Blog do Eliomar

Categorias para Criança

Alunos do ensino infantil aprendem a preservar a natureza

O Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado nesta terça-feira (5), está presente em várias escolas de Fortaleza, que aproveitam a data para repensar alternativas de preservação da natureza. Crianças exercem atividades que priorizam a sustentabilidade. A Expansão Educacional Creche-Escola, na Cidade dos Funcionários, desenvolve tarefas simbólicas e cultiva plantas com os alunos do ensino infantil.

A coordenação da escola acredita que o período é ideal, com ajuda da família, para educar e repassar aos alunos a lição de cuidar da natureza. Seja um jardim ou uma horta na varanda do apartamento.

(Foto – Divulgação)

Publicidade infantil enganosa terá pena em dobro

A Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados aprovou proposta (PL 2781/15) que duplica a pena para quem faz, promove ou divulga publicidade enganosa ou abusiva dirigida a criança. O texto foi aprovado na forma desubstitutivo apresentado pela relatora, deputada Maria Helena (MDB-RR).
Maria Helena apenas promoveu ajustes no substitutivo aprovado anteriormente pela Comissão de Seguridade Social e Família.

O projeto original, do deputado Vinicius Carvalho (PRB-SP), estabelece pena de detenção de 6 meses a 2 anos e multa apenas para quem patrocina publicidade enganosa ou abusiva dirigida a criança.

A proposta modifica o Código de Defesa do Consumidor (CDC, Lei 8.078/90). Atualmente, essa norma prevê pena de detenção de 3 meses a 1 ano e multa e não diferencia se a publicidade é dirigida a criança ou não.
Tramitação
A proposta ainda será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). Depois, seguirá para o Plenário.

(Agência Câmara)

TJ do Ceará entrega nesta terça-feira a 15 famílias documentos que oficializam adoção

A 3ª Vara da Infância e Juventude de Fortaleza realiza, nesta terça-feira (29), às 15 horas, no Fórum Clóvis Beviláqua, a entrega de 15 mandados de inscrição da sentença de adoção. Com esse documento, que marca o início de uma família, o cartório poderá fornecer um novo registro de nascimento às crianças adotadas, com os dados dos pais e avós. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

A desembargadora Maria Vilauba Fausto Lopes, presidente da Comissão Estadual Judiciária de Adoção Internacional (Cejai) do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), e a juíza Alda Maria Holanda Leite, titular da unidade judiciária especializada em adoção, vão conduzir o evento no auditório Agenor Studart.

Também nesta terça-feira, das 9 às 12 horas, haverá mobilização pela adoção no térreo do Fórum. A programação contará com a participação de magistrados, servidores, promotores de Justiça, defensores públicos e integrantes de grupos de apoio à adoção.

Procedimentos para adoção

Os pretendentes devem se dirigir ao fórum de sua comarca e apresentar os seguintes documentos: cópia autenticada da Certidão de Nascimento ou Casamento, Identidade e CPF; comprovante de residência; comprovante e/ou declaração de renda mensal dos requerentes; certidão negativa de distribuição cível/criminal; atestado de sanidade física e mental e dois atestados de idoneidade moral, cada um deles preenchido e assinado por pessoas diferentes, sem grau de parentesco com a parte e com firma reconhecida.

Em seguida, será solicitada a presença no curso psicossocial e jurídico. Após isso, os candidatos passarão por entrevista. Por fim, o processo é analisado por juiz e promotor, que fazem avaliação para saber se o candidato está apto a adotar. Se estiver, passará a integrar o CNA.

SERVIÇO

*Fórum Clóvis Beviláqua – Rua Desembargador Floriano Benevides Magalhães, 220 – Edson Queiroz.

Morte na creche: MP vai ouvir o prefeito

Da Coluna Eliomar de Lima, no O POVO deste sábado (26):

O caso da morte da menina Hannah Evelyn de Andrade, 4 anos, ao cair numa fossa, na hora do recreio, quarta-feira última, no Centro de Educação Infantil Professora Laís de Souza Vieira Nobre, será investigado pelo Ministério Público do Estado.

