Blog do Eliomar

Categorias para Curiosidade

Casaco de Hitler é comprado por R$ 1 milhão em leilão

hits

Um misterioso comprador comprou no sábado (18) a maioria dos pertences nazistas leiloados em um polêmico leilão m Munique, na Alemanha, desembolsando mais de 600 mil euros (R$ 2,3 milhões), informou nesta segunda-feira (20) a imprensa alemã.

O comprador, que se apresentou como argentino, pagou, entre outros, 275 mil euros (R$ 1,06 milhão) no último casaco do uniforme de Adolf Hitler e 3 mil euros (R$ 11,6 mil) pelas roupas de baixo “parcialmente mofadas” do ex-líder nazista Herman Göring.

No entanto, segundo o jornal “Bild”, ele desprezou um par de meias de Hitler vendida por 18 mil euros (R$ 69,7 mil).

O tabloide enviou um repórter entre os compradores para acompanhar durante três horas o leilão dominado pelo “número de licitante 888”, recordando o número “88” adorado pelos neonazistas por representar as primeiras letras de “Heil Hitler”.

Com duas palavras ao “Bild” em um inglês carregado de um sotaque espanhol, o comprador afirmou que era da Argentina e explicou que destinaria as peças compradas “a um museu”, sem revelar mais detalhes.

“Seria um homem a serviço de um colecionador particular?”, questionou o jornal, lembrando a fuga para a Argentina de muitos nazistas após a Segunda Guerra Mundial.

O jornal bávaro Süddeutsche Zeitung afirmou, por sua vez, que dois homens vestidos de preto se revezaram com a placa 888, vestidos de forma idêntica e falando com o mesmo sotaque sul-americano.

O Conselho Central dos Judeus da Alemanha havia expressado na quinta-feira (16) sua indignação com o leilão, descrito como “escandaloso e desprezível”. O prefeito de Munique também criticou a realização do leilão.

Todos os objetos eram de propriedade do ex-médico do Exército dos Estados Unidos John K. Lattimer, responsável por examinar os ex-líderes nazistas durante o julgamento de Nuremberg.

A casa de leilões Hermann Historica, que fornece acesso ao catálogo de leilão apenas aos seus clientes e que proibiu a imprensa de assistir à venda, negou que tivesse a intenção de ferir sentimentos.

Em abril de 2014, na França, a venda de 40 objetos nazistas que pertenciam aos dois líderes do 3º Reich, incluindo passaportes e pratos, foi cancelada após a intervenção do ministro francês da Cultura junto a casa de leilões Vermot de Pas.

(Com Agências)

Louva-a-deus ou gafanhoto? Esperança ou destruição?

677 3

foto centro eventos 151010 gafanhoto

Frequentadores da Feira Internacional de Artesanato, Moda e Decoração se depararam com um enorme inseto na entrada do Centro de Eventos, nesse sábado (10). Tão curiosa quanto a discussão para saber se o inseto se tratava de um louva-a-deus ou um gafanhoto foi o debate do significado cada um deles.

Enquanto na cultura popular, o louva-a-deus significa “esperança” ou “indício boa sorte”, o gafanhoto é “destruição”, “desordem” ou “desequilíbrio”, principalmente quando textos bíblicos apontam o gafanhoto como praga, calamidade ou tormento.

No entanto, na China, diante da sua rápida multiplicação, o gafanhoto significa “posteridade numerosa” ou uma “bênção celeste”. Já na natureza, o louva-a-deus é um dos mais cruéis predadores, inclusive com a fêmea devorando o macho, após o acasalamento.

Ah, o inseto da foto é um gafanhoto.

(Foto: Ana Aranha)

Acredite, hoje é o Dia do Orgasmo em município do Piauí

Há 14 anos, o município piauiense de Esperantina, no Baixo Parnaíba, a 174 quilômetros de Teresina, ficou conhecido pelo Dia do Orgasmo. O projeto do então vereador petista Arimateia Dantas tinha como base uma pesquisa de estudantes da UFPI, que apontava que 28% das mulheres da região nunca haviam sentido orgasmo. O vereador também se valeu da sua experiência com uma então namorada, em que tudo era “liberado”.

A data foi festejada de modo informal por quatro anos, após ser vetada pelo então prefeito tucano José Ivaldo Franco e depois sancionada pelo então prefeito pefelista (atual DEM) Felipe Santolia.

O Dia do Orgasmo em Esperantina ganhou repercussão mundial, diante da valorização da mulher. Atualmente, a data é lembrada por meio de palestras sobre orientação sexual.

Personagens

O autor do projeto, Arimateia Dantas, é advogado e coordenador da ONG Força Tarefa Popular. Apesar de projetar a cidade, o projeto foi considerado pela população como “desnecessário” e o ex-vereador não mais obteve sucesso nas urnas.

O ex-prefeito José Ivaldo Franco é administrador de empresas e se encontra sem mandato político, com contas desaprovadas pelo Tribunal de Contas do Piauí.

O ex-prefeito Felipe Santolia é radialista e ex-missionário franciscano. Ele foi preso em fevereiro deste ano, por apropriação indevida previdenciária dos servidores do município, mas responde o processo em liberdade.

A ex-namorada do então autor do projeto nunca apareceu. Segundo o advogado, ela atualmente é casada e o marido é bravo.

VAMOS NÓS – Na época da elaboração do projeto, Esperantina tinha cerca de 37 mil habitantes. Atualmente são quase 38 mil habitantes. Creio que o Dia do Orgasmo é mesmo folclore na região.