Blog do Eliomar

Categorias para Copa 2018

4 a 3 – Enfim, um jogo de Copa do Mundo

Em uma partida emocionante, até o último instante, a França venceu a Argentina, na manhã deste sábado (30), por 4 a 3, pela Copa da Rússia. A partida teve duas viradas de placar, com os argentinos desperdiçando a chance de empate no último lance do jogo. Com o resultado, a França garantiu vaga nas quartas de final e aguarda o vencedor de Uruguai e Portugal, que se enfrentam logo mais.

Griezmann, de pênalti, abriu o placar para a França, aos 13 minutos do primeiro tempo. Di Maria empatou, aos 41 minutos. Mercado virou para os argentinos, aos 3 minutos da segunda etapa. Pavard emparou, aos 12 minutos. Mbappe virou para os franceses, aos 19 minutos. O mesmo Mbappe, de 19 anos, ampliou, aos 23 minutos. Aguero diminuiu, aos 48 minutos.

(Foto: Reprodução)

Copa da Rússia: Sul-americanos e europeus abrem as oitavas de final neste sábado

 

França e Argentina, a partir das 11 horas, e Uruguai e Portugal, a partir das 15 horas, abrem neste sábado (30) as oitavas de final da Copa da Rússia. Os confrontos entre sul-americanos e europeus já definem a primeira partida das quartas de final, entre os vencedores dos dois jogos, na sexta-feira (6).

Das 16 seleções que ainda disputam o título mundial, 10 são europeias (França, Portugal, Bélgica, Espanha, Rússia, Croácia, Dinamarca, Suécia, Suíça e Inglaterra), quatro são sul-americanas (Argentina, Uruguai, Brasil e Colômbia), uma é norte-americana (México) e outra é asiática (Japão).

Oito seleções que compõem a parte de cima dos confrontos apontarão um finalista da Copa da Rússia. Além de França x Argentina e Uruguai x Portugal, ainda estão Brasil x México e Bélgica x Japão. Nessa parte está a melhor oportunidade de um país sul-americano chegar à decisão. Na parte inferior constam sete europeus e apenas um sul-americano.

Brasil e México entram em campo na segunda-feira (2), a partir das 11 horas, em Samara. De acordo com sites de apostas online, os brasileiros possuem 58.4% de vitória, contra 10,9% do México e 30,6% da vaga ser decidida em cobranças de pênalti.

(Foto: Arquivo)

Copa da Rússia – Decretado ponto facultativo na Judiciário do Ceará na próxima segunda-feira

A presidência do Tribunal de Justiça do Ceará decretou ponto facultativo na próxima segunda-feira, por ocasião do jogo do Brasil contra o México, marcado para as 11 horas, para os servidores da Judiciário do Estado. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

A medida altera ainda o horário de funcionamento das unidades judiciárias nos dias em que os jogos da Seleção Brasileira se iniciarem às 15 horas, para que funcionem das 8 às 13 horas.

Ainda em unção da Portaria de n° 1.259/2018, assinada pelo presidente do TJ, desembargador Gladyson Pontes, nesta quinta-feira, serão prorrogados os prazos processuais para o primeiro dia útil subsequente aos dias em que a Seleção Brasileira participará da competição, de acordo com o Código de Processo Civil (CPC).

Copa da Rússia – Três países brigam pelas últimas vagas nas oitavas de final

A última rodada da primeira fase da Copa do Mundo, com quatro jogos por dia, passou rápido. Hoje (28) é o último dia da fase de grupos. Ao todo, 14 países estão classificados para disputar as oitavas de final, em que cada jogo será eliminatório, no estilo mata-mata, ou seja, quem perder voltará para casa.

No grupo G, Inglaterra e Bélgica já estão classificadas. No grupo H, três times brigam por duas vagas e o Senegal pode ser a única seleção africana a avançar no Mundial da Rússia.

Senegal x Colômbia – 11h – Samara

Japão x Polônia – 11h – Volgogrado

Japão e Senegal lideram o grupo H, com 4 pontos ganhos, e têm a vantagem do empate para seguir às oitavas de final.

A Colômbia, com três pontos ganhos, precisa vencer o Senegal para garantir a vaga. Os colombianos até podem comemorar a vaga com um empate, desde que o Japão perca para a Polônia, que já não tem chances de classificação.

Na entrevista coletiva concedida antes da partida de hoje, o técnico colombiano José Pekerman elogiou o adversário. “Este jogo é decisivo, define quem avança à próxima fase. O Senegal chegou em boa forma e demonstrou isso nos dois últimos jogos. Acho que o jogo será muito intenso, competitivo. Espero que saiamos com a vitória”.

O treinador senegalês Aliou Cissé devolveu os elogios e acrescentou que o vencedor será aquele que controlar o meio de campo.