Em resposta a uma cobrança da Coluna sobre o episódio, uma tragédia, o procurador-geral de Justiça, Plácido Rios, informa: o caso foi distribuído para o promotor de justiça Antônio Gilvan Abreu Lima, que, a partir do momento em que receber cópias do inquérito policial, adotará todos os procedimentos que a matéria exige.

O promotor deve iniciar trabalhos de apuração na próxima semana, inteirando-se também das perícias feitas tanto sobre a morte da criança como nos aspectos técnicos relacionados à escola.

“A nossa investigação terá oitivas com a diretora da escola, professores, pais de alunos, secretária municipal da Educação, responsável pela Regional e também o prefeito”, adianta o promotor.

Ele garante que esse caso terá resposta. O promotor Antônio Gilvan se diz estarrecido com o fato.

Primeira-dama do Estado destaca projetos de atenção à saúde da criança

Com o título “Agentes de Saúde e a atenção à infância”, eis artigo da primeira-dama estadual Onélia Leite. Ela aborda projetos sociais do Governo na área da criança. Confira:

Como principal política de atenção à infância, o Governo do Estado, por meio do gabinete da primeira-dama, instituiu o Programa Mais Infância Ceará com a finalidade de contemplar as várias etapas do desenvolvimento infantil, numa atuação institucional multidisciplinar baseada nos pilares Tempo de Crescer, Brincar e Aprender. No Tempo de Crescer, propomos a construção de uma rede de fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, por meio de serviços e formações que contemplem pais, profissionais e outros envolvidos nos processos de atenção à criança.

Dentre uma das ações desse pilar está a formação de 15 mil agentes comunitários de saúde (ACS) em desenvolvimento infantil objetivando a implantação, o aperfeiçoamento e a elaboração de ações conjuntas de acompanhamento das gestantes e suas crianças por toda a primeira infância, com base na Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança – PNAISC. Essa ação de formação é executada pela Escola de Saúde Pública do Ceará – ESP-CE e Secretaria da Saúde do Estado – Sesa, em parceria com o Instituto da Primeira Infância – Iprede e o Fundo das Nações Unidas para a Infância – Unicef. O propósito da formação é promover a saúde integral mãe-bebê, favorecendo o fortalecimento de vínculo familiar e comunitário, evitando a violação de direitos na família e na sociedade.

O ACS realiza um trabalho preventivo, orientador e resolutivo no que diz respeito às garantias básicas de saúde no início da vida das crianças. Vale ressaltar a importância dos ACS como mediadores entre a comunidade e a equipe de Saúde da Família, por se encontrarem em contato com as famílias, indo aos lares, nos territórios mais longínquos, com ações educativas e preventivas e atuando nas situações de riscos. Cerca de seis mil agentes já concluíram o curso e até dezembro finalizaremos a formação dos 15 mil profissionais. Além disso, como reconhecimento, o Governo do Ceará garantiu o piso salarial da categoria em 2015, além de instituir, este ano, o adicional de insalubridade, demandas históricas da categoria. Essa é uma forma de valorizar esses profissionais que contribuirão para termos uma saúde de qualidade em nosso Estado.

*Onélia Leite de Santana

onelia.santana@stds.ce.gov.br

Psicopedagoga, primeira-dama do Ceará e presidente do Comitê Intersetorial das Políticas de Desenvolvimento Infantil (CPDI).

Morte na Creche – Entre a Dor e a Cobrança

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta quinta-feira:

O caso do piso que cedeu numa creche no bairro Ancuri causando a morte de Hannah Evelyn de Andrade Laranjeira, de 4 anos, causa revolta. Para alguns, uma fatalidade, mas, convenhamos, um piso cedendo é algo notado por qualquer um e, se no local havia uma fossa, deveria ter sido providenciado o reparo. O fato ocorreu ontem de manhã no Centro de Educação Infantil Professora Laís de Sousa Vieira Nobre. Houve feridos, comoção e nota da Prefeitura de Fortaleza lamentando e se solidarizando com a família.

