Blog do Eliomar

Categorias para Cultura

Secretário da Cultura pedirá ao governador a convocação imediata dos concursados

O secretário da Cultura do Ceará, Fabiano Piúba, terá reunião com o governador Camilo Santana (PT) dia 25 próximo. Na ocasião, ele vai apresentar o Plano de Gestão e Aão Cultural 2019/2020 e acertar detalhes financeiros sobre algumas ações deste semestre.

Fabiano Piúba, que vem sendo cobrado no que diz respeito aos aprovados no concurso da pasta, quando passaram 103 profissionais, informa que, nessa mesma reunião com Camilo, pedirá ao governador a convocação imediata desse grupo.

(Foto – O POVO)

Lei Rouanet – Bolsonaro dará o crivo nas mudanças

A alteração da Lei de Incentivo à Cultura (8.313/91), a chamada Lei Rouanet, será definida com o presidente Jair Bolsonaro, informou hoje (1) o ministro da Cidadania, Osmar Terra. Bolsonaro, que estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, teve alta nesta quarta-feira e deverá retomar aos poucos às atividades.

Osmar Terra defendeu uma Lei Rouanet mais abrangente. “Temos que democratizar mais. A Lei Rouanet está muito concentrada em Rio, São Paulo, muito concentrada em grandes eventos, grandes artistas com o valor muito grande para isso”, disse o ministro.

O ministro lembrou que, desde a sua criação, em 1991, a norma já passou por várias mudanças e destacou que a nova versão deve incluir novos talentos e eventos culturais. “A gente pode diminuir o valor, buscar novos talentos, estimular eventos que revelem novos talentos, distribuir os recursos mais no território nacional”, disse Terra.

Conforme o ministro, as estatais são responsáveis por boa parte dos patrocínios e poderão seguir uma espécie de instrução normativa do governo para escolher projetos e “democratizar o processo”.

Sobre o percentual de gratuidade de eventos com apoio da norma, Terra disse que pode chegar a 40%, “dependendo do percentual da cobertura do custo” com incentivo da Lei Rouanet.

“Todos os eventos que tiverem patrocínio da Lei Rouanet devem ter um tipo de atividade voltada para área social, capacitação, apresentação onde não iria se apresentar, em bairros periféricos”, acrescentou.

(Agência Brasil)

Petrobras vai cortar todos os patrocínios para teatro e cinema

406 4

A Petrobras decidiu suspender todos os patrocínios a cinema e teatro – mantendo, porém, os contratos já existentes. A informação é do jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo.

O plano da estatal é concentrar sua verba em educação infantil, ciência e tecnologia.

As ações sociais nas comunidades próximas às operações da Petrobras, incluindo patrocínios à cultura popular, também serão mantidas.

Centro Cultural Banco do Nordeste homenageia Bob Marley durante todo o mês

457 1

A programação de fevereiro do Centro Cultural Banco do Nordeste Fortaleza homenageia os 72 anos do nascimento do cantor Bob Marley. Neste sábado, 9, o espaço receberá o Reggae só com Elas, em que intérpretes mulheres apresentarão releituras dos maiores sucessos do ritmo jamaicano.

As cantoras cearenses Babs, vocalista da banda Soul Jah; Paula Soul; Roberta Kaya; Pamella Ximenes e Raquel Camelo comandarão o som. A iniciativa tem por objetivo apoiar e fomentar a participação de mulheres na cena do reggae na capital.

Ao longo do mês, às quartas-feiras, às 12h, o Viva Bob Marley apresentará vários artistas com homenagens ao cantor jamaicano em edições especiais do projeto Cardápio Musical. Na próxima semana, no dia 13, será a vez de Assum.

Também se apresentarão no Cardápio Musical: Júlio Jamaika, no dia 20, e Glauber Holanda, que encerra o mês de homenagens ao “rei do reggae” no dia 27. A entrada é gratuita e a classificação etária é livre em todos os eventos.