“A Colômbia tem alguns dos melhores jogadores internacionais. Eles podem variar o ritmo do jogo e são taticamente muito fortes. Nesta quinta-feira, jogaremos para vencer. A batalha no meio de campo será o ponto-chave”.

Inglaterra x Bélgica – 15h – Kaliningrado

Panamá x Tunísia – 15h – Saransk

O jogo da tarde entre a Bélgica e a Inglaterra será importante para observar a seleção que está mais bem preparada para a próxima fase.

As duas equipes, cotadas para chegar pelo menos até as quartas de final, ainda não foram testadas na Copa do Mundo. Enquanto a Alemanha e a Argentina passaram por jogos mais duros, belgas e ingleses enfrentaram o Panamá e a Tunísia, duas seleções muito inferiores tecnicamente.

Vale lembrar que a Inglaterra passou sufoco contra a Tunísia na estreia.

Já a Bélgica não teve trabalho para vencer até agora. Esse teste, no entanto, não será tão fiel. Os dois países terão mudanças no time titular. Já garantidos nas oitavas de final, sabe-se que os treinadores dos dois times pouparão titulares. Até o artilheiro do time belga, Lukaku, ficará de fora.

A outra partida será uma despedida dos dois figurantes do grupo. Se há algum atrativo no duelo entre o Panamá e a Tunísia, ele é a chance de o Panamá conquistar sua primeira vitória numa Copa do Mundo. Encerrado o jogo, as duas seleções voltam para casa.

Classificadas para as oitavas de final

Uruguai, Rússia, Espanha, Portugal, França, Dinamarca, Croácia, Brasil, Argentina, México, Suíça, Suécia, Inglaterra e Bélgica.

(Agência Brasil)

Neymar cai quatro vezes e decepciona torcedores que esperavam bebida grátis por cada tombo

Para quem esperava ficar embriagado à custa das quedas de Neymar, a vitória do Brasil por 2 a 0 sobre a Sérvia foi decepcionante. Aproveitando as críticas contra o atacante nos dois primeiros jogos da Copa do Mundo, contra Suíça e Costa Rica, onde ele caiu cerca de 20 vezes, bares prometeram distribuir doses de bebidas alcoólicas a cada queda do jogador. Contudo, diante dos sérvios, o atleta sofreu apenas quatro quedas. E nem o árbitro assistente de vídeo (VAR) ajudou os sedentos torcedores.

Nesse jogo, o brasileiro mostrou estabilidade em campo. Apesar de não ter balançado as redes adversárias, cresceu de produção e deu o passe para o gol de Thiago Silva. “Não estou reconhecendo o Neymar”, lamentava uma torcedora no fim do jogo no Boteco do Imprensa, no bairro Dionísio Torres, onde shots de vodka foram distribuídos a cada tombo do brasileiro.

“Estamos transmitindo todos os jogos da seleção, mas queríamos atrair mais público, então pensamos em fazer essa promoção, seguindo o que bares do Sul e Sudeste estão fazendo. Agora, só depende dele cair, ele tem de cair”, brincou Pedro Neto, proprietário do bar.

Foi a primeira vez que o designer de interiores Rennê Santos, 25, assistiu jogos da Copa no estabelecimento. Apesar de não acompanhar futebol, ele vestiu roupas com as cores de bandeira do Brasil e foi torcer. “Achei essa ideia da bebida (grátis) muito criativa. Confesso que estou torcendo mais pelo Neymar cair que pelo gol, mas quero a vitória também”, disse.

O espaço no bairro Dionísio Torres foi tomado por torcedores com olhares divididos entre o telão e o árbitro improvisado pelo bar para liberar a rodada de bebida. Contradizendo a tradição do futebol, neste caso, o juiz era ovacionado a cada aparição. Funcionário da administração, John Gomes recebeu um apito e dois cartões: um amarelo e um verde, indicando aos garçons se o tombo valeu. “Aqui não tem VAR, simulando ou não, libero bebida para todo mundo”, disse.

Diante da escassez de quedas, a torcida passou a “simular”, comemorando até quando outros atletas caíam. “A regra é clara, não foi ele”, tentava argumentar John, fazendo gestos sugerindo ter revisto o lance por meio do VAR. Após o segundo gol, com a classificação garantida, a torcida engrossou o coro pedindo que o atleta se jogasse no chão, mas não adiantou. Ao longo de todo o segundo tempo, apenas uma falta foi marcada. “Pensei que ia cansar de liberar bebida, mas ele caiu pouco”, lamentou John, o árbitro, após o jogo.

