Blog do Eliomar

Categorias para Cultura

“A chuva, de fato a chuva” ganha o XIX Prêmio Ideal Clube de Literatura

O conto “A chuva, de fato a chuva”, de autoria de Carlos Vasconcelos, foi o vencedor do XIX Prêmio Estadual Ideal Clube de Literatura – Prêmio José Telles de Literatura, anunciado na noite dessa quinta-feira (11), no Salão Nobre Edson Queiroz, no bairro Meireles. Outros 15 autores também foram premiados.

Entre os convidados para a solenidade do anúncio dos vencedores estavam o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT); o secretário de Cultura de Fortaleza, vereador Evaldo Lima (PCdoB); o secretário da Regional II, Ferruccio Feitosa; e o ex-ministro do TCU, o escritor Ubiratan Aguiar.

(Fotos: Divulgação)

Escritora cearense conta em livro sua paixão por Lisboa

A escritora cearense Rijarda Giandini foi morar em Lisboa, com a família, há pouco mais de dois anos. O propósito da mudança radical era estudar, mas o seu encantamento pela cidade a fez alçar outros voos. Apaixonou-se pela capital portuguesa, que já conhecia, mas não com tanta intimidade. A vontade de transmitir o que sentia deveu-se, segunda a escritora, à boa recepção que teve, especialmente da universidade por onde faz um doutorado em História Contemporânea, com outras confluências de uma cidade que, por não ser perfeita, é real e preserva ainda alguns modus vivendi fascinantes que a sociedade brasileira já não cultiva.

Ela confessa que o desejo em compartilhar este momento com outras pessoas era intenso, aliado a outro sentimento que a machucava, a saudade do Brasil, principalmente, dos amigos e da família. Daí o processo de escrita servir-lhe como uma espécie de catarse, a partir das andanças e experimentos da cidade que adotou para viver. Rijarda faz questão de afirmar que escrever “Viver e Amar Lisboa” foi uma tarefa prazerosa. “As impressões que relato são reais. Abordo direitos e deveres, em todos os momentos, observados com o espírito desarmado. Viver Lisboa não é nenhum sacrifício. Ao contrário, amar é uma consequência”. O livro será lançado nesta sexta-feira, às 19 horas, na Livraria Cultura.

Perfil

Rijarda Giandini é brasileira de Fortaleza, casada com Giovanni e mãe de Artur. Historiadora e Internacionalista, mora no bairro Restelo, em Lisboa, desde 2014, para um doutorado em História Contemporânea. É diretora do Instituto da Cidade, em Fortaleza e membro do Conselho da Camera di Commércio Italo-Brasiliana do Nordest. Traduziu adaptou o conto infantil “Il Principe Felice”, de Oscar Wilde, para o português e realidade brasileira. Escreveu o livro de Poesia “Inquietude”, ambos inéditos. Possui capítulos de livros e artigos em revistas sobre Cidades Sustentáveis.

 

Fortaleza será sede do III Fórum Nacional Cultura Infância

“Enquanto estamos lutando no Brasil por 1 ou 2 por cento, existem cidades na França que destinam de 15 a 20 por cento do orçamento local para a cultura e, dentro dessa fatia, há rubricas específicas para a infância”. É o que revela Emídio Sanderson, um dos autores do Plano Estadual Cultura Infância do Ceará e participante do Grupo Nacional Cultura Infância, um coletivo que discute e propõe políticas públicas para a Cultura Infância, a fim de garantir os Direitos Culturais das crianças brasileiras.

Pois esse grupo vai estar se reunindo em Fortaleza, de sexta a domingo próximos em clima de III Fórum Nacional Cultura Infância. As discussões, que ocorrerão no Hotel Sonata de Iracema, terão como ponto de partida a iniciativa cearense (Plano Estadual Cultura Infância), que é a única experiência de uma política pública específica dessa área, consistente e formatada no País.

SERVIÇO

*Abertura do evento- ás 19 horas de sexta, prosseguindo no sábado das 8h30min às 12h30min e das 14 horas às 18 horas. No domingo, das 8h30min às 10h30min.

*Mais Informações – (85) 99991 0474

Conexão entre o Rio e o Ceará busca democratizar a dança

A democratização da dança e a troca de experiências entre profissionais de dois estados é o objetivo do projeto de ocupação Conexão Dança Ceará/Rio de Janeiro, que até o próximo domingo (14) toma conta do Teatro Cacilda Becker, espaço da Fundação Nacional de Arte (Funarte) no bairro do Catete, zona sul do Rio.