SERVIÇO

O quê? Reggae só com Elas

Quando? Dia 9, sábado, às 18h30

Onde? Centro Cultural Banco do Nordeste Fortaleza (Rua Conde d’Eu, 560 – Centro)

Classificação livre

(Centro Cultural Banco do Nordeste)

Raimundinha abre a oitava edição do Terça de Graça, no Cineteatro São Luiz

O humorista Paulo Diógenes, por meio da personagem Raimundinha, abre na terça-feira (5), a partir das 18h30min, no Cineteatro São Luiz, no Centro de Fortaleza, a oitaca edição do Terça de Graça. A entrada é gratuita – e isso não é piada.

O espetáculo “Nós Somos Uma Comédia!” tem a participação especial de Dudé Torres,
intérprete de Zuleica. O terça é de Graça conta com o apoio institucional do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura, com apoio ainda da Enel.

“Nossa meta é promover espetáculos de alta qualidade e também qualificar novos talentos, via oficinas. A cereja do bolo, em 2019, é a exposição que faremos com a história do humor cearense”, ressaltou o humorista e empreendedor Bené Barbosa, idealizador do projeto.

(Foto: Divulgação)

Brasil, as cinzas do golpe

263 1

Em artigo no O POVO desta sexta-feira (1º), o cineasta e escritor Rosemberg Cariry aponta que a nação brasileira se encontra em processo de desconstrução acelerada. Confira:

Basta um olhar mais atento sobre os noticiários, para perceber que o mundo vive abalado por uma grave crise civilizacional, em que o poder econômico e as manifestações da thanatos-política estão devorando vidas e destinos, territórios de paz e liberdade, nestes tempos de agonia da modernidade e de imposição aterrorizante do projeto neoliberal, em escala global, onde se agiganta o império dos simulacros e das maldades, palco do grande fracasso da promessa igualitária e fraterna dos iluministas.

Por ser campo de experimento de extremadas perversidades, que ferem a sua autonomia como nação, o Brasil, como País periférico, parece estar em transe. Por força de um jogo de articulação e desestabilização política e econômica, feito em bastidores. De golpe em golpe, temos hoje um governo ilegítimo que destrói os direitos sociais, a educação, a saúde, a cultura, a natureza, a dignidade e a vida, empurrando de volta à miséria mais de setenta milhões de brasileiros.

A nação brasileira se encontra em processo de desconstrução acelerada. Em pouco tempo, foi invadida por uma onda crescente de obscurantismo e neofascismo, pautada no ódio e no egoísmo, na violência e no arbítrio. Acirrada a desigualdade social e ante a falta de horizontes melhores, tudo isso transborda no noticiário cotidiano, como em um filme de horror. No entanto, não se trata de nenhuma ficção, a opressão é real, a dor é real, a injustiça é real; a miséria, a violência e a desesperança que tomam conta do povo brasileiro mais pobre são muito reais.

Como símbolo desse tempo temos as chamas devorando o Museu Nacional, onde estavam guardados tesouros culturais e científicos do Brasil e da humanidade. Mais de 20 milhões de itens viraram cinzas. Sim, é verdade: vivemos no País da corrupção. Mas a palavra corrupção pode ser compreendida em várias acepções, inclusive a de trair a pátria e o povo. De golpe em golpe, chegamos à decomposição. De um “País do futuro” passamos a ser o “País sem nenhum futuro”, posto que nem mesmo um passado nos é dado possuir.

Rosemberg Cariry

Cineasta e escritor

Que tal aprender sobre financiamento cultural?

Que tal aprender ou aumentar conhecimentos sobre sistemas de financiamento à cultura, planejamento e elaboração de projetos culturais?

Lena Cunha, gestora cultural e diretora da Inspire Gestão Cultural, vai ministrar disciplina na pós-graduação Laboratório de Gestão Cultural, de hoje até domingo, na Casa da Cultura de Sobral (Zona Norte).

