Blog do Eliomar

Categorias para Cultura

Afinal, o que é arte urbana?

195 2

foto-arte-urbana

Quando você se depara com a frase “Vai dá certo (sic)”, em postes, lixeiras ou em muros de Fortaleza, você entende que o autor tenta passar otimismo, mas cometeu um erro ortográfico na mensagem ou, na verdade, quis o artista nos mostrar que nada dará certo, pois deveria usar a forma verbal “dar”? A frase pode ser considerada arte ou seria mesmo uma agressão à gramática? O fato de o autor usar a lixeira, teria algum significado ou seria apenas um abuso no uso de um utilitário público?

Para responder a esses questionamentos, o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), vai requer, nesta terça-feira (13), uma audiência pública para debater a arte urbana e suas diversas formas de expressão, além de uma regulamentação desse tipo de manifestação cultural na cidade.

A proposta deverá ser encaminhada a uma das comissões da Casa, a ser definida pelo presidente da sessão desta terça-feira.

Eusélio Oliveira – Casa Amarela chega aos 45 anos com lançamento de livro e renovação de convênio

87 1

foto-ufc-161207-euselio-oliveira

Em uma das solenidades mais concorridas deste ano no meio cultural, a Casa Amarela Eusélio Oliveira, da Universidade Federal do Ceará (UFC), comemorou, na noite desta quarta-feira (7), nos jardins da Reitoria (Bairro Benfica), seus 45 anos de atividades.

O evento foi comandado pelo diretor da Casa Amarela, Volney Oliveira, e contou com a presença do reitor Henry Campos e dos ex-reitores René Barreira e Roberto Cláudio, além de professores, servidores, artistas, intelectuais, empresários e convidados.

A solenidade foi marcada pelo lançamento do livro “Saravá! Eusélio”, da jornalista Beatriz Jucá, ocasião em que houve também a renovação de convênio entre a Casa Amarela e a Secretaria de Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus) para cursos de animação e vídeos tendo como público os detentos do sistema prisional cearense.

(Fotos – Paulo MOska)

Cláudia Leite, atração do Réveillon de Fortaleza, continua acossada pelo Ministério da Cultura

claudidileite

A cantora Cláudia Leite, a principal atração do Réveillon de Fortaleza, continua acossada pelo Ministério da Cultura. Isso para que ela devolva R$ 1,2 milhão aos cofres da União.

Cláudia teria cobrado mais que permitido por shows e ignorado cota gratuita em turnê. Ela vai recorrer dessa decisão do Minc que diz respeito à Lei Rouanet.

Amontada recebe festival de esporte e cultura

Na próxima sexta-feira (9) e no sábado (10), a praia de Icaraizinho de Amontada, a 190 km de Fortaleza, recebe a primeira edição do Festival Ojuobá de Esporte e Cultura, encontro gratuito que reúne esporte, cultura e lazer com foco no desenvolvimento local e na integração entre moradores da comunidade e visitantes, em harmonia com a natureza.

O festival contará com as presenças de cinco DJs, logo após as rodas de capoeira e berimbau.  Na sexta-feira, a partir das 18h, o DJ Guga de Castro anima o fim de tarde com o melhor da música brasileira e latina com suas já famosas e imprevisíveis sequências musicais, em que mixa diversos estilos, indo do Carimbó, Rock a Salsa, entre dançantes batidas para uma visceral viagem sonora. O projeto Caribbeans Sounds, formado pela dupla de Canoa Quebrada, Viton Records e Silas Rockers, mantém o ritmo da noite na malemolência do reggae com roots marcadamente dos anos 80 e 90.

Já no sábado, os ares levam à praia mais cedo com os festejos e vôos de Kitesurf pela orla, mas a música na arena do I Festival Ojuobá também começa a vibrar a partir das 16h, garantida pela presença do DJ Bruno Brasil, também baterista e produtor de música eletrônica, que promete projetar ao máximo a vibração do público nesse derradeiro dia do evento com clássicos renovadores ecoando os tributos de sua relação com as pickups desde os anos 2000 com muito Funk dos anos 70, disco music, house e Techno. No encerramento do Festival Ojuobá a festa fica por conta do DJ Fil, também experiente produtor de festas e um dos principais representantes da música eletrônica do Ceará, que presenteará o público do Ojuobá com sua versatilidade conceitual em E-Music e o melhor do Deep House.