(O POVO Online / Foto: Mareus Dantas)

Brasil vence Sérvia com gols de defensores

Nem Neymar, nem Gabriel Jesus, nem Philippe Coutinho. Os nomes do Brasil na vitória sobre a Sérvia, por 2 a 0, nessa quarta-feira (27), pela Copa do Mundo, foram os defensores Paulino e Thiago Silva. Cada qual marcou para o Brasil em cada etapa.

Com o resultado, o Brasil ficou em primeiro lugar no Grupo E e agota joga contra o México, na segunda-feira (2), a partir das 11 horas. O Outro classificado no grupo foi a Suíça, que empatou em 2 a 2 com a Costa Rica. Mais cedo, a Alemanha foi eliminada com a derrota de 2 a 0 para a Coreia do Sul. A Suécia ficou em primeiro no Grupo F, ao venceu o México, por 3 a 0.

(Foto: Reprodução)

Alemanha é eliminada pela Coreia e cai logo na primeira fase da Copa

A seleção alemã está fora da Copa do Mundo da Rússia. Nesta quarta-feira, os atuais campeões mundiais entraram em campo contra a modesta Coreia do Sul em Kazan, pela última rodada do Grupo F, mas não só não conseguiram vencer a retranca adversária como também sofreram dois gols já nos acréscimos para saírem de campo derrotados por 2 a 0, graças a Kim Youn-Gwon e Son, e com a eliminação na primeira fase do Mundial, algo inédito na história do futebol do país.

O Mundial de 1994 foi o primeiro disputado pela Alemanha reunificada e de lá para cá a pior campanha do país em Copas foram as eliminações nas quartas de final nos EUA e em 1998, na França. Atual campeã do mundo, a Mannschaft não conseguiu exibir o futebol consistente que todos se acostumaram a ver há quatro anos e conquistou apenas uma vitória na Rússia, contra a Suécia, por 2 a 1, com o gol da virada marcado aos 50 minutos do segundo tempo.

Com a surpreendente derrota da Alemanha, quem avançou às oitavas de final no Grupo F foram México e Suécia. O time nórdico começou a rodada em terceiro lugar, mas foi eficiente diante dos até então líderes da chave e saíram de campo com 3 a 0 a seu favor, placar que assegurou a primeira colocação à equipe azul e amarela.

O jogo – A Coreia do Sul não deu brechas para a seleção alemã no primeiro tempo. Extremamente obedientes na parte tática, os sul-coreanos dificultaram a vida dos rivais na busca por espaço e só permitiram que eles chegassem ao gol pela primeira vez na partida graças à uma falha própria. Aos 13 minutos, Kim saiu jogando errado e deu a bola de presenta para Reus. O meia do Borussia Dortmund acionou Leon Goretzka pela direita, que, por sua vez, tentou o cruzamento para Timo Werner, livre na esquerda. A defesa asiática, porém, conseguiu se recompor na jogada e travou o passe, mandando para escanteio.

Com o time todo no campo defensivo e deixando Son, estrela do time, sozinho no ataque, a Coreia do Sul chegou poucas vezes ao gol de Manuel Neuer nos 45 minutos iniciais, mas quando chegou, levou perigo. Aos 18, Jung bateu falta direto para o gol, e o goleiro alemão, ao tentar encaixar a bola, a deixou escapar. Contudo, no rebote, ele foi mais rápido que o atacante adversário e conseguiu mandar para escanteio.

Posteriormente, aos 24 minutos, foi a vez de Son quase balançar as redes. O camisa 7 aproveitou a sobra do cruzamento e, dentro da área, soltou uma bomba, mandando rente ao ângulo esquerdo de Manuel Neuer.

Somente na reta final do primeiro tempo, aos 38 minutos, a Alemanha voltou a ameaçar. Antes disso, o time até vinha pressionando os sul-coreanos e marcando presença no campo ofensivo, mas sem reverter a superioridade em lances de perigo. A situação mudou de figura quando Ozil acionou Timo Werner na direita. Ao tentar bater, o atacante do Red Bull Leipzig foi travado, porém, logo na sequência, após escanteio, tocou para Hummels dentro da área. O zagueiro driblou o defensor rival e na hora que ia bater para o gol viu o goleirão sul-coreano sair de baixo das traves para ficar com a bola.

Segundo tempo

Já na etapa complementar a Alemanha não demorou para mostrar eficiência. Logo aos dois minutos, Kimmich cruzou na medida para Goretzka, livre no meio da área. O meia subiu sozinho e cabeceou firme, no canto direito do goleiro sul-coreano, que voou para fazer uma defesa espetacular e evitar o gol dos atuais campeões mundiais. Depois, aos cinco, foi a vez de os alemães chegarem pela esquerda com Ozil, que acionou Timo Werner dentro da área e viu o atacante pegar de primeira, tirando tinta da trave direita de Jo Hyeon-woo.