Apresentado pela Secretaria da Cultura do Ceará, o curso é uma realização conjunta da Universidade Vale do Acaraú (UVA), Quitanda das Artes, ECOA Sobral e Instituto BR Arte. Há chance de participação para quem quer ali estar como ouvinte.

(Foto – Divulgação)

Bom Jardim recebe inscrições de espetáculos gratuitos de artistas

O Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ) está com portas abertas para receber apresentações de artistas ou grupos artísticos interessados em apresentar seus trabalhos. Para isso, os artistas devem se inscrever no projeto Solicitação de Pauta Gratuita com um período mínimo 30 dias de antecedência da realização da atividade. Com a proposta de democratizar o acesso à proposição de eventos, apresentações e ensaios, o projeto não prevê pagamento de cachê aos artistas.

O CCBJ prioriza artistas que residam no território do Grande Bom Jardim, adjacências ou na Regional V, que tenham atuação comprovada nesta área da cidade e que nunca tenham se apresentado ou realizado alguma atividade no Centro. Estará automaticamente indeferida a proposta de pauta que não seja de natureza gratuita, bem como se tiver conteúdo que viole os direitos humanos.

O CCBJ é um equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, gerido em parceria com o Instituto Dragão do Mar.

(Foto: Arquivo)

Secult ainda deve entrega completa da Biblioteca Pública Menezes Pimentel

Reconduzido na nova gestão do governador Camilo Santana (PT), Fabiano Piúba, titular da Secretaria da Cultura do Estado, tem uma tarefa bem surrada a cumprir: entregar a reforma completa da Biblioteca Pública Menezes Pimentel.

O projeto se arrasta feito tartaruga grávida desde abril de 2015.

Está empacado na ligação da biblioteca com o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.

(Foto – Divulgação)

Shopping Benfica recebe Selo de Responsabilidade Cultural

O Shopping Benfica conquistou a categoria ouro do Selo de Responsabilidade Cultural, em solenidade no Theatro José de Alencar. O prêmio é um reconhecimento de pessoas jurídicas de direito público e privado, com e sem fins lucrativos, que comprovadamente implementam ou incentivam programas, projetos e ações voltados para o desenvolvimento cultural do Estado do Ceará.

A ação tem também por objetivo incentivar práticas de responsabilidade cultural em empresas e organizações com operações no Ceará, além de incentivar as instituições públicas e privadas a projetos culturais por meio do Fundo Estadual de Cultura, o Mecenato Estadual e outras fontes de financiamento, contribuindo com o alcance das metas do Plano Estadual de Cultura e reconhecendo políticas públicas culturais exitosas implementadas por prefeituras municipais do Ceará.

O empresário João Soares compartilhou a conquista com todos os componentes das equipes que cuidam da cultura, das artes e da responsabilidade social do Shopping Benfica.

(Foto: Arquivo)

Escola de Circo da Vila das Artes inscreve para oficina sobre o personagem palhaço

157 1

A Escola Pública de Circo da Vila das Artes inscreve para a oficina “Clown e Comédia Física”, com Fred Raposo. Os interessados, segundo a Secretaria da Cultura de Fortaleza, podem participar do processo seletivo até o dia 3 de janeiro, no site da instituição.

A oficina, que acontecerá entre os dias 7 e 28 de janeiro próximo, às segundas, quartas e sextas-feiras, das 18 às 20h30min, pretende desenvolver um entendimento da linguagem circense que possibilite ao aluno a aproximação com o personagem “palhaço” por meio da consciência corporal e emocional.

Facilitador

Fred Raposo reside na Argentina, onde estuda com artistas renomados no gênero circense como Raquel Sokolowitz, Marcelo Katz, Gabriel Chamé Buendia e com Totó Castiñeras Ele integra a companhia de artistas de Castinñeras, inclusive.