O I Festival Ojuobá de Esporte e Cultura é promovido pela Galgo Entretenimento, em parceria com o Governo do Estado do Ceará e com apoios da Expressão Gráfica e Editora e da Fábrica Asa Sul.

Ator Stepan Nercessian presidirá a Funarte

styepaa
O ator Stepan Nercessian será o novo presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte). Ele aceitou convite do ministro da Cultura, Roberto Freire, entrará no lugar de Humberto Braga, que se tornou presidente da instituição em junho, convidado pelo ex-ministro Marcelo Calero.
Esse não é o primeiro cargo político do ator, que já foi vereador pelo Rio de Janeiro entre 2005 e 2010 e foi eleito para a Câmara dos Deputados para o mandato de 2011 a 2015. Sua carreira política começou nos anos 1980, quando era filiado ao PCB (Partido Comunista do Brasil), onde ficou até 1992, quando mudou para o PPS (Partido Popular Socialista), mesmo partido de Roberto Freire.
Em 2010, Stepan foi investigado pela Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, por ter recebido R$ 175 mil do bicheiro Carlinhos Cachoeira, fato confirmado pelo deputado. O inquérito foi arquivado pelo Supremo Tribunal Federal por falta de provas.
 
Stepan é contratado da Rede Globo desde 1971 e já participou de mais de 40 novelas, entre elas Anos rebeldes(1992), Kubanacan (2003) e Cobras & Lagartos (2007). Mais recentemente, participou das séries Vai que cola, do Multishow, e Magnífica 70, da HBO.
(Com Agências)

Alemberg Quindins será o secretário da Cultura de Juazeiro do Norte

alemberg-quindins-640x415

Da Coluna de Sônia Pinheiro, no O POVO desta quarta-feira:

Alemberg de Souza Lima, mais conhecido como Alemberg Quindins, que criou em 1992 e mantém a Fundação Casa Grande – Memorial do Homem Kariri, em Nova Olinda (Região do Cariri), será o secretário de Cultura de Juazeiro do Norte.

Escolha, mais do que acertada, do prefeito eleito: o ainda deputado federal Arnon Bezerra (PTB).

Prefeitura inscreve para o projeto “Repórter Cuca”

lind

A Coordenadoria de Juventude de Fortaleza lançou edital para seleção do projeto Repórter Cuca, que vai acontecer nos três equipamentos da Rede Cuca: Barra, Jangurussu e Mondubim. Durante cinco meses, 30 jovens, sendo 10 para cada Cuca, participarão do projeto, que tem como objetivo a formação de grupos de jovens comunicadores e produção de conteúdos relacionados à Rede Cuca e sobre as políticas públicas voltada para a juventude de Fortaleza.

As inscrições para a seleção são gratuitas e devem ser realizadas nas salas de matrículas dos três Cucas até 3 de dezembro próximo, sendo de terça a sexta-feira, das 8 às 21 horas, e aos sábados, das 8 às 12 horas.

Exigências

Os requisitos para concorrer às vagas são os seguintes: ter idade entre 13 e 29 anos e possuir interesse pela área de comunicação (cinema, fotografia, audiovisual, rádio, cultura digital, e literatura).

Os candidatos devem preencher uma ficha de inscrição (disponibilizada nas salas de matrícula da Rede Cuca), além de levar o currículo atualizado, cópia do RG e do comprovante de endereço. No ato da inscrição, para os jovens menores de 18 anos, um Termo de Autorização deve ser assinado pelos pais ou responsável, além da cópia do RG e CPF.

Seleção

A seleção para o Projeto Repórter Cuca vai acontecer em duas fases, na qual a primeira fase consistirá em análise documental e curricular. Já a segunda fase será composta por uma entrevista que qualificará os candidatos quanto à sua capacidade de articulação na área proposta pela atividade, interesse e comprometimento. O resultado será divulgado no dia 14 de dezembro.

SERVIÇO

*Cuca Barra: Avenida Presidente Castelo Branco, 6417 – Barra do Ceará;
*Cuca Mondubim: Rua Santa Marlúcia, s/n – Mondubim;
*Cuca Jangurussu: Avenida Presidente Castelo Branco com Avenida Contorno Leste – Jangurussu.

