma.

*Confira abaixo os perfis dos homenageados:

Wânia Dummar: Nascida em Fortaleza, é graduada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Ingressou no grupo O Povo ainda como estudante universitária a convite do editor J.C. Alencar de Araripe. Atuou como repórter, noticiarista e editora. Integrou também a equipe que desenvolveu a criação do segundo caderno do jornal, hoje conhecido como Vida & Arte. Wânia Dummar é viúva do empresário e jornalista Demócrito Rocha Dummar, ex-diretor-presidente do Grupo de Comunicação O Povo. Hoje faz parte do Conselho Editorial do jornal.

 

 

Narcélio Limaverde: Com 63 anos dedicados ao rádio, atuou inicialmente na Ceará Rádio Clube, em 1º de fevereiro de 1954.Além do rádio, Narcélio Limaverde também tem paixão pela literatura. Ele é autor das obras “Senhoras e Senhores”, “Fortaleza, história e estórias – Memória de uma cidade” e “Fortaleza Antiga”. Na política, Narcélio foi o deputado estadual mais votado nas eleições de 1986.Aos 85 anos, Narcélio Limaverde é ouvido nas manhãs de segunda-feira a sexta-feira, na FM Assembleia (96,7 Mhz), no programa que debate tudo o que ocorre no Ceará, na política, na economia e no dia a dia das cidades.

Ivonete Maia: Nasceu em Jaguaruana (a 180 km de Fortaleza). Ivonete formou-se em Letras (Faculdade Católica de Filosofia) e em Jornalismo (na 1ª turma do curso da Universidade Federal do Ceará, de 1969). Trabalhou nos jornais O Nordeste, Gazeta de Notícias e O POVO e nas rádios Assunção e Verdes Mares.Foi professora do Curso de Comunicação Social da UFC e ocupou cargos de gestão também na Rádio Universitária e nas Edições UFC. Foi a primeira mulher a presidir um Sindicato de Jornalistas no Brasil (1981-1986) e a assumir a presidência da Associação Cearense de Imprensa (1989-1992 e 2008-2012). Ivonete Maia faleceu em 2012, aos 73 anos de idade.

Ítalo Araújo Vasconcelos: Membro da diretoria da Associação Cearense de Imprensa (mandato 2013-2016), trabalhou no jornal O Povo por mais de 40 anos. Passou pelo parque gráfico e atuou como diagramador do jornal, cativando muitos amigos nesse caminho. Em sua trajetória, atuou efetivamente militando na ACI e no Sindicato dos Jornalistas do Ceará, demonstrando assim seu comprometimento com as questões relativas ao cotidiano dos profissionais da imprensa. Faleceu em 11 de junho de 2017, aos 60 anos de idade.

(Fotos – Divulgação)

Missa da Ressurreição para o jornalista Newton Sales

A diretoria do Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce) está convidando a categoria para prestar homenagens ao jornalista Newton Sales, que morreu no último dia 11, aos 75 anos. Haverá celebração da Missa da Ressurreição em sua memória, a partir das 18h30min desta terça-feira, na capela do Colégio Santo Inácio, no bairro Dionísio Torres.

Associado ao Sindjorce desde 1970, sob o número 241, Newton Sales era membro da Crônica Carnavalesca, entidade que coordena a escolha do rei e da rainha do Carnaval de Fortaleza. Foi um grande incentivador do bloco de pré-Carnaval dos jornalistas do Ceará, o Matou a Pau…ta, prestigiando a agremiação com a presença da Corte Monina.

Newtinho, como era conhecido entre os colegas de redação, completou 54 anos de serviços prestados ao Sistema Verdes Mares, onde exercia o cargo de redator, na Rádio Verdes Mares. Era, portanto, o funcionário mais antigo do Sistema Verdes Mares.

Seja Digital continua distribuindo kits gratuitos para a TV Digital

A Seja Digital, entidade não governamental e sem fins lucrativos, continua distribuindo kits gratuitos, com equipamentos que permitem que televisores antigos tenham acesso ao sinal digital.

Famílias de Fortaleza e de outros 14 municípios da Região Metropolitana inscritas em programas sociais do Governo Federal, que têm direito ao kit gratuito, devem acessar sejadigital.com.br/kit ou ligar para 147 e realizar o agendamento o quanto antes, escolhendo data, horário e local para retirar os equipamentos.