Trabalha como ator e clown em espetáculos em Buenos Aires, além de ministrar oficinas e workshops em escolas de arte.

SERVIÇO

*Confira a ficha de Inscrição aqui.

*Vila das Artes – Rua 24 de Maio, 1221, Centro

(Foto – Ilustrativa)

Centro Cultural Bom Jardim comemora 12 anos

O Centro Cultural Bom Jardim está completando 12 anos de atividades, dentro do seu trabalho de formação artística e difusão cultural no estado do Ceará. Por conta disso, vai comemorar seu aniversário oferecendo a II Mostra das Artes do CCBJ, que começou nessa terça-feira e se estenderá até sábado (22).

Na programação desta quarta-feira, o destaque para os shows de Silvero Pereira, Linn da Quebrada, Verônica Houston, Mulher Barbada e a cantora de forró Mara Pavanelly.

Roteiro

14h – HORA DE COLORIR – PINTAR ESPECIAL
Local: Biblioteca

14h30 – OFICINARIA – CONSTRUÇÃO DE TACOBOL, PAU NA LATA
Local: Espaço da Palmeira

15h – AONDE TENHA SOL – CAMERATA DE VIOLÃO (ESCOLA DE MÚSICA CCBJ)
Local:Teatro Marcus Miranda

16h – O CASAMENTO DA DONA BARATINHA (ESCOLA DE TEATRO CCBJ)
Local: Teatro Marcus Miranda

16h – MOSTRA DE CINEMA E ANIMAÇÃO (ESCOLA DE AUDIOVISUAL CCBJ)
Local: Cineclube

16h – FEIRA DE ECONOMIA CRIATIVA

16h30 – FILHAS DE OLGA (ESCOLA DE TEATRO CCBJ)
Local: Teatro Marcus Miranda

16h30h – DANÇA CIRCULAR (ESCOLA DE DANÇA CCBJ)
Local: Palco Praça Central

17h – OS MENINOS E AS MADEIRAS (ESCOLA DE TEATRO CCBJ)
Local: Teatro Marcus Miranda

17h – ESCOLA DE MÚSICA PRIMEIROS ACORDES / A SORTE É CEGA E NOITE AZUL / ASA
BRANCA E CEBOLA CORTADA/ DO, RÉ, MI – NOVIÇA REBELDE E NOITE FELIZ
Local: Palco Praça Central

17h30 – AMOR CORAGEM (ESCOLA DE TEATRO CCBJ)
Local: Teatro Marcus Miranda

18h – PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO – CURSO DE GASTRONOMIA

18h – CAPOEIRA SAMBA DE RODA E MACULELÊ
Local: Praça Central

18h30 – CANTANDO CEARÁ (ESCOLA DE MÚSICA CCBJ)
Local: Palco Bonja Musical

19h – FESTIVAL ESCOLA DE DANÇA (ESCOLA DE DANÇA CCBJ)
Local: Teatro Marcus Miranda

19h – EXPERIMENTUS – BANDA CAIXEIROS VIAJANTES (LABORATÓRIO DE MÚSICA CCBJ)
Local: Palco Bonja Musical

19h30 – SHOW CENAS DA CIDADE – BANDA PAUSA PRO CAFÉ (LABORATÓRIO DE MÚSICA
CCBJ)
Local: Palco Bonja Musical

20h – INTERVENÇÃO DE NARCÉLIO GRUD (GRAFITE)
Local: Parede externa do teatro, vista para a Comunidade São Francisco.

20h15 – SHOW PERTO DO MAR LONGE DA CRUZ com SILVERO PEREIRA, MULHER
BARBADA, LINN DA QUEBRADA, VALÉRIA HOUSTON E VERÔNICA VALENTINO
Local: Palco Bonja Musical

22h – SHOW MARA SENDO MARA – MARA PAVANELLY
Local: Palco Bonja Musical

Memória

O CCBJ é um equipamento da Secretaria da Cultura do Governo do Estado do Ceará, gerido em parceria com o Instituto Dragão do Mar – IDM. Inaugurado em 19 de dezembro de 2006, faz formação artística em Dança, Teatro, Audiovisual, Fotografia, Circo, Gastronomia e Música. Trabalha a difusão cultural e tem como foco a participação e o protagonismo direto da comunidade do Grande Bom Jardim – GBJ em suas atividades.