(Foto – Divulgação)

Roberto Freire assume Cultura nesta quarta-feira

freire

Foi publicada hoje (22) no Diário Oficial da União (22) a nomeação do deputado Roberto Freire (PPS-SP) para o cargo de ministro da Cultura. Ele assume a pasta no lugar de Marcelo Calero. A exoneração do ex-ministro também foi publicada no DOU. A posse de Freire será amanhã (23), às 12 horas, no Palácio do Planalto.

O primeiro cargo eletivo de Roberto Freire foi o de deputado estadual, em 1974, pelo MDB, em Pernambuco. Posteriormente foi eleito deputado federal por quatro mandatos consecutivos, passando por partidos como PMDB e PCB, até filiar-se ao PPS em 1992. Em 1994 e 2002, foi eleito senador. Atualmente está em seu quinto mandato como deputado federal. Foi também líder de governo durante o mandato de Itamar Franco, assumido após o impeachment de Fernando Collor.

Roberto Freire ocupa o cargo de ministro após Marcelo Calero ter pedido uma exoneração que, a princípio, teria sido por “motivos pessoais”. Posteriormente, em entrevista publicada no dia 18 pelo jornal Folha de S.Paulo, Calero apresentou outra justificativa: supostas pressões feitas pelo ministro-chefe da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, para intervir junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a fim de liberar a construção de um edifício de alto padrão em Salvador.

O empreendimento não foi autorizado pelo Iphan e por outros órgãos por ferir o gabarito da região, que fica em área tombada. Também em entrevista à Folha, Geddel admitiu ter conversado com Calero sobre a obra, mas negou tê-lo pressionado e disse estar preocupado com a criação e a manutenção de empregos.

O caso é debatido pela Comissão de Ética Pública da Presidência da República, que decidiu ontem abrir processo para apurar se Geddel violou o código de conduta federal ou a Lei de Conflito de Interesses (Lei nº 12813) ao procurar Calero para tratar de um assunto de seu interesse pessoal.

(Agência Brasil)

Festival União da Ibiapaba terá MV Bill

mvbill

O município de São Benedito receberá o X Festival União da Ibiapaba (FUI). A partir de quinta-feira, com vasta programação artística e cultural.

O festival vai se estender até sábado em clima de festa dupla. o evento marca também as comemorações dos 143 anos de emancipação desse município.

Na programação, haverá show de MV Bill.

 

Feira do Livro acontece em Limoeiro do Norte

“A Menina do Picolé Azul”, do premiado escritor cearense Jorge Pieiro; “Contos Reunidos”, de Rinaldo de Fernandes, maranhense, considerado um dos principais contistas brasileiros contemporâneos; e “Os animais têm razão”, de Antônio Francisco, escritor do Rio Grande do Norte, têm lançamento neste sábado, 19, na IV Feira do Livro de Limoeiro do Norte. A sessão de autógrafos será às 20h30 na Sala dos Autores, na Praça da Matriz.

A IV Feira do Livro teve início na quinta-feira, 17, e acontece até este sábado, congregando poetas, cordelistas, livreiros, cantadores, músicos, estudantes, professores, pesquisadores e leitores. É uma intensa programação que inclui feira literária, conversas, lançamentos, oficinas e apresentações de teatro e música. Todas as atividades acontecem na Praça da Matriz, com acesso gratuito.

A Feira do Livro é uma realização do Instituto Brasil de Dentro em parceria com a Editora IMEPH, apoio cultural da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará/Secult – Lei Estadual de Incentivo a Cultura e patrocínio da Enel. Com toda a programação gratuita, a feira tem ainda o apoio da Câmara Cearense do Livro, Academia Limoeirense de Letras, FAFIDAM/UECE, CDL Limoeiro do Norte, Auritransp, Unimed, Instituto Centro de Ensino Tecnológico – CENTEC e Prefeitura de Limoeiro do Norte, por meio da Secretaria Municipal de Educação.

(Secult)

Tão massa e tão abandonada

81 1

foto-casa-do-portugues

Em artigo no O POVO deste sábado (19), o jornalista Ítalo Coriolano comenta das estruturas abandonadas em Fortaleza, que poderiam servir de espaços culturais. Confira:

Vivenciar Fortaleza é sempre uma experiência peculiar, com variações abruptas de sentimentos que vão da alegria e do orgulho em determinados lugares à tristeza e à vergonha em outros. Resultado de uma cidade apartada como a nossa. O mais curioso, entretanto, é quando você consegue reunir todas essas sensações em um canto só, num paradoxo urbano que estimula revolta, mas ao mesmo tempo esperança.