A programação, aberta na quarta-feira (3), conta com oficinas, palestras e debates gratuitos, além de espetáculos a preços populares, todos por iniciativa da Associação Dança Cariri, criada em Juazeiro do Norte (CE), em parceria com a Funarte.

No Cariri, região onde o grupo tem sede, o intercâmbio já ocorre por meio da Semana Dança Cariri, que realizou em abril sua oitava edição. É a primeira vez que o projeto chega ao Rio de Janeiro, reunindo companhias de dança e bailarinos dos dois estados.

De acordo com o cearense Alysson Amâncio, idealizador do projeto, o Rio mantém uma relação estreita com a dança cearense desde os anos 70, quando os bailarinos e coreógrafos Dennis Gray e Jane Blauth se mudaram da capital fluminense para Fortaleza e implantaram a Escola de Dança do Sesi. “Muitos bailarinos do Ceará mudaram para o Rio em busca de uma formação mais aprimorada, bem como muitos professores e grupos cariocas estiveram pelo Ceará para ministrar oficinas e realizar espetáculos”, conta.

(Agência Brasil)

Brasil e Portugal criam prêmio de literatura infanto-juvenil

Os ministérios da Cultura de Brasil e Portugal criaram o Prêmio Monteiro Lobato de Literatura Infanto-Juvenil , como forma de incentivar jovens leitores. A proposta é premiar, anualmente, autor e ilustrador dos países de Língua Portuguesa, conhecidos como lusófonos. O prêmio foi um dos acordos bilaterais relacionados à produção cultural assinados durante a 10ª Reunião de Ministros da Cultura da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que ocorreu nesta sexta-feira em Salvador.

“Nós [brasileiros] ainda lemos muito pouco e precisamos da formação de novos leitores através desse incentivo às comunidades dos países de língua portuguesa para os seus escritores de literatura infanto-juvenil. É de um grande significado a assinatura desse prêmio e nos moldes de um prêmio exitoso na comunidade, como o Prêmio Camões”, disse o ministro da Cultura brasileiro, Roberto Freire.

O encontro reuniu ministros ou  representantes do Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste e ocorre na data em que é comemorado o Dia da Língua Portuguesa.

(Agência Brasil)

Centro Cultural do Banco do Nordeste abrirá o guarda-roupa de Frida Khlo

O Literatura em Revista, programa de apreciação literária do Centro Cultural Banco do Nordeste, receberá, no próximo dia 9, a jornalista Izabel Gurgel para compartilhar sua experiência com o livro “El Ropero de Frida”, que aborda o guarda-roupa da pintora mexicana Frida Kahlo. O encontro, segundo a assessoria de imprensa do CCBNB, será mediado pelo poeta, contador de histórias, editor e produtor cultural, Talles Azigon.

Izabel cita que, por meio de fotografias e edições textuais, é possível perceber a edição contínua que Frida fazia do que lhe caia nas mãos. “Isso vale para o guarda-roupa que construiu para si, vale para as pinturas votivas que colecionou e cuja ideia básica de composição reelaborou em suas pinturas”, explica.

O gerente do CCBNB, Maurício de Lima comenta que “Frida Kahlo, apesar de ter morrido há mais de 60 anos, continua atualíssima, talvez até por ter sempre sido uma pessoa além do seu tempo, uma espécie de fonte inesgotável de inspiração às sucessivas gerações”. Ele ressalta que a jornalista Izabel Gurgel, ao abrir o guarda-roupa de Frida, certamente apresentará temas que nunca sairão de moda.

El Ropero de Frida

A obra, ainda sem edição no Brasil, mostra por palavras e imagens objetos e roupas escondidas por mais de 50 anos, que só depois foram reveladas ao mundo. O livro tem coordenação editorial de Denise e Magdalena Rosenzweig e foi publicado por uma editora mexicana em 2007. Em sua primeira edição vendeu 5 mil exemplares.

SERVIÇO

*Centro Cultural do Banco do Nordeste (rua Conde d’Eu, 560 – Centro)

*Mais informações: (85) 3464 3108.

Caucaia receberá o pianista Arthur Moreira Lima

A cidade de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza), vai receber na próxima semana dois grandes nomes do cenário esportivo e musical brasileiro. Na segunda-feira, o detentor do título de “maior acervo de livros esportivos do mundo”, José Renato Sátiro. No dia seguinte, o pianista Arthur Moreira Lima.