Esse mesmo fato expõe a falta de manutenção em alguns equipamentos da Prefeitura. Também a ausência de fiscalização rotineira, num cenário onde o Paço Municipal tenta despejar reforma por cima de reforma de creches, praças e outros equipamentos públicos.

O momento é de dor, mas de cobrar responsabilidades dos que administram a estrutura pública desta cidade. O prefeito RC deu coletiva tentando evitar desgastes da gestão, alvo de opositores. Cabe, no entanto, ao Ministério Público e a Polícia Civil separar cenários e buscar respostas para que essa fatalidade, possivelmente previsível, não fique impune. Nem se repita.

(Foto – Repórter Igor Cavalcante)

Vila das Artes inscreve a criançada para oficina de teatro

A Escola Pública de Teatro da Vila das Artes está inscrevendo para a oficina “Jogo Teatral e Improviso no Palco”, com o facilitador Renato Rodrigues. Voltada ao público infantil, a inscrição pode ser realizada no link, até às 12 horas do dia 30 de maio. A informação é da assessoria de imprensa desse equipamento cultural da Prefeitura de Fortaleza.

Os interessados precisam ter entre 7 e 12 anos de idade e ter disponibilidade para participar do curso, que será dividido em duas turmas. A turma da tarde ocorrerá entre os dias 4 de junho e 4 de julho, nas segundas e quartas-feiras, das 14 às 16 horas. Enquanto a turma da manhã será do dia 5 de junho a 5 de julho, terças e quintas-feiras, das 9 às 11 horas.

A proposta da oficina é trabalhar o jogo teatral a partir da pedagogia proposta por Viola Spolin, além do improviso em caráter de vivência lúdica, relacionando proposições que surgirem nas aulas com os trabalhos realizados pelas crianças. Os participantes realizarão exercícios e experimentações que geram noções sobre a corporalidade, espacialidade e percepção cênico-interpretativa.

Facilitador da oficina

Renato Rodrigues é ator e diretor, com Licenciatura Plena em Teatro pelo Instituto de Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará (ICA-UFC).

Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é lembrado em Fortaleza

A Associação dos Conselheiros, ex-Conselheiros Tutelares e Suplentes do Estado do Ceará (ACONTESCE) acaba de lançar campanha de enfrentamento ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes no Estado. O evento, realizado na Sala das Comissões da Assembleia Legislativa, nessa quinta-feira, foi coordenado pelo presidente da entidade, Eulógio Neto.

Marcou o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes, que está sendo lembrado nesta sexta-feira.

O evento contou com diversos parceiros como a Secretaria de Políticas Públicas Sobre Drogas, a Assembleia Legislativa, a Câmara Municipal de Fortaleza e a Aprece.

(Foto – Divulgação)

Sest/Senat Fortaleza promove evento sobre proteção de crianças e adolescentes

201 1

O Sest/Senat Fortaleza promoverá, nesta sexta-feira (18), a partir das 14h30min, em sua sede, uma mesa redonda com o tema “Juntos pela proteção de crianças e adolescentes”. O objetivo é apresentar a importância do protagonismo do trabalhador do transporte e da comunidade em geral no papel de agente de proteção dos direitos da criança e do adolescente.

A atividade integra a programação pelo Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, e faz parte das ações que integram o Projeto Proteção, criado pelo Sest Senat com o objetivo de desenvolver ações socioeducativas para enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes. Isso, por meio da conscientização do trabalhadores do transporte e da sociedade em geral. Este ano, o Projeto Proteção passou a contar com a parceria da Childhood Brasil.