Na última terça, do caminho de casa para o trabalho, passei em frente à famosa Casa do Português, na avenida João Pessoa. Deu tempo bater uma fotografia, que acabou indo no parar no Instagram com a legenda “Tão massa e tão abandonada”. É um prédio de formato ousado, diferente de tudo que já vi em termos arquitetônicos. Poderia muito bem abrigar um espaço cultural com a rica memória dos bairros que o circundam, numa região tão carente de opções de lazer.

E o mais interessante é que basta ampliar o olhar para perceber como Fortaleza está repleta de locais nesta mesma situação, com potenciais extraordinários, mas deixados de lado. Vamos nos acostumando com o descaso e tudo vira “normal”. Jamais deveria ser. Como aceitar, por exemplo, que lagoas como a da Parangaba e da Maraponga fiquem repletas de lixo e aguapés, com barracos surgindo por todos os lados?

Seguindo rumo ao litoral, constatar que a Ponte dos Ingleses, reinaugurada em 2012, até hoje está com seus quiosques fechados e toda a sua estrutura deteriorada. Indo um pouco mais para o leste, ver que o antigo Edifício São Pedro a cada dia está mais sombrio. Quase no extremo da Capital, perceber que nada ainda foi feito pelo Farol do Mucuripe, apesar de todas as promessas acumuladas.

São sinais graves de alerta que demonstram como Fortaleza precisa ser tratada com mais carinho. Seja pelo Executivo, que tem condições de inverter certas prioridades e firmar parcerias. Seja pelo grande capital, que ganha tanto com a Cidade, mas que dá um retorno tão ínfimo. Seja pelos moradores, que precisam se apropriar mais dos espaços e cobrar mudanças.

Sabemos que é possível. Os mercados dos Pinhões e da Aerolândia, o Estoril, boa parte da Praia de Iracema, o Passeio Público e várias praças são provas disso. Mas ansiamos por muito mais, e rapidamente.

Ministro da Cultura, Marcelo Calero pede demissão; Roberto Freire assume

O ministro da Cultura, Marcelo Calero, pediu demissão do cargo nesta sexta-feira (18) alegando razões pessoais.

O ministro conversou por telefone com o presidente Michel Temer, que está em São Paulo.

O Palácio do Planalto confirmou a informação e disse que o presidente aceitou o pedido de demissão e informou que o deputado federal Roberto Freire (PPS-SP) será o novo ministro da Cultura.

(Agência Brasil)

Secult/CE lançará edital de apoio a projetos culturais na área da infância

fabianood

Será lançado nesta sexta-feira, a partir das 16 horas, no bairro Vicente Pinzon, o I Edital Cultura Infância. O ato contará com a presença do secretário da Cultura do Estado, Fabiano Piúba.

Segundo o titular da Secult, o edital vai disponibilizar R$ 1 milhão em recursos do Estado para investimento direto em projetos culturais relacionados à temática da infância.

Todos os detalhes desse edital, o primeiro do gênero no País, de acordo com o secretário, vão ser apresentados para convidados e também segmentos que poderão investir nessa área.

Ator José de Abreu terá de devolver R$ 300 mil da Lei Rounet

82 1

José-de-Abreu

Saiu publicado no Diário Oficial uma portaria do Ministério da Cultura solicitando a devolução de recursos da Lei Rouanet, informa a Coluna Radar, da Veja Online.

De acordo com o texto, o ator global José de Abreu terá de devolver R$ 300 mil captados para a turnê do espetáculo “Fala, Zé pelo Sudeste”.

José de Abreu é conhecido militante do PT e, neste ano, chegou a se envolver numa confusão com casal, em restaurante de São Paulo, que teria lhe reprovado por uso de verbas da Lei Rouanet.

DETALHE – A Orquestra Sinfônica Brasileira também está na lista. Terá de devolver R$ 2 milhões.