No território do GBJ (Bom Jardim, Canindezinho, Granja Lisboa, Granja Portugal, Siqueira), o CCBJ firma-se como um espaço de convivência para a arte, cultura e a educação e conta na sua estrutura com um teatro de arena, biblioteca, multigaleria, sala de dança, estúdio, cineclube, ilha digital, salas multiuso e praça central de convivência.

SERVIÇO

*Para ver a programação completa da II Mostra, acesse www.ccbj.redelivre.org.br

(Foto – CCBJ)

TCE é sede de encontro sobre Direito à Cultura

O Tribunal de Contas do Ceará está com inscrições abertas para o workshop Direito à Cultura e Políticas Culturais, promovido em parceria com a Secretaria da Cultura do Estado e Secretaria Municipal de Cultura de Fortaleza. O encontro acontecerá nesta quinta-feira, 20, das 8 às 17 horas, na sede do TCE.

Na agenda do evento, serão apresentadas as normas constitucionais que garantem o Direito à Cultura e Políticas Culturais, além das experiências quanto a gestão cultural realizada no Estado do Ceará, informa a assessoria de imprensa da Secult/Ceará.

Os participantes também conferirão temas como os instrumentos de fomento à cultura, fundos, prestação de contas e pártica cultural, dentre outros.

A oficina é voltada a gestores, servidores públicos, jurisdicionados estaduais e municipais e a sociedade em geral, que poderão inscrever-se gratuitamente, pelo Sistema de Gestão Educacional (Siged), do Instituto Plácido Castelo, Escola de Contas do TCE. O curso tem carga horária de 8 horas.

(Foto – Arquivo)

Alemberg Quindins diz que título de Doutor Honoris Causa aumenta responsabilidade

O cearense Francisco Alemberg de Souza Lima, o Alemberg Quindins, 53, idealizador da Fundação Casa Grande de Nova Olinda, na Região do Cariri, disse que o título de Doutor Honoris Causa, pela Universidade Regional do Cariri (Urca) é um chamado para o aumento da responsabilidade.

Ele lembra que mal concluiu o Ensino Fundamental, mas se tentará fazer jus à honraria que será entregue na noite da quarta-feira (19), durante sessão solene da Urca no Teatro Violeta Arraes, em Nova Olinda.

Festa do Pau da Bandeira de Barbalha agora é Patrimônio Cultural do Ceará

A Festa do Pau da Bandeira de Santo Antônio de Barbalha (Região do Cariri) foi reconhecida como Patrimônio Cultural do Estado. O reconhecimento ocorreu durante reunião ordinária do Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural do Ceará (COEPA), nessa quinta-feira, na sede da Secretaria da Cultura do Estado.

Durante o encontro, foram aprovados dois pareceres conclusivos de Registro da Festa do Pau da Bandeira de Barbalha como Patrimônio Cultural Cearense, na categoria Celebrações.

A celebração já é um bem cultural reconhecido institucionalmente no âmbito nacional pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), que iniciou o processo de registro em 22 de abril de 2010.

(Foto – Augusto Pessoa)

Alemberg Quindins, criador da Fundação Casa Grande, ganha titulo de Doutor Honoris Causa da Urca

599 2

A Universidade Regional do Cariri concederá o título de Doutor Honoris Causa a Alemberg Quindins, o criador da Fundação Casa Grande de Nova Olinda (Região do Cariri). A decisão foi anunciada nesta semana pelo Conslho Universitário da Instituição.