O psicólogo Alexandre Santiago, do Sest Senat Fortaleza, falará sobre o Projeto Proteção e suas principais ações no eixo de mobilização nacional. A FUNCI apresentará o Programa Rede Aquarela, que promove política de enfrentamento à violência sexual das crianças e adolescentes em Fortaleza. E Polícia Rodoviária Federal (PRF) mostrará o papel da instituição na proteção de crianças e adolescentes.

SERVIÇO

*Sest Senat Fortaleza – Rua Dona Leopoldina, 1050 – Centro).

(Foto – Divulgação)

Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão ganha uma brinquedoteca

O Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão (CIDH) vai inaugura, às 9 horas desta terça-feira, uma brinquedoteca. O objetivo é oferecer um espaço de lazer para crianças que fazem tratamento na unidade. Neste ano CIDH completa três décadas de prestação de serviços à população. Em comemoração aos 30 anos de atendimento, ações comemorativas para a educação e promoção da autonomia dos usuários têm sido realizadas no local.

“O tratamento pode trazer um desconforto. E o espaço recreativo vem como reforço. Brincando, a criança explora seu imaginário e diminui a ansiedade que a ida ao médico pode causar”, destaca Adriana Forti, endocrinologista e diretora do Centro.

São atendidos no CIDH crianças com diabetes tipo 1, puberdade precoce e baixa estatura. O encaminhamento para o tratamento no Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão é realizado através das unidades de atendimento primário.

(Foto – Arquivo)

Selo Unicef promove encontros de capacitação com 176 municípios

Gestores de 176 municípios cearenses que participam da edição do Selo UNICEF 2018 estarão reunidos com equipes do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e parceiros durante este mês de maio. Eles passarão por capacitações técnicas em políticas públicas para crianças e adolescentes. Em Fortaleza, o encontro ocorrerá nesta quinta-feira, com 77 municípios. Já no dia 15 será a vez de Juazeiro do Norte (Região do Cariri) e, dia 30 próximo, em Sobral (Zona Norte). A informação é da assessoria de imprensa desse organismo internacional.

Cada município será representado por dois gestores ligados à administração local, um representante do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e pelo menos um adolescente que participa do NUCA – Núcleo de Cidadania dos Adolescentes. O encontro contará também com a participação do representante do escritório do UNICEF no Ceará.

Também haverá um debate de orientação sobre direitos sexuais e reprodutivos de adolescentes e sobre participação juvenil.

Programação

10/5 – Fortaleza (Com representantes de 77 municípios)

Local: Condomínio Espiritual Uirapuru – CEU

Endereço: Av. Alberto Craveiro, 2222 – Castelão – Fortaleza/CE

Horário: Das 8h30 às 17h00

15/5 – Juazeiro do Norte (Com representantes de 51 municípios)

Local: Memorial Pe. Cícero

Endereço: Praça do Cinquentenário – Centro, Juazeiro do Norte/CE

Horário: Das 8h30 às 17h00

30/5 – Sobral (Com representantes de 48 municípios)

Local: Centro de Convenções

Endereço: Av. Dr. Arimatéia Monte e Silva, 300 – Campo dos Velhos, Sobral/CE

Horário: Das 8h30 às 17h00

DETALHE –  A edição 2017-2020 do Selo UNICEF conta com a participação de mais de 1.900 municípios de 18 estados brasileiros, que assumiram junto ao UNICEF o compromisso de implementar políticas públicas para redução das desigualdades e garantir os direitos das crianças e dos adolescentes previstos na Convenção sobre os Direitos da Criança e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Os municípios são agrupados, dentro de seus Estados, considerando suas características demográficas e socioeconômicas.

Deputada propõe a campanha “Maio Laranja”

Um projeto de lei de autoria da deputada Aderlânia Noronha (SD) quer instituir a Campanha “Maio Laranja” no Ceará. O objetivo, segundo a parlamentar, é fazer com que o mês de maio de cada ano seja alvo de campanhas, por parte do Estado no que diz respeito à conscientização, prevenção, orientação e combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes.