Precisando reagir o quanto antes para não depender de outros resultados para se classificar, o técnico Joachim Löw decidiu mexer na equipe já aos 13 minutos do segundo tempo, quando o experiente Mario Gomez entrou no lugar de Sami Khedira. Pouco depois, foi a vez de Thomas Müller substituir Leon Goretzka. A formação mais ofensiva por pouco não surtiu efeito após cobrança de escanteio aos 19 minutos. Werner ficou com a bola no segundo pau após cela atravessar toda a área e bateu no cantinho, mas mandou para fora.

Com a Alemanha praticamente inteira no campo ofensivo, a Coreia do Sul sabiamente apostou na velocidade de seus jogadores para surpreender os adversários no contra-ataque. Aos 20 minutos, Moon recebeu livre na entrada da área, porém, ao invés de bater, tentou mais um corte para clarear ainda mais a jogada e acabou desarmado. Já aos 32 minutos foia vez de Son mandar rente à trave direita de Neuer, levando a torcida asiática à loucura em Kazan.

A Alemanha, cada vez mais desesperada pelo gol, continuou martelando os sul-coreanos, mas não encontrava espaços para finalizar com mais precisão. Coube aos jogadores arriscarem de fora da área. Marco Reus, aos 38 minutos, mandou muito próximo ao ângulo direito do goleiro rival, mas não estufou as redes. Já aos 41 minutos, foi a vez de Hummels cabecear no meio da área, porém, não pegou em cheio na bola e levou as mãos à cabeça ao vê-la sair pela linha de fundo.

Para piorar, já nos acréscimos, a Coreia do Sul conseguiu abrir o placar com Gwon, que aproveitou a sobra da cobrança de escanteio para balançar as redes e acabar com qualquer esperança que a Alemanha tinha de evitar sua campanha vexatória no Mundial da Rússia. Como se não bastasse, o time asiático ainda ampliou com Son, que aproveitou a ausência de Manuel Neuer no gol para receber lançamento livre e apenas empurrar para o fundo das redes.

FICHA TÉCNICA

COREIA DO SUL 2 X 0 ALEMANHA

Local: Arena Kazan, em Kazan (RUS)

Data: 27 de junho de 2018, quarta-feira

Horário: 11h (de Brasília)

Árbitro: Mark Geiger (EUA)

Assistentes: Joe Fletcher (CAN) e Frank Anderson (EUA)

Gols: Kim Young-Gwon, aos 47 minutos do 2ºT, e Son, aos 50 minutos do 2ºT (Coreia do Sul)

Cartões amarelos: Jung, Lee, Moon e Son (Coreia do Sul)

COREIA DO SUL: Jo; Lee, Yun, Kim e Hong; J S Lee, Jung, Jang e Moon (Ju Se-Jong); Koo (Hwang) e Son

Técnico: Taeyong Shin

ALEMANHA: Neuer; Kimmich, Hummels, Süle e Hector (Brandt); Khedira (Mario Gomez) e Kroos; Goretzka (Müller), Özil e Reus; Werner

Técnico: Joachim Löw

(Gazeta Esportiva/Foto – AF Luiz Acosta)

Brasil X Servia – Hora de nervos à flor da pele?

Um a um, os grupos da Copa do Mundo vão se definindo. Esta semana, oito seleções já garantiram a permanência no Mundial e oito voltaram para casa.

Com os grupos A, B, C e D definidos, chegou a hora de os grupos E, o do Brasil, e F, da Alemanha. Nenhuma das duas seleções está garantida nas oitavas de final e há grande chance de que se encontrem na próxima fase, caso se classifiquem.

O Brasil joga às 15h de hoje (27) contra a Sérvia. Um empate já garante a classificação, ainda que em segundo lugar. Brasil e Suíça lideram o grupo, com 4 pontos cada. Para os sérvios, só a vitória interessa.

Os times do grupo do Brasil jogarão às 15h já sabendo quem será o primeiro e o segundo colocados do grupo F e como serão os cruzamentos das oitavas, caso passem.

O primeiro colocado de um grupo enfrenta o segundo de outro. Assim, o Brasil e a Alemanha, confirmando suas classificações, só não se enfrentam se ambos passarem em primeiro ou em segundo em seus grupos.

Alemanha x Coreia do Sul – 11h – Kazan

México x Suécia – 11h – Ecaterimburgo

Este é o grupo das calculadoras. Todos os times farão contas para saber o que precisam para continuar na Copa. A situação é tão incomum que até a Coreia do Sul, que perdeu os dois jogos até agora, ainda pode se classificar. Mas a situação dos coreanos é mais improvável. Precisam vencer a Alemanha por um placar simples e torcer para o México vencer a Suécia por dois gols de diferença.