A honraria será entregue a Alemberg no próximo dia 19, às 19 horas, durante sessão solene da Urca no Teatro Violeta Arraes, em Nova Olinda. Alemberg, bom destacar, respira cultura.

(Foto – Divulgação)

Empresas e entidades públicas vão receber o Selo Responsabilidade Cultural 2018

Será no próximo dia 17, a partir das 19 horas, no Theatro José de Alencar, a solenidade de outorga do Selo de Responsabilidade Cultural 2018. Trata-se de um reconhecido da Secretaria da Cultura do Ceará a pessoas jurídicas de direito público e privado, com e sem fins lucrativos, que comprovadamente implementam ou incentivam programas, projetos e ações voltados para o desenvolvimento cultural do Estado.

A programação, que terá fala do titular da Secult, Fabiano Piúba, será marcada pela apresentação da Camerata da Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará (OSUECE).

Empresas que recebem o Selo

*Modalidade Diamante: Servis Segurança; Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Sobral, Prefeitura Municipal de Assaré e M. Dias Branco

*Modalidade Ouro: Cegás; Condomínio Shopping Benfica; Fundação Beto Studart; Instituto Beatriz e Lauro Fiúza;

*Boas Práticas: Arcos – Associação Arte e Acordes; Associação Filhos e Amigos de Icó, Associação Shalom; Instituto Katiana Pena; Prefeitura Municipal de Palhano; e Federação das Industrias do Estado do Ceará.

(Foto-Divulgação)

Ator e cantor Raffael Barroso lança o livro “Arrumando a Casa”

Raffael Barroso, artista que canta, dança e interpreta, entra agora no mundo da literatura. Ele vai lançar sua primeira obra que se chama “Arrumando a Casa” O lançamento ocorrerá às 19 horas desta quinta-feira, na Livraria Cultura, e no próximo dia 18, às 19 horas, no Porto Iracema das Artes. A apresentação do autor e obra será feita pelo procurador de justiça José Valdo Silva.

“Arrumando a Casa” que já foi adaptado para espetáculo teatral é, segundo o procurador José Valdo, um convite “que o artista nos faz a visitarmos através da sua escrita, a nós mesmos, as nossas almas e a percepção do nosso olhar sobre os outros.”

O Artista

Nascido em Fortaleza no ano de 1976, Raffael Barroso é formado em Teatro/Belas Artes e Gestão Empresarial pela Unifor. O legítimo artista nordestino ocupa a cadeira de número 18, da Academia Cearense de Artes. Ele tem também, projetos dedicados ao ensino e obras sociais.

SERVIÇO

“Arrumando a Casa”

*Preço: R$ 59,90.

Políticas públicas para a Cultura e o Turismo nas cidades

Com o título “Políticas públicas para a Cultura e o Turismo nas cidades”, eis artigo de Cláudia Leitão, ex-secretária estadual da Cultura e diretora do Observatório da Governança do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor). “Não podemos ignorar que o aumento dos fluxos turísticos vem contribuindo para a insustentabilidade das cidades”, diz a articulista num trecho do artigo. Confira:

Em dezembro de 1786, Goethe, em sua viagem de dois anos pela Itália, escrevia em seu diário que “uma viagem contemplativa a terras estranhas acarreta radicais mudanças éticas e estéticas nos viajantes”. Como se pode observar, as viagens já eram compreendidas no século XVIII como experiências transformadoras por serem marcadas pela fruição cultural. Em tempos atuais, se, de um lado, prolifera a produção de bens e serviços culturais, de outro, temos cada vez mais a impressão de que nosso acesso se dá a um produto padronizado, esvaziado de significação, anêmico de narrativas e de imaginários, enfim, ao que o sociólogo francês Gilles Lipowetsky denomina de “diversidade homogênea”.