“Como ações de sensibilização para o mês “Maio Laranja”, proponho a realização de caminhadas, audiências públicas, debates nas escolas, concurso de redação entre os alunos da rede estadual de ensino, exibição de filmes, debates nos CRAS (Centro de Referência da Assistência Social), realização de seminários, oficinas temáticas, abordagem do tema em programas de rádio e TV, utilização da cor laranja simbolizando a campanha em prédios públicos, logradouros, instituições de ensino, religiosas etc”, explica a deputada.

Em conformidade com a campanha nacional, a cor laranja foi escolhida para funcionar como um “sinal de alerta”, despertando a consciência da população e de cada indivíduo para uma realidade que precisa ser combatida por todos os meios disponíveis.

Sensibilização

Aderlânia diz que com o projeto quer também sensibilizar profissionais das áreas de saúde e educação, assim como a sociedade em geral, sobre os aspectos, os sinais de identificação e as consequências da violência sexual contra crianças e adolescentes, dando publicidade aos canais de denúncias.

“Queremos ampliar o conhecimento da população e dos profissionais que trabalham direta e indiretamente com esses públicos alvos, ampliando as estratégias de denúncias e suas possibilidades de enfrentamento”, concluiu Aderlânia Noronha.

(Foto – Divulgação)

Medalha Boticário Ferreira – Carol defende politicas públicas na primeira infância contra desigualdades

Com trabalho voluntário em Fortaleza voltado à primeira infância e com ações de combate à desnutrição, a primeira-dama Carol Bezerra foi homenageada na noite dessa sexta-feira (27), no plenário da Câmara Municipal de Fortaleza, com a medalha Boticário Ferreira, maior comenda do Legislativo da capital cearense.

O presidente da Câmara Municipal, Salmito Filho (PDT), destacou que a homenageada tem a característica de como primeira-dama sempre compreender a ausência, a distância do prefeito e reunir esse perfil de compreensão e de apoio. “Sabemos da iniciativa ligada à primeira infância que ela lidera que tem grande importância para a cidade”, completou.

Já o vereador Carlos Mesquita (PROS), propositor da homenagem, disse que Carol Bezerra é uma pessoa altruísta, que se coloca no lugar do outro. “Honrada e compromissada com o povo de sua cidade. Espelho para mulheres, é uma mulher singular. Desde muito cedo decidiu que nunca deixaria de se indignar com as injustiças da vida”.

O prefeito Roberto Cláudio afirmou que Carol se tornou a fonte maior de inspiração e articulação dos órgãos da prefeitura em prol da primeira infância. “Ela nos ensinou a entender melhor os problemas e agir com mais eficiência. A militante, a mulher a guerreira que tem modificado o compromisso dessa cidade com a causa da primeira infância. Tenho orgulho e ser marido dela”, ressaltou.

Carol Bezerra disse que a homenagem é o reconhecimento das ações em prol das crianças e adolescentes. “Vivemos em uma cidade desigual, uma das estratégias para combater esse mal é incentivar politicas públicas voltadas para a primeira infância”, destacou.

“Priorizamos o projeto Criança Crescendo Feliz, com apoio da Secretaria de Educação, de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, do Ministério Desenvolvimento Social, Ministério da Saúde, BID, UFC e ao Instituto da Primeira infância (Iprede). Agradeço aos agentes de saúde e enfermeiros que atuam nesse programa. O objetivo principal é ampliar as competências dos cuidadores. Desde a implantação foram feitas mais de 40 mil visitas domiciliares e foram capacitados mais de 800 profissionais. É muito interessante ver uma criança quando é estimulada dá respostas que esperamos”, relatou a primeira-dama.

Perfil

Carolina Cunha Bezerra é bacharel em administração pela Unifor, graduada em Psicologia. Participou como bolsista do programa em Desenvolvimento da Infância em Harvard. Integra ativamente a administração municipal como voluntária, coordenando politicas pela primeira infância. Atua na mobilização pela aprovação da lei pela primeira infância, conferindo a Fortaleza o pioneirismo de ter um plano dedicado a crianças de 0 a 6 anos com base legal.