O sinal analógico de TV foi desligado na região de Fortaleza no último dia 27 de setembro, após apresentação do resultado da pesquisa do Ibope que aferiu que 92% dos domicílios já estavam preparados para a TV Digital. A partir dessa data, mais de 1,2 milhão de domicílios em toda a região já estão assistindo aos canais abertos de televisão apenas pelo sinal digital, que transmite a programação gratuitamente com imagem e som de cinema.

Fortaleza, Sobral e Juazeiro já estão com 87% de cobertura da TV digital

A cobertura da TV digital na Grande Fortaleza, Sobral (Zona Norte) e Juazeiro do Norte (Cariri) está hoje em 87%.

A informação é da gerente do Seja Digital, Vejuce Oliveira, responsável em difundir e implantar a digitalização no Ceará.

Vejuce considera o ritmo do trabalho muito bom e se diz convicta de que o prazo de toda a digitalização da área será cumprido. O desligamento do sistema analógico de tevê ocorrerá no próximo dia 27.

 

Vice da Abert – Migração de AM para FM é uma exigência dos dispositivos móveis

A vice-presidente da Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), Marize Hartke, está entre convidados do Congresso Fala Norte e Nordeste de Radiodifusão, que será aberto às 18h30min desta segunda-feira, no Hote Praia Centro.

Em conversa com o Blog, a  vice-presidente da Abert informou como está o processo de migração de rádio AM para FM.

DETALHE – Durante o Congresso Fala Norte e Nordeste, o ministro das Comunicações e Tecnologia, Gilberto Kassab, vai assinar contrato garantindo a migração de 66 emissoras de rádio AM para FM. Esse processo terá apoio de uma linha de financiamento do Banco do Nordeste.

Presidente da Acert convoca para o Fala Norte e Nordeste 2017

Tudo pronto para o Congresso Fala Norte e Nordeste de Radiodifusão.

Começa a partir das 18h30min desta segunda-feira, no Hotel Praia Centro, devendo se estender, até quarta-feira, com uma vasta programação.

A presidente da Associação Cearense das Emissoras de Rádio e Televisão (Acert), Carmen Lúcia, está convocando todos do meio e interessados no tema a participar do congresso.

Ministro abrirá em Fortaleza o Congresso Fala Norte e Nordeste de Radiodifusão

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, vai abrir, às 18h30min desta segunda-feira, no auditório do Hotel Praia Centro, o Congresso Fala Norte e Nordeste de Radiodifusão. Com ele, estará o governador Camilo Santana (PT).

Na ocasião, Kassab assinará contratos de migração de 66 emissoras de rádio AM para FM no Ceará. Esse processo terá o apoio financeiro do Banco do Nordeste.

O Fala Norte e Nordeste é considerado um dos maiores congressos de radiodifusão do País e, nesta edição, contará com palestras, painéis, debates, workshops e feira de negócios, além da Jornada e Prêmio Aboio de Comunicação.

O tema central será “Inteligência Criativa Para a Geração de Negócios da Comunicação”, informa a presidente da Associação Cearense das Emissoras de Radiodifusão, Carmen Lúcia.

DETALHE – Antes desse evento, às 17h30min, Kassab vai se reunir com o presidente em exercício do Banco do Nordeste, Romildo Carneiro Rolim, e diretoria. Nesse encontro, estarão ainda presentes o presidente nacional da Finep, Marcos Cintra, e Patrícia Aguiar, gerente da Finep para o Nordeste.  Parcerias de projetos para a ciência e inovação para a Região.

SERVIÇO

*Confira a programação aqui.

(Foto – Agência Estado)

Congresso mantém vetos à lei que altera a estrutura da EBC

O Congresso Nacional manteve vetos presidenciais à lei que mudou a forma de escolha da direção da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Os vetos abarcam mudanças feitas pelo Poder Legislativo na proposta original.

Um dos pontos vetados previa que o Senado Federal deveria aprovar o diretor-presidente da empresa nomeado pelo presidente da República. Com a manutenção do veto pelo Congresso, a escolha fica a cargo do presidente da República como previa a lei original, sem necessidade de aprovação pelos senadores.