Aeroporto de Fortaleza recebe a exposição fotográfica “O Olhar do Pensador”

A exposição fotográfica “O Olhar do Pensador” pode ser conferida no mirante do Aeroporto Internacional Pinto Martins até o dia 11 de dezembro próximo. Com o tema “Como somar num mundo em conflito” a exposição, uma promoção da Nova Acrópole em parceria com a Unesco, acontece simultaneamente em diversas cidades do País

Como a convivência fraterna e a união podem se tornar chaves valiosas para o desenvolvimento do indivíduo e da sociedade? Sintetizadas em imagens, o resultado dessa reflexão é o que procura difundir essa exposição fotográfica, que integra as comemorações ao Dia Mundial da Filosofia, nesta quinta-feira (17).

As 20 fotos em exposição são o resultado de um concurso nacional de fotografias promovido pela Nova Acrópole e que contou com a participação de mais de 200 fotógrafos amadores e profissionais que procuraram retratar a convivência no cotidiano.

 

CPI da Lei Rouanet – Ex-funcionária do Grupo Bellini Cultural reconhece que notas fiscais não correspondiam aos trabalhos prestados

foto-cultura-site-bellini-cultural

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga irregularidades nas concessões de benefícios da Lei Rouanet de apoio à cultura ouviu nessa quarta-feira (16) a ex-funcionária do Grupo Bellini Cultural, Kátia Piauy, que reconheceu que algumas das notas fiscais apresentadas pelas empresas que compõem o grupo não correspondiam aos trabalhos prestados.

O grupo Bellini é alvo da investigação Boca Livre da Polícia Federal, por suspeita de ter desviado R$ 180 milhões de recursos destinados à promoção de atividades culturais.

O relator da comissão, deputado Domingos Sávio (PSDB-MG), afirmou que, a cada novo depoimento, fica claro para a CPI que existiu um esquema com a participação de empresas e de gestores públicos para o desvio de recursos da cultura. A Lei Rouanet permite que empresas e pessoas físicas usem parte do Imposto de Renda devido para financiar programas culturais. Os recursos podem ser doados diretamente aos projetos ou para a composição do Fundo Nacional de Cultura.

Domingos Sávio destacou que um dos objetivos da CPI é justamente identificar as falhas para aperfeiçoar a legislação vigente. “Eu sempre repito: a Lei Rouanet é boa, o que é terrível são aqueles que se aproveitaram de fragilidades no sistema para roubar, para desviar dinheiro público. Então, vamos punir os culpados e tornar o sistema mais eficiente, mais transparente para servir de fato à cultura brasileira”, afirmou.

O depoimento do empresário Antônio Bellini, dono do grupo Bellini Cultural, estava marcado para esta quinta-feira (17), mas ele já avisou que não comparecerá alegando problemas de saúde.

(Agência Câmara)

Um secretário do popular ao clássico

Fabiano_dos_Santos_Piúba_-_Encontro_Nacional_de_Livro_e_Leitura_(1)

Se há um secretário estadual que aparece e consegue mostrar serviço, mesmo com pouca verba, esse é Fabiano Piúba, titular da Cultura. Quem constata isso não é só a turma da mídia, mas artistas e gente do meio cultural.

Fabiano Piúba, de jeito simples, acessível e discreto, ganhou a simpatia na área por ser sensível às causas e não se configurar como um secretário bajulador ou que viva sempre nas costas do governador posando de prestigiado.

A última investida dele, no caso o resgate da Bienal internacional do Livro do Ceará, marcado para abril de 2017, ainda é motivo de festa no campo literário.

DETALHE – Fabiano ainda conta com uma assessoria de imprensa profissional, que não só divulga, mas formada por gente que entende de cultura.

Academia Cearense de Letras debaterá Fortaleza na Literatura

nirez

A Academia Cearense de Letras realizará, a partir de quarta-feira, um Ciclo de Conferências com o tema “A Cidade de Fortaleza na Literatura”. O encontro ocorrerá na sede da ACL (Centro), sempre a partir das 16 horas. Convidados como a escritora Ana Miranda, o memorialista Nirez, o geógrafo José Borzacchiello da Silva, o escritor Oswald Barroso e as acadêmicas Angela Gutiérrez e Lourdinha Leite Barbosa darão conferências.

Além de assistir a conferências de alto nível, com alguns dos mais respeitados estudiosos e artistas do cenário cearense, escolhidos de modo a contemplar diversos aspectos de Fortaleza na literatura, os participantes do Ciclo poderão conhecer as novas instalações do Palácio da Luz, após ampla reforma que garantiu melhorias externas e internas. Entre elas, três amplos salões e auditórios, um salão nobre, uma biblioteca de nível internacional, com mais de 30 mil livros, recuperação das obras artísticas do acervo do Palácio, subestação de energia, acessibilidade e a reforma do Jardim dos Poetas.