José Renato Sátiro é cearense radicado em São Paulo e um intelectual da gestão de projetos e pessoas. A paixão que tem por esportes, notadamente pelo futebol, já foi reconhecida pelo Guiness Book, o Livro dos Recordes. Por isso, ele fará em Caucaia uma série de palestras com desportistas e professores de educação física durante cinco dias. Deixa o Ceará só no próximo dia 11.

Na terça-feira, um dia após a chegada de José Renato, a cidade oferecerá a moradores e visitantes uma apresentação do pianista carioca Arthur Moreira Lima, promovida pela Secretaria Municipal de Turismo e Cultura. Ele fará recital na Praça da Matriz com músicas da turnê “Um piano pela estrada”, cujo objetivo é popularizar o piano numa mistura de clássicos internacionais e brasileiros. A entrada é gratuita.

Será a segunda vez de Moreira Lima em Caucaia. A primeira foi em 2010. A abertura do show do pianista na terça-feira ficará por conta de crianças de uma Organização Não Governamental e Jacaré do Repente. As apresentações terão início ás 19h30min.

(Foto – Divulgação)

Aos mestres da FCM/Unicamp com carinho

332 1

Movida pelo sentimento de gratidão pela formação recebida, a estudante de graduação Fernanda Cassain Ivo – da 49ª Turma de Medicina, presenteou a Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp, nesta semana, com dois quadros pintados por membros de sua família. “A inspiração para a doação veio do incentivo que a faculdade sempre dá às atividades artísticas”, disse Fernanda.

As obras foram recebidas pelo diretor da FCM, Ivan Felizardo Contrera Toro. A tela “Beira Mar de Fortaleza” (óleo sobre tela, 60×80), elaborada pelo pai de Fernanda, Enrique José Cassain, reflete os contrastes entre o urbano e a natureza, e o cotidiano das praias de Fortaleza, no Ceará.

Por sua vez, a obra “Itaipu e o verão” (óleo sobre tela, 50×40, 2014), pintada por Francisco Correia Ivo, tio de Fernanda, faz um recorte da praia de Itaipú, localizada na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro. A tela, que agora tem como endereço fixo na Ciências Médicas da Unicamp, já foi exposta na Secretaria de Estado da Cultura de Maceió, e no Espaço Cultural Correios, em Fortaleza.

(Foto – FCM)

Turismo e Cultura – Fortaleza conhece investimentos em grandes eventos do Recife e Salvador

Representantes da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria de Turismo (Setfor), Secretaria de Cultura (Secultfor), Secretaria de Governo (Segov) e da Coordenação de Publicidade e Marketing, foram recebidos nessa terça-feira (25) pela secretária de Turismo, Esporte e Lazer de Recife, Ana Paula Vilaça, para conhecer experiências da Prefeitura de Recife na captação de recursos e patrocínios para grandes eventos. Ainda nesta semana, a comitiva seguirá para Salvador.

“O ponto alto da reunião é a troca de informações sobre grandes eventos. Trocamos experiências e convidamos os colegas de Recife para conhecer os projetos exitosos do prefeito Roberto Cláudio”, comentou o secretário executivo do Turismo de Fortaleza, Erick Vasconcelos, que esteve acompanhado de Paola Braga (Secultfor), Liana Borges (Segov) e João Uchoa (Publicidade e Marketing).

(Foto – Divulgação)

Casa do Menino Jesus ganha uma biblioteca

A Casa do Menino Jesus vai inaugurar nesta quarta-feira, às 10h30min, sua biblioteca. O projeto é resultado de uma ação do Shopping Benfica, que arrecadou mais de dois mil livros para o acervo da Casa.

A arrecadação foi junto à clientela do shopping, por meio do projeto “Loja100Livros”. A biblioteca já receberá cerca de dois  mil exemplares.

(Foto – Divulgação)

Grupo Tapioca Amiga fará encontro nesta quarta-feira

Nesta quarta-feira, às 16 horas, haverá mais um encontro da turma do Tapioca Amiga. Trata-se de um grupo de intelectuais, empresários, políticos e profissionais liberais que, uma vez por mês, se encontram no apartamento do professor e poeta Juarez Leitão.

Esse grupo discute questões locais e nacionais e congrega até mesmo dirigentes de entidades da sociedade civil como o presidente da Academia Cearense de Letras, Ubiratan Aguiar, e Lúcio Alcântara, que preside o Instituto do Ceará.