Foram mantidos ainda vetos a alterações que ampliavam as competências do Comitê Editorial e de Programação, instituído para substituir o Conselho Curador, que era formado por membros da sociedade civil. Fica vetado, por exemplo, que determinações do comitê sejam observadas pelos órgãos de administração da empresa. Também permanece vetado que o comitê delibere sobre os planos editoriais propostos pela Diretoria Executiva para os veículos da EBC.

(Agência Brasil)

Anatel dará coletiva em Fortaleza sobre implantação da TV Digital

O presidente do Grupo de Implantação do Processo de Distribuição e Digitalização  de TV e RTV (Gired)) e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Juarez Quadros do Nascimento, dará entrevista coletiva nesta terça-feira, às 11h30min, na sede do órgão. Ele vai falar sobre o desligamento da TV analógica na Região Metropolitana de Fortaleza.

Logo após, Juarez Quadros visitará o Ponto de Distribuição de Kits da Seja Digital, localizado na rua Herbene, 425, no bairro Messejana, quando fará a entrega do kit número 500 mil.

No total, deverão ser distribuídos cerca de 616 mil kits (antena, conversor e um controle remoto). As famílias cadastradas nos programas sociais do governo federal têm direito a receber gratuitamente o kit.

SERVIÇO

Gerência Regional Anatel – Avenida Senador Virgílio Távora, 2500 – Dionísio Torres -Fortaleza.

(Foto – Arquivo)

 

Governo da Venezuela determina fechamento de duas emissoras de rádio

15 1

As emissoras privadas 92,9 FM e Mágica 99,1 saíram do ar neste sábado (26) após o governo da Venezuela ter cancelado a renovação das concessões de ambas. As informações são da agência de notícias EFE.

Apesar de o cancelamento não ter sido confirmado oficialmente pela Comissão Nacional de Telecomunicações (Conatel), a presidente da Câmara de Rádio, Enza Carbone, divulgou a decisão do governo em um comunicado e convocou o órgão para uma reunião extraordinária.

“Lamento informá-los que a Conatel notificou as emissoras 92,9 FM de Caracas e Mágica 99,1 FM de que suas concessões não serão renovadas e ordenou o fim de suas transmissões”, disse Carbone. O gerente-geral da Rádio Caracas, Jaimes Nestares, também divulgou a informação no Twitter, e pediu que ambas sigam no ar.

O jornal venezuelano El Universal indicou que as duas rádios já foram, inclusive, substituídas por outras. “A emissora Corazón Llanero tomou posse da frequência da 92,9 FM e a Rádio Vinotinto FM já substituiu a Mágica FM”, afirmou jornal.

A oposição reagiu à decisão do governo. O deputado Tomás Guanipa afirmou que o governo segue promovendo censura e que agora acaba com algumas das rádios mais emblemáticas da Venezuela.

Há dois dias, os canais colombianos de televisão RCN e Caracol foram excluídos da programação da Venezuela por ordem da Conatel, que nos últimos meses também cortou o sinal de veículos estrangeiros como a CNN en Español e a Infobae.

(Agência Brasil)

Fortaleza é sede do I Encontro de Antenistas

Fortaleza será sede, a partir das 7h30min desta quarta-feira, no auditório do Sebrae, do I Encontro de Antenistas realizado pela Seja Digital, entidade não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar o processo de migração do sinal de TV no Brasil. O evento é voltado ao aprendizado e à geração de negócios.

Além de antenistas, o evento contará com a participação de representantes dos principais distribuidores e fabricantes do segmento. Os participantes poderão tirar dúvidas sobre o desligamento do sinal analógico de TV, previsto para acontecer no dia 27 de setembro na região metropolitana de Fortaleza, Juazeiro e Sobral, além de conferir palestra com o tema “Como potencializar seus serviços por meio das redes sociais”. Para encerrar as atividades, haverá um talk show e sorteio de brindes.

Seja Digital

A Seja Digital (EAD – Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) foi criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir para a população acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal.

Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico.

SERVIÇO

*Com vagas limitadas, o evento é gratuito e as inscrições já podem ser realizadas pelo email: cybelle.souza.ext@sejadigital ou pelo Whatsapp 9 9974 1696, .

*Sebrae – Avenida Monsenhor Tabosa, 777.