Enquanto monumentos, centros comerciais, museus, parques temáticos, sítios históricos se fundem e se (con)fundem na paisagem das cidades, transfigurando-se em cenários para o consumo e para a produção de roteiros turísticos, temos a sensação de que a atividade turística impacta de forma cada vez mais perniciosa sobre os nossos sentidos. Podemos “ver sem viver”, “consumir sem fruir”, “reconhecer sem conhecer”. E, quanto mais crescem as filas para as exposições de artistas consagrados, menos se observa a capacidade de decodificação cultural por parte do público.

Não podemos ignorar que o aumento dos fluxos turísticos vem contribuindo para a insustentabilidade das cidades. Não será por acaso que Zygmunt Bauman observa que o maior problema das sociedades contemporâneas será o de remover o seu próprio lixo, uma das diversas faces obscuras da atividade turística.

As toneladas de dejetos e de objetos descartáveis demonstram, muitas vezes de forma monstruosa, o fracasso dos modelos insustentáveis da indústria do turismo nas cidades. E, muitas vezes, com o álibi da valorização da cultura e da memória, acaba-se produzindo um turismo que dilapida, abandona e esquece. Este é um paradoxo que necessitamos enfrentar com planejamento, gestão e políticas públicas.

*Cláudia Leitão

claudiasousaleitao@yahoo.com.br

Diretora do Observatório de Governança Municipal do Iplanfor.

Selo de Responsabilidade Cultural – Secult divulga selecionados

Fabiano Piúba é o titular da pasta.

A Secretaria da Cultura do Ceará divulgou, nesta quinta-feira, o resultado final da convocatória do Selo de Responsabilidade Cultural 2018, destinado ao reconhecimento de pessoas jurídicas de direito público e privado, com e sem fins lucrativos, que comprovadamente implementam ou incentivam programas, projetos e ações voltados para o desenvolvimento cultural do Estado do Ceará. A informação é da assessoria de imprensa da Secult.

“O Selo de Responsabilidade Cultural é garantido por uma lei de 2006. Ele reconhece empresas e instituições culturais que apoiam, realizam e promovem a cultura no Ceará, seja diretamente ou por meio de leis de incentivo, como a Lei Rouanet e a Lei do Mecenato Estadual. Nós retomamos esse Selo numa estratégia de fortalecimento do Sistema Estadual de Cultura, com relação ao Fundo Estadual de Cultura, ao Mecenato, para que possa qualificar e estimular as empresas e instituições da sociedade civil a ampliar e qualificar suas ações de responsabilidade cultural”, destaca o secretário da Cultura do Estado do Ceará, Fabiano dos Santos Piúba.

A ação tem também por objetivo incentivar práticas de responsabilidade cultural em empresas e organizações com operações no Ceará, além de incentivar as instituições públicas e privadas a projetos culturais por meio do Fundo Estadual de Cultura, o Mecenato Estadual e outras fontes de financiamento, contribuindo com o alcance das metas do Plano Estadual de Cultura e reconhecendo políticas públicas culturais exitosas implementadas por prefeituras municipais do Ceará.

Empresas que recebem o Selo:

Confira por categoria as empresas e instituições que irão receber o Selo de Responsabilidade Cultural 2018.

*Modalidade Diamante: Servis Segurança; Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Sobral, Prefeitura Municipal de Assaré e M. Dias Branco

*Modalidade Ouro: Cegás; Condomínio Shopping Benfica; Fundação Beto Studart; Instituto Beatriz e Lauro Fiúza;

*Boas Práticas: Arcos – Associação Arte e Acordes; Associação Filhos e Amigos de Icó, Associação Shalom; Instituto Katiana Pena; Prefeitura Municipal de Palhano; FIEC – Federação das Industrias do Estado do Ceará.

A solenidade de outorga do Selo de Responsabilidade Cultural acontecerá no dia 17 de dezembro, às 19 horas, no Theatro José de Alencar, e contará com a apresentação da Camerata da Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará (OSUECE).

SERVIÇO

*O resultado pode ser acessado no site de editais da Secult: http://editais.cultura.ce.gov.br/.