Na lista dos que participam desse encontro, estão os escritores Dimas Macedo, Batista Lima e César Barreto; ex-parlamentares como Iranildo Pereira, Antônio dos Santos, Manuel Veras, Antônio Cambraia e Gonzaga Mota; empresários como Carlos Castelo, João Soares e Ednilo Soárez (estes dois imortal da ACL).

Tudo pronto para a Maloca do Dragão

 Centro Dragão do Mar comemora 18 anos.

Neste ano, serão 24 espaços do Centro Dragão do Mar e Praia de Iracema, recebendo atrações em diversas linguagens artísticas, de 25 a 30 de abril. Festival comemora o aniversário do centro cultural, que, em 2017, conquista 18 anos de história como lugar referência da difusão, formação e criação artística do Ceará

Tudo pronto para a Maloca Dragão, uma programação cultural das mais diversificadas que vai celebrar os 18 anos do Centro Dragão do Mar. Além de marcar os anos de história de um dos maiores centros culturais do País – são 1,8 milhão de visitantes ao ano –, o festival, que começa nesta terça-feira, chega à quarta edição com mais de 130 atrações cearenses, nacionais e internacionais em uma semana de celebração e reafirmação da força cultural e artística do Ceará.

Neste ano, a Maloca Dragão, que começa nesta terça-feira e vai até o dia 30, ocupará 24 espaços do Centro Dragão do Mar e Praia de Iracema. Entre as mais de 130 atrações, há shows musicais, espetáculos de teatro, dança e circo, apresentações da cultura popular e literatura, intervenções e performances de arte urbana, feiras de moda, design e gastronomia.

Cinema

A diversidade de linguagens artísticas da Maloca Dragão 2017 vai ainda além com a Mostra Cinema Documental: Fronteiras e Verdades, no Cinema do Dragão, de 26 a 29 de abril; e a exposição fotográfica O fotógrafo Chico Albuquerque, 100 anos, que abre o festival, no dia 25, às 19 horas, no Museu de Arte Contemporânea do Ceará (MAC-CE). A programação de artes cênicas se inicia no dia 27 de abril e as demais atrações concentram-se nos dias 28, 29 e 30 do mesmo mês.

(Foto – Divulgação)

Debate sobre Revolução Russa é atração nesta sexta-feira na Bienal do Livro

O acelerado progresso social e as transformações políticas provocados pela Revolução Russa serão debatidos na noite desta sexta-feira (21), a partir das 19h, na Sala Francisca Clotilde – Mezanino II, no Centro de Eventos do Ceará, na XII Bienal Internacional do Livro, durante o lançamento da obra “100 anos da Revolução Russa”.

Os debatedores serão os co-autores do livro, Ana Maria Prestes e Augusto Buonicore.

Uma homenagem à memória de Audifax Rios

244 1

Nesta quinta-feira, às 19 horas, a Câmara Municipal concederá a Medalha Boticário Ferreira, maior comenda dessa casa legislativa, ao artista plástico e escritor Audifax Rios, in memoriam. A solenidade acontecerá no plenário da Câmara e é uma iniciativa do vereador Dr. Portinho (PRTB).

Artista com rara habilidade, Audifax traduziu a beleza humana e a vida na palavra e no desenho, fazendo valer a sensibilidade única em favor de nós, seus admiradores, em mais de 50 anos de consagrada criação, sobressaindo-se originalidade de estética e temática. A vasta obra compreende as artes gráficas, a literatura, a pesquisa e a difusão da rica cultura cearense.

Bienal do Ceará lança livro da jornalista Ana Márcia Diógenes

A jornalista Ana Márcia Diógenes, ex-representante do Unicef para o Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte, lança na quarta-feira (21), na Bienal Internacional do Livro do Ceará, no Centro de Eventos, a obra “de esfulepante a felicitante: uma questão de gentileza”, que integra o projeto Eu sou Cidadão, uma realização da Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Estado do Ceará (APDMCE), em parceria com a Fundação Demócrito Rocha.

Bienal do Livro do Ceará homenageia mestres da cultura popular

Cordelistas, repentistas e outros mestres da cultura saíram em cortejo pelos estandes da 12ª Bienal Internacional do Livro do Ceará, no Centro de Eventos, em Fortaleza, apresentando carisma e sagacidade em versos. O pandeiro, o chocalho, o tambor, a viola caipira e a rabeca davam pano de fundo para a apresentação deles, que atraia pessoas ao longo do percurso.