Articula no município a criação das Praça Amiga da Criança e Areninhas, além da implantação no Conjunto Palmeiras um projeto dedicado a crianças de 0 a 6 anos, por meio de financiamento para cobertura da educação infantil.

(Com a Agência Fortaleza / Foto: Divulgação)

Reino Unido faz campanha para proteger menores do uso de redes sociais

O Reino Unido procura proteger os menores do uso de redes sociais e, para isso, o ministro de Saúde britânico, Jeremy Hunt, afirmou neste domingo que o Governo não duvidará em endurecer as leis se estas plataformas não fizerem algo a respeito.

O titular de Saúde publicou hoje uma carta no jornal britânico “Sunday Times” dirigida às redes sociais Facebook, Twitter, Instagram e Snapchat, na qual os acusou de “fazer vista grossa” quanto ao impacto que o uso tem sobre as crianças.

Hunt deu um prazo de um mês para que informem sobre as medidas tomarão para proteger os menores ou, caso contrário, antecipou que o ministro de Cultura, Meios de Comunicação e Esportes, Matthew Hancock, está considerando endurecer a legislação.

“Me preocupa que suas empresas pareçam satisfeitas com uma situação na qual milhares de usuários descumprem seus próprios termos e condições quanto à idade mínima de acesso”, escreveu o responsável da pasta de Saúde.

“Temo que estejam fazendo vista grossa com toda uma geração de crianças que estão expostos aos daninhos efeitos secundários emocionais das redes sociais de forma prematura”, acrescentou.

Algo que qualificou de “moralmente incorreto” e “profundamente injusto para os pais” que têm que enfrentar a desagradável “escolha” de permitir que as crianças utilizem “plataformas às quais são muitos jovens para acessar” ou “exclui-las da interação social que frequentemente estão tendo a maioria de seus companheiros”.

Atualmente, a idade mínima para acessar o Facebook, Instagram, Twitter e Snapchat é de 13 anos, ainda que esta última conta com uma versão para menores de 13.

“Estou preocupado com os meus filhos, de 3, 6 e 7 anos, porque a excessiva dependência das redes sociais está sendo normalizada”, lamentou o político, que pediu que as autoridades revisem o impacto destas tecnologias na saúde mental dos jovens.

A presidente do Real Colégio de Psiquiatras do Reino Unido, Wendy Burn, concordou com o ministro ao considerar que “a autorregulação” das redes sociais neste terreno “fracassou”.

Por sua vez, o diretor de políticas do Facebook, Karim Palant, manifestou que seu grupo dá “as boas-vindas ao compromisso do ministro de Saúde” e assegurou que “compartilha sua ambição de criar um ambiente seguro e de apoio para os jovens ‘on-line'”.

Nesta semana, o ministro de Cultura, Meios de Comunicação e Esportes se reunirá com 17 representantes das redes sociais mais populares entre os menores de 18 anos, entre elas, Facebook, Google, Instagram, Snapchat, YouTube, Twitter, AskFM, Tumblr e Pinterest, para abordar este assunto.

“Se não pudermos confiar em suas políticas, deveremos tomar a ação e não duvidaremos em endurecer a lei”, afirmou Hancock.

O debate ocorre após o escândalo que envolveu o Facebook, ao ser revelada a filtragem de dados de milhões de usuários da rede social.

(Agência Brasil com EFE)

Iprede precisa da doação de leite em pó

O Iprede está com seu estoque de leite e alimentos com baixo volume. Por conta disso, a entidade, que trata de crianças desnutridas, pede ajuda. A doação pode ser realizada no próprio instituto, das 7 às 17 horas, no bairro Cidade dos Funcionários.