O México, a sensação do grupo até agora com duas vitórias, pode ficar fora. Se a Alemanha vencer seu jogo e a Suécia derrotar os mexicanos, os três times terminarão a primeira fase com o mesmo número de pontos e os critérios de desempate resolverão o impasse.

O México entra na rodada com um saldo de gols (cálculo de gols feitos menos gols sofridos) de +2, enquanto Alemanha e Suécia estão com saldo zero. O saldo de gols é o primeiro critério de desempate.

Os alemães, que voltaram à vida no grupo após o gol no último lance contra a Suécia, precisam vencer o jogo contra o adversário mais vulnerável do grupo. A Alemanha ainda não mostrou a consistência do time que ganhou a Copa de 2014 no Brasil, mas é franca favorita para vencer o jogo e seguir no Mundial.

Brasil x Sérvia – 15h – Moscou

Suíça x Costa Rica – 15h – Nizhny Novgorod

Hoje é dia de Brasil em campo. E se o jogo contra a Costa Rica não foi fácil, a última partida da primeira fase promete ser dura.

O técnico Tite já confirmou que repetirá o time que começou a partida contra a Costa Rica. O Brasil deverá ter uma atenção especial com o jogo aéreo do adversário. Os atacantes sérvios são mais altos que a defesa brasileira.

“É verdade que a Sérvia é forte no jogo aéreo, mas eles também têm qualidades individuais. Temos condições de tentar neutralizar esses cruzamentos”, disse o treinador brasileiro.

Apesar de precisar mais da vitória do que o Brasil, o discurso da Sérvia é de respeito à Seleção Brasileira. A tendência é de que joguem a responsabilidade de atacar para o Brasil, fechando espaços e apostando em bolas paradas, como a Suíça fez.

O capitão do time sérvio, Aleksandar Kolarov, disse, em entrevista, que acredita na vitória. Os sérvios tiveram que responder a perguntas do tipo “é possível vencer o Brasil?”. As respostas foram sempre na mesma linha: o Brasil não é imbatível.

“Será um jogo difícil contra o Brasil, mas é a força mental que decidirá. Se formos ao jogo acreditando que podemos vencer, então poderemos”, disse Kolarov. Ele ressaltou, no entanto, que uma vitória passa por mais do que pelo pensamento positivo. “É fácil dizer ‘vou vencer’, mas o que você está pronto para fazer para vencer – isso é o que importa”.

Assim como o Brasil, a Suíça precisa de um empate contra a já eliminada Costa Rica para se classificar. Os suíços até podem se classificar com uma derrota, desde que a Sérvia perca seu jogo. Mas a expectativa é de que o time suíço tente o gol desde o começo da partida, já que mostrou força ofensiva para isso no jogo contra os sérvios.

(Agência Brasil)

Agências bancárias funcionam das 9 às 13 horas desta quarta-feira

Brasília (DF), 22/11/2016 – Edifício Banco do Brasil – Foto, Michael Melo/Metrópoles

As agências bancárias abrem hoje (27) em horário especial devido ao jogo da Seleção Brasileira de Futebol, às 15h. O funcionamento das agências será das 9 às 13 horas, segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Segundo a entidade, não há atendimento em horário de jogos do Brasil “por motivo de segurança das agências e de transporte de valores”. A Febraban acrescentou que a definição dos horários em dias de jogos da Copa foi feita de acordo com circular do Banco Central. Em dia de jogo às 9h, o atendimento ao público nas agências bancárias será das 13h às 17h. Quando a partida for às 11h, as agências abrem das 8h30 às 10h30 e das 14h às 16h. Em dia de jogo às 15h, o atendimento será das 9h às 13h.

A federação lembra que os bancos deverão afixar nas agências aviso sobre o horário de atendimento nos dias de jogos do Brasil, com antecedência mínima de 48 horas.

A Febraban lembra ainda que as instituições bancárias oferecem aos clientes alternativas como caixas eletrônicos, internet banking, aplicativo no celular (mobile banking) e operações bancárias por telefone. Esses canais de atendimento funcionam normalmente em horários de jogos.

(Agência Brasil)

Copa da Rússsia – Saiba o que funciona nesta quarta-feira de jogo do Brasil

O terceiro jogo da seleção brasileira pela Copa do Mundo da Rússia acontece nesta quarta-feira, 27. Nesta partida, o Brasil enfrentará a Sérvia às 15 horas (horário de Brasília). Em função dos jogos, principalmente os que acontecem nos dias úteis, os serviços de Fortaleza poderão ter horário de funcionamento alterado. Veja abaixo o que funciona e o que não funciona na Capital:

*Supermercados

Os supermercados da Capital fecham 30 minutos antes do jogo (14h30min) e reabrem 30 minutos após o final da partida, conforme a Associação Cearense de Supermercados, Acesu.