“Cada pessoa é um livro/Merece reflexão/O mundo, a biblioteca/Com enorme dimensão/É oportuna essa frase/Porque serve como base/E tema desta edição”, canta o cordel escrito pelo violeiro e poeta cearense Geraldo Amâncio especialmente para o evento. A publicação foi distribuída entre os visitantes da feira.

O escritor Lira Neto, contou que, quando foi chamado para fazer a curadoria do evento, pensou em valorizar, na programação, “os acervos vivos, o saber coletivo”. “Nesta bienal, nós estamos colocando a dita cultura dos livros em pé de igualdade com as oralidades, com a cultura popular”, destacou.

Esta edição da Bienal reúne expositores de todo o Brasil e deve atrair cerca de 50 mil pessoas por dia. A programação se estende até o dia 23 de abril.

(Agência Brasil)

CAIXA Cultural – Exposição Fortaleza Antiga tem entrada gratuita neste sábado e domingo

Segue até este domingo (16), na CAIXA Cultural Fortaleza, na Praia de Iracema, a exposição Arquivo Nirez, que reúne peças raras do acervo de Miguel Ângelo de Azevedo, mais conhecido como Nirez.

São artigos de seu museu particular, que há mais de 50 anos é mantido e disponibilizado ao público na residência do colecionador. Algumas das peças são expostas pela primeira vez fora da casa dele.

Com a curadoria de Nirez e Weaver Lima, a exposição conta com fotografias de Fortaleza antiga, discos de cera e de vinil, livros, revistas, equipamentos de imagem e som. São mais de 300 itens, selecionados dentre mais de 140 mil peças que compõem o acervo do museu. As fotografias expostas retratam Fortaleza dos primeiros anos do Século XX, numa seleção dentre as mais de 30 mil imagens presentes no museu de Nirez.

Escolas, universidades, instituições e pessoas interessadas ainda podem agendar visitas guiadas à exposição. O agendamento deve ser feito com a equipe da bilheteria da CAIXA Cultural Fortaleza.

SERVIÇO

Exposição: Arquivo Nirez

Local: CAIXA Cultural Fortaleza

Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema

Horários: Sábado (15), das 10h às 20h | Domingo (16), das 12h às 19h

Classificação indicativa: Livre

Entrada Gratuita

(CAIXA Cultural Fortaleza)

XII Bienal Internacional do Livro do Ceará terá eventos da Unilab

A XII Bienal Internacional do Livro do Ceará, promoção da Secretaria da Cultura do Estado, em parceria com o Instituto Dragão do Mar e o Ministério da Cultura, acontecerá de 14 a 23 deste mês, no Centro de Eventos. A Unilab estará presente neste que é o maior evento do livro e da literatura do Estado, por meio do Encontro Oralidades & Escritas em Língua Portuguesa.

O Encontro Oralidades & Escritas em Língua Portuguesa será realizado entre os dias 19 e 21, a partir de dois importantes momentos. O primeiro acontecerá no Campus da Liberdade, em Redenção 9rMF), na programação “Bienal fora da Bienal”. Já o segundo se dará no próprio Centro de Eventos, onde a Unilab terá um estande voltado para lançamento de livros, encontros e debates.

Os eventos da Unilab vão reunir escritores, pesquisadores, professores e especialistas em torno, entre outros temas, da literatura africana contemporânea, dentro do objetivo de possibilitar uma maior aproximação com essa produção literária e toda sua cultura.

Tota comemora 30 anos de Arte Viva

O artista plástico Tota vai comemorar, nesta quarta-feira, às 20 horas, seus 30 anos de arte. Na mesma ocasião, ele festejará os 28 anos de sua Galeria Paleta, que fica na Praia de Iracema.

Os brindes será na própria Paleta que, por sinal, virou o point de quem busca trabalhos de qualidade inspirados neste Ceará de tantas cores e belezas.

(Foto – Divulgação)

MinC e Secult darão coletiva sobre a XII Bienal Internacional do Livro do Ceará

O Ministério da Cultura e a Secretaria da Cultura do Estado, em parceria com o Instituto Dragão do Mar, vão divulgar, em entrevista coletiva marcada para as 9 horas desta quarta-feira, no Centro Dragão do Mar, tudo sobre a XII Bienal Internacional do Livro do Ceará

Na ocasião, o secretário da Cultura, Fabiano Piúba, a coordenadora geral do evento, Mileide Flores, e outros parceiros e convidados apresentarão o conceito e a programação da Bienal que acontecerá de 14 a 23 de abril, no Centro de Eventos.

(Foto – Divulgação)