O instituto atende atualmente cerca de 100 crianças de zero a seis anos, informa o coordenador de ações sociais do Iprede, João Victor Furtado. São necessárias 450 latas de leite em pó por dia.

Governo do Ceará realiza solenidade de formação para expansão do Padin

O Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), realiza na segunda-feira (16), às 8h30, a solenidade de abertura da Formação para Expansão do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Infantil (Padin) com a presença da primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, e do secretário da Educação em exercício, Rogers Mendes. O encontro ocorrerá até a próxima sexta-feira (20), na Colônia Ecológica do Sesc Iparana, em Caucaia, e tem o objetivo de aprofundar os conhecimentos de cerca 350 educadores que atuarão diretamente com as famílias das crianças de 0 a 3 anos de idade, beneficiadas pelo Programa.

Em 2017, mais de 500 professores e técnicos de Educação Infantil das redes públicas de ensino municipal e estadual participaram da formação. Neste ano, além dos novos representantes dos 35 municípios que integram o projeto-piloto, estarão presentes os Agentes de Desenvolvimento Infantil (ADIs) e supervisores das 15 novas cidades que implementarão a iniciativa em 2018 e dos sete municípios que desenvolvem o programa em comunidades indígenas e quilombolas. As atividades seguirão até a sexta-feira (20), com palestras no período da manhã e oficinas à tarde.

Neste ano, as ações do Padin são desenvolvidas em 48 municípios. Em fevereiro, o Governo do Ceará anunciou a expansão para 15 novas cidades. Serão investidos R$ 2,1 milhões no Programa em 2018.

Lançado em junho de 2016, o Padin tem como finalidade formar competências familiares necessárias para garantir o bem-estar físico, emocional, social, cultural, a linguagem, o desenvolvimento cognitivo, as habilidades de comunicação e os conhecimentos gerais na primeira infância. O Programa visa apoiar as famílias em condições de pobreza e vulnerabilidade social no cuidado e na educação de suas crianças de 0 a 3 anos e 11 meses, prioritariamente que ainda não têm atendimento à creche, realizando visitas domiciliares, encontros coletivos e comunitários para acompanhar e orientar as mães, os pais e os cuidadores das crianças nessa faixa etária.

No ano passado, o programa atendeu 2.711 famílias. Neste ano, serão 4.282 famílias assistidas. Atualmente, a iniciativa envolve 48 supervisores e 384 Agentes de Desenvolvimento Infantil.

A ação faz parte de um dos eixos do Programa Mais Infância Ceará, idealizado pela primeira-dama Onélia Santana, que consiste em três pilares: Tempo de Brincar, Tempo de Crescer e Tempo de Aprender. “A ideia é levarmos o Padin para todo o Estado. Para isso, vamos continuar acompanhando de perto o atendimento às famílias, garantindo o desenvolvimento das competências das crianças por meio do vínculo familiar para que se tornem adultos com uma boa formação intelectual e emocional”, destaca Onélia Santana.

“O Governo do Ceará tem um olhar especial para as crianças e nós da Seduc tratamos com muito empenho esta área do desenvolvimento infantil”, ressalta Rogers Mendes.

(Governo do Ceará / Seduc)

Salmito aponta papel do Legislativo na garantia de direitos de crianças e adolescentes

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), participou, na noite dessa quarta-feira (11), no Hotel Plaza Praia Suites, na Praia de Iracema, da abertura do Capacita Brasil. O evemnto aborda o Sistema de Garantia de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes (SGDCA) no país. Salmito destacou o papel do Legislativo na garantia desses direitos.

Em sua segunda edição, o Capacita Brasil segue nesta quinta-feira (12) e será encerrado nesta sexta-feira (13). A atual edição pretende consolidar o marco no Nordeste para os eventos formação continuada para os membros do SGDCA, tanto pela sua estrutura e quanto pelo conteúdo que será aplicado e renovado, garantindo melhor aprendizado e dinâmica para o exercício das atribuições dos profissionais do segmento.

(Foto – Divulgação)