*Centro de Fortaleza

O Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas) informa que o funcionamento das lojas da cidade, bem como as do Centro, estará a critério dos proprietários, isto é, algumas podem fechar e outras podem continuar abertas.

*Postos de combustíveis

O funcionamento dos postos de combustíveis não sofrerá alteração em dias de jogos do Brasil, conforme o Sindicato dos Empregados em Postos de Serviço de Combustíveis e Derivados do Petróleo do Estado do Ceará (Sinpospetro).

*Enel

A Enel Distribuição Ceará montou um esquema especial de atendimento durante os jogos da Copa do Mundo, que envolve a área técnica e o atendimento ao cliente. A companhia manterá seu funcionamento normal durante todo o evento, com exceção apenas nos dias de jogos da seleção brasileira, onde as lojas de rua irão funcionar com expediente reduzido. No dia 27, o expediente será de 8 às 13 horas.

*Cagece

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) informa que funcionará pela manhã, em sua sede e nos postos de atendimento da Capital e do Interior, durante os jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo 2018.

Para atendimento nos dias de partida da seleção brasileira, é necessário entrar em contato com a companhia por meio dos canais de atendimento disponíveis, como a Central de Atendimento, pelo telefone 0800.275.0195.

Outras formas de fazer contato direto a Cagece são: por meio do Cagece Mobile (aplicativo gratuito, disponível para iOS e Android), ou por meio da Gesse, a assistente virtual da companhia, que atende pelo site www.cagece.com.br.

*Justiça do Trabalho

Nos dias em que os jogos do Brasil começam pela tarde, o expediente será de 7h30min às 13h30min.

*Tribunal de Justiça

Nesta quarta-feira, a Justiça estadual irá funcionar de 8 às 13 horas, de acordo com a portaria nº 1.061/2018, publicada no Diário da Justiça do dia 30/05. A portaria determina também a prorrogação dos prazos processuais para o primeiro dia útil seguinte aos dias dos jogos da seleção brasileira.

*Agências bancárias

De acordo com o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários do Ceará (SEEB/CE), as agências funcionarão de 9 às 13 horas.

*Metrofor

Em comunicado no site, a Metrofor informa que a operação das linhas será interrompida 30 minutos antes do início da partida, e será retomada 30 minutos após o encerramento. Esta medida será aplicada em todos os jogos da Seleção Brasileira, realizados de segunda a sábado.

Hospitais, UPAS e postos de saúde
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que todos os serviços de urgência e emergência (hospitais e UPAs) funcionarão 24 horas. Os postos de saúde funcionarão de 7 às 13 horas.

Shoppings

A assessoria dos shoppings North Shopping Fortaleza, North Shopping Jóquei e Via Sul Shopping informa que nos horários de jogos do Brasil, as lojas, quiosques e operações da Praça de Alimentação têm funcionamento facultativo, com abertura a critério de cada lojista.

*Shopping Benfica

Durante os jogos do Brasil na Copa, o Shopping Benfica funcionará em horário normal (segunda a sábado, das 10 às 22 horas e aos domingos, praça de alimentação, entretenimento às 11h30min; lojas, quiosques e box das 13 às 21 horas). Durante as transmissões, as operações poderão fechar 30 minutos antes do início dos jogos e reabrir até 30 minutos após o final das partidas.

*Shopping Iguatemi

Durante a quarta-feira, as praças de alimentação e lazer funcionarão de 10 às 22 horas; lojas têm funcionamento obrigatório de 10 às 14h30min e 17h30min às 22 horas. No horário de 14h30min às 17h30min, o funcionamento das lojas é facultativo.

*Shopping RioMar (Papicu e Kennedy)

O RioMar Fortaleza e o RioMar Kennedy funcionam com lojas, cinema, atrações de entretenimento e quiosques podendo fechar 30 minutos antes das partidas dos jogos da seleção brasileira e retomando 30 minutos depois do término. Os serviços públicos, Detran, AMC, Ministério do Trabalho e Etufor seguirão o funcionamento determinado por cada órgão.

(O POVO Online – Repórter Gabriele Zaranza)

Com gol de Messi e sofrimento, Argentina vence a Nigéria e segue viva

A Copa do Mundo da Rússia quase acabou para a Argentina. Nesta terça-feira, em São Petersburgo, o time que já havia sofrido para confirmar a sua vaga no torneio suou bastante para derrotar a Nigéria por 2 a 1 e evitar a eliminação precoce no grupo D. O astro Lionel Messi desencantou no primeiro tempo, mas Moses converteu pênalti para igualar o marcador no segundo. Aos 40 minutos, Rojo marcou o gol salvador.