SERVIÇO

*A inscrição é gratuita e pode ser feita na própria sede da ACL, o Palácio da Luz, na Rua do Rosário, 1, no Centro de Fortaleza, ou pelos fones (85) 3253-4275 e (85) 3226-0326 e ainda pelo e-mail acletras@accvia.com.br.

Exposição sobre aborígene da Austrália segue até este domingo em Fortaleza

foto-exposicao-australia

Aberta até este domingo, 13 de novembro, a exposição O Tempo Dos Sonhos: Arte Aborígene Contemporânea da Austrália, na CAIXA Cultural Fortaleza. Esta é a mais vigorosa, significativa e diversificada coleção de obras de arte dos povos indígenas da Austrália. São peças pertencentes a mais antiga galeria de arte aborígene da Austrália, a Galeria de Arte Coo-ee, e obras de coleções privadas.

A mostra reúne trabalhos dos artistas aborígenes de maior projeção internacional. Dentre eles, Rover Thomas (1926-1998) com suas paisagens de cor ocre que mudaram, com sua visão, a percepção paisagística australiana, e Emily Kame Kngwarray (1910-1996), considerada pela crítica como uma das maiores pintoras da abstração do século XX.

Vem aí o V Festival Internacional do Folclore

252 1

folcloree

Tudo pronto para o V Festival Internacional do Folclore, que ocupará espaços na Praça Verde do Centro Dragão do Mar de 17 a 20 deste mês. Nesta edição, atrações de dois países da América Latina (Argentina e Peru), do Ceará e mais cinco estados brasileiros.

A partir do dia 17, inicia-se a programação do festival com o seminário Mostra Internacional de Cultura Afro-Dia Nacional de Combate ao Racismo com o intuito de abrir espaços para diálogos sobre o tema.

No dia 18, durante a solenidade de abertura, a partir das 19 horas, na Praça Verde do Dragão, o evento terá a apresentação do grupo homenageado Balé Arte Popular de Fortaleza e os grupos nacionais, de etnia e internacionais.

Além da programação principal no Centro Dragão do Mar, também acontecerão apresentações, até o fim do festiva, no Centro Cultural Bom Jardim, nos Cuca da Barra, Cuca do Mondubim, no Cuca do Jangurussu, no Colégio Agnus, na Universidade Federal do Ceará (UFC), percorrendo diversos bairros de Fortaleza.

Atrações

Neste ano, a organização do festival traz na programação os grupos Ballet Senderos Argentinos (Santa Fé/Argentina), Ballet Folclórico Perú Imagen y Encanto (Lima/Peru), Böhmerlandtanzgruppe (Nova Petropolis/RS), Grupo Folclórico Ucraniano Poltava (Curitiba/PR), Bacnaré – Balé de Cultura Negra do Recife (Recife/PE), Companhia de Artes e Cultura Popular Marizés (Bequimão/MA), Grupo Folclórico Banzé (Montes Claros/MG), CIA de Dança Estrelas da Rua (Fortaleza/CE), Companhia de Ritmos e Danças Populares – CORDAPES (Fortaleza/CE), Grupo de Tradições Folclóricas Raízes Nordestinas (Fortaleza/CE)

Grupo Miraira – IFCE Campus Fortaleza (Fortaleza/CE), Oré Anacã (Fortaleza/UFC), Grupo Parafolcórico Fulô do Sertão (Senador Pompeu/CE), Grupo Parafolclórico Xiquexique (Canindé/CE), Grupo Folclórico Flor de Mandacaru (Cariré/CE), TXAI Cia de Danças Populares (Fortaleza/CE), Quadrilha Junina Babaçu (Fortaleza/CE), Maracatu Nação Babobab (Fortaleza/CE), Balé Arte Popular de Fortaleza (Fortaleza/CE) – Homenageado, e Grupo de Tradições Cearenses (Fortaleza/CE) – Homenageado.

  • O projeto é apoiado pela Secretaria da Cultura do Ceará Lei n° 13.811 de 16 de agosto de 2006 (Via financiamento Mecenato Estadual) através da Coelce.