Sem ter conquistado nem uma vitória sequer até então (antes, empatou também por 1 a 1 com a Islândia e perdeu por 3 a 0 para a Croácia), a Argentina assumiu a segunda colocação da chave, com 4 pontos ganhos, na rodada derradeira. Os líderes croatas tiveram 100% de aproveitamento, com 9, enquanto os nigerianos somaram 3 e os islandeses, apenas 1.

Enquanto Nigéria e Islândia se despedem, Croácia e Argentina iniciam preparação para as oitavas de final do Mundial. Os croatas, que derrotaram os islandeses por 2 a 1 também nesta terça-feira, jogarão contra a Dinamarca às 15 horas (de Brasília) de domingo, em Níjni Novgorod. Um dia antes, às 11 horas (de Brasília), os argentinos farão duelo de campeões do mundo com a França.

(Gazeta Esportiva)

Brasil e Sérvia: Rivais, mas nem tanto

222 1

Com o título “Brasil e Sérvia: Rivais, mas nem tanto”, eis artigo do jornalista Carlos Mazza, que pode ser conferido também no O POVO desta terça-feira. Ele expõe detalhes de um cenário político entre os dois Países e a Copa. Confira:

Prestes a entrarem em campo em polos opostos de partida decisiva, Brasil e Sérvia mantém relações bem distintas da rivalidade dos gramados na diplomacia internacional. Há mais de dez anos, somos o principal aliado ocidental da Sérvia na controversa questão da independência do Kosovo, declarada unilateralmente pela maioria albanesa da região secessionista em 2008.

A questão é pouco conhecida por aqui, mas voltou recentemente aos holofotes após jogadores suíços de raízes kosovares comemorarem gols na Copa do Mundo com gestos referentes ao símbolo da bandeira da Albânia. O impasse étnico pode parecer pouco para o Brasil – País besta que ainda insiste que índio só é índio se viver no mato sem calça nem celular –, mas está longe de ser.

Atualmente, mais de cem países – incluindo todas as grandes potências do G7 – reconhecem a independência do Kosovo, bancada pelos EUA contra normas do Conselho de Segurança da ONU. Do outro lado, a Rússia, junto com China e mais de 70 membros da ONU, incluindo o Brasil, tomam lado da Sérvia na disputa. Entre o mundo ocidental, principais aliados sérvios acabam sendo Espanha – muito mais por conta do próprio impasse étnico da Catalunha – e o Brasil.

O brasileiro nem sabe, mas tivemos inclusive protagonismo na questão. Nos anos 1990, Fernando Henrique Cardoso foi um dos principais líderes mundiais a se posicionar contra bombardeios da Otan na antiga Iugoslávia durante a Guerra do Kosovo. Em 2015, o governo Dilma Rousseff (PT) foi festejado após emitir visto sérvio para a então presidente do Kosovo, Atifete Jahjaga. Em passagem pelo Brasil para participar de evento com Rousseff, Jahjaga reagiu com indignação ao “presente” e cancelou a viagem. Anos depois, nem mesmo a ascensão do PSDB – bem mais simpático aos EUA do que à Rússia – ao comando da política externa nacional alterou relação amistosa entre brasileiros e sérvios na arena diplomática.

Inaugurada em jogo com time tradicional sérvio, o Estrela Vermelha de Belgrado, a Arena Otkritie deverá dar torcida maior para a Sérvia na partida decisiva contra o Brasil, valendo vaga nas oitavas. Vamos esperar que, só desta vez, o Brasil deixe um pouco as boas relações de lado.

*Carlos Mazza

carlosmazza@opovo.com.br

Jornalista do O POVO.

Copa da Rússia – O drama da Argentina de Messi

O drama da Argentina terá um capítulo decisivo hoje (26) na Copa do Mundo. A partida contra a Nigéria poderá ser a última do time e marcar o fim de uma geração talentosa, mas que nunca ganhou nada. Mais cedo, será conhecido o segundo classificado do grupo C. A França já está garantida nas oitavas.

Dinamarca x França – 11h, Moscou

Austrália x Peru – 11h, Sochi

A França está garantida nas oitavas de final e basta um empate para garantir a primeira colocação do grupo C. Para a Dinamarca, um empate também é lucro. Com 4 pontos, basta apenas mais um para ir à próxima fase. O técnico dinamarquês, Age Hareide, pregou o equilíbrio do time durante toda a partida.

“Nós realmente queríamos vencer a Austrália e, portanto, concedemos mais espaço a eles do que queríamos. Contra o Peru e a Austrália não controlamos a bola muito bem no último terço do jogo e isso temos que corrigir. Precisamos ser muito mais equilibrados contra a França”, disse Age.

O técnico francês Didier Deschamps não definiu o time que enfrenta a Dinamarca. “Eu tenho opções, então verei a situação de cada jogador, os cartões amarelos e como eu posso administrar o tempo de jogo deles”, explicou.

Aos australianos, só a vitória interessa. Com 1 ponto conquistado, precisam vencer e torcer por uma vitória francesa no outro jogo para continuarem no Mundial.

Nigéria x Argentina – 15h, São Petersburgo

Islândia x Croácia – 15h, Rostov

O fim do sofrimento argentino só depende dele, o time comandado por Jorge Sampaoli e liderado em campo por Messi. Depois de uma derrota incontestável contra a Croácia, os argentinos precisam juntar os cacos e vencer a Nigéria. Além da vitória, deverão torcer por um tropeço da Islândia. Caso argentinos e islandeses vençam seus jogos, a classificação será do time que tiver melhor saldo de gols.

À Nigéria, um empate só garante a classificação se a Islândia não vencer a Croácia. Contra os próprios islandeses, os africanos foram eficientes nos contra-ataques. A tendência é de que esse artifício seja novamente explorado contra a defesa lenta da Argentina.

A Islândia também luta por classificação e, segundo o técnico Heimir Hallgrimsson, o time não tem nada a perder hoje. “Não temos nada a perder neste jogo. Vamos dar tudo de nós e esperamos ter uma performance que orgulhe nossa nação. A Croácia é provavelmente um dos melhores times até agora. Se continuarem a jogar desta maneira, eles podem chegar até a final” afirmou.

(Agência Brasil)

Seleção brasileira treina tática contra jogo aéreo da Sérvia

Torcida confiante de que a equipe se classifique como primeira do grupo.

A seleção brasileira voltou a treinar hoje (25), com atenção especial na troca de passes e nas triangulações ofensivas, visando a vencer as defesas adversárias, o que tem sido o principal desafio da equipe na Copa do Mundo da Rússia. Durante o treino, Tite comandou um trabalho tático para aprimorar o posicionamento dos jogadores brasileiros nas bolas aéreas defensivas. O ponto forte da seleção da Sérvia, adversária do Brasil nesta quarta-feira (27), é o lançamento de bolas altas para a área.

O Brasil lidera o grupo E, com quatro pontos. Se vencer a Sérvia, a equipe garante o primeiro lugar, mas o empate também classifica a seleção brasileira para a próxima fase. “Fizemos um trabalho de bola parada defensiva já nos preparando para a Sérvia. A gente sabe que [a bola aérea] é uma jogada forte deles, e toda a equipe tem que estar preparada”, afirmou o auxiliar-técnico Matheus Bachi.

O trabalho foi realizado em campo reduzido, com o grupo dividido em três times de seis atletas, que se revezaram nas ações de ataque e de defesa. Danilo e Douglas Costa não participaram do treino com bola. Ainda se recuperando da lesão no quadril, Danilo foi a campo, mas para realizar circuito de atividades sob a orientação da fisioterapia. Com lesão muscular na coxa direita, Douglas Costa segue em tratamento intensivo.

Ainda hoje a seleção viaja de Sochi para Moscou, onde enfrentará a Sérvia. A partida está marcada para as 15h (horário de Brasília), no Spartak Stadium. No mesmo dia e horário, jogam Suíça e Costa Rica. A Suíça tem a mesma pontuação da seleção brasileira, mas menor saldo de gols. Sem pontos marcados, a Costa Rica já está eliminada da Copa da Rússia.

(Agência Brasil com informações da CBF)

Copa da Rússia – Fifa divulga horário e local de sorteios para definir classificados

A Fifa informou nesta segunda-feira (25) que caso haja empate em todos os critérios no grupo E da Copa do Mundo, em que a seleção brasileira está presente, haverá um sorteio na próxima quarta, às 17h (de Brasília), na Otkrytiye Arena, para definir os classificados para as oitavas de final. A federação internacional divulgou as datas e horários dos possíveis sorteios, a começar pelos grupos A e B, cujas últimas rodadas serão disputadas ainda hoje.

A seleção brasileira lidera o grupo E com quatro pontos, superando a Suíça, segunda colocada, no saldo de gols. A Sérvia, próxima adversária da equipe pentacampeã, tem três, enquanto a Costa Rica ainda não pontuou e está eliminada.

Datas, horários e locais dos possíveis sorteios (horário de Brasília)

– Grupo A: 25 de junho, às 13h, no Luzhniki.
– Grupo B: 25 de junho, às 19h, no Luzhniki.
– Grupo C: 26 de junho, às 13h, no Luzhniki.
– Grupo D: 26 de junho, às 19h, no Luzhniki.
– Grupo E: 27 de junho, às 13h, na na Otkrytiye Arena.
– Grupo F: 27 de junho, às 13h, na na Otkrytiye Arena.
– Grupo G: 28 de junho, às 19h, no Luzhniki.
– Grupo H: 28 de junho, às 13h, no Luzhniki.

(Agência Brasil